Podcast Pergunte a uma Mulher #5 – Como lidar com a timidez?

13

Podcast Pergunte a uma Mulher #5 - Como lidar com a timidez?

Agora no Youtube ! Assine o Canal  e receba todas as atualizações!

Você é tímido(a) ou está afim de alguém assim? Hoje o Podcast foi feito pensando em vocês!!! Ainda que o humor sempre exista, estamos tentando fazer Podcasts com dicas cada vez mais práticas para vocês! Ah, dessa vez os participantes foram: Eu Luiza Costa, Ana Artuzi, Eduardo Neves e Flavio Giusti do canal Vegetari Rango. Quem tiver mais dicas ou experiências para contar e quiser dividir com a gente fique à vontade, até porque apesar da diversão, o objetivo final é sempre ajudar!

Edição: Site Pergunte a uma Mulher

Tempo de duração: 55 min

Assine nosso Feed: http://feeds.feedburner.com/PodcastPergunteaumaMulher

Adicione também o podcast no seu iTunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/podcast-pergunte-a-uma-mulher/id660246327?mt=2

Para ouvir, clique no botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como) para baixar e ouvir o áudio no banho, no busão, em casa, ou onde mais você quiser!

Reproduzir
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Arnaldo

    Sou tímido e as dicas me ajudaram bastante. Uma outra dica que tenho é não pensar muito porque se pensar aumenta o nervosismo e nada acontece. Tem que ir no gás já diretão mesmo.
    Parabéns equipe!

  • Bruno

    Legal, parabéns pelo Podcast, mas tive a impressão de que vocês se focaram no extremo da timidez, por exemplo, o rapaz (não sei o nome dele) disse que era tímido a ponto de não conversar com pessoas estranhas, enquanto que o outro nunca foi tímido pelo que entendi.

    Eu, por exemplo, morava no interior, por volta dos meus 15 – 17 anos fazia teatro e em uma peça a qual não me recordo do nome, porém me recordo bem que havia mais de 10 mil pessoas assistindo além de canais de TV filmando e pessoas famosas presente (quando digo famosas é 2 atores que atuam em novelas na globo) enfim, um resumão do que ocorreu nesta peça foi que na ultima cena em que eu deveria atuar o outro ator deveria me jogar na coxia (acho que é este o nome que dão), porém o que ocorreu foi que ao me levantar ele acabou perdendo o equilíbrio e me jogando em direção ao publico, para incrementar mais ainda a situação ao me “lançar” ele rasgou meu shorts me deixando praticamente só de cueca em frente a plateia, conseguimos tranquilamente improvisar e demos sequencia a cena.

    E ainda sim mesmo passando por isso (ainda que só descrevi uma das diversas situações que ocorreu comigo) sou bem tímido com direito a “pernas tremerem, mãos suarem, frio na barriga”, não em relação a conversar com pessoas estranhas, converso com qualquer um contanto que eu não esteja a fim da garota. Se eu estiver “a fim da garota” eu simplesmente travo não vem assunto, que tipo de medo eu sinto, medo de (com o perdão da palavra) falar merda e cagar na situação toda.
    Quanto as dicas que vocês deram agradeço porém no meu caso acredito que nenhuma delas iria funcionar afinal eu simplesmente não vou saber que tipo de assunto conversar, uma das moças falou para pensar antes o que falar para dai abordar, legal porém o que você talvez não pensou foi que o assunto que você pensou vai acabar ou ainda você não terá nem a chance de falar sobre isto que você pensou ai o negocio será improvisar e é exatamente ai que acredito a maioria dos tímidos tem problema. Bom no mais parabéns ótimo trabalho.

    • Donato

      Pô Bruno, vc descreveu exatamente como eu sou. Consigo conversar com todos desde que nao esteja afim, se tiver afim fodeu. Mas acho q vc nao sacou direito as dicas nao, pq nao rola fazer um tutorial passo a passo, ainda mais q cada caso é um caso. Achei mto valida a dica do ridiculo lá lembra? Nao tem q ficar se preocupando com assunto cara, temos é q aliviar o medo e deixar o nosso lado ridiculo mais solto, ainda mais q mesmo a gente estando afim, por que é q uma garota tem q ter tanto poder assim de nos paralizar completamente? Me recuso a ficar passivo a essa ideia, mesmo sendo timido estou lutando contra isso e estou cansado de ser assim, e somente eu posso mudar isso, com o meu jeito, aprendendo a lidar comigo mesmo! Nao acho que eles só falaram de casos extremos, o caso do camarada lá foi apenas um caso e o que nao é tímido funcionou para ele dizer como ele faz para não ser assim, me ajudou pelo menos. Acho que vc tem que ver se vc nao está com preguiça de mudar. Acho que vc está com um lance que eu mesmo me policio para nao ter que é esperar dos outros uma fórmula mágica enquanto a primeira mudança tem que partir da gente. As pessoas nos dao dicas que nem esse Podcast que foi muito bom só que o milagre precisa da sua açao para acontecer, se é que ele existe. Vc tem que ver se você nao está acomodado demais e acaba agindo assim porque as pessoas não podem fazer por vc.

  • Guest

    Ual! Acreditam que eu ainda não sabia o que era um podcast?
    Pois é… Foi uma surpresa para mim. Me senti ouvindo um programa de rádio em frente ao monitor. (mas acho que é mais ou menos isso que significa essa palavra né? #Podcast)
    Timidez… Ah, como isso ferra com a vida das pessoas!
    Eu, por exemplo, não sou de chegar assim na lata, pois minha insegurança é tão grande que acho melhor esperar que cheguem até mim (mesmo assim, quando isso acontece, fico feito um bobo sem saber o que dizer)…
    Meus amigos vivem me perguntando: Pô Gabriel, não vai dar aquela investida no gato? … E eu sempre respondo: Que nada, sou difícil e quem estiver afim que invista! ** Baboseira pura! Na verdade eu não consigo puxar assunto nem com uma formiga (até acho que se uma me ouvisse sairia correndo) kkkk.
    Bem, não deu para ouvir tudo porque meu pai estava em casa, me chamando o tempo todo, mas digo que com o pouco que ouvi (uns 30 minutos mais ou menos), pude perceber que ser tímido é uma questão de falta de segurança mesmo.
    Temos que tentar pô, mesmo que não funcione nas primeiras tentativas, mas temos que enfrentar essa condição retraída que nos impede de nos relacionarmos com pessoas que poderiam parecer incríveis (se conseguíssemos nos aproximar né?)
    hehe… Pra finalizar meu testamento, digo que adorei e que me senti motivado a navegar um pouco mais pelo blog (ainda é blog?) ou melhor, por este fantástico!
    #Parabéns pessoal…

    • Guest

      por este site fantástico (corrigindo)

  • Gabriel Guimarães Myslinsky

    Ual! Acreditam que eu ainda não sabia o que era um podcast?
    Pois é… Foi uma surpresa para mim. Me senti ouvindo um programa de rádio em frente ao monitor. (mas acho que é mais ou menos isso que significa essa palavra né? #Podcast)
    Timidez… Ah, como isso ferra com a vida das pessoas!
    Eu, por exemplo, não sou de chegar assim na lata, pois minha insegurança é tão grande que acho melhor esperar que cheguem até mim (mesmo assim, quando isso acontece, fico feito um bobo sem saber o que dizer)…
    Meus amigos vivem me perguntando: Pô Gabriel, não vai dar aquela investida no gato? … E eu sempre respondo: Que nada, sou difícil e quem estiver afim que invista! ** Baboseira pura! Na verdade eu não consigo puxar assunto nem com uma formiga (até acho que se uma me ouvisse sairia correndo) kkkk.
    Bem, não deu para ouvir tudo porque meu pai estava em casa, me chamando o tempo todo, mas digo que com o pouco que ouvi (uns 30 minutos mais ou menos), pude perceber que ser tímido é uma questão de falta de segurança mesmo.
    Temos que tentar pô, mesmo que não funcione nas primeiras tentativas, mas temos que enfrentar essa condição retraída que nos impede de nos relacionarmos com pessoas que poderiam parecer incríveis (se conseguíssemos nos aproximar né?)
    hehe… Pra finalizar meu testamento, digo que adorei e que me senti motivado a navegar um pouco mais pelo blog (ainda é blog?) ou melhor, por este site fantástico!
    #Parabéns pessoal…

  • Valdeci

    Adorei o podcast, meninas.
    Conhecí o podcast de vocês através do “Os Comentadores”
    Me identifiquei muito com o assunto, pois sou muito tímido, tanto que tive minha primeira namorada aos 26 anos !!!!! A timidez chega a ser um fardo, atrapalhando até mesmo na vida profissional e para fazer amigos. Valeu pelas dicas e parabéns pela qualidade do episódio.

    • Que bom que gostou Valdeci, ficamos muito felizes!! Semana que vem deve sair outro episodio se tudo der certo!! Seja muito bem vindo !

  • sherlock lestat

    No meu caso, psicólogos não ajudaram em nada(não quer dizer que não vá servir pra você). Não fiz dança, teatro, etc MAS já pensei em fazer e imagino que ajude sim e muito. Fiz curso de oratória e pra quem é tímido é complicado mas vai em frente que você consegue. Mesmo assim, “pra pegar mulher” não serviu pra nada também hahaha. EU só perdi a timidez de verdade no momento que liguei o “foda-se” pro mundo. Ao ligar o foda-se, rejeição, medo de errar, inibições, etc vai tudo por água abaixo. 🙂

    • Ótimas considerações!! Falamos um pouco disso no podcast sobre timidez, você viu?! ops, ouviu kkkkkkk
      Tacar o “foda-se” ajuda muito, vc só não pode estar bêbado ´nessa hora, pq se não vira papelão. Mas se estiver sobreo o “foda-se” para uma pessoa tímida servirá mais para ela ficar um pouco mais “normal”, sem tanto medo.

      • sherlock lestat

        Exato. Sim, sem bebida na jogada. Acredito que beber até cair é mais coisa de adolescente mesmo (no contexto que estamos falando aqui claro: barzinho, balada,etc, não estou envolvendo problemas de alcolismo onde aí sim “adultos” entram na jogada).

        Ps: já bebi muito até cair quando era adolescente e no meu caso pode me incluir como mais um pro time dos que não acreditam nisso de “ah eu estava bêbado e não sabia o que estava fazendo” pra mim isso não cola, eu sempre lembrei e soube de tudo que rolava mesmo bebaço.

        Flws

  • Eu

    Se eu tivesse um revólver, já tinha dado na cabeça. Esse mundo é uma bosta. Não deveria existir nada.

    • Rogerio

      Não é dando um tiro na cabeça que vamos resolver as coisas, o mundo não é um bosta, e sim está uma bosta. Passo o mesmo que você, por meu jeito de ser cordial, pouco agressivo, agregador, causa repulsa nas mulheres, fico triste, pra baixo, deprimido, mas procuro caminhar, fazer trilhas em parques, ouvir músicas que gosto, fazer pratos diferentes, aprendo novas habilidades, me preparo, um dia chega alguém especial de verdade. Já parou para pensar que se é tão difícil uma mulher gostar da gente, quando uma gostar é porque gosta de verdade, de uma forma especial e única, portanto, devemos ter e desenvolver a paciência e desenvolver habilidades interiores para fazê-la a mulher mais feliz do mundo e exteriores para levá-la a momentos inesquecíveis, pois a mulher diferente nesse mundo tão fútil, merece os melhores momentos com você que é o melhor companheiro.
      Existe uma demanda para que nós homens sejamos todos iguais, altos, belos, agressivos, porém a natureza de muitos homens é incompatível com esses atributos ditos como perfeitos, contudo, existe a esperança que isso seja mudado em breve, que a ficha delas caia e percebam que homens fora do padrão também são homens.

      Não se cobre, ela chegará, Não se cobre, ela chegará e vocês serão felizes.