Meu ciúme e minha neura com traição deixaram ele frio comigo

21

Leitora: Preciso de ajuda, tenho meu parceiro há 5 anos, quando eu o conheci ele tinha uma ficante que ele terminou imediatamente para ficar comigo. Eu era muito ciumenta e aos poucos eu fui tirando as amigas de infância dele e proibia ele de falar com mulheres no serviço. Ele não jogava bola mais, só trabalhava e vinha para casa e acabou engordando.

Eu toda hora falava que ele tinha uma amante injustamente e fui colocando isso na cabeça, mas ele nunca saiu do meu lado. Ele começou a ficar distante e frio comigo e se isolou de tudo e até tirava foto da folha do relógio de ponto dele para provar que não me traía e mesmo assim eu achava que ele tinha outra, pois ele ficou frio e mal conseguia fazer sexo comigo. Eu pedi para ele me ajudar com um emprego, então ele falou com a tia dele que conseguiu para mim. Lá neste emprego eu conheci um rapaz que tinha namorada e passava por situações ruins e comecei desabafar. Ele era tão legal e daí começamos a flertar, eu dizia que amava ele e ele também dizia que me amava. Um dia falei para meu marido que tinha outra pessoa. Ele ficou calado e arrumou as coisas para sair. Na mesma hora bateu um arrependimento, eu disse a ele que poderia estar confusa e implorei para não ir embora, ele disse que apesar de ser cético com isso (pois ele é ateu não acredita em milagre e tals) falou que ia ficar porque me ama. Foi aí que a ficha caiu, que ele nunca me traiu e poderia estar em um momento difícil.

Ele olhou para mim e disse: “Sabe porque eu nunca te persegui do jeito que você me perseguiu, porque eu te amo e confiava em você”. Depois disso ele nunca mais foi o mesmo comigo. Mas eu me pergunto, ele não teve sua parcela de culpa por ficar distante? Ele disse que isso foi por causa do meu ciúmes, que matou a identidade dele, mais o outro rapaz eu não beijei nem transei e ele considerou a troca de mensagens uma traição, o que você acha?

ciumes

Eu acho que você precisa de ajuda psicológica urgente!!! Se ele já tivesse feito algo no passado para ter te traumatizado e te deixado com muito medo de ser traída, do tipo “nossa ele já chifrou ela, e por isso agora ela tem trauma”, eu até entendia, mas não!! Ele nunca fez nada suspeito e inclusive terminou até com a ficante que ele tinha quando começou a ficar contigo, ou seja, ele fez tudo nos conformes e não fez nada que o incriminasse ou merecesse as suas suspeitas!!

Quando eu comecei a ler a sua pergunta, eu já estava pensando “nossa, que menina pentelha, ela vai broxar o cara assim!!” e foi tiro e queda: lendo um pouco mais, você mesma contou que ele começou a ficar mais frio e mal conseguia fazer sexo contigo. Totalmente previsível e não é para menos, né?! Na verdade, não fica brava comigo, mas eu acho que ele te aguentou até demais e eu no lugar dele já tinha te mandando catar coquinho há tempos! Imagina que saco ter que ficar provando o tempo inteiro que ele (não) faz algo, tirando até foto do ponto para te mostrar! Já já você coloca câmera até no banheiro para garantir que não tem ninguém lá dentro!! (lá vai ela pensar “poxa, boa ideia!” kkk). Devagar com a neura, né?!

Eu penso assim: você tem que pensar que a pessoa é inocente até que ela prove o contrário. Inclusive a justiça funciona assim: teoricamente, ninguém pode prender uma pessoa sem provas pelo simples fato de que, a priori, todos nós temos o direito à liberdade e à vida. Parece exagero, mas ao ficar em cima e privando ele de tudo, você simplesmente tirou parte do direito dele de viver e acabou fazendo com que ficar contigo seja um fardo totalmente desagradável. Responda com sinceridade: você conseguiria amar uma pessoa que age como você está agindo com ele?

Outra pergunta para você responder com sinceridade: Será que você é que não é flor que se cheire e justamente por isso está com tanto medo de ele aprontar contigo? Não sei não, mas sempre acho que quem desconfia demais de traição de quem nunca deu motivos é alguém que sabe que trairia caso tivesse oportunidade, tanto é que você mesma ficou de paquerinha com o seu colega de trabalho e pouco tempo depois trocou juras de amor com ele! Vamos ser sinceras: no fundo você sabe que você é capaz de trair, e por isso fica achando que todas as pessoas são como você, mas não são! O problema é que nisso você só afasta as pessoas e faz com que elas te achem um tanto quanto broxante e problemática, entende? Se você acha que você não consegue confiar em alguém, você simplesmente não pode mais namorar. O que não dá é punir outra pessoa pelos seus transtornos e medos psicológicos. Se você não consegue namorar e simplesmente confiar, é você quem tem que se tratar, não ele que tem que parar de jogar futebol e sair com os amigos, entende? Fazer isso seria que nem decretar que ninguém mais pode sair de casa porque tem ladrão na rua: é a pessoa que prejudica a sociedade que tem que procurar ajuda, não o outro que tem que ficar enfurnado dentro de casa, entende?? O que você está fazendo é um ato covarde: por medo de dar um jeito em si mesma e ter uma vida normal, você simplesmente tira a vida de outra pessoa. Sim, porque ficar sem poder fazer nada e mal ter amigos é ficar sem vida.

Quanto a você questionar se ele tem ou não uma parcela de culpa por você ter ciscado em outro canteiro, eu só te digo uma coisa: cada um responde pelos seus problemas e um erro não justifica o outro. Assim, não culpe ele pelas besteiras que você fez na rua: você fez porque quis, até porque sempre há a opção de terminar um namoro e você nunca fez isso!! Se trocar mensagens com o seu colega de trabalho é ou não traição, isso você mesma pode responder. Você gostaria que ele trocasse mensagem com outras mulheres, mesmo sem beijá-las? Provavelmente não, né? Você não gosta nem que ele saia de casa, quem dirá trocar mensagem com mulher e dizer que ama, tal como você fez com o seu colega. Há quem diga que só de ter intenção e paquerar já é traição, e acredito que você é uma das pessoas que pensam assim e só não está pensando nisso agora porque é cômodo para você que é “a traidora” da vez, porque se fosse ele trocando mensagem com uma mulher, com certeza você já tinha amarrado ele no pé na mesa!!

E se um dia ele te trair de fato? Bem, aí é com ele, não contigo! Você tem que fazer a sua parte, fazer o que você acha certo e confiar no seu parceiro pelo simples fato de você – bem como ele – merecerem ter paz. Se algum dia esse ou algum outro namorado seu te trair ou cometer alguma atitude injusta contigo, aí é da consciência dele e, se você descobrir, vai de você perdoar ou não. O que não dá é você perdoar e trancá-lo em casa, entende? Isso aí é bruxaria! Não cabe a você querer tirar a vida de quem está contigo por conta de algo que pode vir a acontecer, mas que ainda não aconteceu, mas cabe a você optar por confiar ou simplesmente nem começar o relacionamento. Cuide da sua consciência, da sua autoestima e das suas atitudes que já é o bastante, até porque, nem sempre o mundo é justo e o que vale é a gente fazer a nossa parte.

Esse vídeo também pode te ajudar:

Assista também ao vídeo “Você tem medo de ser traído(a)”?! Aproveite e assine o Canal para não perder nenhuma atualização =)

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.