Solteira depois dos 30?

91

Leitora: Olá!

Sou uma nova visitante do blog, mas já vou adiantando que estou adorando o conteúdo! E estou divulgando para as minhas amigas também!!

Sei que já abordaram algo a respeito disso mas gostaria, se possível, que vocês falassem sobre:

Como lidar com a vida de solteira após os 30? Eu e uma amiga minha estamos passando por um fim de relacionamento e já temos mais de 30 anos… se puder gostaria que falasse um pouco sobre os medos e frustrações de ficar e estar sozinha.

     Agradeço pela publicação entre amigas! o blog é novo e precisa disso!

    Agora indo diretamente ao assunto, lidar com a vida de solteira é algo aparentemente ruim para quase todas as mulheres ( e homens também!), mas isso não significa que seja ruim de fato, mas sim que muitas vezes não sabemos encarar certas etapas da vida como algo que pode ser bastante positivo e rentável. Eu sei que quanto mais ficamos “velhas”, mais pensamos que somos “bananeiras que já deu cacho” e aí, acabamos fazendo a última coisa que deveríamos fazer: nos desesperamos!

           A sua idade não é considerada acima para a nossa realidade na qual as pessoas se casam cada vez mais tarde e, isso significa que se nos casamos mais tarde é sinal de que há também mais pretendentes no mercado que pretendem se casar mais tarde também (ou as vezes nem pretendem , mas como muita gente tem colocado estudo e profissão como algo prioritário, acaba que o “amor” inevitavelmente fica por último na vida de muitos). Em outras palavras: tem mais homens no mercado e da sua faixa etária do que você imagina!

     Você já pensou em tentar descobrir um barzinho ou algum ponto de encontro na sua cidade no qual tem pessoas “da sua idade”? com certeza deve ter muitos, até porque 30 anos ainda é muito nova!

    Eu acho que, ainda que você não perceba isso, o fato de você ter passado por um fim de relacionamento possivelmente está te desesperando mais do que sua idade em si. Tudo isso pelo simples fato de que, muitas vezes, quando acabamos um relacionamento é normal pensar que não encontraríamos outra pessoas tão cedo, que iríamos ficar “encalhadas” e coisas do tipo. A gente tende a achar que o ex era o último cara do mundo e o único que nos aguentava, mas isso não é verdade. Tem muitos caras por aí inclusive melhores (sim, não é otimismo, mas sim um fato!) do que aquele carinha que, de tanto que não era perfeito, não serviu para você e fez com que de alguma forma o relacionamento não desse certo.

     Por fim, pensando “na pior das hipóteses”, ficar solteira não é a pior coisa do mundo, e muito pelo contrário, pode te render bons frutos, os quais dificilmente você conseguiria colher caso estivesse comprometida. Exemplo disso é a oportunidade de fazer um intercâmbio ou algum tipo de experiência no exterior, ou até mesmo uma simples viagem. Aproveitar para investir em você também pode ser uma boa (e isso pode variar de um simples corte de cabelo, até algo mais complexo) porque isso te deixaria mais feliz, se sentindo mais poderosa e, consequentemente aumentaria a sua auto estima e PLIMMM, provavelmente choveria homens aos seus pés já que, se tem uma coisa que faz um ser humano se afastar é sentir o cheiro de insegurança no ar!

 Assista ao vídeo feito especialmente para pessoas que têm medo de morrer encalhadas e sozinhas! Aproveite e assine o canal para não perder nenhuma atualização =)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.