Meu namorado só me põe para baixo, mas tenho esperança dele mudar!

122

Leitora: Namorei 2 anos e sempre teve muita briga, ele é uma pessoa muito difícil. Ele nunca quis muito compromisso, e durante o namoro todo vivia em dúvida do que queria. Ele tem momentos de carinhos sim, me faz feliz, mas tem momentos em que não quer da satisfação de nada, ir viajar sozinho com amigos e tudo mais! Terminamos e voltamos faz 6 meses, depois de 1 ano separado achei que ele tivesse amadurecido, mais ele me vê como uma conquista ganha, ele não é mais romântico, não tem medo de me perder, qualquer discussão vira uma briga no qual sou xingada de tudo, me põe pra baixo com as palavras dele, e deixa claro que ele é assim e não vai mudar. Sou totalmente apaixonada por ele, e não tenho coragem de terminar de novo, porque tenho muita esperança que ele mude. Vivo muita mais a vida dele do que ele a minha, não me dá satisfação e as vezes mente aonde está. E o pior, quando brigamos ele vira tanto o jogo que me faz me sentir culpada 🙁 me ajuda.

Meu namorado só me põe para baixo, mas tenho esperança dele mudar!

Sai dessa jacaré!!!! Eu ia te mandar terminar e se livrar do traste, mas como sei que você não quer, vou te dar algumas dicas práticas para você tentar com ele, tá?

Primeiramente, entenda que não interessa se ele te ama ou não. Eu sinceramente não acredito que uma pessoa dessas te ama, e desconfio até se ele não sente certo prazer em se colocar sempre acima de você às custas de te humilhar e te colocar para baixo. Coisa que no meu mundo eu chamo de gente covarde, que provavelmente tem a autoestima pior do que a sua e, como sabe que elevar o próprio nível é sempre mais difícil do que descer o do outro, acaba optando pela segunda opção.

Nesse momento, não precisa tentar entender nada que vá além do “se é assim eu não quero e não mereço” e “se isso que ele sente é amor, não quero ser amada desse jeito” e ponto final. Depois que você tomar consciência disso, considerando que você não quer terminar, coloque na sua cabeça que você merece respeito. E não precisa dizer isso para ele com palavras – até porque pelo o que entendi você não está com coragem para isso – mas sim com atitudes. Te explico melhor:

Quando ele começar a te tratar mal, não fique ouvindo: fale educadamente que tem que fazer alguma coisa importante e se retire do estabelecimento. Se for no telefone, desligue a chamada. Pode ter certeza: as pessoas só “cagam” em quem dá lugar para elas cagarem. Se não tem lugar, a pessoa “murcha” e fica na dela. E como ainda por cima você não brigou com ele e foi extremamente educada, ele não vai ter nem do que reclamar, certo? Se não der para “sair do lugar”, mude de assunto. Ele vai ficar literalmente sem jeito, que nem quando uma pessoa começa a falar mal da outra e o “ouvinte” muda de assunto, sabe? Depois disso se distancie dele até ele te procurar.

“Prestenção!!”: não adianta nada você sair de perto e depois de meia hora ligar como se nada tivesse acontecido, né? Se você fizer isso vai dar na mesma e ele continuará achando que, de uma forma ou outra, você continua sob comando dele e que te maltratar nunca dá em nada. A ideia é ele ver que não está arrasando e, tendo em vista que ninguém gosta de “perder espaço”, ele não terá outra alternativa que não seja mudar o comportamento.

O que eu proponho é um “boicote sutil” e educado que faça ele se sentir desestimulado a ser chato contigo. Se ele perceber que não tem plateia, ele vai dar show para quem? Nisso, aguarde pacientemente (é duro, mas você terá que ter paciência) até ele te ligar e te procurar. Ele ligou? Te procurou? Ótimo e trate ele bem. Ele começou a abaixar o nível? Ok e agora você tem que desligar, estudar, passear com o cachorro ou qualquer outra coisa sutil e educada. E nunca diga que irá ligar de volta, pois quem tem que fazer isso é ele. Seja forte e faça isso que tenho certeza que pelo menos parte do respeito você irá readquirir.

Nunca se esqueça de que só amamos quem admiramos e respeitamos. Do contrário, se você deixar ele pintar e bordar contigo, fora você se machucar e se sentir mal, isso fará ele gostar cada vez menos de você – como se você fosse literalmente uma merdinha para ele pisar. Lembre-se disso para se motivar na hora de tirar o seu boi da linha, tá?

Quanto a ele viajar e sair com os amigos, sugiro que, quando ele impor isso sem se importar contigo, você fale educadamente que vai aproveitar para sair com “a fulana de tal que faz tempo que você não vê” e perceba a reação dele: se ele deixar você sair, saia com qualquer amiga sua, nem que seja para tomar um sorvete, mas saia! Vai que ele pensou que você não iria mesmo? kkk!! Se ele não der bola na sua primeira saída, provavelmente será porque ele considera que você está tão, mas tão na dele que não é capaz de olhar nem para os lados, mas não se preocupe que essa segurança irá diminuindo a medida em que você for repetindo a dose, rsrs (ai, como eu sou má! kkk).

É claro que também pode ser que ele deixe você sair porque não vê nada demais. Se for isso, aproveite mesmo assim porque isso te ajudará a recuperar sua autoestima/vida própria e, consequentemente, aumentará o respeito que ele sentirá por você ao perceber que sua vida também funciona sem ele. Se do contrário, ele começar a dar chilique quando você falar que vai sair também, aí minha amiga, desconfie em triplo, porque ou ele apronta todas quando sai, ou ele acha que você é a “pau mandada” que só faz o que ele bem entender e fica paradona que nem uma porta esperando por ele! Se você for corajosa e notar que ele não é violento (se ele for violento eu já entrava no meu buraco e ficava quietinha kkk), eu falaria que iria sair do mesmo jeito. Diria: “Ué, você pode e eu não? Se você sai e diz que não tem nada demais, por que eu sair teria algo demais? Você está sendo contraditório =)“. E se abrisse espaço, já aproveitava para falar sobre as “novas regras do relacionamento” que devem valer para ambos, não para um só.

E nada desse papo de “ah, eu amo ele demais” e blábláblá. Amá-lo é uma coisa e eu não posso e nem quero tirar isso do seu coração, mas ser boba e não se dar ao respeito é outra, né? Não misture as coisas e pense que, por mais que doa caso vocês terminem, é muito melhor doer um pouco agora para depois esquecer no futuro, do que ficar nessa sofrendo a vida inteira, né? E se ele melhorar depois que você reconquistar o seu respeito, melhor ainda e nem precisa terminar =).

De qualquer forma, por agora acho melhor você tratar de perder as esperanças de que ele vai mudar. Coloque na sua cabeça que as pessoas mudam sim, mas quando elas querem e acreditam que faz sentido, não quando você quer. Como essa mudança poderá acontecer só daqui a alguns anos ou nunca, eu não toparia ficar sofrendo durante muito tempo. Você tem que ser feliz agora, amanhã já é tempo demais. Se ele não conseguir entrar na mesma vibe positiva que você pretende seguir, que seja então sem ele. Alguém tem que entrar no mundo do outro: ou você entra no inferno em que ele está te metendo ou ele entra no mundo do respeito que é o pouco que você está pedindo. Qual você prefere?

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.