Inversão de papéis: o dia em que o homem virou mulher

8

Como seria viver em uma sociedade onde as mulheres dominam e os homens são o sexo sexo frágil?

O curta metragem francês intitulado Oppressed majority (Majorité Opprimée) conta essa história de troca de problemas sociais de uma forma incrivelmente genial!

Sugestão de conteúdo enviada pelo Sebastião Rabelo. Se você tiver a sua sugestão sobre algo legal que você viu nas internets relacionado a sexo, namoro e sexualidade nos envie para [email protected] que nós te daremos os devidos créditos por isso!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Nicholas

    Olá Luiza. Achei o post bem interessante e resolvi procurar mais coisas relacionadas ao tema no site. Como não achei, gostaria de saber se você já fez alguma matéria/entrevista sobre homens que curtem inversão de papéis e o que as mulheres acham da prática.

  • Luis Flavio

    acho que na sociedade atual não existem mais ¨papeis¨. Os homens e as mulheres trabalham, estudam, criam filhos, cuidam da casa, do carro, são sensiveis, ou matam um leão por dia. Ja tive momentos na minha vida em que trabalhei em casa e logo cuidava mais da casa que minha mulher. ja levei filhos pra escola e preparei jantar. A vida na classe media hoje em dia esta muito dificil e logo tanto marido, quanto esposa trabalham e tem suas vidas tomadas em ambientes corporativos e profissionais. Cabe bom senso dos dois em ao mesmo tempo em que trabalham fora cuidem de suas casas e familias de acordo com as conveniencias e dificuldades que a vida apresenta.

    • Luana

      Eu acho que você não entendeu, Luis Flávio. A sociedade não é só você e sua mulher. Você não pode generalizar o que acontece na sociedade. As mulheres ainda são minoria em cargos de chefia, ainda são minoria em cargos políticos, ainda são minoria no ensino superior. As mulheres ainda sofrem diversas formas de violência. É muito fácil para você, um homem, de classe média, dizer se já estamos em pé de igualdade, pois é muito fácil esquecer quaisquer benefícios que o privilégio de ser um homem de classe média te garante. Não cale as nossas queixas, porque o que acontece nesse vídeo, acontece todo dia com as mulheres de hoje, inclusive no Brasil. Não diga que estamos exagerando, ou que nossas queixas são infundadas.

  • Benito Annunciato

    Luiza Costa, primeiramente, gostei do “resumo” sobre você. Bem inspirador. Quanto ao tema do curta, por sinal bem bolado, é uma verdade. Boa parte dos homens solteiros tratam as mulheres, como as mulheres do filme trataram o homem, bem como boa parte dos homens casados tratam suas mulheres, como a protagonista do filme tratou seu marido. É um sinal, mais do que um sinal, que relação homem/mulher, mulher/homem está repleta de desacertos. Há que se mudar, não sei como, mas deverá haver uma mudança nessa relação.

  • Surf

    Quando um homem se tornar uma mulher , ele carregará consigo todos os aspectos relacionados ao sexo feminino ,inclusive o sexual , ou seja , passará a ser submisso sexualmente com desejos de ser penetrado .Isto ocorrerá porque todo seu desejo masculino lhe será negado com a atuação da mulher como ativa socialmente refletindo na sexualidade dele .
    Em suma , o filme contém erros onde seria impossível ele ser da maneira que aparece , seria efeminado e usaria roupas femininas e seria 100℅ passivo ,sua parte masculina lhe seria negada o e pênis serviria apenas para urinar e também como saída do esperma para a fecundação dos óvulos mas somente quando estimulado via anus , numa penetracao anal pela mulher ( já que ela agora assume a masculinidade ) ou através da massagem prostática ( única maneira que estes tipos de homens sentiriam prazer ) .

  • Surf

    O tema : Como seria viver em uma sociedade onde as mulheres dominam e os homens seriam o sexo fragil ?
    R: Os homens seriam todos emasculados e bem mais efeminados do que o personagem do curta .
    Apesar de estarem em um relação hétero com a dominadora mulher ( agora com o papel do macho ) também sentiria necessidades de ser possuída por um homem com pênis de verdade e então a trairia com os marginalizados rebeldes ( sempre existem rebeldes que não se deixam dominar ) .
    Quando da queda do Machismo , irá junto a masculinidade que passará a pertencer ao sexo dominante , no caso o sexo feminino .