3 Dicas para satisfazer um homem na cama

106

Como satisfazer seu homem na cama

Como quase todo tema que envolve putaria no blog, o post com 3 dicas para satisfazer sua mulher na cama gerou o que eu já esperava: pedidos para fazer outras dicas para o sexo oposto (galerê safada kkk)! Isso que dá mexer em um site para ambos os sexos: o trabalho é dobrado, mas o prazer também é! <3

Claro que nem tudo eu consigo falar pelos homens (deve ser porque nasci com periquita kkk) e justamente por isso pedi um help para nossos queridos barbudos (também tem os depilados e os com bigodinhos toscos que eles pensam que é bonito).

Enfim, comecei dando algumas opções a partir de levantamentos a respeito do que percebo como mulher, e eis o resultado do que formamos juntos:

Sexo oral bem feito

De acordo com eles, é extremamente raro encontrar uma mulher que saiba fazer um sexo oral bem feito e com entrega. “Boca oca“, “falta de língua” e “não conseguir chegar nem perto de uma garganta profunda, se limitando muitas vezes em ficar apenas na cabecinha do danado“, estão entre os itens mais odiados por eles.

As justificativas para o fato geram polêmica: enquanto alguns dizem que é porque “elas ainda não aprenderam a fazer direito“, outros alegam que “falta pegar gosto pela coisa“, porque “a mulher que gosta de verdade, instintivamente acaba aprendendo a fazer direito“. Frescuras demais como “nojinho do esperma” e “não quero que ele me veja lacrimejando/engasgando” estão entre os top itens que desanimam eles.

**Bem, nada contra o esperma, mas e contra as DSTs?

Se o peru é dele, nada mais lógico do que ele saber direito como fazer. Se você for mulher e não tiver nascido com o instinto “chupadora nata”, pedir algumas dicas de como fazer também não fará mal nenhum. Muito pelo contrário: ele ficará feliz em saber que você tem interesse em aprender e, na hora que você realmente aprender a fazer direito, ele ficará mais feliz ainda. Pense assim: antes passar uma vergonhazinha por alguns minutos e depois arrasar nas pistas para o resto da vida, do que morrer sem aprender, né?

E não se esqueça: sexo oral não envolve só o peru, envolve também as bolinhas e, se você for mais ousada, o períneo também (região entre o “saco” e o c*). Uma massagenzinha por lá enquanto você faz o serviço também não cairá mal. O duro é você ter coordenação motora para fazer tudo isso, mas vai aos poucos que seu cérebro se acostuma e você consegue =)

Não adianta nada ser gostosa se você não sabe fazer gostoso

Reclamação masculina que já me cansei de ouvir: “Tem mulher que pensa que só porque é gostosa não precisa fazer mais nada na cama” ou então o extremo oposto: “Odeio mulher que fica com vergonha do corpo“. Se você é o 8 ou o 80, não importa: você irrita do mesmo jeito.

Para eles, na hora da putaria, mais vale você saber fazer direito do que ser gostosa ou não. É claro que se você for linda e maravilhosa, ótimo, mas se eles pudessem escolher, eles preferem gozar gostoso! Até porque, se eles chegaram ao ponto de ir para a cama contigo, pelo menos como “encarável” você foi classificada (“encarável” é triste, né? Mas é assim que as coisas funcionam, fazer o quê).

Quanto à eterna polêmica dos defeitos físicos, não é que eles são cegos e não enxergam a sua pochete ou o seu bacon extra nas coxas, mas sim que isso não tem a importância que você pensa que tem. Muitos alegam estarem com tanto tesão e com tanta vontade de fornicar logo, que os detalhes menores ficam como últimos da fila.

Acredite: estar com sovaqueira ou mau hálito broxa muito mais do que uns furinhos na poupança ou peitos tristes.

No fim, o que pesa mais é a autoconfiança: Sabe aquela pessoa que nem é lá grandes coisas, mas se garante e por isso acaba exercendo muito mais tesão e fascínio do que aquela pessoa perfeitinha de se ver, mas que tem baixa autoestima e que justamente por isso fica sem sal de tudo? Agora você responde: quem te dá mais tesão?

Seja mais pró-ativa

Sabe aquela história das empresas que adoram um funcionário proativo? Ou seja, aquele que sabe fazer o que é relevante e importante, sem precisar de sempre ficar pedindo e dando todos os detalhes do processo? Pois é! Eles alegam estarem cansados de sempre terem que dominar tudo, mais do que isso, de ter que implorar por sexo (ainda mais depois de casados):

Ele – Amorzinho, e hoje? Você ainda está com dor de cabeça ou podemos fazer algo mais ousado? (cara de quem finge que está com paciência)

Ela – Calma que estou vendo um filme/comi demais/estou com problemas. A vida não é só sexo, amor. (e aí ela se ilude que ele vai se contentar com isso)

Você não precisa ser a deusa ninfa, boqueteira, surubão, ligada sempre no 220 por sexo, porém, se não for pedir demais, eles querem um pouco mais de atitude. Você não precisa sair dando frente e verso e gemendo que nem uma putinha assanhada (apesar de que isso também seria bom rsrs), mas ter um pouco mais de pegada e de decisão já faria uma boa diferença.

Provavelmente é você que manda na sua casa (ainda que muito homem se iluda que é ele que manda), por que diabos você não pode mandar um pouco mais na putaria também?! É bom, você vai gostar, vai aumentar a sua autoestima, e o melhor de tudo: você gozará muito mais facilmente ao ter o controle da situação. É o típico bom para todo mundo e para a felicidade geral da nação =)

Agora é só colocar mãos a obra e ser a típica puta na cama e dama na sociedade. 

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.