Sua mulher tem tido preguiça de sexo? Pode ser sua ejaculação precoce!

23

A preguiça no sexo da sua mulher pode ter a ver com sua ejaculação precoce!

Ejaculação precoce: qual mulher nunca sofreu com isso? Ok, ok, entendi que o problema é do homem, mas está achando que a mulher fica de boa na lagoa nessa história?

Estava eu, lendo uma pesquisa do famoso site Daily Mail, que citava o resultado que a psicóloga Andrea Burri teve ao ter conversado com 1,5 mil mulheres do México, Itália e Coreia do Sul, e descobriu que 40% delas acreditam que o controle da ejaculação é muito importante para a satisfação sexual. Até aí não é nenhuma novidade, na verdade, 40% eu acredito que seja um número relativamente baixo, visto que não consigo acreditar que alguma mulher ache tranquilo a ejaculação precoce do seu parceiro.

Fora isso, o que  também não consigo acreditar é que um homem tenha mais vergonha de procurar um médico para tratar o problema, do que mandar mal no sexo em si. Não sei se é síndrome do machão, ou se é por eles acharem que é melhor passar sufoco em casa do que na rua, porém, eu não canso de me perguntar:

Você homem que sofre com isso, acredita mesmo que a vergonha é maior encarando um médico do que encarando a sua mulher? Vou te dar alguns motivos para tirar essa ideia da sua cabeça e procurar um médico imediatamente:

1- O médico não está nem aí se você é macho alpha, beta, treta, de teta, ou sei lá o quê: Ele é um profissional e o que ele mais vê no dia a dia são casos como – e piores – que o seu. Você acha mesmo que o seu seria mais importante do que os dos outros? Acredite, depois que você sair de lá, ele não irá comentar com nenhum amigo dele que você é “broxa”, ou que “goza como um galo” (galos pagam de fodões, mas gozam rapidinho, diz a lenda). Já a sua mulher, essa sim não se sabe o que ela irá falar, ainda mais se ela curtir trocar um babado com as amigas…

2- Caso você fique com vergonha do médico, é só mudar de profissional! Assim, se você foi em um e se sentiu desconfortável e até mesmo ridicularizado (o que eu duvido, mas a parte de desconfortável é normal), “ok”, é só você procurar outro profissional e nunca mais olhar para a cara dele. Já a sua mulher, essa você terá que encarar todos os dias e mesmo se quisesse trocar, você já teria que ter resolvido o seu problema de qualquer jeito. Assim, é bom que você se agilize logo para que os encontros sejam mais prazerosos.

Me promete que você irá ao médico? Prometido? Ok, enquanto ele não te chama, irei te dar umas outras dicas para evitar a ejaculação precoce por aqui. Só não espere que elas façam milagres, pois quem terá que fazer milagre por aqui é a sua cabeça, bem como a sua força de vontade em fazer dar certo:

1- Já tentou usar camisinha? Apesar de achar um absurdo, sei que tem muita gente que recusa essa prática por ser conhecida como a famosa “chupar bala com papel”, porém, sabia que ela pode retardadar a sua ejaculação precoce? É claro que tem alguns que falam que ela faz é “broxar de vez” porque aperta ou o psicológico não está tão acostumado, porém, papo de homem: eles dizem que, como o contato com a pele é reduzido e é justamente aquele “pele com pele” que faz apitar tudo, eles acabam conseguindo segurar um pouco mais a ejaculação.

2- Se você está vendo que está chegando lá, pare logo que é melhor do que gozar logo. Pare imediatamente o roça-roça, dê uns beijos, faça sexo oral, ou o que mais você achar conveniente. Nisso você agrada a sua parceira, enquanto tirou a arma da zona de fogo, entende?? Mas isso é só enquanto você não encontra o médico, porque não dá para viver assim para sempre, certo?

3- Procure técnicas de sexo tântrico e demais cursos que te proporcionem maior controle mental-sexual. Essas técnicas irão te ajudar a controlar a sua energia sexual e só liberá-la em um momento que você não aguentar mais, que certamente não será depois de 5 minutos e acontecerá depois que você estiver mandando bem na técnica. Nunca se esqueça de que o centro de tudo está na sua mente, não no seu peru, como a cultura macho alfa te faz acreditar que é. Assim, se você conseguir controlar a cabeça de cima, a cabeça de baixo entrará em um ritmo muito menos acelerado e é bem nessa hora que o mito de que essas duas cabeças pensam em separado cai por terra.

4- Seu professor de matemática já dizia: tudo é prática, acerto e erro. E com esse caso não será diferente: não se afobe e não tenha a pretensão de pensar que já na primeira tentativa de mudança dará tudo certo. As coisas acontecem com o tempo e funcionam que nem academia: você tem que ir preparando o seu corpo, bem como a sua concentração e ir aos poucos, até se sentir o “bambambam” da parada. E sim, isso às vezes requer muito tempo, mas pense que antes tarde do que nunca!

5- Não pense só em você. Pode parecer absurdo o que vou dizer, porém, você já parou para pensar que, fora os problemas já citados, pode ter muito do seu egoísmo também? Quando você se preocupa mais com você do que com o outro, inconscientemente você acaba se desligando mais sobre como a outra pessoa se sente, e aí, acaba ficando em uma situação confortável até demais ao pensar que, se está bom para você, está bom para ela também. Apesar de saber que se preocupar nem sempre é algo positivo, nessas horas pode funcionar bem. Se você se preocupa com a pessoa que você está, o seu esforço em querer agradá-la com beijos e carícias ao invés de ficar apenas no roça-roça será muito maior. Nisso a sua ejaculação tardará um pouco mais, pode acreditar. Sem contar que o cuidado com o outro será mais um motivo para você procurar um médico, ou você nunca parou para pensar que o fato de deixar de procurar um tratamento é uma atitude que pesa muito mais no seu comodismo pessoal do que na felicidade do outro?

Homem broxa: como lidar com a situação?!

*********************************************************************************

Assista também:

Vídeo novo no Pergunte toda segunda (e às vezes alguns vídeos surpresas! ).

Assine o Canal e não perca nenhuma atualização.

 Fanpage, InstagramTwitter

Snapchat (pergunteamulher)

* Adoraria um texto colaborativo e sincero de alguém que sofre desse mal de ejaculação precoce, ou até mesmo que broxa constantemente na hora do sexo. Se você tem um relato sincero para escrever sobre isso, por favor mandar para o [email protected] que, caso você queira, preservaremos a sua identidade.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Recebi alguns e-mails perguntando que médico procurar em caso de haver esse problema: Resposta: o urologista é o médico que deve ser procurado nesses casos.

  • Uma leitora

    E é por isso que meu relacionamento está indo por água abaixo. É muito frustante você pedir para pessoa procurar ajudar ou buscar “artimanhas” que retardem a ejaculação e ele simplesmente fazer de conta que não ouviu. Ou então se empenhar apenas nos dias que se seguiram ao pedido de melhoras. Depois ele “esquece”. E sim, usamos camisinha, das retardantes, inclusive. Um copo de água e um jogo de futebol estão muito mais interessantes que fazer sexo com ele. E um recado aos homens: desejo acumulado é muito perigoso.

    • Marcelo Torres

      Um copo de água e um jogo de futebol… kkkkk…

      É… Sempre existem alternativas que são ignoradas pela maioria que insiste somente em pensar em si mesmo, ignorando a presença do outro.

      Só cuide para não cometer um erro ainda maior, nem sempre devolver é a melhor saída.

      Boa sorte!

      • Uma leitora

        Pois é Marcelo, a situação está horrível, mas antes de fazer qualquer coisa neste sentido, eu jogo a toalha. Aliás, falta pouco para isso acontecer. Minha ultima tentativa vai ser a estratégia sugerida pela Melissa, se falhar, tudo estará acabado.

        • Marcelo Torres

          Bem, sugiro repensar isto. Está dizendo que a felicidade da sua relação está apenas no sexo? Sei que isto é importante, mas não é o primordial. Já pensou em procurar ver o que mais está errado? Pergunto isto porque certamente deve haver outra coisa…

          Pense em procurar ajuda. Existem terapias que ajudam (com bons resultados). E nada como uma conversa franca com ele. Converse com ele expondo tudo e propondo um tratamento em conjunto.

          Não desista da relação apenas por causa da parte sexual.

    • Melissa

      Você já tentou marcar o médico urologista pra “você” e pediu pra ele te acompanhar? Minha amiga usou essa tática e deu certo! Já ouvi dizer que isso acontece muito e os médicos já estão acostumados.

      • Uma leitora

        Boa ideia, Melissa. Vou tentar, se der certo volto aqui para contar. Obrigada. 🙂

    • Leitora, eu acabei de postar um post que acho que pode ajudar ele! Esse eu conheço algumas pessoas que experimentaram e deu certo. Porém, precisa de estímulo sexual (tipo você pegando nele), não é do nada! Eu acho que vale a tentativa, ainda mais para quem já está nessa tentar nunca é demais, né?!

      http://www.pergunteaumamulher.com/2014/06/essa-e-batata-melhore-a-qualidade-do-seu-sexo-com-o-famoso-cha-do-amor-kannjin.html

  • Melissa

    Muito completo e esclarecedor esse texto. E acrescento que o papel da mulher nesse processo é fundamental. A paciência e a compreensão são determinantes, pois na grande maioria a questão tá toda na mente do cara. Investir nas preliminares é uma dica de ouro. Quando o relacionamento já tem um tempo, a mulher sabe o que ela NÃO deve fazer pro cara gozar. É bem complicado no início pois geralmente a mulher demora um tempo pra gozar com a penetração e já na segunda rebolada o homem ta gozando. Por isso, o empenho de ambos é essencial.

    • Marcelo Torres

      Isso aí… O problema de um pode ser problema de ambos…

  • Mark

    Vou contar minha experiência com ejaculação precoce, sou
    casado a oito anos e sofria com ejaculação precoce dês da adolescência, era
    começar a penetração e dentro de 4 a 10 minutos eu já estava gozando, somente
    na segunda depois de alguns minutos que eu conseguia ficar por uns 20 a 30
    minutos sem gozar, sempre pensei em usar certos artifícios para contornar isso.
    Um deles era usar certos tipos de drogas que não vou citar o nome aqui, meus
    amigos usavam e ficavam a noite toda transando, mais do mesmo jeito que não tinha
    coragem de ir a um médico também não tinha coragem de correr o risco de me
    viciar em drogas só para transar a noite
    toda sem gozar, bom a solução do meu problema veio no final do ano passado quando
    estava pesquisando sobre bioplastia peniana, em um dos fóruns sobre esses assuntos
    vi que várias pessoas recomendavam o uso de uma bomba peniana para engrossar o pênis
    a longo prazo e uma das consequências do uso era o controle total da ejaculação,
    como a bioplastia envolve injeções no pênis e tem certos riscos que eu não queria
    correr optei pela bomba peniana para engrossar meu pênis a longo prazo, hoje
    depois de 6 meses usando a bomba peniana de 20 a 30 minutos por dia consigo ejacular a hora que eu
    quiser, tenho controle total, faço minha mulher gozar no mínimo duas vezes
    antes de gozar e quando termino meu pênis ainda continua duro por uns 3 minutos
    possibilitando continuar transando sem dar aquela pausa que eu era obrigado a
    dar antes de usar a bomba peniana.

  • Ricardão

    Nossa esse é um problema sério numa relação , quando o sexo é bom ele é 30%da relação ; más quando é ruim ele é 90% da relação . Acredito que nesse caso o homem tem que procurar ajuda médica sim . Agora ,se ele não procurar ajuda médica vai acontecer duas coisas : sua mulher vai se cansar de você ou vai te arrumar uns enfeites na sua cabeça . Não por ela não gostar de você , más desejo reprimido uma hora estoura , Todo o homem que tiver esse tipo de problema é bom ficar esperto e se ajudar.

  • Aninha

    O pior é que os homens não procuram ajuda e nós mulheres ficamos a ver navios. Não sei como colocar o necessário na cabeça dura deles. Do que adiantar se macho se não funciona na cama?

  • AnônimoPorEnquanto

    Engraçado é a pressão machista que o texto faz sobre o homem, pelo texto percebo que o homem TEM QUE ser viril e proporcionar horas de sexo a mulher, sendo que muitas vezes as mulheres nem se dão conta dos esforço que o (alguns) homem faz para tentar satisfazer a mulher e nem sempre é retribuido. Sofro de ejaculação precoce desde a primeira relação sexual, na 3ª vez que fiz sexo procurei ajuda médica, porém médico nem remédio fazem milagres, e o apoio da mulher é o mais importante, é claro que numa relação casual ninguém vai querer saber de dar apoio, porém num relacionamento a longo prazo isso é essencial, não sou do tipo machão e me submeti a isso logo que percebi que a prática não ia resolver, também por pressão da minha parceira já na 3ª relação que não deu certo (sim vocês fazem muita pressão por desempenho no homem que TEM QUE ter nascido uma máquina de sexo). O remédio (antidepressivo) funcionou por um bom tempo e depois parou, e o que que eu faço agora? Não sei e a pressão continua como se todo homem fosse simplesmente um idiota egoísta que só pensa em sentir o seu e que se dane a mulher, quando com a ejaculação precoce, nem mesmo ele sente prazer, gozar rápido não é bom pra ninguém, para o homem mais tempo transando significa orgasmos mais intensos. Peço desculpas se me excedi, isso foi mais um desabafo de um ejaculador precoce.

    • Concordo que a ajuda da mulher é de extrema importância, você só tem que tomar cuidado para não estar na defensiva demais, falando que toda mulher acha que você tem que ser uma máquina de sexo, enquanto na verdade é você que se cobra isso. E justamente por assim fazer, pensa que toda mulher pensa igual.

      Fizemos uma testagem de um produto que deu polêmica aqui no blog, mas você pode ler tudo, tirar suas próprias conclusões e fazer o que julgar melhor para você!

      http://www.pergunteaumamulher.com/2014/06/essa-e-batata-melhore-a-qualidade-do-seu-sexo-com-o-famoso-cha-do-amor-kannjin.html

      Grande beijo!

    • timido

      Também sofro do mesmo problema desde a adolescência. No início comprei livros com exercícios para controlar a ejaculação. Infelizmente as técnicas funcionavam bem apenas durante a masturbação, mas com a namorada a excitação era muito maior e o controle acabava.

      Comprei bombas penianas que prometiam aumentar o tamanho, controlar a ejaculação e deixá-lo duro como uma rocha. Descobri o que todo mundo que já comprou uma sabe: essas porcarias não funcionam! Só continuam vendendo por que quem compra tem vergonha de falar sobre o assunto.

      Já fui em mais de um urologista. Na prática, o que eles receitam são anti-depressivos “leves” e que depois de 6 meses no máximo param de fazer efeito. Daí você vai tomando remédios cada vez mais fortes e que tiram sua libido. Daí o problema da ejaculação precoce é substituída pelo do “pau meia-boca”. Aliás, comicamente um dos médicos com quem me consultei contou que tinha esse mesmo problema e que os anti-depressivos já não faziam mais efeito para ele…

      Estou fazendo terapia a 8 meses para tentar descobrir se foi algum “trauma” psicológico que gerou isso. Segundo a terapeuta, pode ser devido a educação religiosa muito rígida que tive durante a infância e a adolescência. Talvez até seja, porém agora preciso descobrir como resolver o problema, mesmo sabendo da causa.

      Já vi em fóruns sobre o assunto a sugetão de fazer massagem tântrica para controlar o orgasmo. Mas como cada sessão custa R$ 400,00 aqui em Brasilia, preciso juntar uma grana antes de começar (podem ser necessárias várias sessões – depende de cada pessoa).

      Como citou o anônimo acima, para nós homens essa situação é terrível também. E cada um reage de maneira diferente, seja culpando a companheira, seja fingindo ignorar o problema ou até se evitando ter relacionamentos para não passar vergonha com isso (meu caso).

      Novamente: a abundância de anúncios prometendo resolver o problema faz parecer para as mulheres que a solução é fácil. Infelizmente não é. O que ocorre é que quem sofre disso tem vergonha de confessar que já usou e não funcionou…

  • Lulu

    Tive um relacionamento de 4 anos em que meu parceiro sofria de ejaculação precoce e ereção parcial (a famosa meia bomba). Tentei por muitas vezes ajudá-lo, pedi que fosse ao médico, psicólogo, fui ao urologista conversar sobre o que eu poderia fazer… Mas o frustrante é que para alguns homens ir ao médico parece ser assinar um atestado de que é “broxa”… não penso assim. Todos os meus toques, minhas conversas e tentativas, em vão, de ajudá-lo, foram com o tempo me desmotivando para o sexo. Embora eu o amasse muito, as dificuldades do sexo faziam com que eu tivesse preguiça… Além disso, tenho impressão que meu ex não aceitava minha ajuda, talvez todas as minhas conversas pioraram a situação. No fim, eu acabei me adequando à rapidez e até sentia prazer, mas de forma alguma o sexo ou o desejo era apropriado na nossa relação. |Enfim, não acho que o homem deva ser uma máquina de sexo feita para satisfazer a parceira a qualquer custo, mas é importante numa relação a dois que ambos procurem sempre aperfeiçoar a sintonia. Na maioria das vezes a questão é psicológica, exatamente pela pressão que os homens sofrem (principalmente de outros homens).

  • Rauanfoster

    Algumas de vcs mulheres falam de uma forma como se todos q sofrem disso tem q proucurar um medico e issuh e aquilo.. so q esquecem q tem mulheres q forcam o homem a ser precoce… tipo o cara chega em casa na quela estiga , eai chama a mulher pra namorar e dai percebe q de 10 dias 8 ela n ta com a mesma vontade q ele ou ate medmo sem vontade.. e issuh acaba com o psicologico do cara.. e o faz com oq ele goza rapido de mais… e isso destrui qualquer tecnica q ele aprenda com os medicos… entao vamos olhar o lado de q alem do medico a parceira pode ajudar tbm..

  • Na dúvida

    Luiza! Acho que não tenho esse problema; Apenas o que acontece algumas vezes é que quando estou bastante excitado e sinto que logo “vou chegar lá”, retiro meu meninão e mesmo com cuidado, devagar, ainda assim acabo gozando… Acho que não é ejaculação precoce porque sempre dou PRIORIDADE ABSOLUTA para que minha esposa goze primeiro e na maioria das vezes é assim que acontece.

  • Erne

    Alguem ai disse isso: “Novamente: a abundância de anúncios prometendo resolver o problema faz parecer para as mulheres que a solução é fácil. Infelizmente não é. O que ocorre é que quem sofre disso tem vergonha de confessar que já usou e não funcionou…”

    O que disse ‘e muito certo. Eu pessoalmente nao tenho esse problema de ejaculacao precosse. Ja houve vezes que depois de muito tempo a fazer sexo com a minha esposa ela se vir e tudo, Perder a lubrificacao e ter que meter varias vezes lubrificante e parar de fazer por causa do tempo ou de um compromisso. Ja varias vezes a minha esposa reclamou da minha demora. Nao digo isso para me meter em cima. Mas digo isso para dizer que mesmo eu nao sofrendo esse problema, sendo homem entendo que as vezes os homens que sofrem disso fazem de tudo para melhorar e nao conseguem. E as vezes a culpa tambem ‘e da parceira, porque a verdade ‘e que quando o homem faz sexo 1 vez por semana ou menos fica muito dificil ele dominar as tecnicas de ejaculacao ou retardamento simplesmente porque ele nao tem pratica constante. E tem muitas mulheres por ai que so esta disposta 1 vez por semana.
    As vezes nem o medico resolve. Creio que na maior parte dos casos a solucao esta entre o casal.
    Uma dica para ajudar o teu marido a superar a ejaculacao precoce: Faz muito sexo oral nele de todas as formas. Quando ele atingir o primeiro orgasmo nao pare de fazer ate ele ter erecao de novo. Dai trabalham juntos no controle da ejaculacao. Vai fazendo e perguntando se ele esta quase, quando estiver quase pede para ele ficar calmo e pensar numa coisa nao relacionada ao sexo e voce continua a fazer oral nele. Ve o quanto ele consegue controlar-se ate ele vir.
    Facam todos os dias isso durante um mes inteiro. Tenha a certeza que a ejaculacao precoce ja era. Nao vai ser necessario remedio nem camisinha retardente ou viagra ou sei la oue..

  • Felipe

    Entendi, mas vocês mulheres esqueceram que o homem em relação quanto estão fazendo sexo com vocês eles chegam mais rápido do que vocês mulheres no prazer total. E devido a isso vocês devem não só ele procurar um médio mas ter uma parceria na relação sexual – Emocional do seu parceiro (a) para ajudá-lo com esse distúrbio emocional.

  • Felipe

    E se a mulher não quiser contribuir para ajudar o seu parceiro (a) é recomendado que ela saía da jogada procure outro que não tenha esse problema ….”se não vem ajudar,também não venha atrapalhar.!”

  • Felipe

    “porque ninguém é obrigado a viver com ninguém, nem muito menos com o problemas dos outros”.