Me acho horrível de gordo para uma mulher querer algo comigo

81

Leitor: Olá, tenho 23 anos de idade e nunca tive um relacionamento. Não me incomodava, porém cada vez mais adentro a vida adulta, vejo todos os amigos se relacionando, amando. Sou gordo, me acho nojento. Odeio minha personalidade. Me vejo como um figurante. Tenho muitos amigos que gostam muito de mim (não consigo ver por quê). Tenho raiva de mim mesmo por admitir, mas acho que preciso de uma pessoa do meu lado. Além de tudo, sou virgem. Não sei se me relacionando com alguém teria coragem de contar. Acho humilhante. Às vezes me vem esperança, mas logo se vai. Não entra na minha cabeça a ideia de conseguir a mulher que quero. Infelizmente não me acho merecedor. Me acho um lixo. Feio. Um nojo. Ridículo.

Sou uma pessoa sociável. Tenho muitos amigos. Não tenho problemas em falar com mulheres. Mas acho ridículo eu chegar em alguém ou demonstrar interesse. Sou horrível de gordo. Sou um nada. Já ouvi muito o argumento de que aparência não importa, mas não é isso que eu vejo. Infelizmente.

Me odeio por ser gordo

Eu não ia selecionar a sua pergunta porque já temos muitos posts no blog falando sobre autoestima e cia (inclusive recomendo seriamente uma busca por aqui depois que você terminar de ler essa postagem!). Porém, esse negócio de “ser gordo” me chamou muito a atenção por alguns motivos que você conhecerá ao ler essa postagem e que já adianto: nunca contei tanto sobre minha vida como fiz nesse post, mas resolvi assim fazer porque acho que, muitas vezes, o exemplo pode funcionar melhor do que as palavras.

Sabia que eu já fui mais de 10 quilos mais gorda? Pois é, e eu sentia o mesmo que você: achava que ninguém ia querer nada comigo porque eu era gorda, pensava que ninguém gosta de gordo e o resultado disso? Bem, fiquei triste por um bom tempo, com raiva do mundo e xingando geral (por dentro, claro, estilo “a revoltada” kkk). Eu não era obesa sabe, mas era gorda o suficiente para ficar muito triste, até porque vida de mulher não é fácil e convenhamos que, ainda que muita gente ligue para a aparência, as gordinhas são sempre mais zoadas do que os gordinhos pelo simples fato de que, em geral, os homens ligam muito mais para a aparência da parceira do que o contrário (tudo culpa dos filmes pornôs padrões de venda, tem que tirar tudo de circulação kkk). Mulher gosta é de “parangandam”, não necessariamente de beleza. Na verdade, eu sou uma das poucas mulheres que conheço que gosta de homem bonito, mas isso você verá mais abaixo rsrsrs.

O tempo se passou até o dia em que eu me dei conta de que era necessário mudar de vida. Resolvi entrar para a academia e quando entrei, não foi muito fácil: eu pensava que lá era coisa de mulher gostosa e só tinha eu de gorducha, porém e apesar disso, eu fui esperta o bastante para colocar na cabeça que eu precisava de estar lá e que, com o perdão da palavra, foda-se os outros! Eu sou meio cabeça dura: quando quero, sai da frente, mas como diz minha mãe: “o duro é querer” kkkk!! Enfim, eu me dei conta que ir para a academia era necessário e sabe-se lá se era por defesa inconsciente ou por vergonha do meu corpo, mas eu não olhava para a cara de ninguém ao mesmo tempo em que eu sabia que valeria a pena. Então, eu chegava lá, entrava muda e saía calada, ou em outras palavras: malhava e ia embora! Pouco depois, eu comecei a fazer umas aulas de spinning e aí era melhor ainda, porque fora queimar mais calorias, o professor apagava as luzes e eu ficava lá toda confortável ouvindo música (não precisava nem murchar a barriga, já que ninguém estava enxergando na escuridão mesmo kkkkk). Fora que eu sempre fui apaixonada por música e como nessas aulas tinha um som na caixa, isso me dava um pontinho a mais na motivação para ir para lá!! Sem contar que música massageia a alma enquanto o exercício cuida do corpitcho e alivia a ansiedade. Algo que me lembrei agora: sabia que nas fases mais felizes da minha vida eu estava praticando algum esporte? Ou era dança quando era mais nova, ou academia mais tarde. Acho que tem tudo a ver, você só tem que sair do comodismo e tentar. Coragem meu amigo!

Um detalhe: eu não fui gordinha durante toda a vida: eu já fui muito magra, já fui padrão gostosa e já fui gorda. Ou seja, já tive todos os corpos nessa vida e te digo uma coisa: é pior ter sido gostosa e ficar gorda do que ter nascido gorda, pode acreditar kkk! É igual a história do rico que fica pobre: é foda!!! Continuando a minha historinha: quando recém entrei na academia, lá estava eu com a minha cabeça de gorda sedentária achando que um pouco de exercício já era muito, até que um dia um professor – por sinal o mais grosseirão de todos – me falou direto e reto que achava que eu ainda estava gordinha demais para ir lá tão poucas vezes, que 3 vezes na semana é muito pouco para quem quer emagrecer e blábláblá. Resultado, quis dar uma voadora na cara dele e fiquei triste pra caramba, mas depois eu agradeci e agradeço muito até hoje. Isso porque quando a raiva passou, eu vi que, apesar dele ter sido um grosso e sabe-se lá se ele também não falou um pouco para me machucar, ele estava certo: poxa, se uma mudança é realmente importante para mim, eu tenho que dar todo o meu gás por ela, não é verdade?

É justamente nesse ponto que quero chegar e que acho que você precisa: você não pode ficar com pena de você mesmo como você parece estar, se xingando de gordo ridículo. Não se trate como um coitadinho porque você não é, e tenha certeza que você é uma pessoa muito mais forte do que você imagina. Na verdade, todos nós somos: experimente colocar um leão correndo atrás de você para ver se você não corre igual um queniano kkkk. Tenha coragem e maturidade para admitir “sim, estou gordo e se eu acho que isso está piorando a minha qualidade de vida, eu vou lutar e vou emagrecer”. Ninguém pode sugar o seu bacon por você, você que tem que tomar a decisão e estar disposto a abdicar pequenas coisas por um bem maior: jogar menos games para fazer uma caminhada, trocar uma barra inteira de chocolate por dois quadradinhos, e por aí vai. Ninguém chega ao céu sem antes subir a escadaria, se conforme com isso e siga adiante!

É claro que hoje em dia a sociedade tem cultuado cada vez mais corpos magros e de preferência sarados, porém, convenhamos que o seu maior problema não é estar acima do peso, mas sim você odiar estar acima do peso! Tem gente que não deixa de amar e nem ser amado por estar gordinho, e para provar isso basta olhar atentamente ao seu redor: quantos casais de gordinhos você vê? Muitos! Há quem diga que a maioria dos brasileiros está acima do peso, porém, independente das estatísticas, você não é um gordinho assumido e não está feliz assim, pelo contrário, você está triste e isso já é o bastante para você se lamentar menos e agir mais!!

Você diz que não gosta da sua personalidade, mas na boa? Para mim você não gosta é de estar gordinho, e como você não gosta de assim ser, você acaba achando que tudo gira ao redor disso, o que acaba te deixando uma pessoa mais ranzinza. Nisso é claro que você não vai se gostar mesmo!! Eu também me achava uma chata quando era gordinha. Hoje, depois que emagreci, vejo que eu não era bem uma pessoa chata, mas sim infeliz e triste com a vida. Depois que comecei a perder peso, eu mesma fui me aceitando mais, coisa que automaticamente me fez me amar mais e como consequência disso, me fez ficar uma companhia mais agradável (nota-se até pela minha cara que não ficava mais tanto de “bunda” kkk). Nem precisa dizer que quando você está bem consigo mesmo tudo conspira a seu favor.

Independente da sociedade, pare de reclamar e pense: quem você gostaria de ser? Eu queria perder peso, queria estudar em uma universidade federal, queria mudar de cidade e queria um namorado bonito. Baseado nisso eu fui moldando a minha vida: se eu queria perder peso e se amo comer (que nem todo gordinho(a)), eu comecei a pegar pesado nos exercícios para equilibrar e de brinde ainda descobri que eu também era muito ansiosa, coisa que me fazia comer mais ainda e que melhorava consideravelmente ao me exercitar. Se eu queria passar em uma universidade federal e mudar de cidade o que eu fiz? Comecei a estudar muito e tentei a UFPR, passei, me mudei para Curitiba e estou aqui até hoje e com dois diplomas na área de Letras (que como há de perceber, eu amo ler e escrever!). E o namorado bonito? Bem, isso foi consequência de tudo o que te contei anteriormente, porque cheguei a um ponto que eu já estava confiante o bastante para acreditar que era capaz.

Entendeu a lógica da coisa? Ah, eu também tinha tendência à depressão, coisa que consequentemente também foi resolvida por estar mais feliz – e acima de tudo – muito ocupada conquistando os meus sonhos (você já sabe que mente vazia é a oficina do diabo, né?). Sabia que muitas vezes o caminho deixa a gente mais feliz do que o fim?! A ciência mesmo explica. Assim, mesmo nos dias que eu estava desanimada, eu tentava nem pensar muito: já vestia meu short, ia pra academia, depois estudava, e aí ia fazendo a minha vida, até o dia em que vi que esse ciclo já estava cumprido e era só ir em busca do próximo sonho: quem sabe escrever um livro sobre algo relacionado ao blog?

A propósito: outra coisa que me ajudou muito foi ter feito esse blog e ver que todo mundo tem problemas, mas essa história fica para outro dia.

É isso aí meu amigo, corra atrás dos seus sonhos e fé na vida que ela não é mole para ninguém!

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Luiz Oliveira

    Grande Amigo, hoje no auge dos meus 27 anos, o meu peso ideal seria em torno de 70 kg. Hoje peso 95kg.
    Antes eu tinha um paradigma de me achar mais bonito magro, com outro cabelo que usava na epoca e um estilo meio cult.
    Hoje tenho um emprego que não me permite tais coisas como antes e fato engordei muito!!!!
    A minha alegria é saber que eu sou lindo de morrrer(modestia parte), pois entendi que o meu fisico atrai pessoas que buscam a superficialidade.Nada contra as garotas bonitas e talz, mas tem que ter mais, tem que saber conversar e talz.

    Muito do que acredito em conquistar uma mulher é sua vontade de fazer acontecer e seu estilo(que representa quem é você).

    Não se apegue como te vem e sim como você se ve!!!!

    Boa sorte, acredito que seja mais facil do que você imagina!!!!!

    • Flávia

      Concordo plenamente com você!!! Tenho um corpo e rosto normais, nada além do peso. Mais do que a aparência vejo o estilo, amo homem com estilo. Homens que fazem acontecer. Tenha certeza disso, mulheres gostam de estilo e homens com atitudes. Agora, se a pessoa não estiver satisfeita com ela mesma, precisa tomar uma atitude de mudança, nem que seja de pensamento…

      • Luiz Oliveira

        Precisamos de mais pessoas assim no mundo!!!!

      • gregory

        Sou gordo igual a este pessoa que digitol eu gosto de uma menina mais ela não gosta de mim pq sou gordo

        • Elizabeth Batista

          Sou gorda e o fato de ser nunca me deixou de ter investidas. Tou solteira a procura do meu par.

          • Olhe as coisas da Ju Romano
            ela era uma das meninas que estavam comigo no RJ e é simplesmente maravilhosa e a maior gostosona ao meu ver !!

  • Tammy

    Gostei muito do post, meu namorado é gordinho, baixinho e quase careca, e sinceramente? Acho ele o cara mais lindo q ja conheci, amor incondicional q tenho por ele, tenho 22 anos e ele 28 e 2 anos de namoro! todo mundo fala q sou bonita demais pra ele, mas e daí? estou feliz pô! e sim, eu amo um gordinho! pode ter certeza q um dia você q escreveu isso aí vai achar alguém q goste de vc do jeito q vc é! cada pessoa é especial do seu jeito. Que Deus o abençoe.

  • Sebastião Júnior

    Esse problema da gordura é chato… também sou bem gordo (1,86m e 122 kg), e decidi emagrecer muito mais pela saúde que pela beleza (perdi 15kg este ano). Se isso te incomoda tanto, corra atrás da mudança, e sugiro que ouça todos os podcasts do blog principalmente o de Timidez e o de Como Chegar em Mulher, pois vão te abrir os olhos sobre o que pensar de sua aparência.

    Creio que seu maior problema não esteja na gordura… pelo que vc falou vc tem muitos amigos que gostam de vc. Já pensou que eles tem um bom motivo pra isso? Então… Algo de bom vc tem, valorize isso, descubra o que é (pode perguntar a seus amigos e eles vão te responder), trabalhe melhor seus pontos fortes, e lute pra vencer os pontos fracos. Você vai ver que atualmente vc está se martirizando demais, e que só reclamar não vai te levar a lugar nenhum.

    Ninguém pode resolver os problemas que são só seus. Podem até ajudar, mas a força e vontade principais tem que vir de você. A busca por aconselhamento e terapia talvez lhe abra os olhos pra te mostrar isso, mas você também pode alcançar tudo isso por conta própria ou com seus amigos ou parentes mais próximos.

    Se descubra e se liberte dessa tristeza e faça por onde melhorar, você vai se sentir muito mais confiante quando os resultados começarem a aparecer.

  • Sebastião Júnior

    Luíza, essa foi excelente história de vida e auto-conhecimento. Espero que o Leitor, tenha sucesso e possa encarar o problema atual com humor. Rir do problema é o primeiro passo para resolver tudo.

  • Rafaella

    Eu não sou gorda, mas me acho horrível e mesmo assim tem até bastante homem que se interessa por mim. Tem gosto pra tudo, sempre! Eu mesma prefiro mais os mais gordos, mas infelizmente tá difícil de achar um interessante e solteiro.

    Quanto a ser virgem… eu tenho 23 e sou virgem também (por opção, e sem nada a ver com religião), e não vejo o que tem de errado nisso. Fazer sexo só pra dizer que já fez pra mim é besteira (independente de ser homem ou mulher)… vou perder a minha quando achar alguém pra quem eu queira mesmo dar.

    Às vezes você só está chegando nas mulheres erradas também, principalmente se elas conversam com vc, gostam de vc, e não querem saber só porque é gordo.

    Eu entendo que é difícil porque eu passo por problemas parecidos de auto-estima, mas pelo menos quando tem a ver com relacionamento, acho que é importante você não ligar e chegar assim mesmo se você quiser chegar, até porque se ela te rejeitar só por causa da aparência, na minha opinião vc escapou de ficar com alguém superficial demais!

    E se vc não chegar também, pode perder uma oportunidade, porque ela pode até estar interessada também e achar que você não está – até porque muita mulher que você achar bonita provavelmente não se acha e tem problemas como os seus!

    • Luiz Oliveira

      Seja corinhosa com você!!!!!!!

    • Aposto que você é “mó gata” e se acha feia kkkk

      Mulher bonita é danada pra se achar feia, nunca vi kkkk. De qualquer forma, mesmo que fosse feia é que nem vc falou: gosto é gosto, da mesma forma que você gosta de gordinhos e o leitor acha que ninguém gosta, muita gente pode gostar de vc pelo mesmo motivo que você não se gosta.

      Eu mesma tenho cabelo cacheado e tinha umas amigas que mandava eu alisar (mulher adora alisamento, nunca vi kkk). Nunca alisei e já consegui coisinhas bacanas por causa dos cachos!

      Ps: eu também nunca liguei muito pra homem ser gordinho, eu não queria era EU ser muito gordinha (pois magrela nunca serei, não é minha genética e já aceitei). Como diz a tia da novela “aceita que dói menos” kkkkkkkkkkkk

      • Alessandro Garçom Sentimental

        Mulher de cabelo encaracolado é lindo. Mas a maioria alisa.

        • Guest

          Todos me dizem isso: _ Prefiro seu cabelo encaracolado!!! Rsrsrs O problema em alisar os cabelos, pelo menos mo meu caso, não é por uma questão de moda, mas de mudanças… Adoro ser camaleoa …. A vida me ensinou que quando não posso transformar …devo me transformar em meio as situações… Mais ou menos assim… Sou mulher camaleão… mudo de humor… sou meio bipolar.. posso até
          mudar de amor… goste de mim quem gostar… e se preciso for… me reinventar…. me visto de nova… faço moda… boto pra escandalizar… mais sou do jeito que eu sou.. sou verdadeira , sou mulher… sou sensacional… não
          nasci pra ser perfeita… nasci pra brilhar.. Maria Isabel Ribeiro Lopes

        • Flávia

          Todos me dizem isso: _ Prefiro seu cabelo encaracolado!!! Rsrsrs O problema em alisar os cabelos, pelo menos no meu caso, não é por uma questão de moda, mas de mudanças… Adoro ser camaleoa …. A vida me ensinou que quando não posso transformar …devo me transformar em meio as situações… Mais ou menos assim… Sou mulher camaleão… mudo de humor… sou meio bipolar.. posso até
          mudar de amor… goste de mim quem gostar… e se preciso for… me reinventar…. me visto de nova… faço moda… boto pra escandalizar… mais sou do jeito que eu sou.. sou verdadeira , sou mulher… sou sensacional… não
          nasci pra ser perfeita… nasci pra brilhar.. De Maria Isabel Ribeiro Lopes

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Isso me lembrou Cássia Eller/Renato Russo:

            “..Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
            Sou minha mãe e minha filha,
            Minha irmã, minha menina
            Mas sou minha, só minha e não de quem quiser
            Sou Deus, tua deusa, meu amor…”

            http://www.youtube.com/watch?v=ywMJEu8dddA

      • Mika

        Eee, Lu. Tá aqui mais uma do clube das cacheadas. Também não gosto de liso. Pra mim cabelo tem que ter volume.

        Uma vez fiz a besteira de fazer progressiva e tive que amargar uns 3 anos até o cabelo crescer de novo e ter de volta os meus semi-cachos naturais (meu cabelo é mais pra ondulado do que cacheado).

        • Mi, ó o que o povo diz: “Em terra de chapinha, quem tem cacho é rainha!”. É noix no reino! kkkkkkkkk
          Falando em cacho, isso aqui não é blog de cosmético, mas não resisti rsrs. Vc já tentou usar as ampolas da Dove? Uma que tem passo 1 e passo 2? Eu usei e estou apaixonada!! Comprei o estoque quase inteiro do mercado e indico kkkk Acho que vou pedir patrocínio da Dove a loke kkkkk
          Pelo menos pra mim foi ótimo, mas dizem que cada cabelo sofre com falta de alguma coisa. O meu é mais com falta de proteína e aí essa ampola foi show de bola! Mas sei lá, como é barato se não der certo feio não vai ficar kkkk
          Pronto, acabei o tricô, agora vamos falar de unhas! ZUAAAA! KKKK. Acabei mesmo.

          • Luiz Oliveira

            Tenho o mesmo problema, to usando um shampoo da natura!!!Não é caro não!!!!!Prefiro trocar receitras…….
            rs

          • Mika

            Gostei da frase… rs.
            Uso vários produtos da Dove. Máscara, creme pra pentear, sabonete líquido. Essas ampolas eu já usei de outras marcas, mas agora fiquei curiosa e vou experimentar, com certeza. Depois conto o que achei.
            Já que estamos em momento “Beleza”, vai uma dica minha. Lavo o cabelo quase todos os dias. Por isso, faço uma hidratação em casa com gelatina em pó a cada 15 dias. Duas colheres de sopa de uma máscara hidratante qualquer (pode ser das populares), uma colher de sopa de um óleo capilar ou amêndoas e meio pacote de gelatina em pó, de uva (com açúcar ou sem sabor). Misturar, aplicar no cabelo lavado e úmido, abafar com uma touca plástica ou térmica por meia hora e enxaguar em seguida (sem usar shampoo novamente). O cabelo fica muito macio e sedoso. Não faço mais hidratação no salão. E eu mesma faço as minhas unhas… Sou mulher bom-bril, amiga. Mil e uma utilidades! kkkk

    • Boaventura Vinícus

      Olha realmente seu comentário deu uma luz boa. Obrigado.
      Claro que se a garota conversa comigo ela pode gostar de mim. Mas como namorado? Duvido muito. Como amigo tudo bem. Mas namorar já é outra história e eu sei bem disso. Por isso não acredito muito na questão “personalidade”. Ser amigo não adianta nada. E pelo que eu passei é crueldade comigo mesmo deixar criar amizade com alguma mulher. Depois é muito dificil.
      Não chegaria pois acho ridiculo ousar pensar que conseguiria alguma coisa. Sei que é errado esse pensamento mas não consigo me livrar dele.
      Mais uma vez, obrigado.

  • josé

    Viu cara !!!ja para academia !!!!!
    Só isso que tenho para te dizer!
    Agora para senhorita Luiza parabéns por ter conseguido sair dessa fase ruim!
    Ex gordinha para atual gostosa!rs

    • E você já foi gordinho?

      • josé

        Eu sou atual gordinho !rs perdi 8 quilos, preciso perder mais uns 10 kg!

      • josé

        Vou contar um pouco tb da minha vida de gordinho ,quando eu tinha entre 16 ~20 anos pesava 58 kg ,era muito magro para um rapaz de 1,76 de altura !
        Meu sonho era engordar uns 20 kg ,aos 19 anos fui mora fora do país ,chegado lá comecei comer bastante carboidratos ,5 anos depois lá estava eu com quase 80kg !
        Fui fazer um exame medico que a empresa obrigava a fazer todo ano ,o medico me disse:vc está muito gordo !kkkk
        Eu dei risada !né
        Depois fui entender os motivos
        Eu moro num país da Ásia que de cada 100 pessoa 3 são gordos ou seja só tem magro ,ser raquítico e sinônimo de beleza,estou dizendo ser raquítico mesmo “osso”.
        Cheguei a pesar 105 kg !
        Lembra do carboidratos que disse que comecei a comer aos 19 anos ?então !rs hj e uma queda de braço entre nós !rs
        Algum tempo atrás recebi algumas piadas sobre meu peso ,mas nunca liguei para isso !
        O que me fez querer perder peso foi os meus joelhos que ficavam me lembrando sempre ,gordo sofre preconceito sim ,mas no caso do rapaz do post ele está em depressão !
        Depressão e algo que eu conheço bem já passei por isso e superei com mesma idade dele aos 23 anos,23 anos e uma idade que a pessoa está começando viver a vida ,com os problemas que vai aprendendo !
        O ser humano só aprende errando e enfrentando os problemas !
        Você mesmo fez isso Luiza enfrentou e conseguiu !
        Quando eu disse que vc esta gostosa realmente vc esta bem mesmo !
        porque já vi suas fotos no face ,nem passava pela minha cabeça que vc já foi gordinha!
        Para finalizar : eu soubgordinho 9 anos mais velho que minha namorada que por sinal e linda e outra coisa não tenho dinheiro !rs

        • Tá fazendo o que na Ásia?
          Ouxi, o bom é que se todo mundo gosta de osso, sempre tem a exceção e vai ter gente que vai querer o gordinho´, até mesmo por ser o diferente daí. Aí vc fala “sai fora bisca que eu tenho namorada!!” (é pra falar mesmo, não pode ser safado kkkk)
          Obrigada pelo depoimento. Vc, o Sebastião e o Luiz disseram coisas que só gordinhos sabem!
          PS: Só gordinho sabe também que a perna assa quando se anda muito. Putz já tive muito isso HAHAHAHA
          Se bem que até hoje tenho perna grossa e estou no peso ideal. Porém, acho que se um dia eu aparecer na TV vou parecer meio gorda, pq se estou no peso ideal e a TV engorda parece que 4 ou 5 kg eu já estarei acima do peso por lá. Tô ferrada, vou catar minha cinta aqui. Só de zua kkkk
          PS: Me lembrando aqui de um dia que fui no RJ e vi atrizes bemmmmmmmmm magras e que na TV eram “gostosonas”. Foi desde esse dia que meu medo de TV tomou tonalidades traumáticas kkkkk

  • Thiago

    Primeira coisa, pára de sentir pena de vc! Segundo, se não está satisfeito com o peso é só fechar a boca, mexa-se! Terceiro, vc é sociável nas redes sociais ou na vida real? Quarto, autoconfiança, sem isso não conseguirá nada que preste ( e não me refiro a mulher gata e sim a pessoas que valham a pena), tem que transmitir segurança! E, por fim, não existe perfeição, todos temos milhares de defeitos, conheça-os e aceite, tudo depende do que vc valoriza, de como vc olha para as coisas, dê mais valor as qualidades e diminua os defeitos. Se preferir faça psicoterapia, não é feio e pode ajudar muito.

    • Boaventura Vinícus

      Sou sociável na “vida real” amigo. Me porto muito bem. Não tenho problemas em conversar com mulheres. O problema é quando me interesso na mulher e não tenho condição nenhuma de dar ideia pq me acho um lixo e acho vergonhoso alguém como eu se iludir achando que poderia ter algo com a garota que desejo.

      • Luz da Vida

        Não se deprecie desta forma, aquela velha história de que toda panela tem uma tampa é real, meu irmão é gordo e namorou várias garotas até uma miss de minha cidade, e sendo pobre ainda kkkk, hje ta casado e continua gordo. Eu mesma te entendo, por mais que eu seja casada estou passando por um aumento grande de peso que esta me incomodando mto e sei que incomoda meu esposo, mas é a vida é assim né. Você vai encontrar a garota certa pode esperar, e vc não é lixo, lixo são essas pessoas fúteis que cultuam o corpo perfeito, e tem a mente totalmente vazia

  • Amin Abil Russ Neto

    Eu acho que é pior para um homem ser baixo do que feio.

    • Alessandro Garçom Sentimental

      Não acho que para um homem seja pior ou melhor encaixar em um padrão ou não. Mas entendi o que quis dizer: PARA UMA MULHER, é pior um homem baixo que feio. Bem, acho que feiura é relativo, então não tem como determinar. Muita mulher vai achar um homem fora do padrão bonito. Mas tenho IMPRESSÃO, e embora deteste generalismos, que para as mulheres, pelo menos no meu círculo de amizade, que a altura é um tabu maior que peso e cor da pele. E é um negão fora de forma que está falando, hein! E embora já tenha sido discriminado anteriormente por não ter cor, não dá para dizer que você não tenha um pouco de razão ao tocar na questão altura.

      • Amin Abil Russ Neto

        Exato, beleza é relativa, mas altura é tabu. Pergunta pra qualquer mulher um homem de aparência ideal, pode ver que sempre começa com “alto”. Pior que entre gordura, feiura ou baixeza, esta é a mais difícil de se “consertar”, rs. Por sorte existem mulheres baixinhas tb.

        • Alessandro Garçom Sentimental

          Amin, mas o que seria “aparência ideal”?

        • Teddy Tandy

          mas até muitas mulheres baixa rejeitam homens baixo, algumas até dão chance a um cara, mas a maioria dão preferência aos altos, e rejeitam até mesmo homens de a mesma altura que elas.
          a preferência no ideal feminino são homens alto, não só uma menina baixinha me disse, como também a maioria das garotas, dizem que homem alto representa uma segurança que aparentemente um homem baixo não seria capaz de garantir aos olhos de quem os ver juntos.

        • Mika

          Meninos, peço permissão pra entrar nessa briga. Ela está pendendo muito pro lado macho. Isso aqui tá parecendo clube do Bolinha… rs.
          E primeiro lugar, afrodisíaco pra mulher é dinheiro. Não dinheiro no sentido de “riqueza” e “luxeza”. Mulher sente atração é pela segurança da estabilidade financeira, das contas pagas. Independente desse “ideal” de homem que cada mulher tem, as pessoas trabalham com a noção de compensação. O sujeito pode ser baixo, gordo, não ser bonito, mas se for legal, inteligente, carinhoso e tiver boa situação financeira, tem muita chance conosco.
          Isso não quer dizer que mulher é bicho interesseiro, que só pensa em dinheiro. Ao contrário do que muitos homens pensam, mulheres são seres altamente racionais e práticos. Mesmo as que trabalham, e são financeiramente independentes, rejeitam aqueles que não demonstram vontade de crescer na profissão e capacidade de prover o sustento da futura família.
          Em segundo lugar, eu tive dois namorados baixinhos. Um deles não gostava que eu usasse salto alto porque ficava mais alta do que ele. Vocês é que têm complexo… rs.

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Sinceramente, Mika, eu não sei o que aconteceria se eu me envolvesse com uma mulher mais alta. Acho que rolaria uma insegurança. Mas coisa que os meus 1,85, que nem é lá grande coisa, impediram! Hahaha… Mas seria interessante a experiência.
            Apesar que na vertical as diferenças somem mesmo…

          • Mika

            O limite do cartão serve, desde que seja você quem pague a fatura… 😉
            Você quis dizer “vertical” mesmo ou foi ato falho?
            Que eu saiba, as diferenças somem é na horizontal… rsrs
            Meu amigo, pra achar uma mulher mais alta do que você só se for na seleção feminina de basquete…
            Sobre os complexos, todos nós temos pelo menos um… Quem acha que não tem nenhum, tem complexo de superioridade… kkkkkk
            Finlandeses são dissílabos, assim como alemães são polissílabos e poloneses são “avogais”… tá vendo como ninguém é perfeito?!
            E pode me chamar como quiser, até de “mi-mi-mi”, mas só de você for gago… rs

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Ah, você está certa, ato falho! Mas para funcionar na horizontal, alguma coisa tem que estar na vertical 😉
            E gostaria de deixar bem claro que na horizontal não tem ato falho aqui não! hahah

          • Mika

            Sei… esse aí é o trailer de um filme clássico: “Isso nunca aconteceu comigo”. rsrs

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Mika, serve limite do cartão de crédito? Hahaha
            P.S Off-Topic: Está complicado te chamar de Mika! Conheci alguns finlandeses (Sim, eles existem!) na minha última viagem, e a muitos chamavam Miko ou Mika (Na verdade, com dois “K”). Aliás, todo finlandês tem que ser dissílabo? Até o Papai Noel (Santa)! Iria adotar o “Mi-mi” sugerido em outro post, mas é irônico para uma mulher que vai direto ao ponto, sem “mi-mi-mi”. Ajuda aí, pô!

    • Teddy Tandy

      sim, vc falou tudo cara, elas sempre negam que beleza não é importante, mas é um realce pra ela idealizar um homem dos sonhos, e altura é o que mais as mulheres prezam, tá certo que não sou bonito, mas também não tenho a aparência das piores, falo isso porque possuo 27 anos e tenho dificuldades até com as garotas que são de estaturas até menor do que a minha, porque sou um negro de 1,70 de altura, as garotas não vêem graça e umas até já disseram com outra menina e até mesmo na minha cara coisas do tipo: “ah é baixinho, não vejo muita graça não, se fosse mais alto até que ele teria mais charme”, pois o que vejo de cara feio e alto com mulheres não tá no gibi, elas falam que altura transmite segurança,

      ainda mais com toda a velha lenda do “NEGÃO”, homem negro, tem que ter aquele alto porte físico senão não há graça, o neguinho é sempre esquecido. é foda, mas a vida é assim cara , eu continuo sendo muita das vezes só o bom amigo mesmo das mulheres, fazer o que, o que me resta é de vez em quando sair com alguma profissional do sexo pra satisfazer as minhas necessidades fisiológica a qual todo homem necessita.

      • Alessandro Garçom Sentimental

        Amigo,

        Sabe o que eu acho, do fundo do coração? Muitas vezes nos escondemos atrás de nossas limitações, usando elas como desculpa para tudo. Muitos “neguinhos” estão por aí, se dando bem com a mulherada e na vida. Uma das diferenças é que eles não perdem tempo se lamentando, e procuram valorizar o que tem de bom, não de limitação. Tem tanta coisa nesse mundo, mas tanta coisa, que você pode chamar atenção de alguém. Música e gastronomia, por exemplo. Mas é mais fácil ficar sentado falando “Ninguém me quer porque sou isso ou aquilo”. Acredite, já passei por isso. Mas acordei.

    • Luiz Oliveira

      Pior é não ter caráter e muito menos vontade de viver!

  • Luiz

    É muito estranho isso,sinceramente.
    Eu nunca vou conseguir entender isso.
    Parece que todo mundo tem uma resposta pronta e politicamente correta para tudo.
    Falam tudo o que os outros querem ouvir para assim não serem julgados.
    Eu vi em um outro site uma coisa muito interessante sobre essas coisas.
    Alguém nos comentários de um texto sobre ser feio nos dias de hoje disse basicamente que entre a teoria(Ex.:beleza não é importante,beleza é relativa,para mim o que importa é o que a pessoa tem por dentro) e a prática que se mostra ser totalmente o oposto dos exemplos que citei, e na prática a beleza física é tão importante ao ponto de ser determinante para as mulheres.(Eu sei que para os homens também,apenas estou falando sob minha perspectiva)
    E isso é algo que pelo menos para mim é muito frustrante pois todos os dias vejo mulheres falando para todos os cantos que beleza e aparência não são importantes e inocentemente(estupidamente) homens feios como eu acreditam nisso mas quando passamos para a prática a realidade se mostra espantosamente diferente.
    Entre a teoria e a prática/entre o que é publicamente dito e o que pessoalmente é feito por elas há uma distância extremamente alarmante e isso frustra e desanima muito, fazendo eu e muitos outros que estão fora desse padrão se perguntarem:
    O que está acontecendo? E apenas com um pouquinho de experiência a gente acaba entendendo o que é que de fato está acontecendo: É hipocrisia.
    É por isso que embora não seja gordo me identifico muito com o autor da postagem pois estou totalmente fora dos padrões e me identifiquei particularmente com o final de seu e-mail:
    “Já ouvi muito o argumento de que aparência não importa, mas não é isso que eu vejo. Infelizmente.”

    • Alessandro Garçom Sentimental

      Luiz, mas a questão que coloco é: O que é ser feio para você?
      É o mesmo que para mim? Para Mika, para Luiza?
      Vamos pensar no tipo comum, que estaria dentro do que se vê na mídia: Branco, alto, malhado, cabelos loiros e lisos, olhos claros. Entre 25 e 40 anos. Agora veremos na prática: Quantas homens que tiram suspiros da mulherada, encaixam em todas essas características? Muito poucos! Então, eles teriam alguma coisa que alguém não gostaria neles. Pois bem, já vi mulher que achava bonito apenas homens negros. E não tinha exceção para ela! Então, Um Gerard Butler, um Bradd Pitty, um Jon Bon Jovi… Não faria a cabeça dela! Mas ela acharia lindo um Jacaré, um Terry Crew, um Garçom… Ah, quer dizer… Bem, vamos continuar..
      E beleza importa para ela, como importa para mim, como importa para você… Não é hipocrisia.. Mas é um erro achar que o padrão de beleza serve para todo mundo..
      Eu conheço quem gosta apenas de japonês, quem gosta apenas de cinquentões, quem gosta de gordinhos, quem gosta apenas de brancos… E quem sempre achava mais bonito um cara por ser branco, e namorou comigo!
      Simplesmente porque viu em mim algo maior que a preferência por um biótipo específico…
      Sim, as pessoas só ficam com quem acham bonito, mas isso não significa que todo mundo vai achar as mesmas pessoas bonitas… Tenho certeza absoluta que eu não sou o padrão de noventa por cento das mulheres que postam ou olham esse blog. Mas com certeza, posso me encaixar no perfil de uma ou outra… E isso amigo, é mais que suficiente.

      • Luiz Oliveira

        Grande Garçom!!!!

        Falou bonito!!!

        Amigo uma duvida????

        Você é garçom de verdade???

        Se for eu gostaria de ir tomar uma gelada, ficar bebado e dar uma de Reginaldo Rossi!!!!

        rs

        • Alessandro Garçom Sentimental

          Hahah… Bem, sobre ser garçom, vamos dizer que em breve a verdade será revelada! hahah.. Vamos dizer que trabalho na área de prestação de serviços, e muitas vezes, por minhas experiências, trabalha na área sentimental… Ah, experiências boas e ruins… Isso é uma infeliz vantagem que tenho. Tenho visão do lado sacaneado e do lado canalha… Já estive dos dois lados 🙁

      • Flávia

        Não sei se vou ajudar!!! Mas vamos lá…. Não vou dizer que
        a aparência não seja levada em conta, sempre foi e sempre será, e por muitas mulheres…. Sabe aquele ditado: “Beleza não põe mesa.” Nós sabemos que sim, que põe sim. E deixa a mesa farta! rsrsrs. Só que algumas mulheres, e não são poucas, pois conheço muitas, colocam outras questões como prioridades… Humor, estilo, papo, pegada, atenção, romantismo, disposição… Será que vc não se encaixa em nenhuma dessas prioridades? Esse é o meu conceito de beleza, vou elegendo pelas minhas prioridades específicas…. Sabe onde eu adorava conhecer as pessoas? Os meus casos? Em uma boa mesa de bar… Olha aí Garçom!!! Tudo começa e termina em uma mesa de bar…rsrsrs Onde, entre um copo e outro, ia experimentando boas doses de humor, de estilo, de uma boa conversa, do olho no olho, do papo picante, e quem sabe de uma boa pegada… Enfim, vc tem qualidades que precedem a aparência, e talvez não esteja sabendo usar, porque está muito preocupado com a aparência…
        Seja essência e não aparência…

        • Luiz

          Pois é como você disse beleza é super importante, posso dizer que é decisivo na hora da paquera, infelizmente para quem está fora dos padrões como eu.

          A Luiza se esforço e perdeu alguns quilos e assim ficou bonita, mas pelo menos ela teve essa possibilidade, pois gordura se perde e feiura infelizmente a gente tem que aprender a conviver com ela.

          As vezes em um sopro de esperança acabo acreditando que aparência física não é tão importante, mas na prática a gente percebe que é quase essencial, mas ninguém admite com medo de serem julgadas como superficiais.
          Eu fico extremamente triste em ser feio em uma sociedade como a nossa.
          Eu ia chamar a nossa sociedade de superficial, mas sei que quem lesse esse comentário iria me chamar de feio recalcado, e no fundo isso até seria verdade.
          Uma parte do texto de resposta da Luiza ela diz o seguinte:
          “com raiva do mundo e xingando geral (por dentro, claro, estilo “a revoltada” kkk).”
          Pois é,eu sei bem como é isso, como seu eu culpasse os outros por minha feiura e essas coisas.

          Eu tinha o costume de pensar mal das outras pessoas tanto as bonitas quanto as que estavam namorando,mas sendo sincero comigo mesmo percebi que aquela raiva na verdade era puramente inveja/recalque de suas belezas e isso é ridículo.
          Mas inveja não como seu eu quisesse que coisas ruins acontecessem com eles,mas sim no sentido que eu gostaria de ser apenas mais um deles.
          Então parei de pensar mal deles,pois se eu fosse bonito pode ter certeza absoluta que hoje estaria fazendo as mesmas coisas que eles fazem.
          Então eu percebi que não posso odiar as pessoas porque tiveram mais sorte do que eu nesse sentido, pois é injusto, eles apenas estão fazendo aquilo que eu faria se tivesse recebido o DOM da BELEZA.
          Bom Flávia você não sabia se iria ajudar ou não com seu comentário.
          Em relação a isso, tu falou a verdade e a verdade as vezes é um tanto complicado de digerir.
          Se ajudou ou não?Eu sei que sou feio muitas mulheres já me disseram isso, mas sinceramente nunca é fácil ouvir que a forma como eu NASCI não é agradável para as mulheres e mesmo sabendo que eu não escolhi nascer assim não ajuda nem um pouco eu me sentir bem.
          Mas você apenas falou a verdade, beleza é fundamental.

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Luiz, insisto: Você é feio pelos critérios de quem?
            Faça um exercício: Diga para você três coisas que você acha feio em você. E depois, 3 coisas que você acha bonito, ou pelo menos normal. Eu aposto que os 3 defeitos que você achar serão coisas irrelevantes, que embora sejam reparados por mulheres, ficam atrás de muitas outras coisas na preferência delas. E sobre suas 3 qualidades ou coisas normais, imagine quem não tem sorte de não ser proporcional nesses quesitos… Mas mesmo assim estão cheios de mulheres em cima.
            Eu achava meu rosto horrível. Até o dia que estourei uma espinha de forma não tradicional e ele inchou. Acredite, desejei por Deus não ter marcas e voltar a ter meu rosto feio de volta.. Você só não pode usar os seus defeitos, ou melhor, o que você acha que é defeito como desculpa para fracassar…

            Abraços,
            Garçom

          • Luiz

            Não acredito que estou usando meus defeitos como desculpas para fracassar, eu realmente acredito nisso.
            Pois é a única explicação que eu tenho para explicar a forma como fui e ainda sou tratado pelas mulheres.
            Não é muita “inocência” dizer que feiura não é problema?
            Do jeito que você colocou parece que feiura não atrapalha em nada,o que não é verdade pois eu posso dizer que me atrapalhou bastante, é minha experiência de vida falando.
            A Flávia ali em cima é um exemplo do que quero dizer.
            Como ela mesmo disse :
            ““Beleza não põe mesa.” Nós sabemos que sim, que põe sim. E deixa a mesa farta! rsrsrs.”
            Se beleza é tão bom assim é evidente que ser feio traz muitas desvantagens.
            Muitas pessoas tem uma boa autoestima.
            Se são chamados de feios eles nem ligam, seguem em frente com a vida, mas infelizmente não consigo me sentir assim.
            Vou descrever o que se passa na minha cabeça quando uma mulher me chama de feio ou me olha estranho me julgando:
            Quando uma mulher me chama de feio eu não consigo deixar de concordar, não porque eu me odeie e essas coisas ,mas sim porque sei qual é o padrão de beleza que as mulheres gostam e eu não faço parte dele.

            Eu infelizmente já deixei de fazer muitas coisas e ir a muitos lugares que queria ir apenas porque me achava feio demais e apenas iria encontrar um monte de gente bonita me julgando.
            Pode até parecer ridículo mas é verdade, aconteceu inúmeras.
            No meu caso meu rosto é o problema, ele é muito desproporcional.
            Eu já deixei de fazer cursos que eu queria muito fazer apenas para não ter que mostrar meu rosto e evitar possíveis julgamentos e comentários.
            Festas? Cara quantas festas eu queria ir, mas balada não é para gente feia, isso todos tem que concordar.
            Diferente do que muitos acham, feios também tem vontade de ir a festas e se divertir como qualquer pessoa, mas quem for feio já tem que ir ciente de que vai ouvir e presenciar reação negativas que não gostaria.
            Viagens, quantas viagens deixei de fazer por culpa desse mesmo sentimento.
            O que eu estou querendo dizer é que quem é bonito ou bonita a pessoa tem vontade de se mostrar, de aparecer e de socializar,é natural pois a reação das pessoas é positiva em relação a sua aparência.
            Mas por outro lado quem é feio recebe muitas críticas e nem todo mundo sabe lidar com elas direito, bom eu não soube,acredito que é natural a gente se preservar.
            Esse sentimento de evitar ser criticado de novo e de novo, ver aquelas mulheres lindas me olhando torto como se eu tivesse cometido algum crime, fez e ainda faz com que eu deixe de fazer muitas coisas que eu gostaria e adquirir muita experiência.

            Resultado:Hoje muitas pessoas tem inúmeras experiências para contar e a única coisa que eu tenho é aquele sentimento horrível de rejeição,frustração e aquela vozinha insistente na cabeça que constantemente insiste em me lembrar que sou feio e que não valho a pena.
            Eu acho que quem não é feio não vai entender, e até vai achar ridículo o que estou escrevendo aqui, mas quem é feio sabe exatamente como é e como a gente sofre.

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Luiz,
            Vou te contar um segredo (E estou escrevendo isso em um blog da internet). Você já entrou em chat? Eu já tive minha fase, e te digo uma coisa: Conversava bem, e conseguia o ICQ ou MSN da pessoa (É, faz tempo). A conversa durava até a pessoa ver a foto. Não tinha a cor certa? Não tinha o cabelo certo? Meu peso não era o esperado? Bem, isso acontecia em 90% dos casos. Mas 10% era mais do que suficiente do que um homem precisa! Rosto desproporcional? Segundo quem? Ahhhhh…. As meninas que te acham “feio”? Agora pintou uma curiosidade: Onde você é e quantos anos tem? Sabe, eu sei muito bem, aliás, todo mundo sabe quando nosso visual não agrada. E mesmo assim, eu só ouvi diretamente que eu não era bonito uma ou duas vezes. E uma dessas vezes, foi quando eu tinha 8 anos! E eu passei por 2 relacionamentos, alguns namoros e só ouvi que era bonito umas 3 vezes. A vida inteira!
            Amigo, mas você está se escondendo do mundo sim atrás desse seu sentimento! Sua visão de balada, por exemplo: Você está encarando como “matadouro”, onde as pessoas vão para ficar! Caramba, lá tem música, bebida, amigos… Pense em se divertir. Relacionamentos devem ser consequências, não objetivos! E que história é essa de não viajar por achar feio? Amigo, o conceito de beleza, se muda de pessoa para pessoa, muda de país para país também! Conheço russos, holandeses, austríacos, argentinos, mexicanos, bolivianos, peruanos, australianos, romenos…. E sinceramente, não existe um padrão global de aparência…
            As mulheres mais bonitas que vi na praia foi no Rio de Janeiro. E as mais feias também (Para meu gosto, claro). Sinceramente, o que estou vendo é um problema bem maior que sua aparência…

          • Luiz

            Pois é, é nesse ponto que surge uma dúvida.
            Quando você era rejeitado,o que acontece comigo inúmeras vezes(eu nem sei porque eu tento ainda),como você se sentia?
            Pelo que eu tenho lido,parece que você nem liga.
            Não entenda mal,não estou criticando pelo contrário,isso é uma coisa boa.
            Uma pessoa tem que ter um nível de confiança muito grande para não ligar quando alguém te chama de feio.
            Porque no meu caso cada vez que sou rejeitado, escuto comentários negativos e essas coisas eu me sinto um lixo e não é algo que se possa evitar.
            Diferente de ti eu ouvi que sou feio muitas vezes, no colégio era diretamente na cara mesmo e na faculdade eram mais discretos, ficava sabendo de comentário por terceiros e todas as vezes o sentimento de humilhação é o mesmo.
            E outra coisa diferente é que NUNCA fui chamado de bonito.
            Desculpa mas duvido que alguém vá para balada realmente para escutar música,beber e amigos,pode até ser que sim, mas o motivo principal é azarar e no caso das gurias ser azarada, o resto é meio que pretexto.
            A questão de viajar é apenas uma das coisas que por causa disso eu deixei de fazer,mas deixei de fazer cursos, ir à formaturas,jantares e essas coisas.
            Se eu não quisesse ir nesses lugares tudo bem, o problema é que estou deixando de fazer coisas que eu realmente gostaria de fazer.
            Gosto de conversar, de ouvir,rir e socializar e deixo de fazer essas coisas porque sei que alguém irá “reclamar” e julgar a minha aparência,talvez não com palavras mas como você mesmo disse “Sabe, eu sei muito bem, aliás, todo mundo sabe quando nosso visual não agrada.”.
            Eu sei que por culpa de minha aparência não sou aceito em vários grupos sociais.
            Quando digo que balada não é para gente feia, não estou criando do nada, estou relatando as coisas que vivenciei,como disse antes é a mina experiência de vida falando.

          • Luiz

            Apenas para concluir a questão de baladas.
            Talvez eu veja balada como matadouro mesmo,mas porque talvez seja mesmo.
            Balada é o lugar onde o que mais importa é a beleza,não vejo sentido eu ir em uma balada de novo,ainda mais depois das experiências ruins que tive.
            Se eu soubesse isso quando eu era mais novo, teria evitado muita coisa e situações um tanto humilhante, acredite ou não a minha inocência de adolescente me fazia acreditar que eu não era tão feio assim, e que era tão bom quanto os outros caras, mas a vida da um jeito de te ensinar.
            A sociedade cultua a beleza de um modo tão extremo que qualquer um que esteja fora desses padrões tem que encarar quase o tempo todo olhares de reprovação, expressões de nojo e essas coisas horríveis que obviamente ninguém iria gostar.
            O mundo não é feito de pessoas bonitas, e não são todas que tem sangue frio para simplesmente ignorar as ofensas.
            Eu não sei como as coisas eram antigamente,mas acredito que em algum momento,características como inteligência,boa educação e gentileza já foram mais valorizados.

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Luiz,
            Balada será matadouro para você se você for lá para isso. Se as pessoas vão lá para isso, não deve influenciar em nada o que você quer. Quer se divertir? Que diferença faz se seu parceiro do lado quiser azarar alguém?

            E você fala toda hora de “sociedade”, “as pessoas”… Não sei se você reparou que isso é um termo muito vago… Você está querendo homogeneizar um grupo onde não se tem consenso sobre o que é bonito ou é feio.
            Você trata a beleza como um acordo amplo e irrestrito, que seguem leis de consenso geral e isso não existe. Será que você pensou que alguém pode te achar bonito? E não irá te conhecer porque você esconde dela, por conta de pessoas que não mudarão nada na sua vida…
            E vou ser bem franco com você, amigo. Quando você escreveu “rosto desproporcional”, vi que seu generalismo tentava esconder alguma coisa que suas palavras não revelam. Não tenho opinião sobre beleza masculina, mas acho que você deve passar longe de feio. Apenas, precisa muito ser aceito por outras pessoas. Isso é um problema, mas eu não te julgo, sei bem como é… Mas quem se acha feio, geralmente fala “Meu nariz é grande”, Minhas orelhas são de abano”, “Tenho entradas na testa”… Rosto desproporcional para mim quer dizer que você nem sabe ao certo o que está errado em você, mas colocou na cabeça que é feio sem motivo algum.

            Meninas, peço a permissão de usar o nome de vocês para dar um exemplo para o nosso amigo aqui do blog. Luiz, imagine em uma mesa Luiza, Mika e Fabíola. As três são bonitas? Para mim são, e TODO MUNDO vai achar isso? COM CERTEZA não. Pois bem, estou eu servindo a mesa delas. Eu gosto de loiras, o que não me impede de achar ruivas, morenas, mulatas, orientais bonitas… Mas se eu estou procurando uma loira, devo desprezar a mesa, alegando não ter mulher bonita lá? E você pensa o mesmo que eu? Tenho certeza que não. Pois bem, continuando. Gosto de cabelo encaracolado. Aí, estaria bem na mesa, com uma pequena desvantagem da Luiza. Isso torna ela feia? Também gosto de olhos claros, o que poderia trazer desvantagem para uma ou para outra… Você também gosta de olhos claros? E o Samuel? Luiz Oliveira….? Agora, para você, todo mundo achará as 3 lindas e todo mundo achará você feio?

            E ainda estou querendo ver relação entre viajar para ver o Cristo, Cataratas do Iguaçu, o Grand Canyon, Torre Eiffel, as praias do Caribe, do Nordeste, o mercado Ver-o-Peso… E ser feio! Caramba, evitar viajar por ser feio? Se for isso mesmo, se eu entendi direito, então temos uma situação muito, muito séria… Porque uma coisa é a insegurança de não chegar em uma pessoa na balada, outra é você se sentir inseguro de entrar em um avião, um ônibus e descer do outro lado porque você acha que as pessoas não te acham bonito!

          • Flávia

            Conversando com você pelo menos três horas, de repente poderia achar em você características do meu padrão de beleza, qualidades que pra mim, seriam mais importantes que a aparência… Estou falando da essência. E aí, quem sabe você deixaria minha mesa farta… rsrsrsr Só não faço o convite porque sou comprometida!!!! Por isso que digo, uma mesa de bar, com uma bebida, uma música ao vivo, uma boa conversa, dançar, experimentar… Tudo isso nos convida ao privilégio da essência, deixando um pouco de lado a aparência… A aparência conta (para algumas mulheres), mas deixa de ser o foco, quando mostramos o que temos de mais importante, a beleza interior.
            Como disse, concordo com você em relação a aparência, só não concordo quando você a coloca como prioridade…
            Acredito que você tenha qualidades que superam sua aparência… O que adianta ser tão lindo por fora e tão feio por dentro…

          • Luiz

            Sabe qual é o problema Flávia, é que se você é desse jeito mesmo e suas respostas não são apenas o velho politicamente correto falando , tu sabe que é a minoria.
            É como se achassem ridículo um homem feio namorar,é como se pensassem:
            “-Tu não se acha ridículo realmente acreditar que teria alguma chance comigo?”.
            A maior parte das mulheres não querem nem dar chance de um cara que seja feio dizer alguma coisa e quando nos aproximamos elas logo estampam na testa o velho e conhecido “CAI FORA” e de todas as vezes que aconteceram eu entendi muito bem.
            Certa vez escrevi em um e-mail algo muito interessante que na época pareceu fazer sentido e agora não é diferente:
            “Os feios não têm nem a chance de mostrar a suas outras qualidades, pois sendo julgados pela sua aparência, são taxados como algo que na visão delas não vale a pena investir e perder tempo.
            Sim, é verdade, beleza conta apenas em um primeiro momento, assim como a feiura.
            Então se por um lado as mulheres dão uma chance para os homens com boa aparência desenvolverem alguma conversa (sendo que se for bonito, não precisa
            muito, já vi muito isso acontecer), por outro lado o
            desprovido não tem essa chance, afinal de contas como a aparência conta no primeiro momento, é exatamente no primeiro momento que os desprovidos são descartados, assim não temos nem chance de nós mostrarmos outro lado, que poderia, quem sabe? Ser até muito interessante.”

          • Luiz

            Concluindo:
            “O que adianta ser tão lindo por fora e tão feio por dentro…”
            Pode até ser, mas para a maior parte das mulheres um cara lindo de aparência e feio por dentro é muito mais valorizado que um feio inteligente e bonito por dentro e isso é fato.

          • and

            vc falou tudo cara!. me considero um cara muito inteligente, todos que me conhecem dizem isso, sou do tipo de pessoa que entendo tudo sobre tudo,pode ser qualquer coisa,é muito facil conversar comigo. sei ler muito bem as pessoas, leio tão bem que sou execrado logo de primeira, sou gordo tem colegas minhas da facu q me chamam de bolinha e fazem questão,sabe por que? por é um jeito de elas sempre relembrarem o preconceito que tem na cabeça delas,o cérebro enfatiza ele é gordo na se envolva,não de corda. sempre conquisto pelo cansaço, sei envolver a pessoa, mas só quando ela é obrigada a ficar perto de mim, tipo trabalho, amigos proximos e etc. mas quando quero conhecer uma menina que não conheço e imposivel me aproximar, não tenho nem chance de demonstrar que sou um cara muito legal. qualquer coisa q eu fale sai como um incomodo para as outras pessoas, sou do tipo engraçado, com piadas e tiradas muito inteligentes, mas elas não adiantam quando as pessoas querem distancia.

          • Luiz

            Pois é cara, apenas quem é feio sabe como é.
            As pessoas bonitas vivem em um mundo “cor de rosa” e perfeito no quesito relacionamentos.
            Eu apenas fiz comentários sob uma perspectiva que grande parte não tem, a perspectiva de um homem feio em nossa sociedade.
            É humilhante quando aquela garota linda vira a cara para ti com uma expressão de nojo apenas porque nasci fora de um padrão pré estabelecido antes mesmo de eu nascer.
            É evidente pela forma como fui e ainda sou tratado pelas mulheres, por ser feio elas realmente acreditam que eu tenho menos valor.
            Eu fui e ainda sou tratado assim tanto na vida que as vezes acredito que elas tem razão.
            Quando eu ainda estava na faculdade, não faz muito tempo, consegui um
            grande feito profissional, fui elogiado pelo chefe e colegas.
            Na verdade nem era algo tão grande assim,mas naquela altura para mim era algo gigantesco,uma grande conquista profissional.
            Era um dia muito bom para mim, eu estava indo muito bem, até que no mesmo dia quando fui para a faculdade descobri por terceiros que duas garotas de minha turma (elas duas eram extremamente lindas por sinal) estavam
            falando coisas e fazendo comentários horríveis sobre minha aparência, coisas que eu já mencionei aqui em outras ocasiões.
            Com isso eu queria dizer que ser feio afetou tanto minha vida que mesmo eu tendo feito algo que deveria ser motivo de orgulho para mim, voltei para casa me sentindo um lixo.
            Fui para faculdade feliz da vida e voltei me sentindo um lixo,e aquelas conquistas profissionais já nem significavam mais nada.
            Basicamente a faculdade se tornou uma espécie de tormento, onde eu frequentemente
            via os caras bonitões se dando bem com as garotas , as garotas sorrindo e se atirando para eles ,comentários das festas aos quais eu nunca era convidado.
            As garotas frequentemente marcavam com a turma de se reunir com a turma em barzinhos e eu nunca nem era convidado.
            Era muito humilhante e o sentimento de humilhação e rejeição continua até hoje.
            Não acredito que alguém saiba como eu me sinto, apenas quem sentiu na pele pode saber.
            Como eu deveria me sentir com essas coisas ?
            Pensei em desistir da faculdade inúmeras vezes, mas enfim.
            E esse sentimento continua até hoje, eu apenas gostaria de saber um jeito de matar esses sentimentos e virar uma espécie de robô para não sofre tanto,
            porque conviver com esse sentimento de rejeição todos os dias é muito cruel.
            Quem é feio sabe como é.

          • Cachaceiro

            porra, vc é tão feio assim cara?
            tipo que vou te falar, também sou feio, em minha época colegial, meus amigos e parentes me zoavam muito na infância, mesmo eu tendo me dado bem com todos, inclusive as meninas, tipo do colégio, vira e mexe eu pegava não só algumas meninas, como também as meninas que eram minhas amigas, falando mal de mim, coisas do tipo assim: “nossa, ele é tão legal, é divertido, é um amor de pessoa, mas não rola, ele é feínho demais”, eu ficava super triste cara, algumas diziam que só eu pagando uma mulher que eu teria uma em meus braços.
            acontecia que em minha presença eu tinha que ficar ouvindo elas falando mal de alguns cara mau exemplo e sem caráter da sala de aula e até mesmo do bairro, e o que acontecia?, os caras tinham boa aparência e numa festinha ou outra tavam lá elas se agarrando aos beijos com os caras do qual elas vinham reclamar deles pra mim, resultado, o fodido da história era eu, eu era o cara legal, mas feio que não era visto nunca por elas como um cara para se ter uma relação, elas vinham pedir pra mim apresentar algum colega bonitinho meu que elas ficavam afim, eu os invejava por serem desejado como homem pelas meninas.
            eu era considerado zero a esquerda que nem aqueles caderno que elas adoravam fazer pro menino responder, elas nunca fizeram questão de deixar eu responder e saber alguma coisa sobre mim, só queria eu do lado pra fazê-las rir e colar comigo em algum trabalho porque embora eu não fosse um aluno super dotado, eu era o aluno homem de melhores resultados e só perdia pra uma ou duas meninas no ranking de notas, eu como também não sou de baixar a cabeça mesmo estando triste jogado ao chão, abandonei elas e passei a ter carreira solo nos meus trabalhos escolares ou as vezes com alguns amigos homens, eu era chacota de uma geração cara, junto com outros caras que também sofriam da mesma forma que eu.
            após o término colegial sabe o que fiz?, estudei, mais de raiva em mudar minha vida do que por necessidade de crescimento e passei num concurso dei a volta por cima, hoje me arrumo, fico sempre cheiroso, dinheiro no bolso, gosto de curtir coisas boas, tipo sou o bonitinho que diz a lenda “o feio arrumadinho”, e elas hoje em dia, maioria com filhos e senão com um casamento aos cacos ou separadas, estão mãe solteira ou mesmo sem filhos, desiludidas pelos caras bonitos e populares que tanto elas davam valor no passado, não são mais interessantes assim e quando me vêem dizem sentir saudades de mim, me abraçam tanto no meio da rua, me abraçam com desejo mesmo que só falta me dar um beijo na boca, antigamente ninguém me abraçava, era um simples “OI” pra não se passarem por mal educada, se eu fosse tentar desenrolar, a menina não dava atenção, eu falava uma coisa e ela ficava naquela de que pouco se importa do tipo: “atá, aham” e isso não me dava outra alternativa a não ser desistir da idéia de ter uma boa conversa e se falasse que estava apaixonado pela menina, ela dizia que era loucura da minha cabeça, eu dizia as coisas mais lindas pra ela falando de todo meu sentimento e nada funcionava e ainda ela parava de falar comigo e tudo, já os caras bonitos, qualquer merda que falavam, se tornavam poemas.
            e te falar, não me tornei grosseiro com elas e não as destrato, mas não dou nenhum tipo de esperança pra que possamos ter um envolvimento amoroso, eu sou filho de Deus e mereço curtir coisa boa também, não tenho que ficar pegando mulheres magoadas com a vida que escolheram e depois vem querer se apoiar em mim.
            e falando mais, não me acho bonito, sou um neguinho magro e baixo,e mesmo nunca ter tido namorada, hoje com 27 anos tenho contado que de uns 5 anos para cá, eu marquei uma média que pelo ao menos ando conseguindo ficar com umas 40,50 mulheres por ano. e não fico com as garotas aqui do meu bairro que eram da minha adolescência e inicio da fase adulta, como te falei antes, não dou chance a quem um dia pouco se importou comigo.
            portanto, estude cara, ganhe dinheiro, dê um alto look em sua aparência, sei lá, faz um corte de cabelo mais moderno que venha ficar legal em vc, usa um boné que combine com seu rosto, ande bem arrumado, cheiroso, isso vai mudar a sua vida, vai dar tudo certo. mate seus sentimentos antigos, reze a DEUS e tente se tornar um novo homem, melhor homem com todos e com si mesmo, não seja grosseiro com nenhuma mulher, mostre que seu planos e ambições para o seu futuro são os melhores, isso fará de vc um homem a ser admirado. pois se tem uma coisa que mulher admira, é um homem vencedor.

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Nossa, será que eu fui incluído no grupo das pessoas bonitas? Que enxergam o mundo cor de rosa? Hahah.. Seria a primeira vez na vida…

            Bem, Luiz, você fugiu da questão diversas vezes, e em momento algum definiu “feiura”. Apenas que você é feio. E ainda foi genérico ao falar que tem o rosto “desproporcional”. Sinceramente, acho estranho alguém se declarar com o rosto desproporcional, porque isso é vago. Nariz, boca, orelhas… Claro, talvez exista alguma deformação na face por doença e acidente, e aí peço desculpas por ser tão intrusivo, embora pretenda ajudar. Você divide as coisas como se existisse uma regra clara entre o que é feio e bonito. Nem com cor existe isso (Temos negros como eu, brancos como Luiza.. E Neymar, Ronaldo Nazário, Vin Diesel, The Rock, Jennifer Lopes, Camila Pitanga?)! E qual é o critério para alguém entrar em um grupo ou outro? Só de tentar te ajudar já fui enquadrado no grupo do mundo cor de rosa (Tudo bem, sou de Campinas, estou acostumado), sem que você conhecesse meu rosto, nem nada de mim, nem um traço físico!

        • Alessandro Garçom Sentimental

          Flávia,
          Acho o bar o lugar ideal para se aproximar de alguém… Quando já se conhece ou foi convidado de algum amigo ou amiga e sentará na sua mesa! Caso você vá para conhecer alguém diferente, aí balada é melhor, porque no bar está todo mundo sentado! É um detalhe bobo, mas que faz diferença!

          • Flávia

            Na minha cidade, os bares são um pouquinho diferentes… rsrsrs tem música ao vivo, bebidas, mesas, conversas, e rola até dançar em uma determinada hora. Mas… Conheci meu primeiro marido na mesa de um bar, daqueles ao redor das Faculdades… Exatamente assim, sentada, e ele não era meu amigo e de ninguém que estava comigo…. Conheci meu segundo marido no chat de bate papo, exatamente sentada, conversando e sem nenhuma noção da sua aparência… Seja em um bar ou uma balada, precisamos nos abrir, e mostrar o que somos e desejamos, assim vamos ter o que queremos…

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Parece Varginha! Hahaha
            Bem, em Campinas e São Paulo tem bares assim. Mas não são a tônica.

          • Paulo Biana

            As vezes a questão do Luiz e dos outros não é que a aparência seja essencial mas como ter confiança de mostrar interesse, ou seja, chegar em alguém.
            Ele pode estar cansado de ouvir que aparência não importa mas na hora de levar a conversa com a garota para um sentido mais de ficar a confiança não aparece de jeito nenhum.
            Como se desprender dessas amarras seria a questão.

          • Alessandro Garçom Sentimental

            Paulo, bom dia.
            Como eu falei para ele, aparência importa SIM. Importa para você, para mim, para ele, para Luiza… Mas o que estou insistindo é em outra coisa: Nessa idéia de que existe uma divisão entre feios e bonitos, e uma linha intransponível entre as duas “castas”. Ele é feio, sobre qual padrão, qual prisma? Marisa Monte e Sabrina Sato são pessoas completamente diferentes entre si, e muitas pessoas podem considerar uma bonita e outra feia. “Padrões da moda”, “Padrão de mídia”, “Todo mundo diz que sou feio” para mim não diz nada. E quantas vezes coloquei essa questão nessa conversa? Quantas vezes foi respondida? “Rosto desproporcional” para mim é outra coisa que não diz nada. Minha cidade tem um dos maiores centros de tratamento de deformação crânio-facial da América latina. Vai ficar chorando sem uma doença ou acidente deformativo? Dá uma passadinha lá! Olhe o depoimento do Cachaceiro: Ele ficou chorando dizendo que a vida é injusta com a aparência e altura dele? Não, foi em frente e encarou a vida, como eu fiz, porque passo longe de ser bonito, na minha opinião. E é nessa questão que insisto: O bonito e o feio não são universais, como ele prega. Se fosse, casamento seria uma forma das pessoas passarem para o lado feio e a separação uma forma de voltarem para lá! hahah

      • Luz da Vida

        Concordo com vc, é pura filosofia, será que o azul que vejo é o mesmo que o seu? Ou será que meu azul é vermelho? kkkkk

        • Alessandro Garçom Sentimental

          Exatamente! Essa é a síntese do meu comentário. Valeu 😉

  • SUPERFUBANGÃO

    Não sou gordo, sou mediano, mas sempre me achei horrível…tenho 31 anos e não sei o que é um relacionamento a dois, acho que a sociedade moderna está apodrecendo por conta de normas estéticas que não nos levam a lugar nenhum!

  • Boaventura Vinícus

    Boa noite. Eu me identifico como o autor do email e venho agradecer a atenção de vocês.
    Luiza, obrigado mesmo pelas palavras. Achava que o email não seria selecionado pois já tinha visto um post não igual porém parecido aqui. Valeu mesmo.
    Quando escrevi o email estava passando por umas semanas muito difíceis. Sinto tudo o que foi escrito. Porém a depressão pode ter prevalecido um pouco.

    Luiza, parabéns pela sua história. Realmente é muito bom saber da experiência de outras pessoas. Sua e de outros que vieram aqui ajudar.

    Peço desculpas por discordar de vocês em alguns pontos. Talvez com o tempo mude meu pensamento mas mesmo estando num estado de espírito melhor do que quando mandei o email a questão da aparência ainda teima em ficar na mente.
    Claro que vejo casais com gordinhos, feios ou baixinhos. Mas não sejamos hipócritas. Acontece muito de a pessoa ter a autoestima baixa e se acomodar com a primeira pessoa que na qual se vislumbre nem que seja uma pontinha de chance de desencalhar ou algo do tipo. E muitas das vezes os dois pensam assim! O que leva a um relacionamento ruim.
    Meu maior medo é não descobrir uma pessoa maravilhosa por não me achar bom o bastante para ela ou por não poder conhecê-la porque me acomodei com uma outra antes porque estava desesperado.
    Não sei se alguém vai entender mas é assim que me sinto.

    • Mika

      “Meu maior medo é não descobrir uma pessoa maravilhosa por não me achar bom o bastante para ela ou por não poder conhecê-la porque me acomodei com uma outra antes porque estava desesperado.”
      Meu amigo, esse seu medo é o mesmo de outras 7 bilhões de pessoas que habitam esse planeta.
      Todos, em algum momento, sofremos de baixa autoestima, depressão, complexos e frustrações de todo tipo, olhamo-nos no espelho e não gostamos do que vemos: nariz grande, espinhas, dentes desalinhados, flacidez, celulite, estrias, cabelo ruim (muito liso, muito crespo, muito fino, muito pouco), ausência de cabelo, pouco peito, muito peito, pouca bunda, pinto pequeno, barriga, baixa estatura, muito alto, muito tímido, muito magro… Quer mais? Poderíamos encher uma folha com tantos atributos. Obesidade é apenas uma das inúmeras facetas desse diamante bruto chamado ser humano. Amadurecer é lapidar todas elas, cada uma a seu tempo…

  • alanzz1

    Antes de tudo , adorei o blog !!!
    Mano , sou gordo e isso me incomoda sim , mais pelo lado da saúde do que pelo físico.Tenho apneia do sono e tenho combater isso perdendo peso , hoje estou em um reeducação alimentar e chegando lá. Mas o conselho q te dou e que você jogue com o seu melhor, vc não tem amigos ? então tem algo para oferecer ! sempre fui gordo na adolescência e mulheres para mim foi um problema . Hoje tenho certeza que estou acima da media de muito homens …sou programador(carreira em ascensão ) , toco em uma banda (meninas adoram guitarristas ) e sei cozinhar bem (quem não gosta de uma boa pizza ou uma torta Holandesa )…..adoro paparicar minha parceira(Mulher tem q tomar surra de amor sim ! hehehe) …Tente ver o q te torne legal para o mundo e tenta expor isso !

  • Rayssa Bellerose

    Gordinhos são TUDO de bom. Não troco uma bela barriga de chop por um tanquinho nem fudendo. Não emagreça meu amor. Um dia você vai encontrar alguém que realmente vale a pena e que vai te amar do jeitinho que você é… só se permita.

    • Boaventura Vinícus

      Infelizmente não consigo ver esse caminho ainda. Vivo a vida porém se for pensar na vida amorosa me desmorono. Não é carência. Acho que já é necessidade.
      O problema é que com essa minha confiança não consigo mostrar interesse em nenhuma garota de qu eu goste. E não é interesse por que é bonita ou gostosa. Não. É horrível você se apaixonar por uma pessoa e não ter coragem, travar só de pensar em se declarar ou conversar sobre isso pq acha que não merece e, como penso muitas vezes, seria uma vergonha para ela ficar com alguém como eu.
      Falando assim é insano. E eu lendo vejo isso. Mas é como me sinto.

  • Luiz Antonio Freitas

    Garoooooto! Como é que você pode se achar feio???? Desde quando ser chubby é estar “fora”??? Fiquei sensivelmente chocado com o seu relato!!!!! Aqui vai mais uma história: Eu era magrelo definido e, depois de um casamento (e 47 kg a mais e muito bem distribuídos) me achei o pato mais feio do mundo!!! Nunca cheguei a este peso, apesar de me sentir um acordeon, em pleno efeito sanfona. Em tempo: divórcio faz isso com a gente (não indico, ok?) E, mesmo com 100 kg, vi que olhavam pra mim, me viam com desejo. Claro, tratei de emagrecer (as santas palavras da Lu são um bálsamo na vida!) e perdi 14 kg durante este ano, sem pressa, nada de “summer project” apenas me re-reeducando e me exercitando. E hoje, tem uma legião de gente louca para se aproveitar do meu corpo de 84 kg muito bem distribuídos por sinal, você não tem ideia de como isso dá uma levantada no ego! A ditadura social meio que acaba com a nossa auto-estima, mas nada que uma mente bem auto-trabalhada não possa reverter. Um indivíduo não é somente corpo ou mente. Ponha uma coisa na sua cabeça: o corpo humano é lindo, em suas variadas formas. A partir do momento que você se der conta disso, você terá muito mais facilidade e serenidade para entendê-lo e transformá-lo, mesmo que não seja muito adepto dos exercícios. Confesso, eles são difíceis no início e um saco às vezes, mas são extremamente necessários para a vida toda. Você mesmo dá nuances da sua nobre personalidade através do seu relato de ter muitos amigos, o que mostra a sua sede de viver que é muito mais forte que seu olhar negativo sobre si mesmo. Comece a observar a sua volta, preste atenção nos olhares à sua volta. Como dizia a minha velha avó, tem sempre um chinelo velho para um pé cansado. Socialize, mostre-se. Deixe os seus melhores traços darem o show! Libere-se dos seus demônios internos, são eles que não te deixam ser pleno. Pára de pensar que você é um ser execrável, pois você não é!!!!

    • Boaventura Vinícus

      Obrigado. Amigo, tenho sede de viver sim como vc disse. Por isso vim até aqui. A inexperiência amorosa está me travando em muitos sentidos. Sou muito sociável. Mas meus amigos já estão com suas namoradas e logo, o contato vai se perdendo a solidão aumentando.
      Adoro conversar, tenho confiança de dizer que realmente adiciono algo as conversas de que participo. Mas aterrorizante é quando numa mesa de bar os seus amigos começam a relatar suas experiencias sexuais, normalmente e eu me vejo rezando, implorando a Deus para que o assunto acabe ou que ninguém note quando eu sair.
      E isso não vai mudar tão cedo por causa dessa maldita baixa autoestima que não sai da minha mente, Travo totalmente. Como disse abaixo, é triste você não conseguir nada com a garota pela qual você se apaixona simplesmente pq não tem coragem de dizer como se sente. Não consigo. Acho risível a ideia e acabo perdendo a chance.
      Não quero sexo. Queria amar alguém. Começar a ter experiencias nesse sentido. Relacionamentos. Mas é muito dificil pq minha baixa autoestima me deixa completamente sem ação.

      • Alessandro Garçom Sentimental

        Boaventura, bom dia.
        Entendo o seu problema, ele já foi comum para mim. Já pensou que parte do problema de travamento está no jeito que você encara as coisas? Você trava com sua mãe, irmã, amigas? Não, não é? O nosso problema, é que quando temos uma oportunidade, já nos imaginando namorando, beijando, transando com a mulher… Quando deveríamos focar em ter uma noite/tarde legal com alguém. Não enxergue as mulheres como possíveis namoradas ou ficantes. Encare-as como pessoa que passarão estar no seu círculo de amizades. Assim, sem segundas intenções, conseguirá se aproximar das pessoas e mostrando o lado bom que há em você.

  • Marcelo Favoreto

    Amigão, primeiro de tudo, ligue um botão de foda-se para o mundo. Sou gordo tb, ja fui mais do que estou hoje, emagreci um pouco, pois minha saúde estava sendo comprometida e parei de emagrecer por puro relaxo, porém sempre fui e sou feliz da forma que sou, procuro me vestir bem e estar bem apresentável, mas acredite, quando conheci minha atual mulher, estava num churrasco em um sitio, sem camisa ( gordo ), fedendo suor e tomando cerveja durante o dia inteiro ( mas nada que me deixasse fazer papel de ridículo ), entrei em uma roda de amigos e ela estava lá, nunca a tinha visto antes, aos poucos fomos sentando mais próximo e conversamos bastante, fazendo piadas e nos divertindo. Neste dia, não rolou nada, mas trocamos contatos, posteriormente, conversamos por telefone, marcamos, nos encontramos para ir no cinema e de forma tranquila, tudo começou, hoje são 9 anos juntos, 2 de namoro e 7 de casados. Mas antes de conhece-la, nunca fui o maior pegador que existia, mas vez ou outra ficava com alguma garota e as vezes tinha a oportunidade de transar com alguma. Onde quero chegar com isso:
    – Embora fora do “padrão” de beleza, sempre tem alguém que se interessa por você, mas para isso, você tem que se aceitar.
    – Para aparecer alguem que se interesse por você, você precisa sair da “clausura”, se você não sair para o mundo, realmente ninguém lhe notara e se interessara, “quem quer ver, tem que ser visto”.
    – Saia leve, tire as encanações da mente e saia para se divertir, se “rolar, rolou”, mas se não rolar, você se divertiu
    – Existem diversas forma de conquistar uma mulher, mas a melhor de todas ainda ( mulheres me corrijam se estiver errado ) é com o cerebro, sendo inteligente, tendo um papo interessante, porporcionando a ela momentos de diversão e descontração, fazendo-a rir ( rir pra você e não de você )
    – E por fim tire o estereótipo de pegador que vê em outras pessoas, cada um é de um jeito, mas ainda assim, tem pra todo mundo.
    Espero ter lhe ajudado de alguma forma com minha história e sugetões que escrevi.

  • Rodrigo Reis

    O cara simplesmente me descreveu… mas resolvi, vou tentar emagrecer, mesmo sendo gordo e saber que as mulheres gostam do ”cara parangadam”. A questão não é essa, o problema é que o excesso de peso realmente trás esse elo negativo. Sei que pelo menos emagrecendo vou ter mais um pouco de confiança em si, mesmo sabendo que isso não é lá essas garantias.

  • DANILO

    Eu sempre fui gordo, pelo menos boa parte da minha vida. Assim como hoje, na época, existia um preconceito monstruoso por conta da aparência física. Nunca fui feio (de rosto), mas sempre fui gordo e usava óculos (na época, minha mãe pra acabar comigo de vez, cortava meu cabelo tigela e meu óculos era redondo). Ouvia coisas do tipo: “Nossa, você seria lindo, se fosse mais magro e não usasse óculos!”. Cara isso mata qualquer pessoa. Eu não era nerd, não era estudioso. Sempre fui muito orgulhoso e não demonstrava nada a ninguém, porém me martirizava por dentro. A questão é que com tudo isso, achei formas de “escapar” desses preconceitos. Primeiro, mudei algumas poucas coisas possíveis de imediato, como: Estilo do óculos, corte de cabelo, roupas que eu me sentia bem. Comecei a brincar comigo mesmo, com a minha aparência, antes de que pudessem falar dela. Antes que me tirassem sarro por ser gordo, já eu mesmo me tirava sarro (aprendi isso com um grande amigo meu, muito narigudo). Quando eu fazia isso, a graça que o pessoal achava de zuar, acabava, pois eu já sabia da minha situação e não me importava. Encarei tudo isso com muito bom humor. Com isso, e um pouco de estilo e cara de pau, as pessoas se aproximaram mais de mim e muitas pessoas que não ligam tanto para aparências, começaram a gostar de mim, pela pessoa que sou. Fiquei com algumas garotas na juventude, confesso que foram poucas, pois era tímido, mas tive experiências. Nunca me encanei com isso e nunca fiquei frustrado com isso. Vou te falar que minha vida começou mesmo a mudar. Quando tinha 18 anos, já trabalhava desde os 14 e já era financeiramente independente. Comprei meu carro e sempre tive muitos amigos. Tenho amigos desde os 10 anos de idade até hoje, que me acompanham e são muito parceiros. Me aperfeiçoei muito em comportamento e virei vendedor. Ai sim minha vida mudou mesmo. Aprendi a lidar com as pessoas, perdi a timidez e aprendi a lidar com as pessoas, com palavras e jeitos. Aprendi a fazer leitura corporal das pessoas e aprendi mais ainda a ouvi-las, tendo em mente o que poderia oferecê-las. Com tudo isso, comecei a sair com algumas garotas (ficantes), tive muitas amigas mulheres na vida, digo muitas mesmo. Ainda sou assim (gordinho), mas hoje vejo a vida por outra perspectiva. Continuei sendo gordo e mesmo assim, namorei mulher linda, mulher que não é considerada linda pela sociedade, mas pra mim sim era. O importante mesmo, é não se abalar com os esteriótipos impostos pelas pessoas a sua volta. Ser vc mesmo, ter seu próprio estilo e se cerque de pessoas que te aceitem do jeito que vc é! Não ligue pra tudo o que te falam. Mude sim, melhore o que precisa melhorar, mas não perca sua essência por ninguém nessa vida… O nosso caráter e nossa personalidade, são únicas e nunca vai existir ninguém igual a nós mesmo. Isso é o que faz nós sermos especiais e únicos. Muita gente gosta do único, do que não há igual. Pessoas que não são superficiais, escolhem as pessoas pela personalidade. Te garanto que sofrem muito menos