Tenho certeza que meu marido não me ama mais, agora preciso saber como não sofrer tanto com o fim!

98

Leitora: Olha só, faz um tempo que meu marido está muito diferente e sempre me colocando como última opção em tudo que ele faz. Já li vários blogs que mostram sinais de quando o marido não ama mais, e tive certeza absoluta de que ele realmente não me ama, só que eu o amo muito, mas mesmo assim queria que você me desse um conselho de como faço para terminar o nosso relacionamento sem eu me magoar, sem entrar em depressão, sem me sentir muito mal. Peço a você que me ajude!!

Como não sofrer com o fim do relacionamento

Já é um ótimo sinal você ter conseguido perceber e ter certeza de que seu marido não te ama mais. Afinal de contas, o que mais tem é mulher que se ilude, fica anos e anos como plano “Z” e ainda acredita que é uma fase que vai passar. Às vezes é até uma fase mesmo, mas quando é realmente falta de amor, esse “se sentir ignorada” dura por muito tempo e só não percebe quem não quer, né?

Agora que você já tem certeza, a primeira coisa que você tem que fazer é se preparar psicologicamente. Primeiramente, entenda que não existe ruptura sem dor, porém, cabe a você escolher entre usar essa dor para entrar em depressão, ou usar isso para crescer e sair bem mais forte dessa: com preparo psicológico, controle de ansiedade e, acima de tudo, tendo consciência de que para perder um amor basta tê-lo. Pense assim:

“Se ele já não me amava mais, isso já era um sofrimento. A diferença é só que se eu terminar com ele, eu não vou mais me humilhar e terei uma nova chance de ser amada por outra pessoa, coisa que eu não teria caso forçasse a barra e continuasse com ele”.

Use os pensamentos para se motivar a dar a volta por cima, não para se motivar a ficar na fossa toda coitadinha e fracassada, sabe? Lembre-se que sofrendo você já está, a diferença será apenas que você se dará uma nova chance ao largar aquilo que você já sabe que não te remete a mais nada de bom, mas tão somente fomenta submissão e baixa autoestima. Lembrando que, infelizmente, amar alguém nem sempre é sinônimo de ser feliz e de viver da melhor forma possível. O mais importante é nunca se vitimizar, entender que amá-lo é uma coisa, criar dependência e se colocar por baixo são outras coisas completamente diferentes. Se você continuar alimentando esse pessimismo, aí é claro que você ficará cada vez mais triste mesmo! Fique esperta: não coloque a culpa no mundo, mas tão somente respeite o fluxo da vida que diz que, desde que a gente tenha feito a nossa parte, de resto ela cuida.

Não duvido nada que em breve você encontrará alguém tão ou mais legal do que ele, palavra de quem vê isso acontecer muito aqui pelo blog =). E cá para nós: frio do jeito que ele está, essa não será uma tarefa das mais difíceis, né?! Se você está sozinha em casa e está com medo, você pode fazer duas coisas: aproveitar o medo para pensar que você é uma coitada, inútil, dependente e incapaz de encontrar outra pessoa, OU pensar que se trata apenas de um momento de solidão, que não precisa de alarde, mas tão somente paciência e esperança de que tudo vai dar certo – só depende de você.  Felicidade tem preço e requer esforço: quem disse que não, estava mentindo para você.

Por fim, use de forma estratégica esse meio tempo que antecede o término: vá levantando um dinheirinho, decidindo onde você irá morar, reatando antigas e fazendo novas amizades, bem como cuidando do seu físico e emocional: academia, novo corte de cabelo, terapia (se você sentir que é preciso), etc. Parece bobeira, mas isso fará uma diferença enorme na sua vida, pelo simples fato de que na medida em que você for se amando e se ocupando mais, automaticamente você se sentirá muito mais preparada e segura para dizer que agora é você que não quer mais ele. A cada passo que você der por você, será um passo a menos que você sofrerá por ele, não tenha dúvidas disso.

Só não deixe de, por desencargo de consciência, ouvir mais uma vez da boca dele que ele não te ama mais. Isso irá doer, mas servirá para você ter a consciência 100% tranquila de que realmente não tinha mais nada que você pudesse fazer. A não ser tentar conquistar o amor desse homem, se você achar que ainda cabe a tentativa.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.