É válido cobrar fidelidade da amante?

60
Leitor: Olá, há 5 meses estou me envolvendo com uma mulher, com 22 anos. Sou casado, ela está noiva. Ambos somos da mesma área de atividade profissional, e acabamos nos apaixonando. Ela diz me amar e realmente demonstra isso todos os dias. O noivo dela é uma pessoa conservadora, não parece se preocupar com o sexo e ela mesma sempre me disse que na cama, era desastrosa a relação deles dois. Há cerca de 3 meses e meio, ela fez uma promessa a si mesma, resolveu não transar mais com ele e está apenas transando comigo. Ela quer terminar o noivado, mas ainda não fez porque estão juntos há muitos anos e compraram muita coisa em parceria, casa (que apenas ele vive, pois ela ainda mora com os pais), carro, móveis, etc., entretanto, tudo isto está no nome dele e ela teme sair perdendo na divisão destes bens. Em resumo: ela está “matando” esta relação aos poucos não indo mais dormir na casa do noivo, nao transando com ele, não mantendo afeto nenhum. Inegavelmente ela demonstra me amar loucamente, faz coisas por mim que são efetivamente incríveis, e eu realmente acredito nela, porém, pergunto: é possível uma mulher continuar comprometida sem transar com o sujeito por tanto tempo? Ela diz que isso é comum na relação deles, levando em consideração que o sexo nunca foi a tônica do mesmo, o noivo é muito religioso e nunca insistiu com ela em relação a isto. Eu tenho muitos indícios de que ela diz a verdade, pois simplesmente nunca mais dormiu na casa dele, fica vários dias sem vê-lo, e o máximo que ocorre é que quando se encontram, ele vai visitá-la e sempre tem pessoas junto com eles e ela não demonstra nenhum carinho, afeto, o trata de modo muito superficial. Além disso, ela devolveu o carro que eles compraram juntos e já pediu o dinheiro investido por ela de volta e não usa mais o veículo, ao que parece, ela realmente está decidida a terminar a relação deles. O que acha sobre isso?

 

        Primeira lição do dia: se o casal compra algo em conjunto, o nome dos proprietários devem constar em CONJUNTO, se não der para fazer isso, que cada um compre uma coisa e coloque o seu nome no bem adquirido para não haver problemas futuros com isso. De qualquer forma, se ela já está pedindo o dinheiro do carro, pode pedir para que ele passe logo o apartamento para o nome dos dois – o que é o justo visto que ambos compraram – antes de pedir o divórcio, etc. Tem muita coisa que ela pode negociar com ele e ela não está fazendo porque não quer, ou por falta de conhecimento mesmo, que talvez caiba a um advogado dar a ela.
       Na minha opinião, achei a sua pergunta bastante egoísta e desleixada com a sua mulher oficial, que mal foi lembrada! Você não gosta da sua esposa? Ou até gosta mas gosta mais ainda da amante? Enfim, se você quer mais a amante do que a sua esposa, por que não termina logo esse relacionamento? Acho que você foi totalmente “egocêntrico mimado” em sua pergunta, que só pensou em você, pouco na amante e nada na oficial. 
       Você é casado e não se separa, e se separar independe de se sua amante se casará ou não com outro: se você não gosta o bastante da sua esposa ou gosta mais de outra do que dela, você tem que separar por respeito ao sentimento alheio e por caráter. Sinceramente, acho que você está tendo uma atitude muito covarde conservando as duas de forma a pensar apenas no seu bem “como homem”. Depois que você está totalmente interessado em coisas secundárias, como se sua amante transa ou não com o parceiro dela. Francamente que isso me pareceu mais egoísta ainda, primeiro porque se você transa com sua esposa e É CASADO, nada mais normal do que ela transar com o noivo dela!! Segundo que se você não pretende se separar, é totalmente sem noção “achar prova de amor” ela não transar com o outro, o que mais uma vez só sugere egoísmo e covardia de sua parte: se você não pode assumir duas, fique apenas com uma e não fique brincando com  o sentimento da outra, até porque acho que você não acharia nada legal se ela tivesse outro e fizesse o mesmo com você (pimenta nos olhos dos outros é refresco, né?). Terceiro que, independente da amante terminar ou não o noivado, vocês não deveriam continuar nessa relação enquanto você tiver alguém e ELA tiver alguém por respeito aos parceiros de vocês e ao pouco de bons princípios que tiver sobrado…
        Se vocês se amam tanto assim, porque não largam os coitados dos traídos e os deixam viver a vida deles?! Como dito anteriormente, a história do dinheiro não me convenceu em nada, e a extrema preocupação se “a amante é fiel a você” me soou quase que como uma piada: ora, se ela tem escrúpulos para ser sua amante, por que diabos ela não faria o mesmo com outro? Tudo bem que você pode pensar que “com você é diferente”, mas sinceramente acho que esse pensamento em 99% das vezes não é nada mais do que historinha para boi dormir: tem coisa que é questão de caráter e ponto final. Se vocês se gostam tanto, por que não ficam juntos? Eu sei que uma separação não é algo fácil, porém o que não dá é para continuar nessa relação totalmente traiçoeira que só beneficia os amantes ao mesmo tempo em que prejudica os mesmos, que não podem ficar totalmente juntos e se curtindo plenamente, ou seja, acaba ficando ruim para todo mundo, né?
       Não estou te jogando praga, mas seria bom que sua mulher descobrisse que está sendo traída e te desse um belo de um pé na bunda, e que sua amante também fosse pega para que vocês enfim se dessem conta que esse negócio de vida de amante, fora ser perigoso e covarde, machuca todo mundo, inclusive os “traidores”! Muita gente trai pensando que nunca será descoberto, e depois que é pego com a boca na botija fica chorando pelos cantos, se sentindo mal, e não pensam na dor que ele e o outro poderia ter antes que tudo acontecesse, né?
       Por fim, acho que o melhor conselho que posso te dar no momento é: pense no tipo de homem que você está sendo, que quer fidelidade até da amante mas que está se saindo um baita de um traíra egocêntrico. Acho que você deve olhar mais para o seu próprio umbigo e pensar mais nas outras pessoas envolvidas – inclusive no noivo da sua amante, que também é um ser humano –  para depois escolher a que você realmente quer, porque fica muito cômodo para você conservar uma e achar “super prova de amor” a outra estar destruindo o noivado dela enquanto na verdade você só pode assumir uma dessas mulheres. Acho que está na hora de você ter um comportamento mais homem e mais maduro, porque do jeito que você está poderá acabar perdendo as duas! Eu mesma se fosse qualquer uma delas te daria é um baita de um pé na bunda, porque ninguém merece um homem que está agindo como um garotinho egoísta que quer comer mais doces do que cabe na barriga e nem pensa na indigestão.
Boa sorte
 
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Léla

    Isso pra mim é falta de carater…
    Mew que palhaçada…
    Não sei como existem pessoas que conseguem agir tão friamente assim…
    Traição é coisa de gente covarde… que pensa somente em si…Como pode ainda qerer fidelidade da AMANTE???
    Ahhh vai …
    deixa pra lá…

  • Young Pereira

    Pohh, Mano!!! O que que voce está fazendo com a Tua Vida???
    Como Já sabes, quem brinca com fogo, acaba por se queimar.
    Voce afirma que a tua amante, esta caidinha por voce e quer realmente ficar contigo mas será que voce sente o mesmo e queres realmente casar com ela? E a tua esposa? Será que tudo que já passaram juntos não tem valor nenhum?
    Com todo o respeito, mas acho que Estas a agir que nem uma criança que esta tentado descubrir novas coisas, porque a tua atitude revela grande imaturidade.
    1- Uma pessoa madura não trairia a sua mulher dessa forma.
    2- Saberia que O que o amor verdadeiro tem de mais leve a paixão não suporta.
    3- Valorizava mais o que tem em suas mãos ”Sua esposa”, do que o está na mão do outro ‘Amante’
    4- Se importa com o sofrimento do outro ‘Noivo da Amante’
    e 5- Não exigiria coisas a outros que ele proprio não tem coragem de fazer.

    Mude de atitude, Fique com uma de preferencia a tua esposa, e não deixes que as paixões da vida te ceguem, porque paixões ainda virão muitas, mas o verdadeiro é como ganhar na Loteria ”RARAMENTE ACONTECE” e voce tens de tentar construi-lo com a tua esposa em vez tentar buscar sarnas para mais tarde te coçares.
    Boa Sorte!!!

  • Anonymous

    É por causa de pessoas como vc q esse mundo nao vai pra frente. Se coloque um pouco no lugar de sua mulher, vc gostaria de ser traido? Realmente gente como vc nao merece nada de bom, eu sinceramente espero q a sua mulher descubra a traiçao e te mande embora, e espero q se algum dia vc e essa amante (q tambem é uma vadia) ficarem juntos q ela te traia. Pq pense bem, se ela trai o noivo qual a garantia q vc tem de q ela nao ira te trair? Praticamente nenhuma.
    Eu fico pensando, q tipo de educaçao uma pessoa q trai teve dos pais?(sim, fiquei tao brava com essa historia de traiçao q agora vou meter mae e pai no meio) Ou sera q os pais do leitor e da amate eram vagabundos? Minha mae nunca foi religiosa, mas sempre me ensinou a nao fazer aos outros o q eu nao quero q façam comigo. Aparentemente os pais desses dois só ensinaram a nao ter carater e a serem um vagabundo e uma biscate.
    Eu acho engraçado o modo q os homens traem sem sentir remorso, mas quando sao traidos choram, sentem raiva e ficam depressivos. Algumas pessoas tem q sentir a dor de uma traiçao pra aprender a liçao e nunca mais trair, e uma dessas pessoas é vc, querido leitor.
    Quer ser chamado de homem? quer honrar as suas bolas? Entao faça por merecer e tenha carater, pare de trair sua mulher, conte a ela sobre a traiçao (sim vc TEM q contar pra poder ser considerado HOMEM) e aceite TODAS as consequencias. Se ela te trair, é pq vc mereceu, se ela te deixar e ficar com a maior parte dos bens é pq vc mereceu, se ela fizer qualquer coisa de ruim a vc é pq vc mereceu.
    Sera q fui bem clara, muleque?
    E por fim desejo a vc todo o azar deste mundo!

    Luiza

    • Samuel

      Este comentário foi removido pelo autor.

    • Anonymous

      Fico feliz q vc concorde comigo Samuel. É bom ver q ainda restam alguns homens de verdade no mundo. O coitado do noivo pode até nao transar com ela, mas pelo menos ele na a trai (pelo menos eu imagino q um cara q é tao religioso ao ponto de nao querer transar tambem nao ira trair)

      Luiza

    • Anonymous

      Concordo plenamente, só gostaria de esclarecer que a divisão dos bens depende do regime do casamento e não de quem traiu, e essas coisas de filme.

  • Isso é sacanagem, né?

  • DAVSON BRUNO ([email protected])

    Cara,
    História sinistra..vou comentar por partes…

    Primeiro, acho que voce e sua amante, nasceram um para o outro, afinal que dupla de pilantras…Voce casado, e mantem uma relação extra conjulgal com essa garota, ela noiva, fazendo o noivo gastar dinheiro, investir no casamento e enquanto isso voce aproveita do corpinho dela…

    sobre ela temer o término do namoro, se voce acreditou na historinha dela, você esta sendo infantil. Eu duvido que ela comprou tudo compartilhado com ele, casa carro…com apenas 22 anos?

    Acho que ela tem medo de terminar com ele e perder a vida relativamente boa que ele poderia proporcionar a ela…

    E voce meu amigo? vai desfazer seu casamento por causa dessa nifeta? Preste atenção, ela não te ama, ela te usa…e mais, como relatou a consultora, o que ela faz com o noivo atual, vai fazer contigo, se é que nao faz!
    Abre o olho amigo, vc pode jogar fora seu casamento por causa de uma piriguete.

  • Andy antunes

    Eu não acreditaria numa pessoa assim rsrsrs

    • Anonymous

      Olha gente, vou contribuir contando o que aconteceu comigo, que estava na posição do noivo dela:

      Estava casado já a 15 anos e nosso casamento estava bem frio, os 2 trabalhando bastante, lutando em seus empregos e minha mulher, como executiva que era, trabalhava sempre rodeada de homens e atendia seus clientes, todo dia, inclusive por celular, msgs, eu meio que acompanhava, mas não fiscalizava, pois entendia que ela estava a trabalho, como eu.

      Ocorre que um belo dia tava deitado na cama e vi uma msg entrar, como por impulso (nunca tinha olhado antes) bateu a vontade de ler, e era um colega de trabalho dela, que dizia assim: “essa viajem foi inesquecível, se cuida!”.
      Li e coloquei de volta na cômoda, minha esposa tava tomando banho, pois tinha acabado de voltar de viajem da capital com 2 colegas (um homem e uma mulher), mas não me preocupei muito, pois ela dividia quarto com a colega dela sempre, inclusive naquela ocasião tinha me dito isso.
      Bem com jeito, conversei como foi a viajem, ela disse que foi muito cansativa, mas tinha sido boa, do ponto de vista profissional. Perguntei se tinha dormido bem, ou tinha se incomodado com o “ronco” da colega e daí foi que ela se entregou, disse não, dessa vez dormi sozinha! Daí fiquei quieto e lembrei que antes da viajem ela tinha me dito: “vou viajar eu a fulana e o ciclano, vamos ficar nós duas juntas…”.
      Aquelas palavras soaram como uma bomba! meu chão caiu e ela não se tocou do que tinha dito, se enrolou na mentira.
      Aí parti pro ataque, com todo sangue frio do mundo, parti pra cima, disse que tava com saudades de transar, ela foi direta, disse que tava exausta da viajem, com dor de cabeça e pediu pra eu virar pro outro lado e deixar ela dormir! Foi a pior noite de minha vida! Passei em claro e pela manhã no café disse que ela tinha mentido pra mim e percebi tudo dela com o colega. Ela ficou brava, atirou o prato (como sempre fazia quando era contrariada) mas eu fiquei firme. Na frente dela liguei pro colega dela, que me conhecia bem, das festas de fim de ano da empresa dela e disse: “bom dia, eu já sei de tudo, o que vc tem a dizer?” ele gaguejou, disse que lamentava, que tinha sido um erro, e minha esposa já chorando derrubou os pratos da mesa e se trancou no quarto.
      Pedi o divócio na mesma semana, mas não desmascarei os 2 na empresa deles, achei melhor deixar a consciencia deles doer mesmo, pois um dia a justiça será feita, não precisaria eu me expor desse jeito.
      Fiquei muito triste em terminar o casamento dessa forma, fiquei mal, emagreci bastante, foram 2 anos pra me restabelcer, mas sempre fica a dor, como uma cicratiz no coração, que fecha, mas sempre ficará lá pra relembrar.
      Hoje ela tá sozinha, o colega continuou no casamento dele.
      E quanto a mim, conheci uma pessoa, também divorciada, acabamos nos casando e temos um casamento ótimo, porém, vez ou outra me pego fiscalizando a vida dela, já conversamos bastante, mas ficou meio que um trauma de minha parte, que tenho que cuidar pra não prejudicar meu atual casamento, pois hoje confesso minha insegurança, mesmo que minha atual esposa não dê motivos.
      Pela história que contei, podem perceber que condeno o ocorrido com o autor do post, lamento muito tudo isso, pois você não imagina a dor que estará causando na sua atual esposa! Isso não será bom pra ninguém.
      Se quiser anotar meu conselho: Abra o jogo com a sua esposa, assuma ou deixe a amante, você quem deve saber, mas não brinque com o sentimento alheio! Você não tem esse direito! Ninguém tem!

      Sandro

    • Nossa, com certeza esse seu depoimento irá contribuir e MUITO, me deu até uma dorzinha ler ele
      Obrigada por contribuir com a sua história e espero que ela possa tocar alguém que ainda se preocupa com o outro

    • Samuel

      Este comentário foi removido pelo autor.

    • Anonymous

      tenho 20 anos de casado e minha mulher tá amarrando o sexo faz 10 meses , já arranjei uma amante mas a porra da amante é casada e se apaixonou por mim,ou seja mais merda,pois se me separar da atual esposa e transformar a amante em esposa vai dar na mesma

    • Anonymous

      Sabe… É “muito bom” ler um depoimento desse vindo de um homem. Nesse mundo machista onde ir a puteiro quando se é casado, é super normal. Quantas mulheres sofrem por causa do machismo. O homem é sempre visto como o ser que não consegue controlar seus instintos e… aì está, um homem que, aparentemente, não sacaneava a mulher e sentiu que tantas e tantas mulheres sentem. Lamento muito o que aconteceu com você. Imagino o trauma e espero do fundo do meu coração que você seja muito feliz.

  • Namorar para Casar

    Olá, Desculpe pelo “plage”, já tirei o que foi fielmente compiado do seu blog, foi me der dicas para que eu possa melhorar o meu blog. obrigado!

    • Obrigada! a primeira dica é fazer o que você gosta, e tentar fazer textos de fabricação própria! Depois é só contar com que pessoas que gostam do seu trabalho te divulguem!!

      grande beijo!

  • Namorar para Casar

    vc tem skype?

  • Anonymous

    Oi pessoal,
    Li todos os comentários e ainda que eu concorde com parte deles, pensei na seguinte alternativa: e se os dois realmente se gostam, mas não podem efetivamente se separarem agora? Lembrem-se gente, ninguém “escolhe” quando vai gostar de alguém, de repente as coisas aconteceram p/ eles e não puderam terminar seus relacionamentos tão repentinamente.

    Outra coisa que não concordo, é com aquela história: “se ele traiu a esposa agora, vai trair a nova namorada/esposa”; ou “se ela colocou chifres no noivo/namorado, vai colocar em você”. Penso que cada caso é um caso.

    Gostaria muito de não ser ofendida, pois eu estou apenas apresentando uma outra possibilidade de pensarmos isso. Separar bens não é fácil; segundo lugar, largar um casamento também não. Conheço pessoas que foram amantes por um certo período, até resolverem a situação, e depois se casaram e ficaram felizes. Nunca podemos nos esquecer que para uma mulher trair, a relação oficial precisa ser uma porcaria… enfim, apresento uma outra perspectiva.

    Beijos,
    Patrícia

    • Anonymous

      Patricia, eu corcordo em parte com o q vc disse. Relamente deve ser dificil terminar um casamento, dividir os bens e arranjar outro lugar para morar, porem o leitor devia ter pensado na mulher dele. Como deu pra percebem no texto ele mal fala de sua mulher, o q mostra, logicamente, q ele esta pouco se lixando para os sentimentos dela. Se ele ama a amante e nao quer se separar da mulher ele deve entao tentar um relacionamento aberto, desse modo ele ficaria com a amante ainda casado com a esposa, e a esposa dele estaria livre para arranjar um amante tambem. Mas como foi visto o marido e a amante nao tiveram o carater para fazer isso, em vez disso eles preferem mentir e enganar pessoas q os amam.

      “se ela colocou chifres no noivo/namorado, vai colocar em você”, sabe pq eu acho q essa frase é verdade? Pq o problema q a amante e o noivo estao tendo nao é complicado, uma simples conversa resolveria td. O problema deles, como vi no texto, é falta de sexo pq o noivo virou religioso ao extremo, e eu realmetne acho q a amante deveria respeitar a decisao do cara, se ele nao quer transar antes do casamento ela tem 2 escolhas: ela pode esperar até se casarem ou ela pula fora e ja acaba com ele noivado falido. Porem ela escolheu o pior e mais doloroso caminho (doloroso para o noivo) q é a traiçao

      Luiza

    • Patrícia, mais difícil é esse caminho que o leitor e a amante resolveram trilhar, não acha? Não vejo nada que impeça duas pessoas de se separarem, ademais que o noivado dela parece que não está mais a satisfazendo em nada. Então, por que não termina?

      Quanto aos bens, não vai ser ela se mantendo nessa relação que vai fazer com que as coisas se tornem mais fáceis nesse aspecto porque veja bem: se ela permanece nesse relacionamento, não haverá separação de bens alguma. Nunca vi haver separação de bens nesse caso quando o casal ainda está junto e supostamente com intenções de casar.

      O leitor diz que ela quer ir matando a relação aos poucos… Ora, aparentemente ela está querendo, por algum motivo, que o noivo acabe com o noivado. Posso estar enganada, mas talvez ela esteja fazendo isso para não sair como ruim na estória, ou seja, para não levantar suspeitas de que ela o trai, o que poderá gerar no noivo uma certa resistência no que tange à partilha dos bens… Por que não? Se ela quiser terminar a relação, o noivo obviamente irá querer saber o motivo e acabar desconfiando de que tem um urso na jogada. Então, melhor que ele acabe. Fica mais fácil para ela. Daí o interesse dela em ir matando a relação… Ela quer dar motivo para que ele acabe. Só isso!

    • Anonymous

      Oi Fabíola, agradeço pelas palavras sinceras.Eu, até agora fico pensando o que fez com que eu grudasse nesta pessoa.Minha esposa tem 53 anos, acho que está nesta fase de menopausa.Eu me envergonho até de ser homem por ter entrado neste rolo.Eu sempre fui muito dedicado aos meus estudos, relaxei uma barbaridade, só não relaxei nos meus trabalhos.Este versículo que vc bem mencionou que teu querido pai falou eu conheço, ou seja, conheci no livro de como lidar com mulheres, do autor Nessahan Alita, inclusive, através deste livro que eu consegui me desapegar mais ainda.Sinceramente, eu não tenho nem palavras para argumentar, vc falou tudo o que eu preciso ouvir ou ler.

    • Anonymous

      Patrícia, entendo o que você disse. Mas por mais complicadas que estejam as coisas, o melhor caminho é sempre a verdade… Vira um bola de neve e o sofrimento que poderia ser x, vira x ao cubo. Além do mais, numa dessas, o quadro todo pode mudar, sabe… Olhos são abertos quando se vê o amor da vida indo embora. Já vi casos em que a traição levou a isso, ao despertar, o “cair na realidade”, “abrir os olhos” e a certeza de “céus, eu não quero perder essa pessoa” e a reconquista recomeça e o outro que estava prestas a largar tudo, começa a se encantar novamente e ainda mais por aquela pessoa que estava prestes a deixar. Conhece uma faceta ainda não vista.. Conhece um amor que é quase incondicional e se permite e se apaixona e ama de novo e muito melhor… Até me emociono, pois acredito no amor e sei que passamos por fases no casamento e quando os dois desistem de lutar pelo amor é que tudo acaba… As pessoas se confundem, erram e se arrependem, mas muitas vezes tarde demais….

      Abraço, de uma mulher com 28 anos casada há 8 anos e meio, sem filhos e vivendo a melhor fase da sua vida ao lado seu amor. 🙂

  • Francisco Castilhos

    Sinceramente na minha Opinião você deve fazer aquilo que o teu coração diz, pare, sente, pense e reflita e toma uma decisão realmente verdadeira, ou fica com uma ou com a outra, mas pense muitooo bem, tem que ver se realmente vai valer a pena largar a esposa, porque você vai ta jogando tudo pro alto e tentando a sorte .
    seja homem e enfrente a realidade !
    1 amor faz sofrer, 2 amor faz chorar e dói …

  • Anonymous

    Na minha opiniao, se vc se interessa por outra pessoa, quer dizer que teu relacionamento ha nao anda bem.
    Entao qual o problema em ser sincero pra assumir pro teu parceiro e terminarem de forma civilizada?
    Eu nao acho que vc deva esperar se envolver pra ver no que dá, e dai depois decidir, pq a mentira em si ja e muito pior do que vc dizer “to afim de outro (a)” acho uma cachorrada trair, coisa de gente sem carater, sei que a gente nao manda nos sentimentos, mas nas atitudes sim.

    Antes do fulaninho ai pensar se a “amante” vai fazer isso ou aquilo por ele, tinha q se resolver primeiro com tua esposa coitada que nao merece isso.

  • Anonymous

    estive na condição da esposa traida ,apos 14 anos de casada descobri que era traida ha dois anos,que meu marido e a amante estavam noivos de casa alugada pra morar junto.o unico problema é que ele nao aceitava separar de mim.brigamos muito,isto teve uma repercursão horrivel na minha vida e dos meus filhos.resumindo,o amor deles acabou assim que a familia dela ficou sabendo atravez de mim que ele era casado. e o que sobrou entre nós… a tarefa de criar nossos filhos. cuidado cara o amor é fragil

  • Anonymous

    Só uma idiota se torna amante. Acredite, o tempo vai mostrar o quanto ela é idiota. O pior vai ser quando ela se der conta disso.

  • Anonymous

    Sou casado há quase 20 anos, tenho um filho de 15.Minha esposa me trata muito, mas muito bem.É carinhosa, trabalhadora, não vive reclamando, me ajuda bastante, enfim, é quase uma santa.Saí para o trabalho bem cedo e só retorna por volta das 20:00.Levamos uma vida tranquila, simples, mas tranquila.Não brigamos, somos bem companheiros, um ajuda o outro.A única coisa que falta é: mais sexo, tendo isso, tá legal.
    VOU POR EM CAIXA ALTA SÓ ESTA FRASE: VÃO ME CRITICAR, MAS ESTOU PRONTO, OK?
    O ano passado, mais ou menos em fevereiro eu conheci uma mulher.Ela mora próximo de minha residência.Eu trabalho em casa, também fora.Esta mulher, vou chamá-la de Meire.Ela estava precisando de uma palavra, apoio moral e material.Eu tenho 50 anos e ela, Meire, tem 45.Ela é magra, cabelos longos, evangélica.Quando a conheci ela estava muito depressiva, desempregada, em chateada mesmo.

  • Anonymous

    Dei apoio moral e um pouco material, ela precisava de uma casa prá morar, já que veio morar com sua mãe, no entanto não deu certo, ela acabou por brigar com a mãe.Meire tinha acabado de chegar do norte, estava morando lá há mais de um ano e sua mãe que morava lá estava morando aqui, então Meire saiu de lá do norte e veio morar aqui com a mãe.Por fim, arrumei um quarto prá ela morar.E no dia a dia fomos trocando idéias, ela desabafando, dizia que foi casada, teve 04 filhos, mas separou-se e os filhos foram criados pelo marido, disse que o mesmo havia traído ela, nessa época ela era evangélica de outra religião, não a de agora, a atual.Aí conheceu outro cara e foi morar com este no em outro local, tece outro filho com este, mas não criou, quem criou foi sua mãe, ela disse que este atual companheiro também a traiu quando ela estava grávida,a í largou o sujeito, pois segundo Meire, ele estava muito ciumento, trancava ela dentro de casa, estava muito possessivo, então ela resolveu largá-lo.Um dia eu investi nela, dei um beijo na boca e um carinho em seu seio.Ela afastou-se, eu pedi perdão, passou uns dias ela retornou.Aí engatamos um namoro, durante 04 meses só beijos e abraços, cinema, passeios.Foi depois de 04 meses que eu não aguentando mais parti pro sexo.Ela parecia que estava virgem.Depois ela me disse que já tinha mais de 10 anos que não tansava por causa que tinha virado evangélica.

  • Anonymous

    Começamos a transar em agosto de 2011, como eu disse, meu casamento é uma tranquilidade, muita paz, não tem cobranças, tem muito companheirismo, só não muito sexo.Eu enlouqueci com esta Meire, disse a ela que tava caído por ela, no sexo ela é muito boa, quando quer. Foi aí que encontrei o meu inferno.No início até dezembro de 2011, até janeiro de 2012, com Meire era tudo paz, tranquilidade, sexo, maravilha, no entanto, a partir de janeiro de 2012 eu entrei no inferno, comecei a sofrer um terror mental com esta mulher.Meire começou a negar sexo para mim, quando cedia, me humilhava, chamava eu de bebê chorão, de inseguro, de muleque.Eu estava perdendo minas características de homem perante esta mulher.Aí começou a fazer jogos comigo.Eu ajudei ela conseguir um trabalho, passado um tempo neste trabalho ela falou que anda flertando com um empregado de lá, que estava pensando em ficar com ele, aí eu me afastei, fiquei quase um Mês longe dela (pensava muito nela), até que acabamos voltando.

  • Anonymous

    Teve um dia que ela falou prá mim que tinha um encarregado que era gay e que seu telefone, o dele, estava no celular dela, que era, segundo ela, se houvesse uma emergência aí ela ligava prá ele.Eu fiquei com aquilo na orelha, pois ela tinha me dito uns tempos atrás que estava flertando com outro, que já tinha dados uns beijinhos e tal.Peguei o nº do fulano sem ela perceber e liguei para o mesmo, perguntei se ele era gay, ela disse que não, até perguntou, que conversa besta é esta, eu disse que Meire estava comigo, que ele saísse fora.Aí passou um tempo e Meire acabou por achar ruim comigo, dizendo que ue tinha queimado o filme dela, aí eu disse, como é que é? Você está comigo e flertando com outro, me levou a este estado de apaixonamento e agora quer me deixar na mão.Pois bem, continuei com ela, segundo ela, o cara foi embora.Ela até sugeriu que eu ficasse com ela só para transar e enquanto isso ela faria a cabeça do cara prá ficar com ela, quem sabe morar com ela, eu não aceitei.
    Como ela sise que era separada eu comecei a fazer uma investigação e acabei por descobrir que ela traiu o marido e deixou os 04 filhos todos pequenos, por isso, estes filhos não ligam prá ela, desprezam-na.Conversei com um dos filhos por telefone, sem me identificar, e ele falou que a história dela é bem profunda, pelo jeito ela pisou muito na bola.Meire me disse que casou com 14 anos de idade s´para ter uma casa, pois foi criada na casa de um e na casa de outro, sua mãe era um alccolátra. Meire tem irmão, mas cada irmão tem pai diferente, pois como disse, sua mãe teve vários homens, ela foi criada se pai e praticamente sem mãe, criada na casa dos outros.

  • Anonymous

    Pois bem, eu fiquei muito ligado nesta mulher, muito apaixonado, ela considera-se sedutora, volúvel.Nestes dias ando lutando para me afastar, quando me fasto, ela vem atrás, diz que não gosta de mim, só por amizade, mas porque se entrega para mim na cama? Por que sente prazer quando está comigo? udo é muito confuso.Quando está tudo legal estre nós, ela aparece sempre com um problema, aí começa a me torturar psicológicamente, fica criando desculpas para não fazer sexo.Cria esperanças, incertezas, me deixa muito confuso.
    Já tentou me subornar, já fez sexo comigo por troca de vantagens econÔmicas, me evita, me trata mal e depois me trata bem.Quando começa a regular sexo fica perguntando se estou nervoso, tiro isso por provocação.Ela, aparentemente não tem amigos, mora só, é fofoqueira, gosta de cuidar da vida alheia, tem muita preocupação com a imagem dela e diz que no lugar que morou com o marido no primeiro casamento não gosta de ir lá, não gosta de algumas pessoas.

  • Olha, eu nunca gostei de falar assim com nenhuma pessoa que tenha feito um comentário no estilo depoimento aqui, mas sinto muito: você é um mané! Se ela estava com tanta dificuldade financeira e emocional, meu caro, por que não procurou por ajuda na igreja onde ela faz parte? Afinal de contas, igreja oferece esse tipo de assistência. Ela tinha que ir contar o drama dela justamente a um homem casado? Proximidade demais com mulher dá nisso… Traição…

    Outra coisa: tu acreditas mesmo no dramalhão que essa mulher te contou, é? A mulher já teve não sei quantos homens e nenhum prestou e os filhos sempre acabaram sendo criados pelos pais ou pela mãe dela… Como é que no alto dos teus 50 anos, tu ainda cai nesse conto do vigário? Eu com 24 anos, assim que comecei a ler teu depoimento, percebi logo que se tratava de uma espertalhona e tu não consegue perceber isso? Tu tens coragem de trair tua mulher que, como tu falas, é praticamente uma santa para ser humilhado por uma vagabunda só porque ela te dá sexo, que te chama até de bebê chorão…

    Por que você não procura saber por que sua esposa não quer mais transar tanto? Você diz ter 50 anos. Imagino, salvo engano, que sua esposa já deva ser uma mulher de mais de 40 anos, ou seja, ela pode já está próximo a menopausa e, por fatores hormonais, não esteja tão disponível para o sexo assim…

    Quanto à sua amante, tá na cara que ela utilizou o sexo como arma para obter de você a assistência que ela tanto queria…

    Outra coisa: você não percebe que essa mulher é uma desequilibrada que gosta de ver os homens que arruma subjugados feito cachorrinhos atrás dela… Como é que você aceita uma situação dessa?

    Lembro que meu querido pai citou para mim lá em Eclesiastes um Versículo que dizia o seguinte: ”
    “E eu achei uma cois amais amarga do que a morte: a mulher cujo coração são redes e laços, e cujas mãos são ataduras: quem for bom diante de Deus escapará dela, mas o pecador virá a ser preso por ela.” ( Eclesiases 7:26)”.

    Já parou para pensar que sem quê, nem para quê você tá preso por essa mulher a ponto de ter voltado para ela até? O que ela te ofereceu demais homem, além de sexo de vez em quando?

    • Ótimas colocações Fabíolas, espero que ele pense com carinho sobre o que você disse!

    • Anonymous

      Então, Fabíola, eu agradeço muito suas palavras, são bem confortantes e realista.Meu mal foi o apaixonamento.Eu caí de quatro, ainda mais que estava interessado em sexo, aí ela como não e´anda bobinha, me enrolou por 04 meses, aí deu no que deu.Eu estou bem, hoje eu pensei pouco nela, tÔ bem no eu racional.
      Eu com 50 anos, até os 30 anos nunca namorei, só saia com algumas mulheres.Minha esposa é minha primeira namorada, que por sinal, graça a Deus, não é malandra, nem aproveitadora.Como eu disse, ontem, depois de tanto jogo, eu acabei por pegá-la, depois um tapa na cara e outro no bum-bum, ejaculei e saí fora, sem dar muita bola para o que ela disse.Como ela faz cú doce, é toda orgulhosa, creio que deva ter ficado uma fera.Eu não liguei desde ontem por volta das 9:00 horas da manhã e não pretendo mais ligar.la mora ao lado de minha casa, para evitar de vê-la eu nem saio de casa, só saio depois que ela vai trabalhar.O tapa na cara foi prá mostrar que ela tem que ser tratada como algo asqueroso, nojento.Eu disse a ela, depois que ela me falou, que achava que tinha já acabado minha paixão por ela, eu disse que ela é muito cínica e vai saber se já não está com o empregado lá da empresa, pois é minha cara, não e´fácil.Prá vigaristas, estelionatários, não existe idade, ela é estelionatária do amor, mas tudo tem volta.Ela tá perdida, tem 44 anos, os filhos não ligam prá ela, não tem onde cair morta, o ex-marido entrou com divórcio, ela não tem nada dos bens do marido, até a mãe dela o rejeita, aliás a mãe foi espelho dela ou ela foi o espelho da mãe.A mãe teve vários homens, filhos com pais diferentes, espera o que desta filha, que por sinal é a mais velha das filhas.

      No facebook sou o Juliano Breda, e estou com vocês lá também, ok?

  • Anonymous

    A penúltima vez que fiz sexo com ela foi no dia 24/11/12, de lá para cá venho passando por transtorno bipolar, por parte dela.Meire quando ligo para ela, ela pergunta: “tá nervoso”? Ela sabe que faço pouco sexo com minha esposa, pois minha esposa como trabalha fora e muito sempre está indisposta e ela ainda é amiga de minha esposa.Na segunda-feira, após ligar para mim, Meire perguntou de nove se eu estava nervoso, lógico, ela sabe, mulher sabe que quando o homem está nervoso é por falta de sexo.No caso de Meire, ela me manipula, sabe que sou apegado a ela, apaixonado, que corroa trás dela, que ela me humilha e estou sempre ali, o cachorrinho.Olha, eu não acredito que cheguei a este ponto e o pior é que não tiro a infeliz de minha mente sabendo que ela não vale um tostão.
    Ontem, dia 04/12/12, terça-feira, eu liguei para ela 7:00 horas da manhã para nós nos vermos, no entanto, ela não atendeu, mandei sms, nada.Aí resolvi ir na casa dela, chamei, não respondeu.Acabei enfiando o braço por debaixo do vidro da porta e abri a porta, ela levantou-se toda nervosa e disse que eu não tinha o direito de fazer isto, então eu disse:” quer dizer que eu não tenho o direito de fazer isto, as vc tem o direito de me manipular, de me levar ao estado de apaixonamento, de me levar a loucura”.
    Acreditem, nas últimas 04 vezes que estive fazendo sexo com minha esposa eu broxei, tive que manipular o meu pênis prá voltar ao estado normal.Eu disse isto a Meire.
    Por fim, eu a joguei na cama, arranquei sua roupa, rasguei-a sua camisola e parti para o sexo selvagem, dei-lhe um tapa no rosto e outro na bunda, xinguei-a de alguns palavrões, gozei e larguei-a como se larga um trapo jogado ao chão.Até agora, desde ontem não liguei mais e nao liguei mais.
    É bem verdade que não consigo tirá-la do meu pensamento, mas estou bem melhor.Se eu não tomasse esta atitude estaria bem pior.Eu não consigo acreditar que uma mulher branca, rosto angelical, cabelos longos, evangélica tenha um monstro de frieza emocional.Já nadei estudando o comportamento dela, descobri que é sóciopata, sei que criei uma co-dependência por ela.
    Sempre a tratei com carinho, respeito, procurei entender o lado do passado dela, nunca a julguei, fui carinhoso, amigo, um cara legal, mas reconheço homem bom para certos tipos de mulheres não colam.
    SEI QUE CHOVERÁ CRÍTICAS DE TODOS OS LADOS, MAS FAZER O QUe ? Eu aceito todas às críticas, aliás, por isto vim até aqui vocês, senão, prá que existiria este blog, só prá estorias certinhas, lógico que não.
    Muito obrigado pela atenção.

  • Anonymous

    Como disse, quando a conheci ela estava muito depressiva e durante o nosso relacionamento ela não melhorou.Às vezes ficava feliz, mas no dia seguinte estava infeliz de novo.Já pedi prá ela procurar ajuda psicológica.Por mais que eu goste dela, eu tenho que em afastar, pois depois do que houve ontem, senti que acabou o respeito e posso me prejudicar muito, prejudicar minha esposa, meu filho e pessoas que gostam muito de mim.Quando peço prá Meire procurar ajuda psicológica ela refuta, não aceita.
    Tem hora que me pesa a consciência de ter envolvido com um tipo de mulher assim.Eu sempre fui dado prá ajudar e deveria ter tido mais cuidado comigo, com meus impulsos.Eu me afastei dela por quase um mês e ela não se manifestou nem um pouco, acredito que seja insensível como ela mesmo prega, diz que os filhos são a mesma coisa, por isso, que eu sinto muito, é um família toda desustruturada, infelizmente.
    Dizem que certas coisa que acontecem na vida da gente é para abrir os olhos.

  • Samuel

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Anonymous

    Meu mal é não ter experiências com mulheres,Só tive minha esposa como minha namorada.Foi um erro, fui querer dar uma de bonzinho e ela precisando de ajuda, não vou por a culpa somente nela, somos dois culpados, ela tem muita experiência com homens, em termos de emocional, ela ganha de dez, ela bem fria emocionalmente e bem dissimulada

    • Anonymous

      Querido Juliano (pelo q entendi seu nome é este certo?) vc esta apenas colhendo o q plantou. Vc traiu sua esposa carinhosa, compreensiva e certinha por uma mulher qualquer na qual nem sabia a historia verdadeira. Agora depois q vcs “assumiram” este namoro ela se mostrou de verdade, se mostrou uma manipuladora fria e mentirosa, e q com certeza nao é evangelica, pois se fosse ela nao faria nada disso penso eu. Acho q vc e essa maluca se merecem, ela traiu os maridos e vc traiu a sua mulher, um par perfeito vc nao acha?
      Se vc quiser realmente ficar com a sua mulher, se estiver se sentindo culpado por te-la traido e quiser salvar seu casamento vc precisara se confessar para ela, ela merece no minimo saber o q vc anda fazendo pelas costas dela. Depois disso vc deve aceitar as consequencias q vierem.
      Sobre a questao q te levou a trair: falta de sexo. Vou te fazer uma pergunta…vc possui alguma sindrome ou doença q te impeça de conversar com sua esposa? Se a resposta for nao entao pq vc nao conversou com ela sobre o motivo de ela nao querer fazer mais sexo? Pode ser q ela esteja de meno pausa, e isso nao é motivo pra uma traiçao. Pense bem, se vc sofresse de ejaculaçao precoce e sua mulher te traisse pq vc nao iria se sentir confortavel na cama vc se sentiria bem? Tenho certeza q nao. Entao q ta vc tomar vergonha nessa cara e escolher logo uma das duas.
      Espero sinceramente q sua esposa tambem esteja te traindo

    • Anonymous

      ah esqueci de dizer q aqui em cima é a Luiza /\/\/\

  • Olha, Juliano Breda, sua amante é visivelmente uma mulher desequilibrada. Ao que parece, esse desequilíbrio é oriundo de uma infância difícil, pois, pelo visto, ela não possui uma base familiar sólida e talvez tenha entrado em alguma igreja evangélica para se aliviar desses traumas do passado . Ela é alguém que, pelo histórico de vida que tem, aprendeu a manipular as pessoas para obter algo em troca e assim se dá bem na vida.

    Sendo assim, casou-se muito cedo só para se livrar da situação em que vivia e… fingiu está interessada em você só para que pudesse ter alguma assistência, ou seja, durante toda a vida dela, ela aprendeu que só poderia conseguir algo do outro se o manipulasse.Dessa forma, usar as pessoas se tornou uma forma de sobrevivência, onde ela, para se manter “viva”, teria que está sempre no topo da cadeia, escolhendo, para isso, sempre muto bem suas vítimas. Então, mentir, manipular, jogar se tornaram um meio de vida e parece que ela não tem muita sensibilidade com as pessoas porque, aparentemente, não foi isso que ela recebeu quando criança. Ela é perturbada e não interessa os motivos que a fizeram hoje ser assim. O que interessa agora é que ela é uma mulher extremamente perturbada e com alto poder destrutivo.

    Eu particularmente não vejo futuro algum nessa relação e fico realmente muito consternada que você continue querendo investir nesse relacionamento que, a olhos vistos, é doentio, que só te faz mal. Sinceramente, eu penso que você deva procurar ajuda terapêutica ou até mesmo espiritual em alguma igreja porque sozinho você não vai conseguir se sair dessa mulher e essa situação já está o incomodando tanto, mechendo de uma forma tal com o seu emocional a ponto de você vir aqui só para desabafar porque de alguma forma se sente preso a essa situação.

    Essa atração inexplicável que você sente por ela não é natural… Não quero aqui apelar para explicações religiosas, mas… Essa paixão que sente por ela parece mais uma coisa diabólica e sem querer dramatizar, se você insistir em continuar se relacionando com essa mulher, certamente perderá sua paz. Eu realmente fico muito preocupada com a sua situação porque só consigo vislumbrar dissabores.

    • Anonymous

      Bom-dia, Fabíola, fico muito contente de vc me me dar atenção.Eu estou sofrendo um pouco, não muito.Lógico, penso muito nela, mas estou conseguindo resistir.Tudo que vc narrou à respeito dela é fato.Ela já sofreu muito, eu tentei ajudá-la dando orientação, indicando ajuda psicológica, mas ela não vai atrás.
      Em maio deste ano eu consegui ficar longe dela por mais de 01 mês, aí acabei por voltar, por influência da mãe dela que me conhece.Sua mãe vive me dizendo que ela sofreu muito, que tem depressão, que os filhos não ligam prá ela etc. Eu já cansei de toda esta situação, estes dias, antes do dia 04/12, eu já estava saturado com ela.Ela parece um disco riscado, sempre repetindo os mesmos problemas, nada está bom prá ela, até recomendei um psicológo, no entanto, ela não aceita.Eu cheguei a um aconclusão depois do que houve no dia 04/12, que o melhor que tenho que fazer é ficar no meu canto.Eu sei que o que eu estou passando, mas Deus é mais em minha vida.Já passei por muitos problemas nesta vida e consegui superar.O que aconteceu foi um vacilo, misturado com o meu modo de sempre querer ajudar os outros e o interesse, na época por sexo, me enganei com as aparências.Enfim, eu não a culpo totalmente, eu também sou culpado nesta história.
      Muitas vezes que estava com ela eu me sentia culpado, por não poder estar com ela sempre, por ela ser só (apesar que ela plantou tudo isto na vida dela), por outro lado eu fiz o meu melhor, talvez ela não está acostumada com o tratamento que eu dei a ela.Como ela sempre frisou:” eu sou insensível”, ela diz que até os filhos dela.Diz ela que não se apega a ninguém.
      Eu agradeço muito a você Fabíola, pela paciência e maturidade de me passar palavras sensatas.Eu estou pedindo a Deus muita paz, aliás, paz eu tenho, mas me conformar com tudo isso e continuar o meu caminho.Esta mulher ela mora no mesmo quintal que eu moro.Eu faço de tudo prá não encontrar com ela no mesmo horário que ela sai para o trabalho.Ela também procura me evitar, ela é orgulhosa, até aí e´melhor par amim, pois sei que não virá atrás, não desta vez.Ela não sabe pedir perdão dos erros que comete, não reconhece, para mim é mais fácil, pois eu não vou correr atrás, se Deus quiser, e ele quer e eu tb o quero.Muito obrigado mais uma vez Fabíola muito obrigado, que Deus abençoe, do fundo coração.Obrigado por prestar atenção no que escrevi, não me julgar tanto, por compreender-me, fica na paz.

    • Anonymous

      Eu vou só detalhar um pouco, pois se vc quiser me dê o seu endereço de e-mail pode ser pelo facebook, eu estou na página de vocês lá.Eu sou o proprietário do imóvel que ela mora;No início quando a conheci, após as desavenças com sua mãe e o irmão, ela vinha todos os dias bater papo comigo, fazia minhas unhas, pois trabalho com o público, vinha desesperada, tinha acabado de vir do norte, esperava ser bem recebida pela mãe, pleos filhos, enfim, eu acabei por arrumar um quarto para ela, reformar, me endividei prá deixar este quarto no estilo prá ela.
      Ela tem suas culpas, eu tenho as minhas.Eu fui fraco, como ela diz, que estava num momento frágil, por isso,acabou envolvendo-se comigo.Eu que dei encima dela, eu que a beijei na boca.Lógico, ela estava em momento de depressão, desamparada pela família, sem ter que prá onde correr, eu dei o meu melhor.Ajudei-a tirar os documentos, a encontrar trabalho, levantei a moral dela, lógico, depois que me apaixonei, ela começou a me rejeitar, prá uma mulher que estava nas condições pelas quais eu a encontrei, eu não imaginava que ela faria o que começou a fazer comigo.Flertar com outro homem, me humilhar, enfim, não tem justificativa.Eu não me arrependo de nada do que fiz, fiz o meu melhor.Estou sofrendo, sim! Mas vou superar, tenho muita fé em Deus.Tenho que ser forte, eu sei disso, pois todas as vezes que ela estalava o dedo eu estava em sua frente, ela sabe disso.Ela sabe que estou lutando para esquecê-la, até diz que sou muito forte emocionalmente, eu sou, mas se ela estrala os dedos, eu estou na frente dela.É com isto que tenho que ficar esperto.
      Eu ando pensando nela constantemente e escutando áudios de auto-ajuda do Gasparetto, do qual já me ajudou muito e outras leituras de auto-ajuda.
      Penso em pedir a casa que ela mora, no entanto, sua mãe também mora aqui no quintal e por mais que as duas não se dão bem, pelo menos ela está perto da mãe, que é a única pessoa que ela tem por perto, nem que for prá sentir a mãe por perto.Eu acho que ela sempre deu muito trabalho prá esta mãe, e a mãe por certo deu muito trabalho tb, pois tem filhos de pais diferentes.Como ela mesmo sempre me disse, sua mãe era alcoolátra, vivia bêbada e nos bares, quando estava grávida, esta filha foi criada na casa dos outros, quando a mãe ficava grávida tirava ela da casa dos outros e levava prá casa prá cuidar dos irmãos mais novos.
      É uma vida cheia de problemas.

    • Anonymous

      Olá Fabíola, estou aqui novamente.Eu estou reagindo tranquilamente.Hoje eu comecei a fazer meditação e tenho certeza, absoluta,que sairei desta.Eu quero o meu melhor.Como disse, eu estou procurando o meu melhor, aprendi que pessoas são como são, eu não pretendo mudar ninguém, mas mudar eu mesmo.Estou trabalhando o meu interior que é o mais importante.Tenho muita fé em Deus e em mim que desta vez é prá valer.Eu já dei muita chance, mesmo eu estando envolvido para a pessoa melhorar e procurar ajuda para melhorar o caráter, por isso, eu estou em paz com minha consciência, não tenho culpa e nem arrependimento, também não tenho ódio, aliás, trabalho incansavelmente para eliminar os meus egos, todos, só assim serei livre de todas estas coisas exteriores, por que o que importa é o meu interior, este não pode ser abalado.Eu tentei ser amigo, dei a mão, ajudei a levantar-se, o meu mal foi me envolver emocionalmente.Não a culpo, ninguém nasce querendo ser mal, uma mãe não põe um filho no mundo para ser bandido ou prostituta, enfim, eu não tenho ódio, tampouco pena, às pessoas tem que aprender a renovar o espiríto, a matéria, afinal, tudo se renova, tudo passa, tudo muda, para mudarmos temos que querer, não justifica o que passamos na vida, no passado, se fosse assim eu seria marginal.
      Agradeço de todo meu coração pela sua atenção.Tenha uma boa tarde.Um abraço.

    • Desejo-lje tda sorte do mundo. Mas apolítia do blog não me permite que eu passe o meu email, pois o blog atende apenas por meio de perguntas enviadas ao email do próprio blog ou mediante consulta que são feitas pela responsável por ele, a Luíza.

      Mas se você desejar, pode enviar uma pergunta para o email do blog pedindo para eu responder que ela será repassada para mim. Abraços e boa sorte!

  • Anonymous

    Oi pessoal,

    Sou o rapaz que mandou o email para o site. Apesar de eu ter sido muito insultado, e eu devo confessar que me surpreendi, pois achei que os comentários eram de melhor tom, resolvi me pronunciar.

    1) sobre ter falado pouco acerca da minha esposa: eu me preocupo com ela sim, ela é boa, mas a verdade é que não nos amamos. Não citei mais ela no post porque tem limitações de linhas e não queria excedê-las.

    2) Eu gosto da minha amante, ela gosta de mim. Ela realmente não pode terminar a relação dela agora senão perderá quase tudo que investiu, levando em consideração que foi facilmente manipulada e nada está no nome dela.

    3) Ela não transa com o noivo, eu não transo com a esposa. Não se trata de cobrar fidelidade, mas é um indicativo claro de que nos gostamos. Já falei abertamente à minha esposa que infelizmente não sou mais apaixonado por ela e que mantemos essa relação, por ora, em razão da nossa filha. A amante falou p/ noivo que não gostaria mais de dormir com ele e evidentemente se afastou, esperando, sim, que ele venha até ela e converse sobre um eventual fim de relacionamento.

    4) Amante e eu terminamos para que possamos resolver nossas vidas (casamento e noivado) e, quem sabe, voltarmos a ficar juntos no futuro.

    5) Não sou canalha, ainda que o que fizemos tenha sido errado do ponto de vista moral, simplesmente aconteceu e não há mais nada a fazer.

    6) Compensou? Acho que trouxe muito sofrimento para ambas as partes, no entanto, quero crer que essa história nos serviu para dar um choque de realidade e, se tudo der certo, terminarmos nossas falaciosas relações principais/oficiais.

    7) Não sou moleque, em 7 anos de comprometimento com minha esposa, é a primeira vez que eu a traí, sinal claro de que meus sentimentos por ela já não existem mais há anos, mas como sou um pai responsável, optei por ficar perto dela e da minha filha, que já vai fazer 7 anos. Presumo que agora eu possa me separar e ainda assim, manter relação próxima com a criança, pois fui um pai ultra-presente nesse tempo todo. Não fiz isso antes porque simplesmente não consegui e eu tinha abandonado a ideia de me apaixonar, o que posso fazer se me finalmente me apaixonei?

    É fácil falar, mas é difícil deixar uma criança…Minha esposa? Lamento muito por ela, mas ambos erramos e as coisas tomaram o rumo que tomaram..

    Enfim, é isso.

    • Anonymous

      Você podia ter falado da sua esposa em duas ou três linhas mas não o fez por prioridade a outra, você não pode negar isso
      acho que agora só te resta terminar mesmo

    • Bom dia!!!! Então, também acho que teve linha para falar da sua esposa sim, você não falou porque não julgou importante, ou pelo menos não mais importante do que outras coisas, e essa pode ter sido até uma atitude inconsciente sua do tipo justamente por não mais ama-la ignorar a parte que envolve ela, né? O limite que damos no blog é até bem alto (veja a sua pergunta, ficou até bem gradinha né, dava para ter falado muitas coisas!) e quanto aos comentários a gente deixa claro aqui no blog que se alguém não gostar de algum comentário específico que nos avise POR EMAIL. Geralmente ninguém reclama (só um que reclamou até hoje, e foi ontem por sinal!) porque são pessoas anônimas! mas quando reclamam basta mandar email com o comentário que ofendeu que nós apagamos! Lembrando que nem sempre o que ofende um ofenderia o outro. Eu mesma já fui xingada nesse blog e o comentário está lá até hoje, vai de pessoa e por isso mesmo deixamos a decisão final a critério do autor da pergunta. O que eu peço é para que os autores das perguntas leiam os comentários com MATURIDADE. Ao mandar a sua pergunta para o blog fica entendido que o leitor concordou com a política desse e que o mesmo se encontra na internet, ou seja, com milhares de pessoas que podem vir a opinar no seu texto, de forma nem sempre concordante a sua, então é o que sempre digo: saber lidar com opiniões diversas também é sinal de maturidade e nos ajuda no crescimento pessoal, mas isso é só na minha opinião, pois se o autor mandar por email o comentário que o incomodou a gente tira!!! Pq como sempre falamos aqui: nem sempre o que ofenderia um ofende o outro.
      grande beijo!

    • Olha, eu também erro muito na vida, sabe. Mas, ao que parece, você é do tipo que faz sempre tudo errado. Veja só: se você permanece casado até hoje por causa da sua filha, que tem sete anos, mas de há muito queria se separar, o melhor era que tivesse feito isso o quanto antes; pois sabidamente uma separação fica muito mais palatável aos filhos quando ocorrida na primeira infância, época em que eles entendem muito pouco sobre o que se passa ao seu redor. Prova tal é que a maioria das nossas lembranças quase nunca advêm de época anterior aos 7 anos, talvez seja porque ainda entendemos muito pouco sobre o mundo que nos cerca com essa idade.

      Então era muito melhor você ter se separado, pelo bem da sua filha mesmo, quando ela era ainda criancinha porque agora aos 7 anos, idade em que ela já entende perfeitamente o que se passa, fica mais difícil. Pare e pense: você acha mais fácil para alguém superar a separação dos pais quando ela ocorreu quando essa pessoa tinha 4 anos ou quando a pessoa já estava com 8 anos, ou seja, já na segunda infância? Óbvio que é com 4 anos… Tentando supostamente acertar, você só piorou as coisas.

    • Anonymous

      Eu sou o Juliano Breda, quero deixar meu comentário aí para o colega.O que a Fabíola diz é fato, pense bem meu amigo, em uma separação fica muito marcado a cabeça da criança.Vejo o meu caso, eu me envolvi com uma mulher que tem 05 filhos, 05 FILHOS.No primeiro casamento teve 04 filhos, largou-os todos pequenos, do segundo relacionamento teve outro filho, não cuidou de nenhum, largou-os em tenra idade, hoje esta mulher sofre com o desprezo dos filhos.Infelizmente, por mais que a lei puna pais ausentes com o pagamento de pensão alimentícia, prisão pela falta deste, quem sofre na pele é a criança que irá crescer às vezes com distúrbios emocionais pelo despreparo de uma família desustruturada. Meu amigo, apague-se com Deus, ouça Luiz Antonio Gasparetto, pesquise no site 4 shared, é de graça, faça downloads.procure ajuda se for o caso.Eu tenho vinte anos de casado, um filho adolescente, sou um pai do coração, dá para entender.Sei que é difícil o que passas, mas acorde para a realidade.Se ela trai o noivo, será que com você não será diferente.Eu ando passando por isso, mas tÔ lutando prá sair e estou conseguindo.Desde o dia 04/12, que cortei minhas relações.Tem que ser forte.Felicidades.

    • Anonymous

      Outra obra que você deve pesquisar e ler, está na internet, chama-se Como lidar com mulheres e outras, do autor Nessahan ALita, ali el fala do apaixonamento do homem, que para o homem se livrar disto tem que fazer oração, morrer psicológicamente, ou seja, morrer os egos.Companheiro, sei que não é fácil, mas analise sua vida, seu dia a dia com sua família, o que constriu em 07 anos, se for possível, procure conselhos, converse com algum amigo mais chegado, de uma coisa tenho certeza, o que queremos na vida nós conseguimos, o que basta é raciocinar, não veja a coisa só pelo lado bom, seja racional.Boa sorte.

      Juliano Breda

  • Anonymous

    Sou mulher, sou casada e já passei por situação parecida e digo: o nosso caso É SEMPRE DIFERENTE. Erro é erro. Mentira é mentira. Nada, mas nada justifica uma traição. Termine, contem desabafe, doa o que doer, nunca a dor será maior que esse caminho escolhido nas historias… Experiência própria. Tenha um mínimo de respeito à pessoa que está ao seu lado há anos. E outra: cuidado, o início todo mundo é frágil, é vítima da vida, é legal, é bom de cama!

  • Anonymous

    Impressionante como os erros e as histórias se repetem…

  • Daniel junior

    ai esta querendo demais heim ?

  • Pingback: online payday loan()

  • Pingback: direct payday loan reviews lender()

  • Pingback: drugrehabcentershotline.com drug rehabilitation()

  • Pingback: bmi chart()

  • Thiago

    Caros, uma coisa que aprendi na vida é não julgar os outros. Se o casal trai, ha motivos para isso. Amam seus cônjuges mas não são correspondidos de alguma forma. Ja vi muitos amigos reclamarem que a esposa é chata, que a esposa nao quer fazer sexo e quando faz, faz por obrigacao, que vive de mal humor, bla, bla, bla… esse tipo de esposa vai com certeza levar chifre. Ja tive varias amantes e isso só fortaleceu meu casamento. Aí vocês vão me pergutar “E se sua esposa fizer o mesmo com vc?”. Cada cabeça uma sentença. “Agua morro abaixo, fogo morro acima e mulher quando quer dar ninguem segura…”. Devemos procurar suprir a expectativa do outro para que esse tipo de coisa nao ocorra. De qualquer forma, temos que estar conscientes do que fazemos para arcar com as consequencias depois. Do resto, nao tem certo ou errado… parem de julgar o rapaz e darem uma de politicamente corretos, pois os que fazem isso sao os que tem a vida mais miseravel e infeliz. A vida é uma só e está aí para ser vivida.

  • Rúbio Velloso

    Olha só… Na minha opinião, realmente o cara foi meio egoísta, mal caráter, e não teve respeito nenhum por nenhuma das duas, agora acho que a maior mandaca mesmo foi redigir essa pergunta no fim do mês, e nem preciso citar porquê.
    Sem falar que o ego tava ferido, olha o tanto de vezes que ela citou a mesma coisa.
    Uma já bastava, não?