Traição na internet: é mesmo traição?

72

Leitora: Entrei escondida no facebook do meu namorado e encontrei coisas que me deixaram muito chateada. Ele mantinha contato com duas garotas que conheceu no Badoo em um período em que estávamos separados e com uma delas mantinha conversas de cunho sexual e com outra, quando foi perguntado por ela se um dia eles ainda iriam se conhecer se mostrou bem disposto, além de contar pra primeira baranga sobre um produto erótico que eu comprei e dei pra ele, entre outras coisas.

Esperei algum tempo para comentar sobre isso com ele, fiquei na dúvida entre comentar ou não, afinal invadi a privacidade dele. Diante disso ele pediu mil desculpas, disse que era idiota, mas que a coisa não passou da internet, que não quer me perder, que sou a mulher da vida dele, blablabla, apagou a porcaria do facebook e excluiu as ‘lindonas’ do msn (eu conferi kkk).

Ok, mas acontece que já faz mais de um mês que essa conversa aconteceu, já joguei a coisa toda na cara dele muitas vezes, meio que o maltratei, mas isso não fez com que eu me sinta melhor.

Parece que a dor disso que ele alega não ser uma traição não passa, tenho raiva dele, já cheguei a broxar duas vezes com ele por causa disso e, mas ao mesmo tenpo não quero que o relacionamento acabe, gosto muito dele, foi difícil voltarmos a ficar juntos.

Isso foi ou não traição? Ele merece confiança de novo? Como faço pra superar o que aconteceu, se for possível?

internet

Se vocês estavam separados quando encontrou as coisas na internet acho que você está exigindo demais, não? tudo bem que seria legal um “luto pós- namoro”, mas isso não significa que quem não faça esteja errado. Se enquanto ele estava com você ele continuou a fazer isso, aí sim temos um problema.

Não estou querendo defender relacionamentos por internet, até porque eu no seu lugar também ficaria muito chateada, com raiva, poderia broxar que nem você e mais mil e uma coisas ruins. Porém, também penso que as vezes ele faz isso só para se divertir, para pagar de engraçadinho e ver se conquista as meninas, e ainda que seja ridículo, não necessariamente significa que ele ficaria com elas de fato. Uma coisa é bater um papo a distância, outra é concretizar o ato e vai de você se só conversar já seria traição.

O grande problema de “brincar” com fogo como ele fez é que, ainda que na cabeça dele tenha sido algo irrelevante, “uma brincadeirinha idiota” que os homens muitas vezes pensam que a gente nunca descobriria (bobos, né?), muitas vezes acaba com a confiança no relacionamento, porque quem garante que você pensaria o mesmo que ele e ficaria tranquila com essa situação? Eu acho que (quase) todo mundo merece uma segunda chance, porém, também acho que nem sempre estamos no clima e no momento de dar essa segunda chance. Assim, na hora que a pessoa vacila tem que torcer para que a que sofreu com o ato esteja em um momento da vida disposto “a relevar a situação” e isso significa que ele tem que se esforçar muito mais do que você.

Acho que, no seu caso, pouco importa se foi traição ou não, mas sim o como você se sente em relação a isso tudo. Tem pessoas que são traídas a ponto de chegar a pegar o traidor “na cama com outro” e conseguem esquecer numa boa, porém, há outras tantas que só de pegar uma simples mensagem virtual seria o bastante para sofrer durante um bom tempo e jamais conseguir perdoar. Tudo depende do momento em que a pessoa está. Você está em um momento em que estaria disposta a esquecer isso e perdoar? ou melhor, você acredita que ele está realmente arrependido do que fez? Ver o grau de arrependimento que a pessoa mostra é fundamental na hora de decidir “se perdoa ou não”. Ele não pode fazer besteira e ficar por isso mesmo, né? apenas pedir desculpas não basta, tem que provar que está arrependido e isso de excluir as meninas é apenas o mínimo que ele poderia fazer para tentar reavivar a relação de vocês.

Todos nós erramos, o que inclui você. Não cabe a gente apenas julgar o “culpado”, porém, cabe ao culpado a noção de que, justamente por ocupar tal posição, tem que se esforçar muito mais pela relação, no que inclui provar que realmente merece o seu respeito e o seu perdão. Se ele apenas pediu desculpas mas você não sente que ele realmente gosta de você e que está disposto a mudar, talvez fosse melhor partir para outra. Ao contrário, se você perceber que ele não fica apenas de blablablá (porque pedir desculpas é fácil, quero ver mudar a atitude) e vai para a prática, tentando te agradar e realmente mudar, acho que vale a pena dar uma segunda chance, porque o máximo que acontecerá é você perceber que ele não é mais o suficiente para você: só tente não demorar muito para descobrir isso porque o tempo voa.

Esteja preparada para “o pior” ao mesmo tempo em que você não deve ser negativa em relação ao relacionamento de vocês (ninguém merece viver um relacionamento em estado de desconfiança e neurose 24 horas, né?). Caso você perdoe, tenha em mente que ele pode te decepcionar de novo, porém, também tenha em mente que o relacionamento de vocês pode amadurecer e ficar ainda mais forte depois disso, já que com o “susto” ele pode ter percebido o tanto que seria ruim te perder. O final disso tudo dependerá da vontade de mudar de vocês: você em tentar perdoar e ele em tentar ser um homem melhor para você. Se não der certo, paciência, pelo menos você terá o alivio de ter tentado e poderá seguir sua vida em paz sem ele, e quem sabe com um outro bem melhor que não desperdiçará você.

Conselho de “amiga virtual”: evitem ao máximo vacilar, porque quem perdoou uma vez pode não perdoar a segunda e quem disse que perdoaria pode na hora “H” não conseguir perdoar de fato! Fiquem espertos com as aventuras.

Assista ao vídeo “Você tem medo de ser traído(a)”?! Aproveite e assine o Canal para não perder nenhuma atualização =)

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.