Tara pela minha mulher grávida

22

Enquanto muitos homens têm medo de sexo na gravidez (“furar o bebê”, etc), nós sabemos que, na maioria dos casos, é algo extremamente saudável e desestressante para a grávida. Recebi esse conto erótico com base na realidade do colaborador e resolvi dividir com vocês =)

Tara pela minha mulher grávida

Quarta-feira, 2 de março de 1983…

Estávamos brigados, você deitada no sofá assistindo televisão e eu, sem ter o que fazer, fui instalar dois holofotes para iluminar a cortina da sala, quem sabe te alegrar um pouco e quebrar o clima ruim entre nós.

Do alto da escada te vi deitada no sofá, tava calor e você de roupas leves, pequeno vestido de fino tecido, sem sutiã, delineando sua barriga com 26 semanas de gravidez (6,5 meses) e seios duros já com leite, pontudos quase perfurando o fino tecido do vestido.

Tentei resistir, desci da escada, tomei mais um gole de cerveja e te ofereci, mas estava irredutível, bravinha, brigamos sem motivos, ao menos não lembro.

Cheguei em você, derramei um pouco de cerveja entre teus seios pelo grande decote, e a princípio ficou brava, mas quando a sorvi em sua barrigona, sorriu, quebrou o gelo, desligou a tv, me abraçou e beijou…

Sempre mantive uma fita K-7 com nossa música de prontidão, só ligar o som, colocar e dar play, 9:50 minutos, House Of The Rising Sun, banda HOT RS, coincidentemente nossas iniciais, “R” e “S”:

Ela por si é safada e gostosa com gemidos e sussurros, pena que não pode ser tocada no nosso noivado principalmente por sua origem, descendente de libaneses, então optamos por outra da banda Floaters, Float On:

O clima foi esquentando, mãos, bocas, caímos do sofá para o tapete, rolamos no chão até a cozinha…

Abrimos uma lata de leite condensado, passamos em nossos corpos, nossas partes, derramamos no chão, tudo muito liso, gostoso, parecíamos duas crianças brincando…

Nos lambemos, nos chupamos, nos “degustamos” cada centímetro de nossos corpos, nós três em plena felicidade, sim, nós três, eu, você e nosso filho no teu ventre, hoje com 32 anos e apaixonado por leite condensado, será que ele sabe o motivo??? Kkkkk

Da cozinha voltamos pra sala e depois para a cama, sem nos importarmos pela lambança que deixávamos no caminho…

Amamos intensamente, forte, lisos, doces…

Depois, banho quente para tirar o doce da pele e repetimos a dose, mais amor, mais tesão…

Da tua pele emanava cheiro de cio, explosão de hormônios que o ginecologista me falou depois, sim, perguntei o porque daquele cheiro delicioso que você emanava…

Voltamos para a cama depois de trocarmos os lençóis melados de doce de leite, terceiro round e enfim dormimos em torno das duas horas da manhã.

Lembro que me acordou em torno das 5 da manhã, pensou ter sonhado e feito xixi, a cama molhada e sua barriga um pouco menor.

Telefonamos para teu obstetra e ele disse que a bolsa havia rompido, e pelo pouco tempo de gravidez, pediu imediato internamento.

Não falamos para ele o que aconteceu na noite anterior, mas temos quase certeza, foi tudo tão intenso, forte, que antecipamos o nascimento do nosso filhão…

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.