Tive um mal começo na relação e pago por isso até hoje.

16
Leitor: O que fazer quando descobre que sua namorada saiu com outro cara? Eu namoro a 2 anos e estamos hoje em um momento delicado da nossa relação, pois a alguns dias descobrir que minha namorada saiu escondida com outro cara, ela jurou que não fez nada apenas conversaram, o motivo dela ter saído com esse cara foi o fato que estamos passando por um momento ruim na nossa relação. Nosso namoro começou muito difícil no começo com mentiras minha, quanto dela também, acredito que muito que possa estar acontecendo hoje é fruto do mal começo, pois confesso que fiz coisas errada, como mentir e sair sozinho, porém depois do 4 més de namoro, nunca mais menti ou fiz algo errado. Já ela no nosso 1 ano de namoro eu descobrir que ela tinha conversado com um ex- e na conversa tinha ela dizendo que sentia saudade daquele tempo e dele também, porém ela me disse que tava carente pelo fato da gente ter brigado naquela semana. Agora eu não sei o que eu faço, pela 2 vezes descubro algo ruim em relação a ela, devo continuar tentando ou não. Confesso que sou um cara difícil de se lidar pois as vezes sou muito chato e ciumento. Porem não faço nada de errado. Sempre sou sincero, tudo bem que as vezes faço coisas que não a agrada e simplesmente não fico falando para ela, mais isso não é motivo para ter feito tal coisa. Espero que possa me ajudar. Muito obrigado e parabéns pelo trabalho de vocês. 


            Se vocês estavam com problemas, porque ela não saiu com as amigas e teve que sair logo com um homem? tudo bem que esse homem também poderia ser um amigo, mas ela falar que saiu justamente porque vocês estavam com problemas é um tanto quanto suspeito. Se ela tivesse falado que saiu com ele porque ele é um amigo e queria desabafar certamente seria muito menos suspeito do que ela ter falado que saiu porque o namoro não estava legal. Nisso acredito que ela inconscientemente acabou dando uma certa entregada no jogo. 


         Acho muito cômodo ficar justificando atitudes erradas porque o namoro não está legal, e sinceramente acho isso a coisa mais covarde do mundo, até porque duvido que ela gostaria caso você tivesse feito a mesma coisa com ela. Tudo bem que você disse que também já mentiu, mas acho que um erro não justifica o outro. A relação de vocês parece estar toda errada e justificada a partir de erros passados e demais coisas ruins. Assim, na visão torta que vocês parecem estar tendo, seria justificavel ela sair com outras pessoas porque vocês estão mal, mentir porque você já mentiu, e por aí vai. Muito confuso e negativo isso, não acha? Se for para um continuar fazendo besteira a troco da besteira do outro acredito que essa relação acabará ficando com os dias contados mesmo. Isso me lembra muito aquelas brigas de criança, que um fala ”ah mãe, bati nela porque ela me bateu!”. Isso não faz sentido nenhum e acaba ficando apenas como uma justificativa para liberar as malandragens de ambos os lados.
          Ser carente também é outro sentimento que ao meu ver não justifica muita coisa. Se sentir carente faz parte dos sentimentos humanos, e ninguém foge disso pelo simples fato de que nem sempre temos e teremos o que queremos, nem sempre o outro adivinhará nossas necessidades, e nem sempre estaremos vivendo em um mesmo momento de “ei, olhe para mim” que o parceiro se encontra. Eu sei que isso é triste, mas infelizmente precisamos saber que para ter um relacionamento real e feliz, nem sempre estaremos na mesma sintonia que o outro, porque vivemos no mundo real, e não em um mundo projetado única e exclusivamente para gente. As relacionamentos devem sim dar certo, mas só na medida do possível e do saudável e não do sonho e do mimo em querer atenção 24 horas por dia. Não é porque uma pessoa se sente carente que ela passa a ter permissão para trair, ela poderia inclusive terminar o relacionamento,mas trair ou ficar descontando as mágoas dependerá muito mais do caráter e da maturidade dela do que qualquer outra coisa. 
        Errar todo mundo erra, e se não conseguimos (con)viver com maturidade com esse fato, é melhor terminar do que acabar entrando em uma briga de cão e gato sem saída. Enfim, pensando nesse seu caso e desde que eu não amasse a pessoa excessivamente, acredito que no seu lugar terminaria tudo e começaria do zero sozinha ou com outra pessoa, porque pensa só, você já fez muita besteira, ela já fez muita besteira, um já está com certo rancor e desconfiança do outro – e justamente por essa desconfiança um já está “batendo antes que o outro bata”, saindo com outros antes que o outro saia, etc. Essa história começou errada e continua errada depois de um ano, e um se limita a justificar o próprio erro a partir do erro do outro, do tipo ”olha você também, fez,  lembra?” Assim fica difícil, não acha? Por que vocês não começam a se espelhar mais nas coisas boas que o outro já fez para fazer também?! Porque eu vejo que o ser humano adora justificar e dar o troco a partir de coisas ruins, mas do que é bom mesmo (quase) ninguém lembra e nem valoriza. Acho que se vocês se amam o suficiente para ter essa maturidade em começar a retribuir a dor com uma flor o relacionamento poderá até reaviver e dar certo, mas acredito que se vocês continuarem nessa de bate aqui e toma acolá sinceramente não vejo muita esperança nisso. Alguém tem que dar o primeiro passo positivo, e já que é você que está lendo essa mensagem, por que não você?! Se ela não der valor para isso paciencia, o que importa é que você terá feito a sua parte, e não é porque ela é infantil que você terá que ser também.

Boa sorte!


Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.