4 coisas irritantes em uma pessoa

145

Antes de mais nada: eu só rezo para não fazer mais de duas das coisas abaixo. Sabe como é né, para criticar os outros somos todos bons, o duro é fazer a autocrítica marota. Se eu fizer, por favor não me contem para eu não querer me matar. Mentira, conta sim porque estou aqui para evoluir mesmo, mesmo que eu fique uns dias com vergonha de sair de casa kkkk!

Vamos lá:

Prometer e depois fingir que se esqueceu

Prometer e depois fingir que se esqueceu

Ódio mortal de gente que promete mundos e fundos e depois se faz de louco. “Vou te arrumar tal e tal coisa”, “Vou te indicar para tal trabalho” e depois finge que nunca disse nada ou que se esqueceu. O pior é que se você cobra, você ainda fica de chato, e se você não cobra, dá vontade de falar “Tu é papudo(a), heim?” só de raiva para a pessoa não fazer mais isso ¬¬. Se bem que gente cara dura sempre dá um jeito de jogar a culpa em você…

Não te deixa terminar de falar

Não te deixa terminar de falar

Uma vez li uma frase que dizia: “As pessoas fazem cursos de oratória para aprenderem a falar, mas deveriam existir cursos para aprender a ouvir também“. Essa é a mais pura verdade que todo mundo deveria anotar na testa. Não sei se é a síndrome do sabe-tudo ou se é porque essa ansiedade moderna não nos permite “conseguir deixar o outro terminar de falar”. Só sei que isso é errado.

Nunca pense que você sabe tudo o que uma pessoa tem a dizer, nem tente completar a frase por ela. Você não é a mãe Diná. E mesmo se soubesse, é uma questão de educação deixar que o outro termine para daí então você emitir a sua opinião. Sabe esse sentimento que você tem de querer desabafar? Pois é, o outro também tem.

Cuspir na rua, colocar o dedo no nariz e falar de boca cheia

Cuspir na rua, colocar o dedo no nariz e falar de boca cheia

Arghhhhhhhhhh!! Parece brincadeira, mas é muito sério!!! Você acha que ninguém está vendo e por isso faz “escondido”, #SQN: se você está em público, provavelmente alguém verá sim. Tirar catota do nariz só se for no banheiro, de preferência na hora do banho para já aproveitar, lavar as mãos e tirar o amarelinho das unhas, ok?

Quanto a cuspir na rua: homens, isso NÃO é normal e NÃO é coisa de macho. Na verdade, dá é nojo de pensar na coitada que beija a boca de vocês. Sei que vocês podem muito bem fazer nas nossas costas e depois tascar o beijão, mas eu sinceramente prefiro kkk. Sabe como é: o que os olhos não veem, o coração não sente e ainda me poupa de um embrulho no estômago.

Quanto a falar de boca cheia pensando que a comidinha está escondida lá no fundinho que ninguém vê é a maior ingenuidade. Sabe aquela massinha nojenta que fica se mexendo no canto da boca com aquele barulho maravilhoso? É, pois é, mesmo que a outra pessoa não note de primeira, é só começar aquele barulho que ela automaticamente olhará “donde vem aquele barulho” e dará de cara com o que ela não gostaria de ver.

Nunca admite os próprios erros

Nunca admite os próprios erros

É duro quando você vai falar algo para alertar a pessoa e ela já vem com 4 pedras na mão. “Você está falando que eu falo alto demais? E você que joga a tolha molhada na cama?”. Todo mundo sabe que um erro não justifica o outro, porém, é extremamente cansativo quando você está querendo ajudar uma pessoa e ela fica querendo dizer que você é “pior ainda” só para não admitir os próprios erros. Se um erro não anula o outro, tente consertar o seu. Se a pessoa não consertar o dela, ruim para ela que perderá qualidade de vida e alguns pontos de evolução pessoal. O que não dá é ficar fazendo de toda sugestão que você não quer ouvir motivo de disputa sobre qual tapete é mais sujo.

***********************************************************

Tá, eu confesso, para mim o mais difícil é praticar o item 2, mas já estou melhorando, e muito! (parabéns para mim kkk). E para você?!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Kinkas

    Engraçado você mencionar essa do cuspir na rua pq justamente hoje eu vi uma mulher fazer isso aqui na frente de casa. Outra coisa desagradável (seja homem ou mulher): não conseguir dizer uma frase sem um palavrão ou xingamento. Coisa de gente estranha.

    • Quando alguém cospe eu fico olhando na cara da pessoa só pra ela sentir vergonha e não fazer de novo.
      (bicha má kkk)

      • Kinkas

        Se for homem vai achar é bom voce ficar encarando ele kkkkkkkk a propósito, tu saiu gatíssima nessa foto do instagram :*

  • Guilherme

    Acho pior quando a pessoa brinca de pavarotti com a coca cola. Aqueles arrotos que parecem vocal do Napalm Death. :O

    • Mas se peidar é bemmmmmmm pior !! kk

      • Guilherme

        Ahhh, não sabe brincar guarda os carrinhos! hahahahahhaa.
        Peidar é covardia já.
        Quando tem anúncio ainda é menos tenebroso, piores são os que vem com silenciador, quando você assusta, o ambiente ta empestiado, e a pessoa joga a culpa em vc.

  • Omagnífico

    Não há coisa mais irritante que gente teimosa. Principalmente pessoas que acham que o ponto de vista delas é a única verdade. Outra também é quando a pessoas insiste infinitamente pra tu fazer uma coisa que você não está a fim de fazer. Aliás, pessoas são irritantes ponto.

    • Kinkas

      “Não há coisa mais irritante que gente teimosa. Principalmente pessoas que acham que o ponto de vista delas é a única verdade.” Desculpa aí brother, mas eu ri ao ler isso vindo de você. E acho que não serei o único.

      • Carlos

        Temos que reconhecer, o cara tá melhorando.
        Não é uma autocrítica bem humorada?
        O post do dia! kkkkkk

        • Omagnífico

          Mas Carlos, eu não estava me referindo ao blog. Já conversou com ateu/cristão
          fanático? extremistas de esquerda/direita? torcedores ”apaixonados”
          pelo time? são só exemplos, é impossível dialogar, mas as vezes é até engraçado,rs.

          • Carlos

            O importante é a piada.
            Dialogar? Sei…Este blog representa bem o mundo externo. Não faltam por aqui, extremistas, sérios, palhaços ou uma combinação de ambos.
            Te candidatas a detentor da palavra sensata, do pensamento conciliador, da universalidade?

          • Omagnífico

            Talvez. Somos todos donos da razão em nossos pensamentos. Abraços.

  • Carlos

    Eu uso esta máscara para poder adentrar as narinas e fazer uma bolinha de vez em quando…
    Errar e não admitir? Onde foi que eu errei? Digam, alias, não digam nada, pois eu não errei.

    • Mika

      Ah, eu sempre brinco com isso… Vocês, homens, nunca erram!
      E nós, mulheres, temos mesmo essa mania de interromper quem está falando. Eu preciso me policiar constantemente.

      Mas, Lu, só essas quatro? Tem tanta coisa pior!
      Eu, por exemplo, não suporto gente:
      – Falsa: Trata bem pela frente e fala mal pelas costas;
      – Arrogante: Acha que é melhor ou mais inteligente que todo mundo, não aceita críticas, é insubordinada;
      – Pessimista: Acha que só ela sofre, que nada na vida dá certo por culpa dos outros; ou que nasceu sem sorte, vive se fazendo de vítima;
      – Egoísta: Ela sempre vem primeiro, adora furar uma fila, não compartilha conhecimento;
      – Teimosa: Tá todo mundo dizendo que ela vai quebrar a cara, mas ela insiste; tem sempre razão;
      – Mau humorada: Já levanta azeda, reclama de tudo, nada tá bom, não acha graça de nada, não pode ver ninguém rir.
      E tem mais um monte… rs

      • Genteee, como fui me esquecer da pessimista e da egoísta!!
        Tem também “o sofredor”, que acha que a vida de todo mundo é fácil, só a dele que é difícil. Ele sofre por ser feio, bobo, chato e a grama de todo mundo parece mais bonita e legal.

        • João silveira

          Indireta infantil essa.
          Esqueceu da ingrata, que quando tinha poucos leitores todos eram respeitados e logo após fazer sucesso esquece o mínimo de sensibilidade e passa a desrespeitar e diminuir o sentimento dos outros e lançar indiretinhas.

          • Eu não me sinto famosa João, nunca me senti. Famoso pra mim é ator da novela das 21h da Globo, já eu se sair na rua ninguém nem sabe quem é!

            Segundo, se você ouvir nossos primeiros podcasts, quando nem ouvinte tinha você vai ver que já falava isso e muito mais !Recomendo ouvir inclusive o primeiro de todos que já tinha coisas nesse sentido.

            Agora se a carapuça serviu acho que é um bom momento para você pensar que todos nós temos problemas, não só você. Use isso para crescer, não para ficar ofendido.

            Inclusive esse comentário que você fez só prova o que eu disse “acha que eu sou famosa e que sua vida é pior e por isso é menosprezado”

            Bora melhorar essa cabeça

          • João silveira

            Tem razão famoso é ator/atriz da globo, mas não falei famoso, eu não usei essa palavra, eu disse sucesso ,foi essa a palavra que eu usei, então acredito que o fato de até eu que moro longe comprar o seu livro , acho que posso chamar isso de certo sucesso.
            Não sei se a carapuça serviu, mas sinceramente não é difícil ler nas entrelinhas o que quiseste dizer.
            Eu acho injusto você e todo mundo aqui depositar toda culpa e responsabilidade dessa situação sobre meus ombros, como se tentassem evitar ou ignorar que existe superficialidade e gente ignorante no mundo principalmente em lugares que mencionei como faculdades, bares e baladas onde tentei ter um bom momento e acabaram sendo os piores momentos de minha vida e não aceito que quando comento do tempo que perdi e não posso recuperar por esse motivo de aparência, seja tratado como mimimi igual Maria Luiza falou, afirmando que o que eu perdi não fosse importante que é o tempo e as ofensas que ouvi, os lugares em que fui excluído fosse culpa minha.
            Quer dizer toda a experiência ruins que compartilhei, todas as coisas que contei foram não apenas ignoradas como também diminuídas, para que? Para me atacarem e afirmarem de maneira irônica que os sentimentos gerados por essas ofensas e uma vida de rejeições fossem não apenas culpa minha como também exagero ou frescura de minha parte, e vocês falam isso mesmo sabendo que não estou mentindo sobre o comportamento das pessoas e como se não soubessem como o mundo funciona, em que elas dão o tapa e escondem a mão, ou seja hipocrisia.
            Fica difícil ter um debate, um diálogo dessa forma, e o mais importante fica quase impossível mostrar um outro lado da moeda e mostrar uma perspectiva que a maioria aqui não tem.

          • Nesse contexto sucesso e fama são a mesma coisa para mim. Mas enfim, pensa só:
            qual parte é mais fácil mudar: vc ou o mundo? O mundo nunca foi e nunca será justo. Não só com feios, pobres, ou minorias, mas sim com todo mundo. Eu já sofri muita coisa que me ajuda ser algo hoje em dia e o que eu aprendi é que não adianta ficar reclamando do mundo, TEM que pensar em uma solução. Cada caso é um caso, o meu foi BEMMM resumo do resumo do resumooo assim: eu me sentia triste com coisas do meu físico, oq eu fiz? Mudei, usei aparelho, fiz pequenas mudanças (acredite, até uma sobrancelha faz milagres!), levantei os peitos, que são naturais mas eram caídos kkk, etc. No lado “interno” fiz questão de estudar em uma universidade pública (isso para mim era importante na época), aprender línguas estrangeiras, bem como ler mais e demais coisas que me fizessem me sentir mais “interessante” por dentro tb. Tb fiz e faço academia ate hj, não pra ficar gostosa (mas se rolar bom né? kk) mas sim para aliviar estresse e ansiedade (sou meio ansiosa até hj) Isso eleva a autoestima e a pessoa se sente melhor. Não adianta pedir para as pessoas te entenderem, pq por mais que elas entendam, tem mudança que tem que partir de vc, pq mesmo que todas te entendessem, tem coisas que vc continuaria infeliz consigo mesmo, concorda? Sei la, se por ex vc se acha feio e uma pessoa te falar q vc é bonito, isso não te fará se sentir bonito de fato, mas talvez “menos feio”. Pq? Pq vc não acredita! Pq sua cabeça tá pessimista e derrotista e isso atrapalha e bloqueia todo o resto! Vc está tão pessimista que tudo te ofende, entende? Ou seja, para vc se sentir mais bonito vc teria q fazer algo q vc acredita, não que o outro disse e sabe-se lá se foi d boca para fora. Precisa vir de dentro, de uma crença sua. Ou seja, não tem saída e você tem que sair da zona de conforto – o que significa reclamar menos e fazer mais. O lado bom é que se vc fizer a sua parte em breve vc estará grato e orgulhoso de si mesmo =))
            Esquece o mundo, pense em vc

          • Klaus

            Rapaz parece que voce ficou com algum problema com aquela moça kkkkk é poq ela é bonita e te deu um esculacho? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • João silveira

            Não, na verdade foi o fato dela ter desrespeitado o sentimento dos outros acusando de puro mimimi sem nunca ter nem ao menos chegado perto de passar pelas mesmas coisas.
            Nunca passou por tais situações, mas acusa os que passam de estar de puro mimimi, isso é injusto e hipocrisia.
            Usei o exemplo dela, porque ela representa e é o exemplo clássico da mentalidade das mulheres de hoje que adoram humilhar gente feia e depois do “tapa” são extremamente rápidas em esconder a “mão” e depois posam com os papinhos politicamente corretos.

          • A vida de todo mundo é difícil, só muda a dificuldade: para umas o problema é beleza, outras dinheiro, outras amor, outras família. Acho que você está sendo muito egoísta, isso sim. Você nem sabe oq elas passaram e tá aí falando, mas boa sorte, se não quer mudar e só reclamar não se espante se daqui 10 anos vc estiver exatamente do mesmo jeito.

          • Mika

            Desculpe-me pela intromissão, João. A conversa não é minha, mas tenho que concordar que a Luiza está certíssima em muitas coisas que está tentando lhe dizer. Não tem importância nenhuma quem sofre mais ou menos. Cada um sofre o que tem que sofrer, não por culpa de outras pessoas, mas por culpa dele mesmo que ainda não aprendeu a lidar com as próprias limitações. Você pode escolher: Enfrentar ou ficar 10 anos se lamentando. A diferença é essa que a Luiza falou: Se agir, evolui. Se ficar se lamentando, daqui a 10 anos estará exatamente no mesmo lugar, repetindo a mesma cantilena.

          • João silveira

            Mika, Mika Mika é muito mais prazeroso conversar com você quando deixa sua arrogância de lado, mesmo lendo nas entrelinhas que me acusou de vitimismo.
            Enfim em relação a isso, talvez esteja certa , sou feio e não apenas desgosto disso como também não aceito muito bem as limitações que ser feio traz e não sei se um dia aceitarei. tanto quanto os sentimentos de frustração, inveja e recalque que isso inevitavelmente traz, pode dizer o que quiser mas eu invejo as pessoas bonitas.
            Mas tens que concordar que me culpar de me sentir triste, frustrado e rejeitado por ser humilhado e impedido de fazer coisas como vocês tem feito é muito cruel, quer dizer já não basta as desvantagens ainda sou acusado de mentiroso mesmo vocês sabendo como as coisas funcionam.
            Atitudes?
            Vocês são difíceis de entender,eu não sei se estão tirando sarro ou falando sério, eu não sei se estão dizendo para eu cortar o rosto e substituir ou para sentar e aceitar que doí menos porque não tem jeito.
            Que atitudes são essas que tanto falam?Fingir que estou dentro dos padrões mesmo sabendo que não estou?
            Isso não é se enganar?
            Acho que pior que ser ofendido por ser feio, é ser motivo de piadas por se achar algo que não é, isso é se enganar.
            Não acho que estou sendo egoísta Luiza, não sei o que ela passou mas sei o que ela disse, desmerecer ou diminuir os sentimentos dos outros como a Maria Luiza fez e seguida pela Mika é complicado, me dei o direito de dar uma resposta.
            Agir!?! parece piada, acha que se eu não pudesse ficar bonita já não teria ficado?
            Agir!?!
            Não faço a menor ideia do que estão falando.

          • David

            Agir? Essa é uma parada que não entendo. Existe alguma ação que me faça ficar atraente aos olhos femininos? E não venham com PUA, PNL, academia, carro, ostentação; pois já fiz tudo isso e mais um pouco.

          • João silveira

            Corrigindo:*”….se eu não pudesse ficar bonito já não teria ficado?”

            É como David falou:”Existe alguma ação que me faça ficar atraente aos olhos femininos?”
            Que ação é essa que tanto falam, é aceitar e calar a boca para não incomodar?

            Sentar no sofá e ver a vida passar enquanto quem é bonito aproveita a vida?
            Novamente, não faço a menor ideia sobre o que está falando quando diz que tenho que agir.

          • Pedro

            Desculpa, mas acho que vocês se culpam demais atoa, existem mais coisas sim, muda teu estilo, comece a se vestir melhor, você pode não ganhar a mina na beleza, mas ganha no charme.
            E outra a primeira coisa que afasta a mulher é isso ai de ficar se colocando abaixo de outra pessoa, pq ela tem um rostinho mais bonito que o seu.

          • João silveira

            Revistas, filmes, propagandas, novelas e músicas tudo dizendo e afirmando todos os dias que apenas um certo tipo de características é a bonita, sem contar as constantes manifestações humilhantes que passei por conta de minha aparência,sinto muito mas é difícil não se sentir inferior a uma mulher que tem um rostinho bonito, e levando em consideração esses valores quem é feio acaba sendo inferior mesmo.

          • Mulhermorena

            Quando vejo teus comentários sobre o quanto vc se considera feio e o quanto vc sofre por isso, fico imaginando…poxa será que esse rapaz é tão feio mesmo? Ou são os padrões da mídia, da sociedade etc, quem te faz acreditar isso, pq somos aquilo que acreditamos ser principalmente quando acreditamos com toda a nossa força. Se caso vc inda não leu o livro O Segredo, te desejo sucesso e felicidade!

          • Omagnífico

            Errado. Somos o que os outros nos veem. Nossa autoestima é nada mais que um reflexo das opiniões alheias, somos um resquício daquilo que as outras pessoas nos enxergam.

          • Mulhermorena

            Corrigindo….
            Ainda não leu.

          • Mika

            Pensei que já havia dito tudo o que pensava sobre o seu caso. Nem ia replicar
            mais, mas por esse seu comentário final, resolvi responder. Não me importo que me chame de arrogante, presunçosa, orgulhosa ou qualquer outro adjetivo do gênero. Nada do que disser me afetará. Só vou lhe dar um último conselho, depois vou deixá-lo em paz. Prometo não me intrometer mais nos seus comentários. Quanto ao meu “conselho”, você segue se quiser. A vida é sua!

            “Agir!?! parece piada, acha que se eu não pudesse ficar bonita já não teria ficado?
            Agir!?!
            Não faço a menor ideia do que estão falando.” (sic)

            Se não consegue nem ter ideia do que estamos falando, com certeza sua ficha não vai cair sozinha. Procure um psicoterapeuta ou psiquiatra pra ajudá-lo a ver a vida de outra forma.
            Felicidades!

          • João silveira

            Não vou procurar psicólogo ou psiquiatra, porque acredito que eles não irão ajudar em nada.
            Por acaso eles vão me deixar bonito? Claro que não, que baseado nas experiências ruins que tive,aparência é a característica mais importante no mundo dos relacionamentos.
            Mas enfim, vejo uma relutância quase que geral aqui em ver um cara feio de alguma forma se defendendo, quer dizer sofro humilhações, sou excluído e tudo mais e se reclamo disso sou acusado de vitimismo bobo, mimimi por pessoas que nunca passaram por isso.
            Acredito que isso acontece porque ninguém gosta de admitir que fazem parte do grupo dos que não veem problema em tirar sarro de feio ou feia, não importando se as piadas e a exclusão social machucam os sentimentos das pessoas e causa sim um sentimento de inferioridade.
            Acredito que isso acontece porque não querem admitir que tiraram ou tiram sarro ou fazem piadas com feios e feias e assim admitir serem superficiais e ninguém quer isso, e o que fazem? ficam na defensiva com papos politicamente corretos e tiram o seu da reta.
            Acredito que culpando feio por sua aparência é a única maneira de escapar de serem chamadas de superficiais, e a única maneira de continuar debochando, rindo e excluindo sem ao mesmo tempo serem incomodadas.
            Na maioria dos comentários levantei vários pontos importantes e coloquei muitos exemplos reais como ilustração para meu ponto de vista e nada foi falado sobre isso.
            Embora não tenha perguntado de verdade, dentro de algumas coisas que falei tinham perguntas bem evidentes.
            Eu deveria continuar indo a baladas ou o errado sou por acreditar que poderia ter uma vida como os outros que são bonitos e bonitas?
            E muitas outras coisas que falei que foram ignoradas para afirmarem que a culpa de tudo é minha.

            Parece que querem achar uma desculpa ou argumente que diga que o errado é o feio e que é justo sermos tratado da forma que somos.

            Vivendo as desvantagens de ser feio todos os dias, de maneira quase constante não me importo em dizer que invejo as pessoas bonitas e o desejo de ter tido uma vida diferente nesse sentido específico é real e legítimo.
            Assumo responsabilidade por me deixar abater com as ofensas, assumo responsabilidade de tentando evitar mais humilhações deixar de ir a certos lugares mesmo sabendo que gostaria muito de ir como baladas e bares, assumo a responsabilidade até de limitar minha vida para não ser mais humilhado e alvo de piadas, mas com certeza é injusto atribuir a mim a responsabilidade das ofensas que sofro, da exclusão que sofri apenas por ser feio, dos comentários maldosos, deboche e tudo mais.
            Esses comentários de você e da Luiza parecem colocar a culpa toda em quem é feio, de ser feio e das ofensas.
            Tem razão a vida é minha e a aparência também e sou que tenho que conviver com ela e as consequências dela, mas sabendo que minha aparência não irá ficar melhor e nem as pessoas vão deixar de serem superficiais, que venham os próximos 10 anos na mesmice sentimental, mas assumo parte e responsabilidade apenas no que diz respeito a mim, pois não posso controlar o comportamento das pessoas se pudesse não seria um excluído de todas as áreas sociais que pessoas de minha idade participam e que tentei por anos (sem sucesso) participar.
            Chegamos ao final de mais um debate na mesma e sem nada ter mudado, os feios continuam sendo tratados como se tivessem cometido algum tipo crime e quando tem a oportunidade de dar sua opinião e reclamar de um tratamento claramente injusto é para maioria das superficiais (que não querem perder o “direito” de continuar sendo cruéis com feios) simples mimimi.

          • Guilherme

            Olha,eu já passei por diversas situações, tenho 27 anos, e já passei por poucas e boas. Hoje em dia, faço piada da situação. Rir de si mesmo é ótimo, sendo feio ou não. Sou mais feio que cu de cachorro, mas sou feliz. Bom humor, na minha opinião, resolve tudo.

          • Apreciador

            O bom humor resolveu sua feiura? Se sim, como?

          • Guilherme

            Sim! Eu além de não me preocupar tanto, acaba que o povo nem fala de feiúra, eu mesmo já toco no assunto, levo na esportiva. Então, a feiúra fica em segundo plano neste caso.

          • Omagnífico

            Isso é admirável, pois eu respondo violentamente qualquer tipo de afronta aqui fora.

          • Guilherme

            Ah, se eu fosse responder violentamente toda vez que alguém chama, faz graça com minha feiúra já tinha matando mais doq o sylvester stallone no Rambo II.

          • Omagnífico

            Eu sei que é errado, mas é meio automático. Também tem uma certa dose do que eu chamo de ”Síndrome de Lannister”.

          • Guilherme

            Então. Já tive problemas na escola, cacei confusão com tios, primos que faziam piada de mim. Aí eu cansei, faço eu mesmo a piada, e fico suave. Mas, tem hora que a vontade é brincar de carmageddon

          • Omagnífico

            Gostara de ter esse senso de humor, mas no meu caso é o contrario, realmente não consigo. Já agredi gravemente, e briguei inumeras vezes por causa de afrontas.

          • Guilherme

            Então, eu acho isso relativo. Muitas pessoas detestam meu senso de humor, outras me consideram insuportável por tentar enxergar o lado engraçado de quase tudo. Mas, se não fosse meu senso de humor, eu estaria louco atualmente. Afinal, eu sou todo perturbado e mais feio que cagar em banheiro de rodoviária…Se não rir disso…hahahahahahha

          • Omagnífico

            Eu não me considero feio, porem como ja disse algumas vezes, tenho noção de que há caras mais bonitos que eu, e quando comparado á eles, eu perco, pos já senti isso na pratica, tive uma namorada por quem eu era muito apaixonado que me trocou por um melhor.

          • Guilherme

            Cara, eu nem comento a minha vida afetiva…hahahahahahahahahhaha.
            Pq, se for olhar, eu deveria tá matando uma granja de galinha preta.
            Se for olhar, tem sempre alguém esteticamente mais bonito, ou que tem vantagem em algum ponto.
            Eu faço piada e ligo o botão do foda-se. Se quiser me trocar, ela pode fazer, minha mãe direita é sempre fiel mesmo.

          • Omagnífico

            Cara, eu acho que tu tem complexo, Sério, vi duas fotos suas e realmente te digo que tu não é feio cara.

          • Guilherme

            Então velhão. Agradeço o “elogio”, é meio estranho um cara falando isso, mas, valeu a intenção.
            Mas, tenho inúmeras provas contra isso.
            Na escola, ganhei por 6 anos consecutivos o título de mais feio do colégio. E no top 5, eu tava nas 3 primeiras colocações.
            Ensino médio eu não dancei quadrilha NENHUMA vez. Nem as meninas de 6, 7 série topavam dançar cmg. hahahahahahahahhahaha
            Fora outras situações.
            O tinder então, tem 4 meses que eu fiz, e não saiu NENHUMA combinação. HAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA
            E olha que eu não escolhi só as tops.

          • Omagnífico

            Mas tu mudou de lá pra cá, não? Tu não é lindão de morrer, mas feio, na minha concepção, é aquela pessoa que causa repulsa. Não imagino que tu cause repulsa assim tão facilmente nas mulheres. Pode ser em uma ou outra, mas no geral, não.

          • Guilherme

            Ah, mudei, mas não a ponto de melhorar. É aquele negócio, tô menos destruído, mas continuo assustando meu reflexo. hahaahhahahaha. Mas, quando me dou bem, é geralmente por causa do senso de humor, do meu jeito. Eu prefiro não contar em nada com a aparência.

          • Omagnífico

            Pelo senso de humor tu se dá bem? Eu não entendo, eu as trato com frieza e elas demonstram interesse por isso. Alguma coisa está errada.

          • Guilherme

            Comigo dá certo. Eu faço rir,e consigo me dar bem em algumas situações. Quando mais elas riem, mais pontos eu ganho. Mas, é meu caso, né?

          • digão

            mais uma vez vou falar: ão existe gente bonita e feia, o que é feio pra alguns é bonita pra outros. não me acho bonito mas no Face tem mulher querendo me conhecer (se interessou só por ver uma foto minha ) add ela eela falou : “voce é interessante” não falou que sou bonito etc.

          • Guilherme

            Claro, isso varia de pessoa pra pessoa. Mas, existe um senso comum doq é feio, bonito. O ronaldo papa traveco por exemplo, só é $bonito$ pras ex pq é um cara de $caráter$.

          • David

            Eu já descobri o que eu preciso mudar pra conquistar as mulheres: Corpo e rosto. O corpo a academia dá pra dar um jeito, mas o rosto qual seria a solução além da faca.

            Dá até pra conseguir relacionamentos no meu estado atual, mas como toda a experiencia em que eu vivi na hora que aparecer um descolado ela não vai pensar 2 vezes em me dar um pé na bunda, igual aconteceu cmg na ultima vez.

            E a ex ainda teve a cara de pau de falar que eu era o cara perfeito, que a família dela me adorava, que eu tenho um excelente futuro profissional, e todo esse blá blá blá. Porém não pensou em voltar para o EX descolado, que a própria dizia que ele só estava interessado em sexo, mas mesmo assim ficava balançada com ele. Por isso essa minha fixação por beleza, sempre fica aquele pensamento: srá que ela me largou só pq o outro é mais bonito e eu não.
            Apesar de minhas qualidades eu sou tímido e caseiro, e na minha idade as mulheres abominam caras assim.
            Pronto, saiu o desabafo…. kkkkk

          • Gabriel Felipe

            Se mate. Não estou debochando. Meu é cabelo bosta, sou baixo, pobre e extremamente tímido (a ponto de ter vergonha de dizer “eu te amo” para minha mãe, kkkk) e de beleza mediana. Acho que a vida é basicamente entre a “sorte” e o “azar” e somos sorteados se teremos um ou outro. É claro que tem coisas que podemos realmente mudar, como ter uma boa vida e ser bem remunerado no trabalho, mas outras não, como feiura, baixa estatura e doenças hereditárias. Ninguém pede para nascer no “azar”, então não temos que aceitar, como dizem, e acho que o suicídio é a única saída para alguns problemas irreversíveis e insolucionáveis. Fico pensando nesses povos “miseráveis” de países mergulhados na probreza e me pergunto: Por que não se matam? e Por que ainda estão vivos?

        • Guilherme

          • Só queria a parte do famosa, de preferência com muito dinheiro no bolso kkkkkkkkkk

          • Guiilherme Almeida Souza

            Hahaha! Vai dar avião de dinheiro igual o silvio santos?

          • Troco famosa por muito dinheiro FÁCIL! Sem pensar kkk

          • Guilherme

            Eu aceito 20% desse muito dinheiro.

      • Pedro

        Eu trocaria o título de “Pessimista” pra “vitimista”, o que aliás é o que mais acontece hoje em dia, pra tudo tem um pobre coitado com uma desculpa pro insucesso ou para o fracasso.
        Uma coisa que acho super irritante é enfatizar problemas em vez de procurar solução. Se você tem algum problema, procure uma forma de resolvê-lo e não ficar nessa de procurar culpado

        • Mika

          Concordo, Pedro. Vitimista caracteriza melhor esse tipo de gente…
          Quanto a enfatizar problemas, eu também me irrito muito com isso. Quer me ver irritada e com vontade de sair é ficar numa reunião por duas horas com o povo só falando dos problemas, mas ninguém propõe uma solução. Dá o horário de ir embora e ainda tem gente repetindo a mesma ladainha do começo…
          E me lembrei de outra coisa que me irrita: Quando estou conversando com alguém e chega uma terceira pessoa e corta o assunto sem nem pedir licença. Começa a falar sobre outra coisa e me deixa falando sozinha. Eu tenho um colega de trabalho que é assim. Morro de vontade de mandar ele “esperar a vez dele de abrir a boca”… rs

          • David

            As vezes as pessoas enfatizam os problemas em busca de uma solução, pode parecer estranho, mas as vezes uma palavra pode ser a centelha para a mudança de uma vida. Claro, a pessoa tem que estar aberta a novas sugestões, e não ficar agarrada as crenças que a limitam. Por isso eu vim aqui ao blog, para buscar sugestões de mudança.

        • David

          Mas tem problemas que não tem solução. Eu me considero feio pra caralho, principalmente por ter um nariz de batata e cara de lesado, qual seria a solução? Nascer de novo, ou vender minha alma pra conseguir $$ para uma plástica?

          • Guilherme

            Velhão, eu tenho 27 anos de prática em feiúra, então posso falar com propriedade do tema. Reconheça a limitação e invista em outras coisas. Procure ser um bom ouvinte, um cara atencioso, faça igual o lobo mal, ouça melhor mas também COMA melhor… E leve isso da feiúra na esportiva, eu pelo menos faço piada disso constantemente. Tanto é que no hoje estamos em novembro, e até hoje me pedem pra tirar a máscara de haloween…hahahahahahahahahhaahahha

          • David

            Eu ja me considero um bom ouvinte. Mas não adianta, se aparecer um cara boa pinta ignorante msm assim ele vai ter preferência. Ai vem aquela conversa “ah.. Mas vc so quer as tops”. Mentira, até as do meu nível de beleza(inexistente,kkkk) vao atrás dos cafas.

          • Guilherme

            Mas, seja um bom ouvinte e um bom cominte rapaz. Não adianta só ouvir, senão vc vira cachorro de horta, não come mas não deixa ninguém comer. Então, você e eu estamos na concorrência desleal, mas, temos que usar as armas que temos uai. Tá no inferno, abraça o capeta. Treine no espelho cara de cachorro pra adoção, mulher não resiste. Se não der certo, começa a criar galinha preta no quintal e matar uma por semana pra exu paquera.

          • Só tem macumbeiro nesse site kkkkkkkkk

            Outra dica: NÃO ser mesquinho e antes que xinguem, tá explicado no podcast 01 sobre pagar a conta. Homem mesquinho que fica muquiranando até cafezinho e presente de dia de nada é o Ó. Nem que seja artesanato feito pelas prórias mãos que custou zero reais, mas mulher gosta de se sentir lembrada.

          • Guilherme

            Macumba rules!
            Claro uai, apesar da minha ultima pemba não ter dado certo.
            Invoquei a pomba gira e ela disse que uma assombração não aparece pra outra.
            O lance do mesquinho é tenso. Tem gente assistindo muito two and a half men, e achando que é o Alan.
            Eu costumo comprar umas caixas de ferrero rocher e dar um bombom a cada encontro. ^^

          • Omagnífico

            Seeeeii, haha, eu não pago nem um copo de água. E se reclamar eu mando pra casa a pé, sem choro.

          • Mika

            Sei… entendi…
            É por isso que não come! kkkkkkkkkkkkk

          • Guilherme

            Claro que não é pra tanto, tem que pagar alguma coisa. Mas, tem mulher que chega no motel e só falta pedir pra embalar o frigobar, a cama, a banheira. Bom senso as vezes faz bem.

          • Omagnífico

            Aí que tu se engana, escrotidão é infinitamente mais eficiente que gentileza. Fazer o que se vocês preferem assim.

          • Joselito_Silva

            Contra essa solidão involuntária imposta, só a verdade me alivia, valeu Omag.
            E só para ilustrar.

          • Omagnífico

            Cuidado com os agentes Smiths.

          • Joselito_Silva

            Porquê?

          • Omagnífico

            Dão tiro forte em quem tenta expor a ”Matrix”.

          • Joselito_Silva

            Ai.

          • David

            Pra ser um bom “cominte” tem que haver a atração sexual entre ambas as partes. Esse e o problema, eu não consigo me tornar atraente aos olhos delas, eu pareço ser um cara sem sal.

          • Guiilherme Almeida Souza

            Isso é psicológico meu caro. Eu ja tomei fora de gp,.que disse que não tinha achado a buceta no lixo. A solução é hipnotizar. Povo não hipnotixa e come cebola achando que é frango? Ela vai achar que tá com frango na boca e ta com cebola.

          • David

            Hipnotizar como, virar um “Fábio Puentes”? Hahahahs

          • Pedro

            Amigão, existem várias formas de você se tornar interessante pra uma mulher, sem precisar ser o brad pitt. Vou te dar alguns poucos exemplos:
            -Estude, trabalhe, foque total, e comece a enriquecer (mulher gosta de segurança e estabilidade)
            -Comece uma dieta, entre em uma academia, se não pode mudar o seu rosto zuado, mude o seu corpo e tenha um corpo legal.
            -Comece tudo com bom humor e otimismo (NINGUÉM, nem homem, nem mulher, vão querer se aproximar de alguém baixo astral, nós procuramos pessoas que nos tragam alegria)
            Você está sendo bastante vitimista na minha opinião, colocando que o seu rosto ser feio o torna um nada, se você é um nada , é porque quer, pois pode tomar atitude e mudar a hora que quiser.
            Então no excuses ok?

          • David

            -O foda é que sempre tem um que descamba pro lado financeiro. Estamos em 2014, se a mulher quer estabilidade financeira ela msm pode conseguir com o seu próprio suor. Sim, eu tenho uma situação financeira relativamente boa, mas se eu fosse mulher eu ia ficar extremamente puto com essa coisa de que pra conseguir uma mulher precisa de dinheiro.

            -Academia, eu tive que parar pois eu não tinha mais tempo(trabalho e faculdade).

            E onde eu disse que eu me considero um nada? A única coisa que eu falei é que você pode ser esforçado(como eu sou), mas mesmo assim tem grandes chances de ser preterido por um CAFA.

          • Pedro

            Pois bem, se você foi preterido por um CAFA, agradeça a Deus que tirou do seu caminho uma qualquer porque vai colocar coisa melhor na sua vida…
            Pelo menos, é assim que eu penso quando sou preterido por um que considero pior que eu

          • David

            Então em outra encarnação eu devia ser um pecador nato, pq ele só tira, não coloca nenhuma. HAHAHAHA

          • Fabiana

            Belas palavras Pedro.

            Somente uma observação: para conseguir considerar que alguém é pior que vc, é extremamente necessário trabalhar com o auto-conhecimento.

            E, para adquirir auto-conhecimento, é preciso trabalhar muito com o amor-próprio, abrir a imaginação e ver que existem infinitas possibilidades e formas de se auto-melhorar.

            Quanto mais ilimitados somos em querer buscar o melhoramento de nós mesmos e nos esforçarmos, conseguiremos ser melhor às outras pessoas também.

            Eu tento entender até hoje o seguinte: por que é tão difícil conseguir ajudar uma pessoa a se amar? Como conseguir realmente ajudar quem possui esse tipo de dificuldade? (desculpe, é somente uma reflexão da minha parte, porque eu lido com uma pessoa que tem depressão há mais de 15 anos…)

          • David

            É difícil porque autoestima é algo que demanda de aprovação externa. A pessoa só vai se achar bonita, se alguém tiver a mesma opinião.

          • Fabiana

            Então, a pessoa que eu mencionei que tem depressão há tanto tempo é a minha mãe.

            Sabe, eu nunca vi ninguém falar que ela não é bonita, que ela não é inteligente, nunca.

            Pelo contrário, só ouço elogios à respeito dela e ela já se mostrou realmente capaz de muitas coisas.

            Porém, ela insiste em afirmar que não é bonita, que não é capaz, que não sabe porque ela está viva…

            As vezes eu chego a pensar que, será que não é porque falta dentro dela a atitude de se responsabilizar pela própria felicidade?

            Será que não falta à ela decidir que tem toda a autonomia para isso? Que só está faltando apenas uma decisão e que esta decisão depende única e exclusivamente dela?

            Caso eu estiver errada pensando assim, por favor me corrija.

          • David

            Cada caso é diferente, pois a depressão pode ser causada por vários fatores: rejeição, hormonios, algum trauma sofrido e etc..

            Toda pessoa é responsável pela felicidade, porém nos casos qui do blog são de pessoas solitárias. Não teria nenhum problema em ser feliz sozinho, mas as pessoas são bombardeadas desde pequenas a acreditar que só é feliz quem tem uma compania. Aí fica com aqueles esteriótipos, o cara tem que ser: bonito, extrovertido, porra louca e etc.. Aí tem a pessoa que não consegue se enquadar nesses padrões, virgem numa sociedade onde se mede a competencia pela quantidade de parceiras sexuais, só pode dar merda.

          • Pedro

            Sobre a sua opinião referente a depressão eu concordo, podem existir N fatores que as causam, vide ai popstars que se drogam até a morte, onde nós vemos eles com uma vida em que qualquer pessoa queria ter.
            Em relação a sua rejeição – solitária, eu não concordo, a sociedade implica que você tenha alguém, ok. Porém não te fala quem, nem como, acho que pra todo pé cansado existe um sapato velho, não é a beleza que vai definir. O problema é você achar ruim que as pessoas são fúteis, onde de acordo com o seu comentário você é tão fútil quanto, uma vez que até então tudo pra você é beleza exterior. Se você só procura isso e só preocupa com isso, será tratado dessa forma, quando abrir sua mente e começar a olhar mais coisas, além da beleza exterior, certamente irão ver mais coisas em você

          • David

            Eu enfatizo a beleza pois é o cartão de visita, principalmente no meu caso pois sou um cara que tenho um comportamento bem fora dos padrões pra minha idade: sou timido, considerado paradão, caseiro, odeio baladas e etc… Então se eu tivesse uma beleza acima da média todos esses meus defeitos seriam esquecidos pelas garotas, mas como não tive essa sorte o meu leque de mulheres parecidas cmg é bastante limitado, pois as mulheres da minha idade em 90% são baladeiras e odeiam caras como eu.

          • Fabiana

            Entendo. Sabe, lidar com uma pessoa com depressão pra mim, pelo menos, tem sido um grande desafio.

            Quanto ao que vc citou sobre as pessoas solitárias, eu já conheci pessoas que tinham esses mesmos problemas que vc citou, que já sentiram estas mesmas dificuldades e conseguiram superar. Eu acredito que seja muito importante vc procurar exemplos de pessoas que passaram pelos mesmos problemas que vc e superaram de alguma forma.

            Agora, da mesma forma que eu conheci pessoas que superaram, já conheci pessoas que até hoje não superaram também, mas vejo uma diferença entre elas que é a seguinte:

            As pessoas que geralmente vivem ou se sentem só e que são abertas à aprendizados, que gostam de falar sobre idéias, etc, essas possuem uma tendência maior à conseguirem superar suas dificuldades.

            Agora, as pessoas que geralmente vivem ou se sentem só, mas que criam o seu próprio mundo, mundo este em que as únicas coisas que habitam lá são a própria pessoa, suas próprias verdades, seus próprios conselhos, sabe, neste caso, podem vir os mais conceituados ou experientes em qualquer que seja o assunto que infelizmente não conseguirão ajudar, porque no mundo delas, não há espaço para mais ninguém.

          • digão

            joselito, Daniel BV, Iron a turma só aumentando

          • David

            Turma de quê? Seja mais direto.

          • digão

            david, eu li seu post seu problema com relacionamento com as milheres e tal, por ser achar feio não condsegue exito nas investidas. aqueles nomes tambem passam pelo mesma situação etc e acham que o caso deles não tem solução. da uma olhada nos post deles

          • David

            Ah sim, agora eu entendi. Tudo nessa vida tem solução, o problema é ter a motivação necessária pra buscar resolver os problemas. O que deve “derrubar” esse pessoal que você citou e que me deixava com uma raiva extrema, é que a maioria das pessoas não precisam das “soluções”. Todo mundo se diverte e fica com as meninas, sem precisar daquilo que o @Pedro falou: dinheiro, ser bombado, extrovertido e etc…

            Mas o que está me ajudando nesse processo de mudança é entender que o MUNDO É UMA MERDA. Sim, é injusto pra crl, e não vai ser eu que vou conseguir muda-lo sozinho e pra conseguir algo eu vou ter de alguma maneira me enquadrar nos “padrões”.

          • Guilherme

            Sou feio mas sou feliz.

  • Fabiana

    Luiza, me identifiquei com a parte: “As pessoas fazem cursos de oratória para aprenderem a falar, mas deveriam existir cursos para aprender a ouvir também“.

    Eu era bem assim há alguns anos atrás. As pessoas mal completavam a primeira frase e eu já estava colocando a minha opinião à respeito.

    Hoje, eu procuro ouvir e fazer uma análise sobre o assunto para depois responder e uma das coisas que eu dou importancia também é com relação aos fatos, pois pra mim, já se foi a época de ficar achando isso ou achando aquilo.

    Agora, além de concordar com esses 4 itens que vc postou, eu acrescentaria também o seguinte:

    Sabe aquela pessoa que tenta ganhar méritos daquilo que não fez? Na minha opinião, eu acho isso muito irritante também.

    Parabéns pelo blog e sucesso pra vc!

    • Obrigada Fabi!! Posso contar um segredo? Eu também já fui assim, tipo metralhadora kkkkkkkkkk mas nada que os anos não ensinem para a gente né?!

      Nossa,quanto a esse seu acréscimo me lembrou uma pergunta que devo postar durante essa semana no blog, do homem que come coxinha e arrota caviar. Triste, mas nada que o tempo também não ensine!

      • Fabiana

        Pois é Luiza, rsrs, nós mulheres (acho que principalmente as mulheres, neste caso em específico) temos esta leve tendência, rs. Mas como vc disse, nada como o tempo e amadurecimento para ir melhorando.

        Puxa, e já estou ansiosa pelas próximas postagens 🙂

        • Eu tento postar coisas diferentes,mas fica susse q se vc não gostar da postagem de um dia, vc gostará da do outro kkkkk

          E seja bem vinda, viu?!

          • Fabiana

            🙂

  • josé

    Tem uma coisa que detesto e vc começar a falar algo e a pessoa corta e começa a falar é não deixar vc terminar !
    Outra coisa é vc for falar algo é pessoa vem com quatro pedras na mão ,ai eu mando logo tomar no c*.

    • Mika

      Nossa, Zé! Mas como você é bravo, heim?! kkkkkkkkk
      Se me mandam pra esse lugar aí eu já tasco a resposta: Vai você… e sua família inteira!
      Ah, não levo desaforo pra casa, e ainda meto a família no meio… kkkkkkkk

      • josé

        Não sou bravo,só acho que duas pessoas podem conversar sem vim com quatro pedras nas mãos!Eu mandar alguém toma no c* e pq me tirou do sério,olha que foi poucas pessoas que mandei ,as que eu mandei ,mandei gostoso!kkkk
        Mika que falta de delicadeza meter a família no meio !kkkk

        • Mika

          Mas, Zé, eu fui “indelicada” poucas vezes também… rs. Sou uma pessoa muito tolerante e as pessoas costumam abusar por eu ser “boazinha”. E essa de meter a família no meio é só a do meu marido, e mesmo assim , na brincadeira (ele é filho único e os pais já são falecidos, então, nem família tem) kkkkkkkkk
          Pessoalmente prefiro o VSF, acho mais abrangente e libertador… rs.

  • josé

    Eu nem vou falar muita coisa pq minha namorada vai ler e a carapuça vai servir!rs

    • E eu já ia falar no seu outro comentário algo tipo “Ou seja, vc não gosta de mulheres” kkkkkkkkk

      pq mulher pra deixar falar é uma em um milhão. To achando que é genético

      Eu mesma ia vestir a carapuça fácil em certos momentos kkkk

      • josé

        vc já viu as meninas do Jô,as quatro jornalistas debatendo certos assuntos no programa dele?
        Pois bem uma não deixa a outra concluir a opinião!rs
        Minha namorada e desse tipo !kkkk
        Se existisse um controle remoto e vc apertar o botão mudo para fazer essas pararem de falar ,seria uma coisa boa !kkkkk

  • Guilherme

    Faltou a parte do ficar o tempo todo mexendo no celular, e fingindo que tá prestando atenção na conversa. Isso eu considero mais irritante que todos os anteriores.

    • Mika

      Affffffffff. Meu amigo, isso virou uma praga. Esse maldito zapzap e congêneres, estão matando os relacionamentos interpessoais “ao vivo”…

      • Guilherme

        Pois é, o vírus do zap zap contagiando muuuita gente. Isso quando não são outros apps de celulares. Saí com uma mulher uma vez que cismava em brincar com aquele tamagoshi de celular, e me mostrar as roupas que tinha comprado pra ele, se tinha dado banho.
        Mas, é muito irritante esse lance de ficar mexendo no zap zap. Isso quando a pessoa não despista e fica olhando pra baixo, tentando disfarçar quando tecla.
        Eu particularmente costumo até desligar o celular. ^^

        • Mika

          Dá vontade é de desligar o celular da pessoa que está na minha frente… kkkkkkk
          Acho falta de respeito, e de educação… eu coloco no silencioso quando vou conversar com alguma pessoa.

          • Guiilherme Almeida Souza

            Então, você é bem paciente. No meu caso dá vontade é de mandar a pessoa enfiar o celular na cavidade retal mesmo. Falta de bom senso, respeito,.educação. se for algo urgente, avisa, pede licença. Foda é quando isso acontece em encontro, dá impressão que a pessoa só saiu contigo pra comer de graça. Hahaha

          • Mika

            Essa do Tamagoshi, com certeza… comida, e de quebra, umas sessões de terapia gratuita… rs

        • Baby Lemonade

          Kkkkkkkkk,é o joguinho do Pou?Eu tenho,mas brinco só quando dá vontade!Meu namorado nem se estressa,as vezes ele dá banho e comida nele para mim,kkkkkk!!!! 😛

          • Guilherme

            É esse mesmo. Brincar de vez enquando até que vai…Massss, vc tentando conversar, e a pessoa fica garrraada nesse bicho.
            Dá vontade de fazer vodu pra ele pegar alguma doença grave e morrer.

          • Baby Lemonade

            Kkkkkkkkkkkk!!!!Mas o joguinho é bem simplista mesmo,o criador deveria ter botado uma opção que fizesse ele morrer,que nem o tamagochi que as vezes a galera matava de fome,rsrrsrrs :p Nossa,me senti muito má agora XD

          • Guilherme

            Aquele jogo é do capiroto, isso sim.
            Minhas primas em reunião da família ficam igual zumbis jogando esse lance.

            Ps: assassina de pou’s? Vc tá muito malvada fera, melior parar. 😛

          • Baby Lemonade

            Kkkkkkkkk,meu alter ego psicótico,kkkk!:P Adoro o joguinho do Pou,mas convenhamos,não tem muita mobilidade.Matando-o e dando uma poção para ressuscitá-lo seria divertido,rsrrsr.Queria sugerir para o dono do jogo no google play,pena que eles nos forçam a ter uma maldita conta no google plus para podermos avaliar os aplicativos,coisa que não me interessa fazer,saco de rede social,dei adeus para todas.

          • Guilherme

            Alter ego psicótico, seeeei! Essa risadinha e cara de santa não me engana. hhahahhahaha. Deve ser quase um Jason Voorhees.
            Ressuscitar o pou? Aí seria Jesus Pou, não??
            Ah, eu só tenho o zap zap, face, instagram, snapchat, tenho nada e quero distância.

  • Miguel

    Uma coisa que me irrita muito é gente lerda e sonsa! Acho que é porque tenho esse defeito sou impaciente demais pra tudo e acabo me irritando com quem é mais ”devagar”, também não gosto quando to falando e a pessoa fica mexendo no celular ¬¬

    • Mas gente impaciente não costuma ser muito lerda. Será que você é lerdo mesmo?
      Gente mexendo no celular é algo que só tem, até desisti de me irritar com isso pq se não ia perder todos os meus cabelos – que não são poucos

      • Miguel

        Não Luiza eu disse que não tenho paciência com pessoas lerdas, isso me irrita num grau! Ah como eu não sou muito paciente já mando a pessoa toma no cú ou saí da minha frente kkk

      • Carlos

        Vc foi lerda nessa, e ele mentiroso, pois te explicou pacientemente…

        • É que ficou ambíguo na parte que ele falou “que tem esse defeito”: lerdo ou impaciente? Tendeu?

          • Carlos

            Não tendi. explica mais duzentas vezes, e bem devagar

          • =(

    • Baby Lemonade

      Nossa,eu também odeio mortalmente quando estou falando e a pessoa mexendo no celular,acho uma falta de respeito horrorosa.

      • Miguel

        Pior é quando a pessoa diz que vai na sua casa pra conversar e quando chega já vai pedindo a senha Wifi e ao invés de conversa contigo ela fica mexendo no celular, nossa como odeio isso! Não tenho paciência e já xingo ou desligo o roteador kkkkkkkk

  • Só de passagem

    adoro trabalhar com gente, dizer que não há pessoas que me irritam seria muita hipocrisia, rs. Mas é isso, há todo tipo de gente e e isso é legal. O que não gosto mesmo em algumas pessoas é falta de caráter, esse sim é um problema com difícil solução, os outros a gente releva. É claro que todo mundo tem seus limites e suas opções de com quem conviver, como muitas vezes não posso escolher, vou sempre tentando lidar da melhor maneira.

    • Lembrou meu pai! Ele sempre diz “Luiza, eu adoro gente” s2 s2 s2

  • Jéssica

    Pra mim as coisas mais irritantes no mundo são:
    – Pessoas vítimas, coitadas, sofredoras, pessimistas que acham que sua vida é mais difícil que a do resto do mundo e por isso vivem de reclamar e falar da sua falta de sorte;
    – Pessoas insistentes (sofro tanto que chego a evitar diversas lojas pra não ter que lidar com os vendedores chatos);
    – Pessoas mal humoradas (quem me faz rir ganha meu coração).
    Agora, eu confesso que tenho que melhorar demais em ouvir. Tenho que me vigiar constantemente pra não interromper as pessoas.

    • Omagnífico

      Só um adendo na afirmação, uma pessoa pessimista é diferente de uma vitimista. O pessimista SE ACHA um fracasso, que nao tem a capacidade, ela ”sabe” que está abaixo dos outros mas ela não reclama por se colocar no lugar que ela acredita que merece estar, enquanto uma vitimista até se acha boa, mas culpa os outros pela falta de sucesso seja la no que for.

    • Pois é, o triste é que se você vai dar um toque nessas pessoas elas acham que a gente “tá se achando”, mas tudo bem, mais uma vez: a vida ensina!

      • Jéssica

        Até já tentei dar uns toques em algumas pessoas que convivo e que tem a péssima mania de reclamar de tudo. O que escuto é assim “mais pra vc é fácil falar, pra mim que blá blá blá é muito mais difícil”, então minha tática é apenas fugir desse tipo de pessoa, quando começam eu logo concordo com o “sofrimento” e vou embora rapidinho!

  • Coisas que me irritam nas pessoas:

    1) Vitimitas/pessimistas: concordo em tudo com vc, Luiza. O mundo é um lugar injusto e ponto final e ele não vai mudar para aceitar as pessoas. O que acredito (e o podcast número 12, sobre auto estima ajudou muito nisso) é que devemos melhorar a nós mesmos e NÃO SE IMPORTAR COM OS OUTROS!!! Eu mesmo sempre fui o patinho feio da turma e ainda o nerd/cdf de plantão; quando passei a não me importar com as opiniões alheias, minha vida melhorou muito. Então, ao invés de mimimi, que tal sermos responsáveis pela nossa própria vida?

    2) Falsidade: nem preciso explicar.

    3) Auto estupidez festejada: não sei se existe esse termo, mas acredito que vcs vão me entender: são os tipos de pessoas que não conhecem algum assunto (ou vários), mas não opiniões como se fossem expert no mesmo, confundido opinião com conhecimento; ou o tipo mais comum (pelo menos, são os que mais encontro), que são as pessoas que GOSTAM de não saber de nada e que menosprezam pessoas que estudam, gostam de ler etc.

    E lógico, tudo que as pessoas escreveram aqui, em graus menores ou maiores.

    • “3) Auto estupidez festejada: não sei se existe esse termo, mas acredito que vcs vão me entender: são os tipos de pessoas que não conhecem algum assunto (ou vários), mas não opiniões como se fossem expert no mesmo, confundido opinião com conhecimento; ou o tipo mais comum (pelo menos, são os que mais encontro), que são as pessoas que GOSTAM de não saber de nada e que menosprezam pessoas que estudam, gostam de ler etc.”

      Senti um desabafo nerd aí! Mas tudo bem, não sou nada nerd, mas amo os nerds

      ps: comprei a coleção toda do Mário no Mac Donalds, fiquei feliz o dia inteiro por isso s2 Nostálgico

      • Luiza, foi realmente um desabafo nerd (rs), mas tenho uma boa explicação: o brasileiro tem na cabeça que sabe fazer churrasco e é técnico de futebol, e isso é extremamente irritante, pois esse tipo de pessoa tem a tendência a desprezar o conhecimento e as pessoas que vão atrás dele.

        Como nerd, professor de quadrinhos e profissional do setor, isso acontece SEMPRE!! As pessoas chegam para mim falando que coisas sobre gibis, personagens, desenhos ou roteiros, baseadas apenas em opiniões estéticas (ao qual respeito muito) mas sempre fazem questão de dizer “Ah, não precisei estudar e sei tanto quanto vc!” (ou algo parecido). Trabalho como profissional de quadrinhos e pesquisador do assunto desde os dezoito anos de idade, então, acredito que sei um pouquinho sobre o tema.

        E não é apenas comigo ou sobre o mundo dos nerds, querida. Lembra na época das eleições? Todo mundo, nas redes sociais, “sabia” sobre eleições, política, constituição etc, mas sem nunca ter lido nada sobre e dando opiniões como expert nos assuntos. Putz!! Como isso me estressa. Mas agora, como a Jéssica, eu prefiro deixar passar batido, ignorar mesmo e continuar seguindo a vida

        E parabéns pela coleção, Luiza!! Já tem alguma foto?

    • Jéssica

      Te entendo perfeitamente no item “auto estupidez festejada”, estou longe de ser uma nerd ou saber tudo e sempre acabo discutindo com pessoas pobres de conhecimento e de espírito. Já entendi que não adianta tentar debater (até pq pessoas desse tipo não conseguem manter diálogos saudáveis e logo acabam partindo para agressões verbais). Logo, eu fico na minha mesmo, é melhor.

      • Jéssica, seu comentário foi ótimo! No passado, eu até discutia com a pessoa, tentando argumentar e explicar algo; mas com o tempo ( e depois de muita irritação rs) eu passei a ficar na minha. Se me irritar muito, saio de perto, até deixo a pessoa falando sozinha.

  • Rodrigo MariMoon

    A do não deixar terminar de falar é meio complicado…
    Pois, pode parecer bizarro, mas… Eu não entendo a premissa de mulher, especialmente dentre 17 e 23 anos, quererem que o cara comece o assunto, porém dizendo EXATAMENTE sobre o que ela quer conversar… Quer dizer, não sou adivinha pra saber do que a candanga gosta ¬¬’..
    Por que isso? É raro existir mulher que comece o papo. Pouparia muita dor de cabeça…

  • PergunteAoHomem

    Tenho tanto para falar, que vou ficar calado 😀

  • Olá, Luiza. Estou conhecendo você somente agora. Uma pena. Eu te achei fazendo uma busca sobre impaciência. Adorei o seu texto. Eu poderia acrescentar ao seu texto: ser grosseiro. Acho isso muito chato, mas concordo que limpar o nariz em público é absurdo! Como tem motorista que faz isso!
    Um abraço

    • seja bem vinda kkkkkkkkkkkkkkkkkkk e obrigada!

  • Jazz Marcello

    A 2ª ”Não te deixa terminar de falar” é a pior de todas, da vontade esganar o sujeito.