Dicas para mandar bem no primeiro encontro!

37

Esse tema até parece de revista de adolescente né, pode dizer que eu não vou ficar brava! rsrsrs. Porém, nem por isso ele é menos importante e tem muito marmanjão e marmanjona precisando, e muito, de umas dicas rsrs.

Para melhor atendê-los (me senti a dona de boteco kkkk), sondei alguns homens e mulheres para dizer alguns pontos em comum. Ps: para variar, as vezes eu uso termos no masculino em detrimento dos femininos e vice-versa, porém, apesar disso 99% dos conselhos valem para ambos os sexos.

Dicas para mandar bem no primeiro encontro

Não fique falando do seu ex: Gente, sério, não tem coisa mais broxante do que sair com alguém e essa pessoa ficar falando “ai meu ex me fez sofrer demais”, “meu ex era um traste”, ou então falando que o “ex foi a melhor pessoa que você conheceu na sua vida” blablabla. Por favor, um primeiro encontro é um momento de entretenimento, não é dia de velório e de se afogar em lágrimas e nem de elogio para ficar falando de ex como se você ainda fosse apaixonada por ele (a propósito, se ainda é, nem deveria ter marcado um encontro para fazer o ouvido do outro de pinico e de step). É claro que muitas vezes conversar sobre um relacionamento passado facilita nas “regras” e manutenção do relacionamento presente, porém, deixa para falar disso mais para frente, né? Ninguém merece mal conhecer alguém e já ter que ficar ouvindo sobre ex. Bem, se fosse eu, nem beijava a pessoa assim rsrs…

Não saia falando que “você está cansada de ficar e quer um relacionamento sério”. Alguém perguntou?! rsrs. Sério, a gente entende que vida de “periguete” e de “perigueto” cansa, porém, tanto os homens quanto as mulheres costumam achar que afirmações como essas tiram a naturalidade do encontro e parece que você já começou dando indiretinha para namorar. Não precisa forçar a barra: se você for uma pessoa legal e levar os encontros de uma forma que os dois fiquem felizes, relaxe que se a outra parte gostar de você, vai rolar namoro mais cedo ou mais tarde (bem, se ficar tarde demais, aí já vira enrolação e dá para pensar em partir para outra kkk). Mesmo que tenha gente que pague de solteirão convicto, a verdade é uma só: mais cedo ou mais tarde o amor chega para todos nós e se a pessoa não quer te assumir é porque provavelmente o sentimento não está tão grande assim.

Não chame para ir na sua casa, caso esse seja o mesmo lugar em que moram os seus pais: Essa nem precisa explicar, né? Isso parece coisa de gente desesperada e que indiretamente também já está falando que quer namorar sério, apresentando família e tudo. Na verdade, mesmo se você morar sozinho, não acho legal chamar para ir na sua casa, ainda mais se você for mulher, pois mesmo que inconscientemente, os homens costumam achar que se a gente chama para ir na nossa casa é porque queremos dar a “petequinha” para eles. Mas se você quiser mesmo “é dar” ou não se importar caso ele fique forçando (infelizmente muitos homens fazem isso quando estão “a sós”), aí é contigo! Pareceu conselho absurdo e exagerado? Bem, as meninas que moram sozinhas com certeza sabem do que estou falando…

Fiz um vídeo falando sobre transar ou não transar no primeiro encontro:

Cuidado com as roupas (obs: se você é como eu que “não liga muito para moda” e nem com “parecer moça dada”, ignore essa dica): Os homens não sofrem muito com esse quesito, mas meninas, eu sei que vocês vão achar absurdo, machismo e blablablá, mas se vocês se importam com a opinião deles e querem maximizar as chances de causar uma boa primeira impressão, não vá a um primeiro encontro com roupas muito “provocantes”. O motivo? Muitos homens alegam que isso é coisa de “jogo ganho” e isso diminui as chances de você ser levada a sério. Sem contar que muitos gostam daquele jogo de “saber o que tem dentro” rsrs. Bem, é claro que tem homem que não está nem aí para isso, mas como até os que gostam das “roupas periguetes” também gostam de uma mulher “sensual sem ser vulgar”, é bom que você aposte na segunda opção. Ps: eu adoro uma roupa justa e achava engraçado quando o homem pensava que eu era jogo ganho por causa disso e no final da noite não ganhava nem um beijinho rsrsrs. Quebrando estereótipos (a metida!).

Continuando o papo de produção: tenha higiene!! Tem gente que marca encontro para depois que saiu da faculdade ou do trabalho. Ok, nada contra e cada um com as suas limitações. Porém, se você for limpinho, cheiroso e sem pele ensebada é muitooo melhor. Nada como aquela pelezinha que acabou de sair do banho e aquele cabelo brilhoso depois de uma hidratação. Ah, eu particularmente não sou a favor de sexo no primeiro encontro para nenhum dos dois gêneros, porém, se você é praticante disso, vê se capricha na higiene íntima, bem como colocar uma roupinha íntima simpática, né? Não precisa ser cinta-liga e nem cuecão de couro senão até assusta o oponente rsrs, mas você entendeu vai! Ah, uma outra curiosidade: de acordo com uma outra enquete que fiz em nossa fanpage, em geral, as mulheres preferem homens depilados lá embaixo, fica mais bonito e é uma questão de higiene (ah, também falei sobre esse tema no post “Depilação masculina: fazer ou não?). Falar para escovar os dentes e passar perfume seria como falar que açúcar é doce, então vou pular essa parte para não gastar linhas à toa e não cansar (mais) as vistas de vocês rsrs.

Por fim, não fique falando sobre os preços das coisas que vocês estão consumindo: Não importa quem vai pagar a conta ou se vocês vão rachar a conta: é muito chato ficar falando sobre o preço das coisas. Como diz minha amiga: “que coisa mais de pobre!” rsrs. Ok, você pode ser pobre, porém, se esse for o caso, marque um lugar mais em conta para não ter que ficar reclamando dos preços. Se você for pagar a conta, pior ainda: fica parecendo que você é mal educado. Marque um dogão, um suco, rache a conta, faça o que quiser: mas reclamar de preço é algo que faz a outra pessoa se sentir desconfortável e pensar “por que não ficou em casa então?”. Ah, uma curiosidade: em uma outra enquete que fiz em nossa fanpage, a grande maioria das mulheres prefere que o homem ao menos se ofereça para pagar a conta. Se querem saber por que muitas mulheres preferem que o homem pague a conta aconselho ouvir o podcast “Pagar ou não pagar a conta?”, mas ouça até o final antes de ter um infarto e sair xingando todo mundo de “vagabunda interesseira e desempregada” rsrs.

E o que NÃO fazer no primeiro encontro?

Como saber se uma mulher está afim de você? Assista ao vídeo e aproveite para assinar o canal e não perder mais nenhuma atualização =)

E se você tiver medo de morrer sozinho e encalhado (a), esse vídeo vai te interessar mais ainda!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Mariana Molina

    kkkkkk Lu eu amei o texto!! Ri mto. Vou contar um causo aqui rs. Qdo eu ainda era gata boralheira rs uma amiga me apresentou a um rapaz. Ele já era pai, sabe aqueles ricos q o rapaz engravida a moça e as duas famílias se reúnem para decidir o q será feito? Pois é… Mas esse não era o problema, ele falava MTO q tava sem dinheiro e me pedia para pagar até o flanelinha kkkkk. To digitando no celular (um desastre rs). Já to providenciando uma internet decente para poder interagir mais aqui bjoo

    • Putz Ma!!! Eu também tenho um “causo” kkk: eu tive um peguete que eu pagava “rodoburguer” pra ele na rodoviária (quem morar em Brasília vai saber do que eu estou falando). Era um sanduba de um real + suco e o pior é que o treco era mó gostoso e caprichado!!! Minha amiga falava que não sabe como que eu nunca comi um rato junto kkkkkkkk, mas eu achava gostoso demais (alma pobre e gorda = eu na rodoviaria toda feliz porque tava enchendo o bucho). Pois é, aí eu pagava o meu e o do bofe (ao todo dois reais, muito caro como se há de perceber kkkk). Isso porque sou daquelas que acho super gentil o homem ao menos se oferecer para pagar a conta e defendi ferozmente a questão de pagar a conta no Podcast especial sobre o tema que postamos aqui no blog kkkk. É a vida me ensinando que antes de encontrar o príncipe engolimos alguns sapos por aí hehehe

    • Putz Ma!!! Eu também tenho um “causo” kkk: há anos atrás eu tive um peguete que eu pagava “rodoburguer” pra ele na rodoviária (quem morar em Brasília vai saber do que eu estou falando). Era um sanduba de um real + suco e o pior é que o treco era mó gostoso e caprichado!!! Minha amiga falava que não sabe como que eu nunca comi um rato junto kkkkkkkk, mas eu achava gostoso demais (alma pobre e gorda = eu na rodoviaria toda feliz porque tava enchendo o bucho). Pois é, aí eu pagava o meu e o do bofe (ao todo dois reais, muito caro como se há de perceber kkkk). Isso porque sou daquelas que acho super gentil o homem ao menos se oferecer para pagar a conta e defendi ferozmente a questão de pagar a conta no Podcast especial sobre o tema que postamos aqui no blog kkkk. É a vida me ensinando que antes de encontrar o príncipe engolimos alguns sapos por aí hehehe

      • josé

        Esse peguete inspirou a musica Le Le Le de João Neto e Frederico!
        Na musica o cara não tem dinheiro!rs

  • Guest

    Uma vez sai com uma garota para jantar a hora que garçom serviu os pratos ,o celular dela tocou!
    Ela ficou fofocando quase 20 minutos , depois de 10 minutos comecei comer e ela no celular !!!
    Quando eu estava quase terminado ela começou a comer !
    Ali ela cometeu 2 erros ! Primeiro foi ficar 20 minutos no cel com a comida mesa,segundo erro fofocar na minha frente !rs
    Falar sobre ex realmente e chato no encontro e tb nunca fale no primeiro encontro que tem um irmão que sente ciúmes ,principalmente se o irmão prática algum esporte meio violento ,não sei se me vc entende?

    • Mika

      Nossa, essa foi Federal… Garota mais sem noção!
      Aliás, celular devia vir com bula: Indicações, Contraindicações, Posologia, Superdosagem, Reações Adversas… rs.

      • Renata

        puts… redicula mesmo

  • Guest

    Uma vez sai com uma garota para jantar a hora que garçom serviu os pratos ,o celular dela tocou!
    Ela ficou fofocando quase 20 minutos , depois de 10 minutos comecei comer e ela no celular !!!
    Quando eu estava quase terminado ela começou a comer !
    Ali ela cometeu 2 erros ! Primeiro foi ficar 20 minutos no cel com a comida mesa,segundo erro fofocar na minha frente !rs
    Falar sobre ex realmente e chato no encontro e tb nunca fale no primeiro encontro que tem um irmão que sente ciúmes ,principalmente se o irmão prática algum esporte meio violento ,não sei se vcs me entende?

  • Mika

    Ótimas dicas, Lu. Eu ainda acrescentaria alguns detalhes meio óbvios, mas que nunca é demais lembrar:

    Num primeiro encontro ambos estão sob avaliação um do outro. Um segundo encontro, e outros mais, dependerão muito da impressão que esse primeiro deixar. Da sua parte, não perca o controle da situação.

    Tente falar menos e ouvir mais. Se o(a) acompanhante for tímido(a), conduza o diálogo. Jogue sempre uma pergunta no final da sua frase, obrigando-o a dar continuidade na conversa.

    Jamais discuta assuntos polêmicos no primeiro encontro. Religião, política, ex-relacionamentos, problemas de família, doenças e tragédias pessoais devem ser tratadas de forma o mais superficial possível. Se o acompanhante insistir, use o jeitinho e vá saindo pela tangente.

    Você deixa melhor impressão quando fala do presente e de projetos futuros. Evite falar das proezas do passado, a não ser que sejam breves, interessantes, engraçadas e pouco comprometedoras.

    No restaurante:
    A forma como você se porta à mesa diz muito mais sobre você do que se pode imaginar. O prato que escolhe, a forma como pega nos talheres, a velocidade com que come, como mastiga, os sons que emite, a atenção que dá ao acompanhante, nada passará despercebido. E você pode até duvidar, mas a avaliação que se faz aqui leva o(a) parceiro(a) a imaginar até como você se comporta na cama.
    Se você for mulher e sabe que é ele quem vai pagar a conta, evite escolher um dos pratos mais caros do cardápio. Faça bonito escolhendo um prato de valor um pouco menor ou igual ao dele.
    Independentemente de a conta ser divida, individualizada ou única, a boa educação manda que os valores totais de cada um sejam parecidos.

    Essa dispensa comentários: Beba o mínimo possível.

    Se você se dispôs a sair com alguém, é porque está interessado nele. Mostre a essa pessoa que no momento ela é sua prioridade. Desligue o celular ou deixe-o em modo silencioso. Se tiver que atender, seja o mais breve possível (2 ou 3 minutos são mais do que suficientes pra dispensar educadamente a pessoa que ligou). Se você é do tipo popular e seu celular toca constantemente, simplesmente desligue-o.

    Mesmo que o encontro não tenha sido tão bom quanto o esperado, e depois de todo o esforço a moçoila não liberou a periquita, saia à francesa. Leve-a de volta ao mesmo lugar onde a pegou. Pode parecer bobo o que acabei de dizer, mas já ouvi caso de mulher que foi largada numa rua qualquer, no ponto de ônibus, e até na porta do motel porque se recusou a entrar.

    • “E você pode até duvidar, mas a avaliação que se faz aqui leva o(a) parceiro(a) a imaginar até como você se comporta na cama. ”
      Caraca Mi, conte-me mais sobre isso!!

      • Mika

        Lu,
        Escrevi a frase baseada em minha experiência. Trabalho com atendimento a público, e por força da profissão vivo tendo primeiros (e únicos) encontros diariamente. As pessoas chegam, sentam-se, contam histórias da vida pessoal e familiar, normalmente verdadeiras, mas algumas vezes mentirosas.
        Em geral, a solução ou orientação em cada caso depende do meu conhecimento, mas também da minha capacidade de análise do que foi dito naquele momento. Essa é a única oportunidade que tenho com a pessoa, pois elas raramente voltam. Por conta dessa limitação, acabei desenvolvendo uma técnica de observação que não se limita ao que é dito, mas ao comportamento da pessoa enquanto fala (quase uma reprodução da série “Lie to Me”… rs). Observo muita coisa, gestual, entonação de voz, jeito de andar, a vestimenta, a forma como me tratam, como me olham, “ouço” nas entrelinhas. Várias vezes acerto a profissão antes que me digam, percebo inseguranças e atitudes de defesa, e até me distraio mentalmente tentando montar um perfil social e psicológico da pessoa.
        Todo mundo faz isso, seja intencional ou inconscientemente. É dessa maneira que julgamos pessoas com pouquíssimas informações. Gostamos ou não gostamos delas “de cara”. Avaliamos a boa ou má intenção por uma frase aparentemente inocente, mas acompanhada de um gestual não condizente com o que foi dito. Algumas pessoas captam isso muito bem, seja por dom natural ou experiência.
        Bjs.

        • Thomaz Aquino

          Muito bom ..Mi.. mas o primeiro encontro as vezes envolve uma certa ansiedade , então fica complicado uma analise de comportamento a princípio , por exemplo , se eu tivesse oportunidade de conhecer a Luíza . viu o rosto , linda Né , e o estilo , sem falar na mente brilhante .., sem duvida ..eu ficaria bastante ansioso para agradar ..e com isso cometer alguns deslises , a maioria das pessoas tem uma certa insegurança dependendo da importância, cuidado com os que só valorizam a si mesmos , eles são grandes atores e percebem a vida como um palco ….conseguem passar o que querem..simular emoções etc…. apesar de lidar com executivos poderosos o tempo todo , dependendo do que esta em jogo fico bastante ansioso e isso as vezes atrapalha meu desempenho …para demonstrar ,convencer ..negociar..

          PS. Luiza fica ai o convite ..rsrs ..Bjs

          • Mika

            Concordo, Tom. Acho que o primeiro encontro sempre causa ansiedade, e nem sempre é fácil disfarçar.
            Quanto a analisar o comportamento, ele é automático, embora as chances de erro sejam maiores. Certamente, você sai dessas reuniões com uma opinião formada de cada um dos participantes. E nem precisou fazer esforço pra isso, captou características de cada um sem perceber (por ex: um é mais tímido, menos falante, cauteloso, outro mais arrojado, confiante, otimista, etc). Os encontros amorosos acontecem da mesma forma.

          • Thomaz Aquino

            SIm ..da perceber mesmo…vou te contar um segredo ..pessoas que não olham diretamente a voce , no seu rosto..esta se esquivando , no caso de mulher tudo bem ..timidez mas no caso de Homem..pode ficar com pé atrás..pessoas sinceras sem maldade não esquiva o olhar..e sim…$ claro..mas não tem graça comprar ..o legal é usar coisas maneiras pra conquistar e ter o melhor da pessoa , pra comprar é só entrar em sites ..tem gente linda lá ..mas deve ser um porre de estar com elas…kk
            o bom esta no jogo de seduzir…a conquista , depois só pra testar contar uma Historia triste ..perdi tudo num negocio..e ver se a pessoa mesmo assim fica com voce e ainda paga tudo…kkkk como fez a Luiza e amiga ..kkkkk ..é tenho que tirar o chapéu pra caras que sabem seduzir ao ponto de fazer as mulheres pagarem as coisas ..mas tem ser só um tempo..depois se ela cpassar no teste ..ai se eu puder dou o dar o mundo , a Lua as Estrelas e se precisar morro por ela…..rsrs

          • Mika

            Também não gosto de conversar com uma pessoa e ela não me olhar na cara. Fico incomodada.
            E história triste nos primeiros encontros são brochantes… rs. Se saio de casa pra me distrair, não quero ouvir nada que me ponha pra baixo. Não sou do tipo que foge dos problemas, mas tem hora e lugar pra falar sobre eles. Fico com um pé atrás se a pessoa começar a falar muito sobre os “pobrema da vida”. Já fico achando que ela vai jogar alguns no meu colo pra ver se eu resolvo… kkkkk
            Há muitos anos atrás tive um namorado que também tentou me aplicar o 171. Pediu 40 Reais (a moeda era outra, mas o valor era equivalente) emprestado pra ajudar a pagar a gasolina. Justo “pra cima de moi”, que na época ganhava pouco mais que salário mínimo; e o cara ainda era médico, tinha carro do ano e família abastada. Adivinha se eu dei! kkkkkkkkkkkkkkkk

          • Thomaz Aquino

            Oii Mi ..vou comentar a sua ultima postagem por aqui ok..
            Mulher pedir ou deixar algo a pagar pra um cara ..ja é chato …mas homem pra levar mulher pra cama ..faz de tudo . só que depois que consegue começa a cortar..kkkk
            Agora mulher pagar coisa pra Homem que mau conheçe ai é um absurdo , mas hoje em dia aconteçe , devido a indepência financeira das mulheres , esse papo de igualdade..os supostos Homens se estão se aproveitando disso ..não se fazem homens como antigamente., mas quem será que mudou primeiro , os Homens ou as mulheres, na moral nos valores e tudo mais…só sei de uma coisa foi o poder econômico empurrou a mulher pra isto e fizeram o trabalhador a engulir isto , claro dois trabalhando a preço de um…e os filhos que fiqeum com babas creches e ferr-se a famila e todos os conceitos pertinentes.
            Mulheres deveriam ser joias da sociedade , valorizadas , poupadas , paparicadas , protegidas ..simplesmente por que o dom de ser Mãe e as crianças dependem delas pra serem feliz. As vezes me chamam de machista , mas não me acho machista , a 30 anos ninguém via jones de 18 anos pedindo esmolas em is em tudo quanto é lugar , sem falar os que se tornam bandidos. Isso tudo teve um principio ..O Homem cuidar da mulher e dos filhos.
            Se observar , cada vez mais bens de consumo , foram sendo valorizados , enquanto o ser Humano desvalorizado , em todos os setores..ex.hoje uma adolecentes tem acesso a sites pornos pela net..onde elas comparam físicos , membros ..etc.. claro que irão querer uma coisa parecida ..se afastando dos valores que seria certos..ou seja o caráter do cara será o menos importante..pior que isso contamina de um jeito que é difícil haver retrocesso.Isso não deixa de ser consumismo..existe uma industria voltada a isso…assim como inúmeros bens de consumo empurrando a todos ao abismo..gerando violencia drogas .etc.
            Ai voce ..puxa só porque os Homens resolveram pedir pra mulher pagar algo…rsrs
            Tudo tem um começo…as mulheres davam muito aos Homens antes de elas pagarem por algo..

          • Mika

            Concordo com tudo o que disse, Tom. Só não entendi isso:
            “Ai voce ..puxa só porque os Homens resolveram pedir pra mulher pagar algo…rsrs”

          • Thomaz Aquino

            Sim…o que quero dizer é que o Homens lá traz ,( mulher pagar a conta) foi um resultado somente de um processo , resolveram deixar a mulher nesta posição , de pagar ..pagar…e homens ficam cada vez mais irreponsáveis, alienados. vez de cuidar da mulher para que ela possa curtir os filhos pequenos ,com tranquilidade educar ..ou seja , ferrou com as familhas , casamentos etc..e hoje temos isso ai que todos vemos alienação parental entre outros problemas da sociedade..claro que tudo isso pelo retentores do poder economicoda época , com finalidade de lucrar ..mais e mais a custas de pessoas ..desapercebidas .Achando que era emancipação das mulheres…é a midis faz milagres, e hoje a mulher não tem mais escolha…

            Em 5 de dezembro de 2013 21:56, Disqus escreveu:

  • Alessandro Garçom Sentimental

    Bem, algumas dicas da perspectiva masculina:
    Ansiedade e nervosismo são as raízes dos maiores erros que você pode cometer. E eu sempre estranhei alguém orientando alguém a ficar calmo! Como a pessoa ficaria calma apenas com um pedido seu? Você tem que acalmá-la, mostrar o que ela não está enxergando. Claro que são sentimentos normais, e acho até bom que você sinta um pouco. Mostra que a pessoa é relevante, o que no meio de tantos relacionamentos descartáveis, é um alento.
    Então, o que posso dizer para diminuir um pouco a ansiedade e o nervosismo? Simples: Esqueça que é um encontro para fim amoroso, e pense apenas em conhecer uma pessoa legal! Você ficaria nervoso se fosse na casa de uma tia, ou ao conversar com sua mãe ou irmã? Esqueça que “o jogo vale taça”, e vá apenas para conhecer uma amiga!
    Não deixe faltar assunto! Muitas vezes, o silêncio falará mais que as palavras. Mas não nesse momento! Eu tenho uma estratégia, que é a “sabedoria da ignorância”. Você, que trabalha de programador em uma software-house, chamou atenção daquela físico-nuclear-neuro-cirurgiã-nas-horas-vagas. Você não entende muito do que ela faz, mas em vez disso ser uma limitação, pode ser um benefício! Apenas diga que não é da área dela, mas que gostaria de saber. Pronto! Você terá duas horas de conversa, com ela explicando o dia-a-dia dela. Isso também é uma oportunidade de conhecê-la melhor. Claro, mostrar um pouco de conhecimento também ajuda. Tenho impressão que isso aproxima as pessoas. Como falar para sua amiga cirurgiã que acha impressionante que os egípcios já faziam cirurgias cranianas milênios atrás.

    Seja engraçado. Já ouvi dizer que quem faz a mulher rir, “já ganhou”. Discordo disso, mas lembrando a primeira dica, o principal é proporcionar uma experiência legal para ela, onde ela se sinta bem e a vontade. Por isso, fazê-la rir é uma estratégia interessante.

    • Thomaz Aquino

      Concordo..e sempre falar de coisas agradáveis ..como lugares..música , gastronomia..emoções ..natureza e todos os assuntos legais de compartilhar…..fale superficialmente de trabalho ..só a parte boa..nada de conversa chata no primeiro encontro..ele deve ter suavidade…e talvez depois pegada…rsrs

  • Aninha

    Gente…. queria um help!!! rsrs…. Voltei a sair agora, depois de muito tempo namorando. Eu ainda gosto do meu ex, e acabo não vendo graça em nenhum carinha. Mesmo assim, por sugestão de amigos, tenho me forçado a sair com outros rapazes a fim de ver se desencano do ex. Juro por tudo que é mais sagrado que não toco no nome do dito-cujo em nenhum momento e nem mesmo faço referências a ele nas conversas.
    Tô fazendo certo ou tenho que desencanar de vez antes de dar esperança a alguém?

    • Luiz Oliveira

      Hunnnnnnnnn, xuxu complicou!!!
      Seja honesta com o seu pretendente e diga isso a ele. Acredito que seja justo, se ele realmente te deseja, vai desenvolver alguma tecnica ninja para facilitar o sentimento mutuo e talz, agora se ele não “curtiu” vai ter outra atitude.

      Sempre é bom se resolver, gostar de ex é gostar de passado, quem gosta de passado é minha avó, museu e alguns saudositas(tipo eu) principalmente se o ex moço querido continua com a vida a fora!!!
      A felicidade depende de você, viver no presente pode te ajudar!!!!

      Boa sorte e aproveite pois o momento da conquista e o fogo da paixão é uma sensação maravilhosa!!!!!!

      • Aninha

        Obrigada pelas dicas, Luiz! Queria ter um botão ‘delete’ na minha cabeça pra deixar de pensar nesse ex, viu?! Mas só o tempo pra me mostrar que sempre há recomeços e que não adianta blindar meu coração pq uma relação não deu certo.

    • Alessandro Garçom Sentimental

      Só complementando o que o Luiz frisou: Como assim, “dar esperança”? Você mente para alguém que quer algo sério, ou quer namorar? Se não fala, não se preocupe com isso: Não está dando esperanças a ninguém! Aliás, em relacionamentos adultos, isso não existe! Cada um é responsável pela própria entrega, exceto em caso de promessas vazias e mentiras. Se você fica com alguém e a pessoa já te imagina como noiva dele, isso é problema dela. Aliás, é cada vez mais surpreendente a reclamação de marmanjo dizendo “a pessoa me usou”. A pessoa fica com outra por vontade própria, se ilude e acha a outra pessoa responsável por suas próprias ilusões! Francamente! Aninha: Permita-se! Curta, tanto sozinha quanto acompanhada, e não deixe ninguém forçar você a fazer o que você não quer. Se der errado, elas vão sofrer por você? Aposto que não.

      • Aninha

        Garçom, fiquei muito tempo ‘fora do mercado’ e agora que voltei fiquei chocada com a quantidade de caras carentes!!! Não sei se é porque realmente não quero nada sério por enquanto e eles querem provar que são os “bonzões” e que vão mudar minha mente ou se estão me vendo de uma forma mais legal do que eu própria me vejo…. Achei que só mulheres agiam dessa forma!!! rs
        Não prometo nada para ninguém, pq sei o quanto é ruim estar do outro lado. Mas mentalmente fico comparando o finado com o cara que está na minha frente… o jeito de falar, os assuntos, sabe?! Acho que meu bode ainda está amarrado nele…….. kkkkkkk….. Isso tem remédio??

        • Alessandro Garçom Sentimental

          Hahah… De fato, tem muito homem carente mesmo. Mas cuidado: Pode ser apenas um truque de sedução (Eles dão o que as mulheres querem em busca de atingir seus objetivos. E o que muitas querem é saber que tem alguém que pensa nela de forma séria. Mesmo que isso não seja verdade) E comparações são normais, embora não sejam saudáveis. Mas não pedirei para você colocar uma pedra sobre esse assunto. Além de ser inútil, pensar nele mostra para você mesma que você tem coração. Queria eu ter feito diferença para outras pessoas depois do fim.

          Você pensou, viveu uma vida com ele, e agora precisa pensar sua vida sem ele. Complicado? Não, bastante simples. Fácil? Não, extremamente difícil! Mas começa por você se ocupar de coisas que te fazem bem. Já pensou em viajar? Ajudar outras pessoas, aprender alguma coisa como cozinha de alto nível, esquiar, mergulhar, alpinismo, dança, música… Atividades que o ser humano TEM que ter, independente de ter alguém ou não. Ok, sei que muitas coisas lembrarão ele. Mas é seguindo sua vida que você verá que existe um mundo lá fora além dele. Esse acredito que seja o melhor remédio. Mas caso quiser, tem as palavras do Matogrosso e Mathias:

          https://www.youtube.com/watch?v=aC0jp0lIgVE

          • Luiz Oliveira

            É meu povo!!!! Estamos ai, adoro carinho, mas não pegue no meu pé!!!!rs

          • Aninha

            Ah, Garçom…. pode ficar tranquilo que fiz isso mesmo! Me matriculei na academia, no inglês, fiz novas amizades, viajei, fui a baladas que não conhecia, mudei de visual e por aí vai. Mas o relacionamento foi muito bom, mesmo separados torço muito por ele, afinal foi bastante tempo de convivência e não podemos simplesmente deletar tudo por conta do fim. Penso nele com saudosismo e às vezes até nos falamos. Logo o mesmo destino que nos separou vai se encarregar de colocar outras pessoas em nossas vidas.
            Mas essa música dilacera meu coração…….. aliás todas as de dor de cotovelo parecem que se encaixam em minha história! rsrs….. Mas aquele baque inicial já ficou para trás e agora acho engraçado prestar atenção na letra porque mostram como todos nós, apesar de nossas diferenças, no fundo somos todos iguais!

          • Alessandro Garçom Sentimental

            É isso aí! Tempo ao tempo!
            Eu uso bastante letras de música para explicar as coisas. Afinal, garçom ouvem música no trabalho!

            Abraços, e se precisar, estamos aí.
            Garçom

          • Luiz Oliveira

            Ahhhhhh manooooooo!!!
            To curioso.
            Quem será esse trovador solitario chamado de Garçom!!!

            rs

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Hahah… Fala Luiz!
            Não espere muita coisa não. Sou um cara comum. Profissão comum, gostos comuns, vida comum. Só que uso um pouco da minha experiência para ajudar as pessoas, como você está fazendo comentando aqui. Simples assim.

          • Luiz Oliveira

            Grande Garçom
            Se esta conseguindo ajudar e despertar a curiosidade das pessoas, muita humildade a sua!!!

            Em comum meu amigo, agradeça, você não tem nada!!!!

            rs

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Vamos dizer que eu sou um garçom sim, mas um garçom diferente, ou como diria Altemar Dutra, um Garçom:

            http://www.youtube.com/watch?v=JJvqNvEQVP8

        • Thomaz Aquino

          Desculpe me entrometer na conversa…só queria salientar o que o Garçom disse sobre carência…hoje em dia os caras aprenderam a tirar proveito das mulheres , alem da cama , acham que tem os mesmos direitos de isso ou aquilo , então alguns se passam por coitadinhos carentes para conquistar, , por isso investigue os fatos antes de acreditar ,Qt ao seu ex , se deixou sdd é por foi bom.. mas tem mais por ai, é só ir escolhendo..em quanto compara..qualquer hora aparece um pra te fazer esquecer..

  • Thomaz Aquino

    È isso LU…kk se usar roupa de periguet , a maioria só vai querer cama , sexo casual ..claro..mas tem cara que adoram viver perigosamente ..,namorar periguets , até casam..se ferram mas casam..kkkk gostam de viver perigosamente..eu mesmo já namorei e casei com uma..kkkkk… mas se surgir eles sofrem e claro o Pai também…esse é o maior risco …ouvir lamentação é um saco ..ninguém mereçe..falar de contas affffffffffffffff

  • Jhonny Sygnal

    Porque os homens devem ter cuidado com as mulheres e as mulheres não podem ter cuidado com os homens ??
    E durante o namoro o homem pagar tudo? Sendo assim, o namoro pra um homem é um fardo e pra mulher é uma maravilha, rs por isso as mulheres sempre estão doidas pra namorar e casar.
    Homem que namora é perdedor.
    Ademais, se uma mulher quer que o homem pague a conta, qual a diferença dela pra prostituta? A prostituta é mais bonita e faz mais gostoso né kkk

    Engraçado que as mulheres querem se livrar dos seus papéis tradicionais, mas querem que os homens mantenham os deles de provedor, protetor e defensor da mulher, idosos e crianças.
    Homens, libertem-se de seus papéis tradicionais !

  • Mariana Tavecchio

    Eita Lu, não conhecia seu site ainda, acredita?

    Super amei tudo aqui, não consigo parar de ler, rsrs

    E tive que comentar esse texto, excelentes dicas. Muito bacanas e já vou usar hj num encontro que tenho com um gatinho rsrs

    Beijos do cursomaquiagempelenegra.com