Pagar ou não a conta?

63

Muita gente tem pedido temas que giram em torno de pagar a conta. O cara deve ou não pagar a conta? E a mulher? Conversando com algumas pessoas percebi que o tema é abordado de formas distintas: se há mulheres que se sentem extremamente mal em deixar que o parceiro pague, outras se sentem da mesma forma por ter que pagar! Tudo bem que nenhum homem é caixa eletrônico, porém, eu acho que pagar (ou não) a conta pode ser uma ótima pedida a depender da situação.

Primeiramente, é bom perceber se a menina que você está gosta quando você paga a conta ou se ela se sente mal  por isso (sim, tem muita menina que se sente mal em ver o cara pagando tudo). Se ela é daquelas que não liga de rachar a conta, bom pra você que pode economizar um dinheiro a mais, porém,  muitas mulheres achariam de bom grado que você pagasse. Não porque elas são vagabundas ou pobres ou sei lá o que, mas porque assim como tem  muito homem que quer a menina porque ela é bonita, gostosa ou disputada, a menina pode querer o homem, entre outras coisas, porque ele é gentil  (sim, ter dinheiro PODE englobar uma especie de gentileza  a depender do contexto, ainda que muita gente ache que isso soe a ‘’biscatisse”). É claro que teoricamente a mulher teria dinheiro pra pagar o almoço dela, por exemplo. Porém, se o cara quer pagar não é sinal que ele sustente ela, mas pode ser sinal que ele está disposto a agradar, a fazer algo a mais pela parceira.

 É importante falar que aquelas que querem que o cara pague assim desejam por alguns motivos, entre eles a ideia do cara querer agradar, de ser mimada, entre outras coisas que fazem elas se sentirem mais especiais e queridas por eles e isso pode acabar aliviando inclusive uma suposta insegurança da mulher em relação ao homem e a relação, já que ela pode ver nisso um esforço a mais, ainda que nem sempre admita (para bancar a independente, claro).

Você homem não precisa dar um carro pra menina, um sorvete já pode ser super gentil e simples. Não estamos falando aqui de joias, apartamentos, carros, navios ou sei lá o que. Estamos falando de pequenas coisas que podem mostrar coisas maiores. Se por exemplo, o cara leva uma caixa de chocolate para uma menina não é porque ele quer comprá-la (acho que  ninguém seria tão barata assim, né?!) mas sim porque ele quer agradar, porque pensou na parceira e isso é ótimo.

É evidente que tem muita menina que quer sair com o cara só pra ele pagar a conta mesmo, pra fazê-lo de besta e ver alguém lambendo ela, mas nem todas são assim e isso é algo que o cara que tem que perceber para ver se vale ou não a pena bancar o “legal que paga a conta”. Se você é um homem e percebe que a menina gosta de você e ao mesmo tempo quer  que você pague a conta é algo a se pensar, mas sempre levando em conta a sua realidade, claro. Se você ganha pouco não vai dar uma viagem, mas pode dar algo mais simples que ela goste e assim por diante.Por fim, vale a pena ressaltar que todo mundo tem interesse em alguma coisa: se o cara quer a menina é por algum motivo, seja porque ela é famosa, inteligente, boa companhia, tem bundão, enfim, algum “interesse” ele tem nela, e se a menina quer o cara é igualmente por algum outro motivo, que pode ser sim ele ser engraçado ou gente boa, mas que também pode englobar gentilizas que envolvam ou não dinheiro. O que não vale é ficar correndo atrás da menina só porque ela é bonitona e depois ficar se fazendo de coitadinho dizendo que ela é uma fútil (como se ele não fosse) que só quer se aproveitar dele e não quer pagar a conta. Cada um com as suas exigências e cada um tira proveito como pode, seja do corpinho, da companhia, do bolso, do status, da mente ou do que for. Se o cara exige inteligência é porque isso é algo que estimula ele e, se a mulher se estimula em pensar que ele gosta dela e se importa com ela porque a leva para jantar também é um pensamento justo que não deve ser associado simplesmente a questão do dinheiro.

Nisso pergunto: pagar a conta seria um sacrifício tão grande assim? Ouçam também o podcast em que discutimos justamente esse tema!!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.