Gosto da minha amante, mas não quero fazer minha esposa sofrer!

177

Leitor: Boa tarde cara Luiza, tenho 35 anos, acompanho o seu blog e gosto muito. Nunca pensei que um dia precisaria estar lhe escrevendo, mas algo está acontecendo em minha vida e gostaria muito de um conselho seu. Já procurei ajuda em um outro blog voltado somente a homens, porém, acredito que ouvir uma segunda opinião e de uma mulher é deveras mais favorável nesse caso. É o seguinte, sou casado há 9 anos, temos uma filhinha e uma vida muito confortável economicamente. Na área matrimonial, eu e minha esposa nos damos muito bem, ela é uma grande companheira, acontece que não sinto mais atração por ela e iniciei um caso há 3 meses com uma colega de curso que é recém divorciada. Quando estou com ela é tudo muito prazeroso e emocionante, mas ao mesmo tempo existe um ciclo vicioso onde sinto um peso enorme de consciência e corro de volta pra minha casa, pra minha família e quando chego e fico ao lado da minha esposa, tenho vontade de voltar para minha amante. Sou religioso e sei o quão importante é o casamento perante Deus, que traição é errado e a mentira é imperdoável. Minha amante sempre me cobra um posicionamento, pede que eu me separe assim como ela fez com o ex-marido, dizendo que é melhor causar um sofrimento verdadeiro do que um mentiroso. Gosto muito dela mas também prezo minha família e não gostaria de fazer minha esposa sofrer com um divórcio. Estou muito confuso e cansado emocionalmente. Me ajude Luiza, o que devo fazer? Obrigado.

Gosto da minha amante, mas não quero fazer minha esposa sofrer!

Muitas vezes tendemos a pensar que só porque “o outro não sabe” (sua esposa), é porque a omissão doeria menos, o que nem sempre é verdade. Eu penso assim: trair e mentir você já fez, agora só te resta tomar uma atitude. Concordo com sua amante e também acho que você tem que escolher entre uma ou outra. Pensa assim: do jeito que está você está infeliz, a sua amante está infeliz e a sua esposa está vivendo em uma mentira: tudo bem que mentirinha branca para não prejudicar o outro às vezes vale, mas no seu caso está mais pra mentira preta, visto que ao que tudo indica, só te restou o sentimento de pena pela esposa + um par de chifres nela! Se eu fosse sua esposa, iria querer uma chance de ser feliz com outra pessoa, claro que se te amasse iria sofrer, porém, do que adianta só um amar? Será que ela iria querer que você ficasse com ela apenas por “caridade”? Não conheço o caráter nem as fraquezas dela, mas acho bastante conveniente pensar a respeito.

Também entendi que você está preocupado com a sua religião, porém, mais uma vez eu digo: não é porque você omitiu que a situação ficou melhor para o seu lado. Se você leva a religião tão a sério, convenhamos que primeiramente você não deveria continuar traindo, muito menos enrolar muito para ficar com uma só, né? Sei que julgar é fácil, difícil é viver e sentir na pele o que você está passando, porém, ainda que seja doloroso, a solução é simples:

Ou você larga a sua esposa, ou larga a sua amante. Não rola mamar em duas tetas não!

Não tem mistério e a dor que você está tão preocupado já está rolando há muito tempo! Se você preza tanto pela família e pelos filhos e acha que isso tem que vir em primeiro lugar, largue a sua amante. Se você considera que o amor é e sempre será o mais importante de tudo, fique com a amante. O que não dá para fazer é ficar com as duas, isso sim “não é coisa de Deus”!

Ainda que você queira o bem da sua esposa, também não dá para negar que você também está muito preocupado com você mesmo (o que é normal e digo só para você entender mesmo, não para te julgar), pois querendo ou não e apesar do sofrimento e da dor na consciência, você está com dois tipos de conforto (da esposa + segurança e da amante + aventuras) + duas “casa-comida-e roupa lavada” e no fundo você sabe que “ao escolher uma”, a dor de cabeça maior poderá estourar para o seu lado, né? Sem contar que também não sei se vocês não são casados por divisão de bens e toda a burocracia matrimonial.

De qualquer forma, não adianta ficar se iludindo que existirá uma solução totalmente indolor nesse seu caso: para ganhar algo, você precisará perder outra coisa antes. Sei que muitas vezes a gente quer que apareça uma solução meio mágica, massss você habita o planeta Terra, traiu e pá…. O máximo que você poderá fazer é ir preparando a sua esposa psicologicamente e fazer de uma forma que doeria menos.Se você não consegue mais ficar casado E fiel, vai fazer o quê? Se trancar em uma prisão com sua esposa junto? Se for assim, podia pelo menos abrir o relacionamento então, né? rs. Sem contar que se ela for esperta, ela mesma acabará descobrindo pelas próprias mãos o que você anda aprontando e aí ficará pior ainda para o seu lado. Família+ conforto + juramento na igreja OU amante + amor + imprevisibilidades da vida. A decisão é sua!

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Apreciador

    Isso porque é religioso, imagina se não fosse…

    • dsc

      Todos estamos sujeitos a isso, religiosos ou não concorda? Apontar sem estar na situação é fácil…agora quando se esta na pele ai a coisa complica..rsrsr

      • Natália

        Concordo, dsc. É o famoso “jogar sal na ferida”. Quando é a com a gente é dor, quando é com o outro não passa de mero drama, né?! O indeciso da pergunta já sente muita culpa. Sinal de que a consciência dele cobrou. Eu acho que isso deve bastar para que haja mudança. =)

      • Apreciador

        Se eu estivesse nessa situação (traição) eu seria um cretino exatamente como o cara da história aí. Só isso.

        • Hamilton

          kkkkkkkk… Entendi então! A parada é se fazer de coitadinho para continuar comendo a goiaba do vizinho. Só malandro mesmo.

      • Wana

        Ele é um bom Filha da Puta isso sim. E ela também. Se separou há 3 meses e já quer acabar com o casamento do babacão FDP. Ele seria muito otário se cair nessa.
        Sou homem mas não sou safado, quando comecei a olhar mulheres na rua, a primeira coisa que fiz foi pedir o divorcio. Tanto que até hoje minha ex me respeita, e muito.

        • Mas você acha que não tem como amar a esposa E olhar uma mulher na rua ou outra, tipo achar bonita etc?

          • Hamilton

            Luiza,

            Amar a esposa é claro que o cara ama. Mas acho que para cada tipo de pessoa, seja homem ou mulher isso acaba sendo de uma forma. Digo, um conjunto de valores que cada um tem ou falta ter para alguns né??
            Já questionei amigos que estão na média de 7 a 10 anos de casados, e a pergunta que fiz para eles é: Porque você traiu a sua mulher?? Sempre comentam dessa questão que o encanto acabou digo, a falta daquela atração no relacionamento que tinham no começo, as aventuras etc…

            Uma coisa fundamental, é que o casal sempre discuta o relacionamento, quando os dois lados acham que está tudo bem é aí que pode ser o problema. Porque se você se mostra satisfeito o outro fica acomodado, caso contrário, tentará fazer algo para mudar, sair da zona de conforto.

            Religião para algumas pessoas só acaba sendo uma ideologia, de forma a sentirem que estão no caminho certo. Mas se já no 1o mandamento que é o mais difícil das pessoas conseguirem seguir,
            inclusive eu, acho que a questão de caráter e valores que fez ele se questionar sobre isso.

            E o que você disse mesmo, o cara vai ter fazer uma escolha e assumir as consequências do que escolheu.

          • Então será que 90% das pessoas traem depois de muitos anos de casamento? E se as mulheres deles traíssem e alegassem o mesmo que eles? O que será que eles iriam dizer?

          • Wana

            Eu falei ” olhar “, mas foi aquele com segundas, terceiras e quartas intenções. Aquela vontade que fica difícil de segurar. Deu para entender ? Eu adorava minha EX, mas como irmã, e não queria desrespeita-la, pois ela não merecia. Aí ferrou, né ?
            Hoje eu não me arrependo, mas que nunca mais achei outra igual, com certeza.
            Ficou uma grande amizade, pelo menos consegui isso.

          • souza

            bomzinho esse parceiro ai “wana” mais então vc se envolveu com sua ex parceira ela criou um sentimento por você, dai vc olhou outras mulheres na rua com outras intenções e decidiu dar um de homem super honesto largando ela pra se sair bem e ficar amiguinho kkkk, se vc fosse um exemplo parceiro estava com sua mulher até hoje e não falando essa abobrinha. pra mim tu fez a mesma coisa de uma forma diferente.

          • telma

            Concordo com vc.
            Vc está de parabéns

    • Melodia

      Pois é, o cara se diz religioso só por status, para ser bem visto. Mas seguir os princípios de Deus não segue.

    • Carlos Santos

      Com religião ou não todos somos imperfeitos mas quem crê em alguma coisa eu enxergo como atitude para mudanças e esse desabafo mostra que ele esta confuso e querendo tomar uma decisão mais cabível. Não faça comentários desse tipo e sim alguma resposta que o ajude a refletir assim como a matéria.

    • Ricardo

      Situação complicada. Por ser religioso, as criticas são em dobro… Mas todos nós estamos sujeito há isso. Até eu que nunca pensei que iria passar por isso. Ainda estou resolvendo minha situação, minha amante mora em outra cidade e esta muito doente, e a minha mulher está sofrendo muito com o pai dela (pois ele esta com câncer). Sei que não é fácil, não dormimos direito e tudo fica confuso.

  • Natália

    Meu caro, a sua dificuldade não está em quem escolher, mas quem deixará de escolher. Me deixe explicar melhor: a maior dificuldade é saber que, quando escolhemos, estamos sempre perdendo alguma coisa. Algo que não era totalmente ruim. Mas sabe o que eu acho? Que você espera que sua amante decida por você. Ou seja: como sua traição é fato desconhecido por parte da sua esposa, a sua amante é quem faz cobranças de separação. Você espera que ela “desista da relação”, para que você não tenha que fazer escolha alguma. Entende? E, na hipótese da sua amante não fazê-lo, posso prever o futuro: você começará a dar sinais (esquecer de apagar uma ligação, alterar o comportamento, ente outras coisas), na tentativa de conduzir a sua esposa a decidir algo que pertence à você. E é nesse momento que você percebe que o fato de não se encontrar não é por culpa do outro. É preciso ponderar e decidir isso apenas quando estiver equilibrado, já que ninguém foi o responsável pela sua frustração. Dê um tempo interno das duas para então decidir, com bastante consciência. O seu interior, que é muito sábio por sinal, já sabe a resposta. Eu, em seu lugar, aconselho o seguinte: invista mais em seu casamento, antes de desistir. Manter um casamento não é mesmo fácil, mas partir para uma nova relação, que aos poucos também deixará de ser tudo tão “prazeroso e emocionante”, pode ser mais complicado ainda. Uma escolha consciente gera crescimento. Aproveite que sente tanta culpa (sintoma negativo) e use isso como gás para sua mudança e não para seu autoflagelo. De toda forma, boa sorte.

    • “, na hipótese da sua amante não fazê-lo, posso prever o futuro: você começará a dar sinais (esquecer de apagar uma ligação, alterar o comportamento, ente outras coisas), na tentativa de conduzir a sua esposa a decidir algo que pertence à você.”

      Eu já ouvi muito essa hipótese, mas eu sempre penso: gente, mas se a pessoa se deixa ser pega no flagra, será que ela “gostará” de ser ridicularizada e pagar de falsa e mentirosa? Sei lá, se fosse comigo eu preferia terminar do que ser pega no flagra e ser toda xingada depois de bichá má, duas caras, etc. Será que não? Eu nunca entendo pq uma pessoa iria querer q a outra veja que está sendo enganada!

      • Natália

        Luiza, creio que entendi o que você quis dizer. Mas vou me fazer entender melhor: quando eu disse a respeito dos sinais dele, eu quis dizer que isso ocorreria a nível inconsciente. Funciona assim: todos nós somos parte consciente, parte inconsciente. Por exemplo: sabe aquele hábito destrutivo que você sabe que é assim, mas não consegue mudar? Suas razões estão no inconsciente. Lá, estão as coisas que eu sei, mas não consigo mudar. No caso dele, o que ocorre é: ele tem a intenção de se resolver e busca se resolver. Só que isso gera tensão. E sabe como o inconsciente age diante de tanta tensão? Se retrai, se recolhe, na tentativa de ficar a salvo. E aí, quando o moço indeciso tenta se resolver, o inconsciente dele não quer sair da zona de conforto, fazendo com que ele “surte” e não decida absolutamente nada. E é aqui que surge a auto-sabotagem na vida dele. Só que, quando se chega nesse ponto, o consciente cobra o preço pelas atitudes erradas. Aí, no meio dessa guerra, é que surgirão os sinais. Compreende? Eu entendo as suas palavras e digo: você a nível mais consciente. Para isso, requer certa dose de autoconhecimento. Me parece (parece) que o moço da pergunta não tem tanto. Por isso que o inconsciente dele tem mais força do que o seu inconsciente tem sobre você. Então: na hora do “perigo”, ele não consegue ter esse seu raciocínio. Ele não quer, não pretende que a outra pessoa perceba que está sendo enganada. É que essas máscaras duram por pouco tempo. Fatalmente, irá se revelar. Afinal, esse é o preço da desonestidade. Fui mais clara agora? É que é muito pensamento para pouco texto, Luiza! kkkkk

        • Entendi Nat kkkkkkkk

          eu sou uma pessoa completamente racional, ainda que seja meio louca para quem me conhece pessoalmente (ontem fui ao dentista e a mulher perguntou se eu tava bebada kkkkkk ACREDITA NISSO? fiquei bem triste, mas né, “extorvertimento” (acabei de inventar essa palavra) demais as vezes parece loucura. Mas ao mesmo tempo eu sou absurdamente racional e desde pequena consigo pensar e analisar TUDO. É como se eu fosse uma doida coerente, então,levando isso em conta,eu pensei: GENTE, como assim ele não vai pensar que é o maior mico ser descoberto?

          Mas entendi perfeitamente oq vc disse: muita gente tem bem mais “inconsciente” nessas horas e isso acontece em parte pelo desespero e pensamentos confusos, ai vai no “descontrole” mesmo

          • Natália

            kkkkkkk Acredite, eu sei como é. Sou a psico-advogada que mais parece ser paciente de hospital psiquiátrico. Então quando eu digo que te entendo… Ah… Como entendo. Mas há vantagens em ser assim: os pensadores mais revolucionários tinham a mesma personalidade que a sua. Albert Einstein, Isaac Newton, Walt Disney… Pelo menos é um incentivo para amenizar tanto julgamento alheio. Diga isso para sua dentista, da próxima vez. (Mentira. Não diga nada. Ela pode descontar a raiva em você). =)

          • GENTEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!! Eu pre-ci-so mostrar esse comentário pra Ana!!!!!!!!! Meu Jesuis kkkk

            vc não é a Ana disfarçada? Ela sempre me diz EXATAMENTE isso que vc me disse quando começam a me julgar!! Meu namorado tbm fala bastante isso, mas é que a Ana falou tipo “igual” a vc kkkk

            Eu sofro muito com isso pq eu sou bem doida, bem retardada, e eu falo muito palavrão as vezes (depende do dia, tem uns que estou mais naturalmente bebada do que outros), só que é justamente aí que entra o grande impasse:

            – Culturalmente e genericamente falando, ou a pessoa é “cult” (séria), ou ela é “retardada”, “burra” e desligada do mundo. Uma fala “bonitinho”, outra não. Uma é pra casar, outra não (nem todo homem pensa isso, por ex, meu namorado fala que nunca me trocaria por uma mulher “normal”, – espero que não mesmo kk), e por ai vai. E aí “chega eu?” Que bicho estranho é esse? Pq cá para nós, não é mt comum gente como a gente, ou é “uma coisa”, “ou outra”. Estou generalizando, mas acho deu pra entender.

            Enfim, em geral eu já sofri muito por causa desse meu jeito “fora do padrão”. Eu ja reprovei um ano (pq quis, mas é uma longa história), só que depois disso sempre fui uma ótima aluna (antes era vagal) e tinha professor que não entendia como eu tirava tanta nota alta, pq eu não levava jeito de muito inteligente em minhas atitudes (certamente pq era extrovertida, falava pra caramba e essas coisas que pelo oq entendi vc já pode imaginar, etc). E isso foi me seguindo por toda a minha vida: até hoje tipo, quem me conhece melhor já acredita, mas quem só me conhecia como “colega social” as vezes se surpreende com “como eu consigo vender tantos livros e tanta gente gosta e se sente ajudada”? E aí eu chego louca, só que falo coisa séria, ai dou nó na cabeça de muita gente. Tem gente que diz exatamente oq vc diz, mas tem gente q tira um pouco da credibilidade, pq gente normal é conhecida de outra forma, não esse lance doido que eu sou.

            Enfim, fiquei muito feliz d ler o seu comentário, me senti menos ET! kkk

          • Natália

            kkkkkkkkkk Não. Não sou a Ana. Mas pelo visto ela é bem inteligente né?! hahahahaha Fico feliz também em ter podido ajudar… Minha querida, a saída pra gente como a gente é se aceitar. Aceitar algo que não pode ser mudado, porque pagamos um preço alto quando tentamos ser algo que não somos. E eu tenho mantra… Quem sabe passa a ser o seu também: “As vezes, nós, seres humanos, nos comportamos na vida como verdadeiros mendigos, sentados numa caixa de tesouro, pedindo esmolas.”. Ser assim, como você é, é um tesouroooo!

          • Eu já me aceitei, tanto que me exponho pouco, né?! iauhaiuhaiuh

            A Ana é minha melhor amiga, que grava os vídeos e podcasts comigo!! E agora te conheci tbm =) (quando sempre leio vcs me sinto próxima tbm)

            só mais uma pergunta. É vc que é de MG ou estou me confundindo?!

          • Natália

            Acertooou! Mais especificamente, de Uberlândia. Conhece? Será bem vinda aqui! =)

          • Meu pai é de Patrocínio- MG! Noixxxxx!

          • Natália

            Kkkkkkkkk Vou pra lá no natal! 😉

          • Sério?! Quem é de lá?! Eu tenho metade da minha família lá!! hihih Quaseeee que eu ia pra lá, aí a gente ia se conhecer!! Mas aí ao que tudo indica devo ir para Brasília mesmo e se tudo der certo fazer um encontro com a galera do mete a colher (não no dia do Natal, parece que será dia 27!)
            vamos juntar uns brasilienses – leitores, amigos, etc – por lá!!

          • Natália

            Ahhh… Que pena que você não vai pra lá! A família da minha mãe é de lá. E decidimos passar lá, ao invés de ficar com a família do meu pai, como é de costume…

          • =((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((

          • Omagnífico

            A Srta Ana Artuzi é a maior hipócrita que irá conhecer na vida.

          • Baby Lemonade

            Nossa…pq?A Ana parece ser uma pessoa massa,de boa índole….

          • Me junto a trupe: pq?

            Cada vez mais eu acho que as pessoas se enganam muito com a Ana. Ela – assim como todos nós – tem muitos defeitos, mas nunca os que a galera sugere que ela tem.

            Um dia queria que tivesse um encontro do Pergunte em uma cidade que o povo fosse, iriam se surpreender com muita coisa, Nada como um “ao vivo”, né?

          • Omagnífico

            Eu vejo ela como uma pessoa que se passa por alguem que nao é. Por exemplo, no ultimo podcast, ela disse que se sentia excluída do grupo dos bonitos (palavras dela), e por isso procurou grupos aonde ela se sentiria ”bem” (superior). Ou seja, ela se aproximou de pessoas que ela mesma considerava inferior simplesmente para alimentar o ego e se sentir superior perante aquela pessoas. Me desculpe por dizer isso da sua amiga (Tu me perdoa né?), mas isso é falta de caráter e uma tremenda falta de respeito com os outros.

          • To achando que vc ama a Ana. Vc pega no pé dela demais que isso kkkk

          • Omagnífico

            Ah meu amor, to dispensando mulher de olhos verdes. Nada contra, só não tenho boas lembranças. Mas fala pra Ana que eu mandei um beijo.

          • Natália

            Olha só. De início, já peço desculpa. Mas qual seu intuito? Por que falar mal dela para mim e para todos no blog? Se você se sentia tão incomodado, por que não falar diretamente à ela e ponto final? Sabe por que eu digo isso? Por que eu vejo nisso tudo alguém que mais fala sobre si do que sobre ela. Pelo seu próprio comentário você projeta nela algo que identifica em você mesmo. “Nada contra, só não tenho boas lembranças.” Você, no outro comentário, a criticou de alimentar o ego, apenas para se sentir superior. Mas quando você se afasta de quem tem olhos verdes, você alimenta o quê? Seu ego, meu querido. Eis um bom momento para a auto-observação. E, cá entre nós, me perdoe por algum engano, mas você tem alguma dificuldade com a auto-imagem? Achei “interessante” sua colocação voltada ao físico…

          • Omagnífico

            Viajou legal agora.

          • Omagnífico

            E senhorita, não é minha colocação, são palavras da própria senhorita citada acima. Mas pelo seu interesse em defende-la de atos tão desprezíveis, logo vejo que és da mesma laia.

          • Natália

            Caro, aqui não defendo ninguém. O meu interesse é em entender a razão que o levou a chamar minha atenção, a de um estranho, para um alguém que não permeava meu pensamento. Se ela assume viver sob a influência do ego, por que isso te incomoda tanto? Afinal, a maioria de nós vive sob a influência dele. Ela, para se sentir superior. Você, para se defender. E é “em nome” dessa defesa que busca me ofender gratuitamente? Eu não havia em nenhum momento me dirigido a você e não pedi que o fizesse. Dizer que eu sou “da mesma laia” só mostra o quanto você tem problemas. E não eu.

          • Wana

            Você por acaso está dando conversa para um dos (se não for o maior) maiores Chatos Virgens deste site. Tem uns cinco(?) frequentadores daqui que se julgam feios, injustiçados, perseguidos pela sociedade, pela mulherada e etc e tal. Mas na verdade são uns chatos que mulher alguma aguenta,aliás, ninguém aguenta, daí a revolta das MVP, Meninas Virgens do Pergunte. Detalhe: ou mudam de comportamento, ou morrem virgens com a companhia de um cachorro ou de um gato. Triste, mas verdadeiro fim.

          • Omagnífico

            Olha só, a cópia do Carlos. Tá aqui a minha tão desejada atenção pra ti, mas não acostuma não.

          • Natália

            Huuum… Então é mesmo uma dificuldade com a auto-imagem. Talvez isso explique. Agradeço seu comentário. Facilitou minha compreensão, Wana.

          • Carlos

            Natália…
            vc é muito nova por aqui. Eu sou apenas novo e já compreendi a bizarrice. É que tem um pessoal em eterno delírio por aqui. Se vc gosta de provocar cachorro bravo preso em quintal, só pra ver ele pular de raiva, então continue a conversa. Para melhor compreender a situação pesquise sobre Trolls de Internet e também sobre as diversas variantes de pensamentos masculinistas.

          • Natália

            Oi Carlos! Obrigada pela dica! Quanto à provocação, deixo isso para outros mais animados. É que eu não sabia que alguém pudesse ter esse tipo de trabalho, num espaço como esse. Agora eu sei. De qualquer forma, apesar de não ter sido direta, a conversa se encerrara ali.

          • Guilherme

            FATALITY!

          • Omagnífico

            Nao seja tão extremo Carlos, sou incoveniente as vezes, mas também contribuo positivamente em várias ocasiões, e converso normalmente sobre varios temas. Essa rixa parte muito mais de vocês do que de mim.

          • Guilherme

            Em defesa do magnífico, o cara apenas tá falando o que pensa uai. Mania de julgar os divergentes. Claro que tem alguns aqui que pegam pesado as vezes, mas, viva a diversidade.
            Temos que valorizar essas diferenças, elas que enriquecem o debate.

          • Carlos

            E qualificar alguém com nome e imagem publica, como a Ana de “maior hipócrita” é divergir? Nós que optamos pelo pronunciamento anônimo devemos um mínimo de respeito a quem bota a cara e o nome pra bater, seja nos post ou comentários. Nós os seres covardes do submundo dos comentários podemos nos atacar a vontade entre si e aos que consultam, que também são anônimos, mas aos seres reais… Essa questão da liberdade é muito interessante, pois nos leva ao seguinte dilema das democracias:
            Deve ter liberdade quem defende não termos liberdades?
            E é isso aí, seu Linguarudo dos infernos.. Oops! Foi mal, eu quis dizer Dr. Guilherme..
            Assinado. Carlos, um divergente.

          • Guilherme

            Então Carlos, não me referi a ofensa, o que acho completamente desnecessário.
            Me referi a essa parte que ele comentou:
            “Nao seja tão extremo Carlos, sou incoveniente as vezes, mas também contribuo positivamente em várias ocasiões, e converso normalmente sobre varios temas. Essa rixa parte muito mais de vocês do que de mim.”
            Eu vejo em algumas coisas, que já existe uma predisposição a cortar o cara, “lá vem ele”, só pq em muitas coisas (NÃO A OFENSA, ALGO ESTÚPIDO DIGA-SE DE PASSAGEM), ele diverge bastante da maioria.
            Ô rpz, quem dera eu ser linguarudo, ainda quero 3,5 cm de língua. 😀

          • Carlos

            Esse é vc no teu melhor momento…
            Pura ironia!

          • Baby Lemonade

            A Ana se sente excluída do grupo dos bonitos?Mentira,né…ela não tem espelho em casa então,a mulher é linda demais!Se ela viesse por essas bandas,reinaria geral,apareceria um monte querendo casar com ela,kkkk!

          • Omagnífico

            ”Eu era meio rejeitada no mundo dos bonitos, aí comecei a ir para um meio mais ALTERNATIVO e tal, porque era onde eu me sentia melhor, eu era a DEUZA lá.” by: Ana Artuzi.
            Não sei você Baby, mas pra mim isso é de muita falta de respeito com os outros, arrumando amizade por ultima opção, por nao conseguir se dar bem com o ”mundo dos bonitos”, se aproxima de pessoas consideradas de um ”meio alternativo” (leia-se feios) só pra se sentir a DEUZA, enquanto debocha por dentro das pessoas que a acolheram.

          • Baby Lemonade

            Eu entendo,já conheci muita gente assim.Não conheço a Ana,mas imagino que ela pode ter entrado em outra turma por identificação de pensamentos também,independente da estética…talvez essa outra galera que ela estava junto fosse mais fútil etc.Tinha uma conhecida minha que namorava um músico com um certo prestígio aqui na cidade,e quando ela estava com ele e com a galera dele,parecia que eu e o resto do “povo normal” que ela conhecia não era ninguém,nem OI dava direito para nós.Mas quando ela levava chifre dele ou era escanteada na relação por um motivo ou outro,aí chegava em nós carente e “com o rabinho entre as pernas” precisando de apoio amigo,me dava uma raiva danada mas mesmo assim eu procurava ajudar e mostrar de uma certa forma o toque de futilidade existente no comportamento dela.Enfim…acho que ela não mudou,casou com outra pessoa,mudou de cidade e nem sequer me deu o contato,apesar de eu ter pedido para saber como ela estava etc.Claro,eu ainda sou “uma ninguém” mesmo,rsrrs.Mas acho que gente assim se ferra na vida mais cedo ou mais tarde por causa da própria miséria emocional mesmo.

            Não estou falando que a Ana é assim,até pq não a conheço profundamente para emitir uma opinião dessas a respeito dela.Só exemplifiquei um caso que se encaixa bem nessa reflexão que tu fez.

          • Odeio gente metida, que se acha “famosa” e fica esnobando. Na verdade, gente que faz isso geralmente é carente pra caramba e como sente que essa é a unica forma d se sentir especial, acaba esnobando “os mortais”. É o que sempre falo com meu pai: tem gente que não nasceu pra ter poder, nem pra ser rico pq ia cagar em meio mundo, ou ignorar mesmo kkkk

          • Hamilton

            “Tem gente que não nasceu pra ter poder, nem pra ser rico pq ia cagar em meio mundo.”

            Ufa… ainda bem que muitos ricos tem prisão de ventre. Porque nesse calor que tá agora eu não ia aguentar esse cheiro forte de merda.

          • Hamilton

            E como existem pessoas dessa forma que você falou Baby. Mas o conselho que dou é para se afastar desse tipo de pessoa, mesmo porque ela não agrega nada para a sua vida, só são duas coisas no final das contas: individualista e interesseira. Não vale a pena investir numa amizade desta.

        • Hamilton

          Falou tudo Natália! Muito bom o comentário.

        • roni

          Parabens, natalia, concordo plenamente em tudo que disse. Eu estou passando por uma situaçao parecida, a diferença é que nao tenho filhos. Eu optei por investir no casamento, não é fácil, mas eu resolvi mudar toda minha vida, por exemplo sai de grupos de whatsapp que mandam pornografia, eliminei da minha vida tudo que é contrario a casamento, como programas de tv por exemplo. Eu acho que se a pessoa sentiu na consciência e pediu ajuda nao deve ser acusada. Eu tinha muita dor de culpa mas ta melhorando aos poucos. Se esse ano nao conseguir superar isso, vou me divorciar pelo bem dos dois…

  • Melodia

    Cara , eu vou ser bem dura com você. O que são 9 anos para quem jurou diante de Deus que iria ficar para o resto da vida ao lado da pessoa? Nove anos é pouquíssimo tempo!!!!! Você mesmo disse que sua esposa é uma ótima mulher, companheira. E que seu único problema é a falta de atração por ela. Mas você fez tudo o que podia para melhorarem nesse aspecto? Ou já foi correndo arranjar outro rabo de saia?
    O que aconteceu exatamente? Sua mulher engordou muito depois do casamento? Desleixou ? Você falou com ela a respeito disso? Aconselhou ela a se cuidar? Sexo é muito importante em uma relação, e tem que ter comunicação se você não está gostando de alguma coisa. Não pode deixar as coisas rolarem e piorarem com a mentalidade de ” ah deve melhorar” e não fazer nada para isso acontecer.
    Já fez terapia de casal? não sei de que religião você é, mas tem muitas igrejas que ajudam
    os casais dando conselhos sobre tudo, até no sexo. E se não tiver na sua igreja, procure um psicologo mesmo de casais. Você fez isso? Você tentou reacender sua atração pela sua esposa com alguma viagem por exemplo? Já realizaram fantasias diferentes? Ou com sua mulher é só “papai e mamãe”? Se você tiver feito tudo isso, buscado todas as alternativas para melhorar e mesmo assim o sexo não está legal, então é hora de terminar.
    Mas você se precipitou, e já saiu colocando chifres na sua esposa. É muito fácil trocar de mulher, dizer que está ruim e não lutar pelo seu casamento. Talvez você esteja com sua amante porque é “carne nova”. Mas como enjoou da sua mulher quem sabe não enjoe da amante também?Tudo que é “novo” parece ser mais legal que o “antigo”, mas não se engane, você pode estar entrando em um ciclo vicioso.
    Agora que a merda já esta feita seja homem, separe, ou então tente realmente ficar com sua mulher e salvar seu casamento.

  • Emily Louise

    Olha, casamento não é nada fácil, é normal passar por momentos que sentimos falta do novo, do tesão a todo vapor, mas sinceramente, acho que antes de acabar um casamento, (principalmente se a sua mulher for alguém muito especial), vc deve tentar salvá-lo. A gente não pode agir como se 9 anos não fossem nada, entende? Na minha opnião vc deveria sentar com sua esposa, contar pra ela o que vc está sentindo, como a rotina vem te afetando (deixo ao seu critério contar ou não sobre a traição, apesar que eu contaria) e tentar juntos superar essa situação, caso não dê certo e as coisas continuem frias aí sim vc poderia seguir em frente, pedir a separação e só então arrumar um outro alguém.

  • Wana

    Só vou fazer uma comparação: toda traição é covarde, feita por covardes. Acredito que esta é a melhor comparação que pode ser feita.

  • Guilherme

    Complicado, delicado e sinuca de bico a situação.
    Mas, olha, a grama do vizinho é sempre mais verde, né? A sua esposa é “monótona”, ótima companheira mas “fraca” de foda, e a amante é o capiroto, né?
    Tem que analisar muito bem toda essa situação.
    Você ficar ou não casado com sua esposa não deve se basear unicamente na religião, e sim na sua vontade real de estar com ela e fazê-la feliz, afinal, não é o padre (pastor) quem vai segurar o seu relacionamento.
    Agora, não acha estranho uma pessoa recém divorciada já querer azedar outro relacionamento? Por mais que você resolva optar por ela, dÊ um tempo, né? Casamento não é brincar de casinha, enjoou, casa de novo, descasa…Não tente virar a Gretchen.
    Pensa muito bem, coloca na balança se essa amante não é apenas uma foda bem dada e você tá pensando apenas com a cabeça de baixo.
    No mais, sai dessa urgente! Não é justo com sua esposa que é tão bacana como você mesmo disse.

    • só de passagem

      Muito bem colocado: Agora, não acha estranho uma pessoa recém divorciada já querer azedar outro relacionamento?

      “acho que o rapaz que fez a pergunta está confuso e fragilizado de verdade”. errou… sim, mas é nesses momentos que aparece uma mulher destruição de vida, problemática”… tá com cheiro disso. Muita calma e muita reflexão amigo.

      • Guilherme

        Mais uma vítima do chá de buça.

        • Baby Lemonade

          Falou e disse!Esta situação me parece muito clichê,está com cara disso mesmo.

          Mais uma vítima do chá de buça²

          • Guilherme

            Não adianta…O cara tava acostumado com arroz, feijão e carne, aí provou dum strogonoff de pepeca, já era. Tá confundindo as coisas, achando que é “amor”.
            Depois casa com a amante, ganha um chá novo…E ciclo reiniciado.

      • Jéssica

        Sem querer ser a “advogada do diabo” mas não passa pela cabeça de vcs que a amante pode ser uma boa pessoa? Tipo, ela divorciou e apesar de ter errado em se envolver com um homem casado ela quer que as coisas fiquem “certas” agora? Pode ser que ela esteja gostando dele de verdade e não “querendo azedar outro relacionamento”. Não dá pra julgar!

        Quanto ao marido infiel, eu acho que ele deve insistir no casamento. Se esforçar em achar o que tá errado e procurar uma terapia de casal ou ter uma conversa sincera com a esposa talvez, são 9 anos de relacionamento!

        • Wana

          ” Sem querer ser a “advogada do diabo” mas não passa pela cabeça de vcs que a amante pode ser uma boa pessoa? ”

          Hora nenhuma. Não passa nem de longe pela minha cabeça.
          É um casal de safados, ele e a amante.

        • Mika

          Concordo totalmente… Com certeza ela tem qualidades. Caso contrário ele não estaria nessa dúvida.

          Dizer que ele e a amante não prestam, e que a mulher não merece isso é chavão replicado por quem tem preguiça de pensar, ou ainda é imaturo pra perceber que trair é uma característica da “natureza humana”, embora a Religião insista em chamar pra si o controle da Sexualidade.

          Nem todas as traições são iguais. As vidas, os motivos e as situações mudam em cada caso. E eu entendo que o leitor não veio aqui perguntar pra Luiza se fica com a esposa ou com a amante, muito menos ser apedrejado. Não precisamos julgá-lo na questão da traição. Ele já está fazendo isso por conta própria. E sabe muito bem que a solução do problema terá de partir dele mesmo. Acho que o que ele esperava é que, dentre as várias opções no caso, ela acabasse lhe mostrando o “fio de Ariadne”, o caminho que o ajudasse a se decidir e trouxesse de volta a paz perdida.

          As qualidades inerentes à esposa e à amante não podem entrar na nossa análise porque não as conhecemos. Então, melhor não dar palpite sobre elas. Mas pode-se inferir que 3 meses de relacionamento é muito pouco tempo pra tomar decisões tão importantes. Também é temerário insistir que o melhor a fazer é continuar com a esposa, porque não se sabe se o ciclo de vida desse casamento já se completou. A maioria das traições ocorre justamente por esse motivo, a persistência (e dificuldade) em manter no “respirador artificial” uma relação moribunda.

          Percebe-se que ele está acomodado. O casamento perdeu o sabor, mas a ausência de brigas, a filha e a estabilidade financeira pesam bastante. A amante trouxe o sal e a pimenta que faltava, mas também não é do tipo que aceita ser coadjuvante. Ela é livre e tem direito a ser feliz de novo. Como ela é ainda inexperiente nessa vida de amante, pode pressionar pela separação antes da hora, o que o fará correr de volta pro conforto do lar; ou pode ficar esperando por um tempo até perceber que ele não consegue (ou não quer) se separar. Daí, é ela quem pula fora primeiro. Em ambos os casos, ele volta pra casa com o rabo entre as pernas, como se nada tivesse acontecido.

          Algumas pessoas “aprendem” com essa experiência e a vivem uma única vez. Outras “viciam” e têm diversas recaídas até a solução do problema ou a separação definitiva.

          • Baby Lemonade

            Reflexão interessante

          • Jéssica

            Concordo com tudo que disse Mika. A maioria dos comentários aqui do blog as pessoas julgam a índole, o caráter e julgam deliberadamente usando o padrão “amantes safados” e “esposa coitadinha”.

          • Mika

            Pois é… Ficam repetindo esses chavões por preguiça de pensar por conta própria. Acreditam que jamais irão beber dessa água. Ai, quando bate a sede, são os primeiros a cair de boca na fonte… rs

          • Joselito_Silva

            Graças a Deus eu me garanto, nunca fui traido! Também, nunca me quiseram, 1,53m de altura. kkk.
            Nessas horas sinto falta em ser ator modelo, jogador de futebol, funkeiro, turista europeu… hehehe….

          • Só de passagem

            seu comentário é bom e construtivo, mesmo assim se eu fosse amigo do dono da pergunta, lhe orientaria cuidado. Independente da traição, é pouco tempo para a pressão que a mulher tá fazendo, Mas concordo, cada caso é cada caso.

          • Mika

            Sim, meu amigo. Minha única preocupação foi a de evitar pré julgamentos ou condenações sem conhecermos as personagens, nem a história de cada um. Em nenhum momento eu defendi a traição… tampouco temos o direito de condená-los (embora muita gente acredite que um ato desses não tem desculpa e nada o justifica).

            Quanto ao tempo de envolvimento, também acho que 3 meses é muito pouco. Tanto é que comentei isso nessa frase: “Mas pode-se inferir que 3 meses de relacionamento é muito pouco tempo pra tomar decisões tão importantes.” A única dúvida que levantei foi sobre o tipo de pressão que ela estaria fazendo. Ou essa mulher é muito sem noção, ou só está pressionando o leitor pra que ele se decida por uma das duas. Se ela não for tão bobinha, já deve ter percebido que ele está empatando o seu tempo. Também pode ser que ele seja parte significativa na separação dela (provavelmente não como pivô, mas a “gota” que faltava pra transbordar o copo). Nesse caso, ela teria cumprido a parte dela e estaria pressionando para que ele cumprisse a dele…

            Tudo são apenas suposições, mas usei esse exemplo pra ilustrar como as variáveis são muitas, e alguns atos seriam “mais justificáveis” do que outros.

          • Mariana

            adorei a sua colocação Mika, analisaste exaustivamente ponto por ponto

        • Guilherme

          Oolha! A amante pode sim ser boa pessoa. Mas, ela já passou por um divórcio, deveria pensar duas vezes antes de se envolver com homem casado, né?

          • Jéssica

            Deveria sim e pra mim ela está errada justamente aí. Mas ela pode ter notado o erro e estar querendo “consertar” o relacionamento que começou errado. E ninguém está livre de errar. Só acho que o que o leitor descreveu foi muito superficial pra concluir que ela é a vilã da história.

          • Guilherme

            Então, ela pode não ser má pessoa. Mas, relacionar com o cara já casado, eu acho meio questionável. Caso ela tivesse interesse no cara, deveria dizer que só se relacionariam caso ele resolvesse a situação atual dele. Não deixar pra se posicionar depois do leite derramado, sabe? Minha opinião, claro.

          • Mr. Moon

            É que dependendo da idade (o cara tem 35, ela deve estar por aí), fica difícil se relacionar com solteiros. Se o cara tem mais de 35, geralmente está procurando uma mulher mais nova e tem preconceito com mulher divorciada, mãe solteira, etc. Muitas vezes o cara não se casou ou não está em vias de por falta de atitude, ou seja, cara fraco. O casos de amantes são históricos e inúmeros porque na faixa dos 35 aos 45 a maioria é casado e os casados geralmente são percebidos como melhores. Existe a famosa frase que homem bom ou é gay ou está casado.

        • Mr. Moon

          Tive uma amante durante 4 anos que nunca me perguntou se eu era casado e nunca me pediu para separar. Depois de todo esse tempo, minha mulher descobriu e mandou um “alô” maroto para ela e a brincadeira acabou. Ela fingiu que não sabia que eu era casado e não quis continuar. Respeito ela por isso. Se ela tivesse me pedido para largar minha esposa, desconfiaria.

          • mas pq desconfiaria? Vai q ela gostava d vc kkk, ainda q claro, isso nao significa q vc teria q largar

          • Mr. Moon

            Sai 4 anos com uma pessoa que some no fim de semana e só está disponível de vez em quando? Até acredito que ela não quis mexer no assunto porque a brincadeira era prazerosa. Mas dizer que não sabia? Mas acho que é válido, ela não quis confirmar a posição de amante então fingiu que não sabia. Tenho muitas saudades.

          • Jps

            Fico curioso pensando em como é possível se relacionar com alguém por 4 anos, e nunca falar sobre planos para o futuro, desejo de ter filhos e coisas do gênero que tem algum significado na vida.

          • Mika

            Por favor, poderia nos dizer o(s) motivo(s) da sua traição e quanto tempo você tinha de casado quando começou a trair? Traiu novamente depois disso? Pergunto, porque raramente ouvimos as verdadeiras razões da boca de vocês.

          • Mr. Moon

            Namorei 11 anos antes de casar e só a via aos fins de semana. Durante a semana eu levava vida de solteiro e digo que a maioria das mulheres não liga se o cara é comprometido, antes de casar ficava com mulheres no trabalho e nos estudos que sabiam que eu era comprometido, inclusive a maioria também era. Traio porque gosto de mulher. Imediatamente depois de continuei saindo com outras sem me envolver, mas esta (que conheci num restaurante e ela estava com o filho) realmente me atraiu muito, pois além de tudo ainda era muito conveniente porque ela topava tudo a qualquer hora e não me enchia o saco. Ela me faz falta porque quebrava o galho e me custava pouco, excelente custo benefício. Quanto à minha mulher, tem a vida que sonhou, uma bela casa, carro, viagens, filho lindo e um bom marido.

          • Mika

            Obrigada por ter me respondido, e pela honestidade, Mr. Moon. Você falou que trai desde solteiro, mas não mencionou há quanto tempo está casado. Sobre essa amante, conte outra, porque ninguém que ler o seu depoimento vai acreditar que sente falta porque ela lhe “custava pouco”… rs
            Mas o que me chamou mais a atenção foi não ter lido uma só linha sobre sua esposa. Quem é essa mulher que se deita ao seu lado todos os dias? Ainda a ama? Acha que a conhece bem? Vivem em sintonia, caminham ambos na mesma direção? Sente admiração e respeito por suas conquistas pessoais e por tudo que faz por você e pela família? Diria que ela é uma pessoa proativa e feliz ou está mais pra entediada e reclamona?
            Já nos disse que é um bom marido, mas ainda preciso lhe perguntar: Você está feliz no casamento? Alguma vez ela o traiu? E, por último, a pergunta que não poderia deixar de fazer: Acha que consegue perdoá-la se isso acontecer?

          • Mr. Moon

            Casado há 6 anos. Falei sobre a esposa neste fórum em outro comentário. Quase perfeita, bonita, excelente mãe, excelente esposa, calma, educada (só a ouvi falando palavrão 2 vezes em 18 anos – e por culpa minha), tem toda a minha admiração. Nunca traiu, tenho certeza porque obedece rotina e trabalha em escritório (não tem atividade externa). Depois que meu filho nasceu enjoei do sexo, não sei por que pois não engordou uma grama. Parece que cumpri minha missão com ela. Não separo porque quero que meu filho tenha referencia familiar pelo menos até sua personalidade se formar. E também porque a amante é muito boa em vários aspectos, mas não é melhor que a esposa naqueles mais importantes. E também acho besteira trocar uma mulher por outra. Se me separar não caso de novo.

          • Mika

            Meu caro, respondeu bem, mas parcialmente. Será que não fui clara ou “fugiu” propositalmente das perguntas mais delicadas? rsrs
            Sei que não é obrigado a me responder e, mais uma vez, agradeço a boa vontade… Então, tente ao menos responder pra si mesmo aquilo que não quis dizer pra nós.
            Pra pensar: Será você realmente um bom marido e ela uma esposa tão exemplar? Se a resposta for sim para os dois, onde está o problema nesse casamento? O amor acabou dos dois lados? Pelo que me descreveu, vejo um casal que vive de aparências, sem cumplicidade, sem projetos em comum, preguiçoso. Quando esse filho crescer e bater asas, sobrarão dois solitários ranzinzas, juntos ou separados. Tanto faz…
            Abraço… e uma boa noite!

          • Mr. Moon

            Isso é julgamento. Também não consigo entender um homem se casar e ficar a vida inteira com a mesma mulher, isso é possível nos dias de hoje? O cara se casar com 30 anos e morrer ao lado da mulher sem nunca trair? Conheço muita gente, uns traem mais, outros menos, mas um chute quase certeiro é que 80% dos homens traem, embora na minha opinião, um puteiro por exemplo não seja traição. Trair sistematicamente, com amante ou idas mensais na zona, uns 20%. Minha nota como marido é 7 e ela como esposa é 9. Acho que todo mundo gostaria de morar em uma mansão e ter Ferrari, mas muita gente é feliz morando no subúrbio com um HB20 na garagem. Então posso lhe dizer que sou satisfeito com meu casamento e a amante era a cereja. Faz falta, logo arrumo outra.

          • Aonde vc mora? interior ou cidade grande?

          • Mr. Moon

            SP Capital.

          • E se sua esposa te traisse, vc perdoaria?

          • Mr. Moon

            Perdoaria mas separaria.

          • Mika

            Isso não existe. Se perdoar, não separa. Se separar é porque não perdoou.

          • Mr. Moon

            Então não perdoaria, pronto.

      • Hamilton

        não acha estranho uma pessoa recém divorciada já querer azedar outro relacionamento?

        Realmente uma bom comentário. Com toda a razão.

    • Carla

      Concordo plenamente. Acredito que a mulher que se sujeita a ser amante já demonstra claramentee o seu carater, ela acabou de passar por um divórcio, sabe o quanto isso é doloroso e agora tá querendo ser causadora do sofrimento de oura pessoa. Tem muita vagabunda querendo azedar o casamento dos outros. Sai dessa antes que quebre a cara.

      • Guilherme

        Olha, é complicado falar dos outros, masss, a pessoa ACABOU de sair de um dirvórcio, e tá querendo outro divórcio? Tá com cara de retribuição, vingança.
        Muito estranho tudo isso.

    • Hamilton

      Essa foi bem quengo do cara!!! kkkkk

      • Guilherme

        Hahahahahahahhahah! Boooa!

  • josè

    Pq será que toda pessoa que trai diz que o campanheiro(a) é boa pessoa ?Sera que para não trair o companheiro(a) a pessoa deve ser ruim!rs

    • Carlos

      Eu amo muito meu/minha Marido/Esposa, mas…
      Sentimento estranho esse tal de amor. Quando alguém diz, como nesses relatos do blog, que te ama… Putz! A casa caiu!
      Não queira ser amado…kkkkkk

      • Melodia

        kkkk é verdade.. tantos amam e traem não é? Melhor não amar mesmo.

      • kkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Baby Lemonade

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!As coisas por aqui estão bem nessa linha,Carlos….

    • Baby Lemonade

      Pois é…uma contradição totalmente nonsense,rs

  • Miguel

    O correto seria você conversar com sua esposa sobre as coisas que lhe incomodam na relação de vocês, fale abertamente mas cuidado com o uso das palavras para não magoa-la. Você deve pensar em toda a relação que construiu com ela até agora e analisar se não está confundindo os sentimentos, pensar na pessoa que está ao seu lado, seria justo sendo ela uma pessoa tão legal como você coloca ter alguém dividido que não pode estabelecer com ela nenhuma relação mais completa? Avalie o quanto pode estar fazendo essa pessoa sofrer sem que você nem mesmo saiba disso.Tente avaliar todos os pontos e decidir sobre o que melhor a fazer, afinal são quatro vidas em jogo, a sua, da sua esposa, da sua amante e da sua filha. Reflita honestamente, independente de religião, somente com a razão, nunca devemos fazer com o outro aquilo que não queremos para nós mesmos. Portanto, coloque-se no lugar de ambas as pessoas friamente e tente entender o que fazer para ser feliz e fazer o outro feliz também, pois certamente sua esposa já deve estar sentindo a diferença em você e mais cedo ou mais tarde essa situação pode sair completamente do seu controle.

    • Mr. Moon

      Eu acho que ele tem que ficar com a esposa e continuar com essa amante até a bananeira dar cacho. Afinal, todo homem pode ser feliz com uma mulher, desde que não a ame.

      • ninguém é verdadeiramente feliz sem amor. É so um covarde mesmo kkk

        • Mr. Moon

          Acredito no amor de pai para filho, entre irmãos.

          • deve ser triste ser casado sem amar sua mulher

          • Mr. Moon

            Não é não. Ela é bonita, decente, calma, excelente mãe, excelente esposa. Em contrapartida tenho um amigo que diz aos 4 ventos que ama sua mulher e ela o envergonha, bebe, fuma demais, é feia, fala alto, o humilha na frente dos amigos, briga com amigos dele, é possessiva… conheço vários casos de homens que idolatram suas mulheres e são tratados desta maneira.

          • e seu amigo q é casado com uma legal e tudo de bom, vc nao se espelha?

          • Mr. Moon

            Esse é que nem eu, admira e vê inúmeras qualidades na mulher mas trai.

      • João Emanuel

        “final, todo homem pode ser feliz com uma mulher, desde que não a ame.” fica em um relacionamento sem amor é pedi pra ir pro hospício vai ser chato a mulher vai da bad vc fica em bad no final só passo raiva frustração atraso de vida é tempo “antes só do que mal amado”

  • Stephanie

    Sabe eu até gosto do Blog, mas ultimamente só tem histórias de gente que trai o cônjuge, não sei se é a realidade em que vivemos, mas eu sugiro histórias novas, de amor, superação, coisas que deram e dão certo. Porque esse negócio de traição, pra mim não passa de falta de caráter, somente isso. Independente de religião, se trai é porque é um(a) sacana e não tem o pingo de respeito por si próprio e nem pelo parceiro. Eu teria vergonha em compartilhar uma história dessas, em que eu traio e ainda tenho medo de magoar a pessoa com quem jurei fidelidade.

    • Estava falando isso na fanpage, tbm acho que está tendo traição DEMAIS no mundo. Mas os próximos serão de outros temas se não me engano!

      • Hamilton

        De outros temas?? Credo!! Mas como assim??
        Vocês está dizendo um pacotão de final de ano?? kkkkkkkk
        Você será a pastora que conduzirá esse rebanho para um caminho.

    • Anonimus

      mas isso não é culpa da Luiza, são as pessoas que mandam suas historias e ela só responde.

    • Baby Lemonade

      Confesso que também fico abalada quando vejo a quantidade exorbitante de pessoas que andam traindo os seus parceiros e vindo buscar um help aqui,vontade de ir a uma rezadeira!rsrsr

      • Hamilton

        Pior que é verdade mesmo Baby. Pelo menos já sei onde posso levar um tapinha nas costas e uma moral. É muita cara de pau mesmo. kkkkkkkkkk

  • Luiz Isipon

    Apenas lembre-se como era o ínicio do relacionamento com a sua esposa. Era maravilhoso também, não era? Então leve isso em conta antes de tomar qualquer atitude precipitada.

  • Elis

    Acho que a traição é uma das formas mais cruéis de uma pessoa magoar outra. Manter um relacionamento é muito difícil, você precisa ter muito jogo de cintura. Todo relacionamento tem seus momentos de crise. Imagine: se toda vez que o seu realcionamento estiver em crise você termina o casamento, ou namoro e procura outro casamento ou outro namoro, você nunca vai conseguir ter uma vida a dois de verdade. Certamente, a pessoa que é sua amante não é de confiança. Primeiro porque acabou de se divorciar e iniciou essa relação com você que é casado, aceitou a condição que você ofereceu a ela, de segundo plano. Segundo, se ela relamente fosse alguém que você confiasse e gostasse mesmo já teria tomado a decisão de ficar com ela. Tente fortalecer os laços com sua esposa, faça programas que vocês faziam juntos quando começaram a namorar. Ela tem muitas qualidades que você admira e quer ter por perto, não fique olhando a grama verde do vizinho não porque sua esposa deve ter muitos admiradores também e muitos devem estar olhando a sua grama enquanto você se ocupa com a dos outros.

    • hadassa

      Disse tudo!!!!!!

  • homem

    infelizmente já traiu uma vez pra nunca mais, me arrependo e vou levar isso ate os últimos dias de vida, me sinto um lixo por isso, não consigo me perdoar.

    • Mika

      Por quê? O que ganha como homem se sentindo um lixo? Conquistar o auto-perdão o transformará em um ser humano melhor e tornará seu fardo mais leve…

  • Mika

    Meu amigo, você veio aqui dar a cara a tapa. Esperava algum apoio ou comiseração? rs

    Sua história deixou de ser interessante quando nos forneceu mais elementos do que o necessário, induzindo-nos a julgá-lo de pronto. Como obter alguma resposta minimamente “isenta” quando predefiniu a esposa como a mocinha, a amante como a vilã e você como o cavaleiro enfeitiçado que não consegue se decidir entre as duas? Teria sido mais inteligente e obtido respostas mais interessantes se NÃO tivesse mencionado que sua esposa é uma grande companheira, e que a amante há apenas 3 meses já o está pressionando pra se separar (será que o que ela pede é que você SE DECIDA, o que é bem diferente de pedir que SE SEPARE?). Essas duas informações ditaram o tom de quase todos os comentários e, se forem verdadeiras, nem há o que aconselhar!

    Resumo da Ópera: O peixe morreu pela boca! Aos nossos olhos, sua esposa não possui defeitos, sua amante não possui qualidades e você virou um tolo que não consegue enxergar a abissal diferença entre elas.

    Vá para um terceiro blog, refaça sua pergunta de forma mais esperta (e verdadeira) e poderá, com alguma sorte, encontrar a sua resposta!

    Em tempo: Não é sua religião que tem valor; são seus princípios (observe que migrei o elemento “valor” de fora para dentro de você). E se você sente culpa hoje é porque é uma pessoa ética, que assimilou bem a educação que seus pais lhe deram. Errar é humano e TUDO pode ser perdoado, desde que haja arrependimento… ou Deus não seria Deus!

    Boa sorte!

    • Thais

      Nossa, concordo totalmente com o que você falou, e digo mais! Ficou todo mundo aqui falando do que ele deveria fazer, decidir e pensar, mas sinceramente, abomino traição! Se você não conta, a gente descobre, e se a sua mulher tiver respeito próprio – e torço pra ela nesse sentido – ela te larga no ato! Onde ja se viu…?!? Imagina você sendo um excelente companheiro/ marido (com alguns defeitos, como todo mundo tem), e sua esposa, ao invés de falar das dificuldades e tentasse melhorar com vc, fosse atrás de outro homem? O que você fez é simplesmente ridículo, e sua esposa – e qualquer mulher, na minha opinião, merece melhor!
      E sim, estou assustada com o número de traições hoje em dia. (ps: isso não tem nada a ver com religião)

  • Rodrigo MariMoon

    na minha humilde opinião, baseado em experiência própria: repense um pouco sobre a situação e veja qual das duas você ama e te faria mais feliz. Sempre prezo o quão em comum os casal é um com outro, mas no seu caso, ele deve seguir o que seu coração disser…

  • O dono da questão

    Obrigado por responder a minha questão Luiza, você como sempre ajudando de forma clara e objetiva. Tudo o que foi dito me ajudou a refletir bastante e a tomar uma decisão final, mais uma vez obrigado. Fique em paz 🙂

    • Eu que agradeço pelo feedback!!!! Beijos e felicidades!!

    • Mika

      Peraí, Cara… Agora ocê sacaniô a gente tudo… Fizemo reza, corrente, vigilha, brenstórmi, uorquichópi, jogamo búzio e tarô… tudo pra ti ajudá i tu sái assim, sem dizê pa nóis o qui tu decidiu?? Largano a gente curioso?
      Affff… disanimei agora, viu Lu… Ô, povim ingrato!!! rs

      • O dono da questão

        Desculpe me senhorita só agora vi seu comentário e também não senti a necessidade de contar a minha decisão. Obrigado pelo seus conselhos eu os li assim como o de todos os outros. Bem eu chamei minha esposa pra conversa e contei o que estava acontecendo e que iria sair de casa, ela ficou assustada mas agiu de uma maneira diferente da que eu imaginava, depois conversei com a outra e decidimos nos separar. Hoje estou morando na casa do meu irmão até conseguir comprar um apartamento legal pra mim. Percebi que a questão não era elas e sim eu! Já não amava mais minha esposa e estava com ela por gratidão e amizade, com a minha ex amante era a mesma coisa não amava e ela sabia disso. Agora estou tendo um tempo pra mim, pra minha vida, minha individualidade, meu trabalho e principalmente minha filha que essa sim é a única mulher que amo!!

        • Mika

          Meu amigo, eu brinquei com você… Não precisava responder… mas agradeço por ter vindo nos contar sua decisão. É importante pra nós ter esse feedback. E ajuda outras pessoas na mesma situação.
          Abraço!

  • Fake

    Já passei por algo parecido. Namoro longo… muito fiel… nesse meio tempo conheci uma pessoa no trabalho e me relacionei com ela por 4 meses. Definitivamente eu pirei e me apaixonei pela amante. Realmente só quem está passando por uma coisa dessa para entender. Eu fiquei maluco.. parei de dormir, sonhava mil coisas com a amante, trabalho não rendia…não parava de pensar na amante. Enfim combinei um dia com a namorada, com ela já percebendo que eu ia terminar e…………NÃO TERMINEI. Na hora conversei muito e disse os pontos que eu acho que deveriam ser melhorados e achei que não estava se quer dando uma chance para melhorar meu relacionamento (já que o mesmo estava desgastado, com rotina, sem inovações, sexo não como eu gosto…..morno… etc…). Então decidi tentar mais uma vez….. pensando em melhorar os pontos tanto eu quanto ela… e então………. NADA MELHOROU. Masss….. sim, eu sai do emprego que não era bom e ainda dando um jeito de “fugir” da amante. Chorei absurdo! Sinto saudades dela! Vejo ela em tudo! Muito complicado viu! só eu sei! Piro em pensar nela! em sonhar com ela e tal! NÃO É FACIL! Já são meses…..! E ela não sai da cabeça!

    Se fiz a coisa certa? Não sei…. sinto que sou feliz com minha namorada e gosto MUITO dela…talvez eu não a ame e só “goste muito”..mas acho que não existe NADA perfeito, muito menos relação……..enfim estou aceitando mais nossas diferenças e dando valor ao que ela é! Porém tenho a certeza que irei me arrepender depois… kkkkkk

    NÃO DÁ PRA EXPLICAR! MUITO MENOS ENTENDER!

    • Larissa

      Eu acho que você está acomodado. Vc gostava da outra, mas foi um covarde. Pelo menos vc parou d trair, menos mal.

  • Bento

    Nem conhecia, mas pelos comentários a curiosidade foi maior e resolvi dar uma olhada no site de fotos dessa Ana e sinceramente, ela é o tipo de mulher que quem tenha um pouco de noção passa longe. Futilidade estampada. Ps. Todo mundo tem uma opinião.

    • digão
      • Omagnífico

        Mas não vamos esquecer que ela não se impota com a beleza, viu.
        Inclusive esse ensaio e as fotos são só pra mostrar as habilidades intelectuais, e que os hipócritas somos nós.

        • Bento

          Digão, Magnífico, Vince…logo menos irá aparecer que somos caras que não tem capacidade pra arrumar uma dessas daí. Pq sempre tem quem confunda as coisas. Enfim, vocês fizeram minha opinião ser confirmada.

          • Genteeee nem eu conhecia esse vídeo kkkkkk

            Hoje vamos postar o segundo vídeo, acho que o Digão que vive de mau humor vai gostar mais dele pq tem menos palavrão e mais dicas kkk

            Mas ó, sou amiga da Ana há uma década ou mais, ela já pegou muito homem feio mesmo sendo linda. Vcs julgam demais, dá preguiça as vezes. Acham que só pq ela é bonita EXIGE gente bonita, claro que beleza é sempre bom, né? kkk Mas não é SÓ isso e vcs distorcem demais. Gente feia é a mesma lógica que iremos falar hoje no vídeo sobre baixinho, qd vcs ouvirem vcs vão entender, mas tem que abrir a cabeça se não fica papo de doido e repetitivo.

          • Bento

            Luiza, não estava falando sobre beleza, mas sim sobre o que ela disse SER com o que ela DEMONSTRA ser. E beleza é uma coisa muito relativa, depende muito da pessoa. Eu mesmo, me considero um cara de boa família, índole, formado, magistrado e blá blá, prefiro muito mais as morenas, mesmo não deixando de olhar a beleza de uma boa loira. Só que, não acho que essa Ana seja bonita como você disse e nem entro na discussão sobre ela ter pego feios ou bonitos. O que ainda continuo afirmando sobre meu primeiro comentário: Ela deveria saber mais sobre as coisas que saem da boca dela. Pra não entrar em contradição.
            – Magnífico: seu comentário faz todo sentido em relação ao vídeo, cara de perva.

          • digão

            eu mau humor ? não, só alguns apelidos não caem bem (pepeca, perseguida etc ) . Vc ja publicou algo sobre baixa estatura ( como ter atitude se me acho….)

          • Palavras são coisas meramente culturais, não se apague tanto a isso, se apegue ao todo.

            Adoro a palavra pepeca, sempre rio quando ouço kkkkkkk

          • rafinha

            O que são coisas?

          • Omagnífico

            Mas claro que temos, Só pagar uma puta de luxo tão linda quanto que ta valendo, o que é melhor, a puta não reclama, nem é exigente, é só pagar e pronto, quer comer de novo, paga e todo mundo sai feliz.

          • digão

            só postei o video não comentei, nunca tive dificuldade para pegar mulheres, as bonitas não tinham desenvoltura (agua e sal)

      • Vince

        A pessoa é chamada pra fazer ensaio e ainda consegue ter baixa autoestima. Alguem me explica qual a lógica?

        • Omagnífico

          Simplesmente para não perder a credibilidade da mensagem positiva que ela queria passar no podcast. Mas falhou a partir do momento que mostrou quem realmente é ao soltar a pérola que eu citei lá em cima. Sabe o que me lembra? aquele bilionario americano que quando questionado sobre os protestos de Wall Street, disse ”só não é bilionário que não quer”.

        • digão

          não a conhecia achei este video e postei (não era de jogar fora)

      • Miguel

        Nossa que linda!

  • Bruno

    Vai levando que dá. Essa culpa cristã não te leva a nada. Sempre que te sentires culpado, bebe até passar.

    • Kinkas

      Solução de imbecil. Quando o porre passar ele vai ter duas culpas, a do porre e a de antes.

  • Joselito_Silva

    Se cada cafajeste, começar hoje a convencer dez de suas amantes solteiras a ficar com seus amigos comuns até o natal. Certeza! Milhões e milhões de homens e mulheres do Brasil estarão mais felizes e vendo o mundo de uma outra maneira.

    A produção vai aumentar, a fila do psicologo vai diminuir, a venda de psicotrópicos vai cair significativamente…

    Não custa nada para o cafajeste, vai sobrar uma lista enorme para dar carinho, amor incondicional, prazer, amizade, sexo fácil a ele.

    Cafajeste sei que é difícil convence-las, mas o natal está chegando vamos compartilhar os contatos! Todos necessitam amar!!!!

    Brasil! Um País Livre é Um País Sem Preconceitos!!!

    • Omagnífico

      • Joselito_Silva

        Boa! Ilustrou a ironia com louvor!!!! KKKKK

    • Kinkas

      Olha o bendito Joselito aí rsrs

  • rico

    Boa Tarde Luiza.
    A minha situação é um caso bastante complicado.
    Acabo por terminar uma relação que vinha se arrastando por dez anos com uma amante,sou casado Pai de três filhos tenho 50 anos e vivemos uma vida com algum conforto financeiro e patrimonial.
    Levei anos a pensar em qual das duas deviria ficar,assim sendo demasiado egosta!!o que sempre foi verdae!
    De um lado a amante ,grandes tardes de de sexo sem limites sempre carinhosa sempre a espera e poucas cobranças e mais !!18 anos mais nova,com tudo ,tudo aquilo que começou com uma simples aventura foi se tornando em uma relação daí as cobranças vieram mas desde o principio nunca escondí meu casamento é tambem verdade que lhe dei sempre esperanças em um dia ficar com ela ,nos primeiros quatro anos ela terminou uma vez comigo confesso que o mundo naquela altura me desabou em cima fiquei sem chão e la fui eu e dei a volta! e reatamos o caso,passaram se anos e ela decidiu voltar para sua terra que era bem longe ,ficou lá 2 ou tres meses e eu mais uma vez lhe dei a volta e ela largou tudo e voltou outra vez nisso ja se arrastavam 6 anos e eu continuando pensando só em min… portanto sabia que algo não estava bem nem queria ficar com ela e nem queria prescindir de minha família.
    Comecei a encarar o fim da relação mas desta vez teria que ter muita força para isso acontecer e aconteceu um belo dia marcamos um encontro e la fui eu e disse tudo na bucha !!!acabou ficamos assim tu segues teu caminho e eu o meu e assim terminou aquele dia assim logo no dia seguinte ela me liga dizendo que não aguentava viver sem mim e eu sedí e isso aconteceu por mais duas vezes e eu sempre voltando atras , só que desta vez fui mais determinado até o ultimo dia que estivemos juntos ,sempre naquele foco ,tenho que resolver isto para o bem de todos, e assim foi .
    Parecia ou parece um vicio agora só me lembro dos momentos de amor e foi isso que pesou na balança será que só existia isso na nossa relação e foi essa conclusão que cheguei, não havia vida social juntos e era só esquemas para estarmos em sua casa na cama,é verdade que ela era carinhosa companheira tinha tudo que um Homen gostaria de ter Linda carinhosa,sempre disponível e sempre sem problemas,claro tudo isso por que era minha amante,mas agora a relação terminou o espaço esta vazio e tenho que encontrar forças para seguir minha vida com minha família e que ela encontre muita paz e muita luz em seu caminho, mas as suas ultimas palavras foram dolorosas COVARDE EU TE ODEIO!!normal tenho que entender que deve ser o calor e a dor do luto do fim de uma relação que muito teve de bom mas que não restou frutos,tenho muito medo desse amor que ficou mal resolvido afinal de contas terminar uma relação amando alguém não é nada fácil…
    Agora o que pesou para eu ficar com minha familia!!a família.
    No meio disto já pelo fim minha mulher descobriu uma mensagem e me pressionou e eu lhe contei que foi apenas um caso do passado e que já era passado e nada tinha de importância e que era uma experiência minha e ponto! minha esposa por sua vez enfurecida e transtornada é claro contou para os filhos os metendo no barulho,e tive que assumir o que tinha feito e assim foi deu guerra saí de casa e fui para uma casa e fiquei só e percebí que era o maior sinal que poderia ter naquele dado momento, não quero perder minha família e aos poucos eu reconquistei eles e pedí perdão dizendo lhes que isso não se iria repetir mais,tive o perdão da parte deles e agora tenho que cumprir com o que prometí..
    Agora neste momento a maior dificuldade é a separação daquela vida de fantasia daqueles momentos e etc..acho que fiz o mais correto quero estar ao lado da mulher que me ajudou a construir uma vida maravilhosa ela é muito companheira e muito guerreira tambem temos muitas vitorias juntos mas confesso que a relação com isso tudo melhorou bastante estamos mais companheiros que dantes em outros tempos,espero que este momento de angustia passe o mais rápido possível , pois é muito desconfortável não esquecer de alguém…e estar nesta situação sei que só o tempo resolve e se Deus quiser vou conseguir encontrar minha paz esse é talvez meu castigo desculpa se fui demasiado longo mas preciso de sua opnião.

  • Ely

    Pois é, as pessoas deveriam n deixar que as coisas erradas
    Acontecessem. Por que quem
    Procura , acha! Fico indignidade com certas atitudes de pessoas falsas. O povo tá agindo muito pela emoção, e na maioria das vezes quebram a cara. A outra deixa o marido pelo marido da outra, e ele ainda tá indeciso kkk , já pensou se ele não deixa a esposa por ela ? Essas cobranças sempre existem . Esse o
    Povo se envolve com os homens comprometidos e depois Q eles estão apaixonados ficam colocando pressão. Mais sabia da situação e fica dando uma de vítima. Só sei que ninguém sai feliz nessa história . Isso é só ilusão.

  • alexsandro

    na minha opinião deve ficar com as duas, mas a amante tem que saber sua posição, já qual escolheu essa situação. Nada melhor que uma relação a três. Conforto de casa, e fogo na rua, pronto falei. vai viver muito bem com isso.

    • alexsandro

      A vida é muito curta, para esses detalhes.

  • Rose

    Divorcia da sua esposa que vc não ama mais e vai ser feliz.

  • hadassa

    É leitor não adianta nada saber que é errado o que vc faz adulterando e traindo a sua esposa e não tomar uma atitude de mudar esse quadro e se tornar um esposo fiel e resgatar o seu casamento porque na realidade o amor seu e de sua esposa não acabou só está adormecido debaixo da rotina e do tempo junto porque a vinda dos filhos muda muito a vida de um casal casado mais se vc quiser pode resgatar a chama do seu casamento então amigo a guerra não está vencida procure ajuda de terapeuta de casais e recomendo tbm buscar ajuda na sua igreja e ir ao encontro de casais casados e tratar de restaurar o seu casamento mais para isso acontecer repito tome uma atitude certa termine esse caso com essa amante .
    Cuidado o coração e enganoso vc deixa claro que “gosta” da tal amante mais gostar é diferente de amar. Na realidade você está iludido com essa aventura sexo fácil e gratuito com uma mulher que não se valoriza e tão pouco tem amor próprio que submete ser a segunda na vida de alguém e fica pressionando para destruir um casamento é uma família uma pessoa dessa é infeliz na vida sentimental dela quer acabar com casamento dos outros.
    Mais essas pessoas esquecem daquele ditado “não faça com outros o que não querem que faça contigo” que ninguém se engane será feliz de verdade intervindo para destruir lares.
    Aquela história tbm amigo leitor no fundo vc sabe que não pode confiar numa mulher que se presta ser amante de homem casado(comprometido) se sabendo do seu estado civil ela fica contigo fará assumir ela como uma futura esposa sua porque se no decorrer da relação de vcs começar a balançar em um estalar de dedos ela arranjará um amante e te trairá com outro e você beberá do próprio veneno vc amargará um profundo arrependimento de largar a sua esposa fiel e seus filhos resumo a sua família então pense com a cabeça de cima e não debaixo colega para depois não chorar.

  • paulo

    Oiiiiiiiiii que maluquice é essa de mentira branca ( do bem) e mentira preta ( do mal )!?
    Luuza temos que ter cuidado com essas colocacoes sem intençoes mss recheadas dê preconceitos velados.

    • começou o mimimi , até pq ninguém falou em mentira preta e eu sei q não sou preconceituosa. Talvez vc seja por ver preconceito em tudo, não?

      • hadassa

        Disse tudo Luiza o pior preconceituoso e a própria pessoa ser consigo mesma não aceita o seu tom de pele é impressionante como alguns negros eles vê preconceito em tudo que lugar e nas ações dos outros. Já percebi observando ações e reações de alguns deles com as pessoas com que se cercam sempre se acha excluído pelos amigos e começam a se vitimizar se colocar pra baixo muitos tem baixa auto estima, complexo de inferioridade mais isso fantasma eles criam na cabeça e conclui estou sofrendo preconceito aff. Isso beira a neurose caso de fazer terapia muito sério isso a pessoa precisa procurar um psicólogo(a) para se tratar.
        Luiza minha família e de negros, índios por parte da minha mãe e do meu pai só de brancos numa conversa franca com uma pessoa que negra da família de minha mãe ela me disse com todas as letras que quando era mais jovem não se aceitava mesmo ter nascido negra ela disse que era muita revoltada tinha uma neura na cabeça dela de afinar o nariz ela não suportava o que ela via no espelho quer dizer ela tinha uma distorção da própria imagem ela sentia inferior e com um enorme vazio é tinha vários outros sentimentos ruins: deprimida, triste, chata, ansiosa, insuportável, fofoqueira, mal humorada, complexada, revoltada.
        Disse que isso mudou quando ela se converteu ao evangelho e hoje ela evangélica sempre conta que teve encontro pessoal com Deus que mudou o seu interior que Jesus a libertou de tudo de ruim na vida dela não se aceitar hoje ela plenamente feliz eu posso comprovar isso quando a vejo que algo raro sempre que a encontro e satisfação ela me transmite calmaria(não é marasmo), alegria, doçura, educada, discreta, amável, positiva, equilibrada, segurança, confiança ela é leve me transmite paz e uma pessoa muito bem resolvida com ela mesma ás vezes não consigo acreditar que essa parente minha era oposto disso quando era mais jovem é milagre de Deus existe mesmo eu acho quando a pessoa quer mudar parece que o divino desce mesmo transforma o que é preciso digo pra vc das poucas pessoas da minha família que eu vejo um brilho na áurea dela eu tenho um pouquinho de vê e perceber algumas coisas no mundo espiritual. O engraçado que ela não é uma evangélica fanática com a bíblia de baixo do braço tentando converter ninguém da nossa família fico boba não faz proselitismo eu acho que por isso eu admiro e a respeito demais ela respeita as outras religiões de seus familiares.

        • paulo Neri

          Mas quanta bobagem é essa?
          Eu sei se conseguirei dar conta de tantas . Falta de informacao. Para nao parecer grosseiro.
          O fato de achar um absurdo essa coisa de mentira preta/ branca não quer dizer que eu seja fenotipicamente negro. Tenho tracos e tom de pele claro e sobrenome italiano mas isso n muda em nada esse preconceito presente no texto. Associar cor a ideia debem ou kmal. Sequer é discurso em voga. Kkkkkkkkkkkkk
          E dizer que uma negra n se aceirava por livre escolha. Ja é abusar da inteligencia alheia. Uma crianca que cresce em uma sociedade em que o embraquecimento é incutido desde a mais tenra idade. A moça em questão nao se via refletida como exemplo positivo e/ou de beleza pq o nosso modelo de beleza/ cultura valorizados sempre foi europocentrico. Como se enxergar de maneira positiva se o que vendido como bom e Belo é a antítese do que vc vê no espelho? Hj ja existe um início de empoderamento negro no Brasil ms fruto de movimentos organuzados que ganharam vozes nos guetos e com a pulverizacao da noticia, em que o autor e agente noticiado pidem ser o mesmo sujeito, essa discussao tem se ampliiado e ser reconhecer negro está se tornando uma construcao implicita e valorativa do negro. Em relação a se encontrar na igreja protestante kkkkkkk. Nao vou entrar nessa seara porque seria demasiadamente tendencioso porque sou umbandista!
          Paz e luz a todos!

          • Snipepper

            Qual a cor que representa a paz? Sabe o motivo né?
            Qual a cor da luz? Pq não desejou que a luz se apagasse?
            Sei que o preconceito infelizmente é realidade no mundo e em especial no Brasil, neste caso o preconceito ficou apenas na mente de quem leu.
            Debreia aí brother!

        • Você é maravilhosa! É exatamente a mesma coisa que eu penso, até pq o negro não remete apenas ao tom de pele,mas aí é melhor nem entrar mt nisso pra não aprofundar demais o papo com o leitor q parece estar mais interessado nisso tudo q vc disse acima
          E oq particularmente me incomoda é gente q NUNCA aparece, mas aparece só pra criticar e ainda acha q isso é dar um bom exemplo pro mundo. Dar sermão nunca será dar bom exemplo, ao menos não em isolado.
          Tudo bem q não concordaria com ele nem se ele fosse vc ou o cara de pedra falando, porem, gosto mais quando é uma pessoa q faz tipo oq o Eros fez, q tá sempre sendo útil e um dia “reclama” (no bom sentido) do tempo do vídeo, do que uma pessoa q nunca ajuda em nada e só lembra q os comentários aqui existem qd é pra reclamar ou me “ensinar coisas” (no caso dele, uma teoria pronta bem batida da internet). Me dá um pouco d gastura, mas né, me joguei na internet e to aqui pra isso kkk

          só acho triste pq toda vez q discordo a pessoa acha q é pq nao to aceitando ou nao to respeitando a opinião dela, sendo q não é nada disso, só não concordo, fazer oq? Ou acham q to brigando kkkkk

          E quanto a sua amiga, eu tenho um exemplo parecido d uma amiga, só q essa amiga nunca foi maldosa, mas era MUITO estressada
          No caso dela, ela virou budista e cara, é outra pessoa sem dúvidas! Parece q até aguça a inteligencia da pessoa pq o relax faz ela pensar melhor, sabe? kkk

      • paulo Neri

        Luiza kimimi n vc tem q exercitar o respeito pelo que o outro diz. Ainda que n concorde, o direito de dize-lo deve ser garantido.
        Leia seu texto esta la a sua explanação sobre mentira branca/ negra. Ao menos que n seja vc a autora do texto.
        Nao se culpe essses lapsos são comuns em um uma língua cheia de signos que remetem sutilmente a idéia de escuro/preto/ negro está associada ao lado negativo das coisas.

        • Só q eu não concordo e acho mimimi, desculpe =( Agora se achar algo mimi é falta d respeito, t peço desculpas de novo =(

  • luiz nunes

    SOU CASADO A MAIS DE 30 ANOS, MINHA ESPOSA QUANDO TINHA 5 ANOS DE CASADO ELA ME TRAIU COM VARIOS HOMENS E NA EPOCA PERDOEI ELA E ELA VOLTOU PRA CASA E NAO COMETEU MAIS A TRAIÇAO, VIVIAMOS BEM ATE QUE A 4 MESES ATRAS ELA ME TRAIU DE NOVO . COLOQUEI ELA PRA FORA DE CASA E ARRUMEI UMA KITNET PARA ELA MORAR DAI ELA DEIXOU O PRIMEIRO E ARRUMOU OUTRO E TAMBEM NÃO DEU CERTO , POIS PERTENCIA A MILICIA E AMEAÇOU ELA DE MORTE, POIS SABIA ATRAVES DELA QUE TINHA ME TRAIDO, NESTE SOFRIMENTO TODO CONHECI UMA MULHER MAIS NOVA , ATRAENTE, HONESTA, DE BOM CARATER E QUE GOSTA MUITO DE MIM, A MINHA MULHER DECIDIU PEDIR ARREGO , POIS DESCOBRIU QUE ESTAVA NUMA FURADA E NÃO TINHA COMO SE SUSTENTAR POIS ABANDONOU A FAMILIA POR HOMENS DESQUALIFICADOS POIS ESTAVA ERRADA, PEDIU PARA VOLTAR ,FIQUEI COM PENA E DEIXEI, POR APEZAR DE TUDO GOSTO DELA MAIS NAO SEI O QUE FAÇO , SE CONTINUO COM ELA OU SEPARO E ME CASO COM A OUTRA

    • Mariana Cobra

      E pq sua felicidade sempre está atrelada a outra?
      Separe e fique sozinho por um tempo homem!

  • Darlene Lemos

    Se você se diz religioso, busca em Deus para que Ele restaure seu amor pela sua esposa. Deus é o maior interessado pela família. Não desista do que Deus te deu, seu bem maior.

  • Eliane Medeiros Ely

    Como é bm mamar em 2 bibrões cheio de leite rsrsrsrsr é obvio que não é algo justo e digno de ser feito estou convicta que por vezes existe necessidades que encarregam de fazer é como se fosse um campo magnetico onde os desejos e vontade se atraem um ao outro por mais que a gente busca evitar acaba emergindo fazer bom como havia dito antes gente não é justo e digno cada caso surpreende a mente humana