Terminamos e não queria desistir dela

8

Leitor: Minha ex-namorada terminou comigo há 11 dias. Nós estavamos namorando há quase um ano (17 de fevereiro faria um ano), porém namoramos de fevereiro de 2011 até Julho apenas pela internet, sendo assim faz 7 meses que estavamos nos vendo sempre, pois somos da mesma cidade.
Nas últimas semanas ela estava diferente, não dizia que me amava com toda aquela empolgação, quando ela terminou, fazia 3 semanas que não nos víamos, e ela disse que já não sentia muita vontade de me ver, e se sentia culpada quando dizia que me amava. Disse que o sentimento esfriou, que apenas gostava de mim como amigo. 
Logo depois que ela terminou, veio falar comigo, dizendo que estava confusa e que iria pensar melhor nas coisas, que não era pra eu desistir dela e que ela também não desistiria de mim, disse ainda pra eu não ficar com nenhuma menina e ela prometeu que não faria isso também. Eu estava esperando que ela pensasse, e estava preparando algo especial pro aniversário de um ano, imaginando que seria ótimo pra acabar com as dúvidas dela, porém 4 dias após me dizer pra não desistir dela e etc, ela ficou com um menino, disse que se arrependeu e parou no instante, ela disse que havia mudado de ideia, que eu não precisava mais continuar me prendendo a ela. Disse que foi um pouco pela minha insegurança, e que poderíamos ser amigos. Enfim, o que eu preciso saber é se eu devo esperar um tempo, tentar mudar algumas coisas em mim que prejudicaram o relacionamento, e voltar a me aproximar dela, nem que seja como amigo, pra poder mostrar à ela que eu mudei pois não consigo pensar em desistir dela, mesmo depois de tudo isso.


          Se ela desistiu de você em partes pela sua insegurança, acho que ficar pensando em mil e uma formas para ficar “do jeito que ela quer” para ver se a consegue de volta soa a mais insegurança ainda. Fora que, mesmo assim, você nem saberia dizer se ficaria do jeito esperado e se a teria de volta. Eu acredito que no momento ela pode já não gostar mais tanto de você, ou que então não quer apenas um homem na vida dela já que está ficando com outros caras. Assim, acho que em nenhum dos dois casos a situação seria interessante para você, tal como pessoa que diz gostar tanto dela.
          Eu sugeriria que você pensasse bem se sente de fato todo esse amor por ela ou se é apenas orgulho ferido por ter sido “dispensado”, carência, ou qualquer outro sentimento que não seja equivalente a gostar de fato. Caso você tenha certeza que a ama, talvez valesse a pena tentar reconquistá-la. O problema é que mudar por outra pessoa quase nunca é uma mudança eficaz e provavelmente você acabaria voltando a ser você mesmo mais cedo ou mais tarde.O que você pode fazer é mudar por sentir a necessidade da mudança, ou seja, que seria legal e enriquecedor para você melhorar. Se você decide ser melhor apenas para tê-la de volta não seria o mesmo de você tentar conseguir igual objetivo entendendo intimamente a necessidade disso. Sempre faça algo primeiramente por você, depois pelos outros. Isso não é egoísmo, e, ao contrário disso, é uma forma de se valorizar e de valorizar quem está com você, porque afinal, se você se sente uma pessoa boa, um bom partido em potencial, ficará muito mais fácil ser um bom namorado e deixar a outra pessoa livre e feliz, concorda?
            Eu no seu lugar deixaria que ela se divertisse um pouco, ficasse com quem ela julgasse necessário, e, enquanto isso, iria tentar seguir a minha vida tentando ser cada vez melhor para mim mesmo em uma atitude até mesmo estratégica em saber que, se eu fico bom para mim, provavelmente também ficarei bom para o outro. Depois, esse tempo servirá não apenas para ela ver se fez uma burrada (ou não!) em ter te largado, como também servirá para você analisar a mesma ideia, ou seja, servirá para você pensar se ela era realmente indispensável na sua vida ou se se tratava apenas de uma dor passageira daquilo que muitas vezes equivocadamente achamos que era amor! 
            Claro que deixar livre pessoas as quais você sente algo não é uma tarefa fácil, porém, ficar se martirizando e se forçando a mudar por conta de algo que às vezes era até melhor ficar sem pode ser pior.




Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Achei uma mulher muito inconstante , no meu caso partiria para outra , mesmo sofrendo , detesto pessoas volúveis
    http://andyantunes.blogspot.com/

  • Eve

    Maravilhoso seu trabalho nesse blog, parabéns 🙂

  • Maritê Nunes

    Legal dar dicas para os relacionamentos .. achei essa agrota o mesmo qie o outro leitor , volúvel , não vale a pena levar essa história adiante , é sofrimento certo .
    http://marynunesabreu.blogspot.com/

  • Blog Azize Fashion(Samanta Azize)

    Muito interessante o seu blog, um tema, bem original.

    Já conhece meu blog? acho que vai gostar, dá uma passada lá.

    http://azizefashion.blogspot.com/

    Beijo

  • Anonymous

    Acredito que ela já estava ficando, ou pensando em ficar, com outro e acabou sendo “influenciada” pela sua consciencia para terminar com você, que não merecia passar por isso. Vai em frente e deixa a vida te ensinar que isso faz parte de tudo.

  • Pingback: payday loans()

  • Pingback: direct payday loans burlington ont lender()

  • Pingback: drugrehabcentershotline.com best drug rehabilitation()