3 dicas para satisfazer melhor sua mulher no sexo

98

3 dicas para satisfazer melhor sua mulher no sexo

Tem gente que pensa que mulher não gosta de dar… O problema não é ela não gostar de sexo, mas sim em como você come. Se ela não estiver com nenhuma doença, nem sobre efeito de medicamentos que cortam a libido, aprenda a fazer gostosinho e com carinho que com certeza ela vai melhorar.

3 dicas sexuais de ouro para você abrir o seu coraçãozinho – ou melhor, abrir as pernas dela por mais vezes. Algumas parecem óbvias, mas acho que não são. Do contrário, por que é que você não faz direito até hoje então?!!

1- Aprenda a comer direito a traseira dela:

Não adianta sair metendo atrás como se fosse a frente. Se ela não está com o fiofó “laceado”, se você socar tudo com força vai doer, e vai doer muito!

Sabe aquela tia que ensinava a fazer sexo anal que falava “ai que susto!“? Pois é, não precisa enrolar tanto quanto ela, mas se você fizer a metade disso, já está louco de bom.

Olha os passos da tia Lu, rsrs:

Primeiro coloque muita, mas muita lubrificação: leia-se KY e demais lubrificantes que você encontra em qualquer farmácia. Largue mão de ficar cuspindo porque seca rápido e nem faz muito efeito – a não ser que você tenha uns 50ml de cuspe na boca em plena disposição, rsrs. É, você não tem isso, então bora comprar o produto certo.

Enfie o dedo lá com um tanto de lubrificante. Se você quiser, pode ir dando uma “coçadinha” com o dedo lá dentro também, para ir lubrificando a traseira e ela desejar que você injete alto maior. Depois? Depois você já sabe e é só ir com carinho, até a hora em que ela já estará tremendo de tesão e aí sim você poderá ir mais forte. É.. comer c* é burocrático, mas vale a pena.

Ah, conte sempre com a possibilidade de vir uma rapinha do “feijão”. Se não acontecer, ótimo, mas se acontecer, pelo menos você não broxará com tanta facilidade ao já ter se preparado psicologicamente para isso. Não é sempre que rola de fazer uma duchinha, até porque não é sempre que a pessoa sabe que vai ser dia de banana na rosquita!

Dica extra: peça para ela se masturbar durante o ato. Isso com certeza ajudará o seu lado ao fazer com que ela tenha um tesão duplicado. Lembre-se sempre que o tesão que rola na frente “anestesia” e ao mesmo tempo estimula “a parte de trás”.

2- Pare de preguiça de fazer sexo oral:

E faça o trabalho direito, sem aquele migué de lamber por 30 segundos e já achar que a mulher vai querer dar para você por conta disso. Mulher é que nem fusca: demora para pegar, mas fica calmo que é só dar um empurrãozinho que pega!

Tá para nascer uma mulher que quer que você já saia enfiando o tubão lá sem ter feito uma gracinha antes. Isso não existe. Ela precisa de estimulação anterior e isso nem sempre funciona apenas com os dedinhos (leia-se masturbação). Em caso dela não estar devidamente lubrificada, se você já sair enfiando seu dedo seco lá e ir esfregando que nem doido achando que está arrasando, você só vai conseguir descascar a pepeca dela. A pele da vagina é extremamente fina e sensível, então fica a dica.

É por essas e outras que a linguinha é sempre mais interessante e bacana para mexer com a pepeca seca: essa sim é macia e úmida. Só não se esqueça que, ainda que o prazer maior se encontre no clítoris, ir lambendo a bichinha toda sempre ajuda.

Se você ainda não descobriu o caminho do ouro para satisfazer plenamente a sua mulher com o sexo oral, a dica é: vá lambendo de vários jeitos e, principalmente, com várias intensidades (com a noção do que faz ou não sentido, claro!). Enquanto isso, vá observando os movimentos e barulhos que ela faz. Se você ver que a respiração mudou, que ela se contorceu positivamente, ou melhor, você ouviu um gemidinho melhor do que sua música favorita, continue. Sempre em movimentos circulares, inclusive no clítoris.

Outra dica feminina: Aquele cantinho (as bordas) do clítoris é uma loucura e muita mulher nem sabe que tem esse cantinho mágico. Imagine que o botãozinho é um circulo e você vai passando a língua dos ladinhos também, delícia!!

Nunca tire o olho da intensidade do sexo oral e da masturbação que você fizer nela: geralmente excita mais começar suave, para depois sim ir ficando cada vez mais “firme e intenso”. É legal começar leve, meio que como um carinho, até ver que ela já tem a lubrificação necessária para encarar algo “mais pesado” sem sentir. Essa parte parece chata para quem nunca fez, soa como uma burocracia, mas nem é!! Se você aprender a curtir e a literalmente saborear uma pepeca, você vai é se amarrar =)

Qualquer coisa ligue uma música para inspirar mais ainda as reações (dos dois!). A mulherada pira em um romance sexual!

Se você perceber que sua mulher tem vergonha da própria vagina, tipo achar que está peluda, sofre de obesidade genital ou pura vergonha mesmo e por isso não aceita os seus carinhos, tente fazer de luz apagada (sei que você acha “escuridão” chato, mas tente sem ficar reclamando com ela que vai fazer milagres, pode apostar!). Se for o caso, depois que vocês forem para o papo reto você acende, mas no oral não. Ora, se ela acha que você não está “vendo”, mas apenas “sentindo”, as chances dela desencanar e entrar na onda aumentam consideravelmente.

3- Transar com mulher menstruada:

O bom mesmo é linguiça com molho! Gente, por que tanto mimimi para transar com mulher menstruada? A meu ver, o grande problema é quando você não conhece a procedência da mulher (leia-se procedência como o fato de você ter visto exames de sangue dela. Não pense que só porque ela é bonita, de “família”, ou porque diz que só transou com um cara na vida que ela não tem doença). Do contrário, se você a conhece e tem intimidade para isso, transar menstruada é uma loucura! Eu mesma tenho o meu libido aumentado consideravelmente nessa época e, desde que me deixem tomar banho enquanto estou no período (sério, menstruação velha fede a carniça, palavra de quem já viu uma colega da época de escola chegando a esse ponto, arggg!), eu faço feliz da vida. Claro que isso só acontece se rolar intimidade e eu estiver com a pepeca limpinha e em dia, se bobear, deixo até lamber (imaginei a cara de muito homem querendo vomitar de nojinho agora kkkk).

Acredite: muita mulher tem até mais tesão durante o período menstrual, o que mata é o nojo que ela tem dela mesma ao achar que você também terá e isso sim broxa. Em caso dela não gostar da ideia, se você se mostrar desencanado, as chances dela ir desencanando com o tempo só aumentam. Do contrário, se você for que nem mulher que tem nojo de engolir esperma ao encostar em um sangue feminino, é melhor deixar essa parte para lá, porque não adianta nada ela ficar excitada se ver você todo verde querendo vomitar, né? O mesmo vale caso você descubra que o bloqueio que sua mulher tem com essa intimidade exacerbada é maior do que qualquer outra coisa, inclusive o tesão que ela poderia vir a sentir caso não tivesse essa limitação que, constantemente, é puramente psicológica e raramente fisiológica.

Outro detalhe básico, que parece óbvio, mas muita gente não faz (direito) é esse aqui:

Saiu a lista de coisas sem noção que os homens fazem, tudo feito pelas leitoras!

No fim, é tudo uma questão de abrir um pouco mais a cabeça e saber que mulher é que nem carne: precisa ser amaciada antes de ser comida kkkk!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.