Como transformar a minha menina em uma mulher?

57

Leitor: Opa, tudo bem?

Minha questão é o seguinte, namoro a 9 meses, tenho 22 anos, trabalho e faço faculdade, ela tem 19, faz faculdade e tá entrando no mercado de trabalho.

O nosso principal problema é que, ela não se comporta como uma Mulher e sim como uma garotinha, sempre que vamos sair, ela tem que perguntar pra mamãe se pode ou não sair, que horas tem que voltar, que horas pode sair.

Ela tem mto medo do pai também, vive medrando, sempre com medo da reação dele.

Ele não sabe do nosso namoro, mas já me conhece e já disse que apoiaria o nosso namoro, pois sou um bom rapaz, estamos esperando apenas umas 3 semanas pra frente, pra poder dizer para ele que estamos namorando, mas ela  tem receio de que ele fique pior, prendendo-a mais em casa.

Tudo ela tem medo e tem que perguntar pra mamãe e pro papai se pode ou não fazer, isso já tá me enchendo o saco. Sou um Homem e quero uma Mulher do meu lado, não uma Menininha, o que faço??

Primeiro de tudo, é interessante que você saiba que cada família possui seus costumes. Se ela age assim, é porque provavelmente foi ensinada, doutrinada desde a infância a se portar com os pais dessa forma. Existem famílias que tem uma postura mais liberal, ao passo que outras são mais tradicionais, impondo maiores limites aos filhos, tal como me parece ser o caso da sua namorada. Isso é uma questão de cultura familiar. Uma determinada forma de comportamento que dentro da sua família pode ser considerada bobagem, em outras famílias pode ser recebida como uma conduta grave e de difícil aceitação e, namorar inclui saber conviver com essas diferenças e até mesmo adaptar-se a elas; posto que provavelmente as regras não irão mudar apenas porque você, um recém chegado na família, não se agrada delas.Ainda mais que ela é muito novinha. Alguém com apenas 19 anos de idade acabou de sair da adolescência e está dando os primeiros passos para a vida adulta e, como você mesmo disse, ela está entrando no mercado de trabalho agora. Todavia, mesmo trabalhando, se ela não conseguir ter financeiramente uma vida independente dos pais a ponto de satisfazer todas as necessidades dela, ainda assim não se poderá dizer como alguém independente a ponto de não precisar da autorização deles para mais nada (sem contar que tem muita gente independente que mesmo assim sempre leva em conta a autorização dos pais!).

Você quer cobrar uma postura independente, de mulher toda poderosa e bem resolvida de alguém que há apenas dois anos era uma adolescente – ela não tem 30 anos, mas sim 19! Ao que parece, você imaginou um namoro cheio de liberdades, onde os dois poderiam fazer o que desse na teia, sem precisar do aval dos sogros e isso nem sempre é uma realidade. Nem toda família aceita esse formato moderno de relacionamento, cabendo a você analisar se ama a sua namorada de verdade a ponto de moldar-se a isso ou não. Em caso de não adaptação, cabe a você tomar alguma atitude, tal como romper o relacionamento ou procurar um meio para contornar essa situação que tanto o incomoda – casando-se, por exemplo!-. Não se assuste quando eu sugiro que você se case como forma de sanar um problema que tanto o desagrada, porque se você quer cobrar dela uma postura mais decidida, bem resolvida, de mulher, presume-se que você não veja problema algum em ter uma postura mais enérgica em igual sentido. Sim, porque é preciso ser muito homem para tirar uma mulher do seio de sua família e casar-se com ela, assumindo uma responsabilidade que antes era da família dela. Não se engane! Ser homem não se resume apenas a sair para onde quer com a namorada e chegar a hora que bem entender. Isso qualquer adolescente rebelde faz!

Sua história me fez lembrar um brasileiro que namorava uma indiana e não podia beijá-la na boca porque na Índia não é permitido que casais de namorados se beijem, sobretudo  em público. Então ele, percebendo que gostava realmente da moça e a fim de ter maior liberdade com ela, casou-se! Afinal de contas, quem ama se compromete. Aceita o ônus e também o bônus!

Quanto ao fato de o sogro dizer que aceitaria e apoiaria o namoro de vocês, ao passo que ela está há três semanas embaçando para apresentá-lo à família dela, eu enxergo nessas duas posturas um paradoxo. O sogro quando lhe diz, mesmo você ainda não tendo sido apresentado a ele como o namorado da filha, que apoiaria a relação de vocês, está a meu ver querendo com isso estabelecer uma forma de controle, e de quebra deixando bem claro que está de olho, trazendo o romance para mais  perto, para onde ele possa ver e acompanhar, estabelecendo o controle que julgar necessário a essa relação, pois muito provavelmente ele já percebeu que existe algo a mais entre vocês. Penso que se ele fosse realmente esse bicho-papão como sua namorada pinta, ao invés de largar essa indireta, ele chegaria autoritariamente e já perguntaria qual é a sua.

Sua namorada poderia simplesmente peitar os pais. Porém, fica difícil cantar de galo quando ainda se depende tanto deles. Sem contar que consultar os pais sobre tudo me parece um costume culturalmente adquirido por sua namorada e que, por isso, está arraigado no espírito dela. Sendo assim, ainda que ela venha a se tornar financeiramente independente dos pais, enquanto ela ainda morar com eles, vai sentir a obrigação de pedir a opinião deles. Ainda mais que essa forma de comportamento incomoda a você e não a ela. Se você realmente a ama, resta tão somente compreender essa situação. A compreensão e a paciência são uma das principais expressões de amor. Afinal de contas, como alguém sabiamente escreveu: o amor tudo crê, tudo espera, não se ufana e é paciente.

Se mesmo assim não der para você, melhor procurar mulheres financeiramente e emocionalmente independentes e que por isso não devem satisfações “a ninguém”, ou seja, provavelmente mulheres mais velhas. Sim, porque mulheres com esse perfil que você gostaria que sua namorada tivesse, com a idade que você tem agora, geralmente são mais velhas que você….

Se ainda assim está muito difícil conquistar o sogro. aconselho ler esse post ” Dicas para agradar o sogro”. do blog.
Instagram
Share.

About Author

Colaboradora do Pergunte a uma Mulher. 25 anos, formada em Direito, adora assistir a um bom filme, apreciar uma boa música, ler um bom livro em uma tarde ensolarada e fresca, escrever sobre suas impressões do mundo e observar e refletir sobre a vida. Afinal, "sei lá, sei lá, a vida é uma grande ilusão. Sei lá, sei lá, só sei que ela está com a razão".

  • É difícil lidar com a infantilidade e parceiro(a) mimado(a), mesmo… –‘

    http://quandotahescuro.blogspot.com.br/

    • Davson ([email protected])

      Fabinha,

      Com sinceridade, acho que a infantilidade nao é o principal problemas, o que o leitor quer, é uma menina livre, leve e solta, como a maioria, que sai com o namorado na sexta e volta no domingo… é isso! Essa menina pelo visto ela teve uma criação a “rédias curtas” como se diz aqui em MG, e esse tipo de criação está fazendo falta aos jovens de hoje.

    • Gabriel Henrique

      Este comentário foi removido pelo autor.

    • Gabriel Henrique

      nem é tanto sair na sexta e voltar no domingo, mesmo com 22 anos antes de sair de casa, meu pai ainda vem me perguntando pra onde vou sair, com quem vou sair, mas eu sei dobra-lo, ela nem tenta .-.

      • Pati

        Mentir é feio…

        Fique com Deus e converse com ele.

    • Márcia Parreira

      Este comentário foi removido pelo autor.

    • Márcia Parreira

      Minha sincera opinião? As chances de se transformar uma pessoa é quase nula, então Gabriel, penses se compensa levar adiante este relacionamento que nem começou oficialmente e com tantas diferenças. Se isso te incomoda tanto assim… existem outras mulheres que atendem seu perfil e não quer dizer que vão sair transando com vários homens. Existem mulheres independentes e com valores. Concordo que as mais velhas tem mais este perfil, porque você já viu uma garota de 19 anos com casa, carro, apartamento, loja etc, que não pertença aos pais? A independencia está diretamente ligada ao financeiro. Se os pais dela mandarem ela para fora de casa, provavelmente terá que morar na rua… então compensa para ela dar satisfações. rsrs mas te entendo deve ser muito marcação aquela coisa de liga no celular toda hora, manda “vela” mas lamentavelmente isso aí é quase impossível de se resolver. É capaz do sogrão te dar um tiro também, porque está querendo colocar a filha dele contra os princípios ensinados por ele. Ou vc espera uns 4 anos ou mais até que ela alcance estabilidade financeira, (isso se ela tem o desejo de ser independente se não nem espere) ou… desista. Seja feliz amigo. Não deixe criar raízes, porque vai doer bem mais. Se optar por terminar não use ameaças para ela porque estará fazendo mau a ela. Diga apenas que vcs são muito diferentes, melhor não continuar…

  • Marília

    Tem que conversar com ela e esperar o tempo, as vezes ela tem algum problema escondido, terapia e muita conversa, mas essas coisas são com o tempo mesmo, maturidade, experiências de vida…

    • karina

      verdade marilia ,olha meu namorado que que eu seje madura,ele quer que eu tenha cabeça de 30 a 40 anos,mais eu fiz recentemente 18 anos.

  • Jéssica Pagliai

    Olá 🙂

    Confesso que sou um pouco infantil também, mas não no caso da namorada dele… Hehehe
    Mas acho que, conversa é tudo! E ela tem que entender que não é mais uma menina…

    Beijinhos

    • Davson ([email protected])

      acho que o problema dele, não é ela ser menininha…acho que ele quer uma piriguete!!! é diferente…

    • Gabriel Henrique

      Não Davson, eu quero que ela entenda que já é mulher e não uma menininha mimada… não quero nenhuma periguete, quero que ela assuma o fato de ser MULHER!!

      • karina

        gabriel henrique ,eu tenho 18 anos e ja tenho filho,o caso dela e parecido com o meu .

  • Davson ([email protected])

    Prezado amigo! Considere-se um cara de sorte! Em meios tempos onde a liberdade sexual se liberta, as drogas estão cada vez mais comum, a falta de diálogo dos pais com os filhos cada vez maior, voce tem uma princesinha como namorada. Primeiro, concordo com a consultora, cada familia tem sua tradição, sua maneira de educar os filhos.
    Pelo seu relato, penso que se no mundo tivessemos mais familias como a familia da sua namorada, nosso mundo seria mais amoroso e muito menos violento. voce acha isso estranho, ou talvez ruim, porque voce esta acostumado com a sociedade moderna, onde os jovens acham que pai e mãe são “quadrados, ultrapassados, caretas” mas não é bem assim não…
    A atitude da sua namorada em dar satsfação aos pais está correta, ela mora com eles, e faz bem deixar avisado para onde vai, com quem vai e que horas planeja estar de volta, isso é válido até por questão de segurança, ela simplesmente pensa na mãe e no pai que fica em casa…
    Voce tem noção a esposa que voce terá caso se case com ela? Aposto que será uma otima esposa e uma excelente mão, pois ela tem procedencia, coisa que a maioria das meninas não tem.
    Voce sim precisa avialiar o que voce pretende com essa menina… Se sua intensão for somento ficar, transar…. Ela pelo visto é menina de levar a sério, ter projeto de casamento…
    Hoje eu tenho 30 anos, e fui criado em sistema parecido, nunca tive medo do meu pai, e sim muito respeito, e hoje tenho o orgulho de dizer que ele é meu melhor amigo, e mesmo aos 30 anos, nao morando mais debaixo do mesmo teto, ainda quando vou sair da minha rotina diária, eu aviso meus pais, a minha irmã para que eles saibam e não se preocupem comigo. Aprendi assim, e pretendo educar meus filhos assim, se é que um dia eu vou ter filhos.
    Bem, voce tem 19 anos, se caso voce acha essa doutrina chata,e quer uma menina mais moderninha..faça isso, mas seja legal com a garota, converse com ela e siga sua vida, e vai atrás de uma piriguete que vai transar com voce hoje e com seu amigo da faculdade amanha…
    Amigo, a decisão é sua, na vida temos a oportunidade de escolha, mas pense bem, cada escolha vem acompanhado de uma consequencia, e ter responsabilidade é atitude de homem.
    espero ter ajudado!!! bjs a todos!

    • Gabriel Henrique

      mais amorosos e muito menos violento?? é pq não sabe que o meu Sogrão já deu foi tiro em namorado de uma das filhas mais velhas dele……….

    • Gabriel Henrique

      Este comentário foi removido pelo autor.

    • Gabriel Henrique

      A atitude da sua namorada em dar satsfação aos pais está correta, ela mora com eles, e faz bem deixar avisado para onde vai, com quem vai e que horas planeja estar de volta, isso é válido até por questão de segurança, ela simplesmente pensa na mãe e no pai que fica em casa…”

      se fosse só isso tava tudo bem…. mas não é… não é apenas questão de deixar avisado.. é ser controlada por eles… eles determinam… e eu não saio pra quebrada com ela… vou é em restaurantes comer fondue e afins… e não em lugar ruim… pra que eles possam controlar o dia, hr e local -.-‘

      e não.. não tenho 19 anos.. tenho 22 anos!!!

    • Pati

      Ser liberal não significa ser traíra…. Fique com Deus….. Sou como a namorada dele.

  • Gabriel Henrique

    Se eu devo me moldar a ela?? pq ela também não pode se moldar a mim?? é esse meu questionamento..
    sim, estou tendo paciência a 10 meses (pouco se for ver, reconheço), mas acho que ao mesmo tempo que tenho que ver o lado dela, compreende-la e ter paciência, ela também tem que ver o meu lado e tentar me compreender… ver que não namoro uma menina e sim uma mulher…
    Eu já moro sozinho, não caso pq não tenho dinheiro pra bancar a faculdade dela, (e a dondoca não quer fazer FIES, assim como eu fiz para poder pagar a minha faculdade)
    Gosto muito dela, sim estou pensando em Casar-me com ela. já teria casado se não fosse essa pequena questão da faculdade… não quero que ela largue e não tenho condições de pagar…
    como essa pergunta foi a um bom tempo… tenho que dizer a nova.. infelizmente não vamos contar ao pai dela mais… fomos conversar com as irmãs mais velhas dela.. e todas as 3 disseram para que a gnt enrole mais, pra que ele só saiba quando estivermos noivos.. pq com certeza ele vai ficar pentelhando ela (mesmo que na minha frente seja todo gentil)… só que ao mesmo tempo que vou ter que ter paciência quanto a isso até que ela arrume emprego para pagar a faculdade dela e podermos nos casar.. acredito que ela também tem que ver meu lado e saber dobrar o pai dela…

    • Fabíola Oliveira

      Oi, Gabriel. Antes de meu texto ser editado para ser postado, ele continha um parágrafo que tinha mais ou menos o sentido do que eu vou dizer agora: se ela reluta tanto em oficializar esse namoro, é porque com essa atitude ela já está se amoldando a você, pois pretende assim ter a liberdade de ir com você a um restaurante, a um cinema… Programas que ela sabe que se o pai ficasse sabendo, iria colocar obstáculos. Essa é a forma dela de se amoldar a você e , a meu ver, é uma maneira sábia de fazer isso, pois ela fica com a liberdade que você e ela tanto almejam e não entra em conflito com a família dela, atitude que poderia até colocar o relacionamento de vocês em uma situação de risco.

      Gabriel, você está lidando com uma questão de cultura familiar e é muito difícil tentar quebrar isso. Ademais que me parece que ela e as irmãs foram criadas com rédeas curtas.

      Já que pensa em se casar com ela futuramente, querido, seria bom você já começar a avaliar se uma menina que aprendeu por uma questão de educação familiar ser tão dependente da aprovação dos pais teria condições de levar um relacionamento a dois sem precisar do pitaco do pai e da mãe. Sim, porque casamento é algo apenas a dois, é vida independente dos pais.

      Seu principal argumento é sempre de que ela é uma mulher. Gabriel, com 19 anos ainda se é uma menina e quando não se tem autonomia financeira piorou. Para peitar os pais, bater o pé e dizer que vai fazer isso ou aquilo, mesmo sem a aprovação deles, tem que ter conquistado já a independência financeira porque é difícil peitar alguém de quem você depende até para ter um lugar para morar….

      Gabriel, você alega amá-la muito. Mas amor por si só não se sustenta, tanto é que você, apesar de gostar muito dela, mostra-se extremamente incomodado com essa situação e vou mais além: você não está apenas incomodado. Está irritado! o que me faz pensar que meninas que advêm de famílias com essa tradição, não fazem o seu perfil e já que tem intenções de se casar com ela, é bom saber que a gente não se casa só com o parceiro, casa-se é com a família toda e você num namoro extraoficial já está sentindo isso.

      Também não entendo por que,para você, é tão importante oficializar essa relação para o seu sogro se ao que me parece os dois terão muito mais a perder com isso do que a ganhar, uma vez que ele vai ficar pentelhando vocês. Mas se oficializar esse romance para você for tão importante, converse com sua namorada e diga que você gostaria, sim, de tornar isso patente aos pais dela e que não aguenta mais essa situação e que isso pode minar a relação de vocês. Posicione-se também! Não fique apenas resmungando pelos cantos e deixando ela conduzir a relação como é melhor para ela. Se ela concordar, converse com seu sogro, diga suas reais intenções e para onde pretende sair com a filha dele.Mas será que você tem coragem de chegar para ele e falar que não quer namorar a filha dele com ele controlando desnecessariamente esse namoro, que não concorda em alguns aspectos com algumas atitudes dele e que considera até um exagero? Gabriel, Será que você não quer jogar tudo nas costas dela lançando um argumento extremamente apelativo de que ela já é uma mulher?

      Porque parece que você é muito homem apenas para cobrar atitude dela. Para agir, você espera sempre por ela…

    • Gabriel Henrique

      Não cobro apenas atitude dela, tenho também atitude =/
      com 19 anos eu já corria atrás das minhas coisas fazia tempo…
      e se mulher se desenvolve mais rápido que homem, pq me diz que 19 anos ainda é menininha??
      tá certo.. até meus 20~21 ainda me achava novo..
      mas me considerava Jovem adulto do que um Adolescente…

      Estou sim irritado com a situação, mas tenho paciência com ela. ela não se diz pronta a isso e eu sou paciente com ela a ponto de ficar de boa, sem pressiona-la tanto.

      o meu fato de Oficializar logo é o seguinte:
      Ele me conhece, frequento a casa dele e fico no receio de quando ele souber do namoro, derrepente por outros, ou mesmo por nós, ele se sinta traído por isso… e como vc mesma disse, a gnt não se casa só com o(a) parceiro(a), mas sim com a família dela..

      o fato de não bater de frente com ele da forma que me disse, (conversando com ele e mostrando que não quero uma menininha controlada e sim uma mulher) é que sei que ele vai ficar irritado com isso e desgraçar tudo de vez (desculpe a palavra).

      me entende??

    • Fabíola Oliveira

      Oi, Gabriel. Que bom que voltou! Gabriel, a meu ver, não é tão necessário assim você oficializar mais essa relação para o seu sogro se você já frequenta a casa dele. Seu sogro já é um homem experiente e já percebeu que o que existe entre você a filha dele, na verdade, é uma relação de namoro, ou seja, tacitamente, você jà onficializou para ele essa relação, posto que frequenta a casa dele e ele permite. O único meio de a gente revelar algo para outro não é apenas expressamente. Podemos fazer isso, também, de forma tácita como é o caso de vocês… Seu sogro já sabe, querido, que isso é um namoro e quando ele lhe disse que aceitaria-o como genro porque é um bom rapaz, estava apenas deixando bem claro que já tinha “sacado” as coisas.

      Quando eu digo que com 19 anos ainda é uma menina, não estou querendo dizer com isso que ela tenha a idade mental de uma criança. Refiro-me à falta de experiência, vivência e estado de dependência dos pais que alguém com essa idade ainda possui.Não quis com isso dizer que alguém aos 19 anos de idade não tenha capacidade de assumir responsabilidades. Não! De forma alguma!

      Você disse na sua pergunta que ela estava adentrando o mercado de trabalho agora. Por isso, pensei que ela já trabalhasse.

      Gabriel, eu estou percebendo que com a formação psicológica e valores que você tem, o ideal, para você, realmente seria uma mulher mais independente; pois noto que até o fato de sua namorada com a idade que tem ainda não trabalhar o incomoda. Eu acho que você deveria começar a pensar se vale a pena, para você, permanecer nessa relação. Tudo bem você gosta dela e tudo. Mas esqueça todo mundo. Pense apenas nos seus valores, na sua formação psicológica, em toda bagagem que você adquiriu até agora e se pergunte se é desse tipo de mulher que você gosta, sente-se bem, quer para sua vida para ser sua companheira…

    • Fabíola Oliveira

      Se chegar à conclusão de que não, não há problema algum, Gabriel. Digo isso porque honestamente acho que seu perfil de mulher é outro. Você parece se sentir mais atraído por mulheres independentes, donas de si…

      Você já trabalha e estuda e o fato de sua namorada ainda não trabalhar faz com que você pense que ela não está no mesmo ritmo que você, fazendo com que você a veja até como uma mulher acomodada…

      Depois da resposta que obteve aqui, voce já conversou com ela sobre essa sua insatisfação?

  • Fabíola Oliveira

    Isso me faz lembrar uma história de uma moça de 28 anos, que já trabalhava e que o pai era bem rígido com horário, semelhantemente ao seu sogro e ele já tinha espantado alguns namorados da filha por causa disso. Um belo dia, ela começou a namorar um homem mais velho de seus 42 anos que chegou na cara de pau do sogro e disse que achava patética a atitude dele de controlar uma mulher de 28 anos, tratando-a como uma criancinha e disse outras coisas também, expondo o ponto-de-vista dele sobre essa situação. Ele disse que o sogro o olhou com cara de susto e foi um santo remédio. Mais nunca ele veio com imposições exageradas. Mas ele teve que ter coragem para peitar, coisa que parece faltar em você.

    Noto que você está se desgastando muito com essa situação. Se não dá para você, Gabriel, parta para outra. Como eu disse: amor por si só não se sustenta e o amor que você sente parece não ser suficiente para suportar essa barra de maneira paciente. Procure outro perfil de mulher.

  • Kittsu

    Que conselho, heim? “se não está satisfeito com a infantilidade dela, contorne a situação: case-se”?!?!?!?!?!?!?
    A maturidade, a atitude de contornar os próprios limites ao controle dos pais tem que partir dela, não do cara. Sim, ela está sendo sustentada pelos pais… mas os pais não podem ser castradores a ponto de impor que ela ABRA MÃO de seu próprio crescimento! Isso é infantilizar um adulto saudável que está completamente apto a lidar com as coisas normais da vida, e um relacionamento amoroso É IMPORTANTE SIM para a construção dela como ser humano, não é apenas uma libertinagem de malandro, de vagabunda inconsequente. Todo ser humano tem a necessidade de certas experiências e tem a necessidade de vivenciar o comportamento normal para seu contexto, negar isso pode gerar consequencias extremamente negativas para toda a formação psicológica dessa pessoa.
    Se você recomenda a uma pessoa imatura dessas a se casar, a coisa mais provável que você vai conseguir é um casamento infeliz, no qual os pais vão interferir sem nenhum constrangimento pois a filhinha deles será completamente incapaz de estabelecer limites dos pais. Todo relacionamento onde limites não são estabelecidos vira uma porcaria, pois ninguém consegue lidar de forma saudável com a indefinição de seu espaço pessoal – seja ele físico ou mental. Se você não consegue estabelecer uma barreira interior às ordens alheias, você perde parte do seu “eu”, está condenado a ser parte do outro sendo subserviente, submisso a ele.

    Impor limites é necessário, sempre. Aos pais, ao namorado, aos amigos, ao vizinho. É necessário preservar sua individualidade ao mesmo tempo em que mantem a coerencia com seu meio. Não é razoavel dizer que é normal um ADULTO (sim, a 2 anos era uma adolescente e a 6 anos era uma moleca, o que não contradiz em nada que HOJE ela é uma adulta). Mais desarrazoado ainda é fazer a recomendação antiquada, inadequada e irresponsável de que o remédio para isso é o casamento. Casamento é para relacionamento maduros no qual os dois se entendam e se completem, não para dar asas a um relacionamento defeituoso, para satisfazer as necessidades do papai superprotetor. isso é loucura… É por conceitos DOIDOS como esse que casamento hoje não dura nada. ninguém quer compromisso, só quer fugir do problema mais imediato sem enxergar um palmo à frente da cara, quanto mais vislumbrar como seria um relacionamento desses 20 anos depois.

    • Fabíola Oliveira

      Kittu, aconselho que quando você quiser opinar, primeiro você leia os comentários porque eu aconselho ao rapaz nos meus comentários,os quais estão logo abaixo do texto,se vale mesmo a pena ele se casar com uma menina tão dependente da opinião dos pais dentre outras coisas. Onde você vir nos comentários escrito Fabíola Oliveira sou eu a autora do texto.

      Receio também que você não tenha entendido algumas passagens do texto. Os pais dela não a infatilizam. Ela trabalha e estuda e o pai, apesar de já saber que a filha namora, pois deixou bem claro isso ao rapaz, ainda é capaz de tolerar essa relação, mesmo ela estando longe dos olhos dele.

      Depois que todo mundo namora para casar. Ao menos, a maioria das pessoas.Se ele a acha tão infantil a ponto de não ver nela maturidade suficiente para assumir um compromisso mais sério como é o casamento, melhor se sair logo dela. Ninguém com 19 anos é dono do nariz se ainda depende dos pais até para ter onde morar. Se ele a acha imatura, melhor a fazer é partir para outra. Não vejo nenhum conceito doido aqui. Como já disse várias vezes,não estou o incentivando a casar-se com ela. Se ele a acha muito menininha, que parta para outra e aprenda a arranjar garotas que, segundo o conceito dele, sejam mulheres de verdade. Muito simples. Conheço três irmãs que foram educadas nesse mesmo sistema que a namorada do leitor e hoje são todas casadas e bem casadas. Acho que você tá muito habituado a esse modelo me mulher imposto pelas novelas das nove da Globo onde a filha sai com o namorado a hora que quer, faz o que quer e, para muitas famílias, a coisa não deve funcionar assim.

      Isso, para mim, é mais uma questão de cultura familiar e acho um argumento super apelativo um namorado cobrar postura de uma garota de 19 anos alegando que ela já é uma mulher.

      Sinceramente, acho super exagerado quando você taxa o pai da menina de castrador pois ela trabalha e estuda e essas duas coisas proporcionam e muito o crescimento do ser humano. Ela também namora e o pai sabe. Onde é que está a castração? O resto, para mim, tudo é questão de cultura familiar.

  • Fabíola Oliveira

    sinceramente creio que você distorceu o que eu quis dizer. Casamento não resolve imaturidade de ninguém e não disse para ele casar a fim de sanar esse suposto problema. Mas porque sabidamente pais que agem assim geralmente costumam dar toda liberdade aos filhos quando se casam e se ousarem interferir na relação na constância do casamento, ele, enquanto marido da filha, terá todo direito de vetar a intromissão do sogro.Depois que todo mundo possui defeitos. O dela talvez seja ser imatura o da bem resolvida pode ser bem resolvida demais. Cabe a quem se relaciona saber se é capaz de suportar ou não um determinado defeito do parceiro. Não é porque ela tem esse defeito que necessariamente isso quer dizer que não poderá ter um casamento feliz. Se ela arranjar um marido que seja capaz de relevar esse “defeito”,o que não parece ser o seu caso nem o do leitor, isso será perfeitamente possível.

    Por enquanto, ele é apenas o namorado da filha e não tem por que querer modificar determinadas tradições de família somente porque ele é namorado da filha e se ela já dá mostras de que é uma pessoa imatura e ele se sente desconfortável com isso, o ideal é que ele vá procurar outra garota que melhor o agrade e não ficar tentando mudar um comportamento de 19 anos. Agir assim também é ser maduro.

    Não entendo pór que você acha se casar uma atitude tão radical. Penso que se alguém considera o namorado(a) imaturo demais para isso, deveria nem estar mais com esse parceiro.Tá fazendo o quê com essa pessoa ainda? Esperando-a mudar? Manter um relacionamento apostando na mudança de alguém é um tiro no pé. Melhor aprender a conviver com esse defeito do que se frustrar esperando uma mudança que talvez não ocorra nunca.Essa esperança é uma das principais causas de falência de muitos relacionamentos.

    • Gabriel Henrique

      Bom, não acho radical essa atitude, mas acho que não é hora.
      tudo tem sua hora de acontecer, acredito que não seja esta a hora, por motivos financeiros.

    • Gabriel Henrique

      Corrigindo vc, ela NÃO trabalha e NUNCA trabalhou, apenas estuda…

  • Anonymous

    Tapa de luva, a resposta. 🙂

  • Anonymous

    Olha, Gabriel, eu também sou criada nesse sistema. Eu tenho 19 anos, também trabalho, estudo e namoro. E em alguns momentos dou fugidas para poder sair com meu namorado. Porém, sair à noite e voltar no outro dia é algo que, eu sei que, meus pais não vão deixar. Pra que começar uma briga se sabe que vai perder? Tá bom, isso nos torna infantis, no seu conceito, ne? Mas pense bem, é melhor ter algo aos poucos e ir conquistando a confiança, do que arriscar tudo e ficar sem nada. Eu sei que meu namorado também não gosta muito disso, ele tem 23 anos agora e gostariam de poder sair comigo, assim como você quer sair com sua namorada. Mas antes de assumirmos o namoro, eu disse para ele como seria e como meus pais eram e disse que ele iria ter que ter paciência, porque eu não iria peitar meus pais assim, pois dependo deles e se eles dissessem NÃO para alguma coisa, eu não ia poder fazer nada, porque moro debaixo do teto deles. Entenda, não é questão de ser castrada, talvez até que seja, mas foi a educação que nos deram. E não sou eu apenas que sofro com isso, meu irmão aos 29 anos também sofre um pouco. Mas se não fosse essa a educação que nossos pais tivessem nos dado, talvez não fossemos bem criados assim. Num mundo como esse, criar os filhos com muita liberdade só traz problemas. Claro que requer confiança da parte de todos, mas pais são pais, e eles só querem nosso bem.
    Um conselho que te dou é: Se você gosta dela e quer ficar com ela, ter algo mais sério e futuramente um casamento, tenha paciência. Pense que esses obstáculos são coisas amenas, pense na recompensa que é te-la com você pro resto da vida. Mas se você quer uma mulher que pode sair com você para todos os lugares a hora que você quiser, então, meu caro, você está com a moça errada.
    E para com isso de dizer que ela é mimada e infantil, isso não é infantilidade, é respeito aos pais dela. Ela pode sim ser mulher, e ela é, pois ela trabalha, estuda e pelo visto quer um futuro bom pra vida dela. Isso é atitude de mulher SIM! Se ela fosse mimada iria viver as custas dos pais e ia ser uma garota fútil. E antes de vir expor a vida de vocês aqui, falando que ela é mimada, isso e aquilo, conversa com ela e fala o que você não tá gostando no relacionamento.
    Boa sorte!

    • Ótimo comentário! ainda mais você que já passa por isso!! Só a parte da exposição que não é bem assim, visto que aqui as perguntas são todas postadas anonimamente, justamente para não expor ninguém!! Assim, o blog serviria apenas como uma segunda opinião, nunca como algo substitua a conversa entre o casal, mas sim que dê ideias, um algo a mais mesmo!!

      beijos!

    • Gabriel Henrique

      Acha mesmo que eu nunca conversei com ela???
      é praticamente o único motivo de discórdia nossa..
      de resto sempre fomos muito felizes e praticamente sem briga.

    • Fabíola Oliveira

      Gabriel, você fala que vocês no mais são felizes. Mas eu sinto que essa questão que você levantou na sua pergunta pese tanto a ponto de suplantar os momentos felizes que vocês têm juntos, porque essa questão parece ser crucial para você. Depois que eu tenho cá minhas dúvidas se um relacionamento sem brigas pode ser considerado um relacionamento deveras feliz. Geralmente sim. Mas nem sempre esse pode ser considerado um indicativo de felicidade. Tô até para responder uma pergunta onde o casal nunca brigou, mas que…

      Beijos, Gabriel

    • Fabíola Oliveira

      Voce pode ate ter momentos felizes com ela. Mas será que você tá feliz nessa relação, essa relação a satisfaz? Sim porque essa questão que você levantou na sua pergunta parece importante de mais para que as outras que não trazem conflito algum se sobreponham a ela… Por isso pergunto: cê tá feliz nessa relação?

  • Anonymous

    Nossa o cara que mandou essa pergunta é muito escroto. Ela tem 19 anos, a criação dela foi diferente da sua, não é pq ela tem que pedir permissão para sair com você que ela é uma menininha. Pelo visto o imaturo da relação é você, se não te agrada alguém assim, procure outra.

  • Anonymous

    Acho que a falta de maturidade vem mais da parte do Gabriel que da namorada dele…
    Não consegue entender que dentro de uma família existem regras e cultura e ainda quer que, em alguns meses, que uma menina que foi educada de uma determinada forma durante 19 anos mude completamente?
    Ela sabe que não é menina e sim mulher. Mas entes de ser mulher ela é filha e deve respeito aos pais.
    O fato de ela não querer assumir o compromisso é pra poder sair com você sem o pai tentar impedir caso vocês estivessem namorando. Isso é atitude de mulher, PENSAR!
    Pedir à mãe pra poder sair e coisas afins não são provas de que ela é uma menina, mas sim de que ela teve educação e respeito.
    Você se incomoda com a presença dos pais dela porque não tem os seus pra te cobrarem nada. Ou você aprende a conviver com as circunstâncias e contornas esses obstáculos, ou termina e procure uma menina liberal.
    E você não tem uma menina ao seu lado, se tivesse ela não ia pensar de forma a poder ter oportunidade de ficarem juntos (não querendo contar ao pai sobre o relacionamento, para que não sejam impedidos de inúmeras coisas) ela tem respeito e educação com os pais…como eu disse, o menino aqui é você, não ela.

  • Anonymous

    eu penso que a idade não impõe essa de ser mulher. Do que adianta ela ter 19, 20, 24 e viver sobre o teto dos pais? viver dependendo deles para tudo?? ela ainda deve satisfação a eles e muita ainda por cima. eu tenho 21, mais como to desempregada e dependo dos meus pais, vou sempre ter q perguntar, pedir talvez e ouvir oq eles tem a dizer sobre eu sair e voltar a hora que quero. Se vc quer uma mulher assim querido, acho q vc esta com a garota errada, não acha?? mais ninguem da valor ao que tem msmo neh. PQP

  • Mete logo a rola na vagaba, que ela desabrocha.
    Se voce não fuder ela logo, vem outro, fode e voce
    vira cornão sua bichona.

  • Anonymous

    Eu também fui criada assim e aos olhos de muitos pode parecer uma criação rígida, para mim normal. Pelo que eu entendi o pai dela só teve filhas, na minha família também é assim. Imagine, o pai deve ser super-protetor e não é para menos, com cada coisa que a gente vê por aí, cada coisa ruim acontecendo. Se ela namora você e quer lhe apresentar como namorado dela vc deveria se sentir muito feliz! Pq imagino que vc não seja qualquer pessoa e esse amor será duradouro. Tenha paciência, siga as regras da casa, para adquirir confiança como futuro membro da família (a confiança como amigo dele vc já tem, mas precisa mais do que isso). E uma coisa: ela é mulher sim, porque tem muita gente que se diz mulher e acha que pode sair por aí fazendo qualquer coisa e depois não assume as consequências! Ela é muito MULHER por respeitar os pais dessa forma que vc acha infantil, respeitando horários e avisando os pais. Se vc quer uma mulher com falsa liberdade tem muitas por aí, mas como ela vc não vai achar. E como ela tá entrando agora no mercado de trabalho, tenha mais paciência, pois ela não deve entender como é difícil se sustentar sozinho e investir no futuro, aos poucos mostre pra ela que ela não vai poder pagar uma facul sozinha por exemplo, vai ter que recorrer a esses sistemas de financiamento. Seja compreenssivo e releve as coisas que pra vc não é normal, tente tirar o melhor das coisas que vc ver na família dela, imagine que um dia vc vai querer uma filha igual a ela, q não sai com qualquer um, escolhe bem os lugares a onde vai, te avisa para não deixar preocupado, anda com pessoas boas e não vai dar brecha para malandragem.

  • André

    Ela seria imatura se ficasse batendo de frente com os pais como uma guriazinha mimada!! Ela ta muito certa, se maturidade, pro cara que fez a pergunta, seria ela ficar “se governando” e passando por cima dos pais, o infantil da história toda é ele, que quer sair cantando de galo por aí achando que já é muito homem com 22 anos e EXIGINDO uma postura de mulher super madura de uma menina de 19. Cara, larga essa guria e deixa o caminho dela livre pra ela encontrar um homem de verdade, que respeite os limites e os valores dela. Cada um cresce ao seu tempo.
    É MUITA imaturidade querer mudar a guria só pq TU quer, é coisa de guri mimadinho que quer tudo do seu jeito. CRESCE!!

  • Iceman

    negao coloca uma coisa na tua mente a filha sempre vai ser a pricezinha do papai, sou csdo ha 15 anos eu e minha esposa moramos em outro estado dele temos dois filhos, mais sempre liga pra casa e pergunta cada minha filhina, pai e pai mae e mae o resto é o resto

  • Dea

    Gabriel, eu não iria comentar porque sinto que em parte aquilo que vou dizer já foi dito aqui mil e uma vezes, mas quiçá é milésima segunda e faz “click”.
    Meu caso é parecido e no entanto noutro estrato. Eu tenho 19 anos e o meu namorado 32. Temos uma diferença de 13 anos (dez anos amais que você e sua namorada, então melhor tentar me ouvir). Ele tem a sua bagagem assim como eu e, nem sempre é fácil mas, eu tenho maturidade suficiente para lidar com isso e ele é compreeensivo o suficiente.
    Voltando ao assunto.. Muitas foram as vezes em que ele quis que eu pudesse sair e ir passar um final de semana em casa dele ou ir a viagens para outras províncias com ele, no entanto, tal como a sua namorada, eu vivo com os meus pais e ainda só estudo, o que complica as coisas no quesito “independência”. O que você tem de entender, e foi o que eu expliquei ao meu namorado, é que ele resolveu namorar com alguém que tinha essas limitações, alguém que ainda deve satisfações a alguém e alguém que ainda não possui o mesmo tipo de estabilidade que ele. Além do mais, a minha relação não foi fácil para os meus pais aceitarem, eu enrolei muito pra apresentar ele a minha família, porque eu sabia que não seria fácil. Só apresentei porque era a minha maneira de mostrar que estava segura com a pessoa com quem estava e deixar os meus pais mais tranquilos. E foi o que aconteceu. Mesmo que ainda não vá passar o final de semana direto com ele, os meus pais já não complicam tanto quando eu saio com ele, seja pra ir a um cineminha ou uma boate. O que eu quero salientar aqui é: precisas de ter paciência SE realmente quiseres estar nessa relação. E, honestamente, com 22 anos, tu podes não ver as coisas com tanta clareza porque ainda és jovem, queres o mundo aqui, agora, já. Percebes? Tenta aceitar que a tua namorada “ainda” é uma menina e trabalha apartir dai. Para de exigir a ela que se comporte como a mulher que ela ainda não é, e trata de ajudar ela a tornar’se essa mulher. Quanto a questão de apresentar ou não, isso é realmente tão importante assim? E eu não sei se tu tas apaixonado pela tua namorada ou por aquilo que tu achas que ela pode vir a ser.

  • Fernanda

    Passei por isso… Mas acontece que a minha namorada que exigia isso na época não trabalhava e mal estudava… Ou seja, não tinha muita moral para exigir nada. A de hoje transparece ser mais responsável porque trabalha e tem uma postura mais zelosa por mim e por isso a opinião dela é levada mais em conta pela minha mãe.

  • Anonymous

    Na verdade vc e quem comporta com um menininho mimado….
    vc tem q amadurecer mais pra respeitar o limite dos outros…

  • bruno cézar

    É DESSE JEITO QUE PENSO,MULHERES NOVAS SEMPRE DÃO TRABALHO POR CAUSA DOS PAIS,ELAS FICAM DE MIMIMI POR ISSO OU AQUILO E FICAM COM MAIS FRESCURAS,MUITAS VEZ É CULPA DO SOGRO,O HOMEM QUE QUER VER O CARA QUE FILHA ESTÁ NAMORANDO,AFINAL DO QUE VALE UM NAMORO SEM SEGURANÇA DE UM PAI PARA PROTEGER CASO O NAMORADO SEJA PERIGOSO,É SEMPRE BOM,POIS O PAI PROTEGE,MAS SE ELA TIVER 18,19,20 ANOS AINDA É NOVA (E AINDA FALAM QUE AS MULHERES AMADURECEM MAIS RÁPIDO ACREDITA?)BOM DE CERTA FORMA ELAS AINDA NÃO ESTÃO PREPARADAS(ALGUMAS ESTÃO)MAS OS HOMENS DESDE CEDO TÊM QUE SE SUSTENTAR,ELAS NÃO(OS PAIS AS SUSTENTAM)POIS TALVEZ OS PAIS DELAS GOSTAM DELAS E CUIDAM DELAS,O PROBLEMA É ELA ACHAR QUE O MARIDO É O PAI DELA,TEM A PRIORIDADE MAIOR:ELA,NÃO,ELE QUER TRABALHAR,MUITAS VEZES ELES QUEREM DAR UMA VIDA CONFORTÁVEL A ELAS,POIS ANTIGAMENTE MULHER NÃO TRABALHAVA,HOJE EM DIA TRABALHA ,MAS MUITAS QUEREM VIVER DE BAIXO DA ASA DE UM HOMEM RICO OU MILIONÁRIO,PORQUE NÃO PRECISARÃO TRABALHAR,ANTIGAMENTE AS MÃES PREPARAVAM AS FILHAS PRA ENCONTRAR UM HOMEM RICO PARA QUE ELAS TIVESSE UMA VIDA CONFORTÁVEL E NÃO MAIS IA VIVER COM OS PAIS JÁ VELHOS E MAIS FRACOS,BOM OS HOMENS QUE IAM CASAR,COM CERTEZA IAM AS SUSTENTAR,POIS ELE TEM UM BOM EMPREGO,ELA GOSTA DELE E ELE DELA,ENTÃO PORQUE NÃO DEIXAR CASAR?,O NEGOCIO É QUE NOS DIA DE HOJE,O CRIME CONTRA A MULHER ESTÁ FAZENDO OS HOMENS,PAIS DE GAROTAS,CADA VEZ MAIS DESCONFIADO,QUER DIZER ELES ESTÃO MAIS RÍGIDOS COM SUAS FILHAS,TIPO,NAMORAR SÓ SE FOR COM UM HOMEM HONESTO,QUE TENHA EMPREGO,TEM QUE CONHECER A FAMÍLIA DELE,ELE PODE SER UM ESTUPRADOR,PODE SER UM CARA GALINHA,PODE SER UM CARA QUE NÃO QUEIRA RELACIONAMENTO SÉRIO ENTÃO ELES NÃO SABEM O QUE FALAR ENTENDE?E POR ESSAS RAZÕES AS GAROTAS SE ESCORAM NOS PAIS,MANTÊM SEU MEDOS E NÃO CRESCEM,SEMPRE SÃO AS MENININHAS DA FAMÍLIA,ALÉM DO MAIS,MOSTRA QUE HOMENS E MULHERES SÃO DIFERENTES,MAS UM RELACIONAMENTO COM ALGUÉM QUE NÃO POSSUI MATURIDADE,MUITAS VEZES NÃO TEM FUTURO.

  • regina

    como eu fasso para a minha filha se comporta ela tem 9 anos e eu não canssego
    compotar ela vosse mim ajuda

    • keroll

      Olha comigo a mesma coisaa pois eu tenho 16 e o meu namorado 21 sei q as vezes ele tem razao por eu se comportar assim bom pois meu comportamento as vezes e desagradavel pois eu sou meio bricalhona e ele q q eu se comporte feito mulher eu tento mas n consigo bom ele tambem se comporta feito crianca n sei o q faco estou confusa n sei se eu devo me comportar feito mulher ou e ele q deve se comportar feito um homem ou e nos dois

  • dayanne sampaio

    seguinte rapaz, vc já conversou com ela? tudo se resolve com uma boa conversa!!! acho que se valer a pena mudar por vc ela vai mudar!! e ah tente entender, tenha paciencia, isso faz parte da criação dela, ela pode até mudar mas vc deve esperar o tempo certo, vá conversando…..

  • Pingback: pay day loan()

  • Pingback: direct payday loans downtown calgary lender()

  • Pingback: drugrehabcentershotline.com rehabs()

  • Pingback: bmi chart()

  • Pingback: Vanessa Smith()

  • karina

    ola,eu me chamo karina tenho 18 anos,tenho 2 filhos ,e estou namorando a 7 meses,meu namorado esta querendo me deixar,mais eu existo ficar com ele,ele diz que sou muito criança pra ele,ele tem 23 anos,ele quer que eu seje mais braba,mais sou totalmente diferente do jeito que ele gosta,eu sou uma pessoa calma,e muito brincalhona.gente por favor me ajudem eu amo demais ele.

  • Iasmin

    Nossa parece com a minha história esse depoimento,só que comigo meus pais já conhecem o meu namorado faz tempo e estamos juntos a 9meses também ma não posso sair sozinha com ele, nem hoje que é natal meu pai não deixou eu ir na casa dos familiares dele, minha criação é bem rigida também mas meu namorado nao aceita e quer se casar cmg o quanto antes..

  • mica

    oi, tenho 21 anos e namoro há 5 meses. Os pais do meu namorado moram longe, então ele me chamou pra passar o fim de semana lá. Minha mãe aprovou, mas minha avó não. Disse que sou mulher e isso não pega bem. Minha mãe, depois disso, não deixou. Sinto que isso pode desgastar o meu namoro e tenho receios. Além disso, independente de eu estar namorando ou não, esse machismo acaba com minha felicidade. Há dias choro com isso, não como, não converso com minha família e tenho crises de ansiedade a too instante. O que posso fazer?