O casamento faz bem ao coração, diz pesquisa!!

17

casamento

Um estudo realizado a partir de fichas médicas de mais de 3,5 milhões de pacientes, com a idade variando entre 21 a 102 anos foi apresentado hoje (28/03/2014) na conferência anual do Colégio Americano de Cardiologia, em Washington, nos Estados Unidos e divulgou que pesquisadores conseguiram detectar que há uma ligação entre o estado civil de uma pessoa e da mesma sofrer doenças cardiovasculares. Essa propensão independe do sexo, ou seja, serve tanto para homens, quanto para mulheres.

Se você sempre quis se casar, eis aqui mais um incentivo para você correr logo atrás da cerimônia. Esse estudo conclui que, para as pessoas casadas, o risco de sofrer com doenças cardiovasculares era em geral 5% menor do que entre os solteiros, porém, Carlos Alviar, da faculdade de medicina da Universidade de Nova Iorque e principal autor do estudo, faz um alerta aos apressadinhos:

Os resultados do estudo não devem incitar ninguém a se casar precipitadamente“, disse.

Por sua vez, os divorciados ou viúvos sugeriram mais riscos de sofrerem com doenças cardiovasculares do que os solteiros e do que os casados. A lógica, começando pelo grupo de menor risco, seria essa: casados apresentaram menores riscos, seguido dos solteiros, depois os divorciados. E, por fim, os viúvos foram os que mais sugeriram riscos nessa história toda. Para estes, o risco era 3% maior em todas as doenças vasculares e 7% superior nas doenças coronárias.

Para as pessoas com menos de 50 anos, estar casado é capaz de provocar uma diminuição de 12% do risco de doenças cardiovasculares, taxa que se reduz para 7% entre as pessoas com 51 e os 60 anos, e que diminui mais uma vez para apenas 4% nas pessoas com mais de 61 anos.

A ligação entre o casamento e uma diminuição do risco de doenças cardiovasculares é mais marcada entre os jovens, o que foi uma surpresa“, também afirmou Alviar.

Os dados foram recolhidos junto de pessoas que participaram de um programa particular de despistagem de doenças cardiovasculares em mais de 20 mil ambientes nos 50 estados norte-americanos, entre os anos de 2003 e 2008.

Outras pesquisas de menor dimensão já tinham chegado à mesma conclusão, porém, esse estudo parece ser mais específico ao estabelecer riscos associados a quatro doenças do coração (doença arterial periférica, doença da artéria coronária e aneurisma da aorta abdominal e acidentes vasculares cerebrais) em função de diferentes situações familiares. Os estudiosos fizeram a ressalva de que a amostra incluiu uma proporção não muito elevada de participantes pertencentes às minorias raciais e étnicas, o que pode limitar o significado dos resultados.

Fonte: ABC News

************************************************************************

Para mim, esse estudo faz todo o sentido do mundo. Depois que casamos tendemos a ficar mais sossegados, querendo dormir de conchinha e no caso dos homens, ainda por cima tem sempre uma mulher pentelhando e falando “vai ao médico, vá fazer seus exames de rotina, amor”. O duro é quando você se casa com uma pessoa traste, aí acho que esse estudo vai por água abaixo e você morre do coração antes da hora…

Já assistiu as Breves Dicas para o seu relacionamento dar certo?

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Daniel junior

    isso ai e uma grande mentira já fui casado por 8 anos e digo casamento faz e muito mal para o bolso e para a saúde mental

    • ANTÔNIO FILHO

      não se pode generalizar, pois sou casado a 12 anos é so me tem feito bem para o coração e para o bolso. o problema e que escolheste mal.

  • Marcelo Torres

    Como toda pesquisa norte americana, os resultados são sempre sem maiores explicações. Não vejo muita lógica nisto.

    Poderia pensar que seria pelo fato de ambos (homem e mulher) estarem numa rotina sossegada, mas isto é altamente questionável. Fui casado por muito tempo e depois de separado estou curtindo muito a viver e morar sozinho. Não que estar casado não seja bom, muito pelo contrário, é bom sim e (pelo menos pra mim) foi uma experiência incrível. Cresci muito com esta experiência.

    Ouvi uma pessoa dizer, uma vez, que o “segredo da longevidade” para o homem é relacionar-se com uma mulher pelo menos 10 anos mais nova. Isto sim tem todo um fundamento, pois o cara passa a se cuidar mais, controlar sua alimentação, fazer exercícios, etc. Isto sim é algo bem fundamentado…

    Mas uma pesquisa destas, achei meio sem lógica porque não dá nenhuma explicação.

  • Pior que eu vi sentido na pesquisa. Acho que faz mal se você se casa com traste, se não acredito que faz sentido sim! Você fica mais leve, não fica naquela neurose de caça, não sente tanta solidão como muitos viúvos, solteiros e divorciados, etc. Isso no meu achismo e quando o casamento é bom claro!

    • Marcelo Torres

      Pois é, eu já vi as duas situações e acho que vivi bem em ambas.

      Se a pessoa vive na “caça”, com certeza o nível de estresse aumenta um pouco. E aquela que sofre por causa da solidão também.

      No meu caso (e no caso de várias pessoas que eu conheço) é meio diferente. Eu lido super bem com a solidão. Estar sozinho no meu apartamento é tudo de bom. Prefiro muito mais visitar os outros do que receber visitas (aliás, só recebi uma visita até hoje no meu apartamento).

      Acredito que solidão é algo que mereça um tratamento. Não precisamos de ninguém para sermos felizes. Não é nada bom vincular nossa felicidade a alguém ou a alguma coisa porque se este alguém (ou esta coisa) vai embora leva junto nossa felicidade.

      Sou plenamente feliz sozinho e quando estou com alguém, também me sinto bem, mas isto não é imprescindível.

      Não sei se isto é o ideal para o ser humano, mas certamente é o meu ideal…

  • Mika

    Não precisa de estatística pra dizer o que todo mundo já sabe…
    O que mata é a raiva, o estresse, a depressão e o fator genético.
    A conjugação de diversos fatores de risco, como pressões socioeconômicas, alimentação normalmente menos balanceada, a ausência do estrogênio como protetor natural, a predisposição genética (quando existe), e a solidão sentida por aqueles que estão na terceira idade, colocam o homem que vive só no topo da pirâmide de risco cardiovascular. As mulheres sofrem um pouco menos com isso.
    Um mau casamento é pior do que estar solteiro ou divorciado. Um divórcio é extremamente desgastante, mas depois de passada a tempestade traz alívio. Pessoas menos sociáveis costumam sofrer mais com a solidão e a depressão.

    “Ouvi uma pessoa dizer, uma vez, que o “segredo da longevidade” para o homem é relacionar-se com uma mulher pelo menos 10 anos mais nova”

    Discordo, Marcelo! Cadê o fundamento disso? Tenha 30 anos e case-se com uma mulher de 20. Não é a diferença de idade que conta, mas a “escolha melhor” que esse homem faz quando já viveu uma má experiência. Todo homem divorciado se cuida mais quando volta à ativa, mas isso é antes de se relacionar seriamente de novo, é estratégia de caça… rs. Depois, é a qualidade dessa nova relação que vai determinar se ele continua a se cuidar. Por favor, não me apedreje… rs… mas esse mérito não é do homem. É da mulher bacana que ele arrumou, que cuida da sua alimentação e lhe levanta a autoestima…

    • Marcelo Torres

      Mika, eu falo do cuidado que se tem quando esta situação acontece. Alguém com 30 anos eu não diria porque com 30 anos é o momento que o metabolismo ainda está funcionando com “certa normalidade”. Mas coloque isto 10 anos a frente. Um cara com 40 precisa se cuidar muito mais (metabolismo mais lento, redução da produção de hormônios, etc). O relacionamento com alguém mais jovem o estimula a se cuidar.

      É óbvio que existem pessoas relaxadas com a saúde independente de qualquer coisa. Mas vejo fundamento naquela frase que eu disse.

      Ahhh… e jamais apedrejaria alguém por discordar de mim… Normalmente eu aprendo muito quando isto acontece (primeiro porque eu posso realmente estar errado e segundo porque me força a pensar). Então relaxe e manifeste sua discordância sempre que existir (acredite, vou gostar! rsrsrs).

      Quanto ao mérito, concordo plenamente com você: É da mulher bacana que está com ele. Ninguém investe em qualquer coisa se não houver um mínimo de esperança de retorno (o retorno a que me refiro é o da felicidade, do bem estar, da autoestima, etc). Veja que estou bem longe daquela velha (e ridícula) disputa entre homens e mulheres… rsrsrs

    • sencivel

      voce é doente nao raciosina das ideias sua vagabunda corna esta desesperada para transar nao fique influenciando os outros que estao sofrendo com baixa estima pare de pertubar os outros sua louca retardada .Pare com isso agora sua idosa raquitica.

    • sencivel

      mika voce nao precisa de tratamento urgente voce esta desiludido com outras pessoas porque tem os assexuados voce sabia ou voce nao aceita que os outros falam tem muita gente que vive sozinha e tem uma viva melhor do que as outras pessoas porque elas podem faser o que querem vida e nao precisam dar satisfasam para nimguem.

      • Mika

        Sencivel,
        Concordo plenamente com você. Muitas vezes, viver sozinho(a) é melhor do que estar casado. Conheço várias pessoas que vivem sozinhas e estão muito bem assim. Ter liberdade pra fazer o que quiser e não precisar dar satisfação pra ninguém é uma coisa maravilhosa. E, se você reler com atenção o que eu escrevi, vai encontrar lá esta frase:
        “Um mau casamento é pior do que estar solteiro ou divorciado. Um divórcio
        é extremamente desgastante, mas depois de passada a tempestade traz
        alívio.”

        Felicidades!

  • Thomaz Aquino

    Tudo que dá certo faz bem..negócio ..sociedade…etc….e tudo que da errado faz mau…casamento não foge a regra , mas as vezes com consequências piores ., e pelo jeito fizeram pesquisa com velhos divorciados que se ferraram em casamentos ficaram até doentes de tanto sofrer com o casamento ,e não pegaram mas ninguém pra namorar porque perderam tudo …na verdade não é casamento que faz bem..se o cara é solteiro tem uma namorada pau pra toda hora fica pendurado no telefone todo horas todo dia , se escutam trocam sonhos , problemas , ideias claro que é feliz por ter alguem e faz bem pro coração ..todo mundo sabe que a melhor coisa do mundo é namorar..o que acontece no casamento é que na maioria deles surgem coisas que acaba com o namoro..e a pessoa nem conversa mais direito..outras coisas então piorou……então depois de muito desgaste e ser Infeliz um montão vem o Divorcio pra detonar mais um pouco ….Viuvos então coitados , . chega a matar ..alias a pessoa pode querer morrer junto..porque ao contrario do divórcio , não existirá outra pessoa igual para o fazer , este perdeu de verdade o divorciado naõ perde se livra..pema que muitas vezes vai a calça junto..kkkkkk ja viram no face o Galo depenado…mostra antes e depois do divorcio…
    O que faz bem pro coração é ser Feliz…não importa como…

  • josé

    Se casamento fosse bom não precisaria duas testemunhas para assinar no dia do casamento!
    Quando vc se casa vem um monte de brinde junto sogra ,sogro ,cunhado aquele sobrinho folgado e uma vez por mês vem a TPM (tensão pré MONSTRUAL )kkkk
    Vc já se perguntou pq a igreja não deixa o padre e madre se casar ?adivinha???kkkkkkkkkkkk

    Depois do casamento vc tem MENOS sexo e menos dinheiro ,ou seja não tem vida após o casamento!

    A palavra MENOS vai esta na sua vida todos os dias ,ate que as brigas os separem ,não e a morte .
    Casamento só trás depressão e muitos momentos de raiva !rs

    Um conselho para quem quer casar :como vc pode saber se casamento e ruim se não passa por esse trauma !rs

    • Poxa Zé. Li o que você escreveu e me deu vontade de chorar
      estragou meu domingo kkkk

  • sencivel

    nao concordo com essa pesquisa estao enganados se nao todos os homens se estiguiram da fase da terra e nao se encontrariam mais nenhum.

  • Daniel Denel Santos

    São dois lados da mesma mueda, no casamento aspectos agradaveis e desagradaveis fazem parte da rotina,caso ocorra mais coisas ruins do que boua,ambos devem para e refletir e encontra a solucão para o problema.No na vida a dois não devehaver egoismo,autoritarismo,é no entanto pressiso um acordo,uma imposicão de ambos. visando reestabelecer o equilibril,,que seria o parceiro ou a parceira,chamar a atencão do outro e discutir a relacão sem julgamento para aprender a evitar que outra vez possa se repetir.Uma. comverca adulta sem briga e com muinta compreencão , sem arrogancia e comvercar com um tom de vozamigavel.Tem que haver carinho na horÉ da converca,ambos tem que seder , é

    • Mika

      Concordo, Daniel. Diálogo, respeito e amor formam a base de um casamento de sucesso. Parece-me que sua esposa é uma mulher de sorte…

  • ANTÔNIO FILHO

    sou casado há mais de 12 anos e é tudo de Bom, é preciso escolher bem antes de se casar, não é saber se a pessoa é boa de cama, mais é saber se a pessoa tem as qualidades que você pontua como positivas para conviver bem com você,pois, a maior parte do tempo no casamento vai ser fora da cama, acredito que se deve ler bons livros e tomar bons conselhos de pessoas que tenham casamentos bem sucedidos. outro dia eu estava na rua e tinha alguns idosos tirando onda de outro idoso que estava comendo um cachorro quente se não me engano: e eles diziam eu vou agora almoçar com minha esposa uma comidinha gostosa, cadê tuas putas para fazer o teu almoço?KKKK cara essa pesquisa é fato, um item também que pesa muito no relacionamento é a fidelidade. até em UGANDA o governo tem conseguido reduzir o número de pessoas com aids pregando a fidelidade entre os casais.