Estou cansado das piadinhas eróticas das mulheres de hoje em dia!

17

Leitor: Oi Luiza. Como lidar com a necessidade de autoafirmação sexual ou social de algumas mulheres? Sou técnico em manutenção em um complexo escolar, crianças de 3 a 12 anos, o terceiro alocado neste local em dois anos e acredito que é devido ao comportamento de um grupo do turno da tarde de 4 professoras e 3 serviçais. Qualquer situação é suficiente para piadinhas sexuais do tipo “porque eu não olhei calcinha aparecendo significa que não gosto da coisa”, se tem que montar tendas de festa, “você sabe armar barraca” ou “fulana quebrou o braço fazendo estripulia” etc. A maioria o marido trabalha fora e elas vivem reclamando de cansaço, vontade de sumir, que ficam muito sozinhas, mas têm uma vida até confortável com filho em escola particular e ticket de 1000 reais. Mas o fato é que me afastei e não sei como lidar com isso, falaram uma vez que meu salário (2098,80) não é salario de homem, não dá para criar família. Não vou à festas da prefeitura nem apresento minha namorada com medo destas atitudes. Não vou pedir remoção, estou perto de casa então se possível ajuda aí!!!

Cansado das piadinhas eróticas das mulheres

Eu sempre imagino o que será que os homens pensam sobre essa mulherada moderna, que hoje em dia fala c*, b***** e mais uma pancada de coisas que devem deixar vocês aterroziados, né? rsrs. Eu mesma não tenho a boca mais limpa do mundo kkkk. Isso quando elas não colocam conotação sexual nas coisas, tal como as suas colegas estão fazendo e você está em choque!

Quer uma dica? Pare de ligar tanto para isso. A gente pensa que isso de “quanto mais nos afetamos, mais o outro continua ”a zoação” é coisa de criança, mas não é: muitos adultos fazem exatamente a mesma coisa! Se a pessoa vê que você se importa, ou até  mesmo fica intimidado com algo que ela diga, a tendência muitas vezes é continuar: seja porque ela acha engraçadinha a sua reação, por maldade, ou só para te pentelhar mesmo! Enfim, os motivos não importam, o que importa é que quanto mais você tratar isso de uma forma ”não natural”, mais elas vão te encher o saco. É claro que também há pessoas que tem o bom senso de parar a zoeira quando vê que o outro se incomoda, mas esse não parece ser o caso delas e por isso não cogito isso nesse post.

Pelo o que suponho, você não é muito de fazer piadinhas e entrar na brincadeira do grupo, né? Ainda que esse não seja o seu estilo, você já pensou em dar algumas respostas para elas? Como você já sabe o tipo de piada que elas irão usar contigo, você nem precisa ter que pensar na hora. Você já pode bolar algo em casa e na próxima vez deixá-las “constrangidas” que nem elas te deixam. Daria para falar algo do tipo “deixa só eu contar para o seu marido essas coisas que você fala” (e dar uma risadinha amigável), entre outras coisas que as fariam refletir. Você também pode falar que elas já estão “velhinhas” para fazer tanta zoeira. Aí meu amigo, de duas uma: ou elas vão começar a controlar o que falam, ou a brincadeira vai descambar geral!! O importante em fazê-las refletir é que às vezes elas nem sabem o “quão feio” é o comportamento delas aos seus olhos. Às vezes elas acham que estão só fazendo graça, que estão sendo “as legalzonas”, não que estão sendo inconvenientes para você, sabe? É que nem usar roupa cafona: se ninguém avisa, você pensa que está arrasando. Do contrário, você nem estaria usando essa roupa, certo?!

Se apesar de não ser “piadista”, você fizer o estilo “sério sincerão”, outra opção é dar uma zoada nelas falando algo como “nossa estou morrendo de rir“, ou então “vocês não mudam as piadas não? Essas já estão um pouco batidas“. Provavelmente algumas delas vão falar que você não sabe brincar, aí você fala que até sabe, mas só quando a coisa é engraçada kkk. Tudo isso sem tom agressivo, nem nada que possa gerar brigas, mas sim em um tom descontraído, ainda que sincero. É uma dosagem sutil que você terá que fazer na hora. Não sei se você sabe fazer esse tipo de coisa, mas se não souber, dá para dar uma treinada em casa, pois afinal de contas: se elas são previsíveis, você tem que usar isso a seu favor!!

E quando elas falarem sobre o seu salário, não fique tão intimidado. Fale que ainda bem que cada um tem o seu gosto, porque se fosse depender de você, elas estariam todas solteiras, visto que você não gosta de mulheres com o linguajar como o delas. E leve logo a sua namorada para conhecê-las!!! Até porque duvido que elas iriam ter a cara de pau de falar mal de você para ela na sua cara!! Sem contar que a depender do grau de intimidade que você tiver com a sua parceira, já dá para mantê-la informada “das sem-noção”, rsrs. Se a sua namorada concordasse com as suas colegas, ela nem estaria contigo. Então, não se preocupe com o seu salário (só se for por você mesmo, não por elas, entende?).

Se nada disso adiantar, uma última saída é simplesmente se distanciar. Sei que você não quer mudar de emprego, e também não sei se o ambiente aí é pequeno o bastante para que você não possa simplesmente ficar mudando os ares. Se você não pode sair de perto delas, experimente duas táticas boas: 1- Mudar de assunto, 2- Fingir que está distraído com outra coisa. Ambas as opções costumam ”quebrar o seu interlocutor”, porque se alguma colega sua está falando “sobre calcinhas e putaria” e você vai lá e pergunta por exemplo o que tem para fazer no trabalho hoje, a pessoa ficará até sem graça de voltar ao assunto inicial, concorda? E por aí vai! Se por outro lado você se mostrar distraído com outra coisa, do tipo algo na internet em caso de vocês puderem usar computador por lá, ou até mesmo algum livro que você está lendo, ela verá que o assunto dela realmente não está ”arrasando”, muito menos chamando a atenção, que no final das contas é o que elas mais querem fazer contigo. Lembre-se de que as pessoas só se sentem poderosas ou ”super interessantes” quando você dá isso à elas. Se você não der corda, elas não terão corda para puxar. Simples assim! É você que às vezes complica!

Os leitores listaram coisas sem noção que as mulheres fazem, já assistiu?

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Brito

    Manda todo mundo pro espaço. De certo ficam fazendo esse tipo de piadinha por quê o homem não quer nem olhar pra cara delas em casa, devem ser tudo um bando de mal amada com um baita tesão em ti pra querer chamar a tua atenção o tempo todo.

    • Wana

      Grande verdade.

  • Talita Yung

    Num complexo escolar, esse tipo de linguajar é totalmente inadmissivel. Tenho amigas donas e diretoras de escolas, que já advertiram professores ou serviçais por muito menos que isso.
    Não está n hora de vc repassar tal atitude ao seu superior?
    Fora isso, mande-as plantar jaca…. Ou encararem uma pia cheia de louça, pois isso é total falta do que fazer….

  • josé

    Mais um pouco elas vão pedir para vc dançar o LEPO LEPO !!!
    Diz ai, para vc não ficar de barraca armada e pq são bandos de canhões não é mesmo?kkkkk

    brincadeira !rs

    Falando serio !
    Vc deve ser um homem muito serio e bem sistemático , vc deve conversar com seus superiores e explicar,só assim vc vai conseguir resolver ! boa sorte.

  • Alessandro Lagoeiro

    Bom dia.
    Situação inusitada, não? Todo mundo imaginaria o contrário! Mas vamos lá:
    Sou contra você levar a situação direta aos seus superiores. As vezes, a pessoa não tem idéia do quanto te incomoda, e pensam “Ah, ele é homem, deve ouvir coisa bem pior”. Tente conversar, na boa, tentando passar o quanto te incomoda. Caso isso não surja efeito, aí sim você pode levar a situação aos seu superiores, mas pelo menos, não será pelas costas.

    • Inquisitor

      Concordo. Se elas agem assim é que já devem estar acostumadas a fazer isso bem antes dele aparecer lá. E, pelo que ele falou, é um emprego público. Se são funcionárias públicas dificilmente surtirá efeito alguma reclamação dele pois não agem assim no exercício de suas profissões (presumo). Provável que ele possa sofrer alguma sanção já que ele é o “novato” que está querendo mudar as coisas com tão pouco tempo que chegou lá. Tente fazer o que a Luiza lhe aconselhou primeiramente.

  • anê

    fones de ouvido!

  • Ricardão

    Eu acho isso que as suas colegas fazem , uma tremenda falta de educação e de respeito ,talvez problemas na criação familiar delas . Acho que você não deve nem dar bola para essas atitudes pequenas das suas colegas , mostre que você é mais do que isso ; trate elas com respeito e educação , talvez se toquem.

  • Stan Lewis

    Se alguem tenta me causar constrangimento eu retruco da mesma forma, eu faço com que a pessoa fique constrangida, assim ela reflete sobre o que fez e pode ate se arrepender e pedir desculpas depois. E se elas acharem ruim dessas ‘tiradas constrangedoras’ , explique que elas estavam fazedo isso com você e você achou ‘normal’ fazer isso com elas tambem.

  • Eder Fabrício dos Reis

    Mulher bagaceira é algo de ÚLTIMA categoria! Hoje em dia elas bebem, fumam, falam palavrão e confundem isso com personalidade… Tsc! Tsc!

  • Mika

    Leitor: Qual é a sua idade? Está parecendo que este é seu primeiro emprego fixo.
    Sério mesmo que você acredita que é o terceiro alocado nessa função num período de 2 anos por conta do comportamento dessas mulheres? Você trabalha numa escola, não num convento. Num ambiente predominantemente feminino, que tipo de brincadeira esperaria? E por acaso uma mulher que trabalhe na construção civil não estará sujeita às mesmas brincadeiras de duplo sentido? Que atire a primeira pedra a mulher que nunca ouviu uma cantada no trabalho, que nunca ouviu uma piadinha “tosca” de um chefe ou colega sem noção!

    Alguma dessas mulheres “te cantou literalmente”, ou tudo não passa de brincadeira de mau gosto? Se foi isso, podemos supor que nem era você o foco das brincadeiras, mas elas mesmas, buscando aceitação no grupo, fazendo piadinhas pra diminuir o tédio no trabalho e a frustração pessoal. Ou talvez até pra provocá-lo, sabendo que isso o incomoda. E provavelmente nem fazem por mal; só estão tentando enturmá-lo.

    Você disse uma verdade nesse seu depoimento: Não sabe lidar com isso!
    Está claro que lhe falta maturidade nesse caso. Não existe ambiente de trabalho sem problemas de relacionamento. Ser humano é bicho muito complicado!

    Eis minha opinião sobre o seu caso:

    Aprenda a resolver seus problemas profissionais sozinho. Nunca reclame aos seus superiores se o problema não for realmente sério (e por sério entende-se como a ameaça à sua integridade física, psicológica ou moral). Se ficar com muita frescura, ganha fama de dedo-duro e ainda conquista uma legião de desafetos. Dependendo de onde trabalhe, ainda corre o risco de levar um pé na bunda ou transferência compulsória.

    Brincadeiras são recursos pra tornar o ambiente de trabalho menos estressante, mais gostoso. Leve seu bom humor para o trabalho todas as manhãs. Distribua cumprimentos e sorrisos, mesmo quando não está 100%. Essas piadinhas sexuais não são ditas pra serem levadas a sério. Mesmo não gostando, nada o impede de dar um sorrisinho sem graça, ou dar respostas “placebos”, apenas pra não parecer antipático ou arrogante. Indiretas em tom de brincadeira podem ser respondidas à altura, mas, sinceramente, a maioria nem vale uma resposta.

    Tente manter algum relacionamento social mínimo. Cordialidade não custa nada. Todos ali são colegas de trabalho, e nunca se sabe quem poderá precisar de quem no dia de amanhã. Não vejo o porquê de não participar das festas nem levar sua namorada para conhecer seu ambiente de trabalho e suas colegas. Aconselho-o a fazer isso quando o ambiente estiver mais amigável.

    Nossa sociedade é majoritariamente inculta, depravada, desonesta, frustrada… Valoriza-se o “ter” e não o “ser”, mas mesmo sabendo disso somos obrigados a admitir que não se pode viver sem dinheiro. Por isso, pessoas com pouca ambição costumam ser vistas com olhar crítico. Pra muitas pessoas seu salário é aviltante, mesmo sabendo que mais da metade da população brasileira vive com muito menos do que isso. Se está satisfeito com o que ganha, não deveria se incomodar com as críticas. Se não está, sabe muito bem o que tem que fazer.

    Abraço!

    • Concordo com a Mika. Falar sacanagem no ambiente de trabalha está mais para uma regra do que para exceção. E normalmente o pessoal adora tirar onda de quem é sério demais. O segredo é levar tudo na brincadeira.

      Como sou muito tímido com as mulheres, em uma empresa onde trabalhei algumas mais assanhadinhas ficavam o tempo todo falando coisas de duplo sentido para me deixar sem graça. Uma delas, de quem fiquei amigo mais tarde, contou que faziam isso só por que eu ficava um pimentão com os comentários.

      Talvez seja esse também o seu caso: elas brincam com você justamente para deixá-lo sem graça…

    • Thomaz Aquino

      hei Miii e quando a mina fala pro namorado malhar e fazer regime…que nao gosta de gordo….o cara faz o que malha ou troca a mulher?kkkk,,,ou os dois

  • M Filho

    Acho muito normal esse tipo de brincadeira, nós os homens sembre brincamos assim, devemos aprender a dar o mesmo direito as mulheres e quando a piada é inteligente é muito divertido.

  • cattropical

    estranho mulher fazendo piada e gozo porque homem nao olhou calcinha????? geralmente é o contrario, quando homem age educadamente e se faz respeitar, nao fazendo figura de otário por nao poder ver rabo de saia é muito mais respeitado, olhar olhos nos olhos duma mulher e nao tar fixado no decote ou sempre tentando ver calcinha, bom resumindo isto demonstra o baixo nivel social delas!!!!

  • Kratos Luiz

    Trabalhar no meio de mulheres é realmente muito complicado, ainda mais em algumas áreas em que elas não tem de ser tão “profissionais”.
    Bom, respondendo seus questionamento, as mulheres, em sua maioria, tem realmente a necessidade de alto afirmação, ainda mais perto de homens, independentemente de quanto eles recebem, do carro e da casa que moram, mas elas também são receosas,por isso, para ter respeito, você deve sedá ao respeito, digo no sentido de nem ouvir o que elas tem a dizer, é algo importante? Relacionado á área em que trabalha? Não? Então não é com você. Respostas curtas como: “Hum”, “é”, “talvez” e ” não sei”, sempre funcionam com elas.

  • Carlos Franco

    resumindo meu chapa: assim como tem homem mala, tem também muita mulher chata nesse mundo. e vc tem que aprender a fazer essas pessoas transparentes. seja feliz 🙂