Namoro ou vestibular?

18
Leitora: Bem, eu terminei meu namoro recentemente, pois precisava de mais tempo para estudar, época de vestibular, expliquei que não estava terminando porque não o amava mais, porém devido a pressões pessoais tive que tomar essa decisão, no começo ele até aceitou, mas depois me excluiu de tudo e disse que era para me afastar dos amigos dele e que ele iria sumir. Conversamos mais uma vez e ele disse que sentia minha falta mas disse também que eu brinquei com os sentimentos dele e que eu não sabia amar, e disse para eu não procurá-lo mais, não sei mais o que faço, pois eu o amo muito ainda. Deveria correr atrás, ou já que fiz esse erro e não tem mais jeito, deveria seguir em frente?




      Já fui vestibulanda para passar em uma universidade pública, já até me formei e mesmo assim ao ler a sua pergunta pensei: será que você o amava mesmo? porque me parece estranho alguém querer terminar um namoro só por causa dos estudos, até porque ninguém consegue ficar apenas estudando 24 horas por dia e, todos nós – inclusive os vestibulandos – precisamos de um momento de lazer. Então por que não dar esse tempo livre para a vida a dois?
                Concordo com o seu ex no que diz respeito a você não saber amar, não porque você não saiba, mas sim porque é o que acaba parecendo para alguém em uma situação tal como a que ele se encontrou. Pensa só: imagine você amar muito alguém, começar a namorar com ele e, do nada ele falar que tem que terminar por causa dos estudos. Parece uma desculpa esfarrapada e até mesmo pouco amor porque todos nós sabemos que quem quer arruma tempo para tudo!!!! A atitude que você tomou não deixou de parecer cômoda, no estilo ”não posso me esforçar a mais, então, terminarei o meu namoro”. Cabe a você pensar se fez isso realmente por causa de pressão externa ou se foi por falta de amor mesmo. Às vezes, a gente pensa que terminou um namoro por uma coisa, enquanto na verdade foi por outra e só falamos aquilo para inventar desculpas para nós mesmas. Ou seja, seria importante você pensar se o término realmente aconteceu pelo motivo que você disse ser na pergunta, ou se no fundo não foi porque ele não valia tanto a pena e nem “a perda de tempo” mesmo! Pense se agora você resolveu voltar só porque o perdeu, OU se foi por imaturidade mesmo e não por falta de amor. Às vezes, a gente só dá valor quando perde e cabe a nós perceber se queremos a pessoa de volta porque nos demos conta da burrada que fizemos, ou se é só porque bateu carência, dor da perda, ou qualquer outro sentimento que mexa com a nossa vulnerabilidade emocional mesmo.
              Tente pensar com bastante maturidade a que caso o seu se aplica. Se você descobrir que de fato o ama e que não sabe o que que passou pela sua cabeça ao ter terminado com ele por tão “pouco”, acho que poderia valer a pena deixar o orgulho de lado e pedir outra chance, dizer que realmente o ama e que agora cabe a ele te perdoar ou não (sem humilhação, mas sim com sinceridade). Parece batido, mas vale a pena falar que isso serviu de aprendizado e que a partir de agora você usará mais do seu tempo livre com ele, bem como medirá algum esforço para permanecer namorando. Sim, digo esforço porque não dá para ficar terminando o relacionamento por qualquer motivo que seja relacionado com a falta de tempo, seja ele o trabalho, estudo ou o qualquer outra coisa do gênero. 
              Nessa vida moderna, todos nós estamos ocupados e, se for para largar e voltar com o parceiro a depender do tempo que temos livre, ninguém terá namorado! O que quero dizer com isso é que se você realmente quer ter um namoro legal e de verdade (seja com ele, ou com outros homens), é necessário que você saiba que esse desafio do vestibular é apenas um dos primeiros da sua vida que consumirá o seu tempo. Depois dele virá trabalho (isso se não for estudo e trabalho ao mesmo tempo!), casamento, filhos e mais uma porção de outras coisas que envolvem a vida a dois e que gastam muito tempo! Atualmente, todos nós temos que ser mil pessoas em apenas uma e, justamente por isso é importante ter prioridades pelo simples fato de que não dá para fazer tudo o que queremos na nossa vida. Ou seja, ao mesmo tempo em que temos que conciliar muitas coisas, temos que deixar as que não são tão importantes assim de lado para nos sobrar tempo e, cabe a você decidir se o namoro é algo que vale a pena colocar nesse tempo “que você arrumará” ou não.
         Acho que você dizer que errou e que quer melhorar é uma atitude muito nobre quando é realmente sentida, porém, isso não significa que você terá que ficar se humilhando e chorando pelo leite derramado. Fale com ele, diga que se arrepende e mais tudo aquilo que você achar que é uma verdade e que deve falar. Depois, dê um tempo para ele pensar e nada de ficar que nem doida se matando por dentro achando que você é culpada, Você fez o que achava que era o certo a se fazer naquela época e agora descobriu que foi um erro, o que quer dizer que todo mundo erra – inclusive ele -, então, faça o que cabe a você fazer nesse momento e nada de forçação de barra. Se der certo ótimo, se não der pelo menos você tentou fazer a sua parte e o próximo passo será partir para outra e aprender com o que passou.


Boa sorte!!!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.