Estou apaixonada pelo meu ex-cunhado!

29

Leitora:  tenho 36 anos, comecei a ter uma forte atração pelo meu ex-cunhado quando ele ainda era casado com a irmã do meu marido. Começamos a conversar sobre filhos, vontades e desejos e acabamos ficando algumas vezes, porém sempre tive sentimento de admiração por uns 2 anos, mas ele nunca soube. Sempre o admirei como homem, pai e me imaginava como a sua esposa. Hoje sou casada há 19 anos, casei nova… traí meu marido algumas vezes, meu marido me batia e  usava drogas quando mais novo. Porém, estou amando meu ex-cunhado loucamente. Já estamos quase um ano e já fizemos planos de ficar juntos após a minha separação. Meu ex-cunhado sabe de todo o meu passado das traições e ele também me contou que traía a minha ex-cunhada, porém fizemos votos de confiança para uma vida nova. Confio nele, ele contou todo o passado dele, todas as aventuras e até de swing.

Minha dúvida é… essa relação vale a pena? Eu acredito na mudança dele, ele me trata de uma forma e preocupação fora do normal, amo ele demais, já o amava antes de ficar, me sinto culpada pois contei todo meu passado e hoje em dia tenho nojo do meu passado. Gostaria da sua opinião sobre uma relação assim… ele está esperando eu me separar, já comprou uma casa e tudo para a nossa família, pois cada um tem uma filha e as mesmas se tratam como irmãs. A Dúvida em si, com todo esse passado e vontade de ficarmos juntos, fomos transparentes um com o outro e acreditamos neste novo futuro, qual probabilidade de dar errado… tenho medo dele me julgar futuramente pelo meu passado…

Apaixonada pelo ex-cunhado

Convenhamos que nenhum de vocês dois tem um passado muito tranquilo para se imaginar: ambos traíram muito, se pegaram, pintaram e bordaram, porém, se há amor entre vocês dois e a cumplicidade toda que você diz, mesmo depois de tanta bagunça, isso já é um ponto a mais para dar esperança para essa relação. Amar em reciprocidade hoje em dia está tão difícil, que mais vale um amor na parceria e que é saudável (vocês parecem se entender muito bem apesar de tudo, né?), do que um casamento que você sofre e apanha como era com o seu marido. Claro que o ideal era você ter se separado e não ter traído, mas sei que isso em um casamento longo nem sempre é tão fácil de se fazer quanto prega a teoria do socialmente correto, né?

Entendo perfeitamente o seu medo de viver esse amor e depois ser julgada pelo seu passado. E sinceramente? Eu também teria! É bom que você deixe tudo muito às claras antes de ir de mala e cuia para a casa dele. Diga abertamente algo como:

Olha, eu errei, você também errou, mas eu sinceramente não quero entrar em uma relação para sofrer e ser julgada por isso. Te contei as coisas (o seu passado “negro”) porque confiei em você. Acredito que você fez o mesmo por igualmente confiar em mim, porém, proponho que se a gente for se casar, façamos um acordo de não ficar cobrando o outro por tudo, nem ficar jogando na cara o passado. Nos abrimos para passar a borracha no passado e para um ter ciência da vida do outro, porém, se você achar que ainda não consegue diferenciar o meu passado com a vida que pretendo levar contigo, é porque ainda não estamos preparados para nos casar. Podemos assim esperar mais um tempo, e quando ambos sentirem que confiam plenamente – ou ao menos o suficiente – um no outro e ver que o que eu fiz com o meu ex e você fez com a sua ex não pode atrapalhar na nossa felicidade e paz conjugal, aí sim poderemos nos casar. Se do contrário você ou eu acreditarmos que “fez com um, faz com o outro”, aí sim nunca poderemos viver em paz“.

É importante que você deixe bem claro que, enquanto ele não confiar de forma satisfatória em você e você nele, é porque vocês ainda não podem morar juntos, entende? O amor é lindo, mas infelizmente ele não é condição suficiente para assumir uma vida a dois e todos os desafios que isso implica. A confiança precisa estar no meio disso, caso contrário, tenha certeza de que será apenas uma questão de tempo para o amor ser minado. E você não quer isso, né?

Também achei super positivo ele já ter praticamente “casa, comida e roupa lavada” te esperando! rsrs. Isso ao meu ver é uma prova de amor e tanto, que depois do devido preparo psicológico, será tudo de bom!! Nisso só te restará terminar o casamento com o seu atual marido que, desde que não seja uma pessoa violenta que você ache que irá se vingar, é só dizer o doloroso, porém inevitável, que é que não dá mais e ir para a próxima. Só não sei se é uma boa dizer logo de cara que você está terminando para ficar com uma outra pessoa, pois se você fizer isso certamente ele já falará “Estava me traindo, né sua pilantra?”, “Você sempre teve outro, né?”, etc. A forma de narrar essa parte da história caberá a você que o conhece  muito bem. Se for o caso, você pode inclusive assumir que traiu, pedir desculpas por isso e continuar a sua vida. Só não sei até que ponto dar esse tipo de informação será ou não necessário agora que você já estaria terminando tudo mesmo. Omitir essa parte talvez fosse uma forma não de ser falsa, mas sim de evitar uma dor  ou raiva desnecessária do seu futuro ex em relação a você, visto que a partir de então vocês não estariam mais juntos de qualquer forma. Enfim, não sei até que ponto seria bom falar “demais” ou “demenos” – no fim, tudo irá depender de como você se sentir no momento e do que a sua consciência achar que é o melhor a se fazer. Sem contar que o seu novo amor te recebendo em casa ou não, não sei até que ponto seria lucro você continuar com um marido que você já não ama mais, né? Seria só para deixá-lo como o seu step de segurança? Isso não é legal, né?! Tudo é uma questão de respeitar os seus sentimentos e os dos outros.

Em suma, eu acredito que o seu caso tem solução sim, desde que vocês tenham muito diálogo e precaução antes de tomar um passo maior. Sabe aquela do se preparar psicologicamente antes de fazer qualquer coisa? Pois é, é bem isso que você tem que fazer, não só com ele, como com você mesma, até porque com a idade que vocês têm, acredito que vocês não irão querer pagar de “loucos apaixonados” que já saem de casa sem medir as consequências disso, certo?

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.