Ela é testemunha de Jeová e eu sofro por isso

76

Leitor: Estou casado a 6 anos com uma Testemunha de Jeová, no inicio tentei aprender sobre essa seita para me converter nessa religião, com o tempo vi diversas contradições e de tantas até deixei de acreditar em um Deus e virei Ateu. O problema é que religião para ela é muito importante e uma seita com tantas contradições e tão controladora me faz ver ela como uma tabua em que só os lideres dessa religião podem escrever, sinto que não preciso conversar com ela, já que a opinião dela é a que os menbros do corpo governante dessa seita indicarem, me distancio dela por não querer conversar com pessoa vazia, minha admiração por ela se esvaziou, nem desejo sexual tenho por ela.

Fora isso eu ate tinha minhas fantasias sexuais, mas como vejo o amor dela pela religião ser inversamente proporcional a minha atração pela mesma vejo que não realizarei nenhuma e meu libido está em queda livre, nem mais propor nada diferente quero, na verdade nem corriqueiro, ando me sentindo pesado com essa situação.

Sinto que estou ficando distante da minha esposa e isso esta me incomodando muito.

É natural que pessoas seguidoras de religiões restritivas tenham um conceito rígido sobre determinados assuntos, principalmente sobre aqueles que dentro da doutrina que professam representam um dogma. Isso porque para qualquer pessoa profundamente religiosa, a religião dela é uma verdadeira regra de conduta. Sendo assim, ela tentará se comportar no sentido de cumprir todos os dogmas que a religião impõe.

Você quando se casou com sua esposa já sabia que ela era convertida à essa religião e à época aceitou isso. Então, não é porque depois de algum tempo você percebeu supostas contradições nessa doutrina que necessariamente ela tenha que abandoná-la ou se tornar menos religiosa, pois fé é algo muito pessoal e íntimo e as incoerências que você enxerga nessa religião fazem parte da conclusão a que você chegou influenciado pelos seus valores que talvez não sejam os da sua mulher.

Você deveria encarar essa conclusão apenas como uma convicção pessoal sua. Penso que seu erro esteja justamente em querer indiretamente impor suas convicções pessoais à sua esposa, sendo muito provavelmente esse o motivo da crise do seu casamento e não a religião dela em si.

Agir assim é no mínimo um gesto de intolerância da sua parte e convenhamos, todos os segmentos religiosos possuem suas contradições em maior ou menor grau que são mais bem dissimuladas quando se acredita naquilo que por ele é pregado, o que não é o seu caso. Sem querer aqui atacar religião de ninguém, mas tendo o intuito apenas de trazer um exemplo, o catolicismo também tem lá suas incoerências: possui um verdadeiro histórico de barbáries praticadas em nome de Deus (quem não se lembra da santa inquisição?), quis converter os indígenas no Brasil à força (enquanto Cristo disse em seus ensinamentos que o evangelho se prega com amor e não por força ou violência), pregava que negro não tinha alma, representou em séculos passados um grande obstáculo ao avanço científico, vendia passagens para o céu e mesmo assim ninguém deixa de ser católico por causa disso. Muitos fazem vistas grossas aos erros da igreja tão somente por fé nessa doutrina.

Na verdade, você agora está sofrendo as consequências do equívoco de ter se casado com alguém que leva um estilo de vida completamente diferente do seu, sem ter observado se você teria estrutura para suportar tantas diferenças.

Acredito que nem tudo esteja perdido se houver tolerância da sua parte, elemento que parece está te faltando, e se você desencanar desse papo de que essa doutrina é desprovida de amor porque se você parar para pensar, intolerância também é uma forma de falta de amor ao próximo e, no seu caso, está até interferindo negativamente no seu casamento. Se você compreender que sua esposa não está obrigada a pensar da mesma forma que você e respeitar isso, fazendo um verdadeiro exercício psicológico consigo mesmo, talvez as coisas entre vocês comecem a mudar.

Você diz que tem fantasias as quais não pode realizar por conta da religião dela. Ora, realizar uma fantasia é algo que tem que ser bom para os dois e não apenas para um. Não é viável para a relação que um dos envolvidos faça algo que se sente constrangido apenas para ceder à pressão do outro por medo de que a relação desande, pois provavelmente isso ocorrerá do mesmo jeito e de uma forma ainda mais dramática, porque, com o decorrer do tempo, aquele que cedeu pode se sentir desrespeitado e humilhado pela incompreensão do outro. Além do que fazer algo que não se gosta apenas para satisfazer alguém costuma causar a sensação de que se está praticando um ato de violência contra si mesmo, e todas essas sensações acumuladas a longo prazo podem ser fatais para um relacionamento.

Diante disso, penso que você deveria abdicar de determinadas fantasias e tentar descobrir algo de novo que vocês dois gostem de fazer. Já que ela é de uma religião que usa a Bíblia, por que não tenta despertar a libido dela, reproduzindo entre quatro paredes determinadas passagens do Livro de Cantares de Salomão ou mandando para ela um buquê de flores com um cartãozinho com um poema erótico daqueles? Procure usar sua criatividade dentro daquilo que sabe que ela poderá gostar, pois provavelmente essa será uma boa saída para quem quer evitar um divórcio.

Para finalizar, penso que seria ideal que vocês buscassem uma terapia para casais, pois, ao que me parece, no nível de desgaste que o relacionamento de vocês está, será muito difícil vocês vencerem essa dificuldade sozinhos.

Boa sorte!

Para quem se interessar, aconselho a leitura do post “Namoro ou religião”, bem como o “Como lidar com a diferença religiosa”

Instagram
Share.

About Author

Colaboradora do Pergunte a uma Mulher. 25 anos, formada em Direito, adora assistir a um bom filme, apreciar uma boa música, ler um bom livro em uma tarde ensolarada e fresca, escrever sobre suas impressões do mundo e observar e refletir sobre a vida. Afinal, "sei lá, sei lá, a vida é uma grande ilusão. Sei lá, sei lá, só sei que ela está com a razão".

  • Anonymous

    concordo com a colaboradora quando ela diz” voce ja sabia como ela era antes de se casar com ela”
    sabe… é uma situação meio delicada…
    na minha opinião, existem sim seitas que procuram alienar a pessoa do mundo real.
    Não sou ateu, mas nao tenho como concordar com alguns dogmas de algumas seitas, e as testemunhas de jeová costumam ser beeem rigidas em seus padrões.
    mas voce também tem que levar em consideração que foi criada assim, a mãe dela foi assim, a avõ dela deve ter sido assim, os parentes dela também… voce não vai conseguir mudar ela… infelizmente, e se colocar ela contra a parede, tipo “ou eu ou a igreja” ela escolhe a igreja sem pensar duas veses.
    pensando agora… acredito que conforme a colaboradora Fabíola escreveu, voce deva entender dos constumes da sua mulher, ela também tem que entender das suas necessidades de homem, tem que haver um meio termo entre voces dois.
    acredito também, quem uma terapia de casal seja o mais indicado para os dois.

  • Juan Dias

    Nossa… situação dificil mas se casou tem que aceitar como ela é ou separar logo
    http://snestalgia.blogspot.com.br/

  • Débora Cândido

    Se não aceita é melhor divorciarem ou entrarem em um acordo. Só acho…

  • Anonymous

    Isso é o caminho do mal que está trabalhando em seu coração para afastar você da sua esposa ou pior, afastar ela do caminho da luz. Vá de retro

  • Anonymous

    Sei que minha pergunta não se encaixa nesse contexto, mas gostaria de saber a opinião das mulheres – como saber quando sua namorada está te traindo? Minha namorada é muito possessiva e me cobra muito, mesmo eu não dando motivos. Será que toda essa cobrança não é um sinal de que ela está fazendo algo? Até me afastar de todos os meus amigos mais antigos ela já conseguiu!

    • Anonymous

      E seus chifres se encaixam no assunto a partir do momento que????
      Não entendi a relação com o tópico do post.

  • Anonymous

    Acho que esse cara é muito egoísta, só está vendo o lado dele.
    E ela não conta? E os sentimentos dela,a crença. É para ela deixar só pra agradar o marido?

  • Anonymous

    Bicho, vamos colocar da seguinte forma.
    Entrou no chiqueiro e não queria se enlamear. É isso?
    Fala sério.
    O relacionamento de vcs (baseado no que tu comentou) é um erro. Uma aberração. Nunca deveria ter acontecido.
    Larga de mão e vai achar alguém que tenha mais de dois dígitos no QI.

    • Roberto

      Que conselho hein! Vc tem quantos dígitos no QI? Percebe-se que não entende nada sobre relacionamentos,além de lhe faltar QI, falta experiência e sensatez. Todo relacionamento tem problemas, nem por isso deve-se largar por motivos bobos como este. Se existe amor, tudo se resolve.Religião não é motivo para separação. Boa sorte ao casal. E para quem postou o comentário anterior, se ligue!!!

  • Anonymous

    Provavelmente é sexo anal que esse cara quer. E aí ele diz que a religião da moça é retrograda etc etc.
    Nem toda mulher tem a disposição de deixar seu reto ser penetrado e ainda mais se houver principios religiosos;
    Deve ser um sem vergonha que se infiltrou no meio da religião dela se achando o espertão e garanhão e agora despreza a presa dele.
    E tão esperto que se encontrou a base pra desprezar a religião dela baseado em dissidentes com meias verdades, e mentiras e meia.
    S

  • fotos do doi-codi rj

    Todas seitas na minha opinião é uma desagregação suave e violenta sem retorno para uma vida real do nosso mundo. “O mundo deles é outro”!

  • Anonymous

    Bom pessoal tbm sou casado com uma TJ(Testemunha de Jeová), conheci ela como estudante da bíblia(iniciando). Após alguns anos ela se batizou. Entendo perfeitamente e vivo a mesma situação do nosso colega, inclusive me tornei ateu. As restrições de certas religiões são severas demais. Fabíola, sinto te informar que especificamente casamento entre não crentes com uma TJ é praticamente impossível. A rotina diária de uma TJ é entorno da religião. Não há meio termo nas decisões ou sequer há espaço para opinião. A coisa fica pior quando vem os filhos. Qual será a identidade religiosa dos filhos? É aconselhado as TJs a não participarem de festa de aniversários, show, festas de datas comemorativas(natal,ano novo, pascoa etc) saídas a barzinho, ou qualquer outra coisa que não esteja ligada religião ou no convívio com outras TJs e a não receberem sangue bem como a não consumir qualquer coisa que derivem de sangue(plasma, remédios, comidas, transplante de órgão etc). Ainda sofro. Mas só consigo pensar nos meus filhos para seguir em frente e ver no que vai dar. O conselho para o nosso colega é tentar estabelecer um objetivo maior para justificar o casamento e seguir em frente. Ela jamais vai pedir o divorcio, pq as TJs são orientadas a se separarem. O divorsio só sob situação de adultério, agreções ou caso extremos que deve ser comunicado ao corpo de ancião para que decisão seja tomada. Acredito que os dois estejam sofrendo muito.

    • Eu entendo tudo isso. Por isso que quando a gente vai se casar com alguém, o bom é observar se temos ou não estrutura para suportar algumas características trazidas pelo parceiro. Problema é que as pessoas quando estão namorando, acham que porque gostam da pessoa serão capazes de suportar tudo e, na convivência a dois, é que percebem que amor por si só não se sustenta. Ele apenas torna mais suportáveis determinadas situações e até certo ponto apenas.

      Casar-se com alguém de uma religião restritiva é algo que deve ser muito bem pesado para depois não está vivenciando situação como essa em que o leitor se encontra. Eu sei que deve ser muito difícil. Mas quando ele se casou com ela, já sabia que ela pertencia a essa religião, ou seja, deveria ter observado todas essas coisas no período em que estavam namorando. Realmente o relacionamento deles já se encontra em um ponto de tensão máximo. Motivo pelo qual eu acho que a única forma de diálogo entre eles no momento seja com a mediação de um terceiro, isto´é, de um terapeuta para casais.

      Só penso que você não deveria se tornar ateu porque uma determinada religião prega Deus dessa ou daquela forma. Existem outras religiões que também utilizam a Bíblia e não pregam Deus como os TJs.Talvez seja interessante você fazer um exame pessoal, sem influência de terceiros sobre as escrituras sagradas. Martinho Lutero percebeu que havia determinados equívocos na igreja católica depois de pessoalmente ter analisado a Bíblia e tirado suas próprias conclusões acerca do plano de Deus para salvação do homem. Então, acredito que possivelmente o mesmo poderá acontecer com você.

      Não sei se quando você se casou com ela, você pertencia à religião dela. Mas se não pertenci, já houve um erro da parte dela, pois a Bíblia que ela usa condena o casamento entre pessoas de religiões diferentes justamente para evitar esses conflitos que vocês estão vivendo agora…

      De qualquer forma, desejo boa sorte a vocês e que Deus lá em cima possa dar graças a todos vocês para suportarem essa situação e que a paz seja convosco.

    • Robert

      Não acredito em pessoas inocentes nem desinformadas nesse mundo em que vivemos… Portanto alguém quis bancar o espertalhão nessa história e se deu mal…! Espero que ambos caiam na real e decidam o que querem da vida…!

  • Anonymous

    Pessoal sou casado com uma moça testemunha de jeova tambem,ela nasceu dentro da religiâo nao tenho esse tipo problema, eu acho que o homem tem que conquistar a confiança da mulher,apartir do momento que ela se sentir amada ele consegue tudo que quer na cama com ela, eu consigo tudo o que quero com minha esposa ja consegui realisar até algumas fantasias minhascom ela.

    • Anônimo

      Aiiii.. estou nessa situação, só que no meu caso é namoro de mais de um ano. Não sei o que faço, pois nos amamos muito. Mas como amor não é voluntário, não estou sabendo lidar com essa situação. Se separarmos há o medo de perder, de sofrer, de arrepender. Se ficar juntos há o medo de não dar certo, e pensar, por que não terminamos antes?, ter perdido tempo se dedicando a essa pessoa. Me ajudem. Nosso principal problema é festas de aniversário e natal.

    • alex

      se ela faz tudo oq vc quer concerteza desrespeita principios biblicos, e nao eh pq ela vai desde quando nasceu ao salao q ela eh uma testemunha de jeova, ella pode nem ter se batizado

  • Ismael Povoas
  • Cristina

    Gente eu quero saber se uma pessoa testemunha de Jeova pode namorar uma que nao seja testemunha de jeova ? ouvi dizer que nao pode e eles infernizao a pessoa que namora ate conseguir o fim da relaçao , mas porque ao invez de fazerem terminar o namoro eles nao tentam resgatar a pessoa pra religiao deles , assim como fazem as outras religioes , ate porque o objetivo nao e conseguir converter as pessoas a ser testemunha de jeova ? acho errado eles tentarem destruir o namoro ao inves de tentarem resgatar a pessoa para a religiao deles ? alguem sabe me explicar o que ocorre ?

    • alex

      a pessoa tem q ir atras de Deus por ela mesma, por querer agradar a Jeova Deus, e nao para agradar alguem ou para simplesmente fazer a vontade de outra pessoa, essas TJs q se casaram com pessoas q sao descrestes, nao obedeceram principios biblicos, perderam privilegios. Mas hj tentam ao maximo agradar e fazer oque eh correto ao olhos de Jeova.

      • Lucio

        Cristina, atualmente sou Testemunha de Jeová mas quando conheci minha esposa a 16 anos atrás não era. Sim, de fato é orientado que procuremos pessoas que estão na Verdade descrita na Biblia para evitar problemas como descrito nessa matéria. No meu caso também sabia que ela era Testemunha de Jeová e nunca fui contra. Durante dez anos ela frequentava o Salão do Reino só com os pais dela pois eu nem queria ir. Após um acidente vi o amor que os irmãos do salão tem pela gente e me ajudaram muito, aceitei um estudo Biblico com um irmão muito paciente que ficou pelo menos 3 anos em ensinando e respondendo meus questionamentos e em Janeiro desse ano me batizei. Enfim, apesar de não ser recomendado casos de Testemunhas de Jeová casadas com pessoas fora da Verdade ( descrita na Biblia ) tem muitos e os membros são orientados a respeitar seu casamento e amar seu conjuge desde que as ações dele não conflitem com os ensinamentos de Jeová ( Deus ). Procure uma Testemunha de Jeová que não seja vinculada ao seu namorado e procure saber mais. Você ganhara muito mais em conhecer a Biblia e a adorar a Deus e em segundo plano se vocês se amam tera um bom futuro com o seu namorado.

  • Lucio

    Fabíola, muito boa sua resposta. Sobre o relato do marido descrito no artigo creio que ele não tenha visão de ter uma companheira, amiga que esta em união com ele e sim de um objeto sexual que não esta lhe fazendo os desejos. Talvez seja esse o problema que possivelmente esta tão somente na visão dele, mas, que é um mal que aflinge varios casamentos independente da opção religiosa ( conforme você descreveu ). O que ele precisa é ama-la realmente como pessoa e se importar com ela. Antes de falar tem que saber escutar e entender.

    — Colossenses 3:18-21

    Vós, esposas, estai sujeitas aos [vossos] maridos, assim como é decente no Senhor. Vós, maridos, persisti em amar as [vossas] esposas e não vos ireis amargamente com elas. Vós, filhos, em tudo sede obedientes aos [vossos] pais, pois isso é bem agradável no Senhor. Vós, pais, não estejais exasperando os vossos filhos, para que não fiquem desanimados.

  • Demócrito de Diadema

    Casei com uma testemunha de jeová e foi a maior barca furada. Se você não for da religião como eu e sua mulher for uma bitolada, aí meu irmão , já era. Porque tudo para eles é : primeiro reino , reino , reino (Torre de Vigia – Seita americana) e você não vai querer ficar em segundo plano por causa de uma seita maluca e doentia importada dos states. Abçs

  • Danilo Llemos

    Ola primeiro quero cumprimentar todos, tanto o esposo que
    foi sincero e a autora da pagina que foi realmente muito franca.

    Quero ressaltar que as vezes é difícil realmente aceitar
    doutrinas que pode parecer “Restritivas” mas pense que essas doutrina serve também
    para “proteção da família” como um todo.

    eu sou uma Testemunha
    de Jeová, nasci em uma família de católicos, e aos 17 anos percebi que a vida
    dos jovens e dos meus amigos, não era muito boa, e aprendi a levar uma vida
    muito satisfatória, pra mim; e com certeza para sua esposa não é diferente…,
    pense em tudo que ela aprende com os estudos bíblicos, você sabe o que nós
    somos ensinados em relação ao casamento? Todos os anos milhares de livros de
    auto ajuda sobre casamento são lançados, com vários autores diferente, que as
    vezes nem praticam o que escreveram, nós que somos testemunhas de Jeová,
    acreditamos realmente na existência de deus e que sua palavra a bíblia contem a
    verdade sobre ele, e instruções confiáveis para termos uma vida feliz, então
    recorremos a ela como um livro de auto ajuda, é como se nos apegássemos aos conselhos
    de deus. (2 Timóteo 3:16, Provérbios 3:1-22)

    Uma coisa que nós aprendemos é o seguinte, o marido e a
    mulher criam um laço de união, o marido tem que cuidar da esposa como um vaso
    mais fraco, ou seja ter ternura e respeito por ela, respeitar ela como um todo
    lado emocional e sexual sim, e a mulher respeita o marido como cabeça da família,
    respeitando ele e ajudando ele, e demonstrando amor por ele. (Efésio 5:22-33,
    6:1-4)

    Então com certeza não é o fato de ela ser testemunha de Jeová
    que esta fazendo ter desavenças ou afastamento, pois conheço vários casai que
    são amigos meus em que apenas um é TJ e realmente vivem bem.

    Em defesa da liberdade de religião e expressão, quero
    agradecer pela oportunidade de falar, elogiar a autora pela pagina, muito interessante
    mesmo, peço que o casal realmente possa encontra uma maneira de isto se
    resolver sem precisar recorrer a separação, pois isto é tão triste não é mesmo?,
    E quero convidar a todos que ficaram curioso sobre os valores da vida conjugal
    que aprendemos estudando este livro de auto-ajuda, que é a palavra de Deus o
    originado da família, a entra no nosso site la tem vários conselhos sobre
    casais, alem de vários outros todos relacionados a princípios bíblicos e não doutrinas e tradições religiosas.

    http://www.jw.org/pt/ensinos-biblicos/familia/casais-pais/

    Abraço a todos!

  • Pingback: toronto payday loans()

  • Madara Uchiha

    Testemunhas de Jeová não são uma seita seu idiota
    além de ser Ateu é burro pois não entende nada da palavra é nem ama a própria esposa
    é me diz como você e casado com uma testemunha de jeová sem que nem batizado você e

  • Pingback: direct payday loan burnaby bc lender()

  • Pingback: drugrehabcentershotline.com drug addiction treatment()

  • Ham

    É uma seita nefasta. nefasta pq sou ainda casado no papel com ma TJ que depois de tentar me converter, viu nos 3 golpes que tomei de Tjs sendo dois do seu salao, acabou parando de ir. Agora sem pestanejar quer o divorcio. nao fala comigo e descobri que ela Tem outro..ela nao confessa mas o carro ta direto la.. tao vagabunda qto essa religiao.

  • Pingback: Blue Coaster33()

  • Pingback: streaming movies()

  • Pingback: stream movies()

  • Pingback: stream movies()

  • Pingback: watch free movies online()

  • Pingback: free movie downloads()

  • Pingback: free movie downloads()

  • Pingback: watch tv show episodes()

  • Pingback: streaming movies()

  • Pingback: free movie downloads()

  • Pingback: watch movies online free()

  • Pingback: DIRECTV()

  • Pingback: Direct TV vs Dish TV()

  • Pingback: lan penge nu og her()

  • Pingback: car parking()

  • Pingback: laan penge nu og her()

  • Pingback: mp4 mobile porn()

  • Pingback: alkaline water machine()

  • Pingback: parking()

  • Pingback: pay per day loan plans()

  • Pingback: water ionizer plans()

  • Pingback: pay per day loans plan()

  • Pingback: local 3 electrician salary()

  • Pingback: what google did to me()

  • Pingback: locksmith training dvd()

  • Pingback: locksmith salary california()

  • Pingback: plumber madison()

  • Pingback: helpful hints()

  • Pingback: bottled alkaline water()

  • Pingback: house blue()

  • Pingback: electricians 4074()

  • Pingback: useful reference()

  • Pingback: HD Coloring Pages()

  • Pingback: ionizer payment plan()

  • Pingback: electricity()

  • Pingback: water ionizer()

  • Pingback: alkaline water()

  • Pingback: car insurance()

  • Pingback: water ionizer payment plan()

  • Pingback: see()

  • Pingback: weblink()

  • Pingback: Greg Thmomson()

  • Gabriel Felipe

    É, cara, se casou com crente, agora aguenta.
    Acho que o ideal é não se envolver com pessoas agarradas a alguma religião, certamente irá ter constrangimentos.

  • edilson lopes

    naõ saõ .
    eles procuram se manter separados do mundo.
    durante a uma relação seria que ser conhecerem melhor .
    conhecer um ao outro .
    fazendo uma alta analise de seu comportamento vc estará ganhando a confiança da outra pessoa .
    por isso estude a bibilha procure saber quem e realmente deus na sua vida.
    padrões do mundo so leva pessoas por caminhos maldosos sem rumo .
    drogas sexo aids bebidas .
    por isso que as testemunhas de jeová tem normas .

  • edilson lopes

    quando uma pessoa casa com uma testemunha de jeová.
    com o tempo ela vai vendo o comportamento da outra pessoa.
    naõ devemos julgar as pessoas pela atitude delas mas conhecendo a outra parte.
    essa esposa vai percebendo que o marido quer o melhor dela.
    crença naõ tem nada haver mas o comportamento digno do outro.
    e por isso que as testemunhas se comportam porque eles procuram ficar separados do mundo.
    o maior amor e viver e gostar que gosta da gente mesmo.
    pense nisso e seja exemplo um para o outro .

  • edilson lopes

    procure saber o que o seu marido pensa de vc.
    procure se abrir mais com ele .
    e deixe ele que ele fique sabendo o que vc pensa dele em amor em caráter e como marido.
    pois a força do maior que ajuda manter a melhor relação possível.
    seja alegria um do amando vez na vida já mais esquecera um do outro.
    e que morte separe vcs dois pra sempre.

  • edilson lopes

    pois deus e o dador animado .
    pois ele quer que vivamos como um família.
    procure saber mais quanto tempo vcs dois estaraõ amando um ao outro.
    de boas risadas conversem um com outro.
    pois jeová estará abençoando o casal.
    seja cada momento a felicidade um do outro .
    pois o amar e eterno e pra sempre.