Que tipo de charme um homem deve ter?

77

Leitor: Gostaria de saber em quais atos de charme a mulher repara mais em um homem?

pois as vezes me sinto pra baixo,mesmo já tido sido elogiado com a qualidade de um ser charmoso!
obrgiado.

Bem, essa questão do charme pode variar de mulher para mulher. Existem mulheres que acham um charme homem de terno, outras gostam de homens de uniforme, e por aí vai. Porém, o que eu acho que pode agradar se não todas, mas boa parte da mulherada é um homem seguro de si, que sabe olhar uma mulher intensamente no olhos, gentil, educado, que a faça sorrir (dizem que um homem que consegue fazer uma mulher mostrar os dentes, consegue fazê-la também abrir as pernas, será?!), que tenha bom papo e que mostre interesse pelo que ela fala, pensa e deseja. Todos esses elementos combinados podem tornar um homem irresistível, tonando-o apto a obter boas chances de sucesso na hora da conquista, ainda que não seja necessariamente um galã.

Você disse que já falaram que é charmoso, mas de vez em quando se sente para baixo, o que me faz acreditar que de certa forma você duvida que possui essa qualidade, pois você mesmo ainda não conseguiu enxergar isso! Assim, penso que deva exercitar melhor sua autoestima porque sua insegurança certamente está fazendo com que você desperdice o sue charme.

Culturalmente ainda é o homem quem deve cortejar a mulher, e esse dogma social deve ser péssimo para os homens mais tímidos ou para aqueles menos seguros de si. Então, todas as vezes que estiver de olho em uma menina, tente parar de pensar que ela pode te dar um não e entre naquela máxima que colocamos até no facebook do blog nesses dias: “o não você já tem, agora vá em busca do sim”. Assim, o sim tem que ser conquistado, o que implica dizer que você terá que desenvolver determinados mecanismos para que, se ele não ocorrer, ao menos você consiga que a menina te dispense alguma atenção.

Primeiramente, procure saber com amigos e parentes próximos qual o seu charme e, se possível, pergunte à pessoa que te disse que você é charmoso em que recai esse tal charme: se é no seu jeito de andar, passar a mão nos cabelos, jeito de falar, olhar… Saber qual o seu ponto forte, além de alavancar sua autoestima, irá te dar também mais segurança na hora de chegar em uma garota.

Procure se manter sempre muito bem informado porque isso te servirá de gancho para puxar papo com uma garota e de quebra ainda impressionar, pois todo mundo gosta de bater um papo com alguém antenado. Lembrando que não precisa necessariamente ser um papo cabeça, de intelectual, de nerd: precisa ser apenas uma conversa leve, descontraída e com bom conteúdo. Lembre-se que um bom papo costuma causar sempre boa impressão, além de despertar na menina vontade de conversar e estar com você, o que poderá abrir brecha para que você ir revelando suas verdadeiras intenções à ela.

Por último, porém não menos importante, quando conseguir se aproximar de uma mulher, não cometa o mesmo erro de muitos homens fazendo elogios demasiados. O excesso de elogios, além de encabular a pessoa elogiada, tem o poder de passar uma impressão de falsidade; o que poderá fazer com que você perca a credibilidade. Então, se quiser elogiar uma mulher e conquistá-la, não faça elogios óbvios como “você é linda”, pois provavelmente ela já deve estar cansada de ouvir isso. Quando quiser fazer um elogio a uma mulher durante uma paquera, faça-o olhando bem nos olhos dela, pois isso passará uma ideia de veracidade, além de demonstrar o quanto aquela qualidade dela o atrai. Sem dizer que o contato visual intenso costuma provocar fortes sensações (mas não a ponto de a deixar sem graça, claro). Assim, se por exemplo você gostar da fragrância do perfume dela, elogie e diga que ela é uma mulher de muito bom gosto. É um elogio natural, que não soa forçado, nem piegas. Mas pare por aí. Não invente de perguntar qual a marca do perfume, nem quanto foi, nem em que loja ela comprou, porque ai já vai parecer papo de gay….rsrsrsrs 

Boa Sorte!

Instagram
Share.

About Author

Colaboradora do Pergunte a uma Mulher. 25 anos, formada em Direito, adora assistir a um bom filme, apreciar uma boa música, ler um bom livro em uma tarde ensolarada e fresca, escrever sobre suas impressões do mundo e observar e refletir sobre a vida. Afinal, "sei lá, sei lá, a vida é uma grande ilusão. Sei lá, sei lá, só sei que ela está com a razão".