Sou casado, porém, me apaixonei pela minha amante e penso em largar a oficial por ela!

58

Leitor: Sou casado e tenho dois filhos. Meu casamento não é a mesma coisa durante três a quatros anos. Conheci uma moça na segunda-feira de carnaval a qual me apaixonei e ela por mim. Sem saber que sou comprometido e com compromisso de sustentar dois filhos, ela pretende iniciar um namoro e futuramente se casar. Minha esposa é formada em psicologia e vivemos como amigos ou colegas de uma rotina sem amor. Carícias, beijos e até sexo… não fazem mais parte da relação. Eu e ela somos jovens, com muito tempo para um novo amor. Curso direito e a moça farmácia, ambos em busca de uma carreira com sucesso. Amo muito meus filhos e por isso não posso tomar decisões precipitadas. Quero me formar e passar em um concurso público ao qual estou me preparando, assim, terei uma boa estabilidade financeira para viver em meu canto, sustentando meus filhos e vivendo um novo amor, construindo uma nova família. Não sei o que fazer. Continuo a fingir sabendo que ela sofrerá muito ou conto a verdade explicando meus motivos por não ter contado antes. Ela mexe muito comigo, tem visão em um futuro melhor, um grande coração e simpática com todos. Ela já desconfia! Gostaria de receber suas opiniões. Desde já, obrigado.

Sou casado, porém, me apaixonei pela minha amante e penso em largar a oficial por ela!

Ihhhhh, sei não. Acho muito cômodo se apaixonar em pleno carnaval por uma pessoa que você mal conhece e aproveitar a situação para falar mal da sua esposa como mulher, enquanto você “eleva a amante” como uma forma de justificar os seus atos. Se é tudo como você diz, acho que você deveria se separar da sua esposa – independentemente de ter ou não um outro amor – ao invés usar os fatos como pretexto para ter uma amante e se sentir “menos pior” com a sua atitude. Sei lá, não sei se você gostaria que sua mulher arrumasse outro e depois alegasse que fez isso “porque vocês não transavam mais, eram amigos e tem filhos em comum e por isso ela não te contou”. É a velha frase batida do “faça com os outros o que você gostaria que fizessem com você”.

Sem contar que isso de já ficar com papo de se casar com uma pessoa que, querendo ou não, você mal conhece “e já acha que é princesa” não te faz parecer um pai de família, mas sim um jovem apaixonado. Depois ainda diz que não quer agir precipitadamente… Cuidado meu amigo, você só conhece realmente uma pessoa depois de morar algum tempo com ela. Com apenas alguns meses de “pegação” qualquer uma consegue ser simpática, linda, fofa e gente boa. Quero ver é depois que os anos se passarem e o “bagulho esfriar”.

Eu no seu lugar não iria com tanta sede ao pote: será que você sente amor ou atração/paixão de verão? Lembre-se sempre que é muito mais fácil reclamar, bem como levantar defeitos, da mulher que divide a vida contigo, do que com uma outra que é “boca e pepeka nova” e você mal conhece, e tal como tudo que é novo, sempre parece brilhar mais do que brilha de fato.

Entendo que você é pai e tem preocupação com os filhos, mas isso não significa que você tenha que trair a sua mulher, tampouco que você deve ficar com ela, mas sim significa que você deve pesar tudo e tomar uma posição urgente. E quanto ao dinheiro, você sabe que existe pensão. Sem contar que você não me parece ser “pobre” e esse “medo futuro com acontecer um problema em relação ao dinheiro” parece ser muito mais uma justificativa a mais para você continuar mentindo e casado, do que com um problema de fato.

Não complique:

1- Ou você fica com a sua mulher e larga a amante;

2- Ou se arrisca com a amante e se divorcia da mulher;

Riscos e benefícios haverão nas duas opções e você sabe quais são: não existe saída fácil, mas a decisão e a atitude são obrigatórias. Pense bem, faça todos os levantamentos possíveis, mas não deixe de se decidir. Não tem como ficar em cima do muro, tampouco será justo com a sua mulher. Sem contar que se elas descobrirem a verdade, será bemmm pior do que se você já tivesse contado. Eu diria que, tanto em relação à sua mulher como em relação à sua amante, se você contar a verdade agora elas ficarão chateadas, mas elas iriam ficar em triplo se descobrissem que fora traidor você é mentiroso.

Revelando os fatos, principalmente pra a sua amante, você já ficará sabendo se ela te perdoará e isso te facilitará um pontinho a mais a tomar a sua decisão final. Ou você se ilude que seria possível se divorciar, bem como apresentar a sua nova namorada para a família e acharia que ninguém nunca daria uma bola fora, nem que alguma coisa que porventura você contasse em relação à sua ex “pudesse não bater em relação ao tempo”? Um casamento é algo quase impossível de se esconder, ainda mais quando você pretende assumir a amante e apresentar para a família. É que nem filho de ex-namorado: se o atual fizer as contas, ele acabará  desconfiando que o filho não era dele. Sem contar que ainda tem os seus filhos, que são apenas crianças e poderiam acabar falando que sentem falta da mãe e demais coisas que poderiam fazer a “amante” desconfiar que foi algo recente. Sendo assim, é melhor contar logo pra bosta não começar a feder mais do que já está.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Vamos virar especialistas em casos de traição…

    • Monalisa

      Pois é Luiza. Pior que dos dois lados, homem e mulher a traição está alta! E sempre dizem : “ah ele(a) não me dar atenção, sexo, por isso trai…. “. É sempre assim! Colocando a culpa no outro, sendo que a pessoa que se queixa também é muito culpada! Culpada por reclamar e não fazer nada, como se o relacionamento fosse de mão unica, e os dois não precisassem se agradar mutuamente. Esse egoismo do “EU estou carente meu marido não me da atenção, EU não faço mas sexo porque ela está desinteressada”. Mas cadê o nós? NOS estamos com dificuldade, mas NOS vamos superar! NOS vamos procurar uma solução para nossa falta de sexo. Cadê Luiza?

  • Lola

    “Minha esposa é formada em psicologia e vivemos como amigos ou colegas de uma rotina sem amor. Carícias, beijos e até sexo… não fazem mais parte da relação. ” oi?? E desde quando isso é um casamento? Se é realmente assim, não vejo a separação como algo precipitado. A vida já se encarregou de decidir por você. Como homem só consegue fazer uma coisa de cada vez, então a primeira é a separação, com muita conversa com os filhos. Depois pense em um relacionamento saudável com essa moça, já que está apaixonado. E depois vá colocando a vida nos eixos, faculdade, concurso. Parece que você quer fazer tudo ao mesmo tempo!! Respire e dá-lhe teoria do jack estripador: vá por partes.

  • Monalisa

    Sabe o que eu vejo muito nos casos por aqui? Pessoas fracas que acham que o casamento é um playground, e quando enjoar é só sair de fininho. Mas essas pessoas não pensam em arrumar os brinquedos estragados, fazer manutenção para continuar brincando, preferem ir para outro parquinho porque é mais fácil.

    Você é jovem certo? no seu relato parece que você está arrependido de ter casado por ser muito novo, e quer curtir. Tanto que encontrou uma mina no carnaval.

    “Eu e ela somos jovens com muito tempo para um novo amor”- Está usando isso para justificar que tanto você quanto sua esposa, podem encontrar alguém para se relacionar porque ainda são jovens? Tá, então por que casaram se são tão jovens assim?

    ” Minha esposa é formada em psicologia…. eu ainda cursando direito… quero me formar para e passar em um concurso, para ter estabilidade financeira e criar meus filhos no meu canto” – Parece que sua mulher é a principal provedora da casa, e você só está com ela até se formar , e passar em um concurso público, para ter estabilidade e chutar sua mulher, pegar seus filhos. Mas agora está se aproveitando de que conheceu alguém,dizendo que por falta disso ou aquilo, está terminando sendo que parece que você ia terminar com ela de qualquer jeito, quando se estabilizasse financeiramente.

    Como de praxe a culpa é dos dois. Você tem todo direito de reclamar de falta de carinho, sexo, e etc, mas VOCÊS DOIS, já fizeram algo para melhorar? Já foram em um analista? aconselhamento de igreja? Conversaram os dois juntos? viajaram , tentaram reacender a relação? Ou ficaram os dois reclamando um do outro sem fazer nada?

    Justamente por causa dos filhos que a relação do casal as vezes esfria, isso é natural com tantos afazeres diários, como faculdade , trabalho, levar filho na escola, e etc. Mas está assim a 4 anos, e vocês não fizeram nada? Chegou a conversar com sua mulher? seja sincero e repense tudo isso que eu falei, para não errar com essa pessoa que você diz gostar tanto. Se enjoou da sua mulher, porque não vai enjoar da moça? Agora ela é novidade, e depois? quando casar com ela e cair na rotina vai conhecer outra pessoa, e outra , e outra?

    Minha dica é, termine logo com sua mulher. Não é por causa da garota que você se diz apaixonado, você já queria terminar a muito tempo. Se ela tiver mais condição que você ela fica com os filhos. Depois que você se formar, passar em um concurso, peça guarda compartilhada e pronto. Quanto a moça, acho que ela tem o direito de saber aonde está pisando. Diga que está preparando o divorcio, e que gostaria que ela esperasse por você. Ai ela decide se quer encarar isso.

    Boa sorte.

    • Paulo

      curiosidade, vc já conhece algum casal que terapia ajudou? desconsiderando pessoas bem mais velhas pra mim casal segue a regra da manutençao: é melhor trocar do que consertar!

      • Eu mudaria a pergunta:

        “você conhece um BOM terapeuta”? Pq sinceramente a maioria é de esquina e só tem uns 20% de bons. Já conheci uns terapeutas que não sabia nem dar conselho, nem ouvir, nem porcaria nenhuma. Agora se o casal procurar um BOM terapeuta, acho que ajuda muito e boto “a maior fé”, como dizem os jovens kkkk

        • Paulo

          ainda acho que os problemas são 2, pessoas começam a namorar muito cedo e o desespero pra estar namorando, no estado de são paulo 57% das pessoas namoram é tipo todo mundo, conheceu hoje começa namorar amanha, sem nada em comum, ou gostos similares e sempre um tentando agradar o outro querendo manter a relaçao na base do sexo que quando diminui vira desculpa pra trair/largar

          A marioria dos casais tem a mesma rigidez de um castelo de areia cujo os inquilinos desse castelo tem que se esforçar contantemente para este nao cair!

          • Vc diria que os paulistas estão carentes, ou não chega a tanto?

          • Paulo

            acredito que em parte sim mas devido ao efeito cascata é dificil dizer, com quase todo mundo em um relacionamento, todos consideram vc um alien por estar solteiro o que influencia o individuo a entrar em um, com o numero baixo de gente solteira acaba fazendo a pessoa escolher o menos pior e por consequencia temos os casos que aparecem aqui
            Serio pra vc ver que não ta facil pra ninguem conheço um cara que é novo, futuro medico (ta fazendo residencia) alto e bonito, serio o cara é top a mulherada morre por ele, mas ele é meio familia, tipo não gosta de lugares agitados por exemplo, como o cara ta no topo obviamente não vai aceitar qualquer coisa ae que o problema começa, a porcentagem que citei é um dado real agora pensa quem vc acha que são os 43% ? gente zuada, homem, tiazonas e gente que quer curtir a vida sem compromisso

            mais cedo ou mais tarde ele vai arrumar uma interesseira que tem um corpo legal e no futuro um dos 2 te mandara um email desses que vc recebe
            Como disse não sei nos outros estados mas em São Paulo ta assim, ou vc tem sorte de conhecer alguem recem terminado, o que é muita sorte já que dura pouquissimo tempo, ou encara os seres das profundezas do abismo e vira futuro aconselhado da Luiza kkkkkkkk

          • Mas tem gente que acessa o blog só de curió mesmo, ou pra dar risada e/ou se entreter! Nem todo mundo para aqui buscando ajuda.

            Sem contar os que estão aqui para ajudar os outros e bater um papo tbm!

            Ou vc diz que ele iria mandar as perguntas? Aí sim, fala pra ele vim que noix debate o caso kkkk

          • Paulo

            Me referia a galera que manda as perguntas, tipo esse caso do post ou casou no calor do momento, ou foi pela mulher ter engravidado ou se arrependeu de casar cedo demais, a maioria das perguntas vem de gente que ou é vida louca ou avalia erroneamente

        • um certo alguém

          Olhe…é dificil achar um bom terapeuta mesmo Luiza,é cada psicologo pe de chinelo q a gente vê por aí!Uma amiga mais sensata e experiente consegue dar um conselho ate mais adequado do q o de muitos profissionais por aí.Tive depressao na adolescencia e foi uma verdadeira peregrinacao para achar uma terapeuta com um real interesse no meu caso.Teve uma ate q simplesmente me abandonou pq eu nao concordei(de maneira educada claro)com um ponto de vista dela.Remarcava sessao e nao aparecia no dia,eu ligava pra saber o q tinha havido e ela nunca estava em casa,essas coisas acabaram comigo naquela epoca.Fui conversar com umas duas amigas q eram psicologas e elas acharam total falta de profissionalismo dessa terapeuta e ate questao de desumanidade mesmo.Hoje em dia eu procuro renovar minhas forcas em Deus e conversar com amizades queridas sobre algum pepino q me aparece,é mais futuro!Com tanta faculdade particular por aí,so acho q esses profissionais deveriam passar por testes rigorosos para serem considerados aptos a cuidar de outro ser humano,q nem a pessoa formada em Direito q precisa fazer e passar na dificilima prova da OAB para poder se tornar um advogado de verdade.

          • Natália

            Nossa… Sinto muito que você não tenha contado com bons profissionais. Daí a importância de se gostar daquilo que se faz. Do contrário, torna-se esse sacrifício… Uma coisa é certa: todos os cursos deveriam ter esse controle de qualidade, como a OAB. E olha que nem isso garante…

          • A conclusão que eu sempre chego é que nenhum curso superior garante nada, já repararam? Cada vez tenho mais certeza que eles só dão uma base, o resto é talento, percepção, e até mesmo certos tipos de inteligências. Ou seja, em maior ou menor grau, é a gente que tem que se virar nos 30.

          • Triste =(

            E psicologia eu acho um pouco de questão de talento tbm. De saber interpretar a vida dos outros e ter muita, mas muita empatia mesmo. Coisa que quase ninguém tem hj em dia.

      • Monalisa

        Bem, pelo menos tem que tentar não é?Rs,rs Buscar alternativas para melhorar, não deixar virar uma bola de neve, e depois culpar o outro. Casamento não é algo fácil. E existem pessoas que não tem vocação para ser casado. Nesse caso melhor ficar de namoro a vida toda. É mais fácil, mais prático. E tem muitas mulheres que aderem a isso! Cada um viver na sua casa! Acho que no blog a Natália é uma dessas… rsrs.

        • Natália

          Kkkkkk sou adepta mesmo, Mona. Ou era isso, ou era o fim da relação. Somos incompatíveis morando sob o mesmo teto. Apenas isso. Ele, carnívoro. Eu, vegetariana. E por aí vai… Depois que ele voltou para a casa dele, aí sim nos casamos de verdade.

        • Paulo

          sei q entendeu mas vou justificar, imagina um casal A que a mulher gosta de novela e odeia futebol, mas seu marido é fanatico por futebol, por esse motivo ela acaba assistindo aos jogos e o homem as novelas agora imagina que a mulher teve um dia ruim e ao chegar em casa ja com fogo no olho ouve um: se prepara ae que hoje tem curincha ou o marido teve um dia ruim e chega em casa e ouve um: vem aqui que hoje fulano vai pegar fulana com outro.
          agora imagine o casal B ambos fanaticos por walking dead a mulher teve um dia ruim mas quando chega em casa ouve um larga tudo ae que hoje é sorvete com walking dead, o mesmo para o marido

          Agora me diga sinceramente quem brigará mais, quem tem mmais chance de se afastar e evitar o outro ou quem se diverte menos A ou B?
          vivi 2 anos na mesma republica com um cara que era meu melhor amigo acho q nem discordar eu lembro de acontecer, se as pessoas antes de namorar identificassem seus parceiro como sendo uma versão do seu melhor amigo teriamos muito mais namoros/casamentos bem sucedidos

          • um certo alguém

            Ponto de vista muito valido,eu concordo.As vezes o medo de ficar sozinho é muito forte do ser humano talvez ate de maneira inconsciente,aí a pessoa cega na hora de escolher alguem adequado.Ser compativel com o parceiro é muito importante ou o casal ter aspectos q se complementam numa relacao pelo menos.

          • Jéssica

            Concordo com cada linha que escreveu! Tô na procura de um fanático por TWD kkkkkkkkkkk

          • Paulo

            sei qué um pouco utopico, mas acredito que é a ordem natural das coisas, relacionamento amoroso deveria ser uma evolução da amizade e não tem como eu ser amigo de alguem que não gosta de nada que eu gosto ou força a fazer/assistir só pra agradar

            o unico relacionamento que vc pode ter com alguem diferente é o familiar pois vc não escolhe, brigar pelo controle remoto com alguem que eu escolhi soa meio idiota pra mim
            Quanto ao seu caso definitivamente vc não é de são paulo, vc é muito top pra não ter um cara chato que não gosta de nada, futuro obeso que tem ciumes ate das sombras, mas que vc chama de namorado!

          • Carlos

            kkkk Tu tá saindo melhor que a encomenda.
            Te cuida Jéssica. Lunetas focadas!
            Mas falando de sua utopia, concordo com ela. Mas o povo não gosta de pensar, então dê-lhe sofrer, e mandar pergunta pra Luiza.

          • Paulo

            só falei a verdade kkkkkkkk, quanto ao povo já olho para certos casais e vejo futuros aconselhados até ja disse pra luiza isso!

          • Jéssica

            Nunca acreditei no “opostos se atraem”. Sempre que conheço alguém eu procuro por coisas em comum como gostos pra músicas, filmes, séries, comidas, religião, planos pra futuro, enfim… Hoje em dia se prega muito o tal do “amor supera qualquer barreira” e não é bem assim, pegam um caso que deu certo (ou esteja ainda dando certo) e usam pra justificar a falta de compatibilidade de um monte. Eu mesma, sou péssima em disfarçar quando algo não me agrada.
            Pois é, sou de Goiás, malho de segunda a sexta e não sou nada ciumenta kkkkkk

          • Paulo

            Sabia #partiudaqui, RIP São Paulo kkkkkkkkkkk

          • Jéssica

            kkkkkkkkkkkkkk

    • Ótima colocação Mona!! O problema é que o que eu mais vejo aqui é gente dando MIL motivos para trair, mas motivos para NÃO trair ou se culpar também ninguém faz. É tudo culpa do outro, do outro e do outro.

  • Guilherme

    Se estiver tão ruim assim com a sua esposa é melhor se separar e depois ir com calma com a sua atual amante, pq você não quer acabar num outro casamento “falido” e repetir tudo de novo né?!

  • Leo Nunes

    Fico impressionado como o quanto as pessoas complicam demais as coisas, se envolvem em diversas situações. Mas talvez eu seja o cara errado já que eu sou solteiro e o cara é casado e ainda tem mais uma mulher no “pé” dele rsrs… É meu caro o seu caso é complicado, mas tenho certeza que vc sabe o que fazer só te falta “coragem”.. Alias acho que todos sempre sabem o que fazer mas falta a “coragem”… Boa sorte man, vou torcer para que ninguém saia sofrendo ai nessa história flw.

  • Thomaz Aquino

    Iludido..a hora que essa a.ante se tornar cituacao e deixar de ser aventura ..ou sera igual a idiota que um dia confiou em VC e VC enjoa..ou ela sera uma safada de carteirinha , manipuladora ..kkkkki e VC ira pagar todos seus pecados..Fique com quem seja sua amiga de confiança sera que sua amante é.,..?. Junta as escovas depois me conta….

    • Mika

      Curto e grosso! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Thomaz Aquino

        Mii como tem cara burro nesta terra…o nome já diz..Amante..só serve pra isso..tanto que se submete a tanto..
        Isso e tipo vocação cada um nasce com uma ..VC acredita que uma mulher que já foi amante de um cara casado e desistiu ..não quiz mais procurou um solteiro pode mudar ..ou gosta de aventura
        e sera uma questão de tempo pra querer um amante de novo..?Nunca valoriza o estável..

        • Zé Didi

          Cara, vc nem entendeu que a mina não sabe que ele é casado.

          • Thomaz Aquino

            Então ele não presta pra ela..ponto..alias pra mulher nenhuma

  • Rodrigo Silva

    Como sempre a familia não tem importancia nenhuma.O que importa é o prazer físico.

  • Wana

    Conheceu no carnaval, e já está pensando em casar ? Além de safado é Otário, muito otário.
    Tomara que sua mulher descubra e te dê um pontapé na bunda, estou rezando pra isso.

    • Mika

      kkkkkkkkkkkk
      Anda rezando muito ultimamente… principalmente pelo dedo justiceiro do Todo Poderoso.
      Dia que Ele resolver punir exemplarmente todo(a) pecador(a), será o fim da raça humana! E eu bem que gostaria de viver mais uns pares de anos… kkkkkkkkkkkk

  • A Ghoul Writer

    Pra que essa complicação toda em? Esquece um pouco essa amante e pensa na sua situação atual: “vivemos como amigos ou colegas de uma rotina sem amor. Carícias, beijos e até sexo… não fazem mais parte da relação.” Se isso não te satisfaz você teria duas opções: Terminar com o casamento, ou tentar conversar com ela pra resolver essa situação (sim, um dialogo ajudaria). Porém você já foi idiota o suficiente pra ter uma amante, traiu sua esposa e isso não seria nem um pouco justo com ela. A coisa mais sensata a se fazer agora é terminar isso de uma vez e ir viver o resto da sua vida, talvez com essa ‘moça do carnaval’ ou quem quer que apareça. Um novo amor como vc disse. E o mesmo vale para sua esposa.
    Acredito que isso seria o melhor pros dois, afinal se vc se sente assim ela não deve estar num nível muito diferente. As vezes as coisas não dão certo mesmo. As vezes o melhor que vc pode fazer é desistir e partir pra próxima. Sem remorso. Admita que fez merda e torça para ao menos continuar amigo dela, pois ela faz parte da sua vida. É a mãe dos seus filhos. Por favor não se esqueça do compromisso que terá com eles! E então, que cada um siga seu caminho.

  • Natália

    Caro leitor, não tratarei aqui sobre culpa, mas sobre a renúncia. Quando você decide alguma coisa, em contrapartida, perde outra. Ao tomar a decisão de se separar, é preciso que você elabore um luto. Nessa hora, é preciso que você aceite e seja resiliente, ao enfrentar sua frustração. Não elaborar o fim do seu casamento, que até aqui era tido como um projeto de vida, fatalmente irá prejudicar sua relação com a nova parceira. Boa sorte.

    • Thomaz Aquino

      Falou tudo Natalia…

  • Casos de família ! Hahahahahaha

  • Mika

    Leitor,
    Está me parecendo que você já desistiu desse casamento faz tempo, e só não pulou fora ainda porque não tem condição financeira pra se virar sozinho no momento (terá despesas com nova habitação, faculdade, pensão dos filhos…). Não existe mais amor, atração física, nem admiração, nem respeito, nada. A relação está ficando insuportável e o resultado não poderia ser outro. Mais cedo ou mais tarde uma amante iria aparecer. Ela é a janela que você estava esperando. Cabe a você avaliar se ela é larga o bastante para permitir a sua passagem ou o deixará entalado.
    É óbvio que você ainda não está pronto pra assumir essa nova relação. Então, meu conselho é que não decida nada no momento. Ainda é muito cedo (quase desisti de responder quando li que a conheceu no carnaval). Conte a verdade à sua “namorada” e observe a reação, mas seja honesto e não faça falsas promessas só pra manter as coisas como estão. Pode ser que ela mesma resolva as coisas por você. Mas, se ela achar normal continuar com você mesmo sabendo que é casado, tire o pé do acelerador, porque essa mulher é “Cilada, Bino!”. Preste bem atenção no que eu escrevi, e vai perceber que você está sem saída. Essa janela permite ver a luz, mas ainda não lhe permite a passagem.
    Boa sorte!

  • Carlos

    “Conheceu no carnaval…” Época que saímos da rotina. Não somos nós mesmos.
    É sonho!
    “Sem saber que sou comprometido…” Ela gosta de alguém que não é você, se apaixonou por um homem solteiro, não um casado infiel e mentiroso.
    É sonho!
    “…vivemos como amigos…” Amigos dialogam, ou deveriam. Você e sua esposa não se conhecem mais, seu casamento não é mais real.
    É sonho!
    “…vou me formar e passar em um concurso”. É sua expectativa, tá longe ainda.
    É sonho!
    A realidade não é páreo contra um sonho, mas ela existe, e o sonho, que pode um dia se tornar real, acaba com o som do despertador pela manhã.
    Espere passar o efeito do seu estado alucinógeno e decida.

  • Quem perguntou

    Já vi esse filme. E foi comigo. Valeu a pena separar, mas não fui feliz com a numero 2. Esse negócio de dar overlap com mulher não dá certo. O melhor é dar um tempo entre relacionamentos. A número 2 acha que sempre será traída. E no fundo mulher decente não aceita ser amante. Boa sorte!!!

  • Mary

    Acho que vc errou quando mentiu pra sua amante…. Imagina a decepção dela quando descobrir que vc é casado…. Sinceramente, talvez ela nem te queira mais…. Quanto ao seu casamento, vejo que já está falido há muito tempo… O que ainda segura são os filhos… A solução realmente é a separação… E se ainda sua amante quiser continuar com vc, namore bastante, procure conhecê-la bem,,,, A convivencia a dois é muito dificil, ainda mais se for embaixo do mesmo teto…. Boa sorte!

  • Bieno Lakio

    Lendo esses negócios de traição eu chego a conclusão que a maior evolução que a humanidade pode dá é virar assexual, acabou sexo. Quem sabe, os herbívoros japoneses não sejam a vanguarda de como a sociedade vai ser daqui a um tempo, sem relacionamentos sexuais, sem riscos de promiscuidade, precocidade sexual e traições, e outras coisas mais.

  • Michele

    ‘ Oi boa tarde, então minha situação é a seguinte… Eu sou bissexual e nunca tive preferencias entre homens e mulheres na realidade eu sou daquela que prática o ato de “Ah você gosta de mim, cuida de mim, me dar amor e me respeita e eu estou sentindo o mesmo então vamos tentar para ver o que rola” e atualmente eu estou namorando a 6 meses com uma mulher, e anteriormente sai de um relacionamento de 4 meses com um homem. e o meu grande “probleminha” podemos dizer assim é que eu sou louca pelos dois sexos, gosto de transar com os dois, sinto tesão pelos dois, e quando estou em um relacionamento independente do sexo eu sinto muita falta do outro, rs!! Acho que sou meio louca… mas enfim!! eu amo minha namorada ela é uma pessoa incrível não tenho definitivamente nada do que reclamar dela, é uma pessoa independente, me entende em tudo, sabe os momentos exatos em que ela deve estar comigo me dar carinho enfim… sou completamente apaixonada por ela.. mas ai eu vejo um cara que me chama atenção e já me desperta um desejo LOOOOOUCO de dar pra ele…kkkkkkkkkkkkk! não sei como me livrar disso, não tenho coragem de trair minha namorada apenas de tudo sei que ela não merece isso, mas tenho medo de não aguentar qualquer hora dessa as tentações, ME AJUDEEEM!!

    • Natália

      Quando escolhemos algo ou alguém, fatalmente, perdemos outra coisa, que não era totalmente ruim. Não se pode ter tudo, Michele. É preciso encarar as perdas para que você possa amadurecer e se tornar menos insegura. Acredito que isso, sua falta de determinação, talvez ultrapasse a área sentimental. Observe.

  • CAMILA ALVES

    Sou casada… não resisti a outro homem e nos tornamos amantes. Até escrevi in box para a Luiza, porque realmente eu me senti muito mal quando me dei conta de que sentia tesão por outra pessoa. Admito que fui fraca e caí em tentação. Mas recentemente consegui colocar um ponto final. Neste caso do leitor, amor de carnaval para traição acontece, mas já está assim tão decidido a terminar o casamento? Não vou julgá-lo, mas parece-me que ele está mais confuso do que realmente determinado a tomar uma atitude.

    • Helen Souza

      Camila Alves, estou passando por uma situação parecida com a sua.
      Como vc está hj depois de dois anos?
      Poderíamos conversar?
      Meu e-mail: [email protected],com

  • SiSi

    Indico esse livro:Um dos maiores sucessos editoriais dos anos 90. “A Cama na Varanda” é
    daqueles livros que o tempo decanta. É assim porque sua base é a
    insatisfação que predomina nos relacionamentos amorosos e sexuais.Help please! Alguém já considerou o “Poliamor” por aqiui

    • Carlos

      Realmente, não podemos deixar de considerar outras formas de se relacionar, e ver a monogamia com olhar crítico. No entanto, de forma simples, eu diria que poliamor não é a “solução”, mas aumenta os problemas na mesma proporção que aumentam os parceiros. Eu discordo da tese de que a monogamia é o problema, já que ela não é natural aos humanos. O problema está na qualidade de como nos relacionamos, não importa o formato.

    • sisi

      Verdade Carlos, nesse caso talvez não seja, mas ainda não sei como considerar fidelidade “forever”, seria possível sem gerar sofrimento?

      • Carlos

        Talvez seja um falso dilema. Um relacionamento monogâmico traz este pacto da fidelidade e em algum momento para mante-lo vc tem que fazer uma escolha e abrir de algo que gostaria, ou causar sofrimento alheio. Mas o que eu penso sobre os relacionamentos abertos, é que eles não eliminam as regras, apenas trocam uma norma universal e histórica por outras mais particularizadas. Os pactos não são eliminados, eles apenas são diferentes e envolvem mais indivíduos, e aí, ao meu ver está o problema. Questão simples de matemática, se um a um já é complexo, imagina vários com vários.
        Reafirmo minha visão: Sempre há um acordo nos relacionamentos, e portanto sempre haverá espaço de rompimento unilateral, e o sofrimento consequente.
        O motivo de romper com a monogamia deverá ser outro, mais particular da natureza dos indivíduos envolvidos, mas creio ser utópico achar que o risco da infidelidade será eliminado.

  • mark

    O que vejo na maioria dos casais atuais que o caminho mais fácil é tomado, trair
    ninguém quer sair da rotina, arrumar as coisas, melhorar os entendimentos, pois o tédio é alto, então vamos viver sempre de trocas.

  • mark

    O que vejo na maioria dos casais atuais que o caminho mais fácil é tomado, trair

    ninguém quer sair da rotina, arrumar as coisas, melhorar os entendimentos, pois o tédio é alto, então vamos viver sempre de trocas.

  • Kelly

    Querida pare parede se iludir. Ele não se separa porque não quer, ele prefere enganar a mulher, isso mostra que ele não vale nada.
    Você virou a marmita dele e infelizmente você se contenta com isso.
    Ele não te ama e muito menos a mulher dele, ele se diverte com as duas.
    E se você continuar se humilhando ao aceitar ser amante , vai ser usada até quando ele quiser e quando ele se cansar te descarta.
    Não se iluda esse homem não quer te assumir e nem vai fazer isso , pra ele é cômodo ter um idiota cuidando das filhas em casa enquanto se diverti na rua com uma tonta sem amor próprio. SAI DESSA.

    • Kelly

      Corretor maldito. Eu quis dizer: pare de se iludir.