Como sair na noite e não voltar sozinho(a) para casa!

13

Dicas para sair na noite e não voltar sozinho(a)

Não existem dicas milagrosas, mas aqui vão algumas para te ajudar a arrumar um candidato a cobertor de orelha (nem que seja por um dia!):

Primeiro de tudo e o mais difícil é: não saia com a intenção de caçar ou pelo menos tente disfarçar isso: Não tem coisa mais broxante do que ver uma pessoa que chega na balada olhando para os lados, já conferindo todo o território para ver se tem “algo bom”. Se quer olhar, olhe, mas não banque o(a) desesperado(a) olhando desesperadamente para ver se alguém finalmente está olhando para você. Se você fizer isso, fora soar sem opção e carente, o seu charme vai por água abaixo.

Nunca saia sozinho em uma balada e nem de dupla: Nunca vá a uma balada sozinho (quem faz isso geralmente não faz porque quer arrumar um amigo aleatório no evento, ou tem gente que faz isso e eu não estou sabendo?!) e isso soa a encalhado (a)* sem amigos. Mesmo quando você quer caçar, você tem que ter a ideia de que também está lá para curtir. Tudo bem que é difícil pensar nisso quando tudo o que você quer é ter alguém, porém, ou você pensa e soa mais natural, ou então chega pistolando todos na balada e volta sem nenhum (ou alguém tão no desespero quanto você).
* A partir de agora vou parar de colocar tanto (a) porque todos sabem que é tanto para homens, quanto para mulheres, se não vocês cansam de ler esse detalhe hahaha

Tenha assunto, seja bem informado e saiba usar as palavras: Não tem nada pior do que aquela pessoa que nunca tem o que falar (seja a que chegou ou a que foi a “chegada”). Se você está interessado, não importa a sua posição: fale e demonstre interesse pelo o que a outra pessoa fala. Porém, não tente dominar o assunto o tempo todo. É interessante inclusive deixar que o outro fale um pouco mais, que se sinta mais a vontade em falar contigo, mas nada de papo de ex, se não já vira ombro amigo! É importante sempre ter em mente que ninguém quer se envolver com uma pessoa metida a sabichona, mas sim com alguém interessante de conversar e, isso implica saber falar e se calar nas horas certas.

 Seja gentil e tente passar a impressão de que você está tendo um tempo agradável ali: Não precisa ficar se oferecendo para pagar tudo e, nem a menina precisa ficar aceitando tudo. Porém (isso para os homens), oferecer uma bebida que a outra pessoa gosta pode deixar o ambiente mais descontraído e, mulheres, demonstrar interesse pelo cara que você está afim (sem essa de fofoquinha no ouvido das amigas ou ficar calada achando que ele que tem que falar tudo) pode pegar bem. Ficar grudada na amiga só cola se você não estiver afim, e se estiver, peça para ela dar uma circulada até que o seu caso se desenvolva um pouco mais.

Tenha foco: aposte em cada pessoa separadamente, e jamais deixe-a perceber que você está dando uma de “pistoleiro”: Eu sei que as vezes a gente se encanta por mais de uma pessoa em um só ambiente, porém, se ela(s) descobre(m) isso pode pegar muito mal para o seu lado: tanto o homem quanto a mulher não gosta de ver que a pessoa que está paquerando está de olho em outras pessoas na balada. Se você quer mais de uma pessoa, coloque prioridades e vá indo de acordo com elas e, logicamente que não seria nada legal caso a segunda visse que você chegou na primeira (e nem vice-versa mas, nesse caso, a primeira saber não importa tanto já que te dispensou mesmo. Porém, não é muito bom arriscar e é sempre bom manter as aparências, já que nunca se sabe quando você pode encontrá-la novamente ou se interessar por um amigo(dela…).

Se preciso, beba UM POUCO: Nada de bancar o bêbado da festa porque isso é derrota e só é divertido para os seus amigos que não querem ficar contigo. Para conquistar alguém você tem que estar minimamente sóbrio e, a bebida só serviria para esquentar um pouco e tirar a timidez inicial (se você é tímido, recomendo o post “Cinco dicas para superar a timidez!“).

Se mesmo assim o pretendente não der bola, não force, e discretamente parta pra outra, sem se esquecer da opção de desistir e curtir o resto da noite sozinho, porque qualquer uma dessas opções é bem melhor do que pagar de chorão da balada que só fica com alguém na insistência.

Para ajudar, também recomendo ler o postDicas de uma mulher para saber se ela está afim de você” (mesmo o post tendo um foco masculino, muitas coisas servem para ambos os sexos).

Boa sorte!

Compartilhe:

About Author

Luiza Costa

Criadora e Administradora do site Pergunte a uma Mulher e autora do livro de mesmo nome. Brasiliense de nascença e em parte curitibana devido aos anos em Curitiba. Acredito que o grande sentido da vida é fazer sentido na vida de outras pessoas e por isso estou aqui. Meu grande amor? Chocolates!! Brincadeirinha, amo quem me ama, o resto ainda não me ama porque precisa que eu cative o amor deles. Não é assim a vida? Estou reativando meu twitter. Me encontre por lá!! @luizacosta2006

  • Marília

    Acredito que as coisas fluam naturalmente, não como um jogo em que as pessoas se disfarçamm de objetos de apenas uma noite.

    • http://www.blogger.com/profile/10509521196654906989 Pergunte a uma mulher

      Isso de ser natural é importantíssimo (já é a dica 1), o ruim é que quando a pessoa já sai nessa intenção (está carente,ou quer curtir adoidado etc), fica muito difícil controlar/disfarçar isso, mas é sempre bom tentar melhorar essa parte!

  • Fábio Flora

    A pessoa deve agir naturalmente, tanto quanto possível. E tentar se divertir. A cara-metade (ainda que temporária) acaba aparecendo. Cedo ou tarde. Abraços e sucesso com o blog!

  • http://www.blogger.com/profile/15827895498785636288 KGeo

    vou sozinho nas baladas pq sou o único dos amigos que gosta de baladas

  • http://vrilbertdark.blogspot.com/ DarKblog

    Acho que a melhor forma de não volta sozinho pra casa, é agir naturalmente quando chegar na balada, acho que ficar pensando muito nisso não da muito certo.

  • http://www.blogger.com/profile/00720699088473582276 Andy A.

    as dicas foram boas principalmente em não exagerar na bebida , coisa fácil para quem quer perder a timidez e acaba passando da medida …
    http://andyantunes.blogspot.com.br/

  • Anonymous

    Olá! Ótimas dicas! Vou seguí-las ! A dica sobre ter foco foi ótima…
    Beijoss!!

  • Anonymous

    Só não concordei com o tópico de sair sozinho… No caso, sair sozinho também passa imagem de segurança. Não fica na dependência do grupo de amigos para mostrar que pode se divertir e conquistar mulheres mesmo estando só, pq afinal de contas vc só vai se dar bem sozinho com a gata. Não vai levar ninguém junto.

  • Anonymous

    Sair sozinho é o que há ! tem que ter bolas pra fazer isso, coisa que muita gente nao tem, eu sou adepto a isso e sei que minhas conquistas, sempre serão minhas e de mais ninguem, por isso faço tudo por merecer e sozinho.
    Tenho uma galera que acompanho de amizade de fins de semanas, onde sentamos, bebemos, falamos besteiras e ficamos dando risada, mas essa mesma galera, nao gosta de ir pra festas, baladas, zueiras, infelizmente, sao frouxos nessa parte, o que me resta é fazer tudo sozinho e eu faco o que ninguem ali faz, e digo mais, chego aonde ninguem chega.
    Quanto ao alcool, ta certissimo, nada de exagerar na dose, perigoso pra ir embora, conta sai uma paulada, e nao pega ninguem, a nao ser uma desesperada, que vai se arrepender no outro dia. No mais, ta tudo certo.
    Flws

    • Arimas Ribeiro

      Concordo com você, todas as vezes que sai sozinho, não voltei pra casa só.

  • Arimas Ribeiro

    Gostei do Post, porém não concordo com algumas afirmações. Por exemplo, as noites em que resolvi sair sozinho, não voltei para casa, as noites em que sair em dupla, não voltei sozinho também, mas a partir do momento que saio em duplas, aí a coisa pega, porque? Simples, aquele elevado numero de homens aglomerados assusta as mulheres.

    Na minha opinião, o melhor forma é sair em dupla, porque geralmente mulher sai em dupla ou trio, quando esta sai em dupla e uma acaba ficando com o seu amigo, a probabilidade da amiga dela ficar com você para não passar o resto da noite sozinha aumenta e muito suas chances.

    No mais, o que posso dizer é, seja decido, não cai nessa de atirar para todos os lados. Fale e ouça, não enrole muito na conversa e não demonstre desespero, fixe o alvo, não deu certo, parte para outra do outro lado da festa, mas jamais dê a sensação que estou a caça e a que eu pegar esta valendo.

    Mulher gosta de ser única e especial, se ela perceber que não foi a primeira com que você tomou a iniciativa, mesmo que ela tenha interesse, ela irá complicar o seu meio de campo.

    Agora, o meu segredo é, esteja bem consigo mesmo, confiante e principalmente, vá para se divertir. Estou com 33 anos, já tive 6 namoradas, destas nenhum namoro durou menos de um ano, a maioria ficou entre 2 a 4 anos e apenas duas não conheci na balada. E a coisa em comum nas outras 4 foram que quando sai de casa tinha a sensação que iria conhecer a minha próxima namorada. Ou seja, estava bem comigo mesmo, feliz, autoconfiante e muito bem resolvido.

    As dicas são validas, mas se você não estiver bem consigo mesmo, ninguém vai se interessar. Afinal, problemas já temos os nossos. E coloque uma coisa na cabeça, ninguém gosta de coitadinho…

    • Arismar

      Ah! Eu quis dizer que a partir do momento que eu saia em trio, a coisa pegava.

  • Mônica Minski

    Acho que se você for a uma balada não vá com o intuito de procurar alguém, se divirta de risada, dance e a partir disso uma pessoa legal aparece. Eu acho terrível sair e ver caras e meninas desesperados pra pegar alguém. Seja natural e as coisas irão fluir.