O que nos impede de ser feliz de fato?

11

O que nos impede de ser feliz de fato?

Quem é que nunca passou por um sentimento de tristeza imenso, de decepção com a vida e de pensar que todo mundo consegue algum sucesso, menos você? Nessas horas você tende a ficar fraco demais para dar uma voadora na vida, chateado demais para tratar alguém tão bem quanto você poderia, e introspectivo demais para pensar em outra coisa que não seja no seu fracasso pessoal. Mas e então: onde é que está a minha felicidade?

A felicidade não é uma receita de bolo que você coloca 3 ovos aqui, um pouco de farinha ali e, desde que não fique muito tempo no forno, sairá deliciosa. Não, a felicidade é aquele sentimento que vem depois de você ter enfrentado caminhos tortuosos: afinal de contas, quem é que saberia reconhecê-la se não tivesse se lambuzado com um pouco de tristeza antes?

Mas será mesmo que esse caminho terá um final feliz? Será realmente possível encontrar um bote salva-vidas no meio de uma inundação? O caminho pode parecer grande e exaustivo demais para você acreditar que ele termina, mas pode acreditar: ele termina sim e tudo o que você tem que fazer é exatamente o oposto do que você está fazendo agora. Sabemos que atraímos o que pensamos e conquistamos o que trilhamos e é bem nessa hora que acontece a grande ironia: queremos ser felizes, mas só pensamos em tristezas, queremos ser mais bonitos, mas uma das poucas felicidades que temos é comer e nos esquecer de nós mesmos; queremos sair do ócio da vida enquanto temos medo de sair de casa e correr o risco de tudo dar errado novamente… Você é capaz de compreender que fazer isso é correr na trilha oposta à sua felicidade? Se tivéssemos sorte todos os dias, a vida não seria vida, nunca se esqueça disso.

Na verdade, não é bem “medo” de ser feliz que sentimos, é efeito colateral por pensar demais e certa preguiça por saber que nenhum vencedor ganha um grande título sem esforço, e só de pensar nisso muita gente já se cansa antes mesmo de tentar de verdade. É necessário luta, choro, suor, algumas noites sem dormir e muito desconforto em prol de um bem maior. Você quer vencer, mas tem medo do caminho, não é verdade? Todos nós temos, mas como atravessaremos um rio que não te dá a possibilidade de ter um barco se não for a nado, por águas turvas que no fim revelarão toda a beleza que se encontra do outro lado da margem, e que naturalmente só a enxergará quem teve a coragem de chegar até lá? Não podemos roubar no  jogo da vida, no máximo podemos enganar os outros e quando isso acontece sabemos que perdemos.

Um vencedor nada mais é do que aquela pessoa que continua seguindo em frente, mesmo quando todos os outros já desistiram. É aquele que se sente fraco, mas sabe que se fosse fácil todo mundo teria sucesso. É aquele que sabe que todo presente maravilhoso sempre custará caro. E é aí que entra o quanto você está disposto a pagar pela sua felicidade e a certeza de que, não importa quanto seja, sempre valerá a pena. Você só precisa dar o primeiro passo e a partir daí nunca mais parar de andar.

Já leu o texto “Você ser “santo” em apenas uma época do ano não te fará ser uma pessoa melhor”. Se trata de uma reflexão para a vida inteira!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.