O que leva uma mulher trair?

430

Leitor: Acabei de sair de um relacionamento onde fui traído por minha ex, então queria saber de vocês o que leva uma mulher a trair pois estou procurando a resposta para esta pergunta, pois será que eu sou o motivo desta traição?

O que leva uma mulher a trair?

O chifre definitivamente é uma das coisas mais democráticas do mundo: você pode ser feio, bonito, gordo, magro, rico ou podre, só de ter nascido você já está a perigo rsrs. Eu sei que quando nós somos o traído é difícil entender e nessas horas tendemos a pensar mil babozeiras que depositam a culpa na gente. Pensamentos como “não fui atencioso o suficiente” ou “não fui bom de cama o suficiente” são fichinha em vista das atrocidades que pensamos na hora da perda só para nos punir.

O que levou a sua mulher a te trair? Talvez nem ela mesma saiba e a depender das circunstancias que a levou a fazer isso, você poderia ser mil vezes melhor, mais bonito e mais interessante que ela te trairia do mesmo jeito!! Provavelmente, o “problema” está muito mais nela do que em você. Primeiramente porque pelo visto foi ela que sentiu falta de algo (que pode estar inclusive nela mesma, e não necessariamente em você. Tem mulheres que só se sentem completas tendo mais de um parceiro, por exemplo), depois pela coragem em ter te traído sem a mínima explicação, e claro, pelas suas costas.

Eu sempre acho que, no fim, quem traiu sofre muito mais do que o traído porque haja inspiração pra mentir e consciência, né? Ainda mais se o traidor for descoberto, aí que ele sofre mesmo, nem que seja por vergonha! Mesmo que o problema seja você isso não justifica a traição. Ninguém está falando de santinhos ou santinhas (provavelmente você não é nenhum santo, tampouco ela), mas estamos falando de coragem: por exemplo, se ela te traiu porque você não a tratava mais como antigamente, por que ela não te disse algo a respeito ou simplesmente terminou contigo para ficar com o outro? Sei que se separar nem sempre é fácil, mas sofrer em uma situação assim – na qual ninguém sai completo – me parece ainda mais difícil.

Quem teve ou tem um relacionamento duradouro sabe que muitas vezes não é tão fácil assim isso de “sentiu vontade de trair, conte ou mude de namorado” porque, quem passa por isso, seja como traído ou como traidor, no fundo sabe que as vezes a traição é apenas uma coisa de momento (é triste admitir, mas é verdade), e isso é algo que deve ser levado em consideração na hora de decidir se de fato o relacionamento deve ou não chegar ao fim. 

É importante pensar o quanto você conhece a sua namorada e tentar relembrar comportamentos dela: Ela demonstrava gostar de você? No geral, ela tinha mais pontos negativos do que positivos? Você já errou com ela, ou só ela que errou com você? Não estou fazendo apologia a traição, porém, pensar em pontos como esses é algo de extrema importância pra decidir se vale mais a pena sofrer com ou sem a pessoa que traiu.

Sua namorada pode sim ter te traído por ser a vulgo “vagabunda”, porém, ela também  pode ter te traído por ter sido apenas um momento, por achar que não te machucaria, e ouso a falar que não necessariamente ela acha o amante melhor e mais completo do que você. As vezes ela só queria uma aventura por fora. No entanto, você não é obrigado a aceitar o tal do chifre por conta disso, e essa decisão é algo que dependerá mais de você do que de qualquer opinião alheia.

Tem gente que conseguiria reviver um relacionamento mesmo tendo sido traído, tem gente que sofreria demais com o tormento de poder ser enganado novamente a qualquer momento; tem gente que acredita que todo mundo merece uma segunda chance e, tem gente que acredita que há certas falhas que não passam de um desvio de caráter que nunca poderá ser  consertado. Também tem gente que até se envolveria com a pessoa novamente, mas abriria o relacionamento ou começaria do zero, como ficantes pra ver no que dá. E, no fim (*ufa!), tem gente que acaba percebendo que nem gostava tanto assim da pessoa a ponto de perdoar, que o orgulho pesaria mais do que qualquer outra coisa, e que mais vale arrumar outra pessoa e dar uma nova chance a vida do que ficar com problema antigo.

Assim, acho que nesse momento mais vale você pensar que tipo de mulher é e foi a sua e que tipo de homem você é, sem se punir ou puni-la pela traição. Aconteceu o que aconteceu e não pense em santinhos ou vilões nessa história. Mesmo que você fosse o pior cara do mundo certamente teria mulheres que seriam fiéis a você, e mesmo se você fosse o melhor cara do mundo, certamente haveria outras tantas que te trairia mesmo assim!

Falando nisso, recomendo fortemente a leitura desse post que mostra coisas relevantes que você pode aprender depois de uma traição e que te fazem crescer como pessoa.

Assista também ao vídeo”Você tem medo de ser traído(a)”?! Aproveite e assine o Canal =)

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.