3 coisas que os homens gostariam de convencer a mulher deles a fazer!!

14

Homens são de Marte e mulheres são de Vênus?! Não sei, só sei que o que tem de homem pedindo dicas para convencer a mulher dele a fazer “tal coisa” não está no gibi. As dicas de hoje não serão sobre sexo, putaria, surubão, pega-pega com a amiga, nada disso. As dicas serão voltadas para o dia a dia dos homens, que sempre querem aprender a convencer a mulher deles a fazer basicamente três coisas: 1- a jogar videogame (é, e nem invente de falar para um homem que videogame é coisa de criança que ele já virá com mil pedras na mão dizendo que não é!), 2-  a não brigar em público 3- a falar mais baixo!

Ok, fiz esse texto pensando neles, mas cá para nós que essas dicas servem para as mulheres utilizarem também. Principalmente a que ensina a não brigar em público, porque não é só a gente que às vezes é chegada em um barraco não (eu não porque eu sou uma dama kkkk!).

PS: A Revista VIP desse mês está com uma participação minha na página 47! Porém, nesse post existem outras dicas que escrevi e que ainda seguem a ideia de “Como convencer a sua mulher a…?”.

 

Como convencer sua mulher a jogar videogame?!

videogamemulher-comoconvencer

O maior problema para muitas mulheres não é bem você jogar videogame, mas sim o tempo que você gasta nele. Se você é daqueles que quando pega em um console fica o resto do dia preso por lá, já dá para entender o motivo dela não querer dar nem uma chancezinha para o jogo, pois certamente já começou a vê-lo como algo que tira você dela, um concorrente de alta periculosidade, não um “parceiro para o amor”, por assim dizer.

Se você quer convencê-la a jogar contigo, primeiro você tem que mostrar que os jogos podem ser grandes aliados dela, e que ao invés de afastar, poderá deixar vocês ainda mais juntinhos. Como fazer isso? Primeiro você tem que pegar um jogo que, ao conhecer o perfil da sua mulher, você sabe que ela tem grandes chances de se interessar e querer jogar. Depois, convide-a para uma partida, já informando que se ela não gostar, poderá largar assim que quiser. Dessa forma, ela não se sentirá forçada a nada e sabe como é: quem força, jamais junta, sempre afasta. Se ela abandonar o jogo, ok, você poderá tentar um outro que você acreditar que é o perfil dela, ou melhor: convidá-la para te ajudar a comprar o próximo! O importante é atiçar a curiosidade e mostrar que ela pode ganhar algo com isso: não só um tempo a mais contigo, como enriquecer o vocabulário nas línguas estrangeiras dos games, por exemplo. Só não se esqueça de dar umas dicas básicas, bem como uns macetes antes dela começar a jogar, pois isso aumentará as chances dela vencer e consequentemente se motivar ainda mais a continuar jogando. Obs: eu particularmente desanimo enormemente quando jogo coisas que sempre perco e não sei dar nem um golpezinho de nada. Me sinto muito perdida e prefiro parar! Todo mundo gosta de vencer, né? Ou de pelo menos acreditar que tem algum domínio sobre a coisa.

Note que, como o interesse inicial é seu, você tem que se esforçar mais. Mas calma que isso é só no comecinho, até ela criar um prazer real pelo hobby. Depois é só ir dançando conforme a música, e claro, sem ter a pretensão de esperar que ela gostará da coisa tanto quanto você.

Por fim, nunca se esqueça de sempre jogar em pequenas doses. Nada de pagar de viciado e querer ficar o dia todo grudado na tela, criando até “sovaqueira” e bacon extra de tanto ostracismo. Se você agir assim, ela terá toda a razão de não se interessar por algo que suga grande parte da vida do casal e que ainda por cima deixou o namorado menos interessante. Ou você gostaria que sua namorada fosse viciada em compras, em salão de beleza, ou em qualquer outra coisa que seja? Vício sempre pega mal.

Ah, e não se esqueça de também levar uns aperitivos que ela gosta nos dias da diversão (chocolates, hummmm!). Assim ela terá mais um motivo para pensar que o dia de pegar no console é um dia legal =)

 

Como convencer sua mulher a não brigar em público:

Como fazer a mulher não brigar em público

Uma coisa que sempre vejo um homem da minha família fazendo com a esposa e que sempre funciona é mudar o foco na hora da briga. Se por exemplo, a briga é em um mercado, você pode olhar com a cara mais preocupada do mundo e perguntar: “Calma aí amor, só uma coisa que eu preciso falar antes que eu me esqueça: a gente está precisando de leite integral?”, ou então “Amor, deixa eu só falar algo importante: você não pode se esquecer do seu iogurte favorito que você está há dias tentando comprar e nunca consegue“. Ao mudar o foco da briga para uma coisa importante, aumentará consideravelmente as chances da sua mulher inclusive ficar sem graça na hora de voltar para a briga, pois afinal de contas, você já teria saído educadamente do contexto e tem que ser muito pentelha para querer voltar! Sem contar que como vocês teriam que resolver as necessidades do mercado e ninguém iria querer voltar para comprar o que faltou, há grandes chances dela se tocar que o mais importante naquele momento definitivamente não é a discussão.

Se a briga ficou quente demais e você não acredita que um desvio como esse será o suficiente para apagar um incêndio, a saída final é pedir para ir ao banheiro: fale que você está muito apertado e já volta. É sério!! Mas fale isso com a cara séria: não pode jamais parecer que você está fugindo dela, senão aí sim que ela vai querer te dar uns tapas! Se você agir naturalmente, é claro que ela ficará sem graça e deixará você ir, pois afinal de contas, quem é que vai ficar enchendo a paciência quando o outro está passando por necessidades fisiológicas? E não, isso não é mentir, só se você quiser chamar de “mentirinha branca”: isso é cuidar do seu relacionamento e evitar brigas desnecessárias. Ela vai deixar você ir, você ficará um tempo por lá (só não muito, porque senão ela terá outro motivo para te xingar!), e aí, quando voltar, finja que nada aconteceu até vocês chegarem em casa. Chegando lá, aí sim você poderá explicar com toda calma do mundo que brigar em público não é legal. Vai que ela encontra o chefe dela por lá?! Se ela tiver uma profissão que mexe com muitas pessoas, tipo professora, por exemplo, você poderá inclusive falar que os alunos sempre estão por toda parte, e que certamente ela não irá querer levar o apelido de descontrolada pra escola. Dê motivos para que ela se sinta constrangida tanto quanto você e pense mil vezes antes de repetir a briga em público. Lembre-se de que as pessoas não funcionam com brigas, mas sim com exemplos práticos.

 

Como convencer sua mulher a falar mais baixo?

Como fazer a mulher falar mais baixo

Nada de falar que o seu ouvido não é pinico ou que você não é surdo, porque aí sim que você levará uma voadora de vez. O exemplo tem que começar de você: se você quer que uma pessoa fale mais baixo, você tem que começar falando mais baixo também, e acima de tudo: mostrar tranquilidade, mesmo que você queira enfiar um tampão na boca da outra pessoa. Tudo isso porque uma energia sempre acompanha a outra, e um comportamento sempre espelha o outro, mesmo que seja de forma inconsciente. Parece bobeira, mas muita gente fala mais alto porque pensa que não está sendo ouvido, sabia? Se você não está gritando, não tem necessidade da outra pessoa gritar, pois ela terá a impressão de estar sendo ouvida. Isso também vale para a direção que você olha: se você tem o costume de olhar para o nada ou para tudo menos para a pessoa que está falando, você passará mais uma vez a impressão de que você não está ouvindo, pois na cabeça dela você não estaria prestando atenção e com isso ela falaria ainda mais alto para ver se assim você a nota.

Olhar no olho, manter o tom de voz sempre baixo e prestar atenção no que a pessoa está dizendo são três dicas de ouro para ela falar mais baixo. Se ela ver que não há disputa de som (por que você acha que nas baladas as pessoas tendem a gritar?) e nem de importância, inevitavelmente ela falará mais baixo. Tente, eu sempre faço e dá certo!

Gostou?! Compartilhe essas dicas!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Só de passagem

    eu tinha um tabu no meu namoro, o surf… antes minha namorada ficava esperando na beira lendo uma revista, isso com o tempo foi se tornando um problema, porque eu nao abro mão de jeito nenhum, ela completamente urbana ela mesmo tomou a iniciativa e agora pega ondas na beirinha comigo. eu surfo umas duas horas e ela meia hora comigo rs… mas isso deu outro tom ao namoro. ela me acorda domingo de manha pega a sua prancha e diz, vamos… a maré tá enchendo rs… eu claro adoro, de um problema para uma grande solução. esse fim de semana machuquei a mão e ela fez questão de ir a praia e me deixar na areia esperando… tudo de bom.

  • Stefanie

    O meu namorado me coloca pra jogar video game… mas eu jogo mto mal e quando fica difícil eu devolvo o console pra ele (tento)… rsrs

  • Ricardão

    Digamos que eu sou um nerd de carteirinha , e a primeira coisa que eu fiz , foi fazer minha esposa gostar de vídeo game , as outras duas coisas que foram colocadas eu não acho tão importante . Más , existe algumas coisas que até hoje eu não convenci ela de gostar , exemplo: Física quântica , Star Wars , Ciência e matemática , e teorias de conspirações rsrsrs

    • Sergio

      Dr. Sheldon Cooper!!!
      Pare de ficar jogando e volte logo com a próxima temporada de Big Bang Theory rsrsrs

  • graciele barbosa

    A unica que não se encaixa comigo é do video game… sou viciada em qualquer jogo: video game, celular, tablet, pc… quase sai no tapa com meu filho pra jogar kkk… agora brigar e falar alto é impossivel mudar… se eu tenho razão ou seja sempre vou até o final até ele admitir que estava errado…ou porque realmente estava ou pra me fazer ficar quieta kkk…já falar alto é mal de familia…

  • Um cara de sorte

    MInha mulher é quem me faz jogar video game e as outras duas nao se aplicam lol
    ganhei na loteria e nem sabia 🙂

    • Um cara de sorte

      outras duas coisas nao outras mulheres haha ficou ambiguo sem querer

    • Ramon

      É o meu caso também. Aliás, a minha esposa fala tão baixo que estou sempre reclamando para ela aumentar o volume… 🙂

  • Renato

    Faltou o de convencer a dá cú! isso é importante na relação

    • Steve

      Kkkkkkkkkkkkkkkk.

    • Melissa

      kkkkkkkkkk adorei!!!

  • Só acho

    Bom não acho isso muito difícil pois hoje em dia as mulheres estão mais atualizadas, eu sempre amei vídeo game sempre joguei com meu primo, irmão, pai e agora jogo com meu marido e os outros dois nunca tive esse problema! !!

  • Miguel

    Crlh como eu só fui ver essas dicas agora?!! Amo games e gostaria tanto que minha namorada jogasse ou ao menos tivesse interesse!

  • Ph

    Convencer de fazer menage a trois! Com certeza é a primeira da lista! uahhuauhauha