O que fazer quando a mulher não goza?

113

Leitor: Boa tarde, namoro com uma menina há 6 meses, e todo final de semana q encontramos fazemos sexo. Porém, só eu que gozo. Já tive essa conversa com ela e ela falou que era normal, que com antigo namorado dela, ela também nunca tinha gozado.

Uma vez, tentei sexo oral com ela. Mas parece que ela não gostou muito. Não sei se eu que não sei fazer o oral nela, ou ela que não gosta. No inicio parecia que ela estava gostando, mas depois ela me puxou e falou para eu poder parar o oral nela. Quando eu enfio o dedo nela, parece que ela gosta, mas eu não sei quando parar. Já tentei com uma bolinha que insere na vagina da mulher, porém eu nem ela sentimos nada de mais.

Gostaria da sua ajuda para saber o que faço, se continuo o sexo oral (e qual a melhor forma de fazer), se continuo enfiando o dedo na vagina…

Como vou saber se ela está gozando?

Eu sinceramente acho que a questão do não gozar envolve muito mais medo, tabu e inclusive machismo do que qualquer outra coisa. Não tem como negar que até hoje temos certo problema em falar sobre isso, e inclusive eu, que as vezes “pago de moderninha aqui”, tenho lá minhas dificuldades rsrsrs. Pode parecer piegas, mas acho que conseguir gozar com alguém, principalmente em uma primeira vez, para grande parte das mulheres envolve muito afeto, ou pelo menos confiança. Muitas mulheres tem o mesmo receio que a sua e acabam parando no meio do caminho por alguns motivos que eu mesma fui procurar saber melhor (tcham, tcham, tcham, tcham!).

Esse nosso tempo não está tão moderno quanto pensamos e muitas mulheres ainda se travam um pouco na hora de gozar perto do seu parceiro por medo de parecer puta (porque algumas não conseguem gozar sem soltar alguns gritos, por exemplo, e muita gente associa esse tipo de atitude com garotas de filme pornô, prostitutas, e aí vai), e até mesmo por medo de mostrar que está gostando, de se soltar mesmo, sabe? Parece absurdo?! E é!! Mas muita gente ainda pensa assim. Eu mesma tinha uma amiga que falava que parou de gritar na hora do sexo porque o namorado dela falava que gritar é coisa de piranha (tenho dó dele, sério, porque ele não sabe o que perdeu)!!! Nem todo mundo sente o conforto necessário para poder gozar com alguém e isso já é o suficiente para ter sérias dificuldades em chegar lá.

Para fazer isso ficar mais claro, te pergunto uma coisa: O homem não pode broxar por motivos psicológicos? não pode travar por algo que aconteceu e o deixou inseguro, etc? Pois é, o gozo da mulher muitas vezes é bloqueado por motivos parecidos com o da ereção masculina: acontece algo na cabeça dela que ela simplesmente não consegue ir adiante. Sem contar que para muitas mulheres que nunca gozaram, a sensação do pré gozo pode parecer com uma certa agonia, que chega a “incomodar” (acho que isso será novidade para os homens rsrs). Nisso, muitas acabam estranhando essa sensação e preferindo parar. É lógico que as que tem um pouco mais de paciência e continuam tem grandes chances de acabar chegando lá (ufa!)! Você só precisa ter paciência …

Então isso teria solução?! Claro que sim, mas acho que as vezes falta confiança e conforto da parte dela na relação contigo. Eu sinceramente acredito que todo mundo é capaz de gozar, e se isso não aconteceu, pode estar havendo algum bloqueio, que mesmo que queiramos fazer mudar pelo físico, muitas vezes está no psicológico. Tente fazer o sexo oral de uma maneira mais sutil, não fique tão ansioso para que ela goze, até porque sexo oral não é “punheta”: faça de uma maneira suave, delicada, e acima de tudo, vá pedindo sugestões (sim, para ela!). Tente fazer com que o primeiro gozo não seja tão intenso, mas que seja algo que foi indo, indo, até que ela não conseguiu se segurar e….. foi!!!! (acho que quem é mulher entende de que sensação estou falando). Fazer de forma delicada, pelo menos para mim, é como se fosse fazer com que o gozo se dividisse em várias etapas, que acabam sendo mais confortáveis para quem nunca teve essa sensação, pois não vem com aquele baque, sabe? Vem bem mais sutil, dividido em parcelas rsrs!

Podemos até fazer um post ensinando “como fazer um bom sexo oral na mulher”, porém, sinceramente não acredito muito nesse tipo de receita. É muito mais fácil, prático e garantido perguntar para a própria beneficiada como que ela gostaria que você fizesse, atitude que parece boba e liçãozinha de criança, mas que até filme erótico didático incentiva. A melhor forma acaba sendo não só essa, como também contar com a boa vontade dela em te dar coordenadas, bem como a sua em saber ouvir certas críticas em relação ao seu desempenho oral. É claro que ninguém gosta de ouvir que está fazendo algo errado, ainda mais quando se trata de um homem em relação ao sexo rsrs, mas lembre-se que isso não só te levará ao “caminho da felicidade” (isso pareceu título de filme da sessão da tarde rsrs), como também te ajudará com outras mulheres (caso essa não dê certo, nada de assanhamento haha). É errando que se aprende, não é?!

Te aconselho ler, bem como pedir que ela leia o post “Como chegar ao orgasmo”

Boa sorte!

Compartilhe:

About Author

Luiza Costa

Criadora e Administradora do site Pergunte a uma Mulher e autora do livro de mesmo nome. Brasiliense de nascença e em parte curitibana devido aos anos em Curitiba. Acredito que o grande sentido da vida é fazer sentido na vida de outras pessoas e por isso estou aqui. Meu grande amor? Chocolates!! Brincadeirinha, amo quem me ama, o resto ainda não me ama porque precisa que eu cative o amor deles. Não é assim a vida? Estou reativando meu twitter. Me encontre por lá!! @luizacosta2006

  • http://www.blogger.com/profile/07632263206593472679 Marco

    eu acho que nessas horas a mulher precisa ter confiança no cara.

    • Anônimo

      nao basta vc gozar e sentir prazer primeiro elas ficarem feliz pode ate dar so uma mais bem dadad elas ficam feli beijo

      • felipe

        nem sempre!

    • felipe

      é verdade!

  • http://www.blogger.com/profile/12165552070337195079 Zetrusk

    Assim como os outros, um bom post, concordo, a mulher precisa desempenhar confiança no homem, o que acho que falta é justamente isso e um pouco mais de liberdade, ela precisa se soltar e ele deve da esta segurança a ela para que ela consiga.

  • http://www.blogger.com/profile/12165552070337195079 Zetrusk

    Gostaria de saber o que você acha de fazer sexo somente após o casamento? (bobagem?) Algumas mulheres, e também alguns homens tem esse objetivo, mas numa relação totalmente íntima, não seria ruim esperar?

    • Thiago

      Zetrusk, a história do casamento mostra que não havia, até a época em que a Bíblia foi escrita, nenhuma cerimônia religiosa nem formalidade legal para que o casamento fosse considerado válido, apenas bastando a coabitação entre um homem e uma mulher.Traduzindo:o sexo era o casamento.
      Ainda hoje, o casamento é muitas vezes utilizado como tema sensacionalista nos discursos de padres, pastores, ministros e outras figuras religiosas. Em resumo, a Bíblia claramente condena a fornicação.
      E os defensores de correntes que condenam o sexo antes do casamento dizem que fornicar é ter relação sexual antes de se contrair o matrimônio. Mas, segundo os dicionários, fornicar é apenas copular, ter relações sexuais. Não seria a definição, então, manipulada para fazer concordar com o que querem defender?
      Por um lado Religioso, a Biblia condena Sexo sem compromisso. “Pelo meu ponto vista”

    • Fabíola OLiveira

      Não estou aqui discutindo se sexo antes do casamento seria certo ou errado. Porém, na minha modesta opinião, a Bíblia é muito clara sobre o assunto. No entanto, aqueles que são a favor do sexo fora do casamento, sempre tentam buscar algum respaldo bíblico para isso, tentando ver alguma suposta falha ou brecha no texto bíblico ou até mesmo alegando que tal vedação inexiste.

      A maioria dos dicionários traz que fornicação é tão somente copular ou o coito. Mas não faz o menor sentido, ao menos para mim, que, no contexto bíblico, teria o significado de copular, praticar o coito, pois se assim fosse, a própria Bíblia estaria dizendo que o ato sexual é pecado e é sabido que ela não diz isso. Para mim, por favor me corrijam se eu estiver errada, o contexto em que uma palavra está sendo usada, muitas vezes, tem mais força do que seu significado literal.

      Muitas palavras acabam sendo utilizadas de maneira equivocadas, perdendo o seu significado original, passando a assumir aquele significado que vulgarmente lhe foi imputado através do uso. Quer um exemplo? A palavra rapariga que aqui no Brasil passou a significar prostituta e por ter sido persistentemente utilizada com esse sentido, acabou incorporando esse significado, que originariamente não lhe pertencia.

      O uso pode, inclusive, modificar a pronúncia de certas palavras. Não sei em outras regiões do Brasil. Mas aqui se chama vurgarmente mastruço de mastruz e o povo acha que errado é falar mastruço. Outra palavra que foi modificada pelo costume foi estrambótico, que vulgarmente se diz: estrambólico. Caralho, por exemplo, é uma palavra que se encontra no dicionário até. Mas socialmente, convencionou-se que caralho deveria ser um palavrão.Mas, de acordo com a gramática, caralho ou é um termo chulo para designar o pênis do homem ou é uma interjeição. A mesma coisa deve ter ocorrido com a palavra fornicar. Na linguagem popular, muito provavelmente por causa do contexto bíblico em que foi usada, significa manter relações fora do casamento.

      Ademais que, no original grego, a palavra traduzida como fornificar é porneia, que significa pornografia, prostituição.

      Ora, o propósito bíblico de determinar que o sexo seja para o csamento é com intuito de se evitar justamente essa falta de compromisso que você mesmo traz à baila e que as pessoas passem a ter vários parceiros durante a vida. Devem estar se perguntando: que besteira, mas não existe divórcio? Sim existe! Mas Observe que biblicamente o divórcio é expressamente proibido e uma vez perguntaram a Jesus porque sendo o divórcio vetado por Deus, ele teria dado carta de divórcio ao povo e Jesus respondeu: isso correu pela dureza do vosso coração. Mas, no princípio, não foi assim. Depois que o apostolo Paulo é taxativo sobre esse assunto: ” Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido” e, pelo contexto, fica claro que ele não está chamando de prostituição apenas o ato de fazer sexo por dinheiro. Ele, na verdade, e esse é apenas meu entendimento, classificou como prostituição qualquer ato sexual fora do matrimônio. Bem, para mim, essa vedação está bem clara. Depois que biblicamente um homem e uma mulher se comprometem pelo casamento e não através d um simples namoro. Problema é que os namoros hoje em dia muito se assemelham a um casamento… Tem até o termo hoje em dia namorido.

      Uma coisa que eu não consegui entender ainda é por que duas pessoas que moram juntas, têm filhos e por conta disso, já se sentem casadas, aceita pedido de casamento do homem que já vive com ela há não sei quanto tempo e já tem inclusive filhos. Querem se casar duas vezes, então? E o mais engraçado, para mim, é que mesmo morando juntas há um tempo, ainda ficam noivos.

    • Samuel

      Mandou bem Fabíola.

    • Anonymous

      Fabíola,
      acho que depois de anos morando juntos, o cara resolve casar quando sente que ele já está fora de circulação, aí quer manter a mulher. Enquanto está novo e bonito quer manter a independência marital.
      essa é aimpressão que eu tenho, o cara jovem não quer compromisso, o velho quer casar com uma enfermeira para cuidar dele.

  • Samuel

    O orgasmo feminino é com certeza um dos maiores tabus femininos. Mas apenas entre mulheres!!!
    Não existe um homem anorgásmico, simplesmente é impossível, desde que não tenha disfunções crônicas e tenha um pênis e boa saúde!!! Então pra nós, a sexualidade feminina não é tabu.
    Agora mulheres anorgásmicas? Existem aos milhões.
    Todo homem mais experiente e vivido sabe muito bem que existem muitas que apenas atingem o orgasmo pela masturbação ou sexo oral. Dificilmente atingem pela penetração.
    Toda mulher e homem, fisicamente, estão aptos á terem orgasmos. É um mecanismo natural no corpo humano.
    Mas porque mulher não gosta de falar a real sobre orgasmo feminino? Porque a maioria não sabe o que é, da forma natural que a sua biologia proporciona ( POR PENETRAÇÃO VAGINAL). Descobrem o orgasmo apenas com sexo oral e masturbação, o que é normal em uma relação sexual, mas não natural. O natural é atingi-lo através da fricção entre pênis e vagina ( em alguns casos, através do sexo anal ).
    E porque é tabu? Porque mulheres não aceitam de forma alguma serem taxadas de frígidas. E anorgasmia acaba sendo associada á frigidez. Outro impedimento é o fato de não aceitarem por orgulho e vaidade que outras mulheres consigam o ápice sexual e elas não. Isto mexe de forma fatal com seus egos, uma vez que são extremamente competitivas entre si, e isto poderia se tornar uma arma na mão de outras mulheres, em nível emocional, uma vez que tal intimidade se torne pública.
    Estes são os principais motivos pelo qual mulheres que não chegam ao orgasmo, fingem o terem atingido. Não querem ter sua capacidade e potência sexual questionada por homens e principalmente virarem chacota de outras mulheres.
    A desculpa que algumas dão, de fingirem gozar pra agradar seus homens é mentira. Sabem que eles atingirão o orgasmo, e isto para o homem, no sexo é o maior agrado que elas lhes dão. Toda mulher é capaz de fingir um orgasmo, ao contrário do homem (a não ser que seja á partir da terceira ejaculação consecutiva, quando quase não há mais líquido seminal. Mas que homem faria isto?). E as que o fazem, são por motivos egoístas. Precisam manter a pose de fogosa, de insaciável, de quente, de sexy. E tal fato, o de não atingirem o ápice, vai diretamente contra seus egos, vai diretamente contra a idealização que o homem faz desta mulher em questão, á torna menos desejável para qualquer homem
    ( infelizmente, por mais que racionalizemos o fato, a sensação reinante após o ato, quando a mulher não chega ao orgasmo traz ou faz nascer no homem uma sensação de missão parcialmente cumprida, isto claro, nos que se importam com suas parceiras, fixas ou casuais, e este incomodo tende a afastar-nos).
    O maior erro masculino em se tratando de sexualidade feminina é associar o orgasmo da mulher á sua capacidade sexual. É como se fosse de responsabilidade do homem o orgasmo da parceira. E NÃO é!!!
    Se ela não goza, o problema é dela. Não impute á si mesmo a culpa pelo fato desta mulher estar bloqueada emocional e psicologicamente por conta de relações anteriores que á mutilaram.
    Este é preço que muitas mulheres pagam por sua iniciação sexual sem estarem devidamente amadurecidas emocional e psicologicamente, este é o preço da liberdade sexual feminina para muitas mulheres. E cabe á nós homens consertarmos estas mulheres? Recolhermos os cacos e tratá-las? Pergunte á si mesmo se vale o custo/benefício. Se você á vê como uma mulher pra vida toda, pode até valer á pena, mesmo que isto tenha acontecido por imaturidade desta mulher. Mas se é só uma namorada ou caso e não vai sair disto, passe a bola pra outro.
    Esta mulher, por imaturidade e incapacidade de escolha, escolheu se mutilar. Não aceite esta culpa como sua.

    • Fabíola Oliveira

      Samuel, todo munto tem um passado que não traz boas lembranças. Todo mundo tem seus monstros. Acontece de a gente se entregar para alguém e depois perceber que aquela pessoa não era o que pensávamos. Tenho certeza de que isso já deve ter acontecido com você e eu até suspeito que todas essas suas teorias, muitas sem noção até, podem ser oriundas de experiências amorosas frustradas.

      Já conheci homens completamente traumatizados com suas relações anteriores. Claro que não do ponto de vista sexual. Mas assim mesmo, traumatizados e que queriam trasnferir para mim suas frustrações passadas.

      Homens que nem você deveriam pegar uma mulher sem nenhuma bagagem amorosa para ser o primeiro namorado e o primeiro a traumatizá-la também de alguma forma.

      • João

        Me desculpe mas tenho que concordar com muita coisa que o Samuel falou. Eu relatei ali encima que fui o primeiro namorado da minha ex-namorada e fui um verdadeiro CAVALEIRO, coisa que jamais vi ninguém fazendo (sem querer me gabar). Mesmo assim, com toda dedicação, amor e confiança que passei pra ela eu não conseguia faze-la gozar. Portanto é bem o que o Samuel falou mesmo, não podemos nos frustrar com o fato das nossas parceiras não conseguirem gozar – o que não nos exclui a responsabilidade de sermos o mínimo respeitosos e dedicados possível. Mas tirando isso, gozar é realmente um problema da mulher, não do homem. Se o cara fez tudo certo e não rolou, o problema é da mulher, não do cara.

        • ser feliz

          muitas e porque já sofreu muito com o marido quando bebe e fala palavras pesada e acaba o amor então não sente mas nada por ele e triste mas e pura realidade ai a mulher sofre calada

    • Samuel

      E como você sabe? Generaliza á partir das tuas experiências ou está se baseando nos filmes e novelas que assiste?
      Está aí um ponto que você não entende, ou entende mas não quer dar o braço á torcer e concordar comigo (acho que você é petista heheheheeee). O fato de uma mulher ter tido suas péssimas experiências anteriormente ao parceiro atual, justamente por miopia moral e obviamente serem atraídas justamente por perfis masculinos nocivos, não lhe dá qualquer direito de se justificar com isto, a justificativa não lhe devolverá o valor de antes aos olhos de um homem justo e que sabe exatamente o que quer de uma mulher, exatamente o homem que você procurará nos anos após tua mocidade entregue aos imprestáveis querendo um relacionamento sério.
      Se o meu conhecimento empírico e demonstrações de idéias lhe parece ser advindo de experiências amorosas frustradas e incompletas, você está correta, mas apenas parcialmente. Não é muito difícil ficarmos frustrados quando a propaganda não condiz com a qualidade do produto que consumimos.
      A diferença entre homens e mulheres no tratamento que dão para suas experiências é basicamente esta : homens aprendem a filtrar baseados no que viveram e escolhem melhor suas parceiras após muitas experiências frustrantes, alguns pagando muito caro por não terem aprendido cedo ( Mas são frustrantes e decepcionantes apenas quando temos pouca idade e no inicio de nossas vidas amorosas, e estou falando de homens inteligentes emocionalmente e que buscam sempre um desenvolvimento constante nesta área também, acho que nunca conheceu um assim). Depois de certa idade e alguns relacionamentos sem futuro, aprendemos que a melhor forma de se relacionar com uma mulher é sem apego. Este é o segredo. Desapego emocional. Á partir de então, não há expectativas, não existem decepções, pois não jogamos mais nas costas do outro a responsabilidade pela nossa felicidade, somos livres para irmos embora quando bem entendermos).
      Mulheres não aprendem a filtrar, mas sim, se viciam no perfil que as machucou, uma vez que á cada relacionamento se tornam mais insensíveis e frias, menos interessantes e interessadas, e frustradas, adquirindo sempre uma bagagem emocional e psicológica negativa, se tornando inviáveis para relacionamentos sérios e sempre precisarão de um esforço maior por parte do parceiro para as atingi-las. O que já foi feito antes não basta, deverão superar os prazeres e emoções de antes, e sem receberem um muito obrigado por desperdiçar seu tempo comigo. E você acabou de assumir isto dizendo que “” todos possuem seus monstros, que nascem da entrega para pessoas erradas “”.
      Cuidado Fabíola, toda esta sua confusão pode lhe custar caro. Ou pior ainda, pode prejudicar pessoas que possam acreditar em você sem que mereça.
      Só os fortes entendem o que eu falo, e o que eu digo é para que homens entendam, não mulheres, por isto te parecem sem noção, você realmente é incapaz de entender …

    • Fabíola Oliveira

      Samuel, primeiro de tudo, eu não sou petista e nunca votei no PT.Sou pernambucana, mas nunca votei no Lula. Sou mulher, mas nunca votei na Dilma. Segundo, eu não assisto novela. Raramente faço isso e quando assisto, prefiro aquelas que estão mais próximas da realidade. Com filmes, é a mesma coisa.

      Outra coisa: esse teu discurso de que homem forte age como você, é balela e de forte você não tem nada. Você deve ser só um cara que se frustrou muito na vida com as mulheres e agora está tentando dar o troco, tentando agir sempre de forma fria e sarcástica. Lamento, mas essa não é a melhor forma de dar a volta por cima. Agindo assim, você é só um expectador da vida preso em uma caverna teórica, morrendo de medo de ser atacado pela primeira fera que aparecer a sua frente.

      Sinceramente esse seu discurso do cara bem resolvido e que sabe das coisas nunca me convenceu. Até porque eu já esbarrei com um homem como você uma vez e percebi que ele ainda não tinha conseguido superar uma experiência amorosa mal sucedida e hoje só se relaciona da forma mais desapegada possível com as mulheres. Tudo isso por medo de repetir a mesma experiência traumática e por não se julgar forte o suficiente para experimentar outro baque.

      Eu já esbarrei demais em homens medrosos da sua qualidade e, quando percebi, dei um pé na bunda em todos porque não vou tá perdendo meu tempo, nem recolhendo cacos de um calça frouxa que se mete a se relacionar sem antes ter resolvido suas pendências emocionais e quer me tratar mal porque fez uma péssima escolha anteriomente. Sinto muito, mas eu não pago dívida dos outros!” Até nas coisas mais banais, para mim é tudo ou nunca mais”.

      Já percebeu que seu discurso gira sempre em torno disso: dos fortes e dos fracos? Parece mais discurso de psicopata. Ser forte não é se acercar de um monte de teorias absurdas para tentar justificar para si mesmo seu medo de amar. Uma vez uma psicóloga me disse que toda vez que você tenta agir motivado por alguma experiência pregressa é porque você ainda não está liberto delas e suas frustrações amrosas devem ser tão assustadoras para você agora quanto antes. Ser frio com as mulheres foi só uma maneira que você encontrou para não cutucar uma ferida que ainda deve estar aberta. Você age assim por medo e não porque é o cara esperto e que sabe filtrar as coisas, o malandro do amor como você quer que todos a sua volta acreditem.

      Se você fosse forte, encararia seus fantasmas de frente, acendendo a luz para começar, porque sob a luz eles perdem muito de sua força e não deixaria de se entregar a uma relação porque uma ou várias o traumatizaram a ponto de você achar que toda mulher tem que ser tratada com frieza. Se a sua estratégia é essa, sinto muito, pois a paranóia se realiza sempre por ela mesma. Então, não adianta ficar bancando o garoto malvado. Isso é nocivo a você mesmo. E todas as vezes que você se relaciona dessa forma fria e calculista com uma mulher, é você quem está transferindo seus medos e traumas para quem não os causou.

    • Fabíola Oliveira

      Você diz que mulheres inteligentes são arrogantes uma certa vez. Certamente você não conseguiu convencer essa mulher com nenhuma de suas teorias e ela não deve tê-lo achado tão forte assim ou deve ter sido entediante para ela ouvir tanta frustração disfarçada de filosofia.Deve ter sido frustrante para você também perceber que não impressionou. Talvez mulheres inteligentes não sejam necessariamente arrogantes, mas seletivas por saberem do seu potencial. Daí sua possível preferência por mulheres bonitas e pouco inteligentes. Bem, deve ser mais fácil bancar o fodão para esse público e como você não gosta de se esforçar muito para conquistar uma mulher….

      Não acredito que homens fortes sejam adeptos da sua teoria e sim os frustrados, os revoltados, que tentam a todo custo omitir sua revolta atrás de uma teoria que impressiona apenas pela estética e não pelo conteúdo.

      Outra coisa, não sei o que você chama de parceiro nocivo. Mas de acordo com o que entendo por nocivo, eles eram ótimas pessoas. Apenas não deram certo comigo e algumas de suas atitudes não se amoldaram com alguns dos meus valores. Mas nada que possa posicioná-los como nocivos dentro de uma sociedade ou grupo até porque as desavenças que tive com eles foram muito pessoais para que eles sejam classificados como tal. Eles eram apenas pessoas que nem você, ou seja, com péssimas experiências amorosas no curriculum e dispostos a transferir suas frustrações para a próxima vítima. Inventaram de me tratar friamente, de darem uma de malvados e eu pulei fora e o menino malvado perdeu uma boa oportunidade de ser feliz. A paranóia concretizou-se por ela mesma, isto é, eles mesmos, através de suas ações tentando prevenir algo que tanto temem, colaboraram para que acontecesse, de modo que se permanecerem agindo assim, isso será um cliclo vicioso em suas vidas.

      O que eu fico abismada mesmo, Samuel, é como uma muilher se presta a se relacionar com um homem que quer tratá-la de maneira fria e desapegada porque acha que toda mulher tem que ser tratada dessa forma.

    • Fabíola Oliveira

      Smuel, só para tirar uma dúvida: esse home justo e honrado que vpcê tanto defende acaso seria você? ahahaahaha

      Outra coisa: mulher também se frustra quando a propaganda ê maior do que o conteúdo do produto. O problema é que você está contaminado em doses agudas, cavalares por um profundo machismo. Você aqui só falta chamar as mulheres de burras. Para você, só quem é capaz de agir de maneira inteligente é um homem e quando nota que uma mulher é mais inteligente que você a ponto de não engolir seu discurso piegas, você taxa de arrogante…

      Eu fico impressionada como uma mulher se presta a se relacionar com você. Francamente! É muita falta de autoestima!

    • Samuel

      Ahhh … Finalmente começamos á nos conhecer melhor. Que bom, estava me perguntando quando é que você sairia da linha e me atacaria.
      A estória da tua vida é realmente comovente, parabéns pela grandiosa superação.
      Desapego nunca foi e nunca será sinônimo de medo, de frieza, de recalque ou sarcasmo. Desapego é um estado de espírito, é auto controle, é crescimento, é evolução, é dar o que recebe, ou seja, ser um espelho, devolver o reflexo que nos é dado.
      Por favor, não fale de psicologia comigo, eu sou sociólogo!!! Sem dizer que esta grande e reveladora frase que esta “” achista “” ( pois é isto que um psicólogo na verdade é, um eliminador de variáveis) te disse, e que até uma criança poderia concluir sem esforço, pode ser encontrada até em livros de auto ajuda vendidos em lojas de conveniência de auto posto.
      Se o homem que você se relacionou, e vincula o comportamento dele á um perfil que julga que eu também o tenha, á tratava de uma forma que evidenciava seu apego ao passado, então ele não estava bem resolvido. Então ele nem de longe se parecia comigo.
      Sabe porque? Eu não tenho pontas soltas com relação á mulheres. Nunca saí fragilizado ou machucado de uma relação, nem mesmo quando ainda era adolescente. E sabe porque Fabíola? Porque tive uma educação familiar e uma base de criação muito fortes, e aprendi cedo a diagnosticar uma relação parasita. E quando digo que só os fortes entendem, você não entende. Porque será?
      Realmente, pouquíssimas mulheres conseguem se relacionar com um homem sem apego, que pode simplesmente sair sem dar tchau. O ego feminino não suporta tal postura e a mulher com o tempo adoece, entra em depressão. E porque isto se dá? São vários motivos, mas o cerne, o ponto crucial, é não conseguirem suprir seu desejo de continuidade. A maioria das mulheres só podem nutrir seu ego em uma relação parasita, alimentando – se da paixão que estes homens lhes dão, escravizando-os emocionalmente. E você não deixa de ser assim, infelizmente.
      Os fortes de espírito, os fortes emocionalmente, os fortes psicologicamente, os homens de bom coração, um coração justo e não tendencioso, não corruptível, não segregacional.
      Não, quando falo de homens justos e honrados, falo de Cristo, como modelo á seguir. E muitos homens seguem um modelo semelhante, buscam sempre a superação e crescimento em diversas áreas da vida.
      Provavelmente, nunca conheceu alguém assim, e talvez nem conheça.

    • Samuel

      Não sou frio com mulheres, pelo contrário, o fato de me encontrar liberto de um ego que anseia por vaidades e orgulho, que escraviza com necessidades fúteis de desejos urgentes, me torna mais apto á dar uma relação mais verdadeira e calorosa. Porque eu não preciso de retribuição. Eu apenas faço o que devo e quero fazer. Uma vez que a pessoa que está ao meu lado foi criteriosamente selecionada, não é qualquer uma. Então posso me doar pois sei que haverá retribuição. Incondicional, esta é uma palavra que também não há no dicionário feminino.
      Mulheres lindas e inteligentes, figuras raras, são arrogantes não pela sua inteligência, mas pelo uso errado que fazem dela, salvo raras exceções e suas belezas, que as tornam escravas da própria idealização egóica. Usam de demagogia, de retóricas sem sentido e rasas, criam teorias estranhas e sem base científica, instrumentalizam sua capacidade racional para benefício e proveito próprio. Nunca conheci e acredito que nunca conhecerei, sabendo bem da psique feminina, uma mulher capaz de auto sacrifício, que não seja pelos filhos apenas. Nenhuma mulher aceita levarem vantagens sobre ela e beneficiar outras pessoas havendo um auto prejuízo.
      Já conclui que este não é teu perfil, de ser uma mulhes linda e inteligente, então nunca entenderá. E quando digo inteligência, não falo de mulheres com capacidade racional mediana, mas sim mulheres com múltiplas capacidades racionais. Excelentes atletas e artistas, excelentes em exatas e conhecimento espaço-temporal, por exemplo. E inteligência não é a mesma coisa que sabedoria, assim como não é a mesma coisa que informação.
      Acho que você sim, mas eu não falo sobre este assunto que discutimos com mulheres, como um assunto á ser abordado em conversas casuais. Com homens, alguns poucos experientes e bem vividos, num nível filosófico e de ganho de conhecimento.
      Pelo teu discurso, de afirmar que houveram homens que perderam a chance de uma vida feliz ao teu lado, posso entender que há resíduos emocionais negativos em você, e acho que simplesmente espelha em outros relacionamentos o que já vivenciou no passado, prova de não superação.
      Para que você possa me chamar de machista, defina o termo por favor. Hoje em dia, é bem comum em mulheres sem argumentos concretos e uma profunda capacidade dialética ( coisa praticamente impossível, uma vez que são raras as mulheres com grande capacidade racional, seu forte é justamente a inteligência emocional e social) taxarem um homem de machista tentando denegri-lo e findar a conversa. Uma forma de agressão frontal e covarde. Eu não tenho problemas em concordar de você em determinados pontos e discordar em outros. E não preciso atacar você. Poderia te chamar de interesseira, de alpinista social, de espertinha quando me justifica, através de um ponto de distorcido e baseando na teoria da seleção natural o seu interesse por homens de auto status e poder financeiro.
      Você não sabe o que é auto estima. Até a convido á me definir também o que é.
      O machismo que você diz que sou portador nada mais é do que o simples fato de que eu critico um comportamento que você possui, e não aceita abrir mão, mesmo sabendo que está errada. Quer viver uma vida promíscua e ser aceita e vista como mulher casta e conduta perfeita. Você é apenas uma criança envelhecida por fora. Qual a sua idade, se ousar responder?
      Sabe em que ponto você está pecando Fabíola? Reputação!!! Você está construindo uma, dia após dia.
      Então me diga, alguém recomendaria você, uma rebelde moderninha com comportamento duvidoso como candidata á um alto cargo?

    • Fabíola Oliveira

      Samuel, eu ia nem responder o teu comentário até ver o final dele. Se você está me chamando de promíscua, é porque realmente você não me conhece. Se conhecesse, jamais viria com esse papo. Engraçado que você não dá uma bola dentro comigo. Insinuou que eu leio livro de auto-ajuda quando, na verdade, eu tenho uma verdadeira repulsa por esses livros. Tava até pensando em comprar um dia desses, mas desisti. Realmente eu não sou muito fã do formato. Talvez mude de idéia quando vir algum autor desse tipo de livro dizendo algo realmente interessante e que qualquer um não diria.

      Todas as vezes que alguém em um discurso pede para eu descrever coisas óbvias, coisas que até intuitivamente todo mundo sabe o que é, eu nunca o faço, pois sei que não passa de uma estratégia falacioso do indivíduo para pegar seu interlocutor em alguma falha. Qualquer pessoa tem a mais vaga noção do que vem a ser machismo. Então, desnecessário aqui eu definir isso. Até porque se você concorda comigo quando afirmo que você é machista, é porque você já sabe o que é e admitir que tem uma doença já é o primeiro passo para a cura(rsrsrsrsrsrsrsrs). Um dia eu tenho fé que você vai se libertar disso, nem que seja necessário ir em uma Igreja Universal para expulsarem essa pombagira machista que existe dentro de você ahahahahhahahahah( brincadeira, não me leve a mal).

      ´Hoje em dia, um discurso que percebo muito em voga, é dizer que o interlocutor não tem argumento quando este enquadra ou classifica o outro em um determinado grupo. Eu penso que você esteja andando apenas em círculos. Se concorda que é machista, por que diz que eu alego isso por falta de argumento? O que ocorre aqui, é que você pensa que ser machista é algo positivo quando eu penso que é algo negativo. Apenas isso!

      Realmente você é muito seletivo! Olhando seus outros comentários, o que uma mulher precisa ter para você é tão somente beleza porque inteligência você já tem. Você é a cabeçapensante do casal… Muito seletivo… rsrsrsrs

      Eu tenho 24 anos… Outro dia estava pensando sobre que idade você teria. Acho que 38. Acertei?

    • Samuel

      Em momento algum a taxei de promíscua, e entendo o porque defende tal comportamento moderno entre mulheres ( eu não defendo isto para homens também, mas existe diferença entre o tratamento deste comportamento pelos genêros, mulheres raramente excluem a possibilidade de relacionamento com um homem promíscuo, ao passo que homens não se interessam profundamente por tais mulheres, sendo exceção aqueles que se encontram em grande carência ou sem opções sexuais com mulheres mais conservadoras, ou homens erroneamente educados á acreditarem no amor romântico ), mas não concordo que isto é benéfico socialmente, e tem reflexos sérios no que tange á base social.
      Machismo ( na visão feminina ) nada mais é que toda linha de pensamento crítica e reprovadora de comportamentos femininos, sejam eles quais forem.
      então todo homem é machista ao criticar um comportamento feminino,seja ele qual for. É uma afronta covarde, uma criancice, onde um homem não pode desaprovar nenhum comportamento feminino, apenas aceitando-o, por mais danoso que seja. Na visão masculina 9 que representa o que verdadeiramente é o machismo ), já te disse bem o que é, mas você acredita que é apenas selação natural.
      Talvez não se aplique á você, talvez, talvez, mas é comum uma mulher terminar uma conversa onde não tem argumentos para refutar uma afirmação taxando eu interlocutor como machista. Infelizmente este é um quadro bastante frequente. Quer testar? entre num blog feminista qualquer fingindo-se de homem e critique algo como o aborto, diga que é contra e considera um crime, exatamente o que o código penal prevê. Será taxada de machista apenas, sem mais nenhuma argumentação. Isto se teu comentário for aprovado.
      Fabíola, beleza atrai e nem sempre é fundamental, mas o que faz permanecer é o caráter da mulher ( que aliás nem como caráter pode ser definido, mas sim apenas um conjunto de valores rasos e pouco definidos, uma vez que caráter e moral para mulher são conceitos pouco entendidos e muito subjetivos).
      Tenho 33 carnavais bem vividos, obrigado. heheheeeee
      Quer aprofundar esta discussão? Entre no meu perfil e me mande suas pirraças e birras, formuladas, claro, em forma de argumentos.

    • Fabíola Oliveira

      Para mim, machismo não é toda visão masculina que vai de encontro a um determinado comportamento feminino. Sou mulher e sou contra ao aborto quando a gestação não traz nenhuma forma de risco para mãe e quando o feto não é anecéfalo e jamais consideraria um homem machista se ele for contra o aborto. Machismo, para mim, é toda visão masculina radical que tenta impedir que uma mulher faça isso ou aquilo desprovida de qualquer outro argumento que não o fato de a pessoa em questão ser mulher e seus argumentos, os quais você considera brilhantes, giram sempre em torno disso. Não conseguem ultrapassar essa linha.

      Você diz que taxar o interlocutor de machista é apenas uma forma que uma mulher tem de fechar a discussão sem apresentar bons argumentos. Bem, não raro, você já me taxou aqui de machista. Então, seguindo sua linha de raciocínio, posso crer que, àquela ocasião, você estava sem argumento.

      Mulheres são mais tolerantes com a promiscuidade masculina porque fomos socio e culturalmente educadas para sermos complacente com isso, ao passo que vocês foram educados a não aceitar isso como sinal de virilidade.

      A bem da verdade,acredito eu que essa distinção do que o homem e a mulher podem fazer sexualmente começou quando os grupos humanos começaram a se organizar em sociedades, surgindo assim os primeiros núcleos familiares. Percebendo-se que apenas a fêmea tinha estrutura física para engravidar e a fim de se evitar que ela engravidasse sem que soubesse quem é o pai devido ao grande número de parceiros, começou-se a se impor determinadas regras morais em relação a mulher com o intuito que a estrutura social não restasse ameaçada se se permitisse que a fêmea tivesse a mesma liberdade sexual que o macho, o qual não engravida.Em uma época onde inexistiam meio contracptivos, tais regras morais eram necessárias à própria estrutura social e funcionavam como um verdadeiro mecanismo de defesa contra a desordem social. Porém, apenas dizer isso visando a manutenção da ordem social para impedir que a mulher não quisesse ter a mesma liberdade sexual que o homem soava inútil. Necessário se fazia métodos de coerção moral mais contundentes e, por isso, eficazes e nada melhor para alcançar tal objetivo do que se criar determinadas ideologias morais completamente aptas para produzir o estigma.

      E foi aí que surgiram determinados mitos que, com o passar, do tempo, transformaram-se em verdadeiras superstições morais como, por exemplo: mulher que não é virgem não se casa, mulher que já teve vários parceiros não arranja marido, mulher que transa no primeiro não é para levar a sério e etc.

      É verdade que hoje a sociedade não precisa mais dessas regras morais destinadas às mulheres para preservar sua organização porque já existem métodos contraceptivos. No entanto, aquilo que antes era uma necessidade hoje tem tão somente valor de superstição moral e o Samuel é moralmente supersticiosos rsrsrsrsrsrs.

    • Samuel

      realmente, machismo é muito mais que isto. Mas esta é apenas uma variante muito utilizada por mulheres. O aborto foi apenas um exemplo, mas poderia citar outro, como a liberdade sexual feminina, á qual tenho opinião não favorável e você afirma que sou machista por este motivo.
      Quando te chamei de machista foi apenas em resposta á sua posição e linha comportamental, não como forma de encerrar um assunto. Inclusive ainda estamos debatendo tal assunto.
      Mulheres são mais complacentes e atraídas por perfis masculinos promíscuos por pura vaidade e disputa entre si. Querem o que todas mais querem. Nunca vi uma mulher querer um sapato que não está na vitrine, e com homens é a mesma coisa.
      Agora, você acredita mesmo em toda esta teoria que você, de forma bem jocosa, criou?
      bem, então você que é supersticiosa, pois tem mania de perseguição, e acredita piamente que homens vivem em função de coibir e oprimir mulheres.

    • Fabíola Oliveira

      Esse exemplo do sapato foi nada a ver, pois elucida muito pouco o que você pretende demonstrar com ele. É natural que o comércio, querendo chamar atenção do cliente para consumir seus produtos, exiba em suas vitrines aqueles que possuam o melhor design, o mais belo e muitas vezes, atraído por aquele produto que se encontra na vitrine, o cliente acaba entrando na loja e comprando se não aquele que está sendo exibido, outro, ou seja, através da exibição de um determinado produto, o comerciante está tentando chamar a atenção do consumidor para a loja e não especialmente para aquele produto em si.Isso é estratégia de venda!

      Quero dizer com tudo isso que mulher não compra um sapato apenas porque estava na vitrine. É que, quase sempre, o que está na vitrine é o melhor produto da loja.

      Problema é que às vezes você faz afirmações contra mim sem pensar que, seguindo sua mesma linha de raciocínio, pode-se a contrario sensu afirmar contra você exatamente o mesmo. Ora, se você afirma que quando eu o acuso de machista, estou apenas tentando encerrar a discussão de forma cômoda e sem um bom argumento e você não raro também me chama de machista, é porque, utilizando-me da sua mesma linha de racíocínio, você também ficou sem argumento. Não que eu realmente ache que você estava sem argumento.

      Eu tenho mania de pereguição? rsrsrsrs Sério? Problema é que quem tem determinadas paranoias sempre acha que é o outro que tem! Talvez esse seja o maior sinal da doença…rsrsrsrs

      Olha se realmente eu gostasse de disputa, já teria ficado com alguns homens casados que me pareceram. Mas, por questões ético-morais, não aceitei e alguns bem que faziam meu tipo estética e financeiramente….

      Talvez mulheres sejam mais atraídas por perfis cafajestes por falta de autoestima. Vaidade não! Para mim, e eu não sou psicóloga, a falta de auto-estima pode se manifestar de diversas formas e ma delas é pela necessidade de precisar o tempo todo está buscando formas de se autoafirmar. Assim, uma mulher que se sente atraída por esse tipo de homem, muito provavelmente está querendo provar para si mesma que tem capacidade de atrair um homem que gosta de ficar com várias mulheres. Ele tem tantas e, mesmo assim, também ficou com ela. Assim mesmo mulher que só se interessa pelos casados…

      Para mim, isso tem mais a ver com falta de autoestima do que com vaidade…

    • Samuel

      Olha, se eu tiver de destrinchar frase por frase do que escrevo, daqui um pouco de tempo terei de disponibilizar um mainframe apenas para carregar os comentários deste post. heheheee Pare de ser tão certinha.
      Técnicas de vendas á parte, o que quis dizer, o conceito em si, é que mulheres querem o que está em evidência, e competem umas com as outras pelo homem mais evidente por vaidades e satisfação egóica. Não é por baixa auto estima que se envolvem com perfis danosos, mas apenas por estes motivos. Fosse assim, dariam em cima de mendigos, porteiros, faxineiros e por aí vai.
      Mulheres só olham pra cima, no máximo, dependendo da escassez, para os lados, mas nunca para baixo. Então é o ego que fala mais alto, uma vez que se super estimam e sempre julgam-se capaz de prender um homem á si mesmas pela paixão, esta nascida de um sexo bem dado. Não são todas? não, mas a maioria é assim e sempre serão.
      Auto afirmação é apenas projetar de forma explícita o que é implícito á si mesmo, ou seja, quero apenas confirmar um valor determinado por mim mesmo para mim. Entendeu minha pernambucana marrenta?

    • Anonymous

      Vc com certeza ABSOLUTA nunca fez uma mulher gozar….

    • Samuel

      E você por acaso já transou comigo sua loka? shaushausahsuashuau

    • http://www.blogger.com/profile/17468563454921963500 felipe

      Concordo com o samuel ninguem Pode generalizar usando sem preiviamente ter desde o inicio acompanhar o desempenho pois as mulheres acham que todos sao iguais e porque o parceiro Atual da anonima numca a fez gozar ela supoe esta imcapacidade aos outros.

    • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

      “”Agora mulheres anorgásmicas?
      Toda mulher e homem, fisicamente, estão aptos á terem orgasmos. É um mecanismo natural””
      Contraditório isso. Há poucas mulheres anorgásmicas, mas existem muitas que não atingiram simplesmente por não fazer algo certo. Mulher anorgásmica é aquela que não consegue ter orgasmo nenhum. O orgasmo é visto com ótica masculina e “hollywoodzada”, por isso, algumas tiveram e nem sabem que tiveram. Esperam fogos de artifício. É raro uma mulher ter um orgasmo vaginal, e mesmo quando o tem, é pela fato de seu clitóris ter sido estimulado internamente. É duro aceitar, Samuel,mas a penetração não traz orgasmo.

    • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

      As mulheres sofrem com isso por conta da pressão que sofremos e por ouvirmos que sexo é sujo e não causa de má iniciação sexual. Mulheres de igreja que casaram virgens não tem menos problemas sexuais que as que não casaram virgens. Você é ignorante e um babaca de marca maior!

  • Fabíola Oliveira

    Vou ter que admitir: dessa vez, até que eu concordo com o Samuel. Acho que hoje ele teve um lampejo de lucidez ahahahahahahaha

    Mas convenhamos, Samuel, tem homem que fica frustrado quando transa e percebe que a mulher não gozou não é nem por também querer que a parceira sinta prazer, mas por ego, por não se sentir o macho alfa.Tudo porque culturalmente é o homem que deve ser sexualmente mais agressivo, sendo isso um sinal de virilidade.

    Vejo homem dizer que não gosta de foder prostituta só porque geralmente o orgasmo dela é falso, por exemplo. Fico pensando: e daí que é falso? Prostituta não está ali para ter prazer e sim para dar prazer.Ora, quando a gente consome qualquer tipo de serviço, a gente tá pensando unicamente no proveito que iremos usufruir com elee não se aquilo será bom para quem presta também ou não? E por que com uma prostituta seria diferente? É diferente unicamente porque esse é o tipo de relação onde impera o ego masculino de ver uma mulher gritando não por prazer, mas porque faz parte do negócio.

    Se a gente for encarar as coisas por um prisma absolutamente racional, ela está ali vendendo um serviço e esse é o unico serviço onde algumas pessoas deixam de consumi-lo pensando na vantagem( o prazer) que pode proporcionar a quem o presta apenas por ego.

    • Samuel

      Ser sexualmente ativo e agressivo, como você diz, não é uma imputação cultural, mas uma condição hormonal. Testosterona, se quiser que eu seja mais específico.
      sorte das mulheres então termos esta programação biológica, o que beneficia diretamente o seu gênero.
      Se homem não fosse viciado em vagina, mulheres não teriam utilidade alguma que não a reprodução. Discorda?
      Não existe esta conversa que homem não gosta de comer puta. Sexo é sexo. Quem te falou isto apenas estava com receio de uma opinião feminina condenante.
      Além do mais, todo homem sabe que sexo com prostitutas é muito mais completo e barato que com a namoprada/esposa. Existe disposição ( mesmo que artificial, dependendo do perfil do homem que á paga) ecom um valor á mais, pode tudo. E quem te disse que puta finge? Se tem um tipo de mulher que não finge é puta, se gemer pode ter certeza que tá sentindo alguma coisa, nem que seja cosquinha no bolso. heheheeeeeeee

    • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

      Mulher não tem utilidade que não seja reprodução?Então, homem só serve para cartão de crédito. Meu Deus, Fabíola, como você dá trela para esse Jerk?Com mamãe lavando as roupas dele, é fácil desprezar uma mulher. Loser eterno!

    • Anonymous

      concordo com vc, Joane! este cara é um baita dum grosso de marca maior. cavalo de tetas.

  • Fabíola Oliveira

    Agora, apesar de concordar com você, eu faço ressalvas, Samuel até porque eu não sou extremista como você. Às vezes, a gente se envolve com alguém que termina nos machucando e muito, causando traumas que se não forem bem trbalhados e superados podem vir a influenciar nas futuras relações amorosas da gente e depois que dificuldades emcoionais todo mundo tem. Você também deve ter as suas. Todo mundo tem algo que não ficou bem resolvido consigo mesmo. Todo mundo tem seus monstros. Diferença é que nem todo mundo corre para debaixo da cama com medo dele.

    Ninguém é adivinho para prever o futuro, oras! Isso é coisa que acontece! A gente tem que se proteger par viver e não deixar de viver para se proteger por medo de quebrar a cara porque isso uma hora ou outra acontece!

    Outra coisa: às vezes a mulher não goza também porque o cara é ruim de cama mesmo. Mas admitir que é ruim de cama, é mais fácil falar que a mulher é frígida. Uma vez vi uma mulher falando que era casada com um homem que sempre a culpava por ela não gozar. Quando ela acabou esse casamento e se envolveu com outra pessoa, passou a gozar, ou seja, o problema não era ela. Era o ex marido que não sabia conduzi-la ao prazer. Se a mulher sabe que não tem nenhum bloqueio sexual ou nenhuma dificuldade de se entregar, ela só irá saber se o problema é com ela ou com o parceiro se já tiver tido outros parceiros com perfis diferentes.

    • Samuel

      Olha, este caso não é um caso de trauma sexual, uma vez que trauma sexual é gerado por violência sexual ou abuso, por exemplo.
      Houve consentimento, logo o que podemos deduzir é que estes bloqueios se deram por más experiências, ou fatores não ligados á questão sexual diretamente, como repressão familiar ou complexos, por exemplo.
      Pode realmente acontecer de terem parceiros que não ás satisfazem? Sim, com certeza. Mas esta questão é muito profunda pra ser discutida de forma tão breve, e se chegarmos á um consenso opinativo, com certeza estará longe da verdade nua e crua.
      A questão é que mulheres não previnem, optam sempre pela remediação do mal, e isto é no geral. Dificilmente planejam, dificilmente ponderam sobre conseqüências e escolhas. Ajem movidas pela emoção. Que podemos nos enganar, é um fato, todos somos falhos, em nossos parâmetros e pontos de vista, mas seremos mais falhos ainda apenas agirmos de acordo com nossas vontades, motivados pelo desejo carnal e emocional.
      Mas a questão crucial, é que a educação sexual das mulheres de hoje é praticamente inexistente. Esta geração não tem um diálogo aberto e nem procuram tal diálogo com pais e familiares mais próximos. Empirismo é uma palavra que mulheres desprezam e pagam caro por isso.
      Então, facilmente concluo, que por mais que vocês digam o contrário, por motivos ególatras e ainda assim defendam brincar de roleta russa como forma de encontrar a tão procurada ” felicidade “, que a promiscuidade feminina é nociva á maioria das mulheres, que saem de relações amorosas dilaceradas e mutiladas emocional e psicologicamente, criando um efeito cascata nocivo pra si mesmas, e mais nocivo ainda para os homens que se relacionam pós-término com estas mulheres. Ou seja, o último homem, aquele que realmente quiser constituir uma vida com esta mulher, irá pagar o preço mais alto. Estará tomando pra si um produto avariado e desgastado por experimentação fútil, mas por um preço de um produto em excelente estado.
      Com homens, isto não acontece. Porque ao contrário das mulheres, usamos nossa experiência sexual e relacional para o bem da relação. Aprendemos á evitar aquilo que não deveria ser feito lá atrás e guiamos a relação pra que ela se torne mais harmoniosa e agradável. Mas mulheres não querem relações estáveis, querem a instabilidade, porque são criaturas emocionais, precisam de oscilação, viver um romance turbulento, já que num ambiente assim podem ser dúbias, e tirar o maior proveito possível.
      É por isso que eu não me relaciono sério com mulheres promíscuas. Estão estragadas, não trazem nada de bom para sua nova relação, só o que houve de ruim. Ás vezes, chega á passar a impressão que estou eu e esta mulher mais todos os homens da vida dela na mesma cama!!! Sai fora ….
      E você, apesar de achar meu comentário anterior lúcido e dizer concordar comigo, não concorda. Caso contrário, não defendia a promiscuidade como meio de encontrar um parceiro, mas sim a escolha baseada em firmes fundamentos morais e éticos, numa escolha racional e acertada.

  • http://alinediedrich.blogspot.com.br/ Aline

    Assunto complicado que você resolveu abordar ein ehehehe

  • Yuu

    Assunto bem dificil de ser falado abertamente
    Parabens pelo texto
    http://projetoxkyo.blogspot.com/2012/09/supaidaman.html

  • Cafajeste Sedentario

    É uma situação complicada,mas acho que só um dialogo sincero e confiança para que ela goze,além claro de um pouco de esforço. Sei lá,tenta criar um clima ”especial” (que gay -.-) e vai tentando ”envolver” a garota,quem sabe assim vai. Dá uma olhada nesses kamasutra também meu chapa !

    • Samuel

      E porque se esforçar po uma mulher assim? Porque ama? Porque pe correto?
      Porque um homem deve gastar seu tempo, esforço e saúde mental/emocional consertando alguém que propositadamente se quebrou?
      O orgasmo em si é só uma questão, e das mais superficiais. Existe muito mais enraizado na psique desta mulher e o trabalho deverá ter seu custo/benefício medido. É frio meu raciocínio? Sim, é. Mas crei-me amigo, ela é uma mulher tão fria quanto este raciocínio.
      E sinceramente, correr o risco de ajudar alguém que escolheu cair á se reerguer, recolher os cacos só pra descobrir depois que ela não queria ser consertada, ou pior, que na verdade queria você com um perfil pior que o anterior, não justifica a tentativa.
      Sem dizer, que ela pode estar usando este cara apenas para refazer seu ego, e depois larga-lo na tentativa de achar alguém que realmente consiga lhe tocar o emocional. Se você realmente é um cafajeste, o que duvido, pois é sedentário, deveria saber bem disto.

    • http://www.blogger.com/profile/10509521196654906989 Pergunte a uma mulher

      Ah Samuel, tem mulher que não goza porque o homem também não é lá grandes coisas, vai. Tem homem que acha que sexo é fazer que nem cachorro doido haha

    • Samuel

      Grande coisa em tamanho ou qualidade? heheheeee Eu sei, infelizmente, vocês devem conviver com isto. Mas acho que o que não deve acontecer é justamente isto, justificar algo que falta em nós e pra nós imputando no parceiro a culpa das deficiências.
      Que poha é essa de cachorro doido??? ahháh´háh´ha´h´ha´háhahaha
      Cuidado Luiza, vai pegar raiva … ahháh´háh´há´hhhá´h´h´´hha

    • http://www.blogger.com/profile/10509521196654906989 Pergunte a uma mulher

      Pega raiva só quem gosta de cachorro =p hahaha

    • Samuel

      Acho que vou mudar a foto do meu perfil, então … hehheeheheee

    • Samuel

      Foto alterada, nada temas agora, minha pequena … heheheeee

    • Anonymous

      bixo burro vc… feio igual um lobisomem, e ainda se acha o “pegador…” kkkkkkkkkkkkkk acredito que com essa feiura e grosseria não pega nem peste! kkkkkkkkkkk

    • Samuel

      Sahuahsausha Anônima, vc tem senso de humor, devo concordar. Eu nunca afirmei ser nada, é vc quem diz.

  • megumi chan
  • http://www.blogger.com/profile/10079911473179496993 Pamela Dal’Alva.

    Boom, não sei bem o que dizer sobre, ainda não sei muitas coisas a respeito..
    Mas a mulher demora mesmo para chegar lá, é bem normal.. mas se ela nao sente nada, de duas-uma ou vc não ta sabendo fazer ou ela ta com esse medo preso..
    a questão do grito vária de mulher para mulher, tem aquelas que são escandalosas e outras que são discretas, não tem nada haver se é ou deixa de ser uma vadia.. e outra, teve homens que me disseram que se a mulher da esses gemidinhos eles acabam sentindo um certo prazer a mais.. kkkkkkk

    kisu

    http://www.eraoutravez.com

    • Anderson

      Pamela quero sua opinião: Morro de desejo de fazer sexo com minha esposa mais ela não da um tempo para mim, e nisto passa uma semana inteira sem fazer sexo tento ajudar, seduzir mas nao sei o que sei o que fazer mais ?

  • Anonymous

    Nada melhor que chupar uma buceta e ver a parceira indo ao delírio. pqp bom de mais.

  • Anonymous

    se ela não goza , entre em acordo com ela, você com o pé ela com a bunda, sai fora frígida, vai procurar um médico, eu vou atras de uma totonha que funcione

    • Anonymous

      Ou vc que naum funciona direito ai ela nem goza

  • Anonymous

    ja brochei por que a mulher gritava demais,coloquei na cabeça que aquilo era tudo fingimeno e sai fora,de fato eu tinha razão,ela nao precisava exagerar tanto,gozar gemento pra mim ja e o maximo,aquela gemida de gozo que a mulher fica totalmente fora de si,vc olha na cara dela e ve uma expressao animalesca.agora,gritar pra vizinhança toda acordar e demais,so em cinema mesmo.

    • Anonymous

      ainda bem que eu não transo contigo, machista pra caramba devia parar de ver filme porno para acreditar e sentir que nem tudo é fingimento

  • Anonymous

    gente isso é questão de estimulo e explorar a região e ter percepção ver o que a mulher mais gosta e investir, tem que ter diálogo tbm, e fika dika é ridículo ficar falando goza pra mim =\

  • Anonymous

    eu acho que vc é que é o problema não sabe o que fazer com uma mulher deixa eu ficar com ela e vc vai ver ela gozar tanto que não vai aguentar mais e vai pedir pra me chupar só pra agardecer

  • Anonymous

    Estamos em uma nessesidade grande de encontrar um casal pra gente relacionar,minha esposa é tarada e fazemos sexo quase sem parar ela adora chupar,queremos casais de são paulo,primeiro trocar fotos mais só casais casados não namorados.

  • Leitor do blog =D

    Homens e mulheres tem formas diferentes de se envolverem e sentirem prazer no sexo. Imagine o homem como um carro. Ele já começa a cem por hora e o ápice (orgasmo) é também o início de uma queda vertiginosa na qual ele, dependendo do caso, se dá por satisfeito e acaba por ali. Agora o “carro mulher”. Ao contrário dos homens, as mulheres começam do zero e a medida que o envolvimento se acentua ela vai se entregando e se sentindo segura e à vontade com o parceiro para ter prazer. Aos poucos vai chegando nos cem por hora (como já ouvi uma certa vez que, sexo pra mulher começa no “Bom dia!” e vai se desenrolando até o ato em si. É uma conquista). E quando chega, tem seu ápice e pode manter ainda uma velocidade considerável (lembrando que isso é uma metáfora. Não estamos falando da velocidade em si que a transa pode ter. Tipo “créééuu”). Então, se no sexo os homens querem uma resposta na mesma intensidade que dão, devem transar com outros homens. Pois terão quem sabe um retorno até mais potente. Mas se querem aproveitar de uma companhia mais delicada, suave, sensível e, sentindo-se segura, até intensa, sugiro que procurem uma mulher. Não vejo sentido em querer que mulheres e homens tenham as mesmas características. Se não quer diferenças, procure seus iguais. A graça toda da coisa está no aprendizado com o sexo oposto. É ter paciência e passar segurança. Todos tem dificuldades. Mas sentindo-se seguros com o outro, qualquer um se torna um mestre em sentir e dar prazer.

  • Anonymous

    Ja fiz de tudo com minha namorada..preliminar caprichada, penetração da maneira que ela gosta, horas de oral ate cansar a lingua, e nada da muié gozar e agr eu pergunto: o problema é com os homens se a mulher não goza, é só falha nossa?

    • Samuel

      Não, não é culpa do homem. Leia a discussão que tive com a Fabíola desde o primeiro post e conclua.

    • http://www.blogger.com/profile/16337482668090010983 Fabíola Oliveira

      Não acho que você deveria se sentir culpado de diz que se esforça, porém ela não reage. Tem que sentar e perguntar a ela o porquê disso. Às vezes, o cara se incomoda mais porque não goza do que a própria mulher. É como se sentisse menos macho por não conseguir fazer a parceira gozar.

      Penso que deveria conversar com ela sobre o assunto e tentar identificar o motivo dessa dificuldade.

      Não acho que o homem seja sempre o culpado por a mulher não gozar. Mas também não concordo com a posição esdrúxula do Samuel quando diz que muitas vezes a mulher não goza por causa de sua experiência promíscula pregressa que lhe prporcionou traumas. Bah!

    • Samuel

      Fabíola, promiscuidade em si pode criar ou evidenciar ou agravar problemas emocionais, não pelo sexo em si, mas por situações dentro de uma relação que possa causar traumas psicológicos e sequelas emocionais, mas é apenas UM dentre tantos outros fatores que podem causar este sintoma.
      E ou é orgânico/fisiológico ou psicológico/emocional. Não há como fugir disto. O mecanismo está lá, apenas não está sendo iniciado corretamente.
      Seria basicamente como uma máquina. Ou não funciona por motivos mecanicos/peças ou por motivos elétricos. Discorda?
      Se perguntar á ela, ela dira ” Não sei “. E realmente não sabe. Você poderia diagnosticar uma disfunção em você mesma precisamente? Creio que não.
      Creio que não acontecendo por falta de atitude do cara, já que ele chega junto, deva montar um check list e ir eliminando possibilidades, como lugares, formas de praticar o ato, posições. Importante saber também quando se deu o início da vida sexual desta garota e qual o perfil do 1º homem dela e como foi tal relação. E como foram os que vieram depois? Será que existe tanto amor assim neste cara pra suportar ser o analista dela e destrinchar a vida sexual deta mulher? Vale realmente á pena juntar cacos por amor?
      É por isto que condeno promiscuidade, porque sobra para o namoradão trouxa consertar merda que outros fizeram, se for o caso, o que não digo que aqui seja, falo no geral.
      E concordo contigo quando diz que incomoda não ver a parceira gozar, é meio frustrante ela não partilhar desta sensação em conjunto. Mas não podemos e assumir isto como culpa nossa.
      Creio que seja uma sensação parecida com o que mulheres sentem quando o homem brocha.

    • http://www.blogger.com/profile/16337482668090010983 Fabíola Oliveira

      Samuel, você já fez exatamente tudo o que as mulheres que você considera promíscua já fez. Então, isso me induz à conclusão de que você padece de algum trauma sexual. Você, sim, é que visivelmente tem algum trauma emocional e mal resolvido além do mais…

    • Samuel

      KKKKKKKKKKKKK E você poderia, por gentileza mui nobre de vossa parte me dizer qual trauma seria este? Você realmente acredita então que homens e mulheres são iguais? Que o tratamento ás experiências são iguais? Que a assimilação e processamento são iguais?
      Não entendo por que tenta me atacar, se não o fiz, e mais, apenas estamos divagando sobre algo que nem nos diz respeito, na verdade. Somos dois fuxiqueiros nos metendo na vida alheia.
      Creio, que você tem problemas com figuras de autoridade. Cuidado Fabíola, isto é um leve, porém evidente traço de sociopatia.

    • http://www.blogger.com/profile/16337482668090010983 Fabíola Oliveira

      Eu tô te atacando?!!!!! Não tenho culpa se um dos sintomas do seu trauma é a mania de perseguição….

      Realmente eu tenho dificuldade com autoritarismo e não com autoridade… Ah, quer dizer que sou sociopata!!!! Observe meu comportamento aqui no blog e tente comparar com que a psicologia e psiquiatria entendem por sociopata… Agora você apelou… Eu poderia até me sentir ofendida, mas não consigo…

    • Samuel

      Bom, eu aho que estavamos falando inicialmente do caso do leitor anônimo, e então você começou á falar de mim e dos meus transtornos e frustrações e problemas e blá blá blá … Porquê? Só porque eu ás vezes vou numa idéia contrária a tua? Ah Fabíola, você tem necessidade de sempre agradar? De sempre ter aplausos? Eu não.
      Olha, sinceramente, me explique para que eu entenda, mas sem ataques, apenas me mostre suas idéias e o porque acredita que uma vida sexual feminina muito ativa fora do contexto matrimonial não é nociva á própria mulher, ou seja, porque defende promiscuidade feminina. Você pode? Por favor?
      Aqui no blog você demonstra ser uma pessoa de gande capacidade intelectual, mas com tendências gramscistas nas bases do pensamento, ás vezes até penso que você estudou na Escola de Frankfurt.
      Disse que é um traço, não que você é.

    • http://www.blogger.com/profile/16337482668090010983 Fabíola Oliveira

      Eu não defendo a promiscuidade feminina. Você ainda não conseguiu entender as minhas críticas. O problema é que eu penso que quem fala de outro deve ter, no mínimo, exemplo e eu gostaria que você me explicasse por que manter relações fora do casamento para uma mulher é mais nocivo que para o homem. Existem estudos comprovando isso? Estudos sérios eu falo e não meras especulações de alguém. Por que homem pode transar fora do casamento e mulher não? Samuel, você está falando, através de um discurso que possui como método de coação o estigma, aquilo que é mais conveniente a você. Só isso! E até agora você não me explicou por que eu seria sociopata. Samuel, é, no mínimo, algo grave você dizer que alguém é sociopata, visto que é um comportamento totalmente hostil à boa convivênncia e que vai de encontro a qualquer regra de boa conduta.

      E mais uma vez: eu não defendo promiscuidade feminina. Você é quem nunca consegue fundamentar aquilo que pensa. Quer impor mais diferenças entre os gêneros do que as que realmente existem. Você acha que pode transar à vontade antes do casamento somente porque você é homem. Sinceramente: de um ponto de vista eminentemente racional, você acha que isso se configura argumento suficiente para alguém pensar assim como pensa? Isso é machismo puro! Você acha que pode agir assim ou assado só porque é homem… Brilhante argumento!

    • http://www.blogger.com/profile/06109923681500644873 Samuel

      1º, não te chamei de sóciopata, longe disto. Apenas de forma descontraída disse que você não aceita figuras de autoridade, e que isto é um traço sociopático, não que você seja. Ok? Eu sei que esta característica meio incrédula e intransigente num aspecto rebelde é bem típica em advogados, por isto te pilhei.
      2º, eu não defendo promiscuidade masculina. Sou contra homens que pegam geral, sou contra galinhagem de homem, cafajestes e pilantras no geral, independente de eu ter feito ou não. Assim como pode gerar seqüelas em mulheres, também causam transtornos em homens. Assim como é prejudicial á mulheres, também o é para homens.
      E este é um grande problema na promiscuidade, tornarão tais pessoas doentes, e mais doentes ainda caso haja um transtorno pré estabelecido na psique desta pessoa que incorrer neste estilo de vida.
      Toda sociedade, historicamente falando, que se entregou á luxuria e depravação sexual caiu. Claro, isto é apenas um dos motivos que causaram tal queda e apenas um sintoma de uma mentalidade num nível coletivo que já estava deteriorada e longe da naturalidade.
      A Grécia caiu, Roma caiu, Constantinopla caiu e tantas outras, não pelo nível de depravação que seus povos alcançaram, mas sim pela largueza e relativização moral, pela deturpação do natural, do ético e que geraram graves crises sociais.
      A liberdade sexual tal qual conhecemos hoje não é tão nova assim, e sempre foi presente na história humana. Desde que o mundo é mundo, a putaria está aí, assim como homossexualismo, homicídios, guerras e por aí vai.
      E não é apenas um luxo de sociedades mais desenvolvidas e tecnológicas, também se dá em níveis tribais, principalmente as não praticantes da cultura ortodoxo-cristã.
      A promiscuidade em si não interfere em nada, a questão são os reflexos emocionais/psicológicos em cada pessoa que gera, e é o conjunto de pessoas de uma sociedade que definem os rumos que esta sociedade toma e se torna.
      Você sabe bem disto, estudou e cansou de papirar ética e moral nas aulas de direito.
      A diferença é apenas como cada gênero absorve e trata todo o lixo emocional/psicológico que fica após várias e sucessivas relações mal sucedidas quando há expectativa de continuidade ou que se findam sem que haja tal interesse por uma das partes ou ambas, os envolvimentos casuais ou de curta duração. E o que sei, tanto de conhecimento adquirido de experiências próprias e observações de casos conhecidos e próximos, juntamente com estudos dos quais tive contato, é que mulheres quando são muito promíscuas, o são justamente por já terem em si algum distúrbio que ás direciona á tal comportamento. Poucas mulheres, que não possuem algum distúrbio de personalidade e compram e abraçam esta idéia não se lamentam depois. E poucas são as que não se transformam para pior, no sentido emocional/psicológico/espiritual. Entende?

    • http://www.blogger.com/profile/06109923681500644873 Samuel

      Ao passo, que todo homem pode naturalmente vir á ser promíscuo por uma simples questão de programação orgânica, já nascemos programados para sermos mais sexuais que mulheres. E isto não quer dizer que vá ser promiscuo, afinal nem todo homem consegue ou tem equilíbrio emocional para suportar uma vida assim, ou realmente quer isto. Se envolvem com algumas poucas mulheres e se casam ou se envolvem mais profundamente com alguma delas. No meu entendimento, e vi isto em estudos com os quais tive contato anterior, durante ou pós faculdade, é que homens muito promíscuos também apresentam um perfil emocional e uma mentalidade diferente de um homem normal do ponto de vista psicológico, que não procura este estilo de vida.
      O que quero dizer com isto? Que todo homem pode ser, mas poucos são, e são apenas por um determinado período. E destes poucos que são, poucos mais ainda podem viver neste estilo de vida justamente por terem um perfil psicológico mais egoísta e uma capacidade de envolvimento emocional superficial. Não ligam para o sentimento de outras pessoas, e tanto faz se são mulheres ou homens. Já ouviu falar do transtorno de personalidade dom-juanista? Cafajestes são assim. Possuem traços de personalidade que podem muito facilmente serem associados á psicopatia, não que seja psicopatas, e existe uma parcela que o são, com certeza, e conheço uns tanto assim, criminosos mesmo. Falta de empatia e de envolvimento emocional é uma característa da psicopatia.
      Então o que quero dizer com isto? Que naturalmente, nós não somos preparados para vivermos desta forma, que isto gera e causa traumas emocionais em qualquer pessoa. Á não ser que tenha um perfil diferenciado dos demais, como os transtornos que te citei ou outros, como histrionismo, narcisismo, anti social e outras mais.
      Sabe, agora eu entendi o porque da tua defesa. Você apenas quer ter o mesmo direito de julgamento pela atitude. Não que vá exercer tal direito, mas o quer.
      Mas eu te digo que nunca alcançara. Independente de aceitar o que te digo, isto não é apenas convenções sociais, não é apenas cultural, também é biológico. Você nasceu em um país ocidental, e dê muita graças á Deus por isto, culturalmente influenciado pela filosofia ortodoxa-cristã, e baseada nesta filosofia todos os conceitos morais e éticos foram construídos.

    • Samuel

      Mas para muitos homens, promiscuidade feminina é relativa. Alguns aceitam um determinado número mais baixo, outros aceitam um número mais alto de parceiros.
      Mas o que estigmatiza, e não sou eu o autor desta dita coação, é a maneira como isto se dá, e porque tal comportamento se manifesta. E sempre será visto assim, por qualquer homem que tenha alguma experiência amorosa e tenha a noção sobre o que torna uma mulher assim e quais impactos poderá ter na vida dele o convívio permanente ou duradouro com tal mulher.
      Eu acredito que você deve sim brigar por algo que julga ser um direito equiparativo, mesmo que não tenha o interesse em praticá-lo. Mas isto não tira o direito de qualquer homem em julgá-la ideal ou não á ele. De rejeitar tal mulher. Assim como mulheres podem e deveriam rejeitar homens com tal comportamento, ou podem e rejeitam qualquer homem que não satisfaça suas exigências, sejam quais forem, e não se importam por serem assim, seletivas.
      Talvez você já tenha percebido eu dizer que há uma forte influência gramscista no teu pensamento. E não sei se deu importância á isto, mas vou te dizer o porque.
      Porque a liberdade sexual feminina nada mais é que um dos tópicos do check list de ativistas feministas, e senão o mais importante, com certeza o mais impactante.
      O feminismo é isto, um movimento de contra cultura. E visa tão somente enfraquecer o poder da família, destruindo seu núcleo principal. Houveram sim, algumas feministas que podemos e devemos respeitar, que bravamente lutaram por direitos femininos relevantes. Mas a maior parte de tudo o que pregam é apenas uma tentativa de equiparar a mulher ao homem, e isto é ridículo. Deve haver distinção de papéis, de funções. Por mais simplista que possa parecer esta justificativa que agora te dou, se não fosse assim, todos nasceriam homens ou todos mulheres ou todos hermafroditas. Se a natureza distingue, é por uma fundamental razão.
      Mas porque eu falo de feminismo? Porque está enraizado em você, por mais que não queira, tua educação sexual e comportamental foi fortemente influenciada por esta corrente. Individualmente, isto não teria relevância, mas no coletivo, sim.
      Sim, existem estudos sobre isto. Sobre o impacto da liberdade sexual feminina no comportamento com um todo do gênero. Mas você não quis comentar e até retirou teu comentário quando viu o link que postei num post sobre virgindade, acho. Deveria ler, é muito esclarecedor, e caso não dê credibilidade á fonte, faça como eu, pesquise-a, destrinche a reputação de quem pesquisou e analisou os dados. Seja cética, mas ao menos se ao trabalho científico de pesquisa.
      Olha, de um ponto de vista eminentemente racional, eu concordo plenamente com você. Mas emocional, não. Há impactos, e não podem ser relevados.
      Conheço poucos estudos que falam de seqüelas emocionais em homens advindos de experiências relacionais mal sucedidas, até porque poucos se prestam á pesquisas deste tipo, homens que se machucam por mulheres, mas o contrário, há várias, mas de que adiantaria te dar a fonte, não acredita mesmo.
      E posso te afirmar que mulheres, quanto maior o número de parceiros sexuais, mais frias emocional e psicologicamente e apáticas á relacionamentos se tornam. Poha Fabíola, eu me relaciono com mulheres, como não poderia saber?
      Espero que possamos sempre debater e trocar idéias, porque por mais chata que seja, te acho legal, e gosto de debater contigo. Me ajuda á reforçar idéias e até á clarear algumas.

  • Anonymous

    ola eu chamo me jose luis trabulo e acho que nunca me enganei em relação has raparigas porque hoje tenho muitas amigas.
    mas no entanto tenho problemas no dia dia com as raparigas porque ha umas que me ligam mais outras ligam pouco espeçialmente aquela com bunda bem feitinha ou altas de takao lido com essas muito mal esses liga-me pouco e ignora-me acho que havia de ter comigo e dizer que eu ou era aquele tipo de rapaz que um dia seria para nos juntarmos.
    mas infelismente esta tudo ao contrario so as mais novinha e que me adoram que eu as vezes fujo dessas eu tenho 34 anos isto torna-se inademessivel que atraio cada coisa´,espera que essas raparigas de 24 ou 27 comecem falar comigo no porto shopping via catarina no porto e não deiam para traz que eu falo se começarem ligar me eu ja falo.

  • Anonymous

    Bom,eu acho que nós devemos casar o samu com a fabi!! Oque voces acham galera?? Almas gemeas,um belo casal

  • http://www.blogger.com/profile/16337482668090010983 Fabíola Oliveira

    ahahhaahhahahaahahhahahahhaa “E que comunhão existe entre a luz e as trevas”? kkkk

    • Samuel

      Pois é, está difícil te iluminar … shauhsasuhhsuhuahuhuassa

  • Gabi

    Boa noite queridos…
    Namorei 05 anos e nunca gozei com meu namorado.. sempre fiz de conta!
    Hoje namoro há 03 meses e tenho uma interação sem igual com o meu namorado, ele me deixa a vontade e gozo SEMPRE quando ele faz oral. No início foi complicado porque pensei que ia ser do mesmo jeito… mas comecei a dizer como gostava.. pra mim o que funciona: empurro a cabeça dele para frente, mexo o quadril contraindo o bumbum,elevo uma perna, abro BEM as pernas e fico empurrando os ombros dele para trás. Sinto uma coisa sem igual, mas tenho segurança nele e ele sabe fazer tudo que eu gosto.
    Tudo é questão de conversa aberta, dizer o que gosta, dizer o que machuca… nunca imaginei sentir isso e ter isso com alguém. Hoje sou muito mais feliz. hahaha

  • Anonymous

    o mundo é dividido em 02, o lado dos com noção e o dos sem noção. sem dúvidas esse samuel está do lado dos sem noção, de fato não sabe como tratar uma mulher.

  • Anonymous

    estou cadasa a 4 anos e nunca gosei com meu marido,ele fica super enrritado com isso me acusando de nao sentir nada por ele nao e isso e coisa na qual nao sei explicar tb

  • Anonymous

    eu goso so quando eu me masturbo e normal isso eu esfrego o meu grelo ate gosar bem gostoso nunca gosei com meu marido so quando ele esfrega bastante meu grelo ai sim vou ao delirio!!!!

  • Anonymous

    namoro a 9 meses com um cara, e transamos a 7 meses, perdi minha virgindade com ele, confio bastante nele e temos muita intimidade, mas eu não consigo gozar, não sei o por que disso, já tentamos várias coisas e até hoje, nada, não sei se isso tem relação com minha idade ou algo assim. Gostaria de receber algumas dicas, ou algo assim…

  • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

    Conselho de boa, poucas mulheres conseguem ter orgasmos sem se masturbar. Pode não parecer romântico, mas sexo não tem que ser só romance. Caso contrário, ninguém queria gozar! Pense em coisas excitantes. Pense que é uma dominadora em cima de cawboy, pense que é uma prostituta, pense que é a rainha do sexo, pense em coisas excitantes. Ok! E se concentrem nas suas sensações,e quando começar a sentir vontade de fazer xixi, quando começar a sentir uma “dorzinha” ou choquezinho no clitóris, não estranhem. Estão chegando lá! Se masturbe sozinha, depois, chame-o para ajudá-la. Depois teste enquanto estiver transando. E aí, é só maravilha!

    • Samuel

      “” Pense que é uma dominadora em cima de cawboy, pense que é uma prostituta, pense que é a rainha do sexo, pense em coisas excitantes. Ok! “”
      PQP, se eu tivesse lido este teu comentário antes, minha cara Joane, nossa conversa teria sido muito diferente … shauhuahauhua
      Rainha do sexo??? hsauhusahusahushuasahus ri litros …

    • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

      Foi mais um termo genérico para luxuria. Tipo, eu sou aquela que domina, que manda ver, que enlouquece um homem. Essa sensação de enlouquecer um cara, de dar prazer a ele tende excitar as mulheres tanto quanto qualquer estimulação.

    • Samuel

      Eu entendi vc, é que ficou engraçada a expressão em si. Só isso … Não vai querer falar que sou racista e preconceituoso só por achar graça em um comentário teu … hahahahahaaaa

    • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

      Ai, Samuel… Eu desisti de brigar com você. Sério! Sim, eu estava brigando contigo. Não mudo uma vírgula do que eu disse, mas aceitei que não adianta. As mudanças acontecem de dentro para fora. E enquanto for assim, nada vai mudar. O mundo sempre será um grande bolo de merda e eu não deveria me importar tanto assim. Nem seu último recado eu quis ler. Sabe, eu me desgastei e desgasto muito com gente que se recusa a enxergar as coisas. Eu já não tenho 15 anos e idealismo é para os jovens. Hoje eu não tô afim de apontar defeitos! Vai na fé! Tá tranquilo! Ser fiscal de preconceito alheio cansa e não é produtivo. Meu feminismo é para as mulheres e não para os homens. É nelas que eu tenho q agir.

    • Samuel

      Mas porque brigar comigo muié?!?! Sabe o que acho, é que temos visões semelhantes, talvez apenas alguns pontos que divergem, e vc por me jogar na vala comum dos ” malditos masculinistas “, criou esta picuinha comigo. Mas eu te perdoo, siga em paz pois não lancei nenhuma mandinga sobre vc..hahahhaaaaahha
      E eu não sou preconceituoso, e isto não sei por que não entende ou não quer aceitar. Eu sou apenas alguém que briga pela transparência, pra que se assumam os respectivos papéis, nada mais.
      E não é porque completou 16 anos que idealismo é algo ruim. Hahahaaaa

    • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

      Vou levar essa de 16 como elogio….kkkkk!! Tenho 26, mas, ok!

  • Anonymous

    Obrigada!! Funcionou!

  • Anonymous

    muito legal esse blog

    • Anonymous

      gostaria de saber por que nunca gozei sou casada há mais de três e nunca dei esse prazer ao meu esposo.

    • http://www.blogger.com/profile/08152265047297516509 Joane Farias Nogueira

      Porque vc está preocupada em dar prazer a ele, quando é vc quem deve sentir isso? O gozo feminino é o ápice do prazer da mulher e não um prazer que se dá ao homem. Se estimule quando estiver sozinha, ensine a ele como tocá-la, aproveite o máximo possível. Se estimule enquanto estiverem juntos,peça a ele que faça isso e não tenha peninha dele. Peça o que quiser!
      Pense em coisas excitantes enquanto se masturba ou esfrega o clitóris no seu marido, olhe para o rosto e veja as emoções que provoca nele,sinta o toque de sua pele, sinta o gosto do beijo ou seus lábios em sua pele. Aproveite esses detalhes. Enquanto isso, se concentre nas suas sensações,e quando começar a sentir vontade de fazer xixi, quando começar a sentir uma “dorzinha” ou choquezinho no clitóris, não estranhe.. Esta chegando lá!
      Tente não se cobrar demais,ok!? Orgasmo não é uma obrigação de mulher casada nem um presente para dar ao seu marido. É um ato natural, uma consequência de uma alta excitação. O orgasmo é isso, é o ponto alto do que vc sente!

  • Anonymous

    e como disse a leitora acima,vc nao pode ter vergonha de absolutamente nada,e seu marido deve ser fertil na imaginação,se vc quer que ele faça sexo oral de maneira diferente da que esta acostumada,fale a ele,se ele tem nojo de fazer,explique a ele como isso e prazeiroso pra mulher,mulher higienica e sadia e o melhor prato para um homem,se vc se masturbar e gozar,veja qual e o pico que desencadeia o orgasmo, e um penis mais grosso?maior?e no momento que penetra,no momento que ele ejacula?ou e o imaginario com um ex namorado,ex colega,ou uma mulher tbem,na masturbação e a imaginação que funciona combinada com o tato,tente levar pra cama esse ponto do orgasmo,se vc goza com a masturbação entao e possivel gozar com a relação propriamente dita,agora se seu marido e daqueles que nao repara naquele banho gostoso que vc tomou e esta cheirosinha,daquela lingerie que vc colocou,e outras coisas, entao fica dificil,porque pra vc atingir o orgasmo ele tbem precisa fazer a parte dele,brincar com seu clitoris,com seus seios,esfregar o pau na sua bundinha,lamber os lobulos de sua orelha,morder os biquinhos dos seus seios,agora se vc nao goza nem com masturbação nem com penetração entao vc tera que aprender isso.

  • estefani britto

    E so vc nessas horas pegar pesado no cyclotis dela

  • Niobe

    Passo por isso sempre, e ainda não encontrei, mas no meu caso é particular, as vezes concordo com o tabu, por das vezes que fiz foram escondidas, e o que pode deixar uma melhor totalmente broxa é saber que o homem que você ama nunca vai ser seu ou que ele tem outra, é o que sentia e acho. Agora procuro outro relacionamento mais seguro e sem esconderijos, É HOR RI VEL

  • isa

    Bom meu namorado faz ate tudo direitinho o problema é que ele goza muito rapido e eu custumo a demorar, e quando eu gozo ele nao goza e ficamos os dois pedindo desculpas um pro outro…. é muito chato isso acontecer por isso prefiro que ele tenha o prazer dele e esqueco do meu ja me acpstumei e passo mess sem ter um orgasmo… as vezes ate finjo pra que ele fique feliz
    .fazer o que né…

  • João Scheizt

    Eu namorei uma garota durante 3 anos e 6 meses e nunca consegui faze-la gozar. Ela era nova (19-22 anos) na época e fui seu primeiro namorado. Eu ficava inconformado com a situação, não com ela, mas comigo mesmo. Pra mim era uma tarefa que todo homem deveria fazer, mas eu nunca consegui. Sei que é psicológico e tudo mais, mas eu tentava de TODAS AS MANEIRAS, procurei compreender todas as coisas que ela gostava e fui o mais romantico possível (coisa que sinceramente não pretendo fazer novamente). NUNCA fui apressado, sempre dava tempo pra ela “esquentar”. Nossas “preliminares” demoravam em média 20 minutos – mas também tentei ir um pouco mais rápido pra ver se resultava em algo – no final das contas foi nada.
    Tentei passar pra ela o máximo de confiança possível, sempre gostei de dialogar sobre nosso relacionamento e sentia o mesmo dela.
    Cheguei a conclusão que isso é muito mais da mulher do que do homem. O psicológico delas é muito, mas MUITO complexo e elas não se sentem seguras para se “soltarem”.
    O mais curioso é que muitas mulheres que eu transei relatavam relatavam a mesma coisa: nunca ter gozado, ou quase nem sempre conseguir (eu fiquei pasmo). Muitas argumentavam que não queriam gozar, que só o prazer da penetração já era suficiente (?).
    Acho que esse labirinto de pensamentos e apreensão deve ser por causa de toda a repreensão que elas já passaram em toda a história da humanidade, não sei… desde que o mundo é mundo elas não tem o “direito” de gozar. Sempre são os homens quem devem ter o luxo de possuirem quantas mulheres quiserem, etc. Agora é que esse cenário vem mudando. Enfim, vai saber..

  • Lorrane

    Complicado, ja gozei mas so me masturbando, e durante a relaçao ja cheguei ao orgasmo sem gozar….

    • Mika

      Não entendi… Como se chega ao orgasmo sem gozar?

  • Pingback: Dicas pra levar a mulher pra cama e fazê-la gozar de verdade | Pergunte a uma Mulher

  • Lizza

    Comigo é a mesma coisa, nunca gozei e faço sexo com meu namorado nos finas de semana…

  • felipe

    verdade ><

  • Wallace

    Eu quero sabe como fazer uma Mulher Gozar ?? rs

  • gessikinha

    Uma questao q vieram colokar no meio foi em questao a religiao,spu evangelik e fui obrihada a fazer um trabalho sobe isto,e em qestao da biblia se vcs pararem p ler a biblia vcs irao entender e outra coisa fabiola ,samuel e outros axo sexo é uma coisa intima d um casal e q surge divrsidades entao kd um sabera o q fazer na hr do sexoe se n saber aprende na hr bjoos

  • Thomaz Aquino

    MUITAS MULHERES NÃO TEM ORGASMO , POR FALTA DE HORMÔNIO MASCULINO , TODAS COM ESTE PROBLEMA DEVEM PROCURAR UM ESPECIALISTA ANTES DE FICAR ACHANDO ISSO OU AQUILO ,PESQUISEM NO GOOGLE , VERÃO QUE NÃO É TÃO SIMPLES.

  • luiz de sp captal

    ola estou num relacionamento, a pouco mais de 5 meses, eu tenho 37anos e ela 43anos ela ja foi casada nao tem filhos.
    ela me disse que era viciada em videos eroticos ja viu todos os tipos de filmes pornos e quando ela esta fora de um relacionamento ela me disse que passa muito ou passou muito tempo assistindo e ja chegou a se masturbar 5 vezes em um so unico dia e gozouu as 5 vzes dependendo do tipo de filme que de tesao a ela, ela nao tem um filme assim que traz tesao a ela por isso ela assiste varios filmes
    so que ja pedi pra ela colocar um filme mais ela nunca quer por ou ficar vendo comigo ja que eu to fazendo sexo com ela
    as vezes chego naquele apetide de fazer tudo com ela, beijo ela acaricio e tbm faço aquele sexo oral por horas e horas, sinto ela gostando sinto que ela vai ate gozar mais como ela mesmo diz ela chega na kara do gooll e nao consegue gozar sente tudo mais na hora nao goza ai ela pede pera eu parar penetrar ela vou penetro do jeito que ela me pede mais nunca consigo fazer ela gozar, eu me sinto mau com isso porque me esforço peso pra ela se masturbar ver um filme e ela nao quer ela fala que da gostoso q sou otimo q o problema é com ela mais nao consigo faze- gozar por favor me ajudem ( [email protected]

  • Stan Lewis

    Cada mulher goza com um tipo de estímulo diferente, algumas gozam facil, outras demoram, mas a verdade é que pra causar o orgasmo em uma mulher você geralmente precisa ser bom de cama e bom de palavras, falar tudo que ela gosta de ouvir, não se importar somente com a penetração, saber usar suas mãos, seus dedos, sua boca, sua língua, conhecer o corpo dela muito bem, a maioria das mulheres gostam de contato, adoram ser tocadas, acariciadas, massageadas, agora se você taca ela na cama e ja vai pro sexo papai-mamãe então fica aquela coisa meio ‘sem graça’, é triste saber que muitas mulheres não sabem o que é um orgasmo porque até hoje só se relacionaram com caras que se gabavam demais e faziam de menos.

    A minha sugestão é que você vá pesquisar mais sobre as mulheres, sobre como realmente ser um bom amante na cama e na vida, o que não falta são sites dando dicas muito valiosas, assim como o site que estamos visualizando nesse momento rsrsrs…

  • juarez

    olha amigo , eu nao sou a voz da experiencia , mas quando a virgindade parou de ser fidelidade , as coisas começar a desmoronar , porque acho que quando nos homens pegamos uma mulher que faz tudo o que queremos ficamos marcados por aquela mulher , certo , mas tem um detalhe , sera que quando ela se perdeu com o primeiro sera que ela esquece , , ai começa os problemas porque voce sendo o segundo homem na vida dela , sempre sera o segundo porque na mente nossa ou na dela sempre fica lembrança , que nao e revelado para nos idem , porque as vezes arrumamos uma mulher que queremos ter uma vida com ela mas ela , fica naquela depois eu passo a gostar deste cara mas como mulher e voluvel ,ela fica na duvida , entao fica um relacionamento insiguinificante na mente delas e na nossa , , porque na relaçao nao sabemos se ela gostava do outro ou nao , nao e como nos quando vamos para a zona , que nao passa de uma relaçao , mulher e diferente , se ela sair com um cara na vida normal porque hoje em dia e beleza ou dinheiro ou poder ou interesse em alguma coisa , enfim amigo hoje eu ja morei com mais de seis mulheres e hoje estou so porque nao acho uma mulher que queira ter uma vida seria , e tanbem preciso puxar a capivara dela , porque se ela teve mais que dois caras , ai fica dificil porque para mim nao serve , porque ai nao sei o que vou representar para ela depois destes caras que ela teve ou vou ser apenas mais um , porque para ela tanto faz se ficar comigo ou com outros , so sei dizer uma coisa , que nesta relaçao de hoje quando existe estes problemas e dificil dar certo , o dia que elas pensarem dez vezes antes de dar para um cara , hoje vivemos uma relaçao sem saber ou ter quase certeza se vai dar certo ou nao pela que igualdade que acharam que era normal que nao e , , ex veja tem mais separaçao que casamento , devido esta tal iguadade de vida que temos , so existe uma coisa elas so tomam no , esta tudo errado ,

    • Mika

      Affff… Alguém pode me explicar o que ele quis dizer!?
      Ou não… sei lá… deixa pra lá. Agora fiquei confusa!

  • Julio

    Boa tarde. Texto sensato. Parabéns.

  • Flaviana Duarte

    Ah . Mais as vadias que dá para carar que nem conhece , ne video msm filmes porno elas gozao igual homem sai mt negocio branco na buceta dlas pq que comg nao acontece isso ? e eu amo meu namorado ele me ecita mt .

  • Marco

    PALHAÇADA, MINHA MULHER É FODA, ELA CONFIA EM MIM E MORRE DE PRAZERES, MAAAAS, NAO ACONTECE NADA, CHEGA EM UM PONTO QUE ELA DIZ Q FICA OTIMO MAS NAO PASSA DISSO, .

  • Pingback: pay day loan