Fiz pouco caso dela e agora é ela que não me quer mais!

36

Leitor: Minha namorada era muito boa para mim, mas acabei deixando ela de lado e não dei valor. Tratei ela com indiferença quando terminamos a primeira vez, e depois me arrependi e voltei com ela. Ela me disse que eu a tratei como lixo. Tentei mudar, mas ainda assim continuei tratando com um pouco de indiferença. Até que começamos a discutir novamente e terminamos aos poucos, aí quando eu tava tentando mostrar pra ela que eu mudei, ela começou a namorar outro. Quando eu soube disso, liguei pra ela e ela me disse “é bom ser ignorado né, ser tratado como nada, como um lixo, pois é, foi assim que eu me senti“.

O que eu faço agora? Deixo ela seguir a vida dela, pois às vezes ela me manda msg, liga e diz que se arrependeu, mas logo depois ela não fala mais nada, e diz que eu não mereço ela. Deixo ela seguir a vida dela e eu a minha? E eu não consigo imaginar ela com outro na cama, eu fico muito mal quando penso que ela possa estar na cama com outro, como posso me livrar desse incômodo?

Fiz pouco caso dela e agora é ela que não me quer mais!

Ao que tudo indica, ou você é muito infantil, ou nunca gostou dela de verdade. Isso se não for as duas coisas! Não tem como, quando você gosta de verdade de alguém, não tem como ser indiferente, nem fazer pouco caso. E isso acontece pelo simples fato de que, quando o coração faz ziriguidum, sempre tem algo que te chama pra perto da pessoa, sabe? Dá vontade de cuidar, de agradar e você nunca sentiu isso enquanto andou pelas “vias tradicionais” com ela.

“Ah Luiza, mas agora eu sinto saudades, vi que errei e quero mudar”.

Sinceramente? No fundo você sabe que só começou a “mudar” depois que ela começou a dar os primeiros sinais de que você estava perdendo-a. O que nem precisa dizer que tem 90% de chance de ser só orgulho de macho que, tal como você mesmo afirmou, está com medo dela dar a piricota pra outro.

Em outras palavras, você está tipo aqueles homens possessivos que – ainda que nem sempre perceba isso de forma consciente – age pela máxima: “não quero comer, mas se outro vir cheirar minha marmita eu pego de volta só pro outro não filar a minha bóia”. Sem contar a ideia da “fã” que você perdeu, que antes fazia de tudo por você e que agora não só não faz mais, como arrumou outro. Receita perfeita para acabar com o seu ego, né?

Sei que não é legal ouvir o que estou dizendo, mas como minha intenção é ajudar, seja sincero com você mesmo e decida se o que estou dizendo faz ou não sentido.

E mesmo se o que você diz sentir agora for amor de verdade, se eu fosse ela, não ia te querer de volta não! Se coloque um pouco no lugar dela e entenda que, se for para ser justo, você só mereceria a mínima chance depois de ter amadurecido: seja como pessoa, seja em relação aos seus sentimentos. E convenhamos que isso não acontecerá de um dia pro outro.

Siga a sua vida, deixe rolar, se ela te procurar e preferir você ao outro, “ok e sorte sua que terá uma segunda chance”, mas antes de aceitá-la de volta ou até mesmo resolver procurá-la pelas “próprias mãos”, caso ela não te procure, pense antes com toda sinceridade do mundo se é porque você realmente a ama, ou apenas por egoísmo para manter algo que você nunca quis de verdade pra você.

Só não atrapalhe a felicidade da menina, amém?

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.