Como e quando pedir uma mulher em namoro?

64

Muitos homens apaixonados tem me mandado emails perguntando como pedir uma mulher em namoro. Depois de muito pensar e fazer alguns levantamentos, aqui vão algumas dicas:

Antes de tê-la como namorada, a tenha como ficante: Acho que nem precisa falar que antes de pedir em namoro é sempre bom fazer aquele “test drive” para ver se daria certo mesmo, e até para não bancar o desesperado carente que mal beijou e já está pedindo em namoro. Tudo bem que essa história de ficante parece nova e moderninha demais, mas como tudo tem o seu lado bom, acho que a modernidade nos trouxe algo de positivo na ideia de “não ter um compromisso sério”, que é a chance de ver se o papo é bom, se o beijo é bom, se a companhia é boa, e por aí vai. Sem contar que tem coisas que é só sentindo na prática mesmo, então viva a “ficação” hehe.

Vocês já se conhecem o suficiente? Tem gente que ficou com a pessoa meia dúzia de vezes e já começa a sentir borboletas no estômago, jurando que encontrou a alma gêmea e que ninguém conseguiria entender o sentimento tão diferente e especial que ela sente. Ok, você pode estar no filme estilo “Amor à primeira vista”, ou “A alma gêmea” e pode ser que você realmente tenha encontrado o “grande amor da vida vida”, mas por via das dúvidas, espere mais algumas ficadas para ver se as borboletas ainda continuam no estômago ou se saem voando. Se ela é sua alma gêmea mesmo, não tem porque tanto desespero, e não custa nada esperar um pouquinho a mais. Minha avó já dizia que “o seguro morreu de velho e os apressadinhos comem cru”, então, dê tempo ao tempo para conhecer a pessoa que você está de forma um pouco mais sólida, porque suficiente nunca é.

Perceba as pequenas e grandes atitudes dela: Ela sempre dá um jeito de te dar atenção? Você já é o compromisso dos finais de semana? Já conheceu pessoas importantes da vida dela que você saberia que ela não apresentaria para qualquer um? Se sim, você já tem vários pontos importantes e positivos para o cargo de namorado. Se do contrário, ela só te vê quando sobra tempo, o final de semana nunca é seu, e ela te esconde, aí meu amigo talvez ainda não seja a hora da sua candidatura….

Jogue verde: Se você já conheceu a pessoa o suficiente e já percebeu que ela te dá a devida atenção, talvez essa seja a hora de jogar o famoso verde: leve a pretendente em um lugar que você sabe que ela gosta, vá conversando e como quem não quer nada pergunte o que ela procura em um namorado. Se ela já sair respondendo coisas do tipo ”ih, não quero namorar tão cedo”, “estou muito bem e feliz sozinha”, e coisas do tipo, acho que nem precisa continuar a conversa porque para um bom entendedor meia palavra basta. Se por outro lado ela se animar com o tema, você pode perguntar como quem não quer nada se ela acha que você daria um bom namorado (como se fosse pedindo a opinião dela, e não pedindo para namorar com ela, ok? haha), e por aí vai. Calma que não precisa levar esse assunto muito a sério, e nem forçá-la a dizer o que ela não quer, do tipo fazer perguntas que a forcem dizem que você é legal e interessante. Como a ideia aqui é jogar verde, seja o mais natural possível na hora dessa abordagem e encare isso como uma conversa despretensiosa e não como um questionário chato e forçoso.

Se mesmo assim você está com muitas dúvidas e receio de chegar nela é porque provavelmente ainda não chegou o momento certo: Se mesmo com tudo isso você não se sente bem o suficiente para pedir a pessoa em namoro, é porque provavelmente vocês não estão tão próximos o bastante para isso. Namoro é coisa séria, e se você não consegue nem se sentir livre e leve para perguntar sobre isso é porque ainda falta chão pela frente. Não passe o carro na frente dos bois e vá vivendo a sua vida (a dois) com ela: se vocês combinarem mesmo, vai chegar uma hora que tudo será tão natural, mas tão natural que vocês já vão estar até namorando e só faltará o pedido oficial.

Dica final – Não encare ficantes como namoradas: mesmo que o envolvimento de vocês pareça namoro, acho importante fazer o pedido oficial, até porque se você tem certeza que ela já se acha sua namorada, não tem porque ter medo de pedir o óbvio, de forma a trazer as coisas mais às claras. Caso você não faça o pedido oficial e no fim ela acabe não te considerando como namorado, depois não reclame, porque afinal de contas você não pediu nada oficial, e o Brasil ainda é um país burocrático inclusive nos relacionamentos hehe. Sei que isso pode parecer uma atitude antiga, mas pense só: ninguém é obrigado a adivinhar tudo, e se tem coisa que é melhor deixar às claras, por que deixar às escuras e dar corda para a pessoa fazer coisas de ficante e ainda te jogar na cara que nunca foi sua namorada?!

Pense bem e boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.