Coisas de homem sem noção

75

OBS: Esse post surgiu de um apanhado de coisas que homens REAIS fizeram com VÁRIAS MULHERES (sim, várias mulheres se reuniram para contar histórias as quais geraram esse post) e, sei lá porque, muitos casos tiveram ligação com comida. Deve ser porque o casal geralmente sai muito para comer, vai saber!

Mas antes a lista em vídeo das mulheres da fanpage!

HOMENS, A INTENÇÃO AQUI É A DE AJUDAR!! SÓ FIQUEM BRAVOS DEPOIS DE TER PENSADO BEM SOBRE O DITO E TER PENSADO SE REALMENTE NÃO FAZ SENTIDO!!

Perguntar se a mulher pinta o cabelo ou se o seio dela é de verdade: Parece besteira, mas elas querem parecer as mais naturais possíveis. A propósito, até mesmo as que dizem não se importar com a pergunta acham que esse é um comentário desnecessário e que só é permitido se você for o cabelereiro ou o cirurgião delas: se não for, do que te interessa se é natural ou não? O que importa é que elas estão lindas e maravilhosas para você!!

– Chamar a garota pra comer e depois de muita insistência para que ela coma, fazer aquela pergunta tendenciosa de quem não quer pagar a conta: “Você quer que eu pague a sua conta?”, só para ganhar como resposta: ” Não, claro que não, eu posso pagar a minha conta”. Ninguém é obrigado a pagar a conta de ninguém, mas ficar calado e simplesmente não pagar é bem melhor do que fazer essas perguntas tendenciosas que já forçam uma resposta.

– Falar que não quer comer para depois “filar” a comida da coitada (se é o homem que está pagando, muitas vezes ele faz isso só para pagar apenas um “prato” e economizar). Que coisa feia, heim? Por que já não pede para rachar a conta logo? Se quer pagar de cavalheiro pague o seu pedido e o dela, e não apenas um só esperando fazer o milagre do pão… Sério, o prato não vai duplicar e os dois vão ficar com fome.

Falar que racha a conta porque não é machista e aí se a pretendente transar de primeira, falar que ela é fácil (como se isso não fosse coisa de machista!!).

– Ir na casa da pessoa, trazer comida e depois falar que vai levar pra casa o que sobrar ou que voltará no outro dia pra almoçar o resto.

– Ou pior: nem falar nada e simplesmente levar o resto!!! Sério, sua mãe não te deu educação não? Isso não precisa ser nem em casa de peguete, pode ser seu vizinho, seu amigo, ou quem quer que seja. Se você levou uma comida para alguém, deixe lá, não leve para a casa que isso é coisa de gente mesquinha. Deu tá dado.

Dar um presente e depois querer dar pitaco sobre o que ela vai fazer com o que ganhou (“Adorei esse sabonete e resolvi trazer um para você, dá um pouco para a sua irmã experimentar!”) – Então não fale que é só pra ela e sim para ela e a irmã: se o presente é dela, ela que faça o que bem entender com ele!

– Ficar a noite toda na balada e não oferecer nem um copo de água, nem que seja por educação (não precisa pagar a água, só a preocupação já é bastante válida). Eu sei que quem tem sede que se vire, mas preocupação com o outro sempre pega bem.

– Beber pra criar coragem pra depois chegar lá com um bafo lazarento e só falar besteira. Cuidado homarada: beber para tomar coragem é válido, mas não exagere!

– Falar para a pretendente: “eu vi que você estava me olhando e aí decidi vir aqui falar contigo”. Poupe-a desse tipo de comentário que faz parecer que você “se acha” e invente outro assunto melhor. Se você viu que ela estava te olhando, é só ir lá falar com ela, não precisa dizer que viu e deixar a situação desconfortável para a outra pessoa, ainda mais se a mesma for tímida rsrs.

– Dica para quem adora se fazer de mais gostoso do que sorvete com calda de chocolate: conversar com a pretendente não é como conversar com os seus amigos: ela NÃO vai achar bonito saber que você já ficou com todo mundo e nem que já comeu algumas amigas dela.

– Estar em um grupo de mulheres esperando outras chegarem para depois falar: “chegaram as bonitonas”, dizendo indiretamente que as outras são feias, ou pelo menos “menos bonitas” do que as que acabaram de chegar. (Esse comentário pareceu retardado da minha parte né? Pois é, mas infelizmente tem gente que faz isso e dá vontade de chorar rsrs).

– Fazer comentários sem noção e fora de hora do tipo “já que você está de doce, apresenta a sua irmã”. Essa é uma piadinha clássica que acho que só homem acha graça…

– Se oferecer para pegar a menina em casa e depois de descobrir que ela mora longe perguntar se não daria para ela arrumar uma carona. Afe, se fizesse isso comigo eu nem iria mais rsrs.

Levar a pessoa que você está MUITO afim para um drive-in em detrimento de um bom (ou pelo menos minimamente decente) motel. Aqui o que vale não é o preço do quarto, mas sim ser em uma cama minimamente confortável (ou será que alguém aqui gosta de sexo em cama desconfortável e grudenta? rsrs). Esse negócio de sexo dentro de carro que nem costuma funcionar nos Drive-in é só se for por fetiche de pobre e olhe lá, porque se a pessoa tiver uns trocados no bolso e já que é para fantasiar que seja em uma praia paradisíaca ou uma bela banheira e não naquele cubículo desconfortável que costuma ser um carro.

Sair com a menina (como amigo ou não) e no outro dia ir na rede social postar aquela frase ambígua e maliciosa: “adorei a noite de ontem” só pra falar (ou fingir) que ficou com ela. Se você é realmente bom, não precisa ficar marcando tanto território, até porque isso pode queimar o seu filme com outras possíveis pretendentes que também estão no facebook e que verão que você está aprontando por aí rsrs.

 – Ao reencontrar uma antiga ficante falar que perdeu o telefone dela e que por isso nunca mais ligou: Sério, fique calado e finja que se esqueceu de tudo que é melhor!!

– Por fim e pra fechar com chave de ouro: gostar da menina e não pedir o telefone dela achando que poderá encontrá-la novamente: Nunca conte com isso!! Se você é tímido, tome 5 segundos de coragem e peça o telefone dela, depois você vai me agradecer por essa dica, pode acreditar!

Ufa!!! Acho que acabei: meninos não fiquem bravos, esse levantamento não foi feito apenas por mim, mas sim por mim MAIS algumas meninas. Então não me xinguem por algum “possível absurdo”. Se bem que a verdade nua e crua sempre dói e isso dificulta saber quem está com “a razão”, já que cada um quer defender o próprio osso…

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.