Quero transar toda hora, mas ele não aguenta o tranco!

65

Leitora: Oie, eu to namorando faz 10 meses. Eu tenho 20 anos e meu namorado tem 28, nós adoramos transar um com o outro mas tem um problema: é que eu fico sempre com vontade de mais, e ele não faz mais na grande maioria das vezes. Uma vez eu sugeri a gente fazer uma noite inteira e ele falou que ele precisava dormir, uma noite toda não dava. Ultimamente eu sinto um pouco de frustação, porque quero mais e ele não e não fico totalmente satisfeita com o que fazemos, quero sempre mais. Como posso fazer para ele conseguir e querer transar o tanto que eu quiser? Mas sem comprimidos ou estimulantes.

Quero transar o tempo todo mas ele não aguenta

Me veio aqui na cabeça: você tem dificuldades para gozar? Porque assim, uma mulher que goza com certa facilidade raramente precisa transar tantas vezes, pois ela já se dá por satisfeita, entende? Inclusive, é mais ou menos com isso que muita mulher ninfomaníaca sofre (entre outras coisas que falaremos mais adiante – o que claro não quer dizer que uma ninfomaníaca nunca goze, vemos isso inclusive no famoso filme de mesmo nome!): a lenda diz que pessoas ninfomaníacas são tudo de bom porque gostam de sexo, mas na prática não é isso que acontece, e o que parece um sonho rotineiramente está mais para pesadelo para quem vive isso no dia a dia. Na verdade, a pessoa ninfomaníaca nunca está satisfeita, pensa constantemente em sexo e em meios de se satisfazer (com o mesmo parceiro, com parceiros diferentes, muita pornografia, objetos sexuais, ou tudo isso junto, etc) e como tem dificuldades para gozar, fica nessa busca incessante, como se na verdade ela buscasse por essa satisfação sexual que ela nunca sente, entende? Acho importante procurar um trio de médicos: psicológico, psiquiatra e ginecologista a fim de conversar sobre o assunto e verificar se esse é o seu caso, ou se você teria algum outro tipo de disfunção (nem que seja ansiedade, etc), porque convenhamos: querer transar o tempo todo que nem você quer não é algo que te fará bem, ainda mais se levarmos em consideração que você sempre precisará de terceiros para se satisfazer por completo (raramente só uma “masturbadinha” satisfaz, né?! kk), e essas pessoas nem sempre estarão disponíveis e afim do mesmo que você – vide o caso do seu namorado!

De qualquer forma, se você se sente constantemente insatisfeita sexualmente, sinto te dizer, mas não é ele que tem que se adequar a você, mas sim você procurar tratamento. Não é ele que teria que aprender “a transar a noite toda sempre”, mas sim você a se satisfazer mais a ponto de não precisar de sexo o tempo todo: ele é humano né? Precisa dormir, trabalhar, estudar e não pode ficar com o bichinho ralado todooo santo dia de tanto nheco-nheco no fubá!! E você também dona moça: já já você fica desidratada com a xaninha virada no vermelhão de tanto rala-rala. É claro que tem gente que gosta de sexo e essa pessoa se difere da ninfomaníaca, porém, esse seu caso parece ser mais do que um simples gostar: você aparenta basear grande parte da sua vida nisso, o que deve inclusive atrapalhar nas suas atividades do dia a dia. Estou errada?

Curiosidade: não existe homem ninfomaníaco! Quando algum homem possui problema semelhante, o termo usado é satiríase!

Um mito social:

Infelizmente, muita gente na sociedade atual pensa que querer transar o tempo inteiro é sempre tudo de bom, que é algo saudável, mas só até certo ponto. Para as pessoas comuns, transar uma noite inteira sem parar é algo que elas até fazem, mas não é sempre: é uma vez ou outra, como exceção, como fetiche e não como regra.

 “(…) E, apesar da prática intensa, as ninfomaníacas não são boas de cama, afinal não transam por prazer, e sim por vício.” (Mundo Estranho)

Você perguntou: “Como posso fazer para ele conseguir e querer transar o tanto que eu quiser?”

Se ele fosse broxa, tivesse ejaculação precoce ou não tivesse libido, aí sim os dois iriam para o médico tentar melhorar a vida sexual do casal (até porque isso não anularia o fato de você estar precisando de ajuda também), mas se o seu único problema é que ele não quer transar o tempo inteiro como você, o problema passa a ser muito mais seu do que dele. É claro que tem gente que procura outro ”ninfomaníaco”, se separa do namorado padrão e procura um assim, porém, sinceramente não acho que essa é a saída.

Se você for mesmo ninfomaníaca ou tiver alguma outra disfunção sexual ou emocional, como pareceu em sua pergunta, tentar mudar isso é fundamental para a sua qualidade de vida. Tem um famoso de Hollywood que já foi ninfomaníaco e sabe como ele melhorou? Praticando os hobbies que ele gosta: ele alegou que assim começou a pensar menos em sexo pelo simples fato de ter desvirtuado ”o foco do prazer” para outras áreas da vida dele. É um processo lento, exige força de vontade, mas super inspirador para você tentar ocupar mais a sua vida. Também é legal tentar se cansar mais praticando esportes e demais coisas que te darão sensação de bem estar e consequentemente te ajudarão a regular essa ansiedade por sexo, sexo e mais sexo.

Que chata eu, né? Você me escreve pedindo conselhos para fazer com ele e eu vou lá e dou conselhos para você rsrs, mas é porque eu realmente acho que quem precisa de ajuda é você.

Assista esse vídeo com dicas simples para chegar ao orgasmo e assim se saciar mais facilmente:

Boa sorte!

**************************************************************

Gostaria de saber se temos aqui algum leitor médico(a) que toparia escrever sobre a ninfomania (explicar causas, tratamentos, etc) a fim de acrescentar mais dados ainda a esse site. Se alguém se interessar ou tiver algum médico para indicar, por favor mandar email para [email protected] Darei os devidos créditos ao profissional =)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.