Quantas relações sexuais uma mulher pode querer em um mês?

109
Leitor: bom dia, o motivo do meu contato é saber quantas relações sexuais uma mulher de 26 anos mantém por mês. Estou tendo um relacionamento com uma desta idade, e as vezes acho ela muito fria. A média que eu mantenho com ela é 4 por mês. Pra mim é pouco, queria mais. As vezes ela me chama de tarado, pervertido. Não concordo. Tenho 50 anos e estou ativamente bem. Obrigado, aguardo retorno.


            Como não sou médica, vou tentar te responder isso como mulher. Se sua parceira já procurou um ginecologista, falou sobre isso com ele, fez os exames necessários e não constatou nada de diferente no corpo, acho que a quantidade de vezes que uma mulher quer sexo depende dela, do parceiro, da situação e de diversas outras coisas. Como não dá para falar de todas as possibilidades por motivos lógicos, tentemos citar algumas:

           Seja sincero consigo mesmo, e sem querer se enganar bancando o garanhão que transa com todas responda: você acha que você satisfaz a sua mulher sexualmente? Ou seja, você acha que você faz boa parte do que ela espera na cama? É claro que para o sexo ser bom depende de dois, e não apenas de um, mas como você é o maior interessado em melhoras, vamos começar por você mesmo!! Nisso você me responde: “mas como é que eu vou saber se sou bom?”, e eu te digo que a resposta é relativamente simples. Se você tiver a sensibilidade de tentar perceber a linguagem do corpo e do rosto dela, as chances de você ser bom de cama, e inclusive ser cada vez melhor só tentem a aumentar. Ora, se você consegue perceber quando uma mulher está gostando, a chance de você acertar tende a ser cada vez maior, não acha? Se por outro lado você é como uma parte considerável dos homens que acham que o sexo para si é como o sexo para a mulher, e que é só “colocar algo lá e acabou”, as chances da sua mulher se desinteressar cada vez mais só aumentam…

           Querendo ou não, muita gente associa o sexo como um prazer que, ainda que seja grande, não deixa de exigir certo esforço. Se por exemplo a sua mulher já tem o mesmo sexo há anos, no mesmo lugar de sempre, do mesmo jeito de sempre, e ainda por cima com um homem que não se esforça tanto quanto antes (o que normalmente acontece depois de certo tempo de convívio), o normal é que ela se interesse cada vez menos pelo ato (ou vocês acham que só os homens se enjoam das “mesmices”?!). Sei que muita gente diz que eles têm muito mais hormônios sexuais do que a gente, e que por isso são mais “quentes”; e digo que mesmo que isso seja verdade, a libido de ninguém – inclusive das mulheres – depende apenas do fator “hormônio”, mas também de fatores externos, tais como estresse, brigas, e demais coisas que a gente consegue perceber facilmente apenas pelo fato de estar vivendo essa vida!

           Você se considera um cara machista no que diz respeito a limitar a sua mulher durante o sexo, falando que “tal coisa é coisa de vadia”, “mulher minha não faz isso”, limitando-a de se libertar sexualmente não só com mais prazer, como também com mais confiança em você? Escrevi a palavra “confiança” porque eu particularmente acho difícil não associá-la com certo grau de “liberdade” no relacionamento. Claro que você não precisa aceitar ou fazer de tudo, e sei que todo mundo tem suas limitações, porém, acho importante tentar não deixar de fazer as coisas por conta de um machismo e certos moralismos sociais que a gente acaba praticando não porque queremos ou achamos certo, mas sim porque a sociedade “machista” nos fez comprar essa ideia.

           Depois disso acho importante pensar se você faz a sua mulher se sentir gostosa, ou pelo menos desejada por você, porque como mulher posso afirmar que isso faz toda a diferença! Como você já deve ter percebido, o que tem de mulher insegura aí não está no gibi, e se você ainda ajuda nisso, pior para você!! Parece ridículo falar isso, mas é relativamente comum presenciar cenas de homens que tentam diminuir a mulher, falando que ela não deviria vestir tal roupa provocativa, que não é tão gostosa assim, tão inteligente assim, ou que se ela largar ele “ninguém vai querer”, etc. Acredito que quem está de fora percebe que o homem que faz isso na verdade é mais inseguro do que a mulher, e que tenta se aumentar diminuindo o outro, porém, a mulher como parceira – e apaixonada – pelo homem, raramente vê a situação da mesma maneira, e acaba se sentindo cada vez menos sedutora e importante. Nisso nem precisa citar consequências tais como baixa auto estima, baixo astral e tudo mais aquilo de negativo que essa situação provoca e que pode acabar resultando em “menos sexo”!!

          Por último e não menos importante te pergunto: vocês brigam muito? Acho que nem precisa te explicar muita coisa para você saber que quem briga em demasia acaba enchendo a cabeça do outro com preocupações que nada tem a ver com a necessidade sexual, deixando o parceiro cada vez mais tenso, preocupado, estressado, e até mesmo mais desencantando – para não dizer brochado.

          Enfim, depois de ter lido esse post com carinho e pensado com sinceridade sobre a situação de vocês, acredito que se você não conseguir fazer sua mulher transar mais vezes, pelo menos entenderá bem mais sobre a situação, o que mais uma vez terminará ajudando na hora de fazer mudanças.

Também aconselho a leitura do post Como fazer minha mulher transar mais vezese Minha mulher não quer mais sexo , que também podem te ajudar a resolver essa situação!

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.