Ele é casado, mulherengo e fala que só eu faria ele mudar de vida!

22

Leitora: Oi! Estou vivendo um momento especial em minha vida, reencontrei um amigo (paixão) de infância. Tivemos uma troca de bilhetes aos nove anos de idade, nos afastamos por mudança de endereço, nos reencontramos aos 17, “ficamos” e nos afastamos novamente. Ambos casaram com outras pessoas, tivemos nossos filhos, me separei e ele veio me procurar. Há 15 anos não nos víamos, mas sempre tivemos notícias um do outro. Ele continua em um casamento de fachada e disse q eu seria a única que faria ele mudar de vida, largar o casamento. Só há um problema: ele é mulherengo. Isso ele também fala em mudar, já que eu sou a pessoa que ele sempre amou. Não sei se vou ter paz ao lado dele, se vou conseguir confiar no amor dele por mim e consequentemente na mudança. O que faço?

Ele é mulherengo e diz que sou a mulher da vida dele

Olha, me desculpe a sinceridade, mas eu não costumo botar muita fé nessas firulas de homem do tipo: “você é a única que me faria fazer isso, você é a única que me faria ser aquilo”. Isso me soa mais como papo de pegador, pois, como já dizia Shakespeare: “os homens de poucas palavras são os melhores” e noto que a maioria dos homens pegadores adora conquistar a mulher pelo ego e a tática aqui consiste exatamente em fazer a mulher se sentir única. A impressão que tenho é que o órgão que um pegador gosta mais de acariciar em uma mulher são os ouvidos com palavrinhas de seda e elogios de veludo.

Eu vou aqui ser bem objetiva com você : quando um homem, que já está em um relacionamento,  se aproxima de outra mulher dizendo que quer construir com ela uma relação, a coisa mais sensata que essa  mulher deve fazer é pedir para que ele resolva primeiro suas questões e pendências com a atual companheira para só então vir propor algo a ela e somente, a partir disso, aceitar algum tipo de envolvimento com esse homem. Porque se não for assim, você estará embarcando em uma relação onde seu companheiro não está totalmente com a companheira dele, mas também não está completamente com você, desfrutando da cômoda situação onde fica com duas mulheres e, no final, não está inteiro para nenhuma das duas.

Caso peça isso a ele e notar alguma resistência nele em por um ponto final no casamento para ficar com você, fique certa: esse casamento não é tão de fachada assim. Se isso acontecer, fachada mesmo é o que ele diz a você porque pense: se o casamento dele está falido, por que apresentaria resistência em acabá-lo? Sim porque se o casamento dele está ruim, mesmo que vocês não deem certo, ele não estará perdendo grande coisa por ter posto um ponto final no matrimônio, uma vez que ele já tava no vinagre. Depois, né, que se é mesmo verdade essa história dele de que só você o faria largar a atual mulher, ele não verá problema algum em cumprir essa “exigência” para iniciar um relacionamento com você e acredito que isso já seria uma bela demonstração de sentimento da parte dele, pois acredito que amor não se prova por palavras, mas através de atitudes.

Quanto a ele ser mulherengo, não dá para saber se ele irá abandonar esse costume de pegar várias por você. Sinceramente isso é algo que você terá que pagar para ver porque percebo que há dois tipos de mulherengo: o cara que só é assim por ainda não ter encontrado a “Margarida” dele e o que é mulherengo por não conseguir se manter fiel à nenhuma mulher, nem mesmo à que ele ama. Minha mãe mesmo tem uma amiga, cujo marido antes de começar a namorá-la, tinha três namoradas e, quando decidiu iniciar um namoro com ela, imediatamente acabou o romance que tinha com as três namoradas para ficar com ela e viveram 35 anos juntos. Então, esse último caso, poderá muito bem ser o de vocês (ou não!). Terá que arriscar para saber.

No entanto, se iniciar um relacionamento com ele e perceber que ele ainda guarda a velha mania de ciscar em outro terreiro, caia fora o quanto antes e não espere o segundo chifre para ele mudar, pois muitas vezes, como dizia do alto de sua sabedoria Shakespeare,“nada encoraja mais o pecador do que o perdão”, ainda mais ele que já tem um vasto histórico de galinhagem. Agora, também não vale encarnar a neurótica e ficar querendo ver traição em tudo, porque se começar a agir assim, além de estar perdendo a sua paz, estará tirando a dele também e aí não tem relação que resista. Então, o ideal seria você avaliar se tem cabeça e maturidade suficiente para entrar em uma relação com um homem que tem um passado amoroso tão “nebuloso” como parece ser o dele.

Beijos e boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Colaboradora do Pergunte a uma Mulher. 25 anos, formada em Direito, adora assistir a um bom filme, apreciar uma boa música, ler um bom livro em uma tarde ensolarada e fresca, escrever sobre suas impressões do mundo e observar e refletir sobre a vida. Afinal, "sei lá, sei lá, a vida é uma grande ilusão. Sei lá, sei lá, só sei que ela está com a razão".

  • Luiz Oliveira

    Coragem para quem tem!!!!!
    Complicado falar nesse caso!!!!!
    rs

  • Alessandro Garçom Sentimental

    Boa resposta, Fabíola. Mas fiquei sem entender uma coisa: Se ele está em um casamento, e falando em largar para ficar com você (Aliás, sempre a mesma desculpa? Quando é que vocês mulheres vão aprender?), como assim ele é galinha? Como se manifesta a galinhagem dele? Ele flerta com outras mulheres? E será que elas não ouvem a mesma coisa que você ouve?

    Como a Fabíola bem frisou, as atitudes dele dirão mais que as palavras. E desculpa: Não dá para acreditar na seriedade das intenções de quem não respeita a própria mulher ou a que ele diz que ama. Qual a desculpa? O filho? Conheço tanta gente casada que se separar sem trair e nunca deixa de ser pai da criança.

    Já assistiu “Cidade dos Anjos”? Lembra da atitude do Seth? Ele sacrifica sua eternidade por amor, sem garantia nenhuma de que a amada o aceitaria. Para mim o paralelo é perfeito para vida real: Quem ama “se joga” no relacionamento, sem esperar nada em troca, sem garantia de que a outra pessoa o aceitará. Apenas faz o que acha certo. Por amor.

    https://www.youtube.com/watch?v=NdYWuo9OFAw

  • Beatrice

    Que situação, hein?! Sei bem pelo que você está passando, Leitora! Também tenho idas e vindas com um amor do passado… A diferença é que somos solteiros, mas o destino sempre parece colocar empecilhos na nossa vida, parece até coisa de filme! Se for colocar o coração da história e considerar todo o romantismo que criamos em volta de homens dos quais não conseguimos nos desvencilhar, eu pagaria para ver… Mas estamos no século XXI e somos muito cobradas para sermos espertas e desprendidas do coração. Neste caso, a razão entra no jogo e de acordo com os conselhos aqui recebidos, o certo seria pular fora para que você não crie esperanças e se machuque.
    Não sei de todo o desenrolar da história de vocês, mas independente dos conselhos que receber por aqui, tenha sempre em mente que sua felicidade depende única e exclusivamente de você! Nunca a coloque em modo de espera por conta da indecisão de outra pessoa. Tenha uma conversa séria com ele, diga sinceramente o que pensa sobre a situação e o que espera dele. Feito isso, vá viver sua vida, cuidar de você, sair, conhecer gente nova e dê um gelo nele. Desta forma você vai perceber de acordo com as atitudes dele o que ele realmente quer, sabendo que você fez a sua parte. Boa sorte!!!

    • Alessandro Garçom Sentimental

      Beatrice,
      Vou aproveitar seu gancho para explicar, acho que não deixei claro. Não sou a favor da pessoa pular fora imediatamente. Mas sim, cobrar uma posição para uma situação que está favorável para um lado só. Sim, é cômodo para ele continuar essa situação, enquanto a leitora sofre. Mas de qualquer forma, como você bem frisou, nada de colocar uma decisão fundamental para sua vida na mão de outra pessoa. Se ele falar “Ah, preciso resolver umas coisas antes”, dê toda liberdade de fazê-lo, mas não pare sua vida um segundo para isso. Se ele resolver de fato o problema e voltar querendo algo sério, aí será uma situação nova, que pedirá uma nova análise. Pode a vida da leitora ter seguido e ela não querer mais, ou simplesmente ter pensado e chegado a conclusão que não vale a pena, ou aceitar ter um relacionamento com ele. O que não pode é perder tempo de vida esperando essa decisão.

  • Samuel

    Mente pra mim, mente que eu gosto, quanto mais você me ilude mais eu te adoro …. shahuahshshuashuhusuhsahus

    • Zumnupy

      Quanto mais eu leio as coisas por aqui. Mais eu chego a conclusão que mulheres são masoquistas, adoram sofrer.

      Buscam emoções fortes nos relacionamentos. Tenho certeza se o cara largar a mulher pra ficar com a leitora que enviou a dúvida, ela enjoa dela rapidinho.

    • Cachaceiro

      É isso aí mesmo BROW, mulher gosta de idealizar sonhos e não da realidade, talvez porque essa seja entediante, vai ver que quando viver junto com o cara, não vai ser lá aquelas coisas e viver assim no “me enrola, enrola” é muito mais excitante, mais por criar expectativas do que qualquer outra coisa.

  • Mika

    Minha opinião:
    A mulher dele deve ser ruinzinha de cama, ou sexo na casa dele deve ser igual camarão de empada. A gente sente o cheiro, mas o bichinho, que é bom, nada…
    Aí, toda hora ele pula a cerca pra buscar o que a mulher regula. Depois que se satisfaz, volta pra casa feliz da vida, pro aconchego do ninho, pro arroz com feijão gostoso que a patroa faz (literalmente), pro cuti-cuti dos filhotinhos.
    Tem muito homem nesse mundo… seja esperta e pegue um livre e desimpedido. Esse aí só vai te fazer sofrer!

    • Alessandro Garçom Sentimental

      Sabe o que é pior, Mika? As pessoas aceitarem menos do que elas fizeram. Olha só, ela se separou, mesmo tendo filho, o que sempre é complicado, independente do gostar ou não. Ela teve coragem, saiu da sua zona de conforto, e separou para viver a vida dela. Aposto que ela pensou no cara durante esse momento. Mas aceita que ele não tenha a mesma coragem e força que ela teve! As pessoas acham que dá para entrar em um relacionamento gostando sozinhas.

      • Mika

        Homem que não presta tem um faro excepcional pra mulher carente. Elas são presas muito fáceis. Se houvesse opção melhor pra ela nesse momento, com certeza ele seria descartado.

        Amores da adolescência costumam ser idealizados e imaturos, e quando não são resolvidos na época, costumam ficar num “limbo” à espera de solução (a concretização ou a decepção). Enquanto a pessoa não encontrar alguém com quem possa viver um relacionamento afetiva e emocionalmente equilibrado, esses fantasmas do passado ressurgem como alternativa viável nos momento de frustração, depressão e baixa autoestima.

        Independente de como a leitora se sinta no momento, tem plena consciência de que esse homem está longe daquele com quem ela se relacionou lá atrás. Mesmo assim, ficou balançada com uma proposta que teria sido imediatamente rejeitada se tivesse vindo de outro. Embora ela seja inteligente e suficientemente calejada pra saber que a probabilidade de ele mudar é pequena, a emoção a faz acreditar que o amor que ele supostamente sente por ela poderá produzir esse milagre. Parece-me que quer tirar a prova dos nove.

        Está apostando no azarão…

  • fim das amantes

    primeiro já teria se separado, e estaria desimpedido…não acredite em mentiras…cai fora…

  • Guest

    Um poema que encontrei ,mas final e diferente no seu caso !

    Amor de infância
    Das promessas que lembrei dos tempos de antigamente
    ficaste me devendo o teu amor de criança…
    Um dia, a muitos anos atrás
    e levada por nossas brincadeiras de todo dia
    juraste amor eterno a mim,
    fazendo desabrochar assim
    o meu grande amor infantil por ti..
    e que eu, alegre e feliz, guardei a sete chaves
    dentro do meu coração…
    O tempo passou, tu cresceste e eu também
    mas..nunca mais te encontrei
    e perdida nos meus sonhos de menina adulta
    fiquei e chorei, tentando apagar o que foi um dia
    o meu grande sonho da infância…
    Tomamos rumos diferentes
    vidas tão distantes..
    porém, tu ainda estava lá nas minhas lembranças..
    mas, sábia vida..sem querer te achei
    numa cidade qualquer, num dia comum
    cruzando uma rua, alegre e sorrindo…
    e eu, ali fiquei, não acreditando naquilo que via..
    que depois de tantos anos eu havía te encontrado
    abraçado a outro alguém cujo coração
    a este promeste muito mais que ao meu…

  • Jéssica

    Tô vivendo a mesma situação, amiga. Ele terminou comigo, mas vive me procurando. Sempre que conheço um homem diferente, que me interesso um pouco mais, parece que o ex-fantasma percebe e volta a me rondar. Acho que é um sinal dos céus para que eu pare tudo e volte correndo pra ele. Quando minha cabeça está quase esquecendo, ele volta, ficamos juntos e caio de novo no abismo. Me sinto idiota por ter caído mais uma vez, mas quando estamos juntos fico tão feliz.
    Sempre é ele quem me procura, e mesmo depois de nossos encontros não ligo nem mando msgs pra ele, mas morro por dentro. Sei que deveria resistir, mas não consigo me envolver com ninguém! Já fiz o que te disseram pra fazer: ignorar, dar um up na minha vida, mudar de rotina e ambientes, mas aonde quer que eu olhe sempre penso nele, parece até que falta um pedaço de mim. O que vivemos foi muito intenso e para não magoar as pessoas que me amam tento não deixar isso transparecer para ninguém. Tem dias que parece que vou ter um treco de tanto que escondo isso, sabe? Minha vida parece sem graça, sem sentido… mas estou sempre com um sorriso no rosto, me fingindo de forte. Rezo, peço a Deus pra me ajudar, mas ele está sempre nos meus pensamentos. Será que estou surtando?

    • Alessandro Garçom Sentimental

      Jéssica,

      Ok, você tenta se envolver com outras pessoas, cuida para que as pessoas do seu lado não sofram, deu uma movimentada na sua vida… E o espelho? Quando você olha nele, vê a pessoa que você queria ser? Está contente por nessa etapa da vida estar vivendo isso? Tudo é uma questão de expectativa, menina: O que eu quero ser? O que estou fazendo para chegar nesse objetivo?

      Bem, acho que você devia conversar com a Joanna. Ela já passou por essa situação e tem uma palavrinha para você:

      http://www.youtube.com/watch?v=eoh17YGf4vo

      • Jéssica

        É igualzinha minha vida mesmo…… Que coisa triste. Garanto que se alguma amiga minha viesse me contar a história que contei aqui indicaria um psiquiatra para ela sem pestanejar! Parece até macumba, porque por mais que eu tente me livrar disso tudo e virar a página, é mais forte do que eu. Essa deve ser a sensação que um viciado tem pq sabe que está fazendo errado, que não deve, mas a mente não consegue deixar de pensar nisso. Acordo no meio da noite pensando nisso e perco o sono. Tenho certeza que ele não merece 1/10 disso e isso me deixa ainda mais irada.

        • Alessandro Garçom Sentimental

          Jéssica, mas a solução está em você!
          Dizer “não” é difícil… Mas é simples. Uma ajuda profissional pode ajudar sim (Meu negócio é servir mesas!), mas ainda assim a solução estará nas suas mãos.
          Você é uma boa pessoa, prova de que sabe que está vivendo um erro e quer consertar, mas está na hora de fazer o certo… Porque é o certo! Acredite, quando isso acontece, o universo conspira a seu favor. Novos amores, novos valores. Imagino que você se sinta um brinquedo nas mãos dele, que sempre que ele quer você está disponível. E na prática é isso (Ele pode fazer até inconscientemente, mas faz)! Se você ouvisse da boca dele, com certeza você acordaria. Mas com certeza em vez disso deve ter ouvido muito “Mais eu gosto de você”, “Estou confuso” (Acredite, eu sei bem disso, e não é porque eu li o manual não). Pois bem, o que você precisa para acordar, a verdade, não ouvirá da boca dele, porque ele perderia a chance de estar com duas mulheres. A situação está cômoda para ele. Só você está sofrendo. Percebeu isso? As pessoas não tem idéia da força que tem. Você pode dizer não, você pode arrumar uma história honesta para você. Basta querer. Claro, você quer, senão não estaria aqui ouvindo alguém que só anota pedidos. Mas essa vontade de fazer o certo tem que ser maior que o comodismo de ter uma pessoa. Porque na verdade, você não tem.

          Abraços,
          Garçom

          • Jéssica

            É…. tenho que entrar pra rehab mesmo! rsrs…. Palavras são lindas, mas o que importa de verdade são as ações. E ele não tem tomado as atitudes que esperaria de um homem com quem gostaria de dividir minha vida. O que passou, passou e depois que terminamos nosso namoro, não posso me conformar com migalhas. Realmente sinto vergonha dessa situação que estou me submetendo, e isso por si só já seria motivo para que eu largasse mão desse rolo todo.
            Como você disse, sei que não é fácil, mas o primeiro passo é o mais importante. Sei que estou errada, não quero mais isso para mim, agora é tomar uma postura condizente com o que espero para mim. Um pouco por dia que deixar de pensar nele e no que vivemos, ao final de uns dias vai ser tão pequeno que não vai mais importar e me fazer perder o sono. Um dia de cada vez….. “só por hoje”!
            Aproveitando que o ano está acabando, tá na hora de fazer uma faxina geral e jogar fora o que não serve mais. Só assim abrirei espaço ao novo na minha vida e no meu coração.
            Obrigada pelos sábios conselhos!

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Parabéns, Jéssica. E uma última palavra: Não sinta vergonha do que fez. Passou, você aprendeu. Acredite: Um dia ele irá olhar para trás e verá o que perdeu. Terá vergonha de não ter se comportado como homem de verdade.
            Sucesso, e se precisar de uma porção e uns drinks, estou aqui 😉

    • Carla

      Eu te entendo. Não é fácil virar as costas e ficar pensando em como teria sido se…