Como dizer ao meu marido que quero transar com outro?

131

Vocês acham que só os homens tem vontade de transar com “carne nova”?! Pois bem, de uns tempos para cá algumas mulheres tem me perguntado como falar para o seu marido que quer algo além do que o sexo com ele, e que já está na hora de se relacionar também com outros homens. Coisa de puta? De mulher que não respeita o casamento? Para muita gente pode até ser, mas para muitas dessas mulheres, querer transar com outro não anula o fato de elas amarem o marido, e de acordo com muitas, querer contar isso para ele é mais uma prova de amor, porque afinal de contas, elas bem que podiam ter feito escondido e não ter dado a cara para bater ao tentar arrumar a melhor forma de realizar esse desejo. Coragem essa que muitos homens não teriam e que acabam preferindo simplesmente trair as suas esposas “pelas costas”, não é mesmo?

Acredito que dizer para o parceiro que deseja outros homens é um ato não apenas de coragem, mas também algo bastante arriscado ainda no mundo de hoje, que longe do que muita gente diz, ainda tem muito o que evoluir nos direitos dos sexos. É claro que todos nós temos o direito de pensar e de fantasiar com quem bem quisermos, mas o nosso desejo nem sempre é o desejo do outro, e nisso acaba entrando o grande desafio: como realizar o que quero ofendendo o mínimo possível o outro? Não há garantias quando o assunto é fetiche, e nem quando é amor, mas ainda assim pensei em algumas dicas para compartilhar com as mulheres que realmente desejam isso:

Sonde o caráter dele: Ninguém melhor do que você mesma para saber com que tipo de homem que você se casou. Se ele é do tipo machista, conservador ao extremo, nem sei se valeria a pena tentar arriscar compartilhar esse fetiche, porque a tendência desse tipo de homem é chamar a mulher de vagabunda, e tudo mais aquilo que provavelmente você não irá gostar de ouvir, sem contar que isso pode resultar até em final de casamento! Assim, pare para pensar se o caráter dele permitiria uma mínima abertura para esse tipo de fetiche, porque senão será a mesma coisa do que conversar com a porta e procurar uma briga desnecessária.

Sonde o que ele pensa sobre sexo a três: Dizem que o desejo da grande parte dos homens é fazer o tão sonhado sexo a três, e nada mais justo do que você utilizar isso a seu favor. Por que não sugerir a ele uma visita a uma casa de Swing, e demais práticas que permitiram sexo entre mais pessoas? É claro que ele irá querer colocar apenas mulheres nessa fantasia, mas nisso você pode tentar negociar a prática igualitária, ou seja, ele escolhe quem ele quer e você também! Até porque cá para nós né, esses homens são muito espertinhos e só querem saber de ficar com outras, e a opinião e a vontade da mulher que é bom eles não querem liberar para nada, rsrs.

Mostre algum post relacionado ao tema do nosso blog ou da internet como quem não quer nada para ver o que ele acha: Nesse blog temos várias matérias que podem te ajudar nesse caso, mas acredito que a que mais pode ajudar é a “Te conto como convenci minha mulher a transar com outro“. Mostre essa matéria como quem não quer nada, como se você tivesse encontrado por acaso, sem aparentar nem que concorda e nem que discorda com o que está escrito nela para não parecer tendencioso de sua parte e nem influenciar ele sobre o que ele realmente acha isso. A reação dele te ajudará a decidir se você contará o seu fetiche para ele, mas pode ter certeza que o comportamento dele a partir disso te dará uma boa dica a respeito do que fazer.

Diga que ele pode transar com outra: Se ele achar que é pesado demais te ver transando com outro homem, o que é bem possível, você pode negociar com ele a ideia de ele também poder transar (em privado??!) com uma outra mulher da escolha dele, enquanto você faria o mesmo com um outro homem de sua escolha, e ninguém precisaria ver o ato do outro rsrs. Até porque, se você quer transar com outro acho que isso seria o mínimo que ele te pediria em troca, e ainda muitos homens querem transar com outra até sem “nossa permissão” rsrs.

No fim, esse tipo de empreitada necessita de muito cuidado e coragem, e caso o seu marido concorde, é necessário avaliar bem friamente se ele aceitou realmente de bom grado e com vontade de te ver feliz, ou se teria sido mais por “pressão” e para te testar. Cuidado para não acabar sendo o caso de ele ter cedido sem entender direito ou sem vontade e acabar te taxando como uma qualquer, e nisso acabar perdendo o tesão em você ou coisa pior. Fetiche é bom, mas manter um casamento feliz e duradouro é melhor ainda. Assim, é necessário saber muito bem quem é o seu marido, bem como ter cuidado com os desejos para não morrer atropelada por eles, porque afinal de contas o peixe morre pela boca rsrs e quem deseja demais pode acabar sem nada.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.