Perdi minha namorada e penso até em me matar:

48
Leitor: Bom dia, a mais ou menos 6 dias a trás contei para minha namorada que eu tinha tentado beijar a melhor amiga dela, contei tudo, que eu tinha a convidado para comer pizza e que na hora de se despedir eu tentei dar um beijo, agora minha namorada não quer mais saber de mim, falou que me ama muito, mas que a nossa separação é inevitável, disse ainda que esta agindo pela razão e não pelo coração. completamos 2 anos de relacionamento a pouco tempo, durante esse tempo foi um namoro lindo, ja pisei na bola outra vez, mas tive o perdão. dessa vez estou desesperado, ja tentei ate a morte e nao exito em falar que estou pensando na morte ate hoje… enfim gostaria de uma ajuda.. eu a amo muito… estou com a sensação de que perdir a mulher da minha vida!! me ajudem por favor.

             Poxa amigo, se matar não, né? Tem gente que perde a mãe, os filhos, e até mesmo uma família inteira, e mesmo assim estão vivos, batalhando e lutando, sem nem ter pensado em se matar. Sabe o que isso significa?! Força, esperança, fé na vida, que acho que é algo que você deveria buscar nesse momento. Você já tentou rezar para “Deus” (pode ser o bíblico, ou não)? Ou então falar com o seu mentor espiritual, com os seus amigos, com alguém querido da sua família?! Nessas horas acho fundamental conversar com alguém que você sabe que pode contar e que sempre te trará forças. Duvido que esse alguém não exista, mas caso não exista, converse com as energias da Terra. Sei que isso parece papo de doido, mas eu acredito muito que quando estamos sem ninguém e conversamos com o universo ele pode nos trazer muitas respostas. Já ouviu falar no livro “O segredo”? Ele também existe em DVD, e acho que ele seria uma ótima opção para ser alugado nesse momento para você pensar sobre a sua vida.  

               Você errou? Errou, mas e daí?! Quem é que nunca errou na vida? Quem nunca fez uma burrada que só foi perceber depois de pronto? Eu mesma já fiz várias, tive grandes dores, coisas horríveis de se passar naquele momento, mas que com o tempo me trouxeram um aprendizado incrível, e inclusive experiência para poder ajudar outras pessoas (veja só como o mundo dá voltas!!). O mais importante agora não é se lamentar pelo erro, até porque é como sempre dizem: “quem sofre por um erro passado, sofre duas vezes no presente”, mas sim APRENDER com ele. Nós seres humanos temos muita dificuldade em lidar com o aprendizado, e as vezes quase que ingenuamente pensamos que estar nessa vida é estar em uma festa, na qual todos os dias temos que ser felizes e fazer tudo com perfeição. Só que a verdade é que isso não acontece: a vida é linda SIM! mas também tem dias de nuvens escuras, dias que magoamos outras pessoas, e inclusive nos magoamos pelo simples fato de que somos seres humanos. Mas o que fazer em uma hora dessas que a dor parece insuporável? Bem, fora a dica que dei no primeiro parágrafo, acho importante levar essas horas na maturidade, do tipo “errei sim, espero ser perdoado, mas se não for levarei como aprendizado, e nunca mais repetirei isso com outra pessoa”.

                Sabia que eu conheci outras pessoas que quiseram se matar por causa de amor desfeito? E uma coisa eu te digo: absolutamente TODAS ou acabaram voltando com o ex, ou agora vivem feliz em um novo amor!! O que você precisa de agora é TEMPO para você e para ela. Você está magoado, ela também, e isso é NORMAL, é humano. Não fuja da dor, mas sim cresça com ela. Ao invés de pensar em se matar você já pensou em ir ajudar pessoas que estão sofrendo tanto quanto ou mais do que você? Nas horas que eu me sinto muito triste, procuro conversar com pessoas que estão sofrendo de algum mal, tal como câncer, perda de um ente querido da família, e demais coisas que me façam ver quanta gente no mundo precisa de mim enquanto eu só estou pensando em mim mesma e nas minhas dores pessoais. Nessas horas que tudo o que temos para fazer é dar tempo ao tempo, talvez fosse legal você se preocupar com pessoas que também estão precisando de ajuda: eu particularmente acredito que se preocupar com os outros elimina um pouco o excesso de preocupação que temos com nós mesmos, e inclusive alivia a nossa mania de perfeição, de querer sempre fazer tudo certo, coisa que sabemos ser impossível e que nem por isso nos torna piores do que as outras pessoas, que por sua vez são falhas como a gente.

           Vivemos essa vida aqui para aprender, mas também para ensinar!! Aposto que daqui a um tempo você verá algum caso como o seu, e você mesmo poderá ajudar! Você irá falar algo como “Poxa cara, nesses tempos eu sofri que nem um cavalo porque vacilei com uma pessoa, mas agora pude aprender tal e tal coisa, e sei que foi importante para o meu crescimento como homem“, e dizer para ele o quanto a sua vida está melhor naquele momento, coisa que tenho certeza que estará, basta você acreditar e cultivar isso. Lembre-se que quem cultiva dor e lamenta passado, colhe dor, então saia dessa urgentemente!!!
            Por fim, não posso medir o amor que você sente por essa mulher, mas uma coisa eu te digo: muita gente aqui – e inclusive eu – já confundimos amor com o desespero do momento, com orgulho ferido, com carência, entre outras coisas. No entanto, mesmo se o que você sente for amor mesmo, acredite: não há dor passada de amor que um outro amor não possa curar, a começar pelo amor em você mesmo, e na vida. Você não está aqui sozinho, e justamente por isso te digo para se manter vivo e bem, só assim você poderá dividir experiências com outras pessoas, ajudá-las, e consequemente se ajudar também. 

            Pense menos em coisas que você tem pouco a fazer, e mais nesse mundão todo que está a sua volta e que precisa de ajuda, com muita gente que sofre e sofreu até mais do que você, e que hoje em dia estão felizes, dando a volta por cima, dia após dia e sendo exemplo de VIDA para muita gente! O que você precisa agora é apenas dar tempo ao tempo, respeitar a decisão da sua mulher e ter a certeza de que dias melhores virão. Se você não tem certeza disso, eu tenho, e peço que caso você possa, escreva para o blog daqui a alguns dias contando o quanto você estará melhor, pois tenho certeza que isso acontecerá! 

          Não dependa da decisão de qualquer pessoa para ser feliz ou não, seja mais forte do que isso, e tenha em mente que a vida escreve certo por linhas tortas. Você errou, e todo mundo que estiver te lendo aqui agora tenho certeza que terá errado pelo menos um milhão de vezes na vida também. Respeite a sua vida independentemente de qualquer coisa.

            Por fim, deixo aqui uma mensagem de um amigo poeta, chamado Jacques Douglas:

“Eu não deixo nada nem ninguém derrubar minha vontade de viver, e de sorrir… aprendi que as tristezas que me causam, só me atingem na medida que eu permito… abalam, é claro que abalam, mas não deixo que mágoas ditem o curso da minha vida.”

Viva sempre com esperança e boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.