Tenho um marido egoísta e desinteressado no casamento

57

Leitora: Boa noite, meu marido faz um ano que não faz sexo comigo. Está difícil já tentei de tudo, sou uma mulher que cuida dos filhos, da casa, da minha empresa, vou fazer 40 anos, estou interessa e nada de ele querer sexo e quando quer é aquela rapidinha, vira para o canto e dorme… E acabou, não tem carinho nem beijos… Ele é uma pessoa egoísta que só pensa nele, ele chega do serviço nem olha na minha cara só fala “oi tudo bem?”, mais nada, nem um beijinho quando chega tem mais… Ele sobe para tomar banho e lá ele fica… Quando vou ver está dormindo e quando procuro diz que está cansado… E sempre diz que está estressado… Até lingerie novas picantes já comprei e mostrei para ele… Sabe o que ele me diz: “isto é para que?” kkkkkkk fala sério eu aqui cheia de tesão e ele nada, o que devo fazer me ajudem gente… Já pensei em até me separar e procurar minha vida, fora outros detalhes que se eu for contar aqui dá para publicar um livro.

É, parece que a frieza se instalou em seu relacionamento e seu marido aparentemente não deseja fazer nada para mudar esse quadro, a despeito de suas tentativas e boas intenções para revertê-lo. Bem, já que ele ainda não percebeu que você está pra lá de insatisfeita com essa relação, a última opção que resta agora é sentar e conversar francamente sobre o assunto, a temida e para muitos inconveniente DR, pois o que não dá é ficar tentando varrer todo o tempo a sujeira para debaixo do tapete.

O ideal seria escolher um local e um bom momento para essa conversa. A casa de vocês não parece ser o melhor espaço para isso, dada a total apatia com que ele chega. Então, que tal ligar para o emprego dele no meio do dia, dizendo que precisa falar com ele com urgência à noite, pedindo a ele para encontrá-la em algum restaurante da sua cidade a fim de que possam conversar sobre isso reservadamente e sem correr riscos de ele querer ir dormir ou propor adiar a conversa para o outro dia, alegando cansaço ou estresse; além do que há boas chances de ele comparecer a esse encontro movido pela curiosidade de saber o que você tanto tem a tratar com ele. Bem, se eu fosse você, jogaria esse verde. No ponto a que o relacionamento de vocês chegou, você não tem muito a perder.

Caso ele aceite, vá a esse encontro cheirosa, muito bem arrumada e sexy (mas sem ser vulgar) porque se a conversa correr bem e ele compreender os motivos de sua insatisfação, certamente  começará a prestar atenção na sua produção, passando a vê-la com outros olhos… Tente introduzir o assunto com calma e de forma amena, sem aquele tom inquisitivo, que põe o outro em posição de contra-ataque, pois a finalidade desse encontro é conversar, fazê-lo entender que, se as coisas continuarem como estão, o relacionamento de vocês poderá restar comprometido e não brigar, o que poderia agravar ainda mais as coisas entre vocês.

Aproveite o jantar para expor de forma serena todas as suas mágoas e insatisfações, enfatizando também que, se ele deixou o relacionamento esfriar por conta de alguma falha sua, você está disposta a consertar isso, fazendo o possível para mudar. Isso fará com que ele se sinta menos acuado e se torne mais receptivo ao que você tem a dizer sem ficar na defensiva, diminuindo as chances de isso terminar em uma briga. Caso você perceba que ele demonstra vontade de resgatar o relacionamento de vocês, proponha que façam uma terapia de casais se sentir que é necessário de acordo com à maneira com que ela reagir à essa conversa.

Agora há pouco saiu um filme com Meryl Streep muito interessante, que traz um casal em situação análoga à sua. Antes de convidar seu marido para uma conversa, sugiro até que assista a esse filme até mesmo para ver se você se identifica com algumas situações trazidas por ele, o que eu acredito que sim, e assim buscar inspiração para solucionar o seu problema. O filme se chama Divã Para Dois. É um filme para casais que eu já até recomendei aqui e que particularmente considero muito interessante e com um marido muito parecido com o seu: ranzinza, acomodado, pouco atencioso com a mulher, que só queria saber de trabalho e sexualmente preconceituoso e careta. A situação entre eles estava tão feia que dormiam até em quartos separados. Tudo entre eles era mecânico, chato e sem graça, até que a esposa resolveu tomar uma atitude radical onde apostou todas as fichas para salvar o casamento que estava aparentemente falido. No entanto, isso só foi possível porque, claro, houve empenho dos dois para que desse certo. Bom, acho que ainda vale a pena você  tentar salvar seu casamento dando essa última cartada que propomos.

Qualquer coisa, estamos aqui para ajudar e, desde já, nossos sinceros votos de boa sorte.

Instagram
Share.

About Author

Colaboradora do Pergunte a uma Mulher. 25 anos, formada em Direito, adora assistir a um bom filme, apreciar uma boa música, ler um bom livro em uma tarde ensolarada e fresca, escrever sobre suas impressões do mundo e observar e refletir sobre a vida. Afinal, "sei lá, sei lá, a vida é uma grande ilusão. Sei lá, sei lá, só sei que ela está com a razão".

  • Anonymous

    Acho que ele tá com outra ! Só pode rsrs

  • Anonymous

    O amor é uma caixa d’água com um vazamento grande no fundo, onde o casal tem que completar o nível para que não seque. No seu caso parece que somente você está completando o nível e causando um desequilibrio.
    Nas duas uma, ou ele tem outra ou o casamento de vocês esfriou, caiu na rotina.
    Faça um cuimes a ele pra ver o que acontece.

    • Anonymous

      olha. pode ser muitos fatores, mas e voce, como tratou ele ao longo do periodo em que estão casados? as vezes, nós cometemos erros e nao percebemso. pode ser outra, sim. pode ser a vontade por algo diferente, que pode estar dentro de kas tmb.

  • Anonymous

    Olá, dizem que conselho se fosse bom, neguinho não dava, vendia mas…. lá vai, vc ta aqui contando seu ponto de vista,lembrando que uma história dependendo do ponto de vista, pode ser contada de uma forma totalmente diferente, sugiro a vc pensar bastante no assunto, e num lugar e hora apropriados tentar ter uma conversa franca com seu marido, as causas podem ser inúmeras, até físicas mesmo, então, nao fique imaginando bobagens e após analisar se vc tem( normalmente todos temos responsabilidade sim nas situações as x mais as x menos) alguma coisa a fazer ou deixar de fazer, que possa efetivamente contribuir para melhorar a situação, e ouvi-lo para saber quais são suas razões para isso.

  • Anonymous

    É engaçado, as pessoas falam muti das dificuldades das mulheres, quando estão na famosa TPM, os hormônios alteram seu humor e seu comportamento, e dizem para nos homens, ou quando mais maduras na época da menopausa, pelas mesmas razões(distúrbios hormonais),temos nos homens que ter a mesma paciência com elas. Alguém já parou pra perguntar se este, ou algum outro marido não está passando pelo mesmo problema? Como o hipogonadismo por exemplo?

  • Anonymous

    nada que um bom boquete não resolva

    • Anonymous

      Se resolve eu não sei, mas que ajuda isso é, mas além do boquete, seria bom as mulheres, em vez de ficarem fantasiando um monte de coisas, como amantes, preguiça, desinteresse e tentas outras coisas, usarem as mesmas máximas que usam conosco, com relação aos seus distúrbios hormonais, e tentarem ao menos, saber oq realmente está acontecendo, sei que estes posts, não tem o mesmo interesse dos sobre fantasias e traições, é só olhar o numero de comentários, mas é bom que vcs se interessem meninas, pois isso afeta a vida de vcs tbm. Não sejam tão egoístas.

  • Anonymous

    Acontece exatamente isso na minha casa, não dou mais a minima para minha esposa e ainda vivo com ela, e olhe que não tenho outra, o problema é que já vivemos como irmãos a muito tempo e agora querer reclamar da situação é difícil, acho que vc deixou chegar a esse ponto e a única solução é divorcio. Minha esposa é bonita, atraente e tudo mais, mas só dela encostar em mim eu já fico com anciã de vômito. Nem todos tem coragem de admitir oque estou dizendo, seu casamento acabou não porque ele tem outra, simplesmente por que tudo na vida tem fim. “só precisa agora eu tomar coragem também” kkkkk

    • Anonymous

      Mas o que você acha que foi o principal que ela fez pra ter tirado todo o seu encanto por ela? nos dê algumas dicas masculinas para não fazermos isso com nossos conjuges.

  • Anonymous

    a biblia diz,que no fim dos tempos o amor se esfriaria.porque nao com um casal,que se ve todo dia? rotina mata,debilita,dilacera.

  • Anonymous

    Fácil…arrume outro, relaxe e goze bastante !! Boa sorte !!!

  • Anonymous

    Em meu entendimento a resposta está no começo do post: “sou uma mulher que cuida dos filhos, da casa, da minha empresa”. Quanto de tempo isso toma e qual o resultado dessa dedicação toda quanto a humor e, principalmente, ao diálogo? Não estarão essas tarefas tomando conta de tua existência? Uma lingerie não traz o diálogo, muito menos a simpatia, o bem viver no dia a dia. Seu tesão, tudo indica, é mais uma forma de controle do que propriamente tesão, desejo, vontade. Se fosse, por certo, descobririas outras formas de identificar o motivo da apatia dele. Percebo também que há uma insatisfação financeira por trás disso tudo.
    Será que a rapidinha é só dele? O que aconteceu antes desse quadro se instalar?

  • Anonymous

    se ela tá falando é pq quer mudar. aconteceu comigo a mesma coisa só que o inverso. meu ex tinha um bafo horrivel e eu não gostava que ele se aproximasse. Falei, quantas vezes expliquei e nada de ir ao dentista e resolver, resultado: nos divorciamos. e detalhe: ele é que quis separar. então as vezes vc vai falar e a pessoa se ofende. Na real, se ja ta assim pe melhor separar.

  • Anonymous

    VC QUER EH GOZAR? ARRUME UM AMANTE E GOZE E LEVE UMA VIDA SERENA COM SUA FAMILIA

  • Anonymous

    Vivo situação semelhante a sua, lady :

    conheci um homem em São Paulo que já se interessava por mim a dois meses,perguntava de mim blabla.

    Fui apresentada por um conhecido em comum. Não foi sua beleza que me atraiu, mas sua postura de iniciativa e masculinidade e uma situação profissional parecida com a minha, ainda melhor. Me apaixonei pela sua proximidade e generosidade, queria conversar, me ajudou a agilizar as vacinas para minha viagem (pois quando começamos a nos relacionar estávamos com viagens de férias já marcadas), me levou no aeroporto etc.

    Na volta ficamos ainda mais próximos e ele se integrou minha família que o adorou: algumas coisas estranhas já aconteciam mas não achava nada sério , nem que isso tirasse as (supostas) qualidades(carinho com que me tratou no início do relacionamento): reclamava de me dar um carona de 10 minutos, diante de meus atrasos de 5 /10 minutos dizia que eu deveria estar já na portaria quando ele chegasse, porque ele não tem que estar à minha disposição.

    Continuamos juntos por alguns meses, engravidei, ele me pediu em casamento e disse a minha família que gostava de mim, ressaltou minhas (supostas )qualidades e disse que nossas pequenas diferenças eram superáveis ( meus supostos defeitos)já que eu era uma pessoa de espírito cooperativo.

    Nos casamos com muito pouco tempo de convivência ( 5-6 meses de namoro) e com poucas histórias divertidas para contar ( este desejo de viagens, passeios, momentos divertidos são infantilidade minha , ou são importante para dar liga à relação?) .

    Gravida e depois com o bebê, nunca recebi carinho mas apenas críticas: que eu bagunçava a casa arrumadíssima dele já que ele é muito organizado (mania de organização), que com um m~es de casada era omissa pois não havia participado das despesas da casa dele ( IPTU, condomínio, gasolina etc…essas são as que achei estranhas, e as outras condominio empregada concordei em participar pois achei justas).Isso doeu em mim demais , pois como um homem pode cobrar tão grosseiramente sem carinho , inclusive porque ganha duas vezes mais que eu) O estranho é que eu também o magoei já que não participei tentando explora-lo ( é comico , como se estivesse usando o cartão de crédito dele ou ele pagasse as minhas despesas pessoais)

    Ele adora o bebê e o bicho de estimação mas não me dá o mesmo carinho (graças a Deus adora o bebe). ELe me dirige a palavra só para cobrar, reclamar de desorganização. Quanto há sexo ( cada vez mais raro, e das 2 últimas vezes minha iniciativa) ele não faz carinho depois e dorme, algo mecânico.
    Algumas vezes ele tem algum senso de humor mas não é comum comigo, mas com as pessoas de fora com os amigos.

    desisti de aprender a cozinhar para agrada- lo.Ele que ele me jogava na cara que não sabia fazer nada , mas o fato de dizer que se eu quisesse empregada ou uma folguista para ficar com o bebe no fim de semana eu que providenciasse, me fez ter certeza de que não ia cozinhar para ele já minha joranda de trabalho e bem maior que a dele.

    não sei o que faço, estou analisando ainda a situação ( aguardando ver se o bebe fica maior ) , agora ele cansou de ficar me cobrando coisas…
    Ele não aceita sugestões de melhoria, não faz questão de terapia de casal e nos diálogos coloca muito bem o que o incomoda, mas não se coloca a disposição para ouvir ou aceitar o que poderia fazer também para me deixar mais contente com o relacionamento.

    Diz que eu devo mudar primeiro. Posso estar errada: minhas atitudes podem motiva-lo a melhorar, mas a falta de aceitação dele de que ele deve/pode se modificar me desmotivam.

    Estou ávida por um abraço um beijo na boca, um sorriso e um olhar nos meus olhos.

    Agora ele me trata friamente

    O que posso fazer?

    • Anonymous

      Caramba,lendo seu relato,me pareceu que vcs não tem um casamento, mais uma contrato,uma relação comercial sei la,parecem dois profissionais,cumprindo um contrato com obrigações. Isso, na minha visão, não parece um casamento, e frio.

    • Sincero

      Querida,

      Seu marido é um viado enrustido.
      Segue a tua vida e larga dessa bicha.
      Nem cheguei a ler todo o post, mas homem que arruma gaveta de meia toda semana é viado.
      Larga dessa flor e manda ele saiu do armário.

  • Anonymous

    5 , 6 meses de namoro?e ruim hein,mas pelo que vc conta,ele ja dava indicios de que tinha esse tipo de personalidade,vc embarcou porque quiz,nao entrou nessa de inocente,o que vc tem que fazer e sair fora,pegue seu filho e vai para um lugar que tenha parentes bem distante de onde vc mora,conheç alguem mais maduro, e nao repita os mesmos erros,agora,se vc disser que nao tem coragem,continue assim,logo logo ele estara colocando vc pra dormir no chao.

  • Pingback: no credit check loans()

  • Pingback: direct payday loan advance no credit check lender()

  • Pingback: drugrehabcentershotline.com addiction treatment services()

  • Pingback: how to calculate bmi()

  • Pingback: Blue Coaster33()

  • Pingback: watch movies online()

  • Pingback: watch tv show episodes()

  • Pingback: stream movies()

  • Pingback: DIRECTV()

  • Pingback: TV for Businesses()

  • Pingback: call tvpackages.net today()

  • Pingback: fue.mobi()

  • Pingback: car parking()

  • Pingback: lan penge nu og her 18 ar()

  • Pingback: car parking()

  • Pingback: sms laan nu()

  • Pingback: water ionizer machines()

  • Pingback: pay day loans()

  • Pingback: water ionizer pay plan loans()

  • Pingback: electrician backpack()

  • Pingback: useful site()

  • Pingback: recommended you read()

  • Pingback: what is plumbers grease made of()

  • Pingback: house blue()

  • Pingback: electrician tool bag custom leathercraft 526()

  • Pingback: click to read more()

  • Pingback: HD Coloring Pages()

  • Pingback: ionizer payment plan()

  • Pingback: pay per day loans plan()

  • Pingback: bottled alkaline water()

  • Pingback: water ionizer()

  • Pingback: visit site()

  • Pingback: alkaline water()

  • Pingback: website()

  • Pingback: pay plan()

  • Pingback: alkaline water()

  • Pingback: over here()

  • Pingback: see()

  • Pingback: Greg Thmomson()