O noivo dela faleceu e gostaria de demonstrar meu interesse por ela.

5

Leitor: Estou interessado por uma colega de trabalho. O problema é que ela era extremamente apaixonada por um amigo meu e os dois estavam noivos. Mas o noivo dela morreu recentemente, há alguns meses. Tenho Muita vontade de me aproximar dela e tentar algo, mas, é muito cedo para tentar algo? Ela ainda fala muito do falecido, usava o anel de noivado até pouco tempo (mesmo depois da morte do noivo) e ainda tem uma foto enorme dele no Facebook.

noivo dela faleceu e quero me aproximar

Situação delicada essa a sua. Se coloque no lugar dela: você tinha uma noiva, que provavelmente amava (se não não seria sua noiva), ela morre e você fica a ver navios, como você acha que você ficaria? Provavelmente muito mal, certo? Não só por amar a pessoa, mas porque a morte em si é algo que deixa marca na vida de qualquer um, ainda mais nós brasileiros, que diferente de outras culturas que fazem festa quando alguém morre, ficamos extremamente tristes com o fato. Se a morte ocorreu há pouco tempo, pior ainda: todos nós sabemos que se o tempo não cura tudo, ele dá uma bela aliviada.

Se o namorado dela faleceu recentemente, é difícil ela estar tranquila, ainda mais para arrumar outra pessoa. Sem contar que ele ainda por cima era seu amigo, né? Bem, eu pelo menos no lugar dela não me sentiria à vontade, não só por vocês serem amigos e consequentemente você lembrar o ex, como também mesmo se vocês não se conhecessem, eu não iria querer ver homem na minha frente tão cedo, pelo menos não até conseguir esquecer o ex. Sem contar que ela ainda pode ver isso como uma atitude meio fria da sua parte, do tipo “poxa, seu amigo mal morreu e você já quer me pegar?”.

“Ah mas se ele morreu ela tem que continuar a vida, bola para frente”. Bem, isso é o que todos dizem quando não é com eles, e ainda que a frase seja bonita e libertadora, a gente sabe que na prática o buraco é muito mais em baixo. É claro que cada um tem o seu tempo para superar a morte e tem gente que supera rápido de uma forma quase incrível, porém, esse não parece ser o caso da mulher que você está interessado, que como você mesmo disse ainda fala muito no ex, conserva fotos dele no facebook e dá demais indícios que mostram que ela não só não esqueceu, como quer mantê-lo por perto, pelo menos por enquanto.

“Mas o que fazer se eu estou interessado?”. Eu poderia dizer para você tentar ser amigo dela, sem esperar nada em troca, mas nada mesmo. Porém, depois de dar um conselho como esse, eu me lembro que é raro um homem ter uma amizade com uma mulher sem esperar nada em troca, e nisso não sei se você aguentaria. Acredito que nesse momento tudo o que ela quer sentir é paz, é se sentir relaxada para esquecer o que a morte do noivo causou. Fora tudo isso, também sabemos que com esse tipo de perda que inevitavelmente gera saudade, as pessoas tendem a se concentrar bastante no que o outro fazia de bom em vida e mal se lembram das coisas ruins, o que se torna um obstáculo a mais para você. “Nossa, então o meu caso está perdido?”. Isso nem precisa dizer que só o futuro dirá, porém, acredito que agora ela precisa muito mais de um ombro amigo do que um homem para se relacionar. É claro que no futuro tudo isso pode mudar e ela começar a pensar de outra forma, mas como tudo ainda é muito recente, certamente o que ela mais deseja é descanso.

Por fim, você saberá se houver um momento certo para “chegar nela e dizer o que sente” e o termômetro disso será observar as coisas do dia a dia, muitas delas relativamente simples de se perceber, como observar a melhora dela, perceber se ela está mais feliz, se está falando mais em sair e até mesmo em homens. Parar de falar no ex e demais coisas que lembram ele também é um ótimo termômetro para mostrar que ela está superando. Porém, enquanto ela não mostrar essa disponibilidade para a vida amorosa só te resta dar um ombro amigo, o que com certeza nesse momento será de grande valia para ela. É claro que se você achar que essa é a hora de você demonstrar interesse você pode falar que está afim dela, mas na minha opinião só daria para fazer isso se você não colocasse nenhum tipo de pressão e nem exigisse nenhum tipo de resposta. Ninguém merece, fora estar sofrendo pela morte de uma pessoa amada, ainda ter que dar satisfação sobre os sentimentos que o outro sente pela gente, né? Se você se declarar enquanto ela estiver mal, seria mais no sentido de avisar “olha, estou aqui e gosto de você”, mas jamais a título de cobrança ou para esperar uma resposta. Se ela der algum sinal, legal, mas se não der, espere o tempo dela e espere ela se localizar de novo na vida. Por fim, você não sabe a intensidade e nem que tipo de trauma tudo isso causou nela e também por isso é necessário cautela.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.