Ele me pediu em casamento: aceito ou não aceito?

60

Leitora: Tenho 27 anos, namoro há 10 meses. Eu e meu namorado (29) temos uma relação maravilhosa, nos damos muito bem, nunca brigamos e damos certo em basicamente tudo, somos um casal maduro e sempre nos entendemos em basicamente tudo. A mãe dele gosta muito de mim, ele é filho único, a minha família também gosta muito dele, desde o início do namoro fazemos planos de casar, ter filhos, viajarmos juntos e outras coisas mais que um casal normal que vive bem faz junto. Ele tem 2 empregos, tem uma vida financeira boa e é super responsável, já tem casa própria, tudo que uma pessoa que está namorando e que faz planos precisa ter para uma vida a 2. Eu sou estudante, vou demorar 2 anos pra me formar, tenho emprego fixo e sou bem independente e resolvida. Só que ele me surpreendeu com uma pergunta: “quer casar comigo?” Fiquei sem saber o que responder, pois fiquei com dúvida, 10 meses é pouco tempo de namoro, não posso negar que nos damos muito bem, mas estou insegura quanto ao tempo de namoro, me ajuda o que eu devo fazer, aceito ou não o pedido dele?

Ele me pediu em casamento: aceito ou não aceito?

Começou com essa de “não sei se aceito” é porque a resposta é “não”. Bem, ao menos por enquanto. Casamento é algo muito sério: ótimo que ele é legal, que te trata bem, tem um bom emprego e blablabla. Nota 100 e estrelinha da tia para ele. Porém, sabemos que um casamento é muito mais do que isso, ainda mais para vocês que se conhecem há apenas 10 meses, né?

Não estou querendo colocar urucubaca no namoro de vocês, até porque todo casamento que deu certo teve que passar antes pelos 10, 11, 12 meses e por aí vai, concorda? Porém, convenhamos que estatisticamente os casamentos que mais deram “sucesso” são os de pessoas que se conheceram bem antes de tomar um passo maior.

“Ah Luiza, mas eu tenho uma amiga que namorou 3 meses, se casou e vive feliz até hoje – mil anos depois”.

Parabéns para ela, mas você concorda que se ela tivesse esperado, provavelmente estaria casada do mesmo jeito? Ou seja, nesse caso em específico, a gente nunca perde nada em esperar. Ao contrário disso, fazer tudo às pressas pode resultar em uma baita dor de cabeça. Eu no seu lugar esperaria por pelo menos 3 anos de namoro, porque é o tempo do namoro entrar em crise e vocês superarem ou então seguir adiante de vez, sabe? Até 1 ano de namoro é muito pouco tempo de convívio, a gente vê mais coisa boa do que coisa ruim, muito pouco tempo de “emoção”, sabe? Daí, se depois de certo tempo vocês continuarem com essa afinidade linda assim, aí sim se case.

“Ah, então com 3 anos de namoro já é garantia de que o meu casamento vai dar certo?”

Claro que não, mas concorda que com 10 meses de namoro é menos ainda? Eu penso assim: tendo em vista que vocês se gostam e que o casamento é só algo no papel, que mal tem esperar? O amor continuará aí =). Sem contar que, tal como eu disse, se você está na dúvida, já é mensagem de papai do céu que a resposta é “curta um pouco mais”, né?

Diga que você quer curtir um noivado antes, essas coisas de mulher, que também quer terminar os estudos e que se sentiria mais confortável se casando quando tivesse um tempo maior livre – até porque cá para nós, se casar pra não conseguir ver o bofe com essa rotina de trabalho e estudo que você está ninguém merece, né?

Explica direitinho que ele vai entender, aí quando bater a certeza no seu peito você sobe lá na igreja, conversa com o padre e arrasa!

“Ah, mas e se ele ficar chateado porque eu disse “não”?”

Aí duas coisas:

1- já se nota que ele não consegue entender muito o seu lado, só o dele, o que é péssimo para um casamento. Sem contar que cá para nós, ele não entender que dez meses é pouco é brincadeira, né?

2- Você também não tem muita saída, visto que você não pode se casar confusa só para ele não ficar de bico.

Boa sorte!

Já assistiu as breves dicas para o seu relacionamento dar certo?

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Carlos

    Só li o título, não vi o relato, nem a resposta da Luiza. Francamente acho que não precisa.
    Sou categórico! Se você está numa dúvida destas a ponto de perguntar aqui, não case. Relacionamentos, casamento ou qualquer outro, é para quem quer isso. A dúvida que todos nós temos, e nunca conseguiremos resolver, é se dará certo, se vai durar mais que dois dias…
    Pobre noivo, se ele soubesse…

    • Melhor não saber, se não quem não vai mais querer se casar é ele…

    • Lay Bayer

      Olá Carlos!! Achei muito legal teu comentário, na dúvida não faça e bem simples mas as vezes a gente precisa de umas opiniões extras pq a barra de gostar de alguém mas não a ponto de se casar é muito pesada!! 🙁

      • Carlos

        Pois é… Eu acho que no caso de estarmos mergulhados na dúvida, a melhor solução é simplificar, procurar o marco zero, a motivação primordial. Mas nos casos de analisar e tentar entender algo que nos escapa, que é externo, aí acho o contrário. O negócio é relativizar, ponderar, supor, dar voltas, esperar, perguntar…

        • Lay Bayer

          Mas tá ai o problema a dúvida é muito cruel e alguns não entendem que esperar pode ser um grande prova de amor !

    • Thomaz Aquino

      Descobri que unico jeito é testando…..simule que ficou sem $$$$…na sequencia doente…se a pessoas ficar ao seu lado…tipo uns dois meses …vc pode confiar pra casar juntar enfim confiar…acho que todos depois de um tempo junto deveriam fazer este teste..apos um certo tempo …pra saber se vale a pena investir…ou melhor só curtir um tempo…..isso revelará os egocentricos..vagabundas e todos os interesseiros..
      Revelará a personalidade ..se trairá etc…

  • Miguel

    Eu em 4 anos de namoro nunca nem cogitei essa hipótese imagina então em 10 meses! Se você ficou com dúvida é porque não tem certeza dos seus sentimentos por ele ou porque não espera muita coisa desse relacionamento. Então na dúvida não aceite!

    • Caraca MIguel, vc namorou 4 anos a distância???? Rapaz, c vai ser um ótimo conselheiro do tema.

      Namorei um ano a distância com meu ex, mas via toda semana e achava sofrido. Preciso de contato físico, não dá não! kkk

      • Miguel

        Pois é foram longos 4 anos se vendo por Skype haha mas a distância não era muita e a gente se via um final de semana sim outro não mas é bastante complicado, a gente sempre brigava 🙁

    • eu acho que o problema maior não é o tempo, mas sim a dúvida. As vezes o casal, ambos, colocam na cabeça que querem casar e ninguém mais segura. Mesmo que não de certo depois. A pessoa vir perguntar em um Blog, muito problema rs. Meu irmão conheceu uma Francesa em um intercambio no Canadá, namoraram por tres meses, conversaram mais dois pela internet… um dia ele arrumou as malas e disse que ia a França casar, todo mundo lá em casa entrou em Pânico. Resultado 10 anos juntos e vão ter nenem agora em junho. Poderia ter dado errado, concordo, mas foi uma decisão cega dos dois.

      • Melodia

        Pois é, mas os dois estavam de acordo, acho que isso fez dar certo. Nesse caso a mulher está com dúvidas então melhor não arriscar.

      • “A pessoa vir perguntar em um Blog”

        mas é anonimo homi! E de grátis, quer mais susse que isso? rs

        • Daniel

          eu sei, adoro o blog, não é em relação a perguntar a um blog, é em relação a fazer uma consulta se casa ou não, há uma pessoa que n conhece, nesse caso, achei muito sem noção. rs

      • Miguel

        Sim a dúvida é sempre um sinal de que algo pode não estar indo muito bem. Como eu disse durante os anos de namoro nunca pensei em me casar com a minha ex e não porque tinha dúvidas sobre meus sentimentos por ela mas porque tinha certeza que havia outras coisas que eram prioridades na minha vida. Minha irmã namorou 11 anos e não se casou, depois namorou com outro por 3 anos e se casou haha

    • Tom

      Devemos casar por convicção….pessoas se preocupam com traição ..de sair com outros…melhor seriam simular um queda de $$$ e saúde..saberá que é companheiro e se gosta do jeito certo..ou se gosta de blz..$$$..ou do que faz por ela….

  • Omagnífico

    O problema é o efeito da oxitocina, cujo efeito esta no auge nesse tempo de namoro. E quando o efeito passar,o que deve acontecer logo, seu relacionamento será posto a prova. Essa é a razão de muitos casamentos com menos de 1 ano de namoro nunca darem certo, estão cegos pela ”substancia do amor”, e passado o efeito, se dão conta da merda que fizeram.

    • Onde coloco sua estrelinha?

      • Omagnífico

        Cola no meus lábios usando os seus, sua linda! heuheuhe.

    • Melodia

      É, por isso melhor esperar mais. Para quando as substâncias “da raiva e do saco cheio” aparecerem você se colocar a prova e ver se ama mesmo a pessoa.. ^^

  • Rafaella

    Eu não tenho experiência minha mesmo pra falar com convicção, mas concordo com a Luiza que é cedo pra sair casando se você precisa se perguntar (e ainda perguntar pra outra pessoa!) se deve ou não.

    Adicionando algo que não vivi, mas que estive lá pra ver outras pessoas passarem: se você já pensa em viver com ele, só não tem certeza sobre um compromisso mais pesado como casamento, talvez vocês possam pensar em morar juntos, pois nenhum relacionamento é a mesma coisa quando vc começa a conviver com a pessoa na mesma casa, e já vi muito relacionamento de mais tempo que não deu certo porque estando longe e vendo de vez em quando era uma beleza, mas quando começaram a morar juntos e ver como a pessoa era no dia a dia a casa caiu.

  • Iskander M

    O meu instrutor da auto escola dizia: “Se tem dúvida não tenta porque é certo de dar merda”. Acho que essa frase também se aplica nos relacionamentos.

  • L. Scarlet

    Ah como o namoro é lindo! Casal apaixonado… sempre que vão se encontrar estão arrumadinhos, cheirosinhos, altos presentes, pensam 2 vezes antes de brigar, até cede mais pq né… é meu amorzinho cute cute. Aí casa, já não ficam tão arrumadinhos assim, cheirosinhos sim, mas só depois que tomar banho, pq quando acorda o bichinho tá escabelado, com remela, e aquele bafinho. No começo até o ronquinho dele ou dela é bonitinho, mas 2 anos depois num dia que vc não está conseguindo dormir, vc já olha torto, quer tapar com o travesseiro huahsuhs Passando pra assuntos mais sérios, um quer comprar fazer aquela reforma, outro já acha melhor comprar um carro novo, e começa a discussão. Vão diminuindo o ritmo dos bilhetinhos, dos presentinhos ao longo dos anos. Aquele calor, o fogo do sexo ultra tântrico já vai virando umas rapidinhas seguidas, de vez em quado incendeia de novo, mas a maioria fica no vez em quando; Você pensa “Ah, mas eu nunca deixarei o nosso amor cair na rotina´´. De repente se pega, 4 anos depois, lembrando que falou essa frase, meio com vergonha. Pô, não sabia que ele deixava a cueca no banheiro, não sabia que ela não fechava o creme dental direito, nunca mais pôs a roupa suja no cesto, sempre eu que tenho lavar a louça do jantar, só fica no computador e não me dá atenção como antes,etc. Casamento é só isso? Claro que não, quis dar é uma rápida visão das coisas que não costumamos incluir no pacote ´´casamento com meu amor´´. Vamos no dia-a-dia descobrindo coisas agradáveis e desagradáveis, mas as boas já esperamos. O que parece superficial até agora, vai criando uma dimensão que nem te conto! Aquele na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, é para poucos!!! O casamento pode ser lindo, mas é necessário MUITA maturidade, e muito amor mesmo. Aguentar os defeitos do outro, saber ceder, saber que o outro tem que ceder também, e quando a coisa amornar, correr para esquentar novamente. Enfim, para tentar frear toda essa minha prolixidade, acho que é cedo mesmo para casar, a voz da sua consciência está correta. Concordo com tudo o que a Luiza falou. Espera mais um pouco, curte essa fase deliciosa. E depois quando for a hora certa, casa sim, com maturidade é muito bom. O companheirismo cresce, fortalece, mas só pra quem ama e está apto a aprender com os erros e acertos. Boa sorte!

    • Melodia

      Por isso que deve-se conhecer o parceiro no namoro. Para de pouco em pouco, ver esses “podres, ou manias” chatas que o outro tem, e pensar se certas coisas suportaríamos. Um dormir na casa do outro de vez em quando, viajar juntos, essas coisas simples já mostram muito do outro. Meu namorado foi ainda pior! Com 4 meses de namoro queria que eu já morasse com ele. Fui sincera e falei que precisava me arrumar na vida antes de casar, e que ainda era cedo. Ele insistiu um tempo, mas depois viu que eu estava certa. Mas falei para ele que de 4 anos não passa! eu caso!rsrsr

      • L. Scarlet

        Você ainda foi esperta, eu sou do grupo que aprendeu com os próprios erros. ahuhas Meu ex e eu fomos morar juntos depois de uns 7 meses! E o lindo é que eu não sabia nem cozinhar um arroz! hauhuhsas Eu estava movida mais por impulsividade, curiosidade e vontade de sair da casa dos meus pais do que propriamente ´´amor´´. Aprendi, já to no meu 2º mas as coisas são diferentes. Por isso, eu afirmo com propriedade, por alguém que casou cedo com o ´´príncipe´´, que é barra pesada, aguenta só quem é forte – e tem, amor forte também. 😉

        • Melodia

          Nossa, de fato! Pensamos que o príncipe vai nos tirar do marasmo e das regras da casa dos nosso pais, e aproveitamos a desculpa do amor para sair de casa. Depois vem as cobranças, etc, etc. E vemos que não é tão conto de fadas assim. “Ai amor eu te sustento, sai da casa do seus pais”, ai depois na primeira briga já joga na cara “os favores”. Pensando nisso, que eu não sai de casa. se for para passar sufoco, melhor passar com meus pais mesmo. A dica que eu doou é: Nunca case, ou more com alguém se não tiver um ganha pão! É primeira coisa que jogam na cara. Aprendi da observação de colegas minhas que passaram por isso.

          • L. Scarlet

            Menina vc é muito inteligente! uhasuahsua É bem assim mesmo, parecem que vão salvar mas só quem salva mesmo é Deus e o Chapolin Colorado (Oh God, não mais!). No meu caso, eu não tive exemplos como esse, pq fui a primeira das minhas amigas. Hoje já tiro lições até do casamento dos meus pais mesmo, observar o comportamento dos outros é uma arte! Hehehe E ótima dica, tanto pela independência, tanto pelo conforto a mais que pode ser proporcionado ao casal.

          • Mika

            E eu ainda acrescentaria: Pode até ser financeiramente independente, mas se não tem certeza de que quer casar, nem invente de ir morar junto.
            Pra mim só tem duas opções: Namorar e Casar, sendo que “morar junto” é sinônimo de “casar”. Se não sabe se quer casar, continue namorando.

          • Melodia

            Digo de ter um emprego por que se a coisa não der certo, tanto casado ou morando junto, que para mim é a mesma coisa, a pessoa não vai se prender muito. Já que é independente. Problemas financeiros, estragam muitas relações, e a mulher já sendo independente não leva desaforo para casa. ^^

    • “Aquele na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, é para poucos!!! ” disse tudo ^^

    • Alex
  • Melodia

    Acho que o relacionamento dos dois devem estar em harmonia e pelo fato de ele te surpreender com uma proposta dessas tão cedo, e você não se sentir preparada, prova que pensam bem diferente. Na dúvida melhor não casar. Ele pode ser sim o amor da sua vida, mas vocês ainda precisam de mais tempo para amadurecer o relacionamento. Não pode-se tomar uma decisão dessas movida pela emoção, e paixão. Casamento é para vida toda! Diga a ele que prefere namorar e que ainda é cedo, que precisa terminar sua facul e se estabelecer primeiro. De isso como desculpa, para ver se ele recua um pouco.
    O que mais vejo por ai,é gente que namora, casa cedo demais, e o casamento dura menos que o namoro. Como a Luiza diz, pode até dar certo, como pode dar errado. Na dúvida melhor esperar. Se ele te ama, vai esperar seu tempo.

  • Lendo o relato, os conselhos da Luiza e refletindo aqui… além de 10 meses ser pouco tempo, sinto o quão questionável é a admiração que esse rapaz instiga na namorada. Sei lá, pensando num plano menor, o cara quando pede a menina em namoro logo no primeiro dia que fica com ela já soa carente, desesperado e pedante… agora elevando isso num plano maior em que você namora… conhece a pessoa um pouco melhor mas não tem convivência profunda o suficiente pra saber se você quer juntar os trapos…soa também como um tipo de carência que tornam as situações menos atraentes.
    Também imagino que se ela veio até aqui antes de pensar em expor seus reais pensamentos motivações e sentimentos ao rapaz… há uma probabilidade alta de ele se sentir decepcionado… sem muita razão da parte dele ao meu ver…
    Essa relação parece estar colocando tudo num plano muito previsível e sufocante, onde a + b vai resultar numa boa escolha…

    ” nunca brigamos e damos certo em basicamente tudo, somos um casal maduro e sempre nos entendemos em basicamente tudo.”

    Em 10 meses… isso soa um pouco artificial… Não estou falando que precisamos aqui de ação ahuahauha de discuções… de agrassões verbais ou não… Mas duas pessoas distintas são universos distintos, nunca em total paridade com absolutamente tudo e nunca em concordância com absolutamente tudo… Isso ja soa sufocante… parece que ambos os lados ou um deles está sempre cedendo com aquele imenso temor de desagradar ou aquele imenso senso de obrigação de sempre agradar.

  • Jéssica

    Assino embaixo de tudo que disseram! Na dúvida não case! Namorei por 5 anos e o namoro acabou pq eu não me sentia segura para casar, hoje eu vi que fiz certinho! Acho 10 meses muuuuuuito pouco tempo, não deu tempo de nada praticamente, ainda existe aquela empolgação de início de namoro.

  • Lola

    Eu casaria! E teria 2 filhos! hahahaha comigo deu certo…

    • Acho que o tempo de uma relação não diz exatamente se ela é madura ou não se é saudável ou não…
      No seu caso, pode ser que vocês conseguiram se conhecer a ponto de ter empatia para enfrentar os lados difíceis… e obviamente se dão muito bem nos pontos positivos ^^

  • Lay Bayer

    Olá querida Leitora, vou te contar uma historinha que aconteceu comigo quando eu ainda morava na Bahia, conheci um rapaz que era um amor, responsável trabalhador, gato a gente era muito sintonizado todos achavam que nos íamos casar, ter filhos, cachorros e etc, um belo dia ele na conveniência de uma festa em que estávamos me pediu em casamento na frente de toda a família na hora eu não tinha outra resposta pra dar então disse que SIM puta de uma besteira que eu fiz (desculpe o palavrão) rs. Acontece que na minha cabeça eu achei que poderia convence-lo a adiar um pouquinho tipo 2 anos visto q a gnt tinha 1 ano e 5 meses de namoro, que nada! Com o tempo ficou mais difícil, eu não estava preparada me sentia acuada e dei um mal passo, ele não era burro percebeu depois de uns meses que eu não estava muito entusiasmada e me perguntou novamente se casar era o que eu queria, muito calma eu expliquei pra ele o dilema que estava vivendo e q a gente ainda tinha muito pra conhecer um do outro que eu não tinha nem terminado minha faculdade, e que apesar dele estar seguro na sua profissão eu ainda não tinha uma. A negação dele em acreditar que era esse o motivo destruiu tudo ele se revoltou me disse que um pedido de casamento não era algo a se pensar no nosso caso que a resposta só poderia ser ”sim” e que o meu não era por falta de amor, enfim terminamos e até hoje não sei dizer quem errou mais, na nossa relação casamento era um plano a longo prazo tipo depois de uns 3 ou 4 anos de namoro infelizmente ele não me entendeu e eu espero que o mesmo não aconteça com vc não faça se não tem certeza as vezes a gente quer agradar quem está ao nosso redor e nos esquecemos de agradar a nós mesmos. Espero que vc faça a melhor escolha pra VC, procure conversar com ele antes de responder as vezes ele está te pedindo pq deve achar que é o que vc quer tbm afinal toda mulher quer se casar não é? Mas o fato de vc estar em dúvida não significa que vc nunca se casará com ele vc apenas prefere esperar um pouco mais!!! Boa Sorte florzinha…

    • Esse é o problema… dificilmente vi um caso em que esses caras conseguiram entender o não provisório… Eles forçam mais a barra, ficam mais inseguros e “desconquistam” suas mulheres.

      • Lay Bayer

        Com certeza, no meu caso ele não entendeu que naquele momento a melhor coisa era esperar pra gente se conhecer melhor quem sabe ir morar um tempo juntos pra nos descobrirmos. Triste mesmo é saber que isso é corriqueiro que muitos homens ainda são assim.

        • Talvez seja falta de percepção Lay…
          Nunca casei, nunca fiz um pedido de casamento… quase noivei… e já morei junto com uma namorada…
          Como guitarrista eu mando as frases conforme a harmonia da música.
          Pra mim vocês mulheres dão sinais quando querem mais proximidade… quando querem namoro, começam a falar da família… começam a rodear assuntos sobre um frequentar a casa do outro…vocês mostram que querem nos incluir mais…
          vocês pedem implicitamente o pedido de namoro… vão cutucando a gente…
          E eu acho que não dizer nada até que vocês comecem a tocar em assuntos que implicitamente peçam a nossa participação maior, torna a coisa um pouco mais sedutora, misteriosa e imprevisível.
          Quando ela quer casar… começa a falar mais sobre fazer planos… comenta sobre pessoas que casaram…fala sobre juntar trapos…
          Em resumo acho que vocês vão empurrando a gente contra a parede com as suas mensagens subliminares
          Então não vejo muito sucesso nos pedidos de casamento que geram dúvida em sua maioria… eles são normalmente inseguros… sem noção real dos sentimentos e dos anseios da sua companheira, carentes e desesperados…
          to errado?

          • Lay Bayer

            E dos companheiros desesperados tbm ! kkkkk Não adianta o companheiro (a) forçar uma barra maior do que a que o outro pode suportar, uma relação não se faz só com os anseios de um, ela tem que ser construída em cima dos desejos dos dois !!

  • Roberto

    A leitora diz que o namoro entre eles é maravilhoso baseada no que vivem há 10 meses. Acredito mesmo que seja. Mas com o tempo, essa euforia toda vai passar. Não digo que vai “piorar”, mas, na melhor das hipóteses, vai se estabilizar. Sempre comparo o namoro como a decolagem de um avião. No início bate a ansiedade, o frio na barriga, aquela sensação de que falta o chão. Tudo é novo! Tudo é adrenalina! Até que chega o momento do avião se estabilizar, a uma certa altitude. Então a aeronave entra em modo cruzeiro. Dizem os especialistas em aviação que esse período é o mais seguro da viagem. Haverá turbulências, percalços, mas se tudo está dentro dos conformes, tende a ser passageiro.

    • Lay Bayer

      Olá Roberto anotei aki sua definição de namoro muito legal kkk mas e com relação o pedido de casamento ??

      • Roberto

        Você achou legal mesmo ou foi irônica?rsrs Pode falar…
        Acho que a moça deve esperar. Mesmo porque, pra mim, “estudante” e casamento não combinam. Deve existir prioridade pra alguma coisa. Se ela se dedicar muito aos estudos, vai acabar deixando as obrigações de esposa em segundo plano. Aí a crise não tardará a aparecer. Se ela se dedicar ao marido, a casa, aí seu desempenho acadêmico tende a cair. E casada, a chance de gravidez aumenta, logo tudo será muito mais difícil, já que provavelmente terá que trancar a faculdade.

        • Lay Bayer

          Achei legal mesmo kk, é verdade ela tem que terminar sua faculdade pra dar este passo eu realmente acredito que uma mulher pode ter uma vida profissional ativa e cuidar de sua casa de seu marido mais pra isso isso dar certo é necessário muito planejamento !

          • Roberto

            Vida profissional ativa + casa, eu concordo ser possível. Mesmo pq é o que espero de uma mulher também. Responsabilidade e proatividade é algo que admiro muito numa mulher. Porém, no caso da leitora, além do lado profissional, teria o lado estudante e esposa. Aí a relação entre o “trio” tende a ficar complicada!

  • Alex

    Se escreveu o relato acho sinceramente que a melhor resposta pra dar a ele agora é “não” ,ter medo de como será acho normal,mas a duvida como mostrou na pergunta não é condizente com alguém que quer casar agora. Também acho que o quanto se dão bem ,nem deve levar tanto em conta e sim como passam por discussões ,etc, lembrando que na vida de casado ,não dá pra ir cada um pra sua casa e voltar quando ambos estiverem calmos.
    Pelo que vc falou as circunstancias são favoráveis emprego fixo,estabilidade,mas emocionalmente parece não ser o suficiente pra vc ,pode dizer que quer terminar faculdade antes e depois terá tempo pra se dedicar mais ao casamento ,que emprego ,estudo já te tomar tempo demais e o casamento ficaria de lado ..
    Mas ressalto ,que deve pensar tbm em como resolvem conflitos,namoro é curtir a festa ,o que é fácil,casamento é curtir e depois ficar pra arrumar a bagunça .

    • “amoro é curtir a festa ,o que é fácil,casamento é curtir e depois ficar pra arrumar a bagunça .”
      Definição épica a sua mano hauahuahahahu… adorei!

      • Alex

        Meus amigos que dão risadas dessa mania que tenho de explicar tudo por metáforas kkk . Escuta lá a música que deixei o link ,tudo a ver com o tema .

  • Guest
  • Alex
  • Stan Lewis

    Na dúvida, vá morar junto com ele, é a melhor forma de ‘testar’ se compensa casar ou não.

    • Mika

      Taí uma coisa que não entra na minha cabeça… Qual a diferença entre casar e morar junto? A responsabilidade de quem mora junto é menor? É mais fácil desfazer a m…? Pra mim é a mesma coisa…

      • Melodia

        Acho que o casar que dizem tanto, é aquela coisa de papel passado. Já o morar junto é algo mais informal, tipo uma adaptação antes do casamento.

      • Stan Lewis

        Exatamente, por isso que eu sugeri que morassem juntos, porque é a mesma coisa, com excessão que não tem nenhum vínculo perante a justiça, nesse caso morar junto seria a melhor maneira de saber, pois depois de casar vai ser da mesma forma rsrsrs.

  • Ana Elisa

    Bom.. eu com um pouco menos de um ano de namoro, casei. Não teve festa nem nada, apenas fomos morar juntos e formalizamos a coisa toda no cartório. Acho que deu certo também porque ele já tinha tido experiência morando com outra mulher e eu já havia morado com um ex, então não éramos “casados” de primeira viagem e isso conta um pouco, você já saber como são as coisas e o cotidiano de uma casa. Pra mim o pior não é “não ver a pessoa linda e cheirosa todos os dias”, isso é o de menos, os problemas do dia a dia como supermercado, limpeza, reformas, coisas que precisam de consertos, essa rotina que é barra, e é nisso aonde você precisa da maior sintonia (pelo menos é aonde eu vejo a maioria das pessoas reclamarem de seus parceiros).
    Acredito que vocês precisem de mais tempo pra se conhecerem nessa parte sim, tentem morar juntos por um tempo, ou ao menos dormirem mais um na casa do outro. Sinta-se mais segura nessa parte. Acima de tudo, seja sincera com ele, um casamento só dá certo, quando começa do jeito certo, que no seu caso, é com uma conversa franca da sua parte, abrindo seu coração e expondo sua insegurança, que ao meu ver, não tem a ver com falta de amor nem nada, é apenas uma dúvida comum. Afinal, hoje em dia não somos mais aquelas mulheres malucas de antigamente cujo sonho era casar de branco na igreja com dezoito anos, não é? Hoje em dia queremos ter mais certeza das coisas antes de arriscar um passo desse.

  • Fabio

    Concordo com o Carlos. Se ainda está na dúvida é porque não é a hora.
    Porém posso acrescentar algumas coisas que ela deve fazer.
    Deve se perguntar: Eu não quero agora porque é ele? Eu não quero agora porque não quero me amarrar a ninguém no momento? Eu não quero agora só por medo de mudanças ou de perder minha liberdade? Pergunte-se porque você ainda tem alguma dúvida, e seja honesta nas respostas.
    Outro passo que você pode dar: experimente, conviva por um mês numa rotina comum em um lugar comum, não vale passeios em hotel nada disso. Divida uma casa por pelo menos um mês com ele, em ambiente que você ainda queira ser você mesmo e ele também, continue estudando trabalhando, etc. Sinta se é isso que você quer.
    Quando for tocar no assunto com ele, pergunte porque ele pretende casar, e só tire as dúvidas das partes ruins de um casamento. Se ele não estiver disposto a se abrir, ou você não puder fazer isso, é um mau sinal.

  • Liz

    Se está com dúvidas a ponto de vir aqui perguntar então não case!

  • Rodrigo MariMoon

    Não está indo tudo bem?
    Então… Por que estragar tudo? Se ele é bom pra você, aceite!
    É frescura querer ficar de uiuiui só porque estão namorando a “só” 10 meses. Já noivei com uma nina com UM mês de namoro e ficou tudo as 1000 maravilhas… Até o pai dela ficar putinho, colocá-la pra morar com parentes sei-lá-onde e fazermos perder contato um com o outro. Mas e se o cara não tivesse ficado de mimimi, teria dado certo, right?
    Querida, já vi mulher se manter casada com cara que olha “torto” pra enteada, e que apanha, toma chifre… E se mantém.
    E você vai jogar uma oportunidade única dessas, de se casar com o homem que é perfeito pra você porque “é muito cedo”? Aah, para ¬¬’… Tem alguma trama escondida nessa novela, hein…

  • Ana

    Meu marido me pediu em casamento com 7 meses de namoro e eu aceitei de cara e chorei muito de felicidade. Se houve dúvida, é pq não é ele.

  • Tom

    Se forem os dois do tipo de pessoas que aceita os baixos da vida case… na doença pobreza……amam o que na vida.pessoas…? beleza , $$$$ companherismo..do outro…enjoam facilmemte da pessoas ..?…A Paixão passa….Amor e construido tijolo, por tijolo..se casar por Paixão é um erro ..O certo é casar por convicção dos dois ..saber que haverá muitos baixo….