SUS vai oferecer teste de HIV via oral!

2

SUS fará teste de HIV via oral!

Em 2014 o Sistema único de Saúde (SUS) passará a oferecer uma nova forma para detectar se o paciente tem ou não o vírus HIV. Já existiam testes rápidos em estabelecimentos como os CTA (centros de testagem e aconselhamento) através de coletas de sangue, porém, dessa vez o teste rápido será realizado de forma diferente: através do seu fluído oral!

O objetivo é oferecer diagnósticos para a população através das campanhas do Fique Sabendo, nos serviços de saúde que atendem às populações vulneráveis e nas farmácias da rede pública. O fluído do teste oral é extraído da gengiva e da mucosa da bochecha do paciente com o auxílio de uma haste coletora e o resultado sai muito rápido: em cerca de meia hora.

Inicialmente, o teste será usado a partir de março de 2014 por quarenta (40) organizações não governamentais (ONGs) parceiras do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde. Depois e ao que tudo indica será no segundo semestre, o diagnóstico rápido será oferecido na rede do SUS.

Na primeira etapa, homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo, travestis, transexuais, usuários de drogas, pessoas privadas de liberdade e moradores de rua terão prioridade para realizar o teste. O kit para realizá-lo está sendo produzido pelo laboratório Bio-Manguinhos/Fiocruz.

Antes de fazer o teste é pedido que o paciente tome algumas precauções:

– Evite ingerir alimento ou bebida, evite fumar ou inalar qualquer substância. Não escove os dentes e nem use antisséptico bucal nos 30 minutos anteriores.

– Retire o batom e evite atividade oral que deixe resíduo.

O Ministério da Saúde também divulgou a aprovação do novo Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV em Adultos e Crianças, que complementa os procedimentos para os testes de HIV no país. Este documento traz a possibilidade, caso seja necessário, de confirmação do diagnóstico com um segundo teste, também rápido, que permite a redução do tempo de entrega do resultado ao paciente.

***************************************************************

Eu sinceramente gostaria de entender por que as pessoas têm tanto medo de realizar o teste para saber se ela tem HIV. Veja bem, se você tem, nada irá mudar isso, porém, se você souber a tempo, as chances de você controlar a doença aumentam consideravelmente. Sempre é melhor saber do que não saber, não só para você não passar para outras pessoas, como também para ter um maior sucesso no tratamento e na sua qualidade de vida. Sabe como é, quando a gente descobre tarde demais, é sempre muito pior.

Se você transou nem que seja apenas uma vez na vida sem camisinha, ou se fez sexo oral sem proteção, recomendo muito que faça o teste. Não pense que só porque a pessoa que você transou “tem cara de saudável ou teve poucos parceiros” é porque ela não tem nada. Sem contar que o exame é gratuito, então bora fazer que não temos nada a perder! Ah, aproveite e leve o seu parceiro junto!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Está aí um assunto que todo mundo deveria se interessar, mas parece que muita gente não está nem aí, acham que nunca vai acontecer com eles….

  • Sebastião Júnior

    É bom ficar atento, pois nenhum ser humano é imune ao erro, e com a AIDS qualquer erro pode lhe custar a vida.