Artista reencontra amor antigo após décadas

24

Tudo começou há décadas atrás, quando a artista Marina Abramovic e Ulay viveram um amor muito intenso, mas que acabou não dando certo. Muitos anos depois esses dois se reencontraram em um dia completamente inesperado para Marina, que em uma de suas apresentações no Museu de Arte Moderna de Nova York, compartilhava um minuto de silêncio com qualquer desconhecido que se sentasse à sua frente, até que, para a sua surpresa, um desses desconhecidos era Ulay. Veja o resultado desse encontro nesse vídeo emocionante:


 

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Alessandro Garçom Sentimental

    Fantástico! Será que eu estaria errado na minha teoria de que nem o amor resistiria ao tempo?

    • Marco

      Sei la viu garçom…… pra ter certeza, só sabendo oq aconteceu com eles depois, sem as câmeras e testemunhas né. Mas só pelas atitudes de ambos, mesmo com as câmeras e testemunhas ali, a ainda, depois de tantos anos, algum sentimento muito forte entre eles.

      • Alessandro Garçom Sentimental

        Marco, bom dia!
        De fato, NESSE CASO, acredito que pela reação inicial, algo não morreu entre eles. Será suficiente para um recomeço? Não sabemos.
        E no geral? Na sua vida, na minha, da Luíza?
        O tempo acaba com amor?
        Eu acredito que a melhor “cura” para um amor, é um outro amor (Sim, acredito que se pode amar mais de uma vez na vida. Embora no fim dela, provavelmente seja apenas de um rosto que você irá lembrar), e não o tempo. Claro, já vimos aqui mesmo no blog, que o tempo, outro relacionamento (até com filhos!) não apagaram o que as pessoas sentiam. Será que o amor, aquele amor verdadeiro, morre com o tempo?
        Está aí uma coisa que eu não sei.

        • Marco e Garçom, ia responder esse comentário, mas me veio uma ideia de texto.
          “O que é o amor verdadeiro?”, vou ver de escrever sobre isso, curti! rsrs

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Luiza, excelente idéia! E se quiser um depoimento do “que nunca foi amado”, estou aí para ajudar! Hehehe.
            Ok, estou exagerando. Tem minha mãe ainda…

          • Sempre quero todos os depoimentos do mundo! Esse negócio de fazer dos comentários uma mesa de boteco ! “tá bom demás sô!”.

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Luiza,
            Nesse caso, o garçom irá passar de ouvinte e conselheiro para o divã! Quer dizer, para mesa do boteco! Sempre quando escrevo aqui no blog, falo de experiência de conhecidos, que são reais (Ou pelo menos chegaram para mim como reais). Mas agora isso é desnecessário. EU tenho comigo muitas histórias MINHAS, sobre o amor verdadeiro (Ou não, essa é a questão). Amor verdadeiro? Não consigo nem dizer que sei o que é. Mas penso algumas coisas a respeito:

            Amor é um sentimento incondicional? NÃO, não é. Respeito e confiança em primeiro lugar. O amor NÃO PODE sobreviver se não vier junto com respeito e confiança. A pessoa não te respeita. Desculpa, ela também não te ama.

            Amor verdadeiro vs. Amor de conveniência: Isso é um pequeno resumo da minha vida. A pessoa está do seu lado (De verdade), se propõe a enfrentar o mundo por você. Você erra sim, claro, e uma hora, um desencontro a pessoa segue a vida dela. Natural, você também segue a sua, com a pessoa completamente indiferente a sua existência. Até que não dá certo com a outra pessoa, e adivinha quem volta dizendo que sentia sua falta todo esse tempo de ausência, dizendo que nunca te esqueceu e que continua te amando? Dá impressão que você era a melhor coisa da vida dela…. Quando ela não tinha opção.
            O mesmo vale para o famoso tempo de “luto”. A pessoa largou de mim? Ok, no segundo seguinte, ela pode simplesmente ficar com outra pessoa. Não há nenhum problema ético nisso. Nem moral (Doeu escrever isso, mas não vou me ver como vítima das minhas escolhas). Só não venha dizer depois que o “eu te amo”, falado trinta segundos antes, era verdade. Ele se tornou simplesmente, inverossímil. Quis ficar com outra pessoa logo depois? Ok, direito seu. E é o meu direito achar que vivi uma mentira do seu lado!
            E curiosamente, meus tempos de luto sempre demoram mais para passar que das minhas ex. Mas deve ser mentira minha. Afinal, mulher “sempre” não sofre mais que os homens na separação?

          • Na verdade dizem o contrário: que os homens sofrem bem mais no fim de uma relação e que demoram muito mais para esquecer do que a mulher (genericamente falando, claro!).

          • Na verdade dizem o contrário: que os homens sofrem bem mais no fim de uma relação e que demoram muito mais para esquecer do que as mulheres (genericamente falando, claro!).

          • Capiroto

            Dizem não! Isso é fato comprovado, mas escondido na medida do possível.

            Quando um cara ama, ele ama de verdade. Nós geralmente demoramos muito mais que as mulheres pra nos curarmos.
            Você já viu um cara que terminou relacionamento e que realmente gostava da mulher saindo pra pegar outras com duas semanas de separação? Só acontece isso se o cara não tava nem aí. Repara, Lu, Tem amigo que tá na fossa por fim de namoro, e sai pra farra. Mas mesmo que uma gostosa der mole pra ele, ele não vai tentar pegar. E se se aproximar, vai acabar falando do quanto tá sofrendo pela ex!

            mwhahahahahahah

          • Capiroto

            Caro garçom.

            Desce uma Bellzebuth bem amarga aí porque eu sei muito bem do que você está falando!

            Não vou escrever nada, só vou tomar a liberdade de colar vossas sábias palavras.

            “A pessoa largou de mim? Ok, no segundo seguinte, ela pode simplesmente ficar com outra pessoa. Não há nenhum problema ético nisso. Nem moral (Doeu escrever isso, mas não vou me ver como vítima das minhas escolhas). Só não venha dizer depois que o “eu te amo”, falado trinta segundos antes, era verdade. Ele se tornou simplesmente, inverossímil. Quis ficar com outra pessoa logo depois? Ok, direito seu. E é o meu direito achar que vivi uma mentira do seu lado!”

            C’est fini.

  • Beatrice

    Gente….. quase chorei aqui!!!! Lindo demais! Acredito sim que o AMOR (esse em letras garrafais) só se vive um vez. Talvez seja o caso deles… Muitas vezes a vida nos leva para caminhos diferentes, mas com a maturidade, depois de tantos encontros e desencontros que viveram ao longo dos anos, a emoção deixou transparecer que significaram muito um para o outro e que o tempo só fez esse sentimento ficar guardadinho esperando um possível reencontro.

    • Beatrice, confesso que fiquei torcendo por eles e pensei: será que rolou uma troca de contato depois? rsrs Bem que poderia ter rolado, pois também acho que algo aí não morreu e ainda há um sentimento muito lindo entre eles.

  • Jessica

    Eu acredito que podemos amar mais de uma pessoa na vida sim. Mais sempre haverá aquela pessoa que volta e meia vc se lembra e escapa aquele sorriso de saudade. Comigo pelo menos é assim!

    • Alessandro Garçom Sentimental

      Jessica,

      Eu concordo contigo, mas coloco um ponto: O seu sentimento mais sincero, seu sorriso mais puro, sua saudade mais sentida… Não alterará uma vírgula da vida da pessoa amada à distância! Será uma pedra de ouro escondida no fundo do oceano, onde ninguém pode ver nem chegar. Principalmente quando você olhar para o lado, e tiver outra pessoa que não o amado do seu lado.

    • Lobisomen

      acho que se vc nunca se desliga em pensamentos de um amor passado.
      é porque com certeza não é AMOR o que vc sente pelo atual companheiro.

  • Capiroto

    O mais foda desse vídeo, é que dá pra ouvir ele falando:

    “Oi.
    sou eu mesmo. Tive que tomar coragem pra sentar aqui. E aqui estou.

    Você continua linda…

    Por favor, não chore.”

    Suor másculo e cheio de testosterona flui de meus olhos.

    PS: ouvir falando com os olhos e expressões.

  • Ilane Ramos

    eu passei na vida esse mesmo reecontro depois de tanto tempo saber que ele queria me ver e saber q ele ainda me ama com a mesma paz de espirito,o nosso olhar fixo falaram por nos,abraço forte e as mãos unidas sentindo o mesmo calor nada tinha acabado,nada tinha morrido o tempo apenas aprimorou os nossos sentimentos,e dps de longos beijos saudosos ,a frase q mais nos define ” eu te amo”!!!

    • Alessandro Lagoeiro

      Parabéns. Como diria Paula Toller: “Deve ser amor, deve ser, amor..”

  • Marco

    E digo mais, infelizmente, a maioria das pessoas tem como disse muito bem o garcon, aquela pepita de ouro no fundo do oceano, e feliz aquele, que não tem, que esta com ele ou ela a seu lado. Mas deixo uma pergunta, e sei que a vida explicada, e quase sempre, muito mais fácil que a vida efetivamente vivida, mas sera que essa pepita e mesmo de ouro,ou e de outro metal não tao precioso, apenas dourada, e nossa imaginação, e que nos faz pensar que e ouro…….

  • Mika

    Não se constrói uma história sem trilhar um caminho. Mas as pessoas, por preguiça ou medo da dor e do sofrimento, abandonam a jornada diante dos primeiros obstáculos. E quanto mais desafiadora a trilha e mais intensa a experiência, mais bonita é a história.
    A que Marina e Ulay construíram não é muito diferente da nossa:

    http://www.youtube.com/watch?v=sJA859mXMLg

    Assistam todo. Vale a pena!

    • Guest

      🙂

  • jmlch

    Então… me emocionei novamente ao assistir este vídeo. No meu caso… estou tentando “imaginar meu futuro”… Estou de mudança pros EUA, deixando muita história no meu Brasil. Me senti confortada ao ler a discussão de vocês. E a Luíza? Será que ja fez o post sobre o verdadeiro amor?

  • Luis

    COITADOS,,, ISSO DEVE SER CARMA RSRSRSRSR