Como lidar com a falta de sexo na maternidade?

24

Como lidar com a falta de sexo na maternidade?

Não é muito fácil passar por uma gravidez, o corpo incha, os seios doem, aliás, tudo dói; a barriga pesa, o estomago fica ruim e nossa cabeça à mil… E depois que o bebê nasce a nossa vida gira em torno dele. Estamos tão desesperadas para sermos uma boa mãe, para ver o tempo todo se o bebê está respirando, está fazendo cocô, xixi, mamando, que não temos tempo nem cabeça para mais nada. Não é verdade mamães?!

Mas me diz uma coisa, e o papai nessa história toda? Coitados, jogados de lado, em algum sofá, esperando o nosso grito pedindo água, fralda, pomada, pizza (amamentar dá fome) e tudo mais o que nós, mamães e bebês, estamos precisando. Porém, chega uma hora que ele cansa e quer a mulher dele de volta, quer ser protagonista na vida dela e tomar as rédeas da casa. Fora as necessidades biológicas que também estão gritando: algumas vezes eles ficam na seca durante a gravidez e ainda tem a famosa quarentena rsrs. “Guenta vontade”!

E nós, cansadas, preocupadas, estressadas, ansiosas e apaixonadas (pelo bebê!! rsrs) não temos cabeça e nem corpo para isso. Verdade! “Não temos corpo”: ele está meio molenga, com algumas estrias, os peitos enormes, as unhas sem fazer, depilação e cabelo nada em dia; assim, a nossa autoestima foi para debaixo do tapete, a nossa libido se atirou pela janela e nossos hormônios dizendo que não precisamos de sexo! Já temos um bebezinho gordinho nos braços, sexo para quê? Para manter um casamento saudável eu te digo, repito e afirmo.

Burle toda essa ordem antes que seja tarde, diga para seu corpo que você quer e precisa de sexo e que você pode acabar sem marido. Vou tentar te ajudar, mas procure sempre conversar com o seu parceiro e o médico que te acompanha.

Você conheceu o maridão e alguma coisa nele balançou não só seu coração, mas outras áreas do seu corpo. O que foi?! Olhe bem para ele – é, eu sei que ele mudou um pouco, pode ter criado uma barriguinha, a gravidade agiu um tantinho – mas ele ainda é o seu amor, ele está ali clamando por um carinho seu, um chameguinho, e agora ele é pai, e ser pai do seu filho é sexy, não acha?! Vocês mudaram tanto, estão se adaptando ao novo, devem começar devagar. Uma música antiga aqui, um sorvete em frente à TV ali, muitos beijinhos e beijões e quando você menos perceber estará tudo normal novamente. Então? Ainda não? Calma, pode ser outra coisa, mas antes, uma outra dica para finalizarmos essa parte: nunca, mas nunca mesmo vá a um motel sem vontade. Você vai achar que “tem” que fazer, que estão lá para isso, vai ficar se cobrando, pode acabar fazendo sem nenhum prazer e piorar muito a situação. Só vá ao motel quando estiver mesmo afim, quando estiver pronta, caso contrário, pode ser um desastre! Muita calma mamãe, as coisas vão voltar ao normal e quem sabe, até melhor.

Uma outra hipótese: os hormônios estão mudando o seu corpo e você ainda teve que tomar outra pílula, pois está amamentando… Quem sabe ela não é a vilã para a sua falta de apetite? Converse com o seu médico, talvez vocês evitem outro bebê com camisinha por enquanto, só para testar. Comigo funcionou, a pílula estava me deixando mais “fria”. Hoje em dia não tomo mais e não há santo que me faça tomar! Funciona, principalmente no período fértil, quando estamos “pegando fogo”. Funcionou? Não? Respire fundo e vamos lá…

Entendo que nosso corpo muda muito, está horrível no seu ponto de vista. E no dele? Quem sabe ele está até preferindo você hoje, com os peitões maiores?! rsrs. Já conversou com ele sobre isso? Já falou o quanto está incomodada com seu visual?

Eu tive muita flacidez, então meu marido falou que se eu não estivesse me sentindo bem, era só fazer uma abdominoplastia, mas que para ele estava ótimo! Já se passaram 10 anos e ainda não fiz a cirurgia. Quero fazer ainda, mas não deixo o meu defeitinho atrapalhar minha felicidade. Simples! Entretanto, não é todo marido que age assim; já vi e ouvi alguns falarem muito mal das esposas e do corpo que não é mais como antigamente. Se for o caso, busque melhorar: com acompanhamento médico, uma dieta e exercícios podem colocar muita coisa, se não tudo, no lugar, e quem sabe no futuro, uma cirurgia? Daqui uns 10 anos! Hahaha!

Ok, você emagreceu ou nem engordou, está se achando bonita, seu marido está se comportando direitinho, mas ainda assim você não está com vontade? Então é melhor procurar ajuda profissional… Existem vários remédios antidepressivos (já ouviu falar em depressão pós-parto?) e terapias. Se nada der certo, o melhor a fazer é conversar com seu ginecologista e pedir que ele te indique um especialista. O que você não pode fazer é se acomodar e achar que a vida após a maternidade é assim mesmo: morna.

Instagram
Share.

About Author

Patrícia

Colaboradora do Pergunte a uma Mulher.
30 anos, já passou por bons momentos em sua vida e tem prazer em compartilhar suas experiências. Mineira, acredita que a felicidade está na simplicidade.

  • Guest

    Bons pontos, Patrícia.
    E uma palavra para os rapazes: Paciência! Não estou falando para ninguém viver sem sexo não, apenas para ponderarem a situação. O que ela acabou de “te dar” é simplesmente a experiência mais fantástica que um homem pode ter: A paternidade (Eu sei que tem participação dos dois, mas o seu corpo continua todo certo, não é?)! E é nas horas difíceis que o apoio é mais necessário.

    E vale ressaltar um ponto que a autora colocou: As vezes aquilo que não gostamos na gente é justamente o que chama a atenção das pessoas. Já vi gordinha reclamando do peso, que era justamente o que tinha chamado atenção do namorado nela. Mulher alisando o cabelo justamente para o cara que ama os cabelos encaracolados dela… Na maioria das vezes, quando estou em um relacionamento, a mulher precisa me avisar de algum defeito nela.. Porque não consigo enxergar!

  • Guest

    E uma palavra para os rapazes: Paciência! Não estou falando para
    ninguém viver sem sexo não, apenas para ponderarem a situação. O que ela
    acabou de “te dar” é simplesmente a experiência mais fantástica que um
    homem pode ter: A paternidade (Eu sei que tem participação dos dois, mas
    o seu corpo continua todo certo, não é?)! E é nas horas difíceis que o
    apoio é mais necessário.

    E vale ressaltar um ponto que a autora colocou: As vezes aquilo
    que não gostamos na gente é justamente o que chama a atenção das
    pessoas. Já vi gordinha reclamando do peso, que era justamente o que
    tinha chamado atenção do namorado nela. Mulher alisando o cabelo
    justamente para o cara que ama os cabelos encaracolados dela… Na
    maioria das vezes, quando estou em um relacionamento, a mulher precisa
    me avisar de algum defeito nela.. Porque não consigo enxergar!

  • Alessandro Garçom Sentimental

    Bons pontos, Patrícia.
    E uma palavra para os rapazes: Paciência! Não estou falando para ninguém viver sem sexo não, apenas para ponderarem a situação. O que ela acabou de “te dar” é simplesmente a experiência mais fantástica que um homem pode ter: A paternidade (Eu sei que tem participação dos dois, mas o seu corpo continua todo certo, não é?)! E é nas horas difíceis que o apoio é mais necessário.

    E vale ressaltar um ponto que a autora colocou: As vezes aquilo que não gostamos na gente é justamente o que chama a atenção das pessoas. Já vi gordinha reclamando do peso, que era justamente o que tinha chamado atenção do namorado nela. Mulher alisando o cabelo justamente para o cara que ama os cabelos encaracolados dela… Na maioria das vezes, quando estou em um relacionamento, a mulher precisa me avisar de algum defeito nela.. Porque não consigo enxergar!

    • Um adendo: eu já percebi uma coisa: quando a gente acha que tem um defeito, de fato o outro raramente percebe (que nem nosso amigo garçom disse), porém, eu também já percebi que, por sua vez, muitas vezes essa outra pessoa vê na gente um defeito que a gente nem tinha percebido.

      Por ex, a gente acha que não consegue fulano de tal pq é feio, e muitas vezes o fulano de tal não quer a gente porque a gente é chato. Acho isso muito interessante: muitas vezes, a forma que a gente se vê não é a mesma que o outro nos vê, e coisa que a gente acha que tá mandando mal o outro nem tá reparando, enquanto tem coisa que a gente acha que tá abalando e é o que o outro menos gosta na gente.

      Irônico, não?!

      • Alessandro Garçom Sentimental

        Talvez, o que a pessoa enxerga na gente é justamente aquilo que temos medo de olhar em nós.
        Vou contar uma coisa que aconteceu comigo mais de uma vez: Eu sou da opinião que muito do que a pessoa irá sentir por você virá da impressão que deixar nos primeiros encontros. Não que isso seja algo imutável, mas para mim impressões posteriores só servirão para direcionar o que nasceu no começo. E por isso fazer a mulher rir é um bom começo: Isso significa que o encontro está sendo prazeroso, que ela está se divertindo. Mas o contrário também pode ser efetivo! Muitas vezes enxergamos tão fundo em alguém, que levamos a pessoa às lágrimas. E por incrível que pareça, ficamos mais próximos, porque hoje são raro as pessoas que conseguem enxergar o outro como algo diferente de um pedaço de carne.

        • Que papo de lágrima é esse? Andou chorando no primeiro encontro? ou cortou uma cebola e fez alguém chorar? kkk

          De qualquer forma, chorar no primeiro encontro é a maior prova de duas coisas 1- conforto extremo, OU 2- desespero extremo kkkk

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Eu, chorando? Não, não foi eu. E nem foi por querer! Acontece que quando você enxerga mais fundo do que esperava (E até desejava), as vezes rola uma emoção mais forte. Por duas vezes choraram comigo. E por incrível que apareça, isso me aproximou dessas pessoas.

          • Causa conforto nas mulheres? Vixe, daqui a pouco vamos abrir seleção pra próxima esposa do Garçom rsrsr.
            Se bem que já tem umas que perguntam de alguns homens daqui, inclusive vc kkk

            E a Mika é outra que todo mundo quer saber mais rsrs

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Hahaha… As inscrições estão abertas em http://www.pergunteumamulher.com.br... MAS…. Alguém aqui já chamou minha atenção 😉

            De qualquer forma…

            http://www.youtube.com/watch?v=M9o4PqDTutw

          • Thomaz Aquino

            Dr. Love 2 ..ele deve escutar coisas de ex..etc..ai a mina pensa , que cara legal….depois comprimenta ele assim oiii amigo…kkkk afffffffffffffffffffffffffffffffffff

          • Thomaz Aquino

            A entendi voce banca o terapeuta..affffffffffffff , aproximar ..vc tem é que pegar..kkkk

          • Alessandro Lagoeiro

            Fala Thomaz, beleza?
            Não entendi… Eu tenho que fazer o que? Porque? Você sabe quais são minhas intenções? Huum… Sem saber isso, não dá para falar se minha estratégia é bem sucedida ou não, concorda? até porque, amizade é uma consequência legal de um encontro também! As vezes, é o objetivo!

        • Thomaz Aquino

          Meu amigo como voce é dramatico…levar a pessoa as lagrimas….afffffffffffffffffffffffffffffffff , fala sério , o objetivo do primeiro encontro e levar ela pra cama e faze-la delirar de prazer ..chorar ..? voce faz ela chorar depois ….de saudade daqueles momentos que você propocionou , mesmo que der certo ..depois de uns anos ela vai lembrar , chorar e dizer voce não é mais o mesmo..tenho saudade daquele tempo que vc me fazia delirar….dai ela chora …kkkkkkk

          • Alessandro Lagoeiro

            Ah, desculpa se dei a impressão que o objetivo era fazer a mulher chorar. Vou tentar explicar:

            Se olhar o histórico aqui, vai ver que pelo menos uma vez uma pessoa se emocionou com o que eu disse. Claro, o objetivo era outro, apenas ajudar, mas a emoção dela me fez ficar mais próximo dessa pessoa.

            Bem, de qualquer forma, acho que tem um mal entendido aqui. O objetivo de quem é levar a mulher para cama, cara-pálida? Eu sou o garçom, só sirvo mesas…. Meu objetivo é servir as pessoas, ajudando-as. Amizade, beijos, sexo, namoro… São consequência, não objetivos. Pelo menos para mim. Claro, se sua intenção é apenas transar, vai fundo. Não está errado ou certo, apenas tem objetivo diferente de mim. Tem gente que se satisfaz com relações superficiais… Outros, buscam ir mais fundo. O que posso falar é que não estou em falta de sexo, amizade, romance… Aliás, estou em uma excelente fase, ajudando as pessoas e aprendendo.. Claro, as vezes tenho alguns problemas, mas Cassiano é melhor para contar que eu:

            http://www.youtube.com/watch?v=TIyAZKJcjnU

          • Thomaz Aquino

            Desculpe , devo ter entendido , errado …entendi que seria o que fazer num primeiro encontro ..
            Agora quanto ajudar ,ou tentar .. isso eu faço com pessoas do face e até mesmo em blogs , amigos virtuais , hora ou outra estão com problemas emocionais de relaçiiomento , alias já fui um deles fiquei mau ..era casado com uma mulher histrionica , até eu entender tudo e descobrir o que deveria fazer ..dependi de pessoas que mau me conheciam ..que pelo simples fatos de conversar já era muito bom..hoje tento devolver o favor que alguns me fizeram a outros , acredito que é o que voce esta tentando..mostrar alguns valores a muito esquecido,afinal quem não precisa de um amigo virtual ou um Garçom de bar de vez em outra , onde podemos contar tudo o que contaria a alguém que participa de sua vida pessoal , trabalho enfim..

            Em 3 de dezembro de 2013 22:27, Disqus escreveu:

      • Thomaz Aquino

        Minha opinião neste caso delicado é jogue tudo de lado , o cara tem que ser aquele da musica com ou sem sexo ..cuida da mulher e do nene que um pedaço dos dois .. não é o momento de descutir porque ela não quer sexo , mas pode ter certeza ela vai querer atenção carinho beijinhos e cuidados …sexo você pode fazer sozinho , ou com qualquer uma..agora Amor esposa , filhos a isto é a especial …quero ver quem é feliz só de transar aqui e ali a vida toda..só que tudo tem um preço ..e esta hora é hora de dar e não de receber..

      • Thomaz Aquino

        È …kkkk

  • Kelen Fernanda

    Concordo com você Patricia, sou mãe de 3 meninos com diferença de 2 anos cada um deles…e realmente não é fácil…corpo modificado, muita responsabilidade…mas a vida do casal aos poucos …volta ao normal…com paciência e amor dos dois lados…assim fica mais facil

  • Thomaz Aquino

    Olha gente . conheço um ferormonio infalivel…uma mistura de coisas que não falha nunca ..vc consegue a maioria das pessoas …vou passar a receita ..uma dose de boa educação , um pouco de romantismo , malhar um pouco , uma converssa que envolva sonhos lugares , musicas ..fale pouco de coisas chatas..usar perfume leve bem agradável , um bom restaurante ,ou uma viagem pra um lindo lugar, um belo carro , um tratamento dental dos bons ..sabe sorriso aquele sorriso.. um estilo legal de roupa ..vc nem precisa ser bonito ou bonita ..mas sim bem produzido..repare em jogadores de futbool super feios , e as gatas que conseguem..kkk

    • Mika

      Você esqueceu só um detalhezinho: … $$$$$$$…

      Esse é infalível… rsrsrs

      • Thomaz Aquino

        kkkk vdd ..

      • Guest

        Hei Mi , da um conselho pro Garson ai…kk diz pra ele que mulher quer curtir o primeiro encontro , não desabafar , pra isso tem amigos..e avisa ele que mesmo que mesmo que ela disser não , ainda é cedo , ele tem que dar uns malhos com pegada e deixar um gosto de quero mais , a segunda vez ..com certeza vai rolar ..o sexo fortaleçe a relação muito mais do que ficar dando uma de DR. Love

        • Mika

          Guest
          Acredito, sinceramente, que o Garçom sabe muito bem como se portar num primeiro encontro. Tanto fazendo chorar, quanto rir. E tem sensibilidade suficiente pra arrancar suspiros de muita mulher experiente.
          Concordo com você que é frustrante ir a um encontro com uma expectativa e ver que não aconteceu aquilo que estávamos esperando. Principalmente se for homem e a única coisa que queria era comer (não exatamente o que foi servido à mesa)… Por outro lado, se for uma mulher que curte o jogo da sedução, sabe que a espera estimula o interesse, a curiosidade, a libido…
          Assim, se as pessoas não são iguais, podemos esperar que os encontros também não sejam. Nem nós somos sempre do mesmo jeito. Se em um rolam muitas risadas, noutro pode surgir um papo mais cabeça ou intimista. Tudo vai depender do estado de espírito do momento e da personalidade de cada um.
          E tem outra, o fracasso de um encontro pode depender só de um, mas o sucesso precisa de ambos. Se você for mulher e estiver afim de uma boa pegada (coisa que eu também gosto… rsrs) e o parceiro começar com firula, é só ir sutilmente desviando o papo pro lado mais picante. Com certeza ele vai adorar!
          Abçs.

          • Alessandro Lagoeiro

            Obrigado, Mika. De fato, o “Garson” aqui tem bastante tempo de voo! Heheh.. O que não significa que sempre tenha sucesso. Aliás, muitas vezes, os objetivos do casal pode ser o mesmo, o “script” estar sendo seguido a risca, mas aquela sintonia que havia no meio virtual, no telefone, pode não se confirmar na prática… Mais ou menos assim:

            http://www.youtube.com/watch?v=5kg439SIz98

            Nesse caso, uma amizade pode muito bem satisfazer os dois lados. Aliás, depois de alguns fracassos, você aprende a domar as expectativas. Confiança é fundamental, mas o objetivo é uma experiência legal para os dois. Com lágrimas, risos, boa comida, dança… O resto? Consequências!

            Beijão, Mi…