A síndrome do homem papudo: será que só o papo conquista?

67

Estou aqui tomando o meu capuccino e comendo meu amado misto de todos os dias, até que me deparo com o comentário de uma amiga no facebook do blog, que disse estar chateada e pensativa a respeito de um homem que prometeu levá-la a uma suíte top luxo de um motel, e acabou levando-a para um “Love Car” ou “Drive In” (quanta regressão, não?!). Naturalmente que a menina não gostou nada disso, e para completar me disse que havia pensado sobre um comentário que eu tinha feito no blog alguns dias antes, e que fez com que ela tivesse tirado a prova para chegar nessa conclusão. Para o leitor que não nos acompanha no facebook, colo aqui um comentário que fiz por lá:

Por que será que quanto mais um homem promete e tira onda, menos cumpre e faz. Será que só a promessa já faz ele “pegar” algumas mulheres? Tenho um amigo que diz que só de falar que tem dinheiro já conquista algumas mulheres e que “nem o presente precisa dar”, e o mesmo acontece quando ele diz que é romântico, porque também nem provas precisaria dar (é como se apenas dizer que é bastasse). Será que estamos na época do “fale muito e faça pouco?!

           Enfim, naturalmente que havia colocado esse comentário por um pensamento que já estava na minha cabeça há algum tempo, e agora com mais essa da leitora – que não foi a primeira a reclamar comigo sobre isso – achei que talvez fosse a hora de escrever sobre esse assunto.

           Depois de me perguntar o que leva um homem a falar tanto e fazer pouco e tentar descobrir se essa tática funciona, cheguei à conclusão de que talvez funcione mesmo, porque do contrário não haveria tantos homens falando tanto e fazendo tão pouco. Pensando nisso peço encarecidamente às mulheres que não caiam mais nesse golpe masculino, e não, esse não é um blog feminista, mas tão somente realista que tenta ver os dois lados, e sinceramente hoje o meu lamento vai para os homens que nem sempre estão honrando com a palavra.

           Se por algum acaso você é um homem que NÃO faz isso, e é um devido cumpridor de suas palavras e responsável por aquilo que cativa, não se indigne nos comentários e simplesmente pare de ler esse texto aqui. PORÉM, antes de parar de ler peço para que você não se engane e pense se você REALMENTE não é um homem assim, até porque um dos sintomas dos homens que são assim é dizer não são haha… 

         Queridos homens, quando vocês prometerem algo para uma mulher, CUMPRA. Se você não tem absoluta certeza de que poderá cumprir, ficar calado soará como algo mais bonito e honrável, sem contar que fará com que ela espere menos de você e a decepção seja menor. Não estamos falando aqui de mudança de ideia, até porque mudar de ideia todo mundo muda, mas sim de regredir na ideia, falar que vai dar uma caixa de bombom e dar um bombom isolado, dizer que vai na casa dela e simplesmente não aparecer, e não, isso não dá ansiedade positiva, mas sim te faz aparentar ser uma pessoa sem palavra, e que não é digna de confiança. Se por outro lado uma mulher te cobrar o que você prometeu, não jogue na cara dela que ela está sendo chata e te “cobrando”, que quer o seu dinheiro, ou que quer alguma coisa que você não pode dar no momento. Se não pode dar, por quê prometeu? As vezes prometer algo para uma mulher é como prometer algo para uma criança: ela fica esperando o tão esperado dia, e se nada acontecer a chateação será enorme.

          Um clássico que acontece e que nos serve como um ótimo exemplo é do homem que diz ser bem de vida, que é simpático na hora de falar, que se diz um cavalheiro, que age como um macho quase ideal para as mulheres, prometendo mundos e fundos, e que na hora do vamos ver ele faz bem menos do que prometeu, isso quando não faz absolutamente nada, e que quando é cobrado age como se a mulher estivesse sendo uma chata “cobradora”, isso quando não insinua que ela está interessada apenas no dinheiro dele ao se tratar de promessas materiais. Oras, se você não quer que a mulher se interesse pelo o que você tem, comece a falar menos sobre isso e mais sobre o que você é. Se você fala que irá levar a mulher em um restaurante 5 estrelas, é lógico que ela irá gostar – bem como esperará – ir, e se na hora H você regride e diz que vai levá-la para um restaurante do “tio” super legal que você conheceu, é claro que ela irá perceber e não irá gostar da mudança de planos.

          Vale a pena dizer que essa chateação não se limita ao dinheiro, ao “caro ou barato”, mas sim por ela ter esperado a sua (boa) promessa, a sua atitude, e claro que também porque é sempre melhor comer em um bom restaurante do que um restaurante mediano (ou alguém aqui iria trocar miúdos por filé mignon?!), e isso independe do dinheiro em si, mas sim da qualidade do que foi prometido que regrediu. Enfim, se você promete conforto, a mulher irá querer conforto, e não porque ela é uma vagabunda, mas sim porque você se dispôs a dar isso para ela.

           Antes de você homem pensar que “mulher é tudo interesseira mesmo”, se coloque no lugar da gente: Se um dia sua mulher te escreve uma carta picante antes de você ir para o trabalho, coloca uma calcinha dentro dela falando que espera ansiosamente pela noite, na qual ela te dará um sexo incrível, certamente você irá contar com isso, certo?! CERTO! E se nessa mesma noite ao chegar em casa você se deparar com ela com o mesmo pijaminha de sempre dizendo que mudou de ideia, ou pior do que isso – e que por sinal muitos homens fazem: finge que nada aconteceu, e que nem te prometeu algo mais cedo, e mais do que isso: caso você a cobre e pergunte “cadê a lingerie?” ela te olha com uma cara de brava dizendo “credo, mas vocês homens só pensam em sexo!!”. Você ficaria bravo, não ficaria?! COM CERTEZA! E certamente você ficaria mais bravo pela promessa que não foi cumprida do que por qualquer outra coisa, até porque se ela não tivesse te escrito aquela carta e te instigado, você não teria esperado tanto, e consequentemente não teria se chateado, não é isso?!

         Espero ter conseguido passar o recado de forma clara, e homens: se prometerem CUMPRAM, e não achem que a tática do fingir que nada aconteceu adianta: mesmo que a mulher não seja uma “boca dura” e não te diga que estava esperando o que você prometeu, e desde que ela não sofra de amnésia, ela perceberá sim que você deu uma mancada, e mesmo que não diga nada ficará chateada com isso. E mulheres: da próxima vez que um homem prometer e não cumprir, expliquem essa associação para eles, e peça encarecidamente para que parem de distorcer as coisas dizendo que “você é interesseira”, ou coisas do tipo, primeiro porque todo mundo gosta do que é bom, e segundo porque o cobrado seria a promessa em si e não adianta distorcer. Se eles não entenderem o recado e mesmo assim ficarem “se fazendo de doidos”, “jogando o maior papo em vocês”, comendo frango e arrotando caviar, troquem eles por um que seja mais sincero, e que pode inclusive comer apenas frangos e miúdos, mas que pelo menos arrote o que diz comer.

Já assistiu ao vídeo sobre o tema?

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.