7 dicas simples para evitar a separação

15

Casais de velhinhos são fofos, né?! Pena que quando você estiver velho você verá poucos deles. A moda agora é ser independente, pegar todo mundo e tacar o pé na bunda de quem chatear: brigas bobas, pequenos motivos e falta de diálogo fazem casais que até pouco tempo atrás juravam amor eterno, briguem e não se vejam nunca mais – seja porque o sentimento acabou na devida proporção em que o outro “foi desagradado” (como se o outro fosse perfeito, coitado!), seja por orgulho mesmo.

O interessante e contraditório a tudo isso é que, ao mesmo tempo, ninguém quer ficar sozinho. Queremos um amor pronto, que já chega perfeito para nós e quando descobrimos que não só temos que cuidar, como estancar alguns abscessos, jogamos tudo por água abaixo e viramos mais um solteirão pro mundo. “Ah, não era bem o que eu queria!” e tchau.

Será que todo mundo está tão desinteressante assim? Ou você que não está sabendo tirar o melhor das pessoas? Abaixo você encontrará algumas dicas e reflexões para que, no dia em que você encontrar alguém, você fique o máximo de tempo possível com essa pessoa. Se você já encontrou, é colocar em prática já!

Abdique algo seu em prol do outro

Dicas para evitar a separação: abdique algo seu em prol do outro

Um dos grandes problemas da modernidade é que todo mundo tem tanta pressa em cuidar da própria vida, que se esquece que a felicidade pessoal sempre será o reflexo da felicidade do parceiro: ou será que alguém acredita que seria bom e tranquilo dividir a vida com uma pessoa cheia de angústias e de problemas internos? O que mais motiva sempre será o exemplo: se você estimula uma pessoa a ser leve e feliz, não tenha dúvidas de que as consequências disso respingarão em você.

Você não precisa comprar todo sonho que for do outro, mas participar faz parte. Se você não tem tempo, por que é que se juntou então? “Se unir” já é um termo autoexplicativo e se você continua continua pensando que a pessoa mais importante da sua vida é única e exclusivamente você mesmo, você precisa apenas de um espelho para se admirar, não de um parceiro.

Colocando em prática

Dicas para evitar a separação: colocando em prática

Tente ler aos menos uma vez por mês o texto que o seu marido escritor faz, ou o quadro que a sua esposa pinta, ou qualquer outra coisa que seu parceiro(a) goste de fazer. O outro ficará feliz e, acredite, você também! Se você não participa da vida do outro só porque você não gosta do que ele faz, você está fazendo isso errado. União é isso mesmo, ajudar o parceiro a conquistar os próprios sonhos, nem que estes não sejam os mesmos que os seus. Nisso vocês criarão o vínculo da ”dependência saudável”, algo que diminui consideravelmente as chances de divórcio.

Durma abraçado com quem você ama

Dicas para evitar a separação: durma abraçado

Não precisa ser um grande pesquisador para ter certeza de que o contato físico aproxima as pessoas. Se você é agoniado(a) e não consegue ficar muito tempo agarrado, tente ficar assim ao menos no primeiro sono, depois você solta, se for o caso. O mais importante é a sensação de ter dormido junto e seguro, sabe? E o mais importante de tudo: ainda que hajam desavenças, nunca durma brigado com quem você gosta.

Sexo

Dicas para evitar a separação: sexo

Um dos erros que o casal mais cai, principalmente as mulheres, é pensar que agora que se casaram está tudo garantido e que terão todos os dias do mundo para fazer sexo. E aí o que acontece? De tanto “deixa para depois”, muita gente acaba deixando de transar! O engraçado é que essa mesma pessoa que “regula” pensa que só porque ela não quer mais, que o outro vai aceitar isso numa boa e nem poderá procurar na rua, visto ”que eles são casados e um deve fidelidade ao outro”. Tudo bem que uma traição nunca é justificável, porém, não se iluda que seu marido/esposa vai voltar a ser virgem.

Deixe a ingenuidade de lado: se você não sente mais vontade de sexo, vá procurar tratamento. Isso será bom não só para aliviar o medo do chifre em si, mas principalmente porque unirá mais ainda o casal. O ato sexual também é um gesto de carinho e proximidade, nunca duvide disso.

Filhos

Dicas para evitar a separação: filhos

Se vocês têm filhos, não caiam no erro de viver apenas por eles. Sim, vocês os amam, mas ter vida própria fará bem não só para vocês, como para as crianças, que aprenderão a ser mais independentes em um mundo que não está aí para brincar com elas. No começo será difícil, mas é só ter consciência de que não sufocá-los também é um ato de amor que tudo ficará muito mais fácil. Eles ficarão muito mais independentes e você ainda terá mais tempo para o seu parceiro(a).

Um cuidado extra com as regras da criação: entrem em um acordo sobre a educação e combinem de jamais discordarem um do outro na frente da criança. Seguir regras em comum é crucial  para conservar a harmonia da casa. A gente pensa que não, mas as crianças são muito espertas e podem usar a situação da pior maneira possível: “O papai me deixa bagunçar tudo? Então é com ele que quero ficar!”, e por aí vai. É claro que elas não fazem por mal, né?!

Trabalho

Dicas para evitar a separação: trabalho

Trabalhar é bom, mas não pense que tudo gira em torno do dinheiro e do status social, porque se você ficar nessa por muito tempo, quando você menos esperar, você estará sem a sua família e com um monte de dinheiro no bolso para pagar a terapia. Quem muito se ausenta, um dia deixa de fazer falta. Então, muito cuidado ao querer só agregar para depois nem ter com quem – ou com o que – gastar. Dinheiro é muito bom, mas só para quem sabe usar.

Para finalizar, uma dose gigante de bom humor, por favor

Dicas para evitar a separação: bom humor

Quem é que nunca se ferrou na vida? Quem nunca acordou sem vontade nenhuma de sair da cama ou que contou os segundos para acontecer um milagre e tudo melhorar? Problemas todo mundo tem, o pulo do gato é que alguns são mais espertos do que outros para lidar com eles. Se uma pessoa te ferrou, pense assim “ela pode até ter me ferrado, mas não vou dar duas felicidades para ela: a de ficar triste eu já dei, mas a de continuar triste eu não darei”.

O pneu do carro furou? Ria da sua cabeça de vento, oras! Quem mandou ser azarado? (tá, não vou zoar!) É claro que o melhor é que nada de ruim tivesse acontecido, mas se aconteceu, é fazer limonada do limão, e claro, usar o resto do aprendizado para fazer algo de útil que ajude outras pessoas, não só encher os ouvidos delas.

  Assista ao vídeo feito especialmente para pessoas que têm medo de morrer encalhadas e sozinhas! Aproveite e assine o canal para não perder nenhuma atualização =)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.