Estou enjoado da minha namorada, mas não quero que ela arrume outro!

11

Leitor: Olá, tenho 20 anos e sou estudante de engenharia civil, namoro há cerca de dois anos e onze meses. Nos primeiros dois anos, estudei com minha namorada, ou seja, eu via ela na escola, via ela na academia, e depois ficávamos juntos de noite, com tudo isso, por passar muito tempo com ela, acabei achando que estava ficando muito enjoativo todo esse tempo junto, mesmo fazendo coisas diferenciadas. Contudo, várias vezes me passou pela cabeça terminar e seguir minha vida com outra pessoa, mas quando me vem na cabeça que obviamente ela vai conhecer outro rapaz, eles vão ficar juntos e vai rolar tudo o que rolou comigo, seja pior ou melhor, me vem na cabeça uma enorme angústia! Não sei lidar com essa situação, pois mesmo eu namorando ou ficando com outra pessoa, ao ver minha “ex-namorada” com algum rapaz, meu sangue vai ferver e posso fazer alguma besteira de crise de ciúmes! Já terminamos uma vez, e quando passo o dia todo com ela, acabo ficando com a sensação de cansaço, de enjoado daquilo tudo, mais quando fico longe dela eu sinto falta, não sei o que posso fazer.

Enjoei da minha namorada mas não quero ela com outro

O seu problema é possessividade ao extremo!! Está nítido que você só não largou a sua mulher porque você tem medo que “outro pegue”, e não porque você nutre algum tipo de sentimento por ela. Se não existissem outros homens no mundo, você já teria lascado o pé na bunda dela há muito tempo. É claro que o seu problema não é só “vê-la” demais, porque se fosse assim era só mudar um pouco de ambiente (por exemplo, cada um passaria a malhar em uma academia diferente, etc), o seu problema é que você pensa que as pessoas são suas, mas não são! Pensa só: você não acha que quem mais vai se ferrar por ser assim é você mesmo? Porque veja bem, para a sua namorada, pelo visto está tudo ok, pelo menos até que se prove ao contrário. Já você é quem mais está sofrendo com toda essa situação ao estar de saco cheio dela. Para ela tudo permanece cor de rosa e, ao contrário de você, ela está dormindo muito bem obrigada! Logo, conclui-se facilmente que se você ficasse solteiro, o maior beneficiado seria você, que estaria livre para novos horizontes e se livraria de um peso que você não quer carregar, que infelizmente é a sua prória namorada.

Isso que você está fazendo é uma atitude completamente infantil e ingênua pelo simples fato de que a sua namorada não é sua propriedade e nunca será. E pode chorar: nem enquanto vocês estiverem namorando ela é sua, quem dirá depois de solteira! Não acho justo nem com você nem com ela você fazer o que está fazendo, porque isso é só atrasar o fim de tudo e ainda por cima é uma atitude que só serve para empacar a vida. É claro que se você largar dela ela pode arrumar outro, mas e daí? Você não quer mais ela! Você acha mesmo justo privá-la de ser feliz? Sinceramente, fiquei até um pouco chocada quando li sua pergunta, e eu no lugar da sua namorada se soubesse que você pensa dessa maneira, ficaria um tanto quanto decepcionada contigo ao acreditar que nunca teria vivido um amor de verdade, mas sim dividido a minha vida com um homem que acha que eu “sou o brinquedinho que ele não pode passar para os mais carentes”, hehe. Porém, agradeço por ter sido sincero em seus sentimentos, coisa que  infelizmente nem todos os leitores fazem e isso me impossibilita de ajudar, pois se não me contarem a verdade por mais “feia” que ela possa parecer, vou ajudar como, né?

Continuando: e daí se ela der para outro? Ao que tudo indica, em pouco tempo você estará comendo outra também! E que por sua vez, se tudo der certo, você vai estar curtindo tanto que nem se lembrará que sua ex existiu! Você acha mesmo que estará se lembrando disso quando enfim estiver vivendo uma vida feliz? Você só está pensando assim porque não consegue prever o futuro, porque depois que você encontrar pessoas bacanas e não sentir mais essa angústia que você sente por ela, você vai dar graças a deus por ter se livrado dessa cilada, acredite em mim! É claro que pode acontecer de você sentir ciúmes ao vê-la com outro homem, mas seja maduro para saber que esse sentimento não tem nada a ver com amor por ela, mas sim de criança que acha que pode comer dois bolos inteiros ao mesmo tempo. Sendo assim, não tem por que você gastar os seus neurônios e seu ciúmes com isso, concorda? Você tem que tentar  pensar no seu bem maior, que é a sua felicidade e alegria em ver as coisas darem certo. Do que adianta você não largá-la para ela não ficar com ninguém, e ai você também não fica. Bonito isso e aí “todo mundo se lasca”, né? Você  pensa que “está cuidando do que é seu”, mas você não está. A única coisa que é sua é a sua vida, e dessa você não está cuidando nada bem.

Nunca aquela frase clichê fez tanto sentido: “Cuide da sua vida e seja feliz. Da vida dos outros deixa que eles cuidem e você não tem nada a ver com isso”. Esse pensamento “de macho” que você está tendo nunca trouxe nada de bom para ninguém, muito pelo contrário: só faz com que homens como você passem pelo o que você está passando agora: uma tortura mental que, caso você fosse um pouco mais “mente aberta”, não existiria.

Tente praticar um pouco o desapego, bem como a solidariedade em não querer que apenas você seja feliz, mas que os outros também sejam felizes. Isso te fará bem e voltará em dobro para você, pois acredito que tudo que a gente deseja para os outros volta em dobro para a gente. Pare de ser tão mesquinho com as pessoas e acredite que sua vida fluirá bem mais leve a partir dessa. Ah, lembre-se sempre que gente feliz também serve para não encher o saco!

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.