Podcast Pergunte a uma Mulher #9 – O que funciona (ou não) na conquista

47

Podcast Pergunte a uma Mulher 009 - O que funciona (ou nao) na conquista

Agora no Youtube ! Assine o Canal  e receba todas as atualizações!

Nesse podcast eu, Luiza CostaAna Artuzi, Ramon e Diego falamos sobre conquista. O papo foi variado: falamos sobre coisas que funcionam, que não funcionam, que nos irritam, bem como sobre o que reparamos no sexo oposto, entre várias outras coisas!!

Espero que vocês gostem, e por favor, não deixem de comentar aqui no blog e nos avaliar no site da Itunes, pois esses são os grandes incentivadores para que o podcast possa continuar, bem como funcionam como termômetro para o nosso trabalho!

Edição: Site Pergunte a uma Mulher

Tempo de duração: 75 min

Assine nosso Feed: http://feeds.feedburner.com/PodcastPergunteaumaMulher

Adicione também o podcast no seu iTunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/podcast-pergunte-a-uma-mulher

Para ouvir, clique no botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar link como) para baixar e ouvir o áudio no banho, no busão, em casa, ou onde mais você quiser!

Reproduzir
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • josé

    Esse lance de olhar o pé da garota e verdade !eu olho bastante outra coisa que olho e o pescoço !rs

    • Olhar pescoço pra que Zé? Só se for para ver a idade da mulher!

      • josé

        Luiza e difícil explicar ,mas eu tenho tara por isso !kkk
        Tem mulher que gosta de ficar olhando bunda de homem !rs

        • Eu gosto de bunda de homem. Adoro um bundão kkkkkkkkkkkkkkk

          • josé

            mais uma tarada por bunda!rs

    • Marcelo Torres

      Pés mostram a delicadeza e o quanto a pessoa aprendeu com a vida (não me perguntem de onde tiro isto, mas nunca falhou, kkkkk). Mãos mostram a idoneidade (dá pra ficar desconfiado quando vejo determinadas mãos).

      Mas é algo meio subjetivo. Eu teria de saber desenhar (e bem) pra mapear as nuances porque não dá pra olhar a mão de uma pessoa e dizer (de graça) que ela apresenta características de falha de caráter…

    • Emerson Storch

      Eu também adoro pés e mãos.

  • Sebastião Júnior

    Excelente papo, @luizacosta2006:disqus.
    O programa tá de parabéns, mais uma vez.

    E sobre o lance do pés, eu até olho pra eles, mas é para as mãos que gosto de olhar. Conforme a conversa vai andando vou reparando em outras partes da anatomia… proporções, formas, protuberâncias, etc.

  • Jujubs

    Muito engraçado 😀

  • Sid

    Primeira vez que visito o site e ouço o podcast e tenho que admitir que gostei. Porém, algumas coisas que disseram (as mulheres claro) me deixaram muito furioso. Nos 25 min aproximadamente. Aqui vai algumas considerações:

    – “Sempre se ofereça pagar a conta.” aproxim aos 25 min

    Minhas considerações: Uma das coisas mais broxantes para um homem é uma mulher EXIGIR que paguemos a conta. Pra mim a noite acabou no momento que tenho que desembolsar a parte dela. Isso só demonstra o quanto são interesseiras. Sim, interesseiras mesmo. Eu jamais pagaria a conta de uma mulher em um primeiro encontro, se ela está saindo comigo ela tem que provar que gosta mesmo de mim e não do meu dinheiro e isso se reflete nesse tipo de exigencia. E da mesma forma que a mulher não é obrigada a DAR no primeiro encontro, não somos obrigados a pagar a conta, se eu pagar a conta de uma mulher no primeiro encontro ela tem uma obrigação moral de me dar no primeiro encontro. Se ela saiu comigo, é por que gosta de mim, e não por que estou pagando. Logo, paguem vocês mesmo. Da mesma forma que vocês disseram que dão valor em homem esforçado que luta por suas conquistas, nós homens (ou alguns como eu) também valorizamos mais as mulheres INDEPENDENTES que não necessitam do nosso dinheiro para sair. Eu valorizo mulher que trabalha e paga suas próprias contas e que eu não preciso sustentar.
    Pagar a conta NÃO É CAVALHEIRISMO. Essa cultura de que o “homem tem que pagar a conta”, surgiu de uma época onde a mulher não tinha o “direito de trabalhar” ou de sustentar uma famila, então era Dever do homem pagar tudo para uma mulher. Depois que queimaram sutiã na rua e consquistaram os seus direitos também conquistaram o seu próprio dinheiro. Não é correto o homem gastar o dinheiro dele com “Ele e ela” e ela só gastar o dinheiro dela com “Ela”. Cavalheirismo é abrir a porta do carro, puxar a cadeira para ela sentar, ser educado… Nada que envolve dinheiro pode ser considerado cavalheirismo. Então se querem direitos iguais entre homens e mulheres, também aceitem os deveres iguais e se esforcem para estar conosco, ao nosso lado, da mesma forma que exigem isso de nós. Mesmo que você seja “pobrinha” comece contando suas próprias moedinhas para pegar um onibus e ir até a casa do seu namorado, ao invés de exigir que ele te busque de carro. Se esforce para PAGAR algo para seus namorados também. Se querem a gente pague a conta, isso é só um motivo a mais para o machismo se mantenha na nossa sociedade.

    • Oi Sid!!!!

      Obrigada pelo feedback! Eu ia te responder, mas como você mesmo disse, você ainda não conhece bem o nosso esquema. Sendo assim, te aconselho ouvir dois podcasts que farão com que a sua fúria diminua e você entenda algumas coisas que acho que você não entendeu!

      O primeiro é aqui mesmo do blog. É justamente sobre o tema pagar a conta. Se você ouvir ele todinho, você vai entender muita coisa e sua raiva vai diminuir 50% kkk

      http://www.pergunteaumamulher.com/2013/04/podcast-pergunte-uma-mulher-1.html

      O segundo não é desse blog, mas sim de um podcast que eu participei. Imagine, foram 3 homens contra mim kkkkk Foi tenso e eles me perguntaram algumas coisas que você questionou aqui, que por sinal são super relevantes e que respondi por lá!!

      https://soundcloud.com/bschumor/bsc-79a-relacionamentos-do/s-n9ny1

      Beijos e obrigada por ter participado aqui pelos comentários!!!

      • Inquisitor

        Bem eu ouvi ambos os podcast dos links e tenho algumas considerações a fazer:

        1 – se o cara te convidou pra sair ele tá interessado em alguma coisa (teu corpo, tua bunda, em te conhecer…). Isso é um fato!

        2 – ele pode tá “mal intencionado” (querendo só te comer) e pagar a conta no melhor restaurante. Ao meu ver ele pode estar SUPER interessado em te levar pra cama e não tá nem um pouco pra te conhecer ou em tua personalidade. (viu como o fato dele pagar a conta não significa que ele tenha boas intenções contigo?)

        3 – não há como tu saber se o cara que paga a conta está pensando ou não em te levar pra cama. Acho MAIS PROVÁVEL que aquele que divide a conta contigo esteja interessado em te conhecer como pessoa pra daí ele decidir se investe em ti diante das percepções dele. Eu se fosse mulher pensaria: Tenho 2 caras querem sair comigo. Um tá dizendo que paga tudo e o outro já me avisou que vou pagar minha parte. Fato 1 : não tem como saber quais as intenções do primeiro (podem ser “boas” ou “ruins”
        Fato 2: o segundo só quer o jantar mesmo pois ele não deve imaginar que vou dar pra ele depois de racharmos

        Te pergunto de novo: Será que essa tua ideia que tá se “esforçando” ao pagar a conta realmente tem um fundamento?

        Tenho uma pergunta pra ti Imagina que tu já tá saindo com um cara e vocês já inclusive treparam e o sexo com ele é muito bom. Daí um belo dia tu tá “subindo pelas paredes”. Tu se insinua pra ele que gostaria MUITO de ‘vê-lo” e ele te responde que na próxima semana fica melhor pois naquele dia ele está sem dinheiro e vai receber algum na próxima semana. Detalhe é que tu teria o dinheiro pra passar uma noite no motel se quisesse. Minha pergunta: “tu segura a periquita e aguarda por ele até a próxima semana ou cede ao que teu corpo tá pedindo e convida-o arcando com todas as despesas?

        • Ninguém pode ver se um homem que paga ou não a conta está bem intencionado SÓ por causa disso. É tudo um contexto, um conjunto de coisas. Isso que a gente falou é só UMA das coisas, não o todo, e é claro que nunca algo é 100% garantido. Mas é isso, eu tenho esse meu gosto pessoal e entendo quem não concorda e justamente por isso que eu sempre falo que ainda bem que tem metade da laranja para todo mundo kkkkk. Você não tem tesão pela sua mulher e mesmo assim a ama? Querer comer é ok, o que não pode é deixar de ter sentimento (na minha opinião sobre isso). EU não gosto que seja só isso e é por essas e outras que medir as coisas através de um encontro só é muito pouco.
          Resumindo a minha opinião é mesmo aquela que deu no Podcast, mas entendo quem não concorde, vai de cada um!

          De qualquer forma, sinceramente acho que você ainda não entendeu a questão de pagar a conta, vc tá associando sexo com pagar a conta, uma coisa não tem nada a ver com a outra, e É OBVIO que se eu gostar do cara eu não vou deixar de transar com e pq ele tá sem grana. Tem certeza que vc ouviu e entendeu oq eu disse nos podcasts? Pq do jeito q vc falou parece que eu associei sexo com pagar a conta e uma coisa não tem NADA a ver com a outra. Recomendo que você ouça de novo quando tiver um tempo se não fica papo de doido kkkk

          • Inquisitor

            Só pra constar. Eu não estou associando pagar a conta com sexo. Até porque muitas mulheres pra quem paguei a conta não quis ter sexo (embora algumas tenham insinuado que queriam). Eu tenho que tá afim e nem sempre isso acontece. Não sou do tipo machista que acha que quando uma mulher quer eu tenho que aproveitar e cumprir meu “papel” de macho comedor. rsrs De forma geral SEMPRE que convido alguém (independente do sexo) eu me acho na obrigação de pagar a conta. Há um contexto diferente é claro. Por exemplo: um filme como Os Vingadores eu chamei 2 amigos pra vermos a pré-estréia e eles concordaram. Era um filme que queria muito ver e a sessão era à meia-noite. Quando me confirmaram que iriam eu comprei os ingressos por minha conta (afinal a ideia foi minha). Esse tipo de filme eu não veria com uma mina por quem tivesse interessado pois dificilmente me concentraria no filme e toda a minha atenção seria dada à ela mas sem dúvida tudo seria por minha conta também.

            O meu questionamento é quanto à “fidedignidade” do teu método de avaliação das intenções do cara. Você disse que o fato dele se dispor a dar algo dele pra te agradar demonstra que ele tem interesse em ti. Blz. Ele tem mas será que é o interesse que TU QUER que ele tenha? Outra… Se o cara tiver MUITO a fim de te comer ele vai levar o tempo que for necessário pra isso (3 meses como tu disse) e pagar quantas contas forem necessárias. Das duas uma : ele pode vir a gostar de ti nesse meio tempo (se for essa tua intenção é uma ótima ideia) OU ele consegue, transa contigo e nunca mais pois acabou criando uma SUPER expectativa de como ele te imaginava na cama e tu não correspondeu. Acho bem falho seu método(minha opinião) mas respeito sua decisão afinal de contas você deve escolher o que acha melhor pra você.

      • Sid

        Luiza, eu ouvi o pod cast “Pagar a conta” e só fiquei ainda mais indignado com o seu pensamento a respeito de pagar a conta. Achei que em vários momentos teve hipocrisia. Como por ex: “-O sujeito não precisa de dinheiro, mas tem que pagar a conta.” ARRRRRRRGGGG. Os homens que conversarm com vocês são muito mais sensatos, realistas e com pé no chão do que vocês. Vocês são um pouco iludidas quando o assunto é “pagar a conta”.
        A impressão que eu tive ao ouvir o podcast “Pagar a conta” foi: “-Se eu tivesse uma Ferrari eu dormia fácil com você.”

        Porém houve coisas boas também que foram ditas e a melhor de todas foi:

        “O cavalheirismo é parte do machismo que convém as mulheres.”
        Uma verdade digna de aplausos. (e isso incluí pagar a conta).
        Também gostei quando no final daquele pod cast foi dito: ”
        -É fácil ser cavalheiro com mulher gostosa…” Isso é uma verdade que muita gente precisa ouvir.

        E volto a ressaltar que nós homens também queremos nos sentir desejados e isso se demonstra com a mulher pagando a própria conta dela por que demonstra que ela está lá por que realmente você é um cara legal e uma companhia agradável e não por que teve que “PAGAR”. E se ela te deu no final da noite, aí sim você é o cara e tem um sex appeal de dar inveja. Ela transou com você sem a obrigação da “conta” por livre e espontanea vontade e não por uma pressão psicológica criada no ato de “pagar a conta”. Isso sim é dignidade.
        E sim, já fiz muito isso, confio muito no meu poder de sedução pra sair com uma mulher, não pagar a conta dela, dormir com ela no final da noite e fazê-la se apaixonar mesmo sendo um “MUKIRANA” assumido.

    • RenanRCV

      Concordo

  • Jéssica

    Adoreeeeeeeeeei

  • Marcelo Torres

    Numa boa, quem olha só beleza eu gostaria de saber o que acontece quando o príncipe/princesa virar sapo (porque vai, o tempo passa pra todo mundo e pra uns até passa mais rápido… kkkkk).

    Beleza é fundamental somente para atrair nossos olhos. Se a pessoa bela por fora esquecer da beleza de dentro, logo outra pessoa irá nos atrair por algo que realmente vale a pena… Sim, já namorei uma criatura super linda por fora (e só por fora, kkkkk).

    • Que teoria doida é essa Marcelo? kkkk
      Poderia dar alguns exemplos figurativos? Achei muito interessante, apesar de meio doida kkkk

      • Marcelo Torres

        Teoria? Você realmente acha que paramos no tempo e permanecemos sempre lindos e maravilhosos (sem rugas, com os cabelos pretinhos e presos na cabeça)? kkkkk

        Aí o que acontece quando a pessoa que estiver conosco se tornar feia? Vamos dispensá-la e pegar outra mais bonita?

        • Desculpa, o Disqus colocou meu comentário no lugar errado, cliquei em responder um e foi para o outro kkkkkk

          A teoria doida que perguntei é a dos pés e das mãos.

          sobre isso aqui que quis perguntar ó:

          “Pés mostram a delicadeza e o quanto a pessoa aprendeu com a vida (não me perguntem de onde tiro isto, mas nunca falhou, kkkkk). Mãos mostram a idoneidade (dá pra ficar desconfiado quando vejo determinadas mãos).

          Mas é algo meio subjetivo. Eu teria de saber desenhar (e bem) pra mapear as nuances porque não dá pra olhar a mão de uma pessoa e dizer (de graça) que ela apresenta características de falha de caráter…”
          Essa é a teoria que achei doida kkk

          • Marcelo Torres

            Mas aí vou ter de concordar com vc… É doida sim, por isto pedi para que não me perguntem de onde tirei isto… Mas é algo que, para mim, não há dúvida, conheço uma pessoa e vou logo observando olhos, sobrancelhas, mãos, formato das unhas, pulsos e pés… Não tem noção de quanta informação tudo isto transmite…

            Fora o “expressar”. A forma de expressão, o gesticular, o sorrir, etc…

            Teoria doida = Coisa de doido… Mas eu sou normal! kkkkkkk

          • Dá um exemplo aí!
            Tipo ” a mulher tinha pé cascudo aí eu vi que ela é desleixada com a vida” kkkk
            enfim, q tipo de associação vc faz?

          • Marcelo Torres

            Não é o estado, mas o formato… Estado vc dá um jeito, formato a vida faz isto.

            Pés são interessantes de serem analisados, eles carregam a informação de como vc “anda pela a vida”. Então convenhamos que um pé lindo indica uma pessoa que aprendeu com suas experiências anteriores e coloca tudo em prática. Quando alguém tem alguma coisa fora do padrão que considera normal é que dá pra analisar.

            Nos pés dá pra analisar a delicadeza, quando mulher, a forma (ou leveza) como encara a vida, o trato com as outras pessoas (entre outras coisas).

            Mãos é no mesmo estilo… Formato dos dedos, formato das unhas (caramba, como isto passa informação… kkkk)… Nas mãos dá pra analisar a idoneidade, o caráter, a permissividade de errar conscientemente (não que isto seja ruim), etc.

            Mas não dá pra te dizer aqui como é o formato legal ou o formato ruim… Eu teria de saber desenhar (e muito bem). Nunca parei pra mostrar isto pra outra pessoa. Sempre achei que todo mundo fazia estas análises malucas, depois descobri que somente eu fazia isto… kkkkkkk… ainda assim, sou normal! kkkkkk

          • priscila

            Hahahaha boa essa teoria,que na verdade nao e teoria e linguagem do corpo…linguagem corporal !!! Otimas dicas!!!

  • Ramoel

    Olá, Luiza! Acompanho desde o primeiro cast. Até achei que tinha acabado. Mas frequento pouco o blog.Ontem ao ouvir o cast e navegar no post, acabei descobrindo a verdade identidade da Ana, sempre ao ouvir o cast eu imaginava que ela fosse aquela garota do blog “Acid Girl”…hahaha, outra coista, poderia indicar mais blogs para nós homens, gostei do tapa na cara que Ana deu sobre os caras que frequentam blogs do tipo Macho-alfa..Beijos….PS: Qual a periodicidade do cast? Temos a esperança de ser semanal?

    • Opa!! A Aninha não tem nada a ver com a Acid não, são pessoas diferentes!!
      A periodicidade do cast é complicada pq é MUITO trabalhoso editar um cast, envolve muito tempo, mas eu estou com uns planos aí para ver se melhoramos isso, vamos ver se dá certo!!
      Muito obrigada pelo feedback!! E torça para que a gente consiga sair dessa enrolação para as postagens kkkkkkkk

  • Henrique Salem

    Ótimo programa esse número 9 ! Já ouvi os outros 8 tbm …… adorei o debate , aprendí bastante e rí muito ..! Rsss ..! Gosto muito da naturalidade da Luisa e da Ana , garotas inteligentes, sem frescuras , opiniões fortes e super bem resolvidas na vida .
    Nesse programa a Ana pediu para sugerirmos temas , se vcs concordarem , talvez possa ser um sobre brigas no relacionamento e como superá-los .
    Bjs garotas !

    • Opa, adoro sugestão!!!! Isso inspira na hora de fazer as pautas, valeu mesmo! Vou anotar no caderninho kkk

  • Emerson Storch

    Se a mulher não cuida do pé não rola, e as mãos também devem estar bem cuidadas.

  • Emerson Storch

    Homem com unha grande e dose, parece cobrador de ônibus.

  • Emerson Storch

    Vamos comentar pois, se alguém vier no site vai saber melhor a opinião dos ouvintes e possa navegar pelo site e conhecer o trabalho que as meninas fazem aqui.

  • cristian

    Cavalheirismo não é machismo.
    Ser cavalheiro hoje em dia, é ser otário mesmo.
    Ser machista é ser retrógrado.
    São coisas diferentes, ambas não são positivas e os homens teriam uma vida melhor se abandonassem as duas.
    Os maiores homens da historia sempre foram cavalheiros. A diferença é que
    eles não eram cavalheiros com prostitutas, assim como a maioria dos
    homens são hoje.
    É como sempre digo: ”Seja um Romeu, apenas com uma Julieta”. O foda e que esta quase impossível, separar o joio do trigo “na sociedade moderna”.

    • “Os maiores homens da historia sempre foram cavalheiros. A diferença é que
      eles não eram cavalheiros com prostitutas, assim como a maioria dos
      homens são hoje. ”
      Disse tudo, sem mais.

  • Tarso

    Muito bom e muito engraçado! Sobre a questao de pagar a conta, que gerou uma certa polemica nos comentarios, acho que o homem deve se oferecer para pagar a conta num primeiro encontro, mas nao acho que a mulher deva exigir isso.

    Mas a mulher tambem nao pode criar uma tempestade caso o cara se ofereça para pagar a conta. Ja estive em relacionamento em que minha namorada nao deixava eu pagar a parte dela. Deixavamos de sair quando ela tava sem grana pois ela se recusava a aceitar. Isso eu acho broxante.

  • Luiz Augusto

    Comigo esse lance de joguinhos nunca funcionou. Diversas vezes que eu saia com alguma garota e até estava afim de sair de novo, ela passava o telefone e pedia para eu ligar. Eu ligava e ela não atendia, passava mensagem e não respondia. Eu tentava uma ou duas vezes. Se não dava certo, eu achava que ela não estava afim então partia para a próxima. Mas ai que eu não entendia, várias vinham depois me perguntar porque eu não liguei mais. Posso até ter deixado passar diversas chances, mas esses joguinhos são coisas de crianças, na minha opinião. Se está afim, diga, se não está, fale logo que é mais bonito.

  • Ranieri

    Muito bom o podcast, ouvi pela primeira vez hoje por indicação do Gorila Polar e gostei muito!
    Só ressaltando que a história do dente caído foi hilária (tem certeza que não era um tic tac?)
    Já podem me considerar um ouvinte do podcast, por enquanto vou ouvindo os mais antigos…
    Parabéns galera.

    • Opa, agradeça ele pela indicação!! Valeu mesmo!
      Quanto ao dente… infelizmente era um dente kkkkk

  • Cesar

    eu ja reparo mais no rosto e no cabelo por q da de ver se a mulher é bem cuidada

  • Gharcia

    Olá! Acabei a maratona e fiquei muito feliz com a edição de som. Melhorou muito. Sobre o episodio 9: pés, mãos, pescoço etc… são indicativos de feminilidade. É atavico o interesse do homem por sinais que indiquem o quão feminina é aquela mulher. Afinal, mulher repara se o cara cuida das unhas mas e se ele usar esmalte? Existe o interesse da mulher por mãos e bracos fortes? Eu acho q sim. Acho q as mulheres veem tracos de que aquele rapaz eh másculo.

  • David gustavo

    OLÁ LUIZA, OUVI OS PODCASTS E ADOREI E RI MUUUUIITOOO, PASSEI PARA OS MEUS COLEGAS OUVIREM TAMBÉM E ELES TAMBEM ADORARAM RSRS
    EU JA ESTOU ESPERANDO ANSIOSO MAIS PODCASTS, SE QUISEREM UMA DICA AI VAI UMA: “SEDUÇÃO PELO OLHAR” OU ALGO PARECIDO…

    • Obrigada David!!!! Isso de sedução pelo olhar teria que ter outros temas junto, se não fica muito breve =( Mas vou pensar sobre alguma ideia!

  • Guest

    Caí aqui depois de escutar o BSC#79. Curti o podcast; bom som, bom ritmo, e o principal, bom papo.

    • A Máquina Troll

      aquele que te comeu atras do armario..

  • sherlock lestat

    Tudo! E nada! Depende… Por mais imbecil ou idiota que seja sua “estratégia” mais cedo ou mais tarde ela dará resultados. E viva a diversidade!

  • A Máquina Troll

    dinheiro e status..apenas estas coisas importam no inconsciente/extinto das mulheres..

  • Qual foi o seu comentário?

    Se você não ofendeu nenhum leitor provavelmente não foi apagado, as vezes só não foi mesmo.